xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 02/03/2016 | Blog do Crato
.

VÍDEO - ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Prefeito do Crato é escolhido um dos melhores prefeitos do Ceará pela PPE Eventos, em Fortaleza. ( 09-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

02 março 2016

Brasil é segundo maior consumidor de cocaína do mundo, diz ONU


O Brasil é o segundo maior consumidor de cocaína do mundo e os voos comerciais procedentes do país rumo à África têm sido importantes para fazer a droga chegar à Europa, anunciaram nesta quarta-feira as Nações Unidas.

"O Brasil é o segundo consumidor (de cocaína) por volume, não por renda, porque os preços lá são mais baixos porque os brasileiros não têm dinheiro suficiente para pagar um preço alto", informou a Junta Internacional de Fiscalização de Entorpecentes (JIFE), organismo das Nações Unidas, em um estudo referente ao ano de 2015. O organismo destacou que o oeste da África é uma das regiões-chave do mercado mundial de drogas, que funciona como ponte para os entorpecentes procedentes da América do Sul com destino à Europa. O informe da JIFE destaca a importância dos voos comerciais provenientes do Brasil com destino a esta região africana para fazer a droga chegar à Europa. O Marrocos, em particular, está modificando seu papel no panorama internacional do narcotráfico, com a diminuição, desde 2012, da apreensão de haxixe (resina de maconha) e do aumento do transporte aéreo de cocaína. Ainda de acordo com o informe, a América Central recebe parte da cocaína por via aérea procedente da fronteira entre a Colômbia e a Venezuela.

"A região da América Central e do Caribe continua sendo um importante fornecedor de maconha e uma rota de trânsito da cocaína destinada à América do Norte e à Europa", destacou a JIFE. "Continua-se traficando cocaína da zona fronteiriça entre Colômbia e Venezuela para pistas de pouso situadas na América Central e no Caribe", acrescentou o texto, após ressaltar que a região sofre com a violência ligada ao narcotráfico. No Mar do Caribe também "continuam sendo usadas rotas marítimas mais consolidadas que atravessam o Haiti e a República Dominicana", acrescentou. "Organizações localizadas ao longo da costa caribenha do Panamá coordenam a recepção de lanchas rápidas de várias organizações da Colômbia", lembrou. Na Colômbia, que se mantém como principal produtor de folha de coca, insumo da cocaína, a JIFE ressaltou o aumento do consumo interno e os problemas vinculados ao tráfico em pequena escala. "Os problemas de consumo em regiões produtoras de droga acabam sendo sempre muito grandes", disse o membro da JIFE Francisco Thoumi, ao apresentar o estudo em Bogotá, e deu como exemplo o Paquistão, grande produtor de papoula, base da heroína, e onde "existem atualmente dois milhões de dependentes" deste alcaloide. Thoumi explicou que a Colômbia tem cada vez mais problemas para colocar a droga no mercado internacional, especialmente afetado pela queda de 20% da demanda de cocaína nos Estados Unidos. Em 2014, o cultivo da folha de coca aumentou 44% na Colômbia. No Peru e na Bolívia, os outros dois locais onde a planta cresce, os cultivos encolheram, informou a JIFE.



CNJ definirá quando novo Código de Processo Civil entrará em vigor


“Às vésperas de entrar em vigor, o novo Código de Processo Civil ainda desperta divergências sobre o início de sua validade. O Conselho Nacional de Justiça deve analisar a data adequada até a noite desta quinta-feira, por meio de sessão plenária virtual, depois de consulta apresentada pela Ordem dos Advogados do Brasil. O texto foi sancionado em 16 de março de 2015 e definiu que a vigência começaria um ano depois de sua publicação. A controvérsia surgiu porque a redação é incomum, já que normas legislativas geralmente são fixadas em dias. O fato de 2016 ser ano bissexto também atrapalha a conta.
O CNJ entendeu que, embora não haja consenso na comunidade jurídica, a definição de uma data pelo próprio conselho tornou-se urgente. “Mais importante que um trabalho doutrinário é que o CNJ se debruce e declare uma data”, argumentou o conselheiro Gustavo Alkmim, presidente do Grupo de Trabalho criado internamente para discutir a regulamentação do novo código. Instituído em dezembro de 2015, o grupo apresentou seu relatório nesta semana e concluiu que a vigência deve ocorrer no dia 18 de março. A definição foi baseada em opiniões de processualistas, entre eles o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, que presidiu a comissão de juristas convocada pelo Senado para elaborar a reforma do CPC. A partir de proposta da corregedora nacional de Justiça, ministra Nancy Andrighi, que solicitou mais prazo, o plenário decidiu abrir uma sessão virtual extraordinária à 0h01 desta quarta-feira (2/3) especialmente para definir a vigência do novo CPC. A sessão ficará aberta por 48 horas, até as 23h59min do dia 3.”

Site Consultor Jurídico




Ministério das Minas e Energia adia para abril leilão de compra de energia elétrica


“O Governo remarcou para 29 de abril o leilão para a compra de energia elétrica proveniente de novos empreendimentos de geração, denominado A-5. Anteriormente, estava marcado para 31 de março. A mudança foi feita por causa das novas datas do leilão de transmissão a ser realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que terá a primeira etapa no dia 13 de abril.

Segundo o Ministério de Minas e Energia, as instalações de transmissão a serem leiloadas, com prazo de entrada em operação comercial até 2021, são importantes para a conexão de potenciais empreendimentos de geração vencedores no leilão A-5. A data do leilão já tinha sido alterada anteriormente, a pedido dos interessados.

