16 abril 2018

As voltas que o mundo dá: Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) ocupa triplex do Guarujá: "se é do Lula, é nosso"


Fonte: Agencias de Notícias, 16-04-2018.

    Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e a Frente Povo sem Medo ocuparam na manhã de hoje (16) o apartamento triplex, no Condomínio Solaris, em Guarujá (SP). O imóvel é o foco das investigações que levaram o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à prisão, pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.
     Lula foi condenado a 12 anos e um mês de detenção. De acordo com as investições, o imóvel e a reforma, estimados em R$ 2,4 milhões, foram feitos pela empreiteira OAS em favorecimento da empresa em contratos na Petrobras.
     A ocupação foi divulgada nas redes sociais da Frente Povo Sem Medo e pelo pré-candidato à Presidência pelo PSOL, Guilherme Boulos, coordenador do MTST. Os manifestantes colocaram a bandeira do movimento e faixas na fachada do prédio com mensagens "Povo sem medo" e "Se é do Lula, é nosso".
 Foto: Guilherme Boulos Twitter / Reprodução

    Boulos postou a seguinte mensagem em seu Twitter após a ocupação: "O triplex do Guarujá foi ocupado pelo Povo Sem Medo. Se é do Lula, o povo pode ficar. Se não é, Sérgio Moro precisa explicar porque ele está preso".
     O ex-presidente está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR) desde último dia 7. Até o momento, a Justiça Federal e o Ministério Público Federal não se pronunciaram a respeito da ocupação do triplex.

Um comentário:

  1. Primeiro, não confundam MST (Movimento dos Sem Terra) com o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST). Este último utilizou, para esta ocupação, seus exímios agitadores (coadjuvados pela velha militância dos asseclas do lulopetismo). Uns e outros são adeptos da baderna. O apartamento/cobertura /tríplex (que segundo o presidente da OAS, Léo Pinheiro, foi reformado sob a orientação da família Lula da Silva) é de altíssimo luxo. O imóvel tem quatro dormitórios, sendo duas suítes. Nunca foi usado. É 0 Km. Ocupa três andares (daí o nome “tríplex”) e fica localizado à beira-mar, na praia de Astúrias, cidade do Guarujá. Possui uma churrasqueira, “deck” ao lado da piscina, armários e móveis na cozinha de alto custo. O tríplex tem 297 m2 e todo o piso é de revestimento de porcelanato. A cobertura foi equipada com um “espaço gourmet”, ao lado da piscina. Para quem não sabe: “Espaço gourmet” é um ambiente destinado à prática das delícias da culinária. O tríplex tem elevador privativo para evitar que a família Lula da Silva tivesse que utilizar o elevador usados pelos demais moradores do Edifício Solaris, ou seja evitar que a família Lula da Silva tivesse contato com a “ralé”. Avaliado em R$ 2 milhões e 200 mil reais, o apartamento tríplex , que levou à primeira condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, será leiloado em 15 de maio, por determinação do juiz Sérgio Moro. Restam ainda 6 processos contra o ex-presidente para serem julgados. O próximo será o do Sítio de Atibaia. Mas este sítio é mais luxuoso do que o tríplex...

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.