xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 01/11/2015 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

01 novembro 2015

FIQUE POR DENTRO ! - Por Maria Otilia



Durante esta semana, foi veiculado nas redes sociais, emissoras de rádio e televisão, um fato lamentável, de caráter atípico, ou seja, um fato isolado, ocorrido  no interior da EEF Dom Quintino. E como este Blog é um dos mais respeitados nas redes sociais, sinto-me a vontade de fazer alguns esclarecimentos em relação ao ocorrido.

Lembrando  que a   instituição  acima citada , é muito respeitada por toda a comunidade escolar e sociedade civil, pelo excelente trabalho  que vem desenvolvendo, inclusive por ser uma instituição  em referência  na inclusão de estudantes com necessidades especiais, no ensino regular.
Infelizmente, uma parte da nossa imprensa, para ter ibope, na maioria das vezes não busca a imparcialidade em veicular o fato de como aconteceu. Muitos apenas reproduzem “boatos” de terceiros, sem se quer buscar a informação correta  no local devido, com  fonte segura.
Como educadores, acreditamos que a escola ainda é o maior instrumento  para a construção de uma sociedade mais justa, mais igualitária, mais inclusiva. Até porque, desde a educação infantil, trabalhamos com competências e habilidades voltadas para a preparação da criança/adolescente para a vida em sociedade. Embora, muitas políticas educacionais, desenhadas dentro de gabinetes, por pessoas que  de nada entendem de educação, venham a exigir que nossas escolas realizem a todo custo, com a devida excelência ,um trabalho voltado para a formação integral de nosso estudantes.
Uma destas políticas é da Educação Especial, que garante a matrícula da criança ou adolescente na sala comum (ensino regular), mas em contra partida não obriga o município, a implantação de Núcleos de Apoio que devem ser constituídos de profissionais específicos tais como: Psicólogos, Assistentes Sociais, Neuropediatras, Psiquiatras, Fonoaudiólogo, Terapeutas Ocupacionais, Psicopedagogos, Pedagogos ,etc. A implantação deste Núcleo , uma exigência legal, teria como função suplementar dar  todo  o suporte necessário   junto as escolas, no tocante ao atendimento de toda a demanda de matrícula de estudantes com necessidades especiais. E para atender as exigências legais, a escola deve fazer  a matrícula, porque se  negar este direito ao estudante poderá ser acionada por órgãos como o Ministério público de abandono de incapaz ou  atitude excludente., discriminatória.
A EEF Dom Quintino vem trabalhando  com Educação Especial desde a década de 1980, e infelizmente precisou solicitar junto ao Ministério Público, o remanejamento dos seus estudantes, por ocasião do fechamento de  duas classes especiais, que por força da Lei não poderia existir. E toda esta demanda deveria  ser remanejada para a rede municipal. 
Até hoje a escola vem  atendendo a Portaria de Matrícula da SEDUC/CE,  porque  o município do Crato , o único da CREDE 18 que ainda não fez seu replanejamento de rede (garantir o acesso de toda a matrícula de  fundamental II), por diversos motivos.Daí a necessidade de  algumas  escolas da rede estadual , ainda atender a demanda  do Ensino  Fundamental II.
O Estado do Ceará, através da SEDUC, vem ofertar estas matrículas, atendendo a exigência legal de que diante do município não ter condições de receber esta demanda, a rede estadual pode e deve acolher.

Na Portaria para o ano de  2015  GAB Nº1143/2014 – GAB, define que:
2.1 Todos os alunos público-alvo da Educação Especial devem ser matriculados, com ou sem diagnóstico comprovado, em escolas da rede estadual, respeitando-se, conforme a vontade destes ou de seus responsáveis, a proximidade de sua residência.


