xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 13/05/2015 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

13 maio 2015

Palestina agradece reconhecimento do Vaticano; Israel critica posição

Israel-palestine-flags1

A Organização para a Libertação da Palestina (OLP) agradeceu nesta quarta-feira o reconhecimento que representa a assinatura de um acordo entre o Vaticano e Palestina, enquanto Israel o criticou por considerar que não contribui para a paz.

"Em nome da liderança e do povo palestino, damos as boas-vindas ao reconhecimento do Vaticano ao Estado da Palestina como uma genuína contribuição à paz e à justiça", declarou em comunicado Hanan Ashrawi, membro do Comitê Executivo da OLP.

A nota assegura que "o significado deste reconhecimento vai além do político e do legal e entra no domínio do simbólico e moral, e envia uma mensagem a todas as pessoas com consciência de que o povo palestino merece o direito à autodeterminação, reconhecimento formal, liberdade e um Estado".

"É nossa esperança que os países que ainda não reconheceram a Palestina o façam em um futuro imediato", acrescentou.

Estas declarações são divulgadas depois que o Vaticano anunciou hoje um acordo com "o Estado da Palestina" no qual apoia a solução de "dois Estados" para o conflito com Israel, o que poderia ajudar ao reconhecimento de uma Palestina independente.

Esse novo pacto representará a continuidade de um anterior assinado entre as autoridades vaticanas e a OLP.

Segundo um comunicado divulgado pela Santa Sé, o documento versa sobre "aspectos essenciais da vida e da atividade da Igreja Católica na Palestina".

O subsecretário vaticano para as Relações com os Estados, Antoine Camilleri, declarou ao jornal "L'Osservatore Romano" que "seria positivo" que o acordo "pudesse ajudar" a ver "estabelecido e reconhecido um Estado da Palestina independente, soberano e democrático que viva em paz e segurança com Israel e seus vizinhos".

Por sua parte, fontes do Ministério das Relações Exteriores de Israel afirmaram ao jornal israelense "Jerusalem Post" que o acordo não faz avançar o processo de paz e "afasta a liderança palestina de um retorno às relações bilaterais diretas".

EFE

Armas de fogo matam 116 por dia no Brasil, diz estudo

arma2 

Uma média de 116 pessoas morreram por dia no Brasil em 2012 por disparos de armas de fogo, aponta o levantamento Mapa da Violência 2015, divulgado nesta quarta-feira. O número é o mais alto já observado pelo estudo, cuja série histórica começou em 1980.

É o equivalente a impressionantes 4,8 mortes por hora, índice parecido ou superior ao registrado em países em guerra.

"É como se ocorresse um massacre do Carandiru por dia (quando 111 presos foram mortos no presídio paulistano em 2 de outubro de 1992)", diz à BBC Brasil o sociólogo Julio Jacobo Waiselfisz, autor da pesquisa e coordenador de estudos da violência da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (FLACSO).

"E isso ocorre na calada da noite, sem que haja mobilização ou escândalo. Há, na verdade, mobilização no sentido contrário, de pôr mais armas na mão da população."

Em números totais, foram 42.416 pessoas mortas por armas de fogo em 2012 (dado mais atual disponível pelo Ministério da Saúde), e a maioria das vítimas são jovens de 15 a 29 anos.

Quase 95% dessas mortes são homicídios (o restante são acidentes com armas, suicídios ou sem causa determinada).

'Tradição de impunidade'

Na introdução, o estudo - cujo título é Mortes Matadas por Armas de Fogo - diz que não há uma causa única por trás dos altos índices de violência do país.

"A tradição de impunidade, a lentidão dos processos judiciais e o despreparo do aparato de investigação policial são fatores que se somam para sinalizar à sociedade que a violência é tolerável em determinadas condições, de acordo com quem a pratica, contra quem, de que forma e em que lugar", diz a pesquisa.

O estudo culpa também a "farta disponibilidade de armas" e a "a decisão de utilizar essas armas para resolver todos os tipos de conflitos interpessoais, na maior parte dos casos, banais e circunstanciais".

Essas mortes por armas de fogo não ocorrem de forma uniforme pelo país. Na região Sudeste, por exemplo, o índice de mortes caiu quase 40% entre 2002 e 2012 - por causa de expressivos declínios nos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro -, mas subiu fortemente em todas as demais regiões do país.

No Norte, o aumento foi de 135% no mesmo período.

Proporcionalmente à população, o Estado com a maior taxa de mortes por armas de fogo é Alagoas, onde foram registrados 1.740 óbitos em 2012.

O Mapa também identificou focos de violência que têm crescido pelo país: municípios do interior onde a economia cresceu, mas a presença do Estado permaneceu deficiente; municípios de fronteira, que são rota de organizações transnacionais de contrabando e tráfico de drogas; o arco do desmatamento da Amazônia, infestado por práticas de trabalho escravo, madeireiras ilegais, grilagem e extermínio de índios; e grotões do país onde ainda vigora o clientelismo político.

"A violência migrou à locais menos protegidos", diz Jacobo. "Com as mudanças no desenvolvimento econômico do país, houve uma 'interiorização' e um espalhamento dos homicídios."

