xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 16/06/2015 | Blog do Crato
.

VÍDEO - ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Prefeito do Crato é escolhido um dos melhores prefeitos do Ceará pela PPE Eventos, em Fortaleza. ( 09-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

16 junho 2015

Pesquisa sobre microcréditos aponta favorecimento de microempreendedores

dinheiropilha

O número de empreendedores no Brasil corresponde a 24,4% da força de trabalho ocupada, no total de 23.125.469 pessoas, segundo Pesquisa Nacional de Amostras por Domicílio (PNAD) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Desses, 21.873.189 são clientes potenciais para o Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado (PNMPO), com renda até R$ 10 mil mensais.

Os dados foram divulgados hoje (16) durante apresentação de resultados do projeto de pesquisa Microcrédito Produtivo Orientado: Inovações de Tecnologia Social e Aperfeiçoamento de Política, resultado da cooperação técnica entre o Ministério do Trabalho e Emprego e a Universidade de Brasília.

O estudo aponta que há maior concentração, entre 50% dos empreendedores urbanos mais ricos, no recorte de clientes potenciais, sobretudo nas regiões Sudeste e Sul do país. A maioria formada por pessoas do sexo masculino. Por outro lado, as mulheres têm nível médio de escolaridade maior, e são mais jovens. A prática de conceder maior volume de crédito e renda de trabalho, todavia, ainda favorece mais aos homens, relativamente.

As principais operações de oferta de produtos microfinanceiros, na maioria das instituições pesquisadas, constituem oferta de capital de giro (84%), crédito para investimento individual (77%) e crédito para investimento e capital misto (63%).

O parcelamento de pagamentos, para 96% das instituições, é feito mensalmente, e 50% delas ainda utilizam o boleto como forma de cobrança. Considerando apenas  as novas tecnologias, 47% das instituições responderam que utilizam telefone celular, 13% débito e crédito automático em conta corrente, 8% internet e 3% utilizam outras tecnologias, como o tablet.

O estudo aponta, como medidas de aprimoramento: mais articulação entre o Sistema Público de Emprego, Trabalho e Renda com a política de microcrédito; mais estímulo a postos do Sistema Nacional de Emprego (Sine) para desenvolvimento de ações no âmbito do PNMPO; criação de programas estaduais de microcrédito orientado; e melhor articulação na parceria entre prefeituras e o Sistema Público de Emprego, Trabalho e Renda nas políticas de atividade de microcrédito.

Os dados fornecidos representam informações cedidas por 118 das 497 instituições que operavam o PNMPO , devidamente cadastradas no Ministério do Trabalho e Emprego no segundo semestre de 2014, período da coleta e data de referência dos resultados apresentados.

Da Agência Brasil

Senado aprova requerimento para urgência de projetos sobre Petrobras e pré-sal

senado

O plenário do Senado aprovou hoje (16) requerimento para que dois projetos relacionados ao modelo de exploração do pré-sal sejam apensados e tramitem com urgência no plenário da Casa. Os dois textos são do senador José Serra (PSDB-SP). Um revoga a participação mínima de 30% da Petrobras nos consórcios de exploração do petróleo do pré-sal e retira a prerrogativa da companhia de ser a operadora única dessa exploração. O outro estabelece um volume mínimo de óleo excedente a ser entregue à União no regime de partilha do petróleo.

Apesar de aprovada a urgência, os senadores também estabeleceram que no próximo dia 30 haverá sessão temática para discutir os dois projetos. Serão convidados especialistas para debater com os senadores os prós e contras de cada proposta. Depois da audiência, os projetos ainda podem ser direcionados para uma comissão especial destinada a apreciá-los e emitir parecer sobre os dois assuntos, antes de eles serem votados no plenário.

Mesmo assim, a votação do requerimento gerou muita polêmica no plenário. Senadores petistas se posicionaram contrários à aprovação da urgência e alguns representantes do Sindicato de Petróleo de São Paulo acompanharam a sessão das galerias do plenário. Como eles se manifestaram várias vezes com palavras de ordem e críticas aos senadores que apoiavam o requerimento, o presidente da Casa, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), determinou à Polícia Legislativa que esvaziasse as galerias.

A medida gerou tumulto. Os manifestantes se recusaram a sair e resistiram à ação da polícia. Alguns precisaram ser contidos e imobilizados. Dos oito presentes, quatro foram detidos e levados para a sede da Polícia Legislativa para esclarecimento. Em seguida todos foram liberados.

Na mesma noite, os senadores aprovaram outro requerimento de urgência para o projeto, também do senador José Serra, que tem substitutivo do senador José Pimentel, que amplia a punição a menores de idade em casos de crimes hediondos. A punição máxima sobe de três para oito anos. Assim, o projeto será apreciado diretamente no plenário do Senado, sem precisar passar por comissões de mérito.

Agência Brasil

Dilma tem até o dia 17 para decidir sobre veto ao fim do fator previdenciário

dilmaeconomia

A presidenta Dilma Rousseff tem de decidir até amanhã (17) se sanciona sem vetos o texto da Medida Provisória (MP) 664. O impasse está na emenda que incluiu o fator previdenciário. Os parlamentares aprovaram a chamada “fórmula 85/95”, que estabelece novas regras para a aposentadoria. O governo alega que, dessa forma, a longo prazo o Brasil entraria em “uma situação totalmente insustentável”.

“Em 2060, do ponto de vista previdenciário, será o caos. Se mantivermos as regras, chegaremos a uma situação totalmente insustentável. A expectativa de vida vai chegar a 81,2 anos e nós teremos um terço da população de idosos. Isso muda a relação do sistema”, explicou ontem (15) o ministro da Previdência Social, Carlos Gabas, durante entrevista coletiva.

O ministro evitou informar se Dilma vetará ou não a fórmula proposta pelo Congresso. Oficialmente, o discurso do governo é que a presidenta ainda não tomou uma decisão. “Ela não tomará medidas sem ter conhecimento de todos os números e projeções”, adiantou Gabas.

Hoje (16), a presidenta jantará no Palácio da Alvorada com líderes do Senado. Embora a assessoria da Presidência da República não confirme o motivo da reunião, a expectativa é que o fator previdenciário seja o principal assunto do encontro.

Enquanto a presidenta estiver jantando com senadores no Alvorada, sindicalistas protestarão em frente ao Palácio do Planalto. Os presidentes da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e da Força Sindical estiveram ontem com Gabas e outros ministros, na tentativa de convencer o governo a aprovar a MP sem vetos. Sem obter a resposta que desejavam, marcaram uma vigília para hoje, que deve durar toda a madrugada.

A fórmula 85/95 foi incluída pelo Congresso no texto da Medida Provisória (MP) 664 e encaminhada à presidenta Dilma para sanção. A presidenta tem 15 dias úteis, contados a partir da saída do texto do Congresso, para vetar algum ponto da MP. Caso não o faça no prazo, o texto é considerado aprovado integralmente.

