xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 11/05/2015 | Blog do Crato
.

VÍDEO - ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Prefeito do Crato é escolhido um dos melhores prefeitos do Ceará pela PPE Eventos, em Fortaleza. ( 09-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

11 maio 2015

Inscrições do VI Festival Popular de Teatro de Fortaleza segue até junho

Iteatroncentivar o acesso da população às artes cênicas, intensificar as produções  teatrais e contribuir com a formação de artistas na capital, são finalidades do Festival Popular de Teatro de Fortaleza. Idealizado pela Cia Prisma de Artes, o evento leva a produção teatral dos palcos aos espaços públicos e chega a sua 6ª edição.

Neste ano as apresentações serão realizadas de 9 a 13 de novembro e as inscrições já podem ser feitas por meio do site www.festivalpopulardeteatro.com, até o dia 30 de junho. “Essa antecedência, além de nos proporcionar tempo para selecionar com mais critério os trabalhos inscritos, também dá aos grupos condições de se prepararem melhor e de aperfeiçoarem suas produções em diversos aspectos, do texto ao figurino“, afirmou Raimundo Moreira, coordenador geral do Festival.

A seleção será composta por três membros, todos de reconhecimento nacional e local, definidos de acordo com a qualificação profissional ligada às artes cênicas e escolherá até 20 grupos para integrarem a programação do evento.

Totalmente gratuito, em paralelo às apresentações teatrais, o evento também proporcionará palestras, debates e oficinas à população.

Serviço:

​Inscrições do VI

​Festival Popular de Teatro de Fortaleza

Data:

​Até

30 de junho;

Onde se inscrever: www.festivalpopulardeteatro.com

Ceará é Notícia

Prefeitos do Cariri discutem mudanças nos limites intermunicipais

 limites-municípios

 

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Zezinho Albuquerque (Pros), realizou, nesta segunda-feira (11/05), nova reunião, agora com prefeitos e representantes de cidades da macrorregião do Cariri, para discutir os limites intermunicipais. O encontro teve o objetivo de explicitar os trabalhos de georreferenciamento dos municípios do Estado realizados pela AL, em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece).

Segundo Zezinho Albuquerque, as reuniões com os gestores municipais estão sendo realizadas semanalmente, para que os municípios conheçam os limites territoriais que estão sendo apresentados pelo projeto. O parlamentar explicou que muitos municípios estão sendo prejudicados com a indefinição desses limites, gerando distorções e prejuízos porque não recebem de forma correta o Fundo de Participação Municipal (FPM).

A expectativa do presidente da AL é que, após os debates, a lei de consolidação dos limites dos municípios cearenses seja votada pelos parlamentares ainda neste semestre. “Onde houver acordo e ajustes feitos, vamos fazer a lei para votar na Assembleia. Isto vai fazer com que o município que gaste na sua comunidade receba o FPM, verbas para a saúde e outros recursos que vêm do Governo Federal”, esclareceu o presidente.

O presidente da Comissão de Criação de Novos Municípios, Estudos de Limites e Divisas Territoriais da AL, Luiz Carlos Mourão, explicou que as localidades foram georreferenciadas com uso do Sistema de Posicionamento Global (GPS) e imagens de satélite. Segundo Mourão, o Ceará é o segundo estado do Brasil a fazer este trabalho. “O primeiro estado da federação foi Santa Catarina, em 2000. Em 2009, na gestão do presidente Roberto Cláudio, estivemos em Santa Catarina para ver como o trabalho foi desenvolvido”, lembrou Mourão.

Diretor do IBGE, Francisco Lopes acrescentou que 92 cidades cearenses já tiveram seus limites estipulados pela comissão. Os prefeitos destas cidades já foram convocados para apresentação dos limites geográficos. “Estamos na fase em que os representantes das prefeituras são chamados para um acordo final, principalmente nas áreas em que há alguma dúvida ou questionamento”, explicou. Nas próximas semanas, conforme Lopes, as reuniões acontecem com prefeituras de cidades das regiões dos Inhamuns, Ibiapaba, Sobral e Litoral Oeste.

