xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 07/12/2014 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

07 dezembro 2014

8 de dezembro: Festa de Nossa Senhora da Conceição


1.    O que significa  a  Imaculada Conceição
Muito mais do que uma festa litúrgica da Igreja Católica – celebrada em 8 de Dezembro – a Imaculada Conceição de Maria é um dogma da Igreja que foi definido no século XIX, após longa história de reflexão e de amadurecimento. A Imaculada Conceição de Maria significa que a Virgem Maria foi preservada do pecado original desde o primeiro instante de sua existência. Nascendo, há dois mil anos, na zona da Palestina, Nossa Senhora teve como pais São Joaquim e Santa Ana.
A maternidade divina de Maria é base e origem de sua imaculada conceição. A razão de Maria ser preservada do pecado original reside em sua vocação: ser Mãe de Jesus Cristo, o Filho de Deus que assumiu nossa natureza humana. Ainda que de maneira implícita, a Igreja encontrou na Bíblia os fundamentos desta doutrina. Em seu Evangelho, São Lucas diz que Maria é “cheia de graça” (Lc 1,28), significando que ela está plena do favor de Deus, da graça divina. Se está totalmente possuída por Deus, não há, em sua vida e coração, lugar para o pecado.  O dogma de Nossa Senhora foi proclamado pelo papa Pio IX, em 1854, resultado da devoção popular aliada a intervenções papais e infindáveis debates teológicos.
2.    A tradição da devoção à Imaculada Conceição no Brasil
   No brasil, a devoção à Nossa Senhora da Conceição é herança da colonização portuguesa. Registra a História que em 25 de março de 1646, o Rei de Portugal, Dom João IV,  se consagrou solenemente a Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa, tomando-a como padroeira de Portugal e das colônias integrantes do Império luso. Entre essas colônias portuguesas estava o Brasil. Desde aquela data, ou seja, há 368 anos, o Brasil tem Nossa Senhora da Conceição como sua padroeira, pois mesmo separado politicamente de Portugal a partir de 7 de setembro de 1822, a mesma invocação mariana regeria os destinos da nossa pátria, sob o título de Nossa Senhora da Conceição Aparecida.
Segundo o historiador Armando Alexandre dos Santos: “A consagração de 1646 marcou profundamente a História de Portugal e, como não podia deixar de ser, também a brasileira. Desde então, nunca mais os reis portugueses puseram a coroa na cabeça, porque sempre se entendeu que a legítima Soberana de Portugal e seus domínios era Nossa Senhora”.
3.    Nossa Senhora da Conceição na Diocese de Crato
Cinco paróquias da Diocese de Crato têm Nossa Senhora da Conceição como Padroeira: as de Farias Brito, Grangeiro, Ipaumirim, Mauriti e a do Distrito de Iara (no município de Barro). Uma das festas de Nossa Senhora da Conceição que têm destaque é a da capela do distrito de Arajara, em Barbalha. Além disso,  em todos os 32 municípios do sul do Ceará que formam a Diocese de Crato existem dezenas de capelas dedicadas a Nossa Senhora da  Conceição. Em Crato existem quatro importantes capelas a Ela consagradas: as do distrito de Santa Fé, do bairro do Muriti, a do Parque Grangeiro e a do bairro Grangeiro, esta última construída por monsenhor Francisco Montenegro, além de muitas outras espalhadas pelos sítios do município de Crato.
Observação: A verdadeira figuração da imagem de Nossa Senhora da Conceição é a da imagem vista  acima: ou seja, com as mãos postas, tendo a meia lua e os anjos sob seus pés. Algumas imagens da Virgem da Conceiçãoi  ainda acrescentam uma serpente sendo pisada por Nossa Senhora. Em muitas igrejas do Cariri  algumas imagens de Nossa Senhora da Assunção são apresentadas como se fossem  "Nossa Senhora da Conceição". É o caso da imagem existente  da capela do bairro Parque Grangeiro.Está na hora de se adquirir as verdadeiras imagens de Nossa Senhora da Conceição.
                                                                                                                                         