A fórmula estabelece que, para se aposentar recebendo proventos integrais (obedecido o teto de R$ 4.663,75 da Previdência Social), os trabalhadores têm de somar o tempo de contribuição e a idade até atingir a marca de 85 para as mulheres e 95 para homens.

Na prática, a fórmula 85/95 permite que os trabalhadores se aposentem mais cedo que pelo cálculo do fator previdenciário. Pelo fator, quanto mais cedo o beneficiário se aposenta menor o benefício. O governo argumenta que a fórmula aprovada pelo Congresso compromete a sustentabilidade da Previdência, principalmente no longo prazo.

Repórter da Agência Brasil|

Nordeste já está no ritmo das festas juninas

quadrilhajunina2


As brasilienses Valéria Silva e Vera Lúcia Gentil estão preparando as malas para uma viagem a Salvador, este mês. Desta vez, o motivo do passeio das irmãs, que levam mais cinco pessoas, não são as belas praias da capital baiana, mas sim as festas juninas que se espalham pela cidade e reforçam a tradição do Nordeste nos festejos em homenagem a Santo Antônio, São Pedro e São João.

“Além dos ‘arraiás’ que se espalham pelos bairros de Salvador, como Amaralina, por exemplo, tem uma grande festa no Pelourinho que atrai muitos turistas que estão na cidade”, diz a servidora pública Valéria, até então, frequentadora assídua das festas juninas de Sergipe.

A dupla de Brasília confirma o apelo turístico das festas juninas, cujo calendário vai além do mês de junho. De maio até julho, fogueiras, dança de quadrilhas, forró, quermesses e muita comida regional aumentam o fluxo de turistas e movimentam a economia de diversos municípios.

As festas de Caruaru, em Pernambuco, e Campina Grande, na Paraíba, estão entre as mais movimentadas do país – e duram cerca de um mês. As condições as levaram a disputar o título de “O Maior São João do Mundo”. A do município pernambucano, terra do sanfoneiro Luiz Gonzaga, por exemplo, começa no dia 30 de maio, e segue junho a dentro. Já a festa paraibana se estende até o dia 5 de julho.

Em Caruaru, a festa com 364 shows deve resultar, nos cálculos da prefeitura da cidade, em movimentação financeira de R$ 246 milhões, e gerar seis mil empregos diretos e indiretos. Já o São João de Campina Grande deve reunir dois milhões de pessoas e, segundo a prefeitura, repetir o sucesso do ano passado, quando a cidade recebeu, além de visitantes do Nordeste e do Sudeste, turistas da Espanha, França e Estados Unidos.

No Rio Grande do Norte, o São João de Mossoró, município localizado a 280 km de Natal, vai entrar para o calendário de eventos do Ministério do Turismo. Os números expressivos da festa justificam a inclusão. No ano passado, segundo a prefeitura, a festa recebeu cerca de dois milhões de visitantes em 22 dias e movimentou R$ 10 milhões na economia local.

Se no Carnaval tem o Pré Caju, em junho tem o Forró Caju. Assim, a sergipana Aracaju se posiciona no circuito dos grandes eventos juninos, que se espalham pelas capitais e pelo interior do país. Entre as marcas registrada das comemorações do “São João” pode-se citar a valorização da culinária, que tem no milho um de seus principais ingredientes, da vida interiorana e dos artistas regionais, convocados para animar festas que vêmcrescendo, e se profissionalizando a cada ano.

Agência de Notícias do Turismo

Ceará tem o quarto maior número de adolescentes detidos, afirma Ipea

 

Ceará e Pernambuco têm a maior parte dos adolescentes detidos no NE.
Brasil tinha 23,1 mil adolescentes privados de liberdade em 2013, diz Ipea.

ipea (1)

Técnicos do Ipea durante apresentação de dados sobre perfil dos jovens infratores no Brasil (Foto: Isabella Formiga/G1)

O Ceará é o quarto estado brasileiro com o maior número de adolescentes privados de liberdade, segundo estudo divulgado nesta terça-feira (16) pelo Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea).

O estado aparece atrás apenas de São Paulo, Minas Gerais e Pernambuco. O estudo mostra ainda que a região Nordeste concentra 21% de todos os menores de 18 anos privados de liberdade no Brasil, a maior parte deles no Ceará e Pernambuco, segundo o estudo.

O Brasil tinha 23,1 mil adolescentes privados de liberdade em 2013, segundo dados do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase), órgão ligado à Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, e do Ipea.

Segundo o estudo, 95% dos adolescentes infratores cumprindo medida socioeducativa são do sexo masculino e mais da metade das infrações registradas foram cometidas por jovens entre 16 e 18 anos. Cerca de 40% das infrações cometidas eram por roubo, 23,5% por tráfico de drogas, 8,75% por latrocínio (roubo seguido de morte), 3,4% por furto, 1,1% por estupro e 0,9% por lesão corporal.

Para a técnica em Planejamento e Pesquisa do Ipea, Enid Rocha, o número de adolescentes internados poderia ser bem menor. "De 23 mil adolescentes privados de liberdade, apenas 8,7% são por homicídio, e existe uma orientação do ECA de que a privação de liberdade deve ser aplicada apenas em ato de violência de alta gravidade."

“Quando vamos olhar, apenas 3,2 mil meninos estão privados de liberdade por delitos relacionados a homicídios, latrocínios, estupro e lesão corporal. O restante está privado de liberdade por atos como furto, tráfico de drogas, que não justificaria a severidade da medida", disse.

Do G1 CE

BNB – Agroamigo supera a marca dos R$ 3 bi em carteira ativa

dinheiromuito

“O programa de microcrédito rural do Banco do Nordeste, Agroamigo, que comemora 10 anos de atuação, atingiu a marca de R$ 3 bilhões em sua carteira ativa, financiando atividades produtivas de mais de 1 milhão de clientes ativos. Maior programa de microfinança rural da América Latina, o Agroamigo já contratou R$ 6,9 bilhões, em toda a sua existência.

Com metodologia própria, o programa é específico às condições do meio rural e tem como principal característica o atendimento integral a partir da presença do agente de microcrédito nas comunidades. O Agroamigo incentiva o desenvolvimento de atividades produtivas rurais agropecuárias e não agropecuárias, promovendo suporte a atividades econômicas sustentáveis, compatíveis com a proteção ambiental.

“Expressivo resultado corrobora o fato de que o Banco do Nordeste vem cumprindo sua missão de atuar na promoção do desenvolvimento regional sustentável, como Banco Público competitivo e rentável”, afirma o superintendente de Microfinança e Agricultura Familiar do BNB, Stélio Gama Lyra Junior. Neste ano de 2015, o Agroamigo contratou mais de R$ 762 milhões, distribuídos em mais de 186 mil operações de microcrédito rural. A meta para esse ano é aplicar mais R$ 1,8 bilhão no âmbito do programa.