Fazemos estes esclarecimentos, para que todas aquelas pessoas, em especial educadores, que desconhecem a Legislação da Educação Especial, e do direito ao acesso e permanência dentro das Instituições Escolares, independente do seu nível: Educação  Infantil, Fundamental, Médio ou Superior, busquem  mais informações  na hora de fazer  prejulgamentos  quanto ao trabalho de uma Instituição séria, que realmente vem cumprindo a sua função social e sua missão de  oferecer uma educação de qualidade. E  que um fato isolado, que lamentavelmente ocorreu no interior da escola, não  venha nos deixar desanimados. Pelo contrário, somos uma equipe e este acontecimento trouxe mais reflexão  de que precisamos avançar mais e mais  na efetivação de uma educação inclusiva. E juntos exigir dos nossos gestores que comandam o município e o estado e dos Órgãos de Defesa da Criança e do Adolescente, a implantação  urgente de Instituições que possam dar suporte a todos os educadores   que trabalham diariamente com crianças e adolescentes oriundos da Educação Especial. Este trabalho  que deve ser realizado por  profissionais de outras áreas devem também atender aos pais ou responsáveis  destas crianças e adolescentes, que na maioria das vezes são famílias desestruturadas, vivendo em um gabinete de conflitos por diversos fatores.

Diante do exposto, afirmamos aqui o nosso compromisso junto aos pais  que continuaremos como devido zelo e cuidado para com nossos meninos e meninas matriculados na EEF Dom Quintino. E ainda fortaleceremos o nosso trabalho educativo   com nossos grandes  parceiros externos  , em especial a equipe do Ronda,SESC,Secretaria  de Saúde/Educação , UFCA, Insituto Federal do Ceará, Conselho Tutelar, CREAS ,etc. Instituições sérias que conhecem nosso trabalho e que  sempre contamos com o apoio de todos.

Esclarecendo ainda que a Escola tomou todas as providencias cabíveis, tanto em relação ao jovem agredido quanto  ao adolescente agressor , respeitando  a legislação pertinente do Estatuto da Criança e do Adolescente. 

Maria Otília


Eu não sou a favor nem contra o bispo do Crato, D. Panico. Muito pelo contrário !


Bom dia, gente!

Ouvi comentários nas escolas do Crato e nas ruas, de que eu, Dihelson Mendonça, estaria divulgando muito as matérias relativas ao bispo D. Fernando Panico aqui no Blog do Crato e que eu "defenderia" ele. Na verdade, não é isso que acontece. Deixe-me explicar como o sistema funciona:

O Blog do Crato é um site formado por uns 80 escritores e colaboradores. Cada um deles tem seus pontos de vista e sua senha para postar independente de mim, embora eu seja o administrador, eles têm sua liberdade garantida. O Prof. Armando Rafael porventura é o Chanceler da Diocese do Crato e membro do Blog. Ele então publica aqui as notícias da diocese que lhe convém. Eu não entro nesse mérito, pois ele é livre.

No que se refere à minha pessoa, sobre os recentes escândalos que envolvem o Bispo D. Panico, não tenho prejulgamento nem julgamento. Não sei se o que ele fez é verdade ou não. Só escrevo algo, só posto minha opinião ou reportagem, quando tenho as provas em mãos. No caso dos escândalos do bispo, eu nunca fui entrevistá-lo. Por sinal, gostaria muito e já tentei conseguir uma entrevista com ele, em vão. Sendo que eu não tenho as provas, nem há nenhum órgão oficial como o MP para emitir pareceres favoráveis ou desfavoráveis contra o Bispo, como no caso da administração do Crato que SIM, dispomos de entrevistas, provas e textos emitidos pelo Ministério Público, então, não há como eu emitir qualquer juízo de valor acerca da diocese. Por outro lado, o Armando trabalhando lá, posta notícias POSITIVAS, essa é a função dele. Ele está dentro da diocese, ele conversa com o bispo, ele traz as notícias. 

Todas as matérias de todas as pessoas publicadas aqui no Blog do Crato são levadas por um sistema automático eletrônico para inúmeros outros sites, e para as redes sociais e multiplica-se aos milhares, e o sistema publica usando o meu nome, portanto, no Facebook, por exemplo, a notícia sobre o bispo sai como se fosse eu que tivesse redigido, se não houver explicitamente no cabeçalho o nome do autor. Isso tem feito com que as pessoas pensem que eu esteja publicando essas notícias aí, mas eu sequer tenho conhecimento acerca da diocese do Crato. Repito: Todas as notícias publicadas nas redes sociais que vêm do Blog do Crato têm meu nome, MAS não são minhas, são dos diversos autores do Blog, e infelizmente, não há como o sistema publicar no nome de cada um em separado, porque é atrelado a uma única conta do Google. 