160 mil mortes evitadas

Segundo o estudo, o crescimento da violência armada teria sido ainda mais acentuado se não fosse o controle de armas no país, imposto desde 2003 pelo Estatuto do Desarmamento.

O Mapa da Violência estima que 160.036 pessoas (sendo 70% delas jovens) foram poupadas de mortes por armas de fogo entre 2004 e 2012 graças à lei, que restringe o porte de armas a quem tem mais de 25 anos, passe por testes de aptidão e não responda a inquéritos policiais, entre outras exigências.

O cálculo é feito a partir de projeções de quantas mortes eram esperadas (segundo análises estatísticas) para cada ano e quantas mortes de fato ocorreram.

O Estatuto do Desarmamento, porém, é alvo de polêmica. A Câmara dos Deputados debate, em uma comissão especial, um projeto de lei (3722/12) que propõe a revogação do estatuto e facilita a aquisição de armas no país.

A justificativa é de que, mesmo com o estatuto, "o país alcançou a maior marca de homicídios de sua história", segundo afirmou, de acordo a Agência Câmara, o deputado Alberto Fraga (DEM-DF), coronel de reserva da PM.

Já críticos alegam que a mudança na lei visa beneficiar o lobby da indústria armamentista. "As estatísticas mostram que se você arma mais a população, você vai ter mais armas na mão da criminalidade", argumentou o deputado Ivan Valente (PSOL-SP).

O Mapa da Violência defende que o desarmamento é "requisito indispensável", mas insuficiente para conter a violência no país.

Campanha de desarmamento do governo em 2011; 'Mapa da Violência' estima que 160 mil vidas foram poupadas graças ao controle de armas no país

"Ninguém afirmou que o estatuto era a solução; ele foi apenas um primeiro passo", afirma Jacobo Waiselfisz. "Os passos seguintes seriam mudanças que não se cumpriram, como reformas do Código Penal, do sistema penitenciário e policial."

Jacobo cobra, também, mais campanhas de desarmamento da população, que considera "esporádicas".

Há, no momento, uma dessas campanhas em andamento em São Paulo, até o final do mês, organizada pelo Instituto Sou da Paz. Quem entregar armas receberá indenizações de R$ 150 a R$ 450, dependendo do armamento.

Aumento das mortes

Em todo o período analisado pelo Mapa da Violência, de 1980 a 2012, o Brasil registrou 880.386 mil mortes por armas de fogo, número superior à população de São Bernardo do Campo (Grande SP).

"O total de mortos por armas de fogo em 1980 foi de 8.710 pessoas, o que significa que houve um aumento de 387% até 2012", diz o estudo. "A população brasileira, nesse mesmo período, cresceu cerca de 61%."

E um dos fatores mais preocupantes é que essas mortes ocorrem sobretudo entre os mais jovens. "O jovem negro e pobre é a principal vítima", diz Jacobo. "Há estudos que apontam que os custos de saúde, economia e pelas vidas perdidas cheguem a 5% a 10% do PIB do país."

Outro estudo recente, o Monitor de Homicídios, do Instituto Igarapé, calcula que uma em cada dez pessoas assassinadas anualmente no mundo seja brasileira.

E, enquanto a América Latina abriga apenas 8% da população mundial, concentra 33% dos homicídios registrados no planeta.

BBC BRASIL.com

Fique Por dentro ! - Por Maria Otilia

A Prefeitura  é a  gestora  plena do Sistema Único de Saúde(SUS) a nível de município. Cabe a ela o combate a vetores e endemias. No caso da maioria dos municípios com farol “ vermelho” para Dengue,como por exemplo o Crato, nos faz acreditar que não está sendo feito o dever de casa. Aqui não nos referimos à falta de políticas públicas, mas a não efetivação das mesmas pelos gestores. E a população é quem sofre as  consequências com o fechamento de hospitais, redução de atendimento da atenção básica, falta de medicamentos, falta de estrutura física nas unidades de saúde, etc. Cabe portanto , a população e aos conselhos municipais, exigir dos órgãos responsáveis que a Dengue e outras endemias sejam priorizadas e tratadas  como questão de saúde pública.Não adiantando  a realização de ações efêmeras apenas nos momentos  críticos ou para cumprir metas. Daí a necessidade de um plano estratégico, a partir da mobilização social com toda a comunidade, mais especial as áreas de maior vulnerabilidade.Um trabalho educativo e intersetorial, pois de nada adianta ações pontuais sem a oferta de  serviços de saúde de qualidade, de infraestrutura, de saneamento básico, etc.
Vejamos o que diz a Diretrizes do Ministério da  da Saúde sobre a municipalização da saúde através do SUS:
“....Estratégia adotada no Brasil que reconhece o município como principal responsável pela saúde de sua população. Municipalizar é transferir para as cidades a responsabilidade e os recursos necessários para exercerem plenamente as funções de coordenação, negociação, planejamento, acompanhamento, controle, avaliação e auditoria da saúde local, controlando os recursos financeiros, as ações e os serviços de saúde prestados em seu território. O princípio da descentralização político-administrativa da saúde foi definido pela Constituição de 1988, preconizando a autonomia dos municípios e a localização dos serviços de saúde na esfera municipal, próximos dos cidadãos e de seus problemas de saúde. O Brasil apresenta grandes diversidades socioeconômicos, climáticas e culturais que tornam a descentralização administrativa fundamental: ela possibilita que os municípios assumam a gestão da saúde em seus territórios de acordo com as necessidades e características de suas populações. Estimula na esfera municipal novas competências e capacidades político-institucionais. Os estados e a União devem contribuir para a descentralização do SUS, fornecendo cooperação técnica e financeira para o processo de municipalização

