xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 17/10/2014 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

17 outubro 2014

Manifestantes e policiais entram novamente em confronto em Hong Kong

hongPor Clare Baldwin e James Pomfret

HONG KONG (Reuters) - A tropa de choque de Hong Kong utilizou spray de pimenta e cassetetes contra manifestantes pró-democracia nesta sexta-feira, à medida que as tensões cresceram após a remoção na madrugada de um grande acampamento de protesto no centro financeiro asiático controlado pela China.

Multidões de manifestantes foram em direção ao congestionado distrito de Mong Kok após o horário comercial e de aulas na noite desta sexta-feira (hora local), vindos do centro da cidade, ponto central do movimento de desobediência civil perto dos prédios do governo, para tentar retomar uma área de um cruzamento que a polícia liberou na investida pela manhã.

Centenas de manifestantes tentaram romper as linhas policiais e utilizaram guardas-chuvas como escudo contra sprays de pimenta. No embate corpo a corpo, a polícia utilizou cassetetes e força física contra os ativistas.

A polícia conseguiu repeliu diversos manifestantes à medida que outros gritavam insultos e avançavam para “abrir a rua”.

Os manifestantes, liderados por uma inquieta geração de estudantes, exigem que os líderes do Partido Comunista da China honrem suas promessas constitucionais e conceda democracia total para a ex-colônia britânica, que retornou ao comando chinês em 1997.

Antes do anoitecer desta sexta-feira, centenas de policiais realizaram a maior investida contra o acampamento dos manifestantes pró-democracia, reprimindo ativistas que ocupavam a interseção em uma das principais praças de protesto há mais de três semanas.

A operação aconteceu enquanto muitos manifestantes estavam dormindo em dezenas de tendas e embaixo de grandes lonas.

A ação foi uma nova estratégia da força policial de Hong Kong, de mais de 28 mil agentes, que tem sido criticada por operações agressivas com gás lacrimogêneo e violência física, incluindo o espancamento de um manifestantes algemado na quarta-feira.  Avançando sobre a interseção com capacetes, escudos e cassetetes, vindos de quatro direções, os agentes pegaram os manifestantes de surpresa. Muitos recuaram sem resistir.

“A deplorável ação do governo de Hong Kong aqui causará outra onda de protestos dos cidadãos”, disse o apresentador de rádio e ativista Wong Yeung-tat.

À noite, com mais manifestantes chegando ao local, autoridades fecharam a estação de metrô nas cercanias, segundo a imprensa.

A polícia mostrou bandeiras vermelhas, alertando para que os manifestantes não avançassem.

(Reportagem adicional de Bobby Yip e Jon Gordon)

reuters

'Estado Islâmico treina pilotos de caças'

ei
Cidade de Kobane é considerada um teste da estratégia dos EUA

Pilotos iraquianos que se juntaram à organização extremista que se autodenomina "Estado Islâmico" estão treinando colegas, na Síria, para pilotar três caças que foram capturados pela organização, de acordo com um grupo de ativistas baseado na Grã-Bretanha que monitora o conflito. O Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), contrário ao governo de Bashar Al-Assad, afirmou que testemunhas teriam visto os caças voando próximo a uma base aérea em Aleppo. Enquanto isso, forças iraquianas lançaram um ataque contra os militantes do "Estado Islâmico" perto de Tikrit, que está na região entre a Síria e o Iraque, invadida pelos militantes neste ano.

O diretor do OSDH, Rami Abdul Rahman, disse que o "Estado Islâmico" está usando oficiais iraquianos que eram pilotos durante o governo do presidente Saddam Hussein para treinar pilotos de caça na Síria. "As pessoas viram os caças, eles decolaram várias vezes do aeroporto e estão fazendo vôos próximos e retornando", disse ele.

Não se sabe quantos pilotos iraquianos desertaram. Os ativistas dizem que os aviões avistados pareciam ser dos modelos MiG-21 e MiG-23. A correspondente da BBC em Bagdá, Sally Nabil, afirma que o "Estado Islâmico" tem três aviões que teriam sido capturados de bases militares sírias em Aleppo e Raqqa. O porta-voz do Comando Central americano, coronel Patrick Ryder, disse à agência de notícias Reuters que o Pentágono "não estava ciente" de que o "Estado Islâmico" esteja conduzindo operações de voo.

Aleppo se tornou um campo de batalha importante na luta entre rebeldes sírios, que agora incluem o "Estado Islâmico", e forças do governo depois de uma revolta contra Assad iniciada em 2011.