Iphan poderá tombar dois imóveis em Crato

(Fonte: Diário do Nordeste)
O conjunto da RFFSA (abaixo)  está entre os bens culturais que poderão ser tombados  
Texto e fotos: Elizângela Santos
Uma das edificações que se encontra com o tombamento provisório é a Casa de Câmara e Cadeia (acima), que abriga os museus Histórico e Vicente Leite do Crato, que deverá ser recuperada, conforme a Secretaria de Cultura do Município

Crato. Prédios históricos do Cariri estão na mira do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) para passarem pelo processo de tombamento e consequente preservação da história arquitetônica e do desenvolvimento regional. Uma das edificações que se encontra com o tombamento provisório é a Casa de Câmara e Cadeia, que abriga os museus Histórico e Vicente Leite do Crato, que deverá ser recuperada, conforme a Secretaria de Cultura do Município, por meio de projeto parceiro com o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). Mesmo com um importante acervo cultural e histórico, até o momento não há sequer um prédio com tombamento definitivo na região do Cariri.
Há também projetos relacionados a registros de manifestações importantes da cultura local, a exemplo da Festa do Pau da Bandeira de Santo Antônio, em Barbalha. Este é o projeto mais adiantado na região, no que diz respeito aos dados necessários para encaminhamento ao Conselho Consultivo do Iphan, em Brasília, o que poderá acontecer apenas no segundo semestre de 2015. O projeto ainda passará por adequações, como forma de sintetizar a grande quantidade de dados históricos e registros de imagens sobre a festa e suas manifestações culturais, principalmente dos grupos tradicionais e do pau da bandeira. O superintendente do Iphan no Ceará, Murilo Cunha, também destaca os lugares sagrados e as romarias de Juazeiro do Norte como os próximos passos a terem uma dinâmica maior no processo de levantamento de dados. Há cerca de quatro anos, uma parceria do órgão com professores da Universidade Federal do Ceará (UFC) deu início ao trabalho de levantamentos históricos sobre áreas como a Colina do Horto, o casarão centenário do Padre Cícero e monumento erguido ao sacerdote.
O conjunto da RFFSA em Crato também está entre os bens culturais e históricos a serem possivelmente tombados. Há menos de uma década o local, que passou a ser denominado Centro Cultural do Araripe, esteve ameaçado, pela depredação dos prédios e abandono. Foi adquirido, então, pela Prefeitura e recuperado em sua originalidade. A preservação desses espaços, segundo a secretária de Cultura do Crato, Dane de Jade, também passará a ter, no futuro, um amparo maior com a reformulação da lei municipal de 1999, que trata do Patrimônio Histórico, Artístico e os Bens Naturais do município.

                                                                                                                                         

Datafolha: Quase 70% da população brasileira responsabilizam Dilma por corrupção

Pesquisa Datafolha realizada nos dias 2 e 3 de dezembro com 2.896 pessoas aponta que sete em cada 10 brasileiros acreditam que a presidente Dilma Rousseff tem alguma responsabilidade no escândalo de corrupção da Petrobras, de acordo com matéria publicada neste domingo pelo jornal Folha de S.Paulo. Entretanto, as descobertas feitas durante a Operação Lava Jato, que apura irregularidades cometidas por políticos e empreteiras vinculados à estatal, não tiveram impacto significativo na imagem da presidente. A gestão de Dilma é boa ou ótima para 42% dos entrevistados - mesmo patamar registrado em 21 de outubro, quando a administração da presidente alcançou o melhor patamar desde junho de 2013. Consideram a gestão de Dilma ruim ou péssima 24%. Em 21 de junho, esse patamar era de 20%. A margem de erro é de dois pontos.
Queda na preocupação com a corrupção
A pesquisa Datafolha também observou que a preocupação do brasileiro com a corrupção vem caindo. Em junho, ela era o principal problema do Brasil para 14%  e agora é para somente 9%. A Saúde continua no topo do ranking com 43% das citações. Violência/Segurança aparece em segundo lugar, com 18%. Ainda segundo a consulta, 40% das pessoas ouvidas acreditam que nunca houve tantas punições aos corruptos como atualmente.
Expectativa para o segundo mandato
O instituto apurou que 50% dos eleitores acreditam que a petista fará um bom governo nesse segundo mandato. O patamar é 23 pontos menor que o registrado antes da posse de Dilma, em 2011, mas é melhor que o de Fernando Henrique Cardoso na véspera de seu segundo mandato, em 1998, que foi de 41%