Aqui em Crato, já temos bastantes notificações de casos de  Dengue. E nos perguntamos o porquê das ações somente se iniciarem quando surge o “sinal de alerta”, ou seja, indicadores alarmantes de casos de dengue. Não seria mais viável e eficaz  desenvolver as ações de rotina, principalmente através da educação comunitária? Por que ao longo do ano não são traçados planos estratégicos para combater as endemias? Afinal, qual é a função social de muitas secretarias que  se encontram apáticas, sem a prestação de serviços coerentes com as reais necessidades da população ? Por que nossos  gestores não se posicionam para a população, explicando como por exemplo a redução do atendimento básico ? A questão da terceirização da limpeza pública ? A falta de ônibus para os estudantes , já que o município é quem gerencia este serviço ? E porque as empresas que vencem as licitações referentes ao serviço de transporte escolar  não são obrigadas a oferecer um serviço de qualidade ?
São vários questionamentos que até hoje não obtivemos respostas. E não se  trata  aqui de uma opinião pessoal  ou de oposição, mas de uma educadora que acima de tudo também é gestora e que tem a obrigação de buscar informações para a sua comunidade escolar, que  tem o dever  de se posicionar também como cidadã de direitos e deveres. 
Ser gestor público não é  emprego, status. Ser gestor público é ter senso de coletividade, é ter competência técnica e política, ética, responsabilidade pelo bem comum, visão holística de uma gestão.É ser tempo, presença e exemplo.

Estudo sobre AVC no Ceará é destaque em congresso internacional na Europa

 

josoeeee

O médico João José Carvalho, coordenador do Núcleo de Tratamento do AVC (Acidente Vascular Cerebral), do Hospital Geral de Fortaleza, apresentou, nesta semana, trabalho durante o Congresso Europeu de AVC, em Viena (Áustria).

O trabalho, elaborado pelo Comitê de Atenção ao AVC da Secretaria da Saúde do Ceará, analisou todos os atestados de óbito por AVC de 2009 a 2013 e mostrou que há um aumento de 11% na mortalidade por AVC entre os jovens nos 30 dias após o Carnaval.

Esse foi o único trabalho brasileiro escolhido para apresentação oral.

DETALHE - A partir desses dados, informa o médico João José Carvalho informa: “Vamos enfatizar as campanhas contra o abuso de bebidas alcoólicas no Carnaval. Nunca foi tão verdadeira a frase: beba com moderação.”

O Povo

Defensoria Pública inicia visita aos hospitais para conferir o caos na saúde

hospital_regional_norte

“Denúncias sobre superlotação, precariedade no atendimento de emergência e falta de material para realizar procedimentos médicos e cirúrgicos motivou a Defensoria Pública do Estado do Ceará a iniciar uma série de visitas aos hospitais públicos do estado, com o objetivo de averiguar a situação dos pacientes e dos profissionais de saúde.

A primeira visita foi feita hoje (13) no Hospital Geral de Fortaleza (HGF). Gerido pelo governo do Estado, o HGF é uma das unidades que recebe casos de maior complexidade, atendendo tanto pacientes do Ceará como de estados vizinhos. De acordo com o supervisor do Núcleo de Direitos Humanos e Ações Coletivas da Defensoria, Aluízio Jácome, a superlotação da emergência era visível durante a visita. Havia 35 pessoas recebendo atendimento nos corredores da unidade.

A vendedora Marta Maria Santos da Silva, 52 anos, acompanhava o filho de 26 anos na emergência do HGF e viu de perto as dificuldades no atendimento. Ele veio transferido na manhã de hoje da Santa Casa de Sobral, onde esteve internado por 7 dias, e aguardava um leito para nova internação. “A gente ainda ficou na expectativa se ele seria atendido ou não. Eu sentei, orei e, graças a Deus, eles resolveram atendê-lo”, conta.

Em nota, a diretoria do HGF explica que, devido a grande demanda de pacientes na emergência, realiza “triagens de prioridades a partir de critérios de gravidade”. Por mês, somente a emergência recebe cerca de 1,8 mil pacientes.

De acordo com Jácome, os profissionais da saúde relataram a falta de material para a realização de alguns procedimentos. Na semana passada, a diretoria do HGF havia decidido suspender as cirurgias eletivas por conta da ausência desses insumos, mas os profissionais da unidade disseram para os defensores públicos que foram feitas cirurgias desse tipo nos últimos dois dias.

“A gente não pode dizer que o problema está resolvido porque, dois dias antes, cirurgias foram adiadas por conta da ausência de material. Essa situação requer vigilância de instituições como a Defensoria Pública e atitudes para que a situação seja resolvida em breve e de forma definitiva”, afirma o supervisor.