A portaria do Ministério de Minas e Energia que estabeleceu regras para o leilão foi publicada hoje (2) no Diário Oficial da União. Este será o primeiro leilão de energia nova que irá negociar simultaneamente quatro produtos diferentes, com contratos nas modalidades por quantidade e por disponibilidade, todos com início de suprimento em 2021. Será contratada energia de hidrelétricas, de usinas eólicas, de termelétrica a biomassa e carvão e de gás natural.”

Agência Brasil





Assaltante é baleado e comparsa quase é linchado em Fortaleza



Dois assaltantes foram surpreendidos com disparos de arma de fogo, na tarde desta quarta-feira, 02, quando se preparavam para fugir após realizarem um assalto a uma gráfica no Bairro Montese, em Fortaleza. Um dos suspeitos foi atingido na boca. O outro foi dominado por populares que o agrediram até a chegada da polícia.

Os homens entraram no comércio se passando por clientes. Em pouco tempo anunciaram o assalto. Eles levavam dinheiro da gráfica, além dos pertences de clientes e uma moto de uma das vítimas quando houve a reação de um suposto policial que estava à paisana.

A dupla foi encaminhada ao Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro, onde permanece sob escolta. Após receberem alta, os suspeitos serão encaminhados à delegacia e devem responder pelos crimes de porte ilegal de arma e tentativa de assalto.

Fonte: Ceará Agora


Pesquisadores encontram vírus da zika em glândula salivar do pernilongo



Rio de Janeiro (Brasil), 2 mar (EFE). Um grupo de pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) anunciou nesta quarta-feira que encontrou o vírus da zika nas glândulas salivares de mosquitos culex, popularmente conhecido como pernilongo, o que é um indício de que esta espécie também poderia transmitir a doença. A descoberta foi anunciada durante um seminário sobre a zika em Recife. A bióloga Constância Ayres explicou que foi realizada uma experiência em laboratório com cerca de 200 mosquitos culex, mas advertiu que estes resultados não são conclusivos. 

Fonte: EFE





FIQUE POR DENTRO ! Por Maria Otilia

   
Campanha Combate a Dengue nas Escolas Estaduais

Campanha Combate a Dengue nas Escolas EstaduaisDiante da grande proliferação do mosquito Aedes Aegypti e suas consequências, o governador Camilo Santana lançou no dia 21 de dezembro de 2015 o Plano Estadual de Enfrentamento ao Mosquito Aedes Aegypti, instituindo o Comitê Gestor Estadual de Políticas de Enfrentamento a Dengue, Chikungunya e Zika.

A atuação da Seduc no Comitê responde a premissa que a participação da sociedade civil, dos órgãos públicos e da população em geral é essencial no combate ao mosquito, especialmente a educação, considerando o enorme potencial de abrangência, mobilização e conscientização na promoção da saúde dos cidadãos. Sem a participação de todos, não conseguiremos combater o Aedes aegypti.

Para a concretização dessas ações, é de suma importância a articulação intersetorial, envolvendo todas as esferas governamentais. Neste sentido, a Seducvem estabelecendo parceria com a Sesa e as Cres, como também inserindo todos os atores municipais, coordenados pelos distritos municipais de combate às endemias, e mais particularmente os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e os Agentes de Endemias (AE).

Este Plano visa medidas de mobilização junto a gestores escolares, professores, alunos e familiares para atuação na erradicação dos focos do mosquito. As secretarias municipais de saúde já atuam trabalhando com orientações junto à população para identificação de possíveis focos e controle do mosquito. Mas, neste momento crítico, reforçaremos a parte educativa, convocando toda a comunidade escolar e seus familiares para um maior cuidado e para contribuir enquanto cidadão com essa busca ativa, e assim, eliminar de forma contínua qualquer risco de contato com o mosquito.

Estão sendo realizadas ações em todas os prédios da Seduc, com foco especial nas 705 escolas sob jurisdição das 20 Coordenadorias Regionais de Desenvolvimento da Educação (Crede) e na capital pelas três Superintendências das Escolas de Fortaleza (Sefor).

As medidas de prevenção e controle tanto da Dengue quanto da Chikungunya e do Zika propostas nesse plano, incluem constituição de brigadas para busca ativa de focos em todos os prédios vinculados à SEDUC, atividades de educação em saúde direcionadas aos gestores, professores, alunos e familiares, atividades de prevenção e visitas domiciliares em estabelecimentos nas proximidades onde residem os alunos, atividades de educação em saúde e de prevenção nos espaços onde os estudantes frequentam (residências, clube de esporte, igreja, grupo de jovem, comércio, lan house, entre outros).

O sucesso nesse enfrentamento depende não exclusivamente do Poder Público, mas, de uma ação integrada e com a colaboração de toda a sociedade porque a ameaça é grande e a responsabilidade é de todos.O plano estadual da SEDUC se articula em 4 eixos de atuação:

• Combate mecânico aos focos do mosquito por intermédio das brigadas;
• Elaboração e divulgação de material didático sobre combate ao mosquito e as 3 arboviroses associadas;
• Mobilização com gincana cooperativa;
• Plano de comunicação das ações.Assessoria de Comunicação da Seduc

Texto extraído do Site da SEDUC-CE
imprensa@seduc.ce.gov.br

Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30