xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 22/03/2015 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

22 março 2015

Urgência de paz - Por: Emerson Monteiro

Qual diz a música, nada muda se você não mudar. Mudar o jeito de administrar a vida, olhar para dentro de si, mergulhar nos lugares profundos da verdade que cabe a nós descobrir com ânimo e atitude. Querer ser sincero consigo e com os demais. Todos nós temos nossas carências, limitações, melancolias em horas mortas, porém é levantar a cabeça. Olhar o mundo com outros olhos. Sinta que há um Poder maior que nós que nos guia ao Infinito. Segurar a disposição de bem viver. Trabalhar. É uma luta mesmo, contra o inimigo invisível do desgosto. Consiga acreditar em algo que não seja só o imediato, as frustrações do dia a dia. Ergue a si dos próprios pés. Carinho não se acha a toda esquina, mas existe em algum lugar e esse lugar é dentro da gente. Satisfação, os seus sonhos de paz em se conhecer com vontade e disposição de refletir um mundo novo a partir do seu sentimento, seu coração. Todo tempo é dia disso, de reviver e viver com intensidade. Ter fé, consciência de que ser pequeno precisa que olhemos mais algo, no sentido de uma vida plena de luz e amor. Tudo conspira em favor dos que amam de verdade, independente das insatisfações da maioria. Somos um ser completo, precisa só que aceitemos isto com a coragem necessária. A existência que tanto desejamos já existe quando nascemos e crescemos. O mais é amizade e gosto de usufruir a história da pessoa e do Universo dentro do mais íntimo de nós mesmos. É hoje o dia dessa transformação urgente que tanto comentamos e tantos reclamam. Estirar as mãos aos lugares santos da compreensão individual, morada plena de perfeição a despertar no viver das criaturas que abrem a consciência ao Sol da clareza. Aportemos nesse lugar seguro de maravilhas e promessas, leveza e aspiração de Felicidade. Estude com carinho a vida e o tempo. Descubra um jeito de ser feliz ainda hoje.

O Dia da Água - Por: Emerson Monteiro

Nos dias 22 de março, a humanidade resolveu dedicar 24 horas a um dos bens mais essenciais do Planeta. Inquestionável a importância da água nas nossas vidas. Para sobreviver, o ser humano não consegue fazê-lo sem o líquido tão precioso.

Somos seus dependentes diretos. Dela carecemos com toda a sua importância, e cuidamos pouco (quase nada) dos recursos hídricos. Abusamos. Desperdiçamos. Poluímos, indiferentes e à toa. Por causa disso, a Organização das Nações Unidas escolheu uma data para lhe homenagear. A família humana carece levar isso a sério durante cada minuto, cada hora. Haverá mil maneiras de melhorar o tratamento que damos à fonte viva da existência na Terra.

Preservar mananciais; regular o uso das fontes, assunto por demais crucial. Assegurar fornecimento próprio às populações sobretudo menos aquinhoadas (748 milhões não têm água potável). Estabelecer regras claras e praticá-las dentro dos prazos urgentes da conservação dos recursos naturais; também das águas salgadas, nos oceanos e mares (Esgotos em rio é a mais perversa forma do desperdício).

Em relatório sobre o desenvolvimento mundial da água, a Organização das Nações Unidas manifestou apreensão quanto necessidades e abastecimento, e afirma que os mananciais estão secando de modo acelerado, em face do crescimento populacional, da poluição e do aquecimento global, o que reduzirá, nos próximos 20 anos) em um terço a quantidade de água disponível por pessoa.

De acordo com o documento, a quantidade de água per capita vem caindo desde 1970. As reservas de água estão diminuindo, enquanto a demanda cresce de forma dramática, em um ritmo insustentável, considerou Koichiro Matsuura, diretor da Unesco.

Do acervo que cobre 70% da superfície do globo, 97,5% significam água salgada. Dos 2,5% de água doce restantes, quase dois terços estão congelados nos polos. Dessa água doce disponível, 70% se usam na agricultura, o que, em face da ineficiência dos sistemas, ênfase aos países em desenvolvimento, 60% evaporam ou são devolvidos sem utilização. 50% da água potável esvaem por vazamentos e sistemas ilegais, enquanto 90% dos esgotos e 70% do lixo industrial retornam às águas sem prévio tratamento.

Enquanto poderosos veem só o lucro imediato, algo clama atitude consciente na utilização dos meios oferecidos pela Natureza mãe.

A profecia de Andy Warhol e a Era da Mediocridade - Por: Wellington Bringel

Talvez tudo que eu escreva seja apenas um monte de besteiras. Mas cada bobagem que eu digo carrega o selo das minhas convicções. Estarrecido e preocupado percebo que está se estabelecendo no mundo de hoje um perigoso e latente processo de idiotização da humanidade. Somente no final dos anos 70 fiquei sabendo que o artista plástico Andy Warhol havia profetizado, dez anos antes, que no futuro qualquer pessoa poderia ser famosa por quinze minutos. Durante algum tempo gastei neurônios tentando imaginar de que maneira tal profecia poderia se cumprir. Só não imaginei que a profecia se cumprisse tão rápido e que tudo viria pela mediocridade.

Os atuais meios de comunicação, principalmente redes sociais e aplicativos a disposição de todos, proporcionam a possibilidade de que qualquer indivíduo seja percebido em tempo real por todos os outros. Seria uma grande oportunidade para o compartilhamento do útil, do bom e do agradável se um grande número de pessoas não usasse a oportunidade para abrir a caixa de pandora da bizarrice. Com o advento das plataformas móveis como smartphones a babaquice ganhou a possibilidade de emergir até debaixo d'água. E tome publicações de gosto duvidoso, cultura inútil, escatologia, piadas anêmicas, além dos quadros deprimentes que o mau gosto pinta em nome da arte. Tudo com a aquiescência dos incautos compartilhadores.

Voltando a Andy Warhol e sua clarividente profecia, vejamos o que se passa no campo das artes. A música por exemplo. Mais especificamente a música dita popular que já nos deu tantas pérolas de poesia e sublimes melodias. Pois a música popular que já nos proporcionou momentos inspirados perdeu seu canal de expressão. Tudo porque a mídia de hoje é uma estrada vicinal do lixo que dá vazão apenas a dejetos culturais. Em nome do que se chama mercado a manipulação midiática alega que dá o que o povo quer. E se o povo só vê o que a mídia oferece está montado o círculo vicioso onde a mídia alimenta o povo e o povo alimenta a mídia. Dessa comunhão deprimente é que saem os tais hits instantâneos como lepo lepos e muriçocas e os seus fugazes momentos de fama, tal como profetizou Warhol.

Caetano Veloso disse que os Hermetismos Pascoais nos salvarão dessas trevas. Não sei como os Hermetos, os Miltons e os Toms estilhaçarão esses envoltórios densos do mau gosto mas tenho esperança. Cada um faça por si.

Sabemos que o nível da maioria da humanidade não permite vôos mais altos. Não podemos exigir que um aborígene coloque uma toga e saia ensinando o Direito Romano ou dissertando a Crítica da Razão Pura. Mas é razoável esperarmos das pessoas que tem um mínimo de nível cultural que, pelo menos estas, não fomentem esse nefasto processo de idiotização da humanidade.

Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31