Com financiamentos de até R$ 4 mil, o Agroamigo Crescer beneficia agricultores rurais com renda anual de até R$ 20 mil, enquadráveis no grupo B do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Com o Agroamigo Mais, o programa atende aos demais grupos do Pronaf (exceto A e A/C). Nesses casos, os agricultores com renda bruta familiar máxima de R$ 360 mil, nos últimos 12 meses, são beneficiados com financiamentos de até R$ 15 mil .

(Site do BNB)

Governo do Estado realiza Ciclofaixa de Lazer do Cariri neste domingo (21)

 

O programa Ciclo Faixa de Lazer do Cariri, uma iniciativa do Governo do Estado, por intermédio da Secretaria das Cidades e do DETRAN, será iniciado no próximo domingo, dia 21 de junho, com concentração dos participantes na Praça José Ilan, em Barbalha, na CE 060, com o percurso de 6 km, até a entrada principal de Barbalha.

O evento ocorre das 7h às 12 horas, em cujo horário os ciclistas poderão participar de qualquer ponto do percurso. Todos os domingos uma faixa da CE 060, no mesmo trecho, será destinada exclusivamente para os ciclistas.

A ideia é que a população, principalmente às famílias, dos municípios do Cariri tenha a oportunidade de usufruir do lazer com bicicleta, como uma forma de fortalecer o uso do modal bicicleta nos deslocamentos dos cidadãos. O uso de bicicletas nos deslocamentos reduz os congestionamentos de veículos motorizados, contribui para a redução da poluição, amplia as atividades físicas das pessoas e, com consequência, melhora a qualidade de vida.

Ao longo do percurso, marcado com cones do DETRAN e da Polícia Rodoviária Estadual – PRE,  estarão facilitadores, orientando os ciclistas, e agentes de trânsito do DETRAN, da PRE e dops Demutrans dos municípios da Região para garantir a segurança do trânsito.

É a primeira iniciativa desse tipo no Interior do Estado, promovida pelo Governo, após o exitoso projeto da Prefeitura de Fortaleza, ano passado, que contou com o apoio do Governo Estadual.

 

Ciclo

 

Giselle Dutra
Gestora de Célula/Secretarias

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado - Casa Civil

V Festival de Jericoacoara Cinema Digital prossegue até 21 de junho

JERI3

Com o tema “Cinema Popular e Cinema Político”, a quinta edição do festival reconhecido no calendário nacional do cinema independente, iniciado na última segunda-feira (15/6), reunindo grandes nomes e novos realizadores do audiovisual brasileiro, prossegue até o dia 21 deste mês. Ao todo, 30 curtas-metragens, de cineastas de 11 estados, foram selecionados para participar da mostra competitiva. Neste ano o festival, que acontece no Polo de Atendimento à Criança e ao Adolescente de Jericoacoara, realizará exibição especial do filme “Aos ventos que virão”, do cineasta cearense, radicado em São Paulo, Hermano Penna, e promoverá debate sobre a atual crise do futebol mundial, com a exibição do filme “Os Subterrâneos do Futebol”, de Maurice Capovilla, e um debate com os ex-jogadores Afonsinho e Sérgio Redes. Haverá ainda homenagem ao ator cearense Sidney Souto. Confira a programação completa

Pela quinta vez, realizadores audiovisuais de diversos estados brasileiros, responsáveis pelo novo cinema nacional, vão se encontrar em uma das praias mais belas de todo o mundo. O Festival de Jericoacoara – Cinema Digital realiza esta edição, sempre fiel à proposta original, de oferecer um novo olhar sobre o cinema brasileiro, um panorama da nova produção do audiovisual nacional, democratizada tanto em conteúdo quanto em forma, por meio da tecnologia digital.

O V Festival de Jericoacoara – Cinema Digital contará, na Mostra Competitiva de Curtas, com a exibição de 30 filmes, de realizadores de 11 estados, selecionados entre mais de 260 inscritos. Participam do festival filmes de até 20 minutos, sobre quaisquer temas, nos gêneros documentário, ficção, animação e experimental.

O festival também destacará o trabalho do cineasta cearense Hermano Penna, radicado em São Paulo, onde construiu uma trajetória de destaque no cenário do audiovisual brasileiro. Seu filme “Aos ventos que virão” será exibido especialmente no festival. Após o filme, tem debate com a presença do diretor.

"O destaque ao trabalho de diretores referenciais, como o Hermano Penna, que já foi homenageado no Festival de Jericoacoara e faz parte da história e do presente do evento, é uma forma de chamar atenção para momentos importantes e diferentes, na história do cinema brasileiro", destaca o cineasta Francis Vale, diretor do Festival de Jericoacoara - Cinema Digital, uma realização da Anhamum Produções Audiovisuais e do Cineclube Avenida, com co-produção da Jerimoon Tour, patrocínio da Coelce, por meio do Mecenato, com apoio da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará e do Governo Federal/Ministério da Cultura.

Futebol na tela e em debate

A quinta edição do festival, que começa nesta segunda-feira, 15/6, também tem entre suas atrações um debate sobre a atual crise do futebol mundial, com a exibição do filme “Os Subterrâneos do Futebol”, de 1965, dirigido por Maurice Capovilla, e a presença dos ex-jogadores Afonsinho, colunista da revista Carta Capital e personagem da história do esporte brasileiro ao se tornar o primeiro jogador a conquistar o passe livre, e Sérgio Redes, ídolo do futebol no Rio de Janeiro e no Ceará, aplaudido comentarista esportivo, autor de crônicas elencadas no livro “Nem tudo é futebol” e poemas como os reunidos no livro “O Raio do Futebol”, lançado em parceria com o artista visual Sérgio Pinheiro e com apoio da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará.

A exibição do filme acontece no sábado, 20/6, às 14h30, seguida do debate. “Neste momento em que o tema está quente, teremos certamente uma grande discussão sobre essa questão e as perspectivas de mudanças administrativas pra valer, no futebol no Brasil e no mundo, o que é esperado há muito tempo”, aponta Afonsinho, celebrando a oportunidade de retornar ao Festival de Jericoacoara Cinema Digital, do qual se tornou participante cativo.

O festival e o novo cinema brasileiro

“Chegando ao marco importante da quinta edição, o Festival de Jericoacoara Cinema Digital prossegue consolidando cada vez mais sua dimensão nacional, reunindo os novos realizadores do cinema brasileiro, que estão em todas as regiões, fazendo seus trabalhos, mesmo enfrentando, muitas vezes, dificuldades para divulgação, repercussão, visibilidade”, afirma Francis Vale.

