xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> Heróis da solidão - Por: Emerson Monteiro | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

10 agosto 2017

Heróis da solidão - Por: Emerson Monteiro

Por mais que a realidade fria daqui de fora queira falar no que se avista e toca quais garantias exclusivas, nalgum lugar do impossível existe o essencial que outros aceitam no íntimo. Andássemos abandonados aos instintos e saberíamos há longa data o que nos reserva o futuro. Persistem, no entanto, as experiências dos que se distanciam do visível e palpável, e se lançam ao invisível, quais doidos varridos, proscritos da real aparência, isto por sua conta e risco. São eles esses que buscam a solidão distante, na intenção desenganada dos valores daqui de baixo, e sobem às montanhas, esquecidos de todos os apegos mortais.

No carinho do desencanto, ali fixam moradia, religiosos da enorme solidão. Viverão a orar, no pressuposto de chegar ainda além do que quiseram, ao deixar de lado as vidas comuns. Houve um tempo em que isso acontecia nos mosteiros, conventos, monastérios de lugares inalcançáveis. Lançavam dardos aos alvos da transcendência, e desvaliam quaisquer possibilidades quanto a vaidades, aparências, contravenções.

Nisto, cabe perguntar onde adquirem tamanha certeza do mistério de Si mesmos, a ponto de tudo abandonar, à busca da Perfeição através, única e somente, por meio da consciência? Vagueiam no rumo certo do Infinito, na opção contrária da verdade conhecida, deixando de fora referências que a tantos significam favas contadas. Porém choram cedo e afundam os olhos na desistência deste lugar de ilusões, entregues na alma da religiosidade. Eles, os ermitões, anacoretas, reclusos, que viajam no universo de dentro, virtuosos rebeldes da matéria perecível.

O que nos causa espécie será esta coragem inexpugnável dos tais argonautas do espírito, a viver da renúncia dos modos físicos e aceitar a paixão do amor pelo eterno. Soldados doutro exército, representam a conclusão de muitas vidas, em gesto de prudência e sabedoria. Anônimos da ausência, somem dos turbilhões sociais e entregam aos ermos afastados o que a tantos seria imprudência, desespero. Modos de alucinados sem causa, testemunham, num gesto extremo, o que só as borboletas, no se imolar aos faróis que iluminam a escuridão. Projetam o ser lá no abismo profundo da luz intensa, e desaparecem no sol da convicção em claridade.

0 comentários:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.


Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30