Nova

coordenação

O governo iraquiano diz que seus soldados retomaram o controle do Norte e Oeste de Tikrit, cortando uma rota importante de suprimentos do "Estado Islâmico". Correspondentes afirmaram que esforços anteriores do governo para recuperar territórios daquela região fracassaram.

Enquanto isso, forças curdas, apoiadas por ataques aéreos americanos, continuam a combater militantes na cidade de Kobane, no Norte da Síria.

Aviões de guerra liderados pelos Estados Unidos mantiveram suas posições ontem, aproveitando a vantagem da coordenação com os combatentes curdos na cidade.

O correspondente da BBC na fronteira da Turquia com a Síria, kasra Naji, disse que o dia começou calmo, mas cerca de seis ataques aéreos já aconteceram desde então. Na quinta-feira, o comandante curdo Baharin Kandal disse à BBC que os militantes do "EI" foram expulsos da maior parte de Kobane.

Nosso correspondente diz que os refugiados que monitoravam a cidade do topo de uma montanha próxima também afirmam que apenas dois ou três bairros ainda são palco de batalhas. A batalha de Kobane, também conhecida como Ayn al-Arab, é considerada um grande teste para saber se a campanha americana de ataques aéreos pode frear o grupo extremista.

Ativistas dizem que mais de 600 pessoas foram mortas desde que o grupo começou seu ataque à cidade de maioria curda há um mês.  Mais de 160 mil pessoas fugiram temendo o avanço do "Estado Islâmico". Capturar a cidade daria ao grupo o controle total de uma longa faixa na fronteira entre a Turquia e a Síria.

Os combatentes do "Estado Islâmico" são conhecidos pelo uso de táticas brutais, incluindo assassinatos em massa e decapitação de soldados e jornalistas.

 

DIÁRIO DA MANHÃ
DA BBC NEWS

Rússia e Ucrânia fazem acordo por fornecimento de gás 'no inverno', diz Putin

putin2
Presidente russo disse ainda que a Ucrânia sofre com a falta de recursos e diz esperar que os parceiros ocidentais ajudem Kiev

O presidente russo, Vladimir Putin, disse nesta sexta-feira (17) que ele e o homólogo ucraniano, Petro Poroshenko, fecharam um acordo sobre os termos do fornecimento de gás natural da Rússia "ao menos para o período do inverno".

Hoje: Mal-entendidos dominam reunião de Putin e líderes da UE e Ucrânia, diz Kremlin



O presidente da Rússia, Vladimir Putin, assiste à cerimónia de encerramento de reunião em Milão


Mais cedo: Líderes de Rússia e Ucrânia se reúnem e tentam sanar crise

Putin disse ainda que a Ucrânia está com falta de recursos e que espera que os parceiros ocidentais de Kiev ajudem o país a superar o déficit financeiro.

O encontro entre os presidentes Putin e Poroshenko em Milão, Itália, começou na manhã desta sexta em busca de aliviar a tensão no Leste da Ucrânia. Ambos os líderes foram recebidos pelo chefe do Governo italiano, Matteo Renzi, paralelamente ao Encontro de Cúpula Europa-Ásia, que começou na quinta-feira (16).

Ontem: Ex-líder soviético, Mikhail Gorbachev alerta para nova Guerra Fria

A chanceler alemã, Angela Merkel, o presidente francês, François Hollande, o primeiro-ministro britânico, David Cameron, e os dirigentes da União Europeia, Herman Van Rompuy e Durão Barroso, também participam da cúpula, que visa a alcançar uma solução pacífica para o conflito.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse, na madrugada desta sexta que persistem sérias divergências entre Putin e a chanceler alemã, Angela Merkel, sobre a crise ucraniana.

"Ainda há sérias divergências relativas ao conflito interno na Ucrânia, bem como às causas do que está ocorrendo atualmente", disse o porta-voz, após conversações entre os dois líderes.

O presidente russo encontrou-se com a chanceler alemã na noite dessa quinta-feira, em Milão, durante a Cúpula Europa-Ásia.

"Durante o encontro, que durou duas horas e meia, Putin e Merkel analisaram a aplicação dos acordos assinados em Minsk", em 5 de setembro, que permitiram um cessar-fogo – violado com regularidade – no leste da Ucrânia entre separatistas pró-russos e forças leais a Kiev, informou Peskov.