“Na contramão dessa realidade, o festival existe justamente para contribuir para dar mais destaque a novos nomes do cinema brasileiro, provando que passamos de um eixo geográfico de produção para novos e múltiplos polos, espalhados pelo País”, acrescenta o diretor do festival.

“O festival contribui para mostrar o pluralismo, essa riqueza de origens, temas e formas dos filmes, os realizadores de várias gerações que fazem o novo cinema brasileiro acontecer de um modo muito forte, pulsante”, complementa Francis, que também enfatiza a relação do festival com a comunidade como um diferencial.

Programação 2015: abertura com “Cine Holliúdy”

A programação completa da edição 2015 do festival foi divulgada pela organização nesta semana. A abertura do festival, na segunda-feira, 15/6, às 19h, contou com solenidade e com a exibição do aplaudido filme “Cine Holliúdy”, do cearense Halder Gomes.

Na terça-feira, 16/6, tem início a Mostra Competitiva de Curtas-metragens, que segue até sexta-feira, 20/6, sempre a partir das 19h30. A cada dia serão exibidos seis filmes.

Já o período da tarde contará, sempre a partir de 14h, com a Oficina de Cinema Digital (ministrada pela professora Rosa Berardo e pelo doutorando Guilherme Souza, da Universidade Federal de Goiás) e, a partir das 14h30, com a Mostra Informativa e a programação de debates. Na terça-feira, acontece também homenagem ao ator cearense Sidney Souto, falecido em janeiro de 2015, deixando um vasto legado de contribuições ao cinema e ao teatro. Serão exibidos, a partir das 14h30, filmes dos quais ele participou.

Outras produções histórias do cinema brasileiro que serão exibidas no festival, sempre às 14h30, são “O Desafio” (1965), de Paulo César Saraceni (quarta-feira, 17/6) e “São Paulo Sociedade Anônima” (1965), de Luiz Sérgio Person (quinta, 18/6). Na sexta, 19/6, tem exibição de “Aos Ventos que Virão”, de Hermano Penna, e no sábado, 20/6, de “Os Subterrâneos do Futebol”, de Maurice Capovilla, seguida do debate com os ex-jogadores Afonsinho e Sérgio Redes.

No domingo, 21/6, as atividades acontecem a partir das 19h, com homenagem ao cineasta Tuna Espinheira, com exibição de seu filme “O Imaginário de Juraci Dórea no Sertão Veredas”. Às 20h acontece a solenidade de encerramento do festival e de premiação aos vencedores nas diversas categorias, com entrega dos troféus.

Convivência e debate

Para assegurar, na prática, a democratização da participação no evento, a produção do festival garante transporte entre Fortaleza e Jericoacoara, alimentação e hospedagem, ao longo de todo o período, para um representante de cada um dos filmes selecionados.

“Mais do que apenas exibir os filmes, o festival se diferencia por proporcionar que os realizadores e o público possam conviver em Jericoacoara, ao longo de uma semana, debatendo cinema e permanecendo em contato direito com o público e a comunidade de Jeri”, reforça Francis Vale. “Muitas vezes novas produções nascem desse encontro”.

Ao longo do festival, os filmes serão apreciados por um júri composto por nomes de destaque no audiovisual. Receberão o Troféu Pedra Furada as obras escolhidas pelo júri como as melhores em cada categoria: ficção, documentário, animação e experimental. Também receberá o troféu a melhor produção dos estados Ceará, Piauí e Maranhão, em homenagem à chamada “Rota das Emoções”, que se inicia em Jericoacoara-CE, passa pelo Delta do Parnaíba-PI e se estende até os Lençóis Maranhenses.

O festival também destinará troféus aos vencedores dos quesitos melhor filme, direção, roteiro, fotografia, trilha original e direção de arte. Além dos troféus para melhor ator e melhor atriz.

Filmes selecionados – Festival de Jericoacoara Cinema Digital 2015

Joaquim Bralhador - Ficção - Márcio Câmara - CE
A Caminho de Casa – Ficção - Paula Szutan - SP
Olhos de Botão – Ficção – Marlom Meirelles - PE
Paixão Nacional – Ficção - Caio Baú - PR
Nua Por Dentro do Couro – Ficção - Lucas Sá - MA
O Passageiro – Ficção - Eduardo Cantarino - RJ
Preto ou Branco! – Ficção - Alison Zago Brito - SP
Tereza – Ficção – Mauricio Baggio - PR
Cadê Meu Zóculos – Ficção - Josafá Ferreira Duarte - CE
Amigo Anônimo – Ficção - Fábio Batista - SE
Tubarão – Documentário - Leo Tabosa - PE
Araca - O Samba em Pessoa – Documentário – Fausto Junior - RJ
Às Margens do Itapecuru – Documentário – José Gomes Pereira - MA
Curitiba Mon Amour – Documentário – Pedro Rocha de Oliveira - CE
O Pau da Bandeira – Documentário – Felipe Wenceslau - BA
Gutierres – Documentário – Fernando Bassani - RS
SerTão Resistente – Documentário - Roger Pires - CE
Beatitude – Documentário - Délio Freire - ES
Envolvidos –Documentário – Roger Pires - CE
O Muro é o Meio – Documentário – Eudaldo Monção Jr - BA
Agradecimento – Animação – Diego Akel - CE
Guida – Animação – Rosana Urbes - SP
As Aventuras de Chaga das Onças – Animação - George Alex Barbosa - CE
Bem me Quer – Animação - Brenno Levi de Sousa Magalhães - CE
Até a China – Animação – Marcelo Marão - RJ
Hotel Farrapos – Animação – Lisandro Santos - RS
A Arte Tem que ter Ambição - Experimental – Alex Nunes Barroso - CE
Cântico dos Ventos – Experimental – Laurita Caldas - PB
Miragem – Experimental – Virgínia Pinho - CE
Lampejos da Resistência – Experimental - Roger Pires - CE

SERVIÇO:

V Festival de Jericoacoara – Cinema Digital. De 15 a 21 de junho, em Jericoacoara. Toda a programação tem entrada franca. Mais informações:www.jeridigital.com.br.
Entrevistas/mais informações:
9998-9497 - Francis Vale – Cineasta, produtor, escritor / Diretor do Festival
8699-6524 – Assessoria de Imprensa – Dalwton Moura (CE 01339 JP)

 