Nesta quinta-feira, os defensores públicos vão visitar o Instituto Dr. José Frota (IJF), considerado o maior hospital de urgência e emergência do Ceará. A unidade é administrada pela prefeitura de Fortaleza e recebe pacientes de todo o estado.

Esta semana, foram divulgadas nas redes sociais fotos de pacientes sendo atendidos no chão da emergência. O prefeito Roberto Cláudio esteve ontem (12) no hospital e, em sua página no Facebook, afirmou que foram adquiridas 48 macas para reserva técnica e que haverá macas 24 horas disponíveis no pátio da emergência.”

(Agência Brasil)

Enem 2015 – Governo pode aumentar valor da taxa de inscrição

enem

“Em ano de ajuste fiscal e aperto nas contas, o governo federal estuda aumentar a taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)) 2015. Desde 2004, o valor cobrado é de R$ 35,00 – se considerada a inflação oficial no período, o montante hoje chegaria a pouco mais de R$ 62,00. O tema foi debatido no encontro entre a presidenta Dilma Rousseff e o ministro Renato Janine (Educação) no Palácio do Planalto. Ele disse que ainda não há definição sobre o aumento.

O edital do Enem 2015 deve ser publicado até a próxima semana. A expectativa é de que a prova seja realizada nos dias 24 e 25 de outubro. O Ministério da Educação disse que as informações estarão disponíveis no edital. O aumento da taxa tem impacto sobre um público restrito: a maioria dos candidatos está isenta do pagamento. É o caso de alunos da rede pública do último ano do ensino médio e pessoas com renda familiar de até 1,5 salário mínimo.”

(Com Agências)

Vaticano reconhece Estado Palestino

papi

 

“O Vaticano anunciou nesta quarta-feira (13/05) ter concluído um tratado que, oficialmente, reconhece a Palestina como Estado. A decisão foi recebida com irritação pelo governo israelense, que viu nela um obstáculo às negociações de paz na região. O tratado tem grande peso simbólico nos territórios ocupados palestinos estão vários locais sagrados para os cristãos. E representa mais um impulso aos esforços do presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, em busca de reconhecimento internacional.

“O acordo é uma forma de encorajar a comunidade internacional, especialmente as partes diretamente implicadas, a empreender uma ação mais decisiva para contribuir com uma paz duradoura e a solução de dois Estados”, afirmou Antoine Camilleri, vice-chefe da diplomacia vaticana.

O anúncio confirma o que o papa Francisco e a Santa Sé já vinham sinalizando nos últimos anos. Em 2012, o Vaticano deu boas-vindas à decisão da Assembleia Geral da ONU de aprovar a Autoridade Palestina como “Estado observador não membro”, medida que representou um reconhecimento implícito.

No ano passado, o Vaticano já havia usado, sem alarde, o termo “Estado palestino” em seu Anuário Pontifício, que contém dados gerais sobre a estrutura da Santa Sé. As palavras foram empregadas também pelo próprio Francisco durante visita à Terra Santa.

O tratado anunciado nesta quarta tem peso especial por ser o primeiro documento legal negociado entre a Santa Sé e o Estado palestino. Ele constitui, portanto, um reconhecimento diplomático oficial.

“É um reconhecimento de que o Estado existe”, confirmou o principal porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi.

O Ministério do Exterior israelense se disse “desapontado” com o novo tratado. Em comunicado, afirmou que a medida não ajuda no processo de paz e “dificulta o retorno da liderança palestina a negociações.

O presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, é esperado no Vaticano, no sábado, para um encontro com o papa Francisco. A reunião deverá ocorrer antes da canonização de dois novos santos nascidos nos territórios palestinos.”

(Agência RPR)

Governador se reúne com diretores dos hospitais e anuncia medidas para reforçar a saúde no Ceará

 

diretoresdehospitaisO governador do Ceará, Camilo Santana, reuniu-se na tarde desta quarta-feira (13), na Secretaria da Saúde, com diretores dos hospitais da rede pública do Estado e o secretário da saúde interino, Henrique Javi. Na ocasião, ele ouviu as demandas de cada um e reforçou o compromisso do Estado para suprir as necessidades com a Saúde.

Camilo Santana destacou que a integração dos setores é essencial para o debate sobre a saúde pública no estado. “Temos que dar as mãos. Vou criar um comitê, vou chamar o Tribunal de Justiça, pois temos a judicialização da saúde, chamar o Sindicato dos Médicos, os setores responsáveis para que possamos construir as saídas para a Saúde no Ceará”, reforçou.

Medidas

“Estou tratando pessoalmente de todas as medidas, restabelecendo qualquer material ou medicamento que esteja em falta nos hospitais. Já autorizei todos os recursos necessários, muitos já foram repostos e falta só a entrega por parte dos fornecedores. Convoquei todos os diretores de hospitais para avaliar os problemas e identificarmos as soluções juntos. Estou estudando a questão de leitos de retaguarda para diminuirmos as filas nos hospitais. As medidas urgentes que forem necessárias nós estamos tomando”, enfatizou o governador.