*Com Reuters e Agência Brasil

Reuters

ONU pediu mil milhões de dólares para combater o ébola e só recebeu cem mil

 

ebolaonuConselho de Segurança critica insuficiência da resposta internacional na luta contra a epidemia.

O fundo para o qual a ONU pediu que os Estados-membros doassem mil milhões de dólares (780 milhões de euros) para combater o ébola só recebeu ainda cem mil (78 mil euros), revelou o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, criticando a falta de solidariedade a nível mundial.

O fundo foi lançado a 16 de Setembro pelo Gabinete de Coordenação dos Assuntos Humanitários das Nações Unidas, que avisou ser esse o montante necessário para conter o vírus durante os seis meses seguintes. Um mês depois, apenas a Colômbia contribuiu directamente para o fundo, segundo os dados da ONU.

Nas últimas semanas foram doados cerca de 285 milhões de euros para combater o ébola na África ocidental – onde se situam os países mais afectados pelo ébola –, mas esse dinheiro foi sobretudo canalizado através de agências da ONU ou organizações não-governamentais locais, diz a AFP. Para além desta quantia foram prometidos 159 milhões de euros adicionais, mas que ainda não chegaram às Nações Unidas, segundo a Reuters.

No entanto, o enviado especial da ONU para o ébola, David Nabarro, insistiu esta quinta-feira que o fundo permite “flexibilidade na resposta à crise que cada dia traz novos desafios”. "Temos esperança de que nos próximos dias e semanas iremos ver mais países a investir no fundo, usando este mecanismo para apoiar a resposta coordenada da ONU no terreno", acrescentou o enviado especial.

O secretário-geral da ONU afirmou que a falta de apoio para o combate ao ébola “é um problema muito sério” e apelou à solidariedade mundial. “É tempo de os países que têm realmente capacidade garantirem apoio financeiro e logístico” para conter o vírus, que já provocou 4500 vítimas mortais, principalmente na Libéria, Guiné-Conacri e Serra Leoa.

O Conselho de Segurança da ONU já tinha avisado esta semana que “a resposta da comunidade internacional foi, até ao momento, insuficiente” e aprovou por unanimidade uma declaração em que apelava aos países-membros para que “acelerem de maneira espectacular a ajuda financeira e material” aos países mais atingidos.

Os alertas foram partilhados por outros líderes mundiais esta semana, que disseram que a doença viral “é a mais grave urgência sanitária dos últimos anos”.

A revelação feita por Ban Ki-moon despertou um coro de críticas à resposta internacional à epidemia do ébola. Kofi Annan, antigo secretário-geral da ONU, disse estar “altamente desapontado” com a forma como tem sido conduzido o processo. “Se a crise tivesse atingido outra região, provavelmente teria sido tratada de forma muito diferente”, disse durante o programa BBC Newsnight.

Para o presidente do Banco Mundial, Jim Yong Kim, o apoio ao combate ao ébola “não se trata de uma questão de o fazer ou não”. “É apenas uma questão de quando é que pagaremos o preço por isso”, avisou, durante uma conferência organizada pela Reuters. “Os países têm de apoiar o fundo da ONU, têm de se chegar à frente e pôr [nele] dinheiro imediatamente”, apelou Kim.

Para lidar com a propagação da epidemia, o Presidente dos EUA, Barack Obama, está a ponderar nomear um “czar” para o ébola, alguém responsável para liderar a resposta a nível doméstico. Obama descartou, porém, a aplicação de uma proibição à entrada nos EUA de pessoas provenientes das regiões mais afectadas.

A morte de um homem infectado em Dallas e a contaminação de duas das enfermeiras que o trataram têm aumentado a preocupação nos EUA.

A Casa Branca também autorizou o envio de reservistas do Exército para a África ocidental para ajudar nos esforços de contenção da epidemia e que se vão juntar ao contingente de 4800 soldados norte-americanos que já estão a caminho da região.

fonte: http://www.publico.pt/

Os nove mandamentos do papa Francisco


Vatican PopeAs inovações do papa simpático, surpreendente e popular que está modernizando a Igreja

