xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 27/09/2016 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

27 setembro 2016

Andar nas profundezas da alma - Por: Emerson Monteiro

Dentre as histórias das Mil e Uma Noites três marcariam a minha memória com insistência definitiva, Ali Baba e os quarenta ladrões; Simbad, o marujo; e Aladim e a lâmpada maravilhosa. Elas mostram o valor do fantástico da literatura no espírito imaginativo, sobretudo das crianças. A terceira, no entanto, com ênfase maior, dado mergulhar o sentido uterino das cavernas, aonde, segundo preocupação do mago que utilizou os préstimos de Aladim se dizendo tio seu, e onde só haviam de penetrar seres menos afeitos aos apegos da matéria. Ele, o suposto sobrinho, um jovem a bem dizer livre dos hábitos pecaminosos da idade adulta.

Indiciado pelo estranho, que lhe convenceria descer à caverna, Aladim avista ricos tesouros em joias e pedras, porém os deixaria para trás na intenção precípua de obter a lâmpada e os favores do gênio que nela vivia.

Bom, quem quiser encontrará a história nos seus detalhes pelos salões imensos da internet, mesmo porque nossa disposição é avançar noutras considerações quanto ao simbolismo da caverna perante os refolhos do psiquismo. A caverna guarda desde sempre os segredos e mistérios do Inconsciente humano, território de todos e promessa das lâmpadas maravilhosas dos mergulhos na alma de alguns eleitos.

De lá tudo vem. Aquilo que os inteligentes querem dominar já existe latente na inconsciência desse cosmos adormecido dentro da potencialidade das visões interiores a descobrir. Nada haverá de novo sobre o chão século algum, antes ou depois. O que restará aos inventores, isto, sim, representa as tais preciosas pedras, e trazê-las à superfície do lado de fora da caverna.

O que também fala quanto às demais revelações na face do imprevisível, perseguidos de perto pelos desejos frios da razão interesseira. Constrangido, no furor das tempestades avassaladoras, o equilíbrio aflige e pede o perdão da própria ingenuidade aprendiz. Grita, esperneia, desespera. Nesse momento crítico, Aladim lança mão da lâmpada maravilhosa, e ergue do centro da Terra o poder supremo de amar e ser feliz.

SEM FUTURO E SEM ESPERANÇAS - Por Carlos Eduardo Esmeraldo

A piada é antiga, mas fica cada dia mais atualizada. Conta-se que na criação do mundo, um anjo ponderou ao Criador: "Ó Mestre; as terras desse país, o Brasil, são as mais férteis do mundo, as suas praias as mais belas, possui os rios mais caudalosos da terra, minas de ouro, prata e diamantes, petróleo em abundância na sua plataforma continental. O Senhor não está favorecendo demais esse país?" Ao que respondeu o Criador: "Espere só os políticos que vou colocar lá!"

Parte dessa pequenina parábola foi comprovada. Nossos arremedos de políticos, em sua grande maioria passiveis de punição por atos de comprovada corrupção, jogaram nossa constituição na lata do lixo. Num gesto de desordenada injustiça, depuseram uma Presidente da República, honesta e, democraticamente eleita, para colocar em seu lugar um traidor e usurpador, com um programa de governo diametralmente oposto daquele soberanamente escolhido pela maioria do povo brasileiro. Um governo preocupado em implantar uma economia neoliberal, sem nenhum compromisso com a distribuição de renda e total desinteresse pelos programas sociais, que favoreçam a redução das desigualdades.

O Brasil, com excesso de ufanismo, foi há alguns anos, indevidamente considerado como "País do futuro." E por que também não dizer da esperança? Agora que o futuro se faz presente, vivemos, portanto, num país sem futuro e sem esperanças, habitado por um povo que em sua maioria não possui educação formal, quando não totalmente alienado pelas novelas globais. Um tipo acomodado, que a tudo assiste silente, quando não proibido de protestar contra as ameaças perpetradas à nossa frágil democracia, mal refeita de um longo período de ditadura. 