Durante o encontro, o governador enfatizou que é necessário que o assunto entre em pauta nacional, envolvendo estados, municípios e União. Ele ressaltou a situação difícil que vive o país, de contenção de gastos e repasses pelo Governo Federal. Por exemplo, em 2006, a cada R$ 1 repassado pela União, a proporção era de R$ 1 investido pelo Estado na Saúde. Já em 2015, a proporção aumentou para R$ 4 gastos pelo Estado a cada R$ 1 aplicado pela União no setor.

“É importante que a população compreenda que problemas com a Saúde não são de hoje e nem só no Ceará. Existe em todos os estados, mas não podemos transformar para uso partidário ou se aproveitar da situação de sofrimento do povo cearense.

Investimentos

A rede de assistência à saúde do Ceará cresceu nos últimos oito anos. De janeiro a abril de 2015 foram investidos R$ 50 milhões a mais em comparação com o mesmo período de 2014. Camilo Santana acrescentou que o sistema de saúde pública do Ceará é referência em todo o Brasil, dispondo de três hospitais regionais (Norte, Cariri e Sertão Central), 19 policlínicas (três estão em conclusão, em Canindé, Maracanaú e Crato), 22 UPAs 24h (mais duas serão inauguradas até julho deste ano) e 19 CEOs, além da rede de atendimento de Fortaleza.

Prioridade

Camilo lembrou que a Saúde é, ao lado de Educação e Segurança, prioridade no seu Governo e garantiu que não vai medir esforços. “Vivemos um sub-financiamento para a Saúde. Estou aqui à disposição para superar esses problemas, dentro da nossa realidade, com essas limitações, para construirmos, juntos, um caminho para o setor. O que está em jogo não é só o meu trabalho como governador, mas a vida de todos nós”, disse.

Também participaram do encontro o secretário-chefe do Gabinete do Governo do Estado, Élcio Batista; o secretário da Casa Civil, Alexandre Landim;  secretários da Fazenda e Planejamento, Mauro Filho e Hugo Figueirêdo, respectivamente; e o líder do Governo na Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Evandro Leitão; entre outros.

Fotos: Carlos Gibaja e Tiago Stille

Thiago Sampaio
Repórter / Célula de Reportagem

Giselle Dutra
Gestora de Célula/Secretarias

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil

Voo Buenos Aires/Fortaleza completa um ano com sucesso

argentina

Os argentinos estão descobrindo o Ceará. Somente nos três primeiros meses deste ano, foram 1.753 turistas da Argentina chegando ao Estado via Aeroporto Internacional Pinto Martins. O número é 36% maior do que o registrado em todo o ano de 2014, quando o Ceará recebeu 1.284 argentinos. Operado pela companhia aérea Gol, o voo semanal Buenos Aires/Fortaleza completa um ano neste mês de maio.

O voo direto opera aos sábados e tem cinco horas e meia de duração. Sai de Buenos Aires às 13h45min (horário local) e chega a Fortaleza às 19h09min (horário local). O voo direto foi essencial para a atração desse mercado ao Ceará e colocou a Argentina entre os cinco maiores emissores internacionais para o Estado. Antes a Argentina não aparecia nem entre os dez maiores mercados. No ranking atual, só perde para Itália, Portugal, Alemanha e França.

Conforme pesquisas feitas pela Secretaria do Turismo do Ceará (Setur), o gasto per capita dessa demanda é de R$ 3.036,35 e a permanência média é de 7 dias. Cerca de 65% dos turistas argentinos que visitam o Ceará estão vindo ao Estado pela primeira vez. "O fluxo internacional em vôos diretos representa 52% do total. O restante entra por outros portões como São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Recife", explica José Valdo Mesquita, coordenador de Estudos e Pesquisas da Setur.

Para o coordenador, esses números são reflexo de um trabalho constante de promoção do destino Ceará no mercado argentino em participação de feiras e junto aos operadores e agentes turísticos. "O acesso ao voo direto facilita bastante esse incremento", destaca Valdo Mesquita.

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria do Turismo do Ceará (Setur)

TAM passa a operar em Juazeiro do Norte

[NREGIONAL - 1]  DIARIO/NREGIONAL/1_MATERIAL<NREG01> ... 13/05/15A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorizou a companhia a operar no Município a partir do dia 1º de julho

Foto: JL Rosa

Juazeiro do Norte. A empresa TAM Linhas Aéreas abriu, na última segunda-feira, a comercialização de bilhetes para voos com destino a este Município da região do Cariri. Com a operacionalização da companhia no Município, o Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes passa a contar com a oferta de pousos e decolagens de aeronaves das quatro maiores companhias aéreas do País.

A perspectiva do trade turístico na região do Cariri é que haja incremento do setor a partir do segundo semestre do ano de cerca de 5%. Também é esperado aumento no fluxo mensal de passageiros no equipamento aeroportuário num volume de até 7 mil pessoas. Os voos da TAM acontecerão a partir do dia 13 de Julho. Porém, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorizou a companhia a operar no Município a partir do dia 1º de julho. As vendas de passagens pela companhia estão acontecendo, neste primeiro momento, por meio de agências de viagens. Os voos serão diários e diretos para Brasília e Recife. Também serão disponibilizados trechos em conexões como Juazeiro do Norte/São Paulo ou Juazeiro do Norte/Fortaleza, por exemplo, com preços de R$ 578,00 (ida e volta) e R$ 400,00, respectivamente.

