xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 06/12/2014 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

06 dezembro 2014

ANÚNCIO - Particular vende CÂMERA SONY FULL HD - R$ 1.000,00


Particular vende câmera SONY Cybershot DSC-HX100V 16.2 megapixels, zoom 30x - Full HD - R$ 1.000,00. Câmera em estado de nova, pouquíssimo usada. ( Contatos com Roberto Pires ( Roberto Jacu ). Pelos Tels: ( 88 ) 9901-6901 ou ( 88 ) 9297-7685 [ CRATO-CE ]





Contatos com Roberto Pires ( Roberto Jacu ). Pelos Tels: ( 88 ) 9901-6901 ou ( 88 ) 9297-7685 [ CRATO-CE ]


Última hora: Aécio convoca povo a ir a protesto contra Dilma

O senador e candidato derrotado à Presidência Aécio Neves (PSDB-MG) postou, na tarde desta sexta-feira, em seu perfil no Facebook um vídeo no qual convoca a população a participar de mais um protesto contra a presidente Dilma Rousseff (PT). Marcado para as 15h deste sábado, no vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp), na avenida Paulista, em São Paulo, o evento já conta com mais de 100 mil confirmados no Facebook. “Venha manifestar sua indignação!”, diz a página criada para o protesto.
No vídeo postado por Aécio, o senador não fala em impeachment e trata o protesto como um ato contra as denúncias de corrupção. “Nós já dizíamos que o escândalo da Petrobras é o maior caso de corrupção do Brasil. Mas a coisa não parar de crescer, e agora nós estamos sabendo que não era apenas na Petrobras. Portanto, mais do que nunca nós temos que estar mobilizados”, diz Aécio.
Este será o quarto protesto contra Dilma. Em seu vídeo, Aécio pede que a democracia seja respeitada. “Vamos, portanto, pacificamente, respeitando os limites da democracia, para as ruas. E neste sábado, no Masp, na avenida Paulista, em São Paulo, haverá um grande encontro em favor da democracia, em favor da ética, em favor de um Brasil melhor. Isso nós temos e eles não têm: a capacidade de nos mobilizarmos e a capacidade de continuar lutando para mudar o Brasil”, afirma o tucano.
                                        

Agência de Notícias católica ZENIT homenageia Monsenhor Mattioli

ZENIT,  uma agência católica de notícias internacional, com sede em Roma, formada por profissionais e voluntários para alimentar a esperança e ajudar a humanidade a encontrar verdade, justiça e beleza na Igreja Católica prestou significativa homenagem à memória do monsenhor Vitaliano Mattioli.
Eis o que diz a nota:
"Faleceu no dia  4 de dezembro, na cidade de Recife (PE), em consequência de uma delicada cirurgia cardíaca, um nobre e santo colaborador de ZENIT, mons. Vitaliano Mattioli, na idade de 76 anos. Nascido em Roma (1938) mons. Vitaliano ingressou no seminário menor. Daquela cidade.  Como ele mesmo dizia “Agradeço o bom Deus por ter frequentado o Seminário naquele tempo, com aquela formação forte, espartana, mas construtiva”.
Em sua atividade pastoral ele colocou atenção especial aos jovens que se aproximavam do sacramento do matrimônio. Dizia aos jovens que “o difícil não é casar, mas continuar na vida matrimonial”; e sempre se mostrou um sacerdote disponível para ajudar os casais em momentos de dificuldades. Dizia ele: “O importante é que, nestes momentos de SOS, o sacerdote esteja sempre disponível. Deve encontrar tempo para estar. Muitos casais salvaram o seu casamento justamente por causa desta atenção e disponibilidade pastoral”. Disse uma vez a ZENIT o monsenhor Vitaliano:  “Sempre desejei ter os pés no chão. É por isso que eu pedi para colaborar com uma paróquia em Roma, na região leste da cidade, o que durou quarenta anos”,.
Como postulador da causa de beatificação da jovem benigna, de Santana do Cariri, conhecida como a Mártir da Castidade, mons. Mattioli se dedicou totalmente a este objetivo, esperançoso de que a Igreja reconheça o martírio de Benigna e possa beatificá-la.  “Seria a primeira beata mártir do Ceará”, afirmou em artigo que escreveu para ZENIT quando da conclusão do processo diocesano.
Toda a redação de ZENIT e também os nossos leitores elevam hoje a Deus uma oração pelo eterno descanso de Mons. Vitaliano, sacerdote que deixou muitas saudades por onde passou, porque passou realmente fazendo o bem às almas”.
                                                                 

Diocese de Crato se despede de monsenhor Mattioli

   Com uma missa cantada, às 07 horas da manhã deste sábado, presidida por Dom Fernando Panico e concelebrada por dezenas de padres, a Diocese de Crato faz as despedidas litúrgicas ao Monsenhor Vitaliano Mattioli. Após a missa, o corpo do religioso será sepultado na Capela da Ressureição, localizado no interior da Catedral de Nossa Senhora da Penha. O corpo de monsenhor Mattioli chegou ao Crato ontem, dia 5, por volta das 16:00 horas. Muitas pessoas aguardavam a chegada da urna funerária. Após as orações iniciais foi celebrada a primeira missa de corpo presente, às  17:00 horas, com a catedral já lotada. Durante a noite prosseguiram as visitações e outras missas foram celebradas. Às 2200 horas de ontem fiéis da Missão Resgate fizeram um homenagem a Monsenhor Mattioli, falecido aos 76 anos.
   Ele era sacerdote da Diocese de Roma e há mais de seis anos residia em Crato, na função de missionário Fidei Donum. Monsenhor Mattioli faleceu na manhã de 04 de dezembro de 2014, no Real Hospital Português do Recife (PE), aonde havia se submetido, no dia anterior, a uma cirurgia de reparação da válvula mitral, localizada no coração. A cirurgia ocorreu com sucesso, porém, logo depois o paciente apresentou algumas complicações e necessitou passar por uma nova cirurgia, não tendo resistido a este segundo procedimento médico.
Quem é quem
   Natural de Roma, Itália, monsenhor Vitaliano Mattioli nasceu no dia 11 de outubro de 1938, e foi ordenado presbítero em 10 de março de 1963 para a Diocese de Roma. Recebeu o título de monsenhor em 8 de outubro de 1983. Em Roma foi vigário paroquial em três paróquias: Nossa Senhora de Czestochowa, Santo Ambrósio e Santo Inácio de Antioquia. Foi professor do Seminário Maior Romano, da Universidade Urbaniana e da Escola Clássica Apollinaire de Roma. Também foi redator da revista “Palestra del Clero”. Possuía doutorado em Teologia Moral e Bioética. Morava no Brasil há 11 anos, dos quais 6 deles foram dedicados à Diocese de Crato, onde residia desde 2009, na casa que pertenceu ao monsenhor Montenegro.
    Na Diocese de Crato monsenhor Mattioli prestou relevantes serviços. Ele foi o postulador do processo de beatificação da menina Benigna Cardoso da Silva, conhecida como Mártir da Castidade, de Santana do Cariri, que já recebeu o título de Serva de Deus. Monsenhor Mattioli também estava como assessor espiritual diocesano da Pastoral da Família, lecionava no Seminário Diocesano São José, onde exercia a missão de diretor espiritual e era confessor na Catedral de Nossa Senhora da Penha e no Santuário Eucarístico Diocesano.
                              

Edições Anteriores:

Outubro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31