 
Papa Francisco gesticula em sua primeira visita à Albânia. Em Tirana, ele afirmou que extremistas distorcem a religião para justificar violência (Foto: Hector Pustina/AP Photo)
Desde o último dia 5, autoridades católicas do mundo todo estão reunidas no Vaticano para discutir “Os desafios pastorais sobre a família no contexto da evangelização”, tema da III Assembleia Geral Extraordinária do Sínodo dos Bispos. O papa Francisco convocou o sínodo para discutir temas espinhosos como métodos contraceptivos, homossexualidade, casamento e divórcio. O encontro foi precedido por debates acalorados entre os representantes das alas conservadora e progressista da Igreja sobre a situação dos católicos divorciados. Hoje, quem se casa pela segunda vez não pode mais comungar. Francisco aproveitou a missa de abertura do encontro para dar um puxão de orelha nos brigões: “As reuniões do sínodo não têm o objetivo de discutir ideias lindas e inteligentes ou de ver quem é o mais inteligente”. O sínodo termina neste domingo, dia 19, quando será publicada a “Exortação Apostólica”, um resumo dos debates. Um documento preliminar divulgado na segunda, 13, afirmava que os “homossexuais têm dons e qualidades que podem oferecer à comunidade cristã” e deveriam ser acolhidos pela Igreja.
A participação de Francisco no sínodo é apenas um dos muitos episódios em que o Papa mostrou porque é o mais popular pontífice desde João Paulo II. Abaixo, os nove motivos que fazem de Francisco um Papa histórico.
1. O papa é humilde - Biógrafos dizem que todos os pertences de Francisco cabem numa mala. Francisco é desapegado, e isso lhe permite, nas palavras dela, “viajar leve pela vida”. Ele já deu inúmeros sinais de sua humildade e de sua simpatia.
2. O papa é pop - Todo Papa atrai atenção mundial, mas Francisco é um verdadeiro show. Onde quer que vá, há uma multidão tentando abraça-lo e receber sua benção.Tudo que o papa faça ou diga vira notícia. Não é todo papa que ganha uma revista semanal dedicada a ele.
3. O papa é um exemplo - Francisco faz aquilo que prega. Suas palavras não são apenas da boca pra fora. E muitos dos seus ensinamentos reverberam os preceitos do catolicismo. Mais do que isso: Francisco encarna como nenhum outro papa a dicotomia da Igreja Católica.
4. O papa fez bem para o mundo - O antecessor de Francisco, Bento XVI, era um papa cerebral e pouco caloroso, o que levou o Vaticano a se fechar. Francisco é espontâneo e simpático, o que levou a Igreja a se abrir. Em uma exortação apostólica publicada no ano passado, Francisco disse preferir uma Igreja rota, esfarrapada e suja, por atuar nas ruas, a uma Igreja enferma, por estar confinada e se agarrar a uma ilusória sensação de segurança. Essa nova posição teve um efeito salutar para o mundo - e para o Brasil.
>> ÉPOCA Quiz: Curiosidades sobre o papa Francisco
5. O papa é direto - Francisco não disfarça o que quer dizer com sermões floreados e retóricas vazias. Trata questões polêmicas com simplicidade e objetividade. Mesmo quando se refere a dogmas da Igreja Católica, do celibato de padres à pedofilia, do casamento gay ao aborto, Francisco não se esconde atrás das palavras.
6. O papa dialoga - Francisco é o papa mais aberto ao diálogo com outras religiões a se sentar no trono de Pedro.
7. O papa quer mudança - Francisco se tornou papa disposto a arejar as carcomidas estruturas da Igreja Católica, que precisa de renovação em um período de profundas transformações sociais no mundo.
8. O papa é fã de futebol: Nunca antes na história do Vaticano um papa declarou amor ao futebol como Francisco. Ele já recebeu seleções, vestiu camisas de vários times, e declarou seu amor incondicional ao seu clube de coração, o San Lorenzo de Almagro.
9 - O papa é argentino, mas adora os brasileiros: Francisco pode ser argentino, mas com toda sua humildade e simpatia, conquistou o coração dos brasileiros quando esteve no país, no ano passado. Ele atraiu jovens do mundo todo ao Brasil, foi recepcionado com euforia e prometeu voltar em 2017.

Época

Fugindo da Série C, Icasa e Oeste duelam em Juazeiro do Norte

 

PAULO SÉRGIO/ICASAFC.COM

icasa

Icasa busca se afastar da degola na Série B

Nesta sexta-feira, Icasa e Oeste têm compromisso marcado no estádio Romeirão, às 19h30 (de Brasília), válido pela 30ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Ambas as equipes brigam para escapar da queda, sendo a situação do Icasa a mais crítica: o time ocupa a 18ª colocação da tabela, com 28 pontos. Já o adversário aparece na 15ª posição, com 34 somados.