As negociações em torno da operacionalização da TAM em Juazeiro do Norte acontecem desde outubro de 2014. Na ocasião, a companhia GOL havia anunciado que deixaria de operar o trecho entre Juazeiro do Norte e Recife, o que resultaria na visão de empresários e lideranças locais, em prejuízo ao Município, tendo em vista a existência da ligação da região do Cariri com a capital do Estado de Pernambuco.

Abertura de mercado

Para o coordenador de turismo de Juazeiro do Norte, Roberto Celestino, a chegada da nova companhia pode significar, ainda, a possibilidade de abertura do mercado internacional ao turismo da região. “Nós agora passamos a contar com a operacionalização das quatro maiores companhia do País na região do Cariri, a partir do Aeroporto Orlando Bezerra. Em relação à empresa TAM, a malha internacional que a companhia possui pode, sem dúvida, oferecer aos turistas estrangeiros a oportunidade de conhecer a região do Cariri com muito mais conforto e comodidade”, disse.

Segundo ele, como o aeroporto passará a operar com oito voos diários, a expectativa é de que haja aumento no fluxo de passageiros do equipamento. “A gente espera um aumento de cerca de 20% no volume diário de passageiros no terminal. Isso deve significar algo em torno de 7 mil novos usuários do equipamento”, disse.

Somada ao aumento no número de passageiros, também há expectativas quanto à ampliação de negócios que envolvam o trade turístico na região. Só a rede hoteleira, na opinião do coordenador, deve observar, a partir do segundo semestre do ano, crescimento de até 5% na ocupação de apartamentos. “A previsão é que todo o trade turístico seja beneficiado. No entanto, até por conta da construção de novos empreendimentos do setor hoteleiro em Juazeiro do Norte, a expectativa é de que o crescimento destes nicho em especial seja um pouco maior”.

Pista de pouso

Além da operacionalização da nova companhia aérea, o Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes deverá, em breve, ser beneficiado com os resultados dos estudos de viabilidade para realização das obras de aumento da pista de pouso e decolagem e construção de um novo terminal de passageiros que estão sendo realizados pela Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República.

Roberto Crispim
Colaborador

Diario do Nordeste - Regional

Roberto Carlos fará show de abertura da Expocrato 2015

roberto

 

Agora é oficial.
O Rei Roberto Carlos fará o show de abertura da Expocrato 2015, no Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcante, no Crato, no dia 11 de junho. Os detalhes, tais como preços do ingresso e período de venda serão divulgados flavio pinto

Show Som & Louvor nesta quinta no Cariri Garden Shopping

caririgardenShopping

Um show de grande celebração será realizado na quinta-feira, dia 14 de maio às 19h no estacionamento do Cariri Garden Shopping, com a Banda Som & Louvor. O evento que já consta com o primeiro lote de ingressos esgotado, conta agora com a abertura do segundo lote de vendas. O preço dos ingressos passam para R$ 20 e podem ser adquiridos na loja de roupas e acessórios Sankaku, localizado no centro de compras e lazer.

O grupo tem sido um grande sucesso da música Gospel e vem realizando shows no Ceará e em vários estados do Brasil. A abertura do evento será com a banda Som da Liberdade. O empresário da Banda , Rubens Brito, afirma que o grupo esteve em Nova Olinda e também em Juazeiro do Norte, realizando shows. Agora, aguarda com grande expectativa o momento de levar a mensagem da banda para o grande público no Cariri. “Estamos felizes por poder estar realizando esse trabalho na região”, diz ele.

Histórico da banda

A Banda Som e Louvor foi fundada no ano de 1987, na igreja Assembléia de Deus em Jacundá-PA, tendo sido nomeada por Raimundo Sousa, pai do atual baterista. Hoje a banda está em sua segunda geração com os componentes, Jedson (Vocalista e Compositor), Samuel (Baterista), Deison (Acordeon), Isaías(Teclados), Marigeso (Baixo), Alexandre(Guitarra), Renilson (Percussão).

Em 2005, iniciou-se a gravação do primeiro CD, com estilo inovador no meio Gospel, o forró. No mês de Maio de 2006 o primeiro CD intitulado Sinal Fechado foi lançado. Em 2007 mudam-se para Fortaleza-CE, gravando mais seis álbuns, sendo seis CDs e três DVDs “Usei a Fé” “É Hoje” “Sonho” “Festa de Crente” “Tá na Cara” e o mais novo “De Janeiro a Janeiro”, lançado pela Gravadora Som Livre Gospel.

A banda tem tido uma grande receptividade do público seja onde o grupo for: igrejas, congressos, casas de espetáculos, festas missionárias, a recepção é sempre a mesma. Suas ministrações em um estilo mais alegre falam do imenso amor de Deus, do cuidado que Ele tem para com os seus filhos, e de como precisamos crer nele para alcançarmos a vitória. A Banda pede a oração dos irmãos em Cristo e a direção de Deus, para conduzi-la nessa jornada de levar sua palavra a todos que precisam ouvi-la.

(Assessoria do shopping)

Boa notícia: dono de empreiteira assina acordo de delação premiada nesta quarta

Fonte: Folha de S.Paulo
Após negociações que se arrastam desde janeiro, o empresário Ricardo Pessoa, dono da UTC e da Constran, viaja nesta quarta-feira (13) a Brasília para assinar o mais esperado acordo de delação da Operação Lava Jato. Pessoa é o primeiro dono de empreiteira a assinar esse tipo de acordo para ter uma pena menor. Até agora, os delatores mais graduados da Lava Jato eram dois executivos da Camargo Corrêa, que ocupavam a presidência e a vice-presidência da empreiteira, mas foram afastados.
O grupo UTC-Constran tem 29 mil funcionários e faturou R$ 5 bilhões no ano passado.
Além de prometer revelar o que sabe, Pessoa vai pagar uma multa, cujo valor nas últimas conversas com procuradores era de R$ 55 milhões. O empresário é acusado por delatores de chefiar um grupo de empreiteiras que se reuniam para discutir quem ficaria com obras da Petrobras, o que pode caracterizar cartel.
O acordo será assinado na Procuradoria-Geral da República porque Pessoa citou uma série de parlamentares, que só podem ser processados pelo STF, e porque as conversas com a força-tarefa do Ministério Público Federal em Curitiba fracassaram. Como havia interesse para que Pessoa revelasse o que sabe, o procurador-geral Rodrigo Janot indicou homens de sua extrema confiança para prosseguir com as conversas. A tática deu certo.
Pessoa deve oficializar o que já narrou na fase de negociação. Ele contou, por exemplo, que doou R$ 7,5 milhões para a última campanha da presidente Dilma Rousseff (PT) por temer retaliações do partido nos contratos que tinha com a Petrobras, conforme a Folha revelou no sábado (9). Segundo Pessoa, a doação foi acertada com Edinho Silva, tesoureiro da campanha de Dilma e atual ministro da Secretaria de Comunicação Social –ele e o PT disseram que todas as doações ao partido seguiram a lei eleitoral.
O empresário também contou que pagou propina para conseguir o contrato da obra da usina nuclear de Angra 3.

Fernando Henrique Cardoso vê risco de o Brasil perdeu o que a duras penas conquistou

Homenageado nos EUA, ex-presidente tucano critica políticas econômica e externa de Dilma e reprova bordão usado por Lula
 Fonte: O Estado de S.Paulo
A uma plateia de 1.200 pessoas reunidas em um jantar de gala ontem em Nova York, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou que os avanços construídos no Brasil a partir da Constituição de 1988 pareciam "desfazer-se no ar" nos últimos anos. Defendendo que o País se guie por "uma lanterna na proa, e não na popa", o tucano disse esperar que os caminhos percorridos até hoje "não se percam".
Para Fernando Henrique, essa "construção" de décadas foi feita por gerações e não permite que se diga "nunca neste País antes de mim fez-se tal e tal coisa" – uma referência ao bordão que marca os discursos de seu sucessor, o petista Luiz Inácio Lula da Silva. "Um país não se constrói senão pondo tijolo sobre tijolo, obra de gerações."
FHC foi um dos dois homenageados em jantar oferecido no hotel Waldorf-Astoria pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos em Nova York. Desde 1970, a entidade dá o prêmio Pessoa do Ano a um brasileiro e a um americano que atuaram pela melhoria nas relações entre os dois países. O outro homenageado foi o ex-presidente Bill Clinton, cujo mandato coincidiu com grande parte do governo do tucano. O evento de ontem foi o mais concorrido das 45 edições do prêmio concedido pela câmara, que reúne 450 empresas dos dois países.

Benigna, a menina-mártir -- por Armando Lopes Rafael (*)

   Desde que chegou à Diocese de Crato, em 2001, Dom Fernando Panico tomou conhecimento da veneração prestada pela população de Santana do Cariri à memoria de Benigna Cardoso da Silva, uma menina assassinada em 1941, em defesa da castidade. Sessenta anos já havia decorrido daquela tragédia, mas as novas gerações de santanenses perseveravam em manter acesa a fama de santidade de Benigna. Dom Fernando logo enxergou na existência da menina-mártir muitas virtudes, dentre as quais a pureza, bondade, caridade, inocência e piedade. O Bispo de Crato tinha autoridade para abrir um processo de beatificação. Mas faltava-lhe uma pessoa que detivesse conhecimento sobre esse árduo procedimento canônico, ou seja, um postulador da causa com experiência nesse mister. 
    Em 2009, certamente por um desígnio de Deus, chegou para residir na Diocese de Crato, um culto sacerdote italiano, monsenhor Vitaliano Mattiolli, professor nas universidades de Roma, que aceitou o desafio de Dom Fernando Panico e começou a planejar o pedido de beatificação de Benigna. Em 2012 foram nomeados os membros da fase diocesana desse processo.  O resultado do trabalho preliminar chegou já em fevereiro de 2013.  Naquele mês, o bispo de Crato recebeu correspondência do cardeal Ângelo Amato, presidente da Congregação para a Causa dos Santos, comunicando a concessão do “Nihil Obstat”, ou seja, o “Nada Impede” para a abertura do processo de beatificação de Benigna Cardoso da Silva. Esta, a partir daquela data passou a ser chamada Serva de Deus.
     Inegavelmente deve-se à iniciativa de Dom Fernando Panico e à competência do trabalho de monsenhor Vitaliano Mattioli (falecido em dezembro de 2014) o êxito inicial do processo de beatificação de Benigna. Resta-nos aguardar o desenrolar das etapas posteriores, a chamada “Fase do Vaticano” que terão como palco a Congregação para a Causa dos Santos, na cidade de Roma.
Quem é Benigna Cardoso da Silva
   Benigna nasceu no dia 15 de outubro de 1928, na cidade de Santana do Cariri e residiu, durante os seus primeiros anos de vida, na Rua do Tanque, onde ficava a humilde casa dos seus pais. Era a filha mais nova do casal José Cardoso da Silva e Thereza Maria da Silva. Seu pai trabalhava no Sítio Oiti, propriedade agrícola localizada a pouco mais de dois quilômetros da cidade, pertencente ao Sr. Cireneu Sisnando Leite e sua esposa, dona Leonor. O pai de Benigna trabalhava preparando o solo para o cultivo, ajudando na ordenha e criação do gado e executando outras tarefas correlatas, a ele confiadas pelo Sr. Cireneu. A mãe de Benigna fazia as tarefas domésticas, no humilde lar do casal, e tomava conta dos quatro filhos pequenos.     Benigna foi batizada, no dia 21 de outubro de 1928, na Igreja Matriz de Senhora Santana, pelo padre Rodolfo Ferreira da Cunha, vigário da Paróquia de Santana do Cariri.
   Embora não se tenha a data precisa, sabe-se que Benigna ficou órfã de pai e mãe, nos primeiros anos de sua infância. Após a morte dos pais, ela e seus três irmãos mais velhos – Carmélia, Alderi e Cireneu – foram adotados pelas filhas do proprietário do Sítio Oiti dos Cireneus, as irmãs Rosa e Honorina Sisnando Leite. Naquele sítio passou a residir. Lá percorreu o caminho da santificação e no Sítio Oitis sofreu o martírio.
Uma santa de Deus
   Pode-se concluir que a fé vivenciada por Benigna foi uma fé comum, simples, sem êxtases ou visões. Sem ocorrência de milagres extraordinários. Ela não realizou prodígios. Viveu o anonimato do cotidiano com uma fé calcada no modo como expressava seu profundo e singelo amor a Deus: no respeito aos semelhantes; na oração da manhã e da noite, nas missas a que assistia na igreja-matriz, esta localizada a mais de dois quilômetros da sua residência. Benigna era obediente e tinha sincero respeito às duas senhoras que a criavam. No cumprimento dos afazeres cotidianos, a menina levava uma vida igual às demais mocinhas da zona rural daqueles tempos. Fazia as tarefas de casa – apesar da sua pouca idade, lavava os utensílios domésticos, ajudava na cozinha e varria a casa – e era, ainda, a encarregada do abastecimento de água da família que a criava. Para tanto, percorria, com um pote de barro na cabeça, todos os dias, a distância entre a sua residência e a cacimba de onde retirava a água para o consumo diário. 
   Tal modo de vida, simples e edificante, não passou despercebido ao Pároco de Santana do Cariri, Padre Cristiano Coelho Rodrigues. O respeitável sacerdote, em certa ocasião, presenteou Benigna com um livro da História Sagrada. Este exemplar foi lido muitas vezes pela menina. Esta, após a sua prematura morte, seria chamada pelo Padre Cristiano Coelho de “Heroína da Castidade” e de “Nossa Santinha”. O exemplar dessa História Sagrada ainda existe e faz parte do pequeno acervo de objetos materiais deixados por Benigna, que são guardados numa pequenina capela, construída pela comunidade no Sítio Oiti, a duzentos metros do local onde a menina foi martirizada.
     Benigna viveu apenas 13 anos e 9 dias e findou sua existência terrena, ferida mortalmente, vítima de uma tentativa de violência sexual, à qual resistiu bravamente, para preservar sua castidade. Foi uma vida breve, permeada pela amizade com Jesus, vivida em meio à pobreza, orfandade, trabalhos domésticos, gestos simples e solidários. Uma verdadeira santidade leiga, na qual realizou fielmente o projeto e a Palavra do Deus Pai.
     A população católica da Diocese de Crato aguarda, confiante e jubilosa, a próxima etapa do processo de beatificação de Benigna, quando ela será chamada de Venerável. Isso acontecerá após o “Positio” (fase do processo onde se estuda se as virtudes do candidato a Beato atingiram o grau de heroicidade). Quem sabe se não sairá do Cariri a primeira Beata do Estado do Ceará?
 (*) Armando Lopes Rafael é historiador. Trabalho  escrito para a "Revista do Centenário da Diocese de Crato", que circulará nas próximas semanas.
Túmulo da Serva de Deus Benigna, localizado no interior da Igreja Matriz de Santana do Cariri.

Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30