Participaram do encontro prefeitos e representantes dos municípios de Caririaçu, Farias Brito, Jardim, Potengi, Várzea Alegre, Ipaumirim, Lavras da Mangabeira, Mauriti, Orós, Quixelô e Solonópole, além da representante do Ipece, Lana Veloso.

Ceará Agora

Governo estuda liberar R$ 40 bilhões da poupança para financiar habitação

dinheiro

O governo estuda alternativas para diminuir a crise na construção civil, agravada pelo atraso nos repasses da União ao programa Minha Casa Minha Vida e pela sangria de recursos da caderneta de poupança, que perdeu R$ 29 bilhões só no primeiro quadrimestre. E uma das hipóteses em debate é a liberação de parte dos recursos da poupança retidos no Banco Central (BC), os chamados depósitos compulsórios. Hoje, 30% dos valores depositados na poupança são recolhidos ao BC. A proposta em discussão é liberar entre 10% e 15% desse montante para que os bancos possam aumentar a oferta de crédito para a habitação. Essa medida, segundo fontes do setor, poderia injetar no sistema financeiro entre R$ 30 bilhões e R$ 40 bilhões.

A poupança faz parte do Sistema Financeiro da Habitação (SFH), voltado para imóveis de até R$ 750 mil, com juros limitados a 12% ao ano, mais a TR. Segundo a legislação, 65% dos depósitos de poupança devem ser direcionados ao crédito habitacional; 5% podem ser aplicados livremente, e o restante fica retido no BC.

Diante da escassez dos recursos da poupança, a Caixa, líder no mercado imobiliário, e o Banco do Brasil restringiram o financiamento habitacional, tanto para os mutuários, que terão que pagar juros mais altos e dar uma entrada maior, quanto para as empresas. Há poucos dias, as incorporadoras foram informadas pelos dois bancos de que as linhas de crédito com recursos da caderneta destinadas à produção de novas unidades foram suspensas.

A liberação de parte dos compulsórios beneficiaria principalmente a Caixa – maior captadora de depósitos da poupança -, mas é defendida pela concorrência. A proposta está em análise pelos ministérios da Fazenda, do Planejamento e pelo BC, e a expectativa é de uma definição até o próximo mês.

– Com a baixa na poupança, não temos alternativa. Esperamos que a liberação dos compulsórios ocorra entre maio e junho – disse o presidente da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), Rubens Menin.

Ele explicou que o outro instrumento de captação de recursos para o setor, as letras de crédito imobiliário – LCIs (papéis vinculados a ativos imobiliários) -, apesar da isenção fiscal, é mais oneroso para os bancos do que os depósitos da poupança. Segundo Menin, a liberação de parte dos compulsórios seria uma medida emergencial, até o país atravessar o período de alta nos juros, que tem estimulado a saída dos recursos da caderneta em busca de aplicações com maior retorno.

Além da evasão dos depósitos da poupança, os atrasos nos repasses da União ao programa Minha Casa Minha Vida, que começaram há cerca de um ano e ainda persistem, agravam a crise na construção civil, com paralisações de obras em vários estados e demissões de trabalhadores. O problema é mais sério entre as pequenas construtoras que assumiram grandes conjuntos residenciais para baixa renda (faixa 1, totalmente custeada com recursos públicos), sobretudo no Nordeste, mas atinge também as faixas 2 e 3 (que usam recursos do FGTS).

O Ceará é um dos exemplos da falta de recursos da União e obras, como a transposição das águas do rio são Francisco, o anel viário e a recuperação de estradas federais, assim como o Programa Minha Casa, Minha Vida, estão paradas. O Governo Federal, ao reduzir a transferência de recursos para obras, deixando as construtoras sem receber pagamentos, provocou a demissão de milhares de trabalhadores, como acontece na Grande Fortaleza e em cidades do Interior do Ceará. O Governo está sendo pressionado a aliviar os efeitos do arrocho para liberar parte dos recursos para reanimar setores da economia. As pressões, que surgem das áreas política e da iniciativa privada, podem dar resultado e, nesta semana, o Governo Federal sinaliza com a liberação de 40 bilhões de reais para aquecer a construção civil. Com isso, um dos principais programas sociais do Governo Dilma, o Minha Casa, Minha Vida, pode ter as obras em ritmo normal.

