xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 06/06/2017 | Blog do Crato
.

VÍDEO - CONVERSA FRANCA - O DESCASO NO CRATO - Dihelson Mendonça ( 30-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

06 junho 2017

Elites em crise - Por: Emerson Monteiro

E saber que somos apenas uma pequena parcela do grande todo espalhado pelo mundo. A humanidade vive crise monumental desde sempre. Ela terá de fazer seu próprio parto, como fazem os animais da floresta. Ninguém aqui é doutor ou mestre de quase nada. Quer, querem. Vive-se o calor da fogueira das vaidades. E são as elites as que mais querem ser mais. Querem colher donde não plantaram; colher do chão dos mortos que mataram uma flor de Eternidade. Porém há que se plantar no invisível da alma o pomo da Salvação. Elas rejeitaram os credos do coração. Isto é, usaram os credos em seus favores, e dominam, e exploram, e matam, e ferem, e se escondem debaixo das ilusões da multidão enfurecida, isolada.

Vem sendo assim desde muito. Lá nos passados desaparecidos já havia esse desmando de dominar e reunir nos castelos êxitos particulares, comerem a parte o festim de bodas na solidão dos eleitos. Quaisquer empreendimentos exigiam imensos sacrifícios das maiorias anônimas; e reis e sacerdotes ofereciam até sacrifícios humanos em nome das mistificações a deuses sedentos de sangue. Agora isto cresceu através dos meios de comunicação industriais. Horas e horas de conversa fiada, no intuito de remendar os farrapos desta civilização de araque.

Procurar a solução do enigma do Universo nunca demorou tanto a preços e prazos insondáveis. Ninguém quer aceitar os limites dos desmandos impostos pelos desvarios. Guerras de conquista, guerras psicológicas, guerras de manutenção dos privilégios da Besta e do poder material. Fogem de si mesmos destruindo as trilhas pelas quais chegam e exploram o povo.

No palco europeu em breve viverão situações imprevisíveis diante do que resultou das lutas anteriores, quando resolveram reduzir a população ao mínimo, e dentro de poucos anos ver-se-á só no alto mar das injustiças praticadas.

No entanto esses equívocos podem bem ser corrigidos dentro das criaturas conscientes, desde que aceitem modificar o panorama de si em favor dos muitos que aguardam verdades e bons sentimentos, outros nomes da revolução da Paz.



Edições Anteriores:

Dezembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 30