Infinitude de amar - Por: Emerson Monteiro

Nas disposições do amor, um sentido infinito preenche todas suas possibilidades, pois como se há de restringir o que jamais será extinto diante de tudo aquilo que existe nas funções definitivas da Eternidade? Contar do amor só amando. Saber do seu sabor só vivendo a plena intensidade que disponibiliza a quem o vivencia. Rendição incondicional ao poder da Criação, amar resume o objetivo das existências durante todo tempo que nunca extinguirá. Soma do tempo em única potência estabelecida enquanto revelação das vocações no mundo de cores e sons, pensamentos, sentimentos, esperanças e desejos; maioridade do conhecimento e resposta a todas as perguntas imagináveis.

Dimensão absoluta da condição de estar aqui, amar desfaz as fronteiras entre razão e emoção, realiza o poder da luz que perfuma a alma e totaliza o Ser na resposta precisa da maior Inteligência. Quem ama sabe que ama sem palavras desnecessárias, porquanto Amor é o verbo no sentido das formas e abstrações da Natureza, presença de sonho bom tornado para sempre, neste vale verde das existências sublimes. Amar, eis código de libertação e certeza sem dúvida na estrada das muitas vidas, clímax ideal da humanidade do um na Unidade e foco de perfeição.

A beleza transmite isso exato sem mácula, transe de iluminação, pureza das verdades verdadeiras e mistério das convicções ilimitadas, nave de amplitude e essência multiplicada detalhe às portas do horizonte claro, ciência do dia e sabor das artes e dos amores puros.

Livro bom, imagem exata do mais real, filme que acalma e alimenta, brisa agradável e temperatura amena das sagradas relíquias, som universal; amar só experimentando o pulsar consciente das moléculas íntimas de dentro do organismo imortal dos entes e energia de corpos em movimento.

Amar, verbo intransitivo e palavra original de todas as palavras, sinal inextinguível do Deus pai na formação deste Universo, fim e começo de Tudo quanto há, amor e paz no coração da gente.

Alastra-se o leque da corrupção: Lava Jato vai apurar agora roubalheira nas concessões dos aeroportos

(Fonte: Agências de Notícias)
Altos funcionários da Infraero estão na expectativa de que a nova operação Lava Jato, da Polícia Federal, que levou para a cadeia os donos e executivos de empreiteiras, possa afetar diretamente as obras e operações de grandes aeroportos concedidos. O ‘Clube’ que pagava propina a parlamentares e diretores da Petrobras assumiu pelo menos seis aeroportos nos leilões. As empreiteiras tiveram vultosos empréstimos do BNDES a juros subsidiados. E há suspeitas, já em investigação, de que essas verbas públicas podem ter abastecido a quadrilha presa até há poucos meses. Uma radiografia das atuais administradoras dos aeroportos leva aos nomes das empreiteiras cujos executivos foram alvos da Polícia Federal.
                                                                                  

Neste sábado: manifestação contra o governo Dilma reúne milhares em São Paulo

Cresce, a cada evento, os protestos contra a corrupção e a falta de ética dos políticos 
               
                                Manifestantes dos movimentos contrários ao governo Dilma Rousseff tomam parte da Avenida Paulista, em São Paulo, na tarde deste sábado. O ato teve início após concentração no vão-livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp), às 15h.
Convocada pela internet por movimentos como "Movimento Brasil Livre", "Vem Para a Rua" e "Movimento Brasileiro de Resistência" a divulgação da manifestação teve a participação de políticos de oposição, como os senadores tucanos Aécio Neves e José Serra, e o deputado José Aníbal (PSDB). Nessa sexta-feira, Aécio usou sua página no site de relacionamento Facebook para convocar a população em defesa da ética e da apuração do escândalo da Petrobras e contra o projeto de lei do governo federal que muda a Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) flexibilizando a meta fiscal deste ano, cujo texto-base foi aprovado na madrugada de quinta-feira pelo Congresso Nacional.
Aécio e Serra não compareceram. "Vim conferir", disse Aníbal. Questionado sobre qual dos carros acompanharia, o deputado disse que ficaria com o "Fora Dilma", mas descartou a possibilidade de intervenção. Segundo ele, o movimento de rua é o espelho da atuação da oposição no Congresso Nacional, principalmente nesta semana, quando obstruiu por 19 horas o projeto de alteração do superávit primário.
(Agências de Notícias)
        

O último adeus ao Monsenhor Vitaliano Mattioli – por Árysson Magalhães e Patrícia Silva

Uma grande representação do município de Santana do Cariri deslocou-se ao Crato para homenagear Mons. Mattioli. Na foto a Banda de Música daquela cidade executando o “Hino à Martir da Castidade”, em homenagem à menina Benigna”.  (Foto: Arysson Magalhães)
Neste sábado, dia 07, às 7h, centenas de fiéis estiveram reunidos na Catedral Nossa Senhora da Penha, em Crato, para a celebração exequial e sepultamento do monsenhor Vitaliano Mattioli, falecido no último dia 04, no Real Hospital Português, localizado em Recife- PE, por complicações em uma cirurgia cardíaca. A missa que foi presidida por Dom Fernando Panico e concelebrada por vários padres da diocese, contou com várias homenagens expressando o último adeus ao sacerdote.
Dom Fernando, que em muitos momentos da celebração se mostrou emocionado, afirmou que dos 76 anos de vida do Monsenhor Vitaliano, os últimos cinco anos do sacerdócio foram vividos com alegria, obediência e disponibilidade ao próximo na diocese de Crato. O bispo falou ainda do seu pesar como algo próprio da humanidade, e da alegria vivenciada na certeza da ressurreição, exortando todas as pessoas a agradecerem a Deus pelo sacerdote exemplar e santo que ele foi.
O monsenhor, antes de ir a Recife para realizar a cirurgia, havia deixado um testamento espiritual, que foi lido na celebração pelo vigário geral da diocese, Pe. José Vicente Pinto. No testamento ele agradecia a Deus pelo dom da vida, a graça da saúde, do estudo, e sobretudo pelo dom do sacerdócio alimentado pelo Pão Eucarístico e pelo Pão da Palavra, fontes de grande consolo em sua vida. Agradecia também a Diocese de Roma, Vaticano, que o permitiu conhecer melhor a Igreja, ao Dom Fernando e o Conselho Presbiteral da diocese de Crato pelo acolhimento e compreensão, e finalizou afirmando “Confio na intercessão de Maria, espero que ela possa apresentar-me ao seu Filho Jesus”.
Dom Fernando Panico dando seu último adeus ao grande amigo, Monsenhor Vitaliano Mattioli. O bispo se emocionou no decorrer da celebração. (Foto: Árysson Magalhães)
Além de fiéis da diocese de Crato, também esteve presente uma comitiva vinda de Caucaia, região metropolitana de Fortaleza, onde o monsenhor residiu primeiramente ao chegar ao Brasil, em 2003. Mensagens encaminhadas à diocese de Crato pela ocasião foram lidas, como a do irmão do monsenhor, o padre Alfredo Mattioli, que é missionário no Canadá; a do Cardeal Vallini, vigário de Sua Santidade, o Papa, para a Diocese de Roma, Itália, seu amigo pessoal; e a dos alunos e ex-alunos do Pontifício Instituto São Apollinare de Roma, onde ele foi professor. A comissão para a causa de beatificação da jovem Benigna, a qual o Monsenhor foi postulador, também prestou sua homenagem e emocionou a assembleia entoando o hino da Serva de Deus.
Padre Paulo Lemos, pároco da Paróquia Senhora Sant’ana de Santana do Cariri, disse que foram várias as contribuições do monsenhor Vitaliano para a comunidade paroquial e a causa de beatificação da jovem Benigna, por descobrir esse “tesouro eclesiástico”, onde acompanhou diretamente abrindo caminhos para o processo chegar à sua conclusão e fazendo chegar até Roma, beneficiando com isso a vida pastoral da comunidade santanense com as romarias à Mártir da Castidade, Benigna Cardoso.
Para a Comunidade Missão Resgate, onde ele era diretor espiritual, a morte do monsenhor foi uma grande perda para a igreja. “Ele sempre esteve presente constantemente na comunidade por meio de atendimentos aos membros, formações e celebrações contribuindo assim para o nosso crescimento espiritual. Tinha um grande significado para nós. Com certeza é uma grande perda, mas com a fé na ressurreição esse sentimento se transforma em esperança na vida eterna e acreditamos que, a partir de agora, teremos mais um intercessor no céu, junto a Deus”, falou o fundador da Comunidade, Geraldo Braga.
Clero da diocese de Crato na celebração exequial do Monsenhor Vitaliano Mattioli. (Foto: Árysson Magalhães)
Em sua presença na diocese de Crato monsenhor Vitaliano se tornou também diretor espiritual do Seminário Diocesano São José, onde lecionava no curso de teologia. Com amor ao sacerdócio falava sempre da necessidade do compromisso de ser outro Cristo. “Em seu último retiro, pregado na última terça-feira de novembro, nos lembrava de que tipo de sacerdotes deveríamos ser. Quase se descrevia: viver uma vida simples sem nada que denote vaidade, dar a vida pelas próprias ovelhas, ter um coração aberto, generoso e disponível, enfim, ser outro Cristo e ponto”, afirmou o seminarista Rogério Mesquita, seminarista da Diocese de Iguatu.
Sendo natural da Itália, mas morando atualmente no Brasil, o próprio monsenhor pediu que ao morrer seu corpo fosse sepultado onde ele estava, na diocese de Crato. Devido isso e pela grande importância e contribuição prestada à diocese, o bispo diocesano junto com o conselho presbiteral, decidiram que o sepultamento acontecesse na Capela da Ressurreição, localizada na Catedral Nossa Senhora da Penha, onde se encontram sepultados Dom Quintino Rodrigues de Oliveira e Silva, Dom Francisco de Assis Pires e Dom Vicente de Araújo Matos, os três primeiros bispos da diocese; também o Monsenhor Raimundo Augusto de Araújo Lima e o Padre Lauro Gonçalves Pita.
Neste sábado, dia 06, esta data lembrava a memória dos  dezesseis anos de falecimento do terceiro bispo da diocese, Dom Vicente de Paulo Araújo Matos.
Outros flagrantes do velório e sepultamento do corpo do mons.Mattioli
                                                                                                                           
O Bispo-emérito de Crato, Dom Newton Holanda Gurgel, 91 anos, esteve no velório do mons. Mattioli
Cerca de 70 padres participaram da missa de corpo presente 
A hora do fechamento da urna fenerária

MENSAGEM DO DOMINGO - A Maior perda, é a perda do tempo !


SEJA VOCÊ O MILAGRE !




www.blogdocrato.com

Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31