Com informações do O Globo.

Ceará Agora

Mercado financeiro estima inflação de 8,29% para este ano

 

Economistas“A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deve terminar 2015 em 8,29%, na avaliação de analistas e investidores do mercado financeiro. A estimativa está no boletim Focus, pesquisa semanal com instituições financeiras divulgada hoje (11) pelo Banco Central (BC).

A projeção para o IPCA variou 0,03 ponto percentual em comparação à taxa de 8,26% da semana anterior. Para os preços administrados – que são os regulados pelo governo ou contrato, como o da gasolina e energia – é prevista alta de 13,2%, acima da projeção de 13,06% da semana anterior. Para 2016, analistas reduziram a previsão do IPCA de 5,6% para 5,51%.

O IPCA, calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mede a inflação de produtos e serviços comercializados no varejo, referentes ao consumo pessoal das famílias, com rendimento de um a 40 salários mínimos. Desde junho de 1999, o IPCA é o índice usado pelo Banco Central para o acompanhamento dos objetivos estabelecidos no sistema de metas de inflação.

A pesquisa prevê ainda para este ano atividade econômica ligeiramente mais retraída do que na pesquisa anterior. Os analistas mudaram a projeção para o Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e riquezas produzidos em um país), de queda de 1,18% para retração de 1,2%. A projeção de queda especificamente para a produção industrial foi mantida em 2,5%.”

(Agência Brasil)

Centro de Eventos tem receita 25% maior este ano

Centro_de_Eventos_Banner

O Centro de Eventos do Ceará (CEC) registrou receita 25% maior nos quatro primeiros meses deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado. O equipamento gerou receita de R$ 2,6 milhões nos meses de janeiro a abril de 2015. Já nos quatro primeiros meses de 2014, a receita foi de R$ 2 milhões. Para este ano, já há cerca de 60 eventos confirmados. 
Somente no mês passado, o equipamento gerou R$ 1,1 milhão e recebeu grandes eventos como a 42ª Convenção Geral da Assembleia de Deus e a Festa Garota Vip. "Nossa expectativa para 2015 é muito boa. Apesar da crise, nossos números mostram que o Centro de Eventos está crescendo e andando na contramão do cenário nacional", ressalta Lívia Holanda, gerente geral do Centro de Eventos.
Neste mês de maio, o equipamento recebe o Feirão da Caixa (dias 15 a 17), que deve reunir cerca de 50 mil pessoas, e o Bazar La Boutique (dias 28 a 30). Além deles, o Congresso Internacional de Odontologia e o Extravaganza - Herbalife 2015 estão sendo realizados até este sábado (9). A etapa final do Rodeio de Caminhões (dia 24), organizado pela Raízen (licenciada da Shell no Brasil), será realizada pela primeira vez no Centro de Eventos.
Também em maio, o Centro de Eventos recebe pela primeira vez a Brazilian Tourism Mart (BNTM), que está em sua 24ª edição. A bolsa de negócios deve receber 1.300 visitantes, entre operadores, agentes de viagens, hoteleiros, jornalistas e representantes do trade turístico nacional e internacional. A expectativa é de que sejam gerados negócios da ordem de R$ 200 milhões. São 300 buyers internacionais confirmados.
Para 2015, outros dois eventos devem se destacar. A Convenção Anual do Atacadista Distribuidor (Abad), de 3 a 6 de agosto, é o maior encontro de negócios do segmento na América Latina. O evento - realizado pela segunda vez no CEC - reúne 200 expositores e 40 mil visitantes, com lucro de R$ 18 bilhões em negócios. Além dele, foi confirmado esta semana o Holi One, um festival de música que será realizado no dia 30 de agosto.
Estrutura
O Centro de Eventos deve receber este ano um gradil que rodeará todo o equipamento. A licitação está em andamento e a instalação começará ainda neste primeiro semestre. A ação tem como objetivo a proteção do equipamento. A Secretaria do Turismo do Ceará (Setur) também quer implantar câmeras de segurança, antenas de sinal telefônico e rede Wi-fi.
O CEC é o mais moderno e mais bem equipado centro de eventos da América Latina, com capacidade para realização de 44 eventos simultaneamente e para receber mais de 30 mil pessoas. São 176.899 metros quadrados de área total, com mais de 3.200 vagas de estacionamento. Este ano, o CEC passou a ser também a sede da Setur, o que proporcionou o aumento de fluxo de pessoas e visitantes do equipamento.