Apesar de ter sido derrotado na última rodada da competição nacional pelo Avaí, os cearenses venceram o Ferroviário por 1 a 0, nesta terça-feira, em jogo de ida das semifinais da Taça Fares Lopes, que garante vaga na Copa do Brasil de 2015.

O técnico Vladimir de Jesus ressaltou a necessidade de gols e de uma vitória para que o Icasa possa ter mais esperanças de escapar da Série C. "Nós precisamos vencer, nós precisamos ganhar jogos, precisamos fazer gol, e é esse o trabalho que estamos fazendo. Com esse objetivo, vamos escalar um time forte que vai buscar a vitória o tempo todo".

Porém, mesmo em caso de triunfo, o Icasa não conseguirá sair da zona da degola, uma vez que o Bragantino, primeiro fora dela, tem 33 pontos, cinco a mais que o Icasa, que está em 18º, com 28. Em caso de derrota, o time do Cariri também não poderá ser ultrapassado, pois o Vila Nova, 19º, tem 23 somados.

Do outro lado, o Oeste, na 15ª colocação, com 34 pontos, está a quatro do América-RN, primeiro da zona de rebaixamento. O clube do inteiror paulista tem oito vitórias, dez empates e onze derrotas em 29 partidas disputadas nesta Série B.

Na última sexta-feira, o Oeste foi derrotado pelo Atlético-GO por 2 a 1, no Estádio dos Amaros. O resultado interrompeu a sequência de três jogos invictos da equipe de Itápolis, que, agora, buscará um novo triunfo para iniciar outra boa fase.

FICHA TÉCNICA
ICASA X OESTE

Local: Estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte (CE)
Data: 17 de outubro de 2014, sexta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Ranilton Oliveira de Sousa (MA)
Assistentes: Carlos André Pereira Sousa (MA) e Cicero Romao Batista Silva (MA)

ICASA: Busatto; Naylhor, Carlinhos Rech e Gilberto; Ivonaldo, Albano, Mauri, Roger, Danilo Cintra e Zeca; Lucas
Técnico: Vladimir de Jesus

OESTE: Anderson; Ezequiel, Cris, Daniel Gigante e Denis; Negretti, Dionísio, João Denoni, Ramires e Wagninho; Reis
Técnico: Roberto Cavalo

MPF em Juazeiro do Norte recomenda que Governo anule contrato do Samu com instituição privada

MPF1-mini

Segundo o órgão, Governo tem o prazo de 30 dias para anular o contrato firmado com a Cooperativa de Trabalho de Atendimento Pré-Hospitalar (COAPH) e realizar o credenciamento dos profissionais necessários para o Samu

O Ministério Público Federal em Juazeiro do Norte recomendou ao Governo do Estado do Ceará e à Secretaria de Saúde do Estado do Ceará (Sesa) a anulação de contrato com a iniciativa privada para prestação de serviços junto ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) no Ceará. Conforme divulgado nesta quinta-feira, 16, decisão foi motivada pela inexistência de prova sobre a impossibilidade de ampliação dos serviços públicos de saúde, além de irregularidades na contratação direta da cooperativa na área de saúde.
Segundo o órgão, Governo tem o prazo de 30 dias para anular o contrato firmado com a Cooperativa de Trabalho de Atendimento Pré-Hospitalar (COAPH) e realizar o credenciamento dos profissionais necessários para o desempenho das funções no SAMU Ceará. “A Sesa, de forma inidônea, contratou diretamente a COAPH fazendo uso do processo de inexigibilidade de licitação - quando a licitação não é exigida por não haver possibilidade de competição, pois só há um objeto ou pessoa que atenda às necessidades da administração”, explica o MPF, em nota.
O procurador República Celso Costa Lima Verde Leal, autor da recomendação, disse ainda que a contratação contou com graves irregularidades, “como ausência de exclusividade da pessoa e objeto contratados, certidão de exclusividade inválida e impossibilidade de transferência total do SAMU à iniciativa privada”.
O POVO Online entrou em contato com a assessoria do Governo do Estado do Ceará, que não soube responder sobre a chegada da recomendação. As ligações para a assessoria da Sesa não foram atendidas. O procedimento, conforme o MPF, foi encaminhado para a Procuradoria da República de Fortaleza, onde deve ser feita a apuração criminal.

O povo

21 de outubