xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 25/02/2015 | Blog do Crato
.

VÍDEO - CONVERSA FRANCA - O DESCASO NO CRATO - Dihelson Mendonça ( 30-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

25 fevereiro 2015

Servidão tecnológica - Por: Emerson Monteiro

As novidades tecnológicas produzem mudanças genéticas, morais, sociológicas, políticas, dos costumes, da cultura humana. Isso pode ser avaliado a cada instante, através dos dias, no cuidado extremo com que se anda nas ruas, exercitado pelos adultos e pelas crianças, ao atravessar uma rua, por exemplo; ninguém mais se arrisca a pôr o primeiro pé sem antes consultar a direita, a esquerda, duas ou mais vezes, pois os bólides motorizados espreitam os menores desavisados.

Isso independente de falar nas consequências transgênicas, das quais se desconhece o resultado e nem por isso se deixa de usar geração após geração, drama silencioso que repercute nas síndromes antigas e recentes da raça humana. A juventude repercute tais dramas, nas salas de aula, nos parques de diversão, nos cinemas, nos bares da vida.

Disso vêm manias modernas, a resultar nas dependências difíceis de solução, visto o desconhecimento dos seus efeitos. Todavia resistem ao fastio. As lojas de departamentos proliferam numa velocidade inimaginável, arrastando crianças, adolescentes e adultos à prática repetitiva e hipnotizante das armadilhas coloridas, feéricas e luminosas, acima de suspeita, criando os dependentes doutra droga perigosa.

Essas parafernálias envolvem mentes e prioridades, restringindo o tempo da disposição ao estudo, sob o consentimento frívolo das autoridades e das leis. Pareciam com coisa inofensiva durante anos, décadas, enquanto a civilização prosseguia nas pesquisas de vender engenhocas estapafúrdias.

Quando a televisão aumentava seus domínios no espaço brasileiro, alguns gatos pingados ergueram a voz para protestar contra aquilo que a denominavam máquina de fazer doido. E ela hoje se impõe com a mesma falta de conteúdo ou excesso de conteúdo alienante, imune a críticas, senhora de vida e morte de jovens e adultos, parasita da criatividade que falta ao povo e sobra às elites dominantes.

Os tais vícios emergentes, portanto, carecem de acompanhamento clínico de responsáveis pela comunicação social, na elaboração do senso imprescindível às respostas, nesta quadra cultural onde impera o poder do lucro a qualquer preço, inclusive da liberdade e da autocrítica necessária, imprescindível.

Sociedade civil será chamada para discutir reforma política

reforma1

A comissão especial da reforma política iniciou os trabalhos nesta terça-feira e aprovou uma série de requerimentos para a realização de audiências públicas. Entre outros, os deputados vão discutir o tema com representantes de entidades da sociedade civil, como a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e sindicatos.

Também serão convidados para os debates o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes; o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Dias Toffoli; e o procurador-geral eleitoral, Rodrigo Janot. Ainda não foram definidas as datas das audiências.

O relator da Comissão Especial da Reforma Política, deputado Marcelo Castro (PMDB-PI), apresentou o seu plano de trabalho. Ele sugeriu que sejam realizadas duas reuniões por semana, nas terças à tarde e nas quintas pela manhã, o que, segundo ele, já foi acertado com o presidente do colegiado, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Depois das reuniões com as entidades, o relator propõe que haja de duas a quatro sessões para que os parlamentares se concentrem nos temas principais: financiamento de campanha e sistema eleitoral.

Marcelo Castro fez ainda um apelo para que os parlamentares compareçam à comissão com o espírito de fazer o melhor para o Brasil. “Temos que aprovar uma reforma que passe no Plenário e melhore o sistema eleitoral”, ressaltou.

Maioria da comissão da reforma política quer o fim da reeleição

Dos 34 deputados titulares integrantes da comissão especial sobre a reforma política, pelo menos 23 são favoráveis ao fim da reeleição do presidente da República, dos governadores e dos prefeitos. A maioria (22) também é favorável à coincidência da data das eleições, conforme enquete realizada pela Agência Câmara, que mostra a tendência anterior ao início dos debates da comissão. Responderam ao questionário 28 dos 34 membros titulares.

O fim da reeleição e a coincidência das eleições municipais com as eleições estaduais e federal a partir de 2018 estão previstos na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 352/13, que será a base do início dos debates da comissão especial. “Acredito que o fim da reeleição é um ponto de convergência de quase todos os parlamentares”, opina o deputado Victor Mendes (PV-MA).

O deputado Henrique Fontana (PT-RS), que foi relator da reforma política na legislatura passada, destaca que só é a favor do fim da reeleição se forem instituídos mandatos mais longos, de cinco anos. Sobre a coincidência das eleições, Fontana observa que é a favor de que todos os pleitos sejam realizados no mesmo ano, mas não no mesmo dia. “Por exemplo, as eleições municipais poderiam ocorrer no início de agosto, e no início de outubro poderia haver a eleição presidencial”, afirma.

Favoráveis ao fim da reeleição, o líder do Solidariedade, Arthur Maia (BA), e os deputados Benito Gama (PTB-BA) e Milton Monti (PR-SP) também defendem mandatos mais longos, de cinco anos. Monti é a favor da realização de eleições em uma data única: “Desse modo, certamente teríamos possibilidades de desenvolver um trabalho melhor, seria mais útil para o Brasil. Hoje, na época da eleição, o governo e o Congresso Nacional param, as forças políticas acabam se voltando para as campanhas.”

O deputado Antonio Bulhões (PRB-SP), por sua vez, é contra o fim da reeleição.

Coincidência das eleições

Os deputados Chico Alencar (Psol-RJ), Esperidião Amin (PP-SC), Indio da Costa (PSD-RJ) e Valtenir Pereira (Pros-MT), por exemplo, são contra a coincidência das eleições. “A eleição de dois em dois anos é importante porque o debate é frequente”, argumenta Pereira. “Acho saudável, apenas separando as datas da eleição para cargos do Poder Executivo e para o Parlamento.”

Na visão do deputado do Pros, da forma como é hoje – eleições para o Congresso Nacional e para presidente e governadores na mesma data –, “os legislativos são coadjuvantes em suas propostas” e “o protagonismo fica com os cargos do Executivo”.

Já o deputado Rubens Otoni (PT-GO) acredita que esses dois pontos – fim da reeleição e coincidência das eleições – são temas menores na discussão da reforma política. “Tenho abertura para discutir essas propostas, desde que o debate inclua temas mais importantes e estruturantes, como o financiamento das campanhas”, ressalta.

Fim do voto obrigatório

A PEC 352/13, apresentada por um grupo de trabalho da Câmara, também prevê o fim do voto obrigatório, instituindo o voto facultativo. Esse ponto é rejeitado por 15 integrantes da comissão especial, como os petistas Rubens Otoni e Henrique Fontana; os deputados do PP Espiridião Amin e Renato Molling (RS); e Marcelo Castro (PMDB-PI), que acreditam que o voto deve continuar sendo uma obrigação do cidadão.

“Por enquanto, o País não está preparado para o voto facultativo; ainda precisamos melhorar o ensino, a nossa cultura”, argumenta Molling. “O voto obrigatório ainda faz parte de mecanismos importantes para fortalecer a democracia, a participação popular no debate das propostas”, reitera Otoni.

Enquanto deputados como Marcus Pestana (PSDB-MG), Silvio Torres (PSDB-SP), Leonardo Picciani (PMDB-RJ) e Moema Gramacho (PT-BA) são a favor do voto facultativo, outros têm dúvida em relação a esse ponto da proposta, como Benito Gama (PTB-BA), Chico Alencar e Tadeu Alencar (PSB-PE). “A discussão ainda merece um aprofundamento”, opina Tadeu Alencar.

Já o deputado Edmar Arruda (PSC-PR) é favorável ao fim do voto obrigatório, mas não para a próxima eleição, apenas a partir de 2020 ou 2022.

Com Agência Câmara

Repensando a Prática em Saúde Coletiva é tema de palestra na Urca

urca1

Com o objetivo de contribuir com a prática didático-pedagógica, na ampliação da capacidade de análise e intervenção do corpo docente e discente do curso de enfermagem da Universidade do Cariri (Urca) sobre o sistema de saúde, será realizado evento de formação por meio de palestras, rodas de conversa e lançamento de livro. O trabalho será desenvolvido através do Projeto de Intervenção - Repensando a Prática em Saúde Coletiva: Ampliando Horizontes, Resignificando os Saberes.

Na próxima segunda-feira (02), das 09 horas às 12 horas, acontece palestra com o Pós-Doutor em Saúde Coletiva, Professor da Universidade Federal do Ceará (UFC), Deputado Federal, Odorico Pinheiro, e a Professora Doutora na Unilab - Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira, Matilde Ribeiro, na implementação do Café Saúde, Desejo e Realidade. A docente também fará lançamento de livro de sua autoria, sobre Políticas de Promoção da igualdade Racial no Brasil (1986-2010) e show artístico com a cantora Ana Célia Fernandes, às 18 horas. Os eventos acontecem no Salão de Atos da URCA.

Nesse dia, serão trabalhados dois grupos focais, formados por Professores/as aluno/as e profissionais de serviço, refletindo sobre sua produção em saúde, suas interfaces, e compartilhando uma vivência de articulação entre saúde e cultura. Será realizada pesquisa por meio desses grupos, com a finalidade de estar rastreando o conhecimento e a prática dos docentes sobre o referencial teórico proposto no curso. Os grupos focais serão no dia 2, das 13h30 às 15h.

Nos dias 05 e 06 de março, no horário de 17h às 19h, serão realizadas duas rodas de conversas, voltadas para a comunidade acadêmica, abordando os temas do projeto. A Comunidade acadêmica (Curso de Enfermagem) será sensibilizada sobre a importância da reflexão crítica sobre os modos de produzir cuidados.

O projeto conta com a coordenação das professoras Lourdes Góes, Socorro Vieira e Arlete de Sá Barreto. Maiores informações sobre participação no email - malugoes@hotmail.com.

Informações:

Universidade Regional do Cariri (URCA)

Mais de dois mil internos já iniciaram as aulas nas unidades prisionais

aula_12

Imagem Ilustrativa

Mais de dois mil internos já estão matriculados na Educação de Jovens e Adultos (EJA) nas unidades prisionais de todo o Estado. Nas grandes unidades da Região Metropolitana de Fortaleza são 595 internos e outros 1.443 estão inscritos nas cadeias públicas do interior, totalizando 2.038 pessoas. A Educação para Jovens e Adultos é ofertada em 56 unidades prisionais em uma parceria da Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus) e Secretaria da Educação do Estado (Seduc).

As aulas já começaram, mas as permanecem abertas. No sistema de ensino do EJA, as matrículas podem ser feitas ao longo de todo o ano, no início de cada mês. Por isso, a expectativa é que este número ainda supere o total registrado no ano passado (2.222). "A educação dentro das prisões é uma forma de trabalhar a ressocialização do interno, oferecer a ele uma forma mais digna e humana de ele cumprir a pena a qual foi submetido. E, principalmente, de se tornar uma pessoa melhor em seu retorno à sociedade", pontua o titular da Sejus, Hélio Leitão.

O estudo também é uma forma de o interno do sistema remir parte de sua pena. Para cada 12 horas de estudo, um dia pode ser debitado da pena, conforme estabelece o art. 126 da Lei de Execução Penal. “A importância da educação em prisões é garantir o direito das pessoas privadas de liberdade. Oportunizar ao interno o acesso, permanência e conclusão dos seus estudos”, comenta o assessor educacional da Sejus, Rodrigo Moraes.

Assessoria de Comunicação

Professores entram em greve por tempo indeterminado em Barro

Greve-700x450

Barro Professores da rede pública deste município estão em greve, por tempo indeterminado, desde a manhã de ontem (24). O movimento paredista foi decidido durante assembleia realizada na última quinta-feira (19), que contou com a presença de cerca de 80 professores afiliados ao sindicato que representa a categoria no município.

Os grevistas reivindicam a aplicação do reajuste concedido pelo Governo Federal no índice de 13,01% do Piso Nacional do Magistério, bem como a liberação dos pagamentos referentes ao adicional por tempo de serviço (anuênios), pagamento das referências constantes no Plano de Cargos, Carreira e Salários do Magistério (PCCS) e do adicional de hora/aula para o profissional polivalente, retirado desde o ano passado pelo Município, dentre outras demandas.

Conforme o Sindicato dos Professores do Município de Barro, o movimento já atinge cerca de 80% da categoria, formada por cerca de 230 professores efetivos. Em todo o Município, o número de alunos prejudicados pela paralisação dos docentes é de cerca de 3 mil estudantes. Tanto os professores que atuam na sede do município, como os que estão lotados em escolas localizadas na zona rural aderiram à paralisação.

Segundo a presidente do Sindicato, professora Paula Bezerra, a categoria tenta, desde o início do ano, dialogar com a gestão local sobre a necessidade de atendimento às demandas apresentadas. No entanto, mesmo havendo canal de diálogo entre os manifestantes e a Prefeitura, a demora na adoção de medidas por parte do Executivo local tem gerado insatisfação junto aos docentes. "Nós buscamos o diálogo e, na maioria das vezes, as conversações acontecem sem maiores dificuldades. Porém, como há muita demora na apreciação das reivindicações da categoria, os professores decidiram deflagrar o movimento até que a Prefeitura se manifeste", explicou a presidente.

A professora afirmou que o percentual de reajuste anunciado pelo Governo Federal ainda não foi aplicado no Município. "Não houve percentual algum de reajuste, muito pelo contrário. Alguns benefícios recebidos pelos professores acabaram sendo retirados. Nenhum professor aceita que isso continue acontecendo. A greve está sendo realizada por conta de situações criadas pela administração do município", advertiu Paula Bezerra.

Ela também ressaltou que os professores estão insatisfeitos pelo fato de o gestor do município conhecer a realidade da categoria por também ser docente.