Assessoria de Comunicação da Secretaria do Turismo do Ceará (Setur)

Razões do sucesso - Por: Emerson Monteiro

Existem atitudes práticas para conseguir aquilo que se pretende, mediante definições as quais a psicologia vem indicando e demonstrando o que pode servir de orientação a muitos, dentre essas o estabelecimento de objetivos claros e específicos aonde se querer chegar. 

Dizer que quer ganhar mais dinheiro e ter mais tempo livre, por exemplo, não é um objetivo bom. Ou melhor, ele é claro, mas não específico. Quanto dinheiro se quer ganhar? Até quando isso? Quanto tempo livre quer ter? Visualizar o objetivo de maneira clara e específica, pondo isso no papel, pois obriga a concentrar esforços em busca de resultados, invés de dispersá-los.

Sonhar, mas manter os pés no chão. É importante ser realista. A receita para de ter úlcera, estresse e depressão: se obrigar a atingir objetivos inalcançáveis, ou num espaço de tempo curto por demais. Vale considerar a importância de manter aguçado o senso de realidade. 

Sonhar serve para quebrar paradigmas e visualizar novas realidades, mas trabalhar geralmente significa ser bem mais produtivo.

Fazer revisões constantes, relembrar de tempos em tempos o que, exatamente, se quer. Afinal, quem disse ser obrigado a seguir até a morte um só objetivo porque este foi estabeleceu há alguns meses? A vida muda, coisas mudam, objetivos também podem mudar. Só não usar isso como desculpa para desistir da peleja.

Quando as coisas vão bem não existe nada mais motivador do que revisão de propósitos reforçada de pensamentos positivos.

Não desperdiçar recursos, outra norma de qualidade pessoal. Todos têm a tendência a centralizar principalmente tarefas importantes. Como se quer resolver tudo, esquece que muitas vezes pode existir alguém que já passou pela mesma situação - e com sucesso. Da próxima vez que estiver empacado saia do isolamento e faça perguntas. Afinal se está na era da informação; aproveitar e usar!

Priorizar atividades mais importantes, eis mais uma regra de ouro. Envolver as pessoas em volta, pois sempre é mais motivador trabalhar em busca de um resultado quando a família e os amigos dão apoio. 

Não tomar atalhos. Sucesso representa 1% de inspiração e 99% de transpiração, já disseram algumas vezes.  Sempre que ler a história de alguém que se saiu bem em qualquer atividade, preste muita atenção. Em 100% das vezes, sem exceção, vê-se que essas pessoas deram duro muito tempo. 

Se atalhos fossem os melhores caminhos, não teríamos estradas e nem avenidas. Resolver problemas, no momento atual. Colocar a cabeça num buraco e esperar o perigo passar geralmente aumenta o tamanho do problema, piorando a situação. 

Tais formulações facilitam viver e preencher vazios intransponíveis. O sucesso não nasce longe do esforço de um plantio coerente, conquanto a natureza realimenta os sonhos a cada novo dia. Mãos à obra e plantio certo!...

Projeto-piloto visa acelerar processos judiciais de crianças e adolescentes em situação de acolhimento

 

projetopiloto

Foto: Divulgação

Os processos envolvendo crianças e adolescentes em situação de acolhimento vão ganhar celeridade a partir da atuação de equipes multidisciplinares especializadas no tema. A estratégia foi definida em reunião envolvendo a primeira-dama do Estado, Onélia Maria Leite de Santana, com integrantes do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), incluindo a presidente da corte, desembargadora Maria Iracema Martins do Vale Holanda, nesta segunda-feira (11), na sala de convivência do Palácio da Justiça.
O encontro teve como pauta principal a articulação entre os diferentes poderes para otimizar ações voltadas para crianças e adolescentes em situação de acolhimento. “Estive nos abrigos Tia Júlia e Casa Abrigo e me tocou muito quando vi aquelas crianças ainda em situação de acolhimento. É necessário que elas estejam com a família, com o pai e com a mãe, e foi isso que nos fez unir forças para agilizar esses processos de adoção”, ressaltou a primeira-dama.
As duas equipes multidisciplinares serão formadas por profissionais das áreas de Psicologia, Pedagogia, Assistência Social e do Direito. Com o acompanhamento dos processos, o projeto-piloto pretende a retomada das crianças e adolescentes mais rápido para a família ou para adoção. Uma equipe atuará junto à 3ª Vara da Infância e Juventude no Fórum Clóvis Beviláqua e a outra permanecerá na Unidade de Acolhimento Casa Abrigo, no Cristo Redentor, que é mantida pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS).
Nos próximos dias as equipes do TJCE e a da STDS se reunirão para fazer o planejamento da atuação das equipes no projeto-piloto. “Nós pretendemos agilizar, porque a adoção tardia ela finda trazendo prejuízos sociais, psicológicos e materiais ao adotado”, explicou a desembargadora Lisete de Sousa Gadelha, presidente da Comissão Estadual Judiciária de Adoção Internacional (Cejai/CE).
Representando o poder Judiciário, também participaram do encontro a desembargadora Maria Vilauba Fausto Lopes, titular da Coordenadoria da Infância e Juventude (CIJ), e a juíza Alda Maria Holanda Leite, coordenadora das Varas da Infância e Juventude de Fortaleza. Estiveram presentes ainda o titular da STDS, Josbertini Clementino; a secretária executiva da pasta, Ana Cruz; a coordenadora da Proteção Social Especial da STDS, Mariana Abreu; a orientadora da Célula de Atenção à Alta Complexidade da STDS, Rita de Cássia e a diretora do abrigo Tia Júlia, Luisa Helena, além da secretária-chefe da Controladoria Geral de Disciplina (CGD), Socorro França.

(Governo do Ceará)

Alunos confeccionam cartaz da Festa de Santo Antônio, em Barbalha

 

cartaz

A comissão julgadora foi formada por profissionais da Educação de Barbalha. (Foto: Divulgação)

As Secretarias de Educação e de Cultura de Barbalha divulgou o resultado do concurso sobre o Cartaz da Festa de Santo Antônio 2015. O cartaz vencedor foi do aluno Wendel Silva Xavier, da Escola Josefa Alves. Em segundo luga,r o aluno Francisco Cleiton Firmino dos Santos, da Escola Santa Luzia do Sítio Lagoa; e a terceira colocação ficou com Letícia Sales, aluna da Escola Joaquim Duarte Grangeiro. A solenidade de entrega dos prêmios será realizada em dia e local a ser definido pelas duas secretarias.
O concurso teve c0omo finalidade incentivar os jovens estudantes do ensino fundamental II da rede pública de ensino a fazerem uma reflexão sobre a Festa do Pau da Bandeira de Santo Antonio. O cartaz vencedor estará em todo material de divulgação da festa. Mais de dez Escolas participaram. As avaliações dos cartazes foram feitas por uma comissão julgadora, coordenada pelas Secretarias de Educação e de Cultura e, formada por profissionais, que julgaram e elegeram os três melhores trabalhos .
Os vencedores receberão as seguintes premiações: 1º)  01 Computador. 2º)  01 Tablet e 3º Lugar,  01 Celular. As Escolas dos alunos vencedores receberão medalhas como premiações. O cartaz escolhido será apresentado ainda essa semana.

flavio pinto

UFC abre concurso para professor efetivo e substituto

A Universidade Federal do Ceará recebe até 9 de junho inscrições para as vagas de professore efetivo para o Campus de Crateús.

