14 abril 2018

A crise dos Correios


 A maioria dos prédios dos Correios foram construídos em 1932, no "Governo Provisório" de Getúlio Vargas. É o caso da Agência de Crato que ainda funciona no mesmo espaço há 86 anos

Fonte: Excertos da reportagem do programa “Bom Dia Brasil”, da Rede Globo, que fez um giro em São Paulo, Santa Catarina e Sergipe para mostrar exemplos do desmonte dos Correios.

     Alguém ainda lembra? A ECT já teve o título de empresa mais confiável do país. Hoje a empresa está mergulhada em dívidas e é criticada pela gestão política. Há uma crise sem fim nos Correios, uma empresa que tinha selo de qualidade e, agora, virou dor de cabeça para os brasileiros. Por todo o Brasil, os carteiros estão sumindo, as encomendas não chegam e os Correios anunciam fechamento de  agências. A empresa está mergulhada em dívidas e é alvo de críticas pela gestão política. Uma empresa que, anos atrás, detinha o título de mais confiável do país. A própria figura do carteiro sempre inspirou em nós essa confiança, credibilidade, mas agora a realidade é bem outra. Os tempos são outros.
      O que levou a empresa com o título de mais confiável do país a uma crise dessas? A empresa disse que teve prejuízo de R$ 2 bilhões em 2015 e quase isso em 2016. E em 2017 foi prejuízo de R$ 1 bilhão e 300 milhões de reais de prejuízo. “Hoje a atividade postal se restringe basicamente às comunicações judiciais e as operações comerciais, boleto, cobranças. Fora disso, a atividade mudou e mudou muito, com uma grande queda nos nossos serviços”, reconhece o presidente dos Correios, Guilherme Campos.
Fonte: “Bom Dia Brasil”, da Rede Globo de Televisão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.