Poucos perceberam que a finalidade exclusiva do golpe foi satisfazer aos interesses do capital internacional, principalmente das grandes empresas petrolíferas norte-americanos, sedentas por petróleo, posto que exauridas as reservas de petróleo do Texas e a se esgotar a produção de óleo obtida do xisto betuminoso. Para bom entendedor fica a pergunta: De onde eles vão retirar o ouro negro vital para a grande nação do norte?

Uma série de medidas já foram anunciadas pelo nosso autointitulado presidente. A entrega do nosso petróleo, onde bacia de Carcará, uma reserva avaliada em 37 bilhões de dólares já foi vendida a preço vil a uma petrolífera norueguesa. (empresa estatal, como a nossa Petrobrás, que foi tão atacada e desvalorizada pela cruel exposição na mídia)

E as más noticias anunciadas pelos usurpadores não param aí. Além de vinte anos de arrocho nos salários e aposentadorias, aguardem as privatizações tão nefastas, a serem previstas para o Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Rodovias, Aeroportos e a própria Petrobrás, que o "sociólogo" não conseguiu fazer.
 
Tão sabiamente afirma a sabedoria popular: "o sol somente se põe para quem vende, e nasce radiante para quem compra!" Empresas vendidas, principalmente ao capital estrangeiro, deixam algum resultado mínimo no pós-venda, ilusão que a longo prazo será desfeita, pois o país perderá o lucro gerado por essas empresas em mãos do capital externo, que passará a ser remetido para seus proprietários fora do país, privando o vendedor dessa fonte de riqueza. À propósito, que vantagem o país aferiu com as privatizações do governo de tão dolorosa memória de FHC? Alguém poderia explicar para onde foi toda aquela soma em dinheiro de nosso patrimônio vendido praticamente na "bacia das almas"? Alguém poderá desvendar o rombo produzido pelo telefonia da "Portugal/Telecom?" E que será pago pelos seus usuários?

Entretanto, a promessa de maior gravidade, diz respeito aos direitos trabalhistas, a redução de verbas para saúde e educação, como se a saúde e o ensino desse pobre e desvalido pais fosse grande coisa. Há também ameaças como o fim da Consolidação das Leis do Trabalho -CLT, o fim da previdência pública, da jornada mínima de  oito horas de trabalho diário, da idade máxima para aposentadoria, que lançará na mendicância milhões de trabalhadores idosos, que serão sumariamente demitidos. Ou a falta de emprego para milhões de jovens que ficarão fora do mercado de trabalho, tornando-se vitimas fáceis do tráfico de drogas e de outros malefícios que a ociosidade provoca e gera.   
Com tristeza, vi pelos grupos sociais, muitos se congratulando pela nefasta conquista. A esses, um aviso: no futuro teremos tudo a"temer".

Por Carlos Eduardo Esmeraldo

Patrimônio Histórico – Enquanto Crato destrói, Juazeiro preserva: “painel-mural” de Nossa Senhora de Fátima será restaurado


Este era o bonito painel em homenagem à passagem da imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima, que visitou Juazeiro do Norte no dia 16 de novembro de 1953, existente ainda hoje no lado externo da Basílica de Nossa Senhora das Dores, na Rua Padre Cícero, embora um pouco descaracterizado. 
A ideia deste painel partiu da educadora Amália Xavier de Oliveira. A foto mostra o painel original, instalado no paroquiado de Monsenhor José Alves de Lima. Hoje ele está um pouco modificado, sem a cor original, estando inclusive com algumas letras faltando, e muita gente passa por ele sem dar a menor importância, como se não notasse a sua existência.
Mas ele tem um significado muito importante para a história religiosa de Juazeiro.  Por isso, a comissão de história do Centenário da Paróquia de Nossa Senhora das Dores está estudando a possibilidade de fazer uma restauração do painel e a ideia já conta com a aprovação do Reitor e Pároco da Basílica, Padre Cícero José da Silva. O Painel voltará a sua forma original, mais vistoso, mais atrativo, para chamar a atenção dos transeuntes.
Parabéns à comissão História do Centenário da Paróquia de Nossa Senhora das Dores.
(Postagem original: site Portal de Juazeiro)

Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30