As unidades executoras serão centros e departamentos sediados no Campus do Pici, Professor Prisco Bezerra, em Fortaleza. Além de poder fazer a inscrição presencial, os interessados poderão se inscrever pela Empresa Brasileira de Correio e Telégrafos, via sedex.

As vagas, setores de estudo e endereço para as inscrições são os seguintes, Setor de estudo e Lógica, Teoria da Computação e Linguagens Formais e Autômatos. As inscrições podem ser realizadas no Departamento de Computação.

Setor de estudo e Probabilidade e Estatística, poderão ser feitas no Departamento de Estatística e Matemática Aplicada. Setor de estudo e Expressão Gráfica, Topografia e Geoprocessamento no Departamento de Computação, também no Campus do Pici.

Nos três casos, a jornada de trabalho é de 40 horas semanais, com dedicação exclusiva. A taxa de inscrição é no valor de R$ 148,00 e o selecionado receberá remuneração mensal de R$ 5.945,98. Mais informações no Edital nº 91/2015 (http://bit.ly/1Pe88sU), publicado no site da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas.

Foi reaberta seleção para professor substituto do Departamento de Computação para o Centro de Ciências da Universidade Federal do Ceará. As inscrições seguem até o dia 13 de maio, em Fortaleza. Para se candidatar, os interessados deverão ter no mínimo título de mestre. A carga horária de trabalho é de 40 horas semanais, e a remuneração é de R$ 3.799,70. Mais informações sobre a vagaestão disponíveis no Edital nº 82/2015 (http://bit.ly/1Pv5VUG).

Diario do Nordeste - Regional

Centro-Sul tem 4 obras paralisadas

obrapO trecho de 40 quilômetros da CE-282, entre Icó e o distrito de Icozinho, está com as obras de pavimentação asfáltica interrompidas

FOTO: HONÓRIO BARBOSA

Iguatu. De seis obras de construção e recuperação de rodovias estaduais na região Centro-Sul do Ceará, quatro estão paralisadas. Os serviços foram suspensos, deixando os moradores apreensivos sobre a retomada dos trabalhos. A edificação das estradas representa sonho antigo da comunidade regional, e o temor dos motoristas e produtores rurais é que ocorra uma paralisação por longo tempo.

Uma das obras paradas é a construção de pavimentação asfáltica da rodovia CE-282, no trecho de 40 km entre a cidade de Icó e o distrito de Icozinho. No último dia 1º de maio, houve manifestação de agricultores, trabalhadores urbanos e servidores públicos contra a interrupção dos serviços. "Os operários começaram a fazer a terraplanagem, mas a obra está parada", lamentou o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Icó, Lourival Teixeira.

No município de Jucás, há cerca de uma semana que a obra de construção do trecho de 22 km da CE-166, que liga a sede do município até o distrito Vila Mel, foi paralisada por completo. Antes, houve redução no número de máquinas e operários. Cerca de 30% dos serviços foram concluídos. "Cumprimos o cronograma financeiro apresentado pelo DER (Departamento Estadual de Rodovias)", disse o construtor Antônio Luís Teixeira, responsável pela obra. "Estamos aguardando a liberação de novos recursos para retomada da obra". Teixeira disse que não lhe foi apresentada data para liberação de nova verba. "Há uma expectativa de que poderá ocorrer no início do segundo semestre deste ano", observou.

A suspensão de obras traz prejuízos e transtornos para as empresas que precisam demitir operários, cancelar contratos de locação de máquinas e depois fazer novas contratações.

O trecho de quase 22 km da CE-284, entre Cariús e a localidade de Umarizeiras, no entroncamento com a CE-060 está parado há um mês. Cerca de 30% dos serviços foram concluídos. A terraplanagem avançou bastante. A obra também é de responsabilidade da empresa Teixeira Construção.

O serviço de recuperação da CE-371, entre Acopiara e Catarina, também está interrompido. O trecho de 55 km estava danificado e apresentava muitos buracos. A obra de restauração começou no ano passado para satisfação dos motoristas e usuários.

Equação financeira

O DER esclareceu que no trecho da rodovia entre Icó e Icozinho será feita uma nova licitação para a obra integrar o Programa Viário de Integração e Logística (Ceará IV). Com relação às obras nos municípios de Jucás e Cariús, está sendo feita uma nova equação financeira. Os recursos são do Estado. Sobre os serviços de recuperação da rodovia CE-371, no trecho entre as cidades de Acopiara e Catarina, 63% já foram concluídos.

A obra de alargamento e restauração do trecho da CE-060, entre Acopiara e Mombaça, tem orçamento de R$ 44 milhões, numa extensão de 46 km. É contemplada pelo Ceará IV e está com 57% dos serviços concluídos. Já o trecho de 24 km da CE-282, entre Malhada Vermelha e Guassussê/Rochedo, em Orós, tem orçamento de R$ 14 milhões e está com 73% dos serviços concluídos.

Honório Barbosa
Colaborador

Diario do Nordeste - Regional

“Vocação: chamado, preparação e serviço” é o tema do Despertar Vocacional 2015 – por Árysson Magalhães (*)

Dias 08, 09 e 10 de maio, aconteceu no Centro de Expansão Dom Vicente de Araújo Matos, em Crato- CE, o Despertar Vocacional 2015, que teve como tema “Vocação: chamado, preparação e serviço” e contou com a participação de aproximadamente 100 jovens de diversas paróquias da Diocese de Crato.
O encontro busca fazer com que os participantes possam discernir melhor sobre o chamado que Deus faz a cada um deles, sendo realizado anualmente pela Pastoral Vocacional Diocesana – PVD e o Serviço de Animação Vocacional – SAV, que são compostos por seminaristas do Seminário Diocesano São José e membros de diversas congregações religiosas e novas comunidades presentes na Diocese.
“O Desperta Vocacional tem como objetivo fazer com que o jovem desperte para a vocação à qual Deus lhe chama seja ela a vida sacerdotal, vida consagrada, vida religiosa ou a vida matrimonial. Todas as vocações que Deus concede ao homem e à mulher tem a possibilidade de ser despertada nesse encontro”, afirmou o promotor vocacional, Seminarista Damião Ferreira.
Na programação os jovens puderam conhecer os diversos carismas existentes na Igreja, participaram de dinâmicas, trabalhos em grupo e reflexões sobre diversos temas da vida religiosa, trabalhando as diversas vocações.
Para o vocacionado André Luiz Salviano, da Paróquia de São Raimundo Nonato, de Várzea Alegre, o Despertar Vocacional é um momento de formação, de silenciar para escutar a vontade de Deus, encorajando os participantes a responderem ao chamado que o Criador faz a cada um de modo particular. “O encontro é uma grande oportunidade que a nossa Diocese dá aos vocacionado de discernir o seu chamado e, aos que tem a sua vocação já conhecida, alimentar cada vez mais”, afirmou.
O bispo Dom Fernando Panico também esteve presente no Despertar Vocacional, falando aos jovens sobre a importância do sim de cada um para a evangelização. “A palavra vocação deriva do latim ‘Vocare’, que significa chamado. Um chamado ao serviço, a doação, a se dedicar em favor da salvação dos mais necessitados e o sim fiel de vocês a vocação a qual Deus os chama, é o que fará com que muitas pessoas conheçam o amor de Deus e a salvação que Cristo oferece a todos os povos. Não tenham medo de assumir o chamado de Deus, pois Ele está conosco para nos encorajar em cada dia”, afirmou.
O encontro encerrou com uma celebração eucarística, e os jovens desejosos de continuarem o discernimento vocacional foram dirigidos às Congregações Religiosas e ao Seminário Diocesano São José, para uma atenção mais personalizada de acordo com os carismas.
(*) Árysson Magalhães é seminarista da Diocese de Crato

Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30