A reportagem tentou, por telefone, ouvir a secretária de Educação do Município, Lígia Simone Tavares. As ligações feitas para o celular da secretária, porém, não foram atendidas. Também foram realizadas ligações para o número celular do prefeito de Barro, Neneca Tavares. O aparelho, no entanto, estava desligado ou fora da área de cobertura.

Diario do Nordeste - Regional

Preocupa número de cães com leishmaniose no Crato

caes

Nos últimos dias, exames laboratoriais confirmaram a doença em 72 animais que estão recolhidos aos canis do Centro de Zoonoses do Cariri

Foto: Roberto Crispim

Crato O número de cães infectados pela leishmaniose começa a preocupar profissionais que atuam no setor de saúde deste município. Somente nos últimos dias, exames laboratoriais confirmaram a presença da doença em 72 animais que estão recolhidos aos canis do Centro de Zoonoses do Cariri. Além dos animais, pelo menos duas pessoas já foram diagnosticadas com a forma visceral da leishmaniose.

Outras sete pessoas tiveram confirmação em exames realizados para a leishmaniose do tipo tegumentar, que é uma forma menos agressiva da doença. Os casos estão sendo tratados em hospitais da Cidade e, nos locais onde os cães foram capturados, agentes do setor de endemias do Município estão realizando bloqueios na tentativa de impedir a proliferação do mosquito transmissor da doença.

Em pelo menos cinco bairros da Cidade, há preocupação em relação ao número de casos de animais confirmados com a doença. Há cerca de duas semanas, técnicos dos setores de epidemiologia e zoonoses intensificam trabalhos de varredura nestas regiões.

Os bairros Muriti, Seminário e Vila Alta são os que, até o momento, registram o maior número de casos confirmados da enfermidade em animais.

Para facilitar o trabalho de diagnóstico, os agentes utilizam kits repassados pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesa), que permitem a realização de exame sorológico imediato. Em caso de confirmação, o animal é recolhido ao Centro de Zoonoses do Cariri e uma mostra do sangue do cão é encaminhada ao Laboratório Central (Lacen), em Fortaleza, para que haja confirmação da doença.

"No ano passado os municípios permaneceram alguns meses sem kits para realização de exames de sorologia animal. Isso prejudicou o trabalho dos agentes de endemias e de zoonoses. Por conta do atraso, é possível que o número de casos registrados neste ano seja maior do que o do ano passado em vários municípios da região", alertou o veterinário Ricardo Pierre, do Centro de Zoonoses do Cariri.

Conforme o profissional, embora os números já sejam considerados alarmantes, as autoridades do setor de saúde no Município estão buscando a parceria com a sociedade local para que não haja crescimento no registro de casos confirmados em humanos. "Sem a participação da sociedade, não há como diminuir o crescimento da doença nas pessoas. O problema não é apenas governamental", disse.

As pessoas precisam compreender que, na maioria dos casos, a leishmaniose ocorre dentro das próprias residências. Em um dos casos confirmados, por exemplo, uma pessoa acometida pela forma visceral possuía, dentro de casa, cinco cachorros que também estavam contaminados. "A sociedade precisa participar do combate à leishmaniose", advertiu Pierre.

O secretário de Saúde do Município, Francimilton Macedo, informou que equipes foram criadas para trabalhar exclusivamente a questão da leishmaniose no Crato. "Nós disponibilizamos profissionais treinados para realização do trabalho em campo e estamos buscando garantir todo o atendimento necessário para que nenhuma localidade deixe de receber a ação de bloqueio. Também solicitamos, neste ano, o aumento no número de kits para realização do exame sorológico no momento da captura dos animais, o que facilita muito a ação dos agentes de endemias", informou.

Conforme o secretário, ações educativas também estão sendo desenvolvidas em localidades do Município. O objetivo é dividir com a sociedade a responsabilidade do combate a leishmaniose", explicou Francimilton.

Além de Crato, o município de Mauriti também registra um caso de leishmaniose visceral confirmado em 2015. No ano passado, houve registro de casos em 19 municípios da região.

As maiores incidências, naquele período, ocorreram em municípios de Várzea Alegre, onde foram identificados 15 casos; Barbalha (14 registros); Juazeiro do Norte (13 ocorrências); e Mauriti, onde houve confirmação de 10 casos da doença.

Ano passado

Na região Centro-Sul, o número de casos confirmados de leishmaniose em pessoas aumentou em mais de 50% em 2014 em relação a 2013. Segundo dados da 18ª Coordenadoria Regional de Saúde, foram registrados, no ano passado, um total de 11 casos da forma visceral e dois da forma tegumentar.

Em 2014 a cidade de Iguatu registrou seis casos; Acopiara quatro e Cariús três. Já neste ano, até ontem, havia registro de quatro casos: dois em Iguatu; um em Mombaça; e outro em Quixelô. No período, o Centro de Controle de Zoonoses de Iguatu sacrificou mais de 60 cães que tiveram exames positivos.

A incidência ocorre em todos os bairros da cidade. Agentes de endemias diariamente fazem coleta de material (sangue) para diagnóstico da doença.

Estado

Segundo dados da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa), no período de 2001 a 2013, foram confirmados 6.751 casos de leishmaniose visceral no Ceará. A letalidade média no período foi de 5,3%, variando entre 3,5% em 2001 e 6,4% em 2013. Neste período, houve oscilação na taxa de letalidade com ênfase para os anos de 2006, 2011 e 2012 respectivamente 6,7% , 7,2% e 7,0%. No ano de 2014, o índice de letalidade manteve-se no patamar alto do ano anterior.

Os dados da Sesa revelaram, ainda, que em 2013, os municípios com maior número de casos confirmados foram Fortaleza (160), Sobral (36), Caucaia (25), Maracanaú (14), Juazeiro do Norte (10), Granja (8) e Maranguape (5).

No ano passado, houve registro de 204 casos da doença em 62 municípios. O número de óbitos chegou a 13 em 2014. Os municípios com maior número de casos confirmados foram Fortaleza (54), Sobral (10), Caucaia (9), Maracanaú (8), Maranguape e Uruoca (06),Eusébio (05). Os óbitos ocorreram nos municípios de Fortaleza (3), Sobral (2), Baturité, Forquilha, Icó, Maranguape, Mucambo, Nova Olinda, Sobral e Tamboril (1).

Roberto Crispim / Sucursais
Colaborador

Diario do Nordeste - Regional

Chuvas que caem no Ceará perdem intensidade a partir de amanhã

CHUVACEAs chuvas trazem alegria para as crianças do sertão, que têm liberdade para brincar na rua

Foto: A. C. Alves

Fortaleza Choveu em 115 municípios das sete horas do dia 23 às sete horas desta terça-feira. A tendência, entretanto, é que as precipitações diminuam nos próximos dias. Segundo o meteorologista da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) Leandro Valente, as chuvas dos últimos quatro dias foram provocadas pelo sistema Vórtice Ciclônico de Altos Níveis, que se afastou da região.

"A tendência é que, por todo o dia de hoje e amanhã, não tenhamos chuvas tão significativas como as que registramos desde o sábado. As precipitações podem acontecer no Estado de forma reduzida". Em relação à recarga dos açudes, que apresentam nesse instante uma capacidade hídrica de 18,9%, Leandro destaca que não houve recarga significativa. "Foram poucas chuvas. Não deu para registrar recarga expressiva, a não ser em alguns açudes particulares de menores portes ou barreiros".

Nova Russas apresentou a maior precipitação, de 60 milímetros, seguida de Jati, com 52 mm e São Gonçalo do Amarante com 49 mm, com dados atualizados às 13h30.

Abaixo da média

Apesar das últimas chuvas, o prognóstico para a quadra invernosa deste ano, divulgado pela Funceme, no último dia 20, é pessimista. Segundo a instituição, a probabilidade é de que tenhamos chuvas abaixo da média até maio próximo.

As primeiras precipitações estão causando situações diversas. Enquanto em áreas urbanas ocorrem os transtornos de sempre, com ruas alegadas, galerias de esgoto entupidas e congestionamento no tráfego de veículos, na zona rural os agricultores comemoram.

Em Canindé, muitos beneficiados pelo Programa Água para Todos, do governo federal, estão liberando água das cisternas ou interrompendo a passagem de água do telhado para o equipamento por meio dos canos. Por outro lado, os mais otimistas já estão plantando milho, feijão e outras culturas.

Diario do Nordeste - Regional

A DICA DO DIA - Cerca elétrica não custa mais do que R$ 350,00 - No Cariri é vendida em torno de R$ 3.500,00


VOCE SABIA ? - ( A DICA DO DIA ) - Uma cerca elétrica completa de 120 metros de fio com alarme e acessórios não custa nem R$ 350,00 no Mercado Livre ? Então não entendemos como é que aqui no cariri alguns querem nos empurrar preços de 4.000 a 5000 para montar uma cerca elétrica. Sai muito mais barato comprar o material, o KIT e montar a sua cerca elétrica. Tem gente aí ganhando uma fortuna às custas dos desavisados...

Quem quiser saber o link de uma loja considerada boa no Mercado Livre por muitos clientes, aqui está: ( 836 cercas já vendidas nesta loja )


Lembramos que este é apenas um informativo, e a responsabilidade e decisões sobre a compra é totalmente do leitor.

www.blogdocrato.com



Chuvas continuam no Interior do Ceará

chuva

Apesar das maiores precipitações terem ficado próximas a Fortaleza, como Pacatuba e Itaitinga, com 146 e 142 mm respectivamente, em outras regiões do Interior do Ceará, como nos Sertões de Canindé, a situação é parecida, para alívio dos sertanejos. Até às 9h da manhã desta quarta-feira (25), foram registradas chuvas em 93 municípios e 136 postos, sendo Pacatuba a maior precipitação.