Assessoria de Comunicação da Secult

SDA realiza seleção para 218 vagas de nível médio e superior em cidades do Ceará

governodoestadoce

A Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA) realiza seleção de 218 profissionais de níveis médio e superior para prestar assistência técnica aos agricultores familiares nos municípios do Ceará.
Os selecionados vão atuar nos escritórios da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce) e promover a transferência de conhecimentos tecnológicos aos beneficiários do projeto de ampliação da Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) no Estado do Ceará.
Serão oferecidas Bolsas de Transferência Tecnológica (BTT), que variam de R$ 1.000,00 (nível médio) até R$ 2.700,00 (nível superior). O prazo de vigência das bolsas é de cinco meses, podendo ser prorrogado até o limite máximo de 36 meses.
As vagas disponíveis são para profissionais de nível médio com formação em Técnico Agropecuário, bem como profissionais de nível superior com formação em Engenharia de Pesca, Pedagogia, Tecnologia em Irrigação, Biologia, Agronomia, Geografia, Sociologia, Medicina Veterinária, Engenharia Civil, Arquitetura, Comunicação Social e Tecnologia de Alimentos.
Prazo
As inscrições começaram nesta terça (16) e prosseguem até o dia 26 de junho. As inscrições podem ser feitas aqui
O edital está disponível para acesso no Diário Oficial do Estado do Ceará do dia 15 de junho de 2015, folhas 12 a 19. A prova será realizada no dia 5 de julho e os locais serão divulgados no próximo dia 1º de julho, no site da SDA.

Diario do Nordeste - Regional

Cariri se prepara para receber show do Rei Roberto Carlos

roberto

Crato. Restando menos de um mês para a abertura da 64ª edição da Exposição Centro Nordestina de Animais e Produtos Derivados (Expocrato 2015), cerca de 70% das obras em andamento no interior do Parque de Exposições Pedro Felício de Cavalcanti já estão concluídas. Funcionários contratados pelo grupo gestor da Expocrato estão realizando, em ritmo acelerado, reparos nas baias e currais que receberão os animais que serão expostos neste ano, bem como preparando e estocando a silagem que servirá de alimento para bovinos, equinos, ovinos e caprinos, de variadas raças, oriundos de diversas regiões do País.

O evento é uma espécie de vitrine do agronegócio e, a cada ano, atrai maior número de expositores, sejam eles criadores de animais de alta linhagem ou empresas especializadas na comercialização de máquinas e implementos agrícolas ou, então, de materiais diversos. A Expocrato 2015 será realizada no período de 10 a 19 de julho e, conforme a sua organização, a expectativa é que cerca de 30 mil pessoas circulem diariamente pelo interior do Parque durante o período.

No ano passado, a Expocrato movimentou cerca de R$ 100 milhões em negócios. Para este ano, espera-se que o valor seja ultrapassado, tendo em vista a regularidade das chuvas em algumas regiões do nordeste brasileiro e o retorno de empresas do setor do agronegócio que não participaram da exposição no ano passado por conta da estiagem que vinha se abatendo sobre a região desde 2013.

"A aposta é que haja uma procura maior neste ano. Essa aposta também está sendo feita por empresas que, devido à estiagem de 2013, não estiveram conosco no ano passado e devem retornar agora. Nós já estamos tendo dificuldades em relação aos espaços nas áreas que compreendem as baias dos ovinos e caprinos. A procura de criadores e empresas do agronegócio tem se intensificado nos últimos dias", disse Gonzaga de Melo, presidente do grupo gestor da Expocrato deste ano.

A edição 2015 da Expocrato trará novidades, segundo o presidente do grupo gestor. Além da construção de alojamentos para os peões que ficarão responsáveis pelos animais, a serem distribuídos entre nove pavilhões para bovinos, dois para equinos e mais dois para ovinos e caprinos, haverá apresentações de cavalos das raças Mangalarga Marchador, Quarto de Milha e Campolina, além de quatro leilões já confirmados.

Segundo Gonzaga de Melo, estandes do Banco do Nordeste (BNB) e Banco do Brasil (BB) funcionarão no interior do Parque, facilitando, desta forma, a abertura de linhas de financiamento para quem estiver interessado em adquirir animais que estarão expostos.

"O trabalho realizado no ano passado, em todos os setores da Exposição, resultou num volume de negócios de R$ 100 milhões. Nós queremos ampliar esse volume para este ano. Linhas de crédito estarão sendo disponibilizadas a criadores interessados, por meio do Banco do Nordeste e do Banco do Brasil, que estarão com estandes em áreas estratégicas do Parque. Outro parceiro importante é a Caixa Econômica Federal, que, mesmo não se instalando no interior do Parque durante o período do evento, também possui linhas de crédito direcionadas ao agronegócio", informou. Como no ano passado, um plano de segurança está sendo elaborado para garantir tranquilidade às visitações que acontecerão durante o período.

Roberto Carlos

Além da parte do agronegócio, a Expocrato também oferece apresentações e shows de bandas e artistas consagrados. Neste ano, todas as atenções da programação social do evento estão voltadas para o show exclusivo do cantor Roberto Carlos, marcado para o sábado, dia 11, a partir das 21 horas. Os ingressos são limitados. Apenas 25 mil foram colocados à venda. O valor das entradas varia entre R$ 50 e R$ 500.

No dia da apresentação do "Rei", é esperada uma movimentação próxima às 100 mil pessoas no interior do Parque de Exposições. A movimentação na cidade por conta da apresentação do cantor Roberto Carlos é intensa. De acordo com a Associação dos Hotéis e Pousadas da Região do Cariri, a maioria dos estabelecimentos já está com suas reservadas lotadas a partir do dia 10 até o dia 19 de julho, período da Expocrato 2015. No Crato e Juazeiro praticamente não há mais vaga.

Conforme o empresário Rafael Branco, da RBA produções, uma das empresas responsáveis pela contratação dos artistas que se apresentarão neste ano, caravanas dos Estados da Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte, Bahia e Pernambuco já confirmaram presenças para o show do "Rei". "Há confirmação de fãs que estão vindo de Rondônia só pra prestigiar o show do Roberto Carlos. Temos recebido ligações de várias partes do Brasil", comentou o empresário. Um site na Internet (www.Ingressorapido.Com.Br) está comercializando as entradas para todas as noites da exposição.