O que sempre peço em relação a isto é para os membros do Blog do Crato escreverem explicitamente que os textos são deles, a fim de evitar esses mal-entendidos. Eu não apoio nem condeno o bispo Panico, porque não tenho acesso às provas, aos indícios. Só vejo as coisas na base do OUVI FALAR. E eu não publico textos de "ouvi falar". Meu compromisso é com a verdade. Enquanto ela não aparece sobre estes casos envolvendo a diocese, eu prefiro não opinar sobre o assunto. Todas as matérias referentes a isto são de autoria do Prof. Armando Rafael. Ficou claro ?

Dihelson Mendonça
Administrador do Blog do Crato
www.blogdocrato.com






Crato vai ganhar novo seminário católico

Matéria publicada no "Diário do Nordeste", edição de domingo 01-11-2015, pela jornalista Elizângela Santos.
O espaço reunirá os vocacionados para o curso propedêutico, que prepara para as etapas de Filosofia e Teologia

Equipamento disporá de dormitórios e capela para ajudar no crescimento espiritual ( Foto: Elizângela Santos )

Crato. Este município ganhará novo seminário católico, para formação de vocacionados ao sacerdócio. O novo prédio está sendo construído no bairro Grangeiro e receberá o nome de Dom Fernando Panico, a ser inaugurado ainda neste ano. Na Diocese de Crato, o curso propedêutico funcionou até este ano em Barbalha. Os seminaristas residiam na casa paroquial da cidade, deslocando-se, diariamente, ao Crato para cursarem o Ensino Médio. Segundo o chanceler da Diocese do Crato, Armando  Rafael, neste ano o bispo de Crato, dom Fernando Panico, resolveu construir o novo empreendimento, com recursos próprios da Cúria Diocesana.

Reconhecimento

Em reconhecimento à sua iniciativa, os membros dos três conselhos consultivos da diocese - Presbiteral, Econômico e Colégio de Consultores - resolveram denominar o novo educandário com o seu nome, cuja inauguração fará parte da programação pelos festejos dos 70 anos de idade do bispo de Crato, a ocorrer no próximo dia 27 de dezembro. Os estudantes desses espaços, são conhecidos como "seminaristas" e recebem a preparação cultural e espiritual nos Seminários Menor (curso de Filosofia) e Maior (curso de Teologia). Desde 1875 funciona, em Crato, o Seminário São José (hoje dotado de ambos os cursos), o pioneiro no Interior do Ceará. Entretanto, antes de cursarem Filosofia e Teologia, os candidatos ao sacerdócio passam pelo curso propedêutico. "Trata-se de um período de estudos destinado a suprir as lacunas iniciais de ordem espiritual, cultural e humana nos adolescentes que aspiram à ordenação como padres católicos", explica o chanceler.

As instalações físicas do seminário propedêutico Dom Fernando Panico ocuparão uma área de 700 m2 localizadas, num terreno doado, em testamento, à Diocese de Crato, pelo falecido monsenhor Francisco Holanda Montenegro. Naquele sítio urbano também será construído um Lar Sacerdotal, destinado aos padres idosos - já aposentados de suas atividades pastorais - cumprindo um desejo do doador do imóvel. As novas construções estão sendo erguidas em meio às árvores, tendo como cenário, ao fundo, a paisagem da vegetação da Chapada do Araripe.
Capela
O novo espaço disporá de cômodos para dormitórios, salas de estudos, atividades de informática e televisão, biblioteca, cozinha, despensa, área de lazer, além de uma capela para orações, dedicada a São João Paulo II. A capela será a primeira da Diocese de Crato a ter como patrono o papa polonês, recentemente canonizado pela Igreja Católica. Além do atual bispo de Crato serão homenageados - com a denominação dos blocos construídos - o bispo-emérito, dom Newton Holanda Gurgel e monsenhores Francisco Montenegro e Vitaliano Mattioli.
Segundo o ecônomo da Diocese, padre Joaquim Ivo Alves dos Santos, as despesas com a construção desse novo patrimônio da Igreja custarão em torno de R$ 430 mil. Falta ainda projetar os gastos com a aquisição dos móveis e equipamentos, mas sabe-se que esses serão doados pelas paróquias. O padre Joaquim Ivo considera que este prédio é marca visível de uma das prioridades do bispo dom Fernando Panico, ou seja, a formação de novos padres.O bispo de Crato, desde que chegou ao Cariri - há mais de 14 anos - já ordenou 64 novos sacerdotes para a Diocese. Sem contar com aqueles que foram ordenados para outras instituições religiosas.

Mais informações:
Cúria Diocesana
Rua Teófilo Siqueira, 631
Centro -Crato
Telefones: (88) 3523-7819 / 3521-1110


Bolsa Família Internacional – por Humberto Mendonça (*)


A farra com o dinheiro público, nos governos petistas, tinha que levar o Brasil a esse estado de calamidade que se chegou em todas as suas esferas. Estradas federais, educação e saúde, além dos demais segmentos da administração pública dão sinais de esgotamento.
Rendo minhas homenagens, neste artigo, a dois brasileiros que estão mudando e irão mudar, se Deus quiser, este Brasil repulsivo da atualidade: o ministro Joaquim Barbosa e o juiz Sérgio Moro, os quais tiveram a coragem de dar um basta, ao lado de procuradores e da Polícia Federal neste ambiente de desordem total. Eles orgulham a nação brasileira.
Quando Joaquim Barbosa sarjou o tumor do mensalão, o presidente Lula disse que não sabia de nada. Acho que essa omissão é mais grave do que se ele tivesse dito que sabia. O escândalo da Petrobras - ou melhor - o crime que se cometeu com esse patrimônio nacional é irreparável. Sua dimensão encontra-se refletida nas decisões, até aqui prolatados, pelo juiz Sérgio Moro, mas o desmanche do País não para por aí.
Sebastião Nery, num de seus artigos semanais, escreveu "Mãe Dilma" sobre o descalabro cometido contra o nosso BNDES, com a conivência dos mesmos criminosos que tentaram matar a Petrobras.
"O BNDES investiu U$S 11,9 bilhões em projetos das empreiteiras nacionais lá fora".
O BNDES, com garantia do Tesouro, a taxas de juros "amigos", opera em Angola com empréstimos de U$S 3.383 bilhões com de juros de 5,32%; na Venezuela U$S 2.252 bilhões e juros de 4,29%; na República Dominicana U$S 2.204 bilhões e juros de 4,85%; na Argentina U$S 1,872 bilhões a juros de 4,83%; em Cuba U$S 847 milhões e juros de 5,38%; em Moçambique U$S 444 milhões e juros de 4,89%; na Guatemala U$S 280 milhões a juros de 4,94%; no Equador U$S 228 milhões e juros de 3,75%; em Gana U$S 216 milhões e juros de 3,75%; em Honduras U$S 145 milhões e juros de 2,83%; e na Costa Rica U$S 44,2 milhões a juros de 4,07%; aqui dentro é a Mãe Dilma do PT.
Lá fora, a "Filha de Lula".
Isto é que se pode chamar de Bolsa Família Internacional.
(*) Humberto Mendonça, Empresário
             