Na região, as precipitações ocorreram desde as primeiras horas desta quarta-feira (25), trazendo alegria para moradores da sede e zona rural. Na sede de Canindé, as chuvas começaram às duas horas e só cessaram por volta das 7 horas. Segundo o agricultor Francisco Tabosa do Nascimento, de 74 anos, choveu também em Paramoti desde a meia-noite. O açude do Joca, que se encontrava seco, pegou dois metros de água. O motorista João Bosco informou que, na cidade de Itatira, as chuvas começaram por volta das 10 horas da noite e só pararam às 6 horas de hoje.

Em Caridade, chove desde a tarde de ontem.  Mesmo chuvas finas animam os rurícolas que se encontram no campo plantando. O tempo continua nublado em toda a região. Os açudes de pequeno porte estão pegando água, garantindo assim suporte para os criadores de bovinos, equinos, caprinos e ovinos. Muitos proprietários de fazendas já estão soltando seus animais no pasto, por conta do alimento que brota no campo. Foi o caso de Pedro do Jovem, residente em  Esperança, distrito que fica a 56 quilômetros da sede. Transtornos

Em Juazeiro do Norte, as chuvas caídas nos últimos dias continuam ocasionando transtornos à população que reside nos bairros periféricos da Cidade. Nas regiões de Betolândia, Novo Juazeiro, Tiradentes, São José e Lagoa Seca, há registros de ruas alagadas por conta da falta de sistemas de drenagens e pelo acumulo de sujeira nas bocas de lobo. Devido aos problemas, o prefeito do Município, Raimundo Mâcedo, decretou, há alguns dias, estado de emergência em Juazeiro do Norte. Desde a última semana, ações de recuperação de vias públicas estão sendo realizadas pelo setor de infraestrutura do Município. Na região da Zona Norte, há também registro de boas chuvas.

Sobral

De modo tímido, as chuvas continuam no interior do Ceará. Em Sobral, na Zona Norte do Estado, a precipitação mais intensa ocorreu no início da tarde da última terça (24). Durante a noite e madrugada desta quarta (25), apenas chuviscos foram registrados pelos moradores. Entre terça e quarta, choveu aproximadamente 40mm no município.

Segundo o meteorologista da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) Leandro Valente, as precipitações dos últimos quatro dias foram provocadas pelo sistema Vórtice Ciclônico de Altos Níveis, que se afastou da Região e devem começar a diminuir a partir desta quarta (25). 

Em relação à recarga dos açudes, que apresentam capacidade hídrica de 18,9%, Leandro destaca que não houve recarga significativa. "Foram poucas chuvas. Não deu para registrar recarga expressiva, a não ser em alguns açudes particulares de menores portes ou barreiros".

* 10 maiores chuvas por Municípios no dia:

- Pacatuba (Posto: Pacatuba) : 146.0 mm

- Itaitinga (Posto: Itaitinga) : 142.0 mm

- Guaiúba (Posto: Guaiuba) : 119.0 mm

- Horizonte (Posto: Horizonte) : 116.0 mm

- Trairi (Posto: Trairi) : 109.0 mm

- Maracanaú (Posto: Maracanau) : 89.0 mm

- Cascavel (Posto: Cascavel) : 78.0 mm

- Aquiraz (Posto: Sitio Sapucaia Fagundes) : 70.0 mm

- Eusébio (Posto: Eusebio) : 65.0 mm

- Pacatuba (Posto: Escola Prof Luiza Teodoro) : 61.0 mm

Diario do Nordeste - Regional

Relatório da Anistia Internacional aponta crise na segurança

vila-moises-cabula_1495924

Na Vila Moisés, no Cabula, ação da PM deixou 12 mortos e três feridos no último dia 6

A Bahia é um dos estados do país que apresenta maior número de casos de homicídio e de violação de direitos humanos. Isto é o que aponta o Relatório 2014/15  da Anistia Internacional, que será lançado nesta quarta-feira, 25, em todo o mundo.

Intitulado O Estado dos Direitos Humanos no Mundo, o documento abrange pesquisas feitas em 160 países  durante o ano de 2014 e início de 2015, avaliando questões relacionadas à segurança e à situação dos direitos humanos nesses locais.

O capítulo dedicado ao Brasil  mostra o  agravamento da crise da segurança pública motivado pela alta letalidade nas operações policiais, pelas rebeliões com mortes violentas em presídios superlotados e pelos casos de tortura.

Dentre os exemplos de violação de direitos humanos citados  está o caso da família de Jorge Lázaro, que teve dois dos seis filhos assassinados em menos de cinco anos em Salvador.

O uso excessivo da força policial nos protestos que antecederam os jogos da Copa do Mundo, no ano passado, em diversos estados do país, também é colocado.

"As polícias não estão preparadas para assegurar direitos fundamentais da democracia: a liberdade de expressão e de manifestação pacífica", conclui o estudo.

Recomendações

O relatório internacional também sugere a desmilitarização da polícia e a elaboração de um plano nacional de metas para redução dos homicídios em todo o país como formas de enfrentamento dessas questões.

Por meio da assessoria de comunicação, a Secretaria da Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA) não quis tratar sobre o documento. "A SSP-BA não comenta pesquisas ou estudos, pois não existe metodologia unificada em todo o país para contabilizar o número de homicídios", informou.

De acordo com o coordenador nacional da campanha Reaja ou Será Morta, Reaja ou Será Morto, Hamilton Borges, os dados apresentados pelo estudo são fruto de uma política de segurança que tem como modelo as práticas violentas adotadas durante a ditadura militar.

"Com os atuais dispositivos de segurança, a população negra e pobre foi etiquetada com a permissão para ser abatida. Vivemos uma política criminal sem senso crítico", afirmou.

atarde.uol.com.br

Sindicato dos Servidores na Câmara Municipal do Crato

 

SERVIDORESCAMARACRATO

Júnior Matos usou a tribuna da câmara. (Foto : Flávio Pinto)

O presidente do Sindicato dos Servidores Municipais do Crato, Júnior Matos usou a tribuna do plenário da Câmara Municipal para tentar sensibilizar os vereadores no sentido de colocar em votação o aumento dos servidores, cuja data base é o mês de janeiro.
No mês passado, o prefeito Ronaldo Gomes Mattos ( PMDB) enviou ao legislativo projeto de lei concedendo reajuste de acordo com o aumento dado pelo MEC, que foi de 13, 01% para os professores do município e de 8.84% para os demais servidores.
O sindicato pede reajuste na ordem de 15% para todos os servidores, enquanto a categoria de professores se diz satisfeita com o acompanhamento do piso nacional.
Na sessão ordinária desta terça - feira ( 24), houve debate entre os vereadores de oposição e da situação e no final, o presidente da casa,  vereador Pedro Alagoano (PSB), determinou as sessões da próxima semana para votar o projeto do Executivo.

flavio pinto

Vereador Fernando Brasil defende novo exame para atestar qualidade da água no bairro Vila Alta, no Crato

fernandobrasil

 

Fernando Brasil é vereador no Crato.

O vereador Fernando Brasil (PSB), usando o pequeno expediente na sessão ordinária desta terça - feira ( 24), solicitou que a casa convocasse e ouvisse representantes do Centec (Centro Tecnológico do Ceará), órgão responsável pela emissão de laudos sobre a análise da qualidade da água que é distribuída para moradores do bairro Vila Alta, no Crato, pela Secretaria de Abastecimento de Água e Esgoto do Crato ( SAAEC )
Em dezembro dezembro de 2014,  o Centec divulgou laudo aprovando o uso da água para consumo humano.
Num segundo teste, que seria a contraprova,  realizado em janeiro passado, o laudo divergiu do primeiro, acusando a presença de bactérias,  inclusive coliformios fecais.
Fernando Brasil defende que seja feita uma nova análise da água para dirimir dúvidas sobre a qualidade da água. "Se o Centec errou tem que ser acionada a Polícia Federal para investigar se houve má fé. Se no novo exame constatar a presença de basctérias, o município tem de ser chamdo a responsabilidade", defende o vereador.
Ainda nesta terça - feira ( 24), o vereador Bebeto Anastácio ( Pros ),  também fez uso da palavra defendendo novo exame por parte do Centec. Segundo o vereador, um técnico de um laboratório particular foi contratado para realizar nova análise.

|flavio pinto

PM envia reforço de tropas para dar segurança no Cariri

pmcariri

A Região do Cariri recebeu nesta terça-feira (24), uma força-tarefa composta por policiais militares de vários batalhões da Capital e Interior. A medida foi tomada após a visita da cúpula da Segurança Pública do Estado, que visitou Juazeiro do Norte e municípios vizinhos na semana passada. O crescimento da violência urbana na terra do Padim Ciço, ocasionada principalmente, pelo tráfico de drogas, foi crucial para o envio da tropa.
Os policiais já estão nas ruas da cidade, mas também serão deslocados PMs para fiscalizar a divisa da região com os estados de Pernambuco, Paraíba e Piauí. locais esses, apontados como porta de entrada para as drogas vindas da Região Norte do país e do polígono da maconha em Pernambuco. O reforço no policiamento da região é por tempo indeterminado.

flavio pinto

Tasso solicita que o Senado investigue responsabilidade na decisão da refinaria

Tassosenado

 

Senador Tasso cobra explicações da Petrobras.

