xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 22/09/2015 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

22 setembro 2015

Programa Geração da PAZ - Por Maurício Holanda

Mensagem do secretário Maurício Holanda marca cinco anos do Geração da Paz
 
 Nesta terça-feira, dia 22 de setembro, a Secretaria da Educação comemora os cinco anos de implantação do Programa Geração da Paz, resultado de uma parceria entre Seduc e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). A iniciativa tem como objetivo promover e desenvolver estratégias de aproximação da escola e comunidade, através da valorização dos saberes e experiências locais que apoiem a construção de uma cultura de paz no Ceará. Para marcar a data, o secretário da Educação, Maurício Holanda, enviou mensagem especial aos alunos e profissionais da rede estadual de ensino, das Coordenadorias Regionais de Desenvolvimento da Educação (Credes), Superintendência das Escolas Estaduais de Fortaleza (Sefor) e Seduc-sede.    
A paz é a maior necessidade de toda e qualquer sociedade humana. A paz é também a maior riqueza que cada pessoa humana pode encontrar, construir, conquistar, desenvolver ao longo de sua vida.
Uma das experiências que nos auxilia a encontrar a paz é encontramos no olhar das pessoas que são importantes pra nós o reflexo do valor que elas nos dão e da importância que temos pra elas.
Assim, uma das maneiras de construir a paz é reconhecermos a dignidade e o valor de cada ser humano que encontramos em nossa vida e refletir isso na forma como olhamos para o nosso próximo, nossos irmãos. Os nossos manos.
Vem dos nossos irmãos indianos uma forma muito bonita de saudar uns aos outros. Quando duas pessoas se encontram, elas se olham nos olhos, unem as mão nos peito, inclinam a cabeça uma para a outra e dizem a palavra namastê. Essa única palavra tem um profundo significado. Numa tradução livre ela quer dizer: “a centelha de Deus que habita em mim saúda a centelha de Deus que habita em você”.
Como faz bem sentirmos que temos Deus dentro de nós e também podemos reconhecer esta mesma Luz em cada outro ser humano, filho de Deus.
Esse sonho e essa promessa de Paz também está lindamente representada na nossa tradição judaico-cristã pelas palavras do profeta Isaías, quando este nos fala de um tempo (que há de chegar um dia) em que as nações não lutarão mais umas contra as outras, em que o aço das espadas será transformado em “foices” e em “arados” para cultivamos na terra flores e frutos. É esse mesmo Isaías que nos fala do nascimento de um menino que será chamado “príncipe da paz”.
Esse menino quer e pode nascer todos os dias em nossos corações. E quanto mais ele toma conta do nosso ser, mas fácil é para nós reconhecê-lo habitando o ser das outras pessoas. Das pessoas da nossa família, das pessoas da grande família humana.
 Foi e é com este sentimento e esta compreensão, que nós da Secretaria de Educação, lançamos, há exatos cinco anos, em 22 de    setembro de 2010, a ideia de um programa voltado para as nossas escolas, ao qual chamamos Geração da Paz.
 Porque vemos o quanto todos nós (nossos alunos e suas famílias, nossos professores, funcionários e gestores escolares e também suas famílias) queremos ter mais paz nos nossos lares, nos nossos ambientes de estudo e de trabalho e em nossas comunidades.
 Precisamos e podemos fazer nossa parte no trabalho de gerar paz. E também precisamos e podemos dizer pros nossos alunos e nossos filhos, sobrinhos e netos que eles, que são nossa nova geração, podem ser uma geração da paz.
Também queremos dizer aos jovens dessa nova geração, essa que pode ser a geração da paz que precisamos da sua boa vontade e confiamos na sua capacidade de superarem as dificuldades desse momento para serem geração melhor e mais pacífica do que a nossa.
De nossa parte podemos e devemos nos comprometer de fazer o que for possível para apoiar as iniciativas de nossa juventude no sentido de aprender (fazendo) a paz que queremos fazer. Podemos conversar, podemos compartilhar com nossos jovens nossas sonhos e experiências passados e presentes.
Podemos nos esforçar para compreendê-los melhor e pedimos também que nos compreendam. Somos humanos, temos defeitos, temos fraquezas. Também temos medo e nos sentimos muitas vezes impotentes diante de situações injustas e violentas que já existiam antes de nós nascermos ou quando éramos jovens.
Mas podemos dar as mãos de maneira solidária e fraterna. Sem dúvida não podemos fazer tudo que precisa ser feito, mas certamente podemos fazer alguma coisa.
Temos tantas coisas mais para conversar... Por hora vou parar aqui com um convite-pedido: que neste dia 22, cada um de nós eleve um pensamento ao Alto, faça uma oração pedindo paz pra si mesmo, para nossos próximos e para o mundo. E... quem se sentir mais inspirado e motivado, que diga uma palavra, faça um gesto, cante um canto de paz e compartilhe com seu amigo, seu professor, ou qualquer outra pessoa que queira receber a sua (nossa) oferta.
Que Deus, menino, nasça, cada dia e sempre em nossos corações.
 Feliz Agenda 22.
Fortaleza, 22 de setembro de 2015.
Mauricio Holanda Maia
Secretário da Educação do Estado do Ceará

Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30