Lançado um livro sobre o Colégio Santa Teresa de Jesus, de Crato


Na noite do último dia 31 de outubro, foi lançado, na Quadra do Colégio Santa Teresa de Jesus, em Crato – com a presença de grande  público – o livro “Histórias e Memórias de Tempos Felizes”. Trata-se de uma coletânea, organizada por ex-alunas do Colégio Santa Teresa (à frente  a Sra. Eleonora Albuquerque  Batista) resgatando a origem, trajetória e pessoas que marcaram a vida daquele educandário   que em 2023 completará cem anos de existência.
A solenidade foi marcada por muita emoção e , na abertura, a Banda de Música Municipal de Crato executou os Hinos do Brasil, do Crato e do Colégio Santa Teresa. Trinta e seis pessoas  escreveram os capítulos que compõe esta obra de resgate da memória de um dos mais tradicionais colégios do Cariri.
Sobre o livro
O capítulo inicial deste livro de resgate foi escrito pelo historiador Armando Lopes Rafael, o qual, à certo altura afirma: “A criação do Colégio Santa Teresa de Jesus resultou de um sonho, dos vários sonhos alentados e concretizados por Dom Quintino Rodrigues de Oliveira e Silva, primeiro Bispo de Crato. Tinha razão Marden quando dizia: “Todos os homens que realizaram grandes coisas eram grandes sonhadores”. Também Dom Quintino foi um sonhador! Não é nossa intenção falar aqui, no curto espaço de um artigo, sobre o vasto patrimônio das obras – materiais e espirituais – deixadas pelo primeiro Bispo de Crato. Nosso objetivo é abordar unicamente uma dessas obras: o Colégio Santa Teresa de Jesus. Bem escreveu o Pe. Azarias Sobreira: “(Dom Quintino) Não contente de prover, com semelhante solicitude à educação da juventude masculina, tomou a peito a criação (em Crato) de um colégio equiparado à Escola Normal do Estado, onde a mulher sertaneja recebesse a conveniente formação. Mil obstáculos se antolharam a esse desiderato” (...) 
“ Àquela época, as escolas secundárias funcionavam separadamente para homens e mulheres. Inexistiam as escolas mistas como é praxe, nos dias atuais. E, neste Estado, as poucas escolas de segundo grau para mulheres só funcionavam na capital cearense, distante mais de 600 km de Crato, num tempo quando não havia estradas regulares, nem facilidade de comunicação. Os contatos entre o Cariri e Fortaleza eram feitos unicamente por telegramas e cartas. Por isso, no território da nova Diocese de Crato, somente as moças pertencentes às famílias bem afortunadas financeiramente podiam se deslocar para a cidade de Fortaleza, a fim de estudar” (...)
“No dia seguinte, 04 de março de 1923, às 5 horas da manhã, a população do Crato foi acordada com uma estrepitosa salva de fogos, anunciando o início das atividades de um novo colégio na antiga Vila Real do Crato. Dom Quintino havia atingido dois coelhos com uma só cajadada, pois concretizou dois dos seus mais alentados sonhos: o de criar uma congregação religiosa feminina (Filhas de Santa Teresa de Jesus) destinada a acolher jovens vocacionadas da sua diocese; e fundar – no Sul do Ceará –, o primeiro colégio para educação de mulheres. Dois pioneirismos de magnitude, considerando o fato de a Região do Cariri cearense – ainda atrasada em relação aos distantes centros evoluídos do litoral nordestino – ter passado a sediar as duas instituições acima citadas”(...)


Santa Sé elege quem será o Missionário da Misericórdia na Diocese de Crato – por Arysson Magalhães


Padre Acúrcio de Oliveira Barros, Missionário da Misericórdia na Diocese de Crato. (Foto: Árysson Magalhães)

O Padre Acúrcio de Oliveira Barros foi escolhido, pela Santa Sé Apostólica, para ser o Missionário da Misericórdia na Diocese de Crato, durante as celebrações do Jubileu da Misericórdia, que terá início no próximo dia 08 de dezembro de 2015 e se estenderá até dezembro de 2016.
A escolha aconteceu através do Bispo Diocesano, Dom Fernando Panico, que após a consulta de alguns padres do clero, apresentou o nome do Pe. Acúrcio à Santa Sé para aprovação. No dia 25 de outubro, foi recebido o comunicado da nomeação, por meio do Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização.
O missionário eleito explicou que este momento intensificará ainda mais a santificação do seu sacerdócio. “Nesta oportunidade eu poderei cada vez mais moldar-me a Jesus Misericordioso. Para mim não é motivo de honra ou orgulho, mas um motivo de santificar-me, para poder vivenciar com o povo de Deus, essa dimensão misericordiosa da fé. Farei com muita alegria e dedicação e tenho certeza de que o Espírito Santo há de dar-me as luzes necessárias”, afirmou.
O Padre Acúrcio atualmente é Vice-Reitor do Seminário Diocesano São José e Vigário Paroquial da Catedral Nossa Senhora da Penha. Nos próximos meses embarcará para Roma, onde participará das formações referentes à sua nova missão e do encontro de envio com o Papa Francisco, que acontecerá em fevereiro de 2016.

Missão
A missão do Missionário da Misericórdia é:
– Ser sinal vivo de como o Pai acolhe todos os que procuram o seu perdão;
– Ser próximo de todos, não excluindo ninguém, de um encontro cheio de humanidade, fonte de libertação, rico de responsabilidade para superar os obstáculos e retomar a vida nova do Batismo;
– Pregadores convincentes da Misericórdia;
– Anunciadores da alegria do perdão;
– Confessores acolhedores, amorosos, compassivos e atenciosos especialmente às difíceis situações de cada pessoa.



Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31