O senador Tasso Jereissati (PSDB) apresentou, nesta terça-feira (24), requerimento na Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle solicitando que o Senado Federal investigue as razões da decisão do Governo Federal, por intermédio da Petrobras, de cancelar o projeto da Refinaria Premium II, no Ceará, e buscar responsáveis pelos prejuízos causados aos cearenses.
"É absolutamente inconcebível que após todos esses anos, depois de tantas promessas e investimentos, em finanças e em sonhos, a Petrobras lance por terra um projeto de tal envergadura sem se dignar a explicitar as razões e justificativas de sua decisão. Além de revelar uma irresponsabilidade sem limites, a atitude da empresa, assim como dos senhores presidentes da república e os dirigentes da estatal demonstram completo desrespeito à população do Ceará, disse ele.
Em seu requerimento, Tasso lamentou a exploração política desta promessa, ao citar que “ em várias ocasiões, inclusive em cerimônias públicas, não apenas o Presidente Lula, mas como a sua então Ministra de Minas e Energia, e depois Presidente da República, Dilma Rousseff, foram ao Ceará, para a assinatura de protocolos de intenção, chegando inclusive a celebrar o assentamento da “pedra fundamental” daquela planta, o que fez o povo cearense crer que, finalmente, a tão desejada refinaria estava a caminho”. Em seguida, afirma que “não seria descabido duvidar de que, ao longo de todos esses anos, fomos todos vítimas de uma ardilosa mentira e que na realidade a Petrobras nunca esteve realmente comprometida com aquele projeto”
Dados apresentados pela Petrobras apontam para um prejuízo em torno de R$ 2,7 bilhões à empresa e o governo do Ceará estima o investimento, sem calcular os incentivos fiscais, em torno de R$ R$ 675 milhões.
"Um empreendimento tão gigantesco exigiria um mínimo de cuidados do ponto de vista contratual, visando garantir a correta aplicação dos recursos, as precauções com o descumprimento de obrigações e compromissos, as formas de ressarcimento por perdas e danos, prejuízos ao erário, afirmou.


(Assessoria do Senador)

Darlan diz que Raimundão infringiu a Lei Orgânica do Município em relação a desapropriação de terreno

 

darlan

Darlan Lobo fez acusações a Raimundão (Foto: Flávio Pinto)

Nesta terça-feira (24), o vereador Darlan Lobo (PMDB) voltou a denunciar a administração municipal de Juazeiro do Norte, Segundo levantamento feito pelo vereador, o prefeito Raimundo Macedo desrespeitou a Lei Orgânica do Município, em seu artigo 103 determina que todas as doações ou desapropriações de imóveis, inclusive terrenos, necessitam da prévia avaliação e autorização dos vereadores da Câmara Municipal.
No último dia 16 (segunda-feira de carnaval), a Polícia Federal flagrou três caminhões tipo caçambas e um trator foram flagrados limpando um terreno, que de acordo com as primeiras investigações, metade do terreno pertence a prefeitura e outra parte a empresa AC Imóveis e Engenharia, de Fortaleza.
Segundo denúncia feita no plenário da câmara no último dia 19, pelo o vereador Cláudio Luz (PT), o terreno em questão foi adquerido em abril de 2014 pela AC Imóveis por R$ 800 mil e dois meses depois desapropriado pela Prefeitura de Juazeiro do Norte, que pagou a empresa a quantia de R$ 1,6 milhão.
"A prefeitura errou duas vezes. A primeiro por ter desapropriado o terreno sem a autorização da câmara e depois por colocar as máquinas do PAC para limpar terreno particular", disse o vereador Darlan Lobo, que prometeu encaminhar a denúncia para o Ministério Público.
Mas o mais grave nisso tudo é que de acordo com os dois vereadores, até agora, a Prefeitura não apresentou nenhuma prova da desapropriação do terreno.

Flavio pinto

Dr. Leonardo Bezerra vai receber o título de cidadão cratense

Leonardobezerra

 

Dr. Leonardo Bezerra é médico e construtor (Foto: Flávio Pinto)

Os vereadores da Câmara Municipal do Crato, aprovaram por unanimidade a entrega do título de cidadão cratense para o médico e empresário Leonardo Coelho Bezerra. Dr. Leonardo nasceu em Ouricuri (PE), é filiado ao PCdoB, mora no Crato há quase 10 anos, onde além de medicar em posto de saúde e hospitais é dono de uma construtora.
A indicação foi do vereador Henrique Leite pelos relvantes servidos prestados por Dr. Leonardo Bezerra ao município. A entrega do título ainda não tem data confirmada.

flavio pinto


Edições Anteriores:

Dezembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 30