Saiba mais
Sábado, dia 11 - Show exclusivo: Roberto Carlos
Domingo, dia12 - Léo Magalhães, Mala Sem Alça e Caninana do Forró
Segunda-feira, dia 13 - Psirico e Forró do Movimento
Terça-feira, dia 14 - Edson Gomes
Quarta-feira, dia 15 - Biquíni Cavadão e CPM22
Quinta-feira, dia 16 - Forró Real, Simone e Simaria, Toca do Vale e Bonde do Brasil
Sexta-feira, dia 17 - Ivete Sangalo, Gabriel Diniz, Italo e Renno, Ramon Schnayder
Sábado, dia 18 - Wesley Safadão, Bell Marques, Pegação e Geraldinho Lins
Domingo, dia 19 - Jorge e Mateus, Márcia Felipe, Magníficos, Matheus e Kauan

Roberto Crispim
Colaborador

Diario do Nordeste - Regional

Governador anuncia R$ 70 milhões para obras de convivência com a seca

camillo-625x416

Em clima de XIX PEC Nordeste, o seminário nordestino da pecuária, o governador Camilo Santana anunciou, nesta terça-feira, no Centro de Eventos, que o Estado receberá R$ 70 milhões da União para obras de convivência com a seca. O valor corresponde a quase metade dos recursos (R$ 150 milhões) que a União enviará para nove estados (Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe) que sofrem com a seca.
“Esse investimento vai servir para adutoras, mananciais e operações de carros-pipa. Tudo isso aliado aos recursos estaduais, onde já estão sendo feitos os trabalhos de perfuração de poços nos centros urbanos e nas áreas rurais dos municípios cearenses”, adiantou o governador.
Dos R$ 70 milhões enviados pelo Governo Federal, cerca de R$ 22 milhões serão para reforço da Operação Carro-Pipa, principalmente nas sedes municipais. Outros R$ 32 milhões serão investidos na construção da adutora de Quixeramobim. E o restante será para a construção de adutoras em Arneiroz, Independência e Ibicuitinga, entre outros projetos.
(Governo do Ceara)

Traficantes de outros Estados pediram transferência para comprar liminares no Ceará

dinheiro

Cerca de 30 advogados, cinco magistrados e dez servidores da Justiça são investigados hoje por envolvimento em suposto esquema de venda de alvarás no Ceará. A informação é do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Ceará (OAB-CE), Valdetário Monteiro. Segundo ele, há suspeita de que traficantes de outros Estados teriam inclusive pedido transferência para o Ceará para se beneficiarem da possível compra de sentenças.
“Suspeita é que traficantes do Rio de Janeiro, de São Paulo, do Rio Grande do Sul, de Minas Gerais, estavam sendo transferidos para o Ceará, e aqui postulavam, aos fins de semana, a possibilidade de obter liminares”, diz Valdetário. A "rede de informações" foi descoberta em interceptações telefônicas em presídios brasileiros.
Em entrevista coletiva na manhã desta terça-feira, 16, Valdetário comunicou que ações do Tribunal de Ética da OAB-CE estão paralisadas até a divulgação de dados coletados pela Polícia Federal no caso. Na manhã desta segunda, a PF cumpriu mandados de busca e apreensão na sede do Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE), onde apreendeu documentos e computadores.
Em ação tocada pelo ministro Herman Benjamin, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), o desembargador Carlos Feitosa foi afastado do cargo. Segundo investigações, alvarás determinando soltura de presos teriam sido vendidos por R$ 150 mil cada.
Valdetário destaca que as ações ainda correm em segredo de Justiça, não podendo ser revelados detalhes. Mas afirma que, em caso de irregularidades comprovadas, advogados envolvidos serão expulsos da OAB.
Valdetário Monteiro diz defender “investigações aprofundadas” para uma das “crises mais graves que o Judiciário já passou”. Segundo ele, é uma chance de fazer “assepsia” na Justiça do Estado. Ele reforça que mantém cobrança para que o TJ-CE entregue ao órgão mais informações sobre o caso.


( O Povo Online)

Urca oferece salários de até R$11 mil para professores

URCA2

A Universidade Regional do Cariri (URCA) abre inscrições, de 29 de junho a 24 de julho, de 21 vagas para o cargo de Professor Efetivo voltadas ao Centro de Artes da Instituição. O edital foi publicado no Diário Oficial do Estado deste dia 11 de junho. Serão contemplados vários setores de estudos dos cursos de Artes Visuais e Teatro.
As inscrições, no valor de R$ 150,00, serão feitas exclusivamente pela internet, na página eletrônica da URCA (www.urca.br ou prograd.urca.br), devendo o candidato preencher o requerimento de inscrições com todas as informações solicitadas e gerar o documento de pagamento da taxa até o último dia do período de inscrição. O candidato deverá imprimir o documento de pagamento da taxa e realizá-lo até 24 horas após o último dia do período de inscrições.
O salário inicial para Professor Efetivo Assistente, e com mestrado, será de R$ 8.335,55. Para docente Adjunto com doutorado, será de R$ 11.793,95.

flavio pinto

Ministro garante mais recursos para a saúde do Ceará

 

minis2

Camilo e Zezinho foram recebidos pelo ministro Arthur Chioro, em Brasília

O governador Camilo Santana se reuniu na manhã desta segunda-feira (15), em Brasília, com o ministro da Saúde, Arthur Chioro. “O ministro informou que serão liberados, nos próximos dias, recursos para novas habilitações de serviços que são realizados no Ceará. Minha presença aqui foi mais para acompanhar os processos e insistir na cobrança por mais recursos”, disse o governador.
Camilo citou que o valor ainda está sendo definido pelo ministério. “Ele vai autorizar mais uma leva de recursos que são processos que estavam em análise e vão servir para reforçar a Saúde no Ceará”, disse. Entre as áreas que deverão ser contempladas com novos recursos do ministério estão as habilitações de leitos de retaguarda e de UTI, salas de estabilização e unidades móveis, entre outras.
O governador ressaltou que o Estado mantém uma equipe em Brasília para reuniões diárias com todas as áreas do Ministério da Saúde. “Nossa equipe está permanentemente aqui para que a gente possa dar celeridade nesse pleito do Ceará por mais recursos. A discussão vai continuar para que, talvez na próxima semana, a gente possa se reunir novamente e verificar todas as pendências que vêm sendo exigidas pelo ministério, como documentos, por exemplo”.
A audiência, que durou cerca de uma hora, contou com a presença do presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque.
Verba
No último dia 27 de maio, o governador já havia se reunido com Arthur Chioro. Na ocasião, o ministro da Saúde garantiu a liberação de R$ 25,7 milhões para o estado. Além disso, Chioro anunciou que o Governo Federal investirá 50% do valor para a construção do novo Instituto Doutor José Frota (IJF), que terá ainda 30% do Governo do Estado e 20% da Prefeitura de Fortaleza – total de R$ 74,6 milhões. A nova unidade foi anunciada no último dia 1º de junho, em evento que reuniu o governador Camilo Santana e o prefeito Roberto Cláudio.

|flavio pinto

Casa Cariri em julho

casa-cariri-ervas-suplementos-5522989173584405

 

Foto: Divulgação

Um evento voltado para a arquitetura, o design, o regionalismo e a multiculturalidade do seu povo, se somando à criatividade, tecnologia e desenvolvimento sustentável. Eis o desafio da Casa Cariri Mostra 2015, que acontece de 21 de julho a 16 de agosto, e propõe a valorização regional, através de um evento pioneiro. As linhas criativas do design no Cariri não serão as mesmas a partir dessa proposta, que reúne os maiores profissionais em arquitetura da região.
Com o tema “Sua Terra é Sua Casa”, a Casa Cariri Mostra vai muito além de um simples evento contemplativo e promove a experiência, uma troca de saberes, entre o que vem sendo desenvolvido pelos profissionais da arquitetura no Cariri, e a presença de grandes nomes, como o da renomada arquiteta, Maria Elisa Costa. Serão mais de 5 mil metros quadrados de área, em uma residência no bairro Lagoa Seca, à rua Mauro Sampaio, número 300, com 44 ambientes internos e externos que irão traduzir um conjunto de valores associados à cultura, inovação e sustentabilidade.
O diretor de marketing da Mostra, Renato Fernandes, fez um convite-desafio aos profissionais, no sentido de desenvolverem seus projetos incluindo cultura, tradição, mobiliários e outros artigos, a partir da matéria-prima regional. Ele destaca a presença de grandes talentos da área na região e diz que, com certeza, o público terá grandes surpresas com o projeto; o evento irá resgatar e revelar as raízes e a personalidade da região.
Ele afirma que esta edição estará de mãos dadas com as tendências de vanguarda. “Temos grandes valores a serem trabalhados, aliando todo esse contexto de criatividade com o que há de inovador, valorizando as origens e o regionalismo”, afirma. Renato Fernandes ressalta a possibilidade de abertura para novas criações, a partir de elementos locais, possibilitando o requinte, o bom gosto, caminhando junto com o talento e a inspiração dos profissionais.
A Casa Cariri Mostra 2015 estará acontecendo num dos períodos mais movimentados da região, no mesmo de junho e julho. Com isso, fomentando também o turismo de eventos e negócios na região do Cariri. O Mostra conta com patrocínio do Governo do Estado do Ceará, Ferraz Engenharia, Sindusgesso, New Móveis e Oca Design, ampliando a participação de segmentos  nas áreas de Cultura, Arquitetura e Design.


(Assessoria do evento)

O Crato que vive em mim - Luiz Domingos Luna

Era tempo de sonho azul {o nome do trem}; no restaurante, o condutor – Passagem eu entreguei – o condutor – Crato – sim; Crato - Ok – Eu, onde fica o Crato? - não se preocupe, é no final da viagem, em não sabendo, espere até as janelas serem fechadas. O trem chegou ao final da linha; esperei o fechamento das janelas, e aí, com uma malinha de couro curtido e de fechadura de metal, saí por aí, a ermo, sem muita opção, fui aos pés da Estátua do Cristo Redentor, na Praça Cristo Rei, em Crato, e, sem nenhuma preocupação, comecei a rezar bem alto, bem alto, mesmo; eu rezava e o ponteiro dos segundos do relógio bem grande no pedestal acompanhava num ritmo bem legal.
Diante daquela cena um tanto quanto esdrúxula, foi aparecendo gente, e mais gente para assistir o meu pobre espetáculo; de repente, não mais que de repente, chegou um repórter em um fusca branco; parou, pegou seu material de trabalho, um gravador de fita cassete, com pilha, e um microfone para me entrevistar; o repórter era J. Lindemberg de Aquino. - Seu nome por favor? Respondi; sua idade 14 anos; está fazendo uma promessa na Estátua de Cristo Redentor; sim, respondi. - Está fazendo uma promessa para o Crato? Respondi, não; estou fazendo uma promessa pra ser bem acolhido pelo povo do Crato.
O repórter riu muito e falou para mim: - Você já fez algum lanche hoje, pois já era quase que 10h de uma segunda-feira do ano 1976; - não, respondi; - pois me acompanhe; assim fiz, entrei em seu fusca cor branca e ele falou que nós iríamos lanchar na Cinelândia, uma lanchonete localizada na Praça Siqueira Campos; durante o lanche ele perguntou onde eu iria ficar e estudar; respondi: - Vou estudar no Colégio Diocesano do Crato, e ainda não sei onde morar. Sem muitas delongas, ele foi me deixar no pensionato de D. Alice, em frente ao Cemitério; mas antes da despedida ele deixou o seu cartão com o seu endereço, Rua Miguel Limaverde, Edifício Maia, 1.º andar, n. º24, Centro, Crato - Ceará. Depois dos trâmites da parte burocrática feita pela Secretaria do Colégio Diocesano, com secretária Celide, finalmente o coordenador me levou para a fila, o Prof. Boanerges; depois do hino, localizei minha sala; as cinco primeiras filas eram sempre de costume preenchidas pelas meninas; eu fiquei em pé; o professor chegou e disse: - Você vai ficar aí em pé para assistir as aulas? Respondi que sim, mas não tem lugar para você, retruquei: - Não tem problemas, eu assisto aula em pé mesmo; o professor: - Meninas, tem algum lugar para ele aqui na frente? As meninas, como num coro ensaiado, - não!!! Um sonoro não!!!! – Oh, professor, não seria melhor você ir lá para trás? –Eu, não, vou ficar aqui na frente; nisto uma colega minha de nome Beatriz falou: - Professor, se ele conseguir ficar aqui na frente, ele não demora mais que uma semana, pois é o tempo em que vou morar em Fortaleza; e não deu outra, em uma semana estava eu lá, na carteira de Beatriz. Minhas colegas de fila: Mônica, Alessandra, Ana Cristina, Ana Leokádia, Ceiça, Nevinha, Lucinha, Kaola, e no centro da fila, eu; ninguém falava comigo; eu me sentia sozinho no meio das colegas. Próximo à avaliação de Física, pelo Prof. César que, inclusive, residia na Escola, é que, eu escutava que as minhas colegas não iriam se dar bem; e elas não faziam questão de dizer isso abertamente; de posse desta informação valiosíssima para mim, estudava Física de forma integral; não deu outra, consegui a nota máxima e, o melhor, a atenção da meninas. Elas: - Domingos por que você é tão orgulho? Eu: - Como eu sou orgulhoso se vocês não falam comigo. - A gente não fala porque nós estávamos esperando você falar primeiro. - O que vocês querem? - Queremos aulas de Física na casa da Mônica, no bairro do Pimenta; pode ser? - Quantos dias? – Dois dias, quarta e sexta-feira. - Certo? - Certo nada, não confio em vocês; agora se vocês me pagarem logo, começo na sexta. - Quanto? - 10,00 reais por semana, cada uma, em valores atualizados. Ora cada uma tinha calça cocotinha; toda cratense usava calça cocotinha; tinha bolso para todos os lados e zíperes nem se fala; quando dei conta de mim, o dinheiro das sete já estava completinho em minhas mãos. Fui para a casa da Mônica, no Pimenta, como constava no endereço; Mônica disse após a aula: - Domingos, você está feliz em morar em frente ao Cemitério; eu respondi: - Não ela quis saber o por quê? Eu falei que a mensalidade era muito alta para mim. - Ela e seu pai podem conseguir uma bela morada para você; você aceita? - Com certeza, sim. Mônica era muito determinada e adorava ajudar os colegas carentes; dali mesmo, as sete partiram rumo à Rua Pedro II, em um Maverik cor vermelha dirigido por Ana Cristina; chegando lá, as minhas sete advogadas, alunas e colegas, convenceram o Prof. Edmundo Milfont a me aceitar como inquilino na sua própria residência; o bom velhinho contava com a idade de 75 anos, mas diante da algazarra das meninas, retrucou: - Eu só aceito o menino de Aurora, que virou um problema para vocês, após uma duríssima entrevista com ele, pois detesto emoção e vocês estão muito emotivas. As meninas: - Quando a entrevista, professor; pode ser agora!!! As meninas saíram às pressas no Maverik e me pegaram na Rua Nélson Alencar, e eu fui saber do fato na Praça da Sé, Catedral do Crato; a Monica dizia: - Capricha, Domingos, a vaga é sua, confie em nós; eu fiquei em frente ao professor Edmundo Milfont durante uma hora, numa entrevista dura e ríspida; ele tocou a campainha, as meninas chegaram em peso; - Aí, professor - perguntaram todas de uma só vez, ao que o bem velhinho respondeu: - Aprovado!!! Aprovado com nota máxima. As meninas vexadamente pegaram as minhas bagagens no Pensionato de D. Alice e levaram para a Rua Pedro II e, à noite, com a permissão do bom velhinho, fomos comemorar na Boite Aquarius, na linda cidade de Crato. Trabalho doado com exclusividade ao blog do Crato.

Para Você Refletir ! - Por Maria Otilia

Ultimamente vimos em todos os cenários principalmente na política, a busca incansável pelo poder movidos quase sempre pela ambição desmedida de ter sempre mais, de ser diferente, de ostentação,etc.E uma grande maioria destes que estão na política, nos representando ,  infelizmente  são gestores em causa própria e nunca  pensando no bem da coletividade.
É estarrecedor o número de mensagens encaminhadas por vereadores, deputados, senadores constando , na maioria das vezes busca de benefícios  que muitas vezes se tornam um " verdadeiro " absurdo", que foge da ética, do bom senso, e que só beneficiaram estes que se dizem nos representar a nível de município, estado ou união.
Aqui na cidade do Crato, não avançamos muito  a nível de  políticas públicas voltadas para a melhoria da população.Existe quase que  uma frustração coletiva, uma desesperança, falta de perspectivas.E  nesta busca incansável de  mostrar quem  tem mais poder, exacerba a ambição.
Posto abaixo uma fábula que retrata justamente as consequências do homem que vive apenas em busca de  se dar bem, de querer o melhor individualmente, que sente inveja, que se apega ao poder. Boa leitura !

                 Mogo
Mogo ganhava seu sustento quebrando pedras. Embora são e forte, o rapaz vivia reclamando do destino. Blasfemava tanto contra Deus, que um dia seu Anjo da guarda terminou aparecendo.
__ Por que vive reclamando, Mogo? Você tem saúde e uma vida longa pela frente – disse o Anjo – Todos os jovens começam fazendo algo como você.
__ Não está vendo que Deus foi injusto comigo? Ele nunca me deu oportunidade de crescer – respondeu Mogo.
Preocupado, o Anjo foi à presença do Grande Arquiteto do Universo, pedindo ajuda para que seu protegido não terminasse perdendo sua alma.
__ Seja feita a tua vontade – sentenciou o Criador dos Mundos – Tudo o que Mogo desejar, lhe será concedido.
No dia seguinte, Mogo quebrava pedras quando viu passar uma carruagem levando um nobre coberto de jóias. Passando as mãos pelo rosto suarento e sujo, Mogo disse com amargura:
__ Por que não posso se eu nobre, também? Este é o meu destino!
__ Sê-lo-ás! – murmurou seu Anjo, com imensa alegria.
E Mogo transformou-se no dono de um palácio suntuoso, muitas terras, cercado de servos e cavalos. Costumava sair todos os dias com seu impressionante cortejo, e gostava de ver seus antigos companheiros alinhados à beira da estrada, olhando-o com medo e respeito. Numa destas tardes, o calor estava insuportável; mesmo debaixo de seu guarda-sol dourado, Mogo transpirava como no tempo em que lascava pedras. Deu-se então conta de que não era tão importante assim: acima dele havia príncipes, imperadores, e ainda mais alto que estes estava o Sol, que não obedecia a ninguém – pois era o verdadeiro rei.
__ Ah, Anjo meu! Por que não posso ser o sol? Este deve ser o meu destino! – choramingou Mogo.
__ Pois sê-lo-ás! – exclamou o Anjo, escondendo sua tristeza diante de tanta ambição.
E Mogo foi o sol, como era seu desejo.
Enquanto brilhava no céu, admirado com seu gigantesco poder de amadurecer as colheitas, ou queimá-las a seu bel-prazer, um ponto negro começou a avançar ao seu encontro. A mancha escura foi crescendo – e Mogo reparou que era uma nuvem, estendendo-se à sua volta, e fazendo com que não pudesse ver a Terra.
__ Anjo!Anjo! Anjo! – gritou três vezes Mogo – A nuvem é mais forte do que o sol! Meu destino é ser nuvem!
__ Assim como desejas, sê-lo-ás! – respondeu o Anjo.
Mogo foi transformado em nuvem, e achou que havia realizado o seu sonho.
__ Sou invencível! – trovejava, perseguindo as ondas.
Mas na costa deserta do oceano, erguia-se uma imensa rocha de granito, tão velha como o mundo. Mogo achou que a rocha o desafiava, e desencadeou uma tempestade que o mundo jamais vira. As ondas, enormes e furiosas, golpeavam as rochas, tentando arrancá-las do lolo e atirá-las no fundo do mar. Mas, firme e impassível, a rocha continuava no mesmo lugar.
__ Anjo! – soluçava Mogo – a rocha é mais forte que a nuvem! Meu destino é ser uma rocha!
E Mogo transformou-se em uma rocha.
__ Quem poderá me vencer agora?!! – perguntava a si mesmo – Sou o mais poderoso do mundo!!!
E assim se passaram vários anos, até que, certa manhã, Mogo sentiu uma lancetada aguda em suas entranhas de pedra, seguida de uma dor profunda, como se uma parte de seu corpo de granito estivesse sendo dilacerada. Logo ouviu golpes surdos, insistentes, e novamente a dor insuportável.
Louco de dor e espanto gritou:
__ Anjo, alguém está querendo me matar! Ele tem mais poder que eu!!! Eu quero ser como ele!!!
__ E sê-lo-ás! – exclamou o Anjo, chorando.
E foi assim que Mogo voltou a lascar pedras.

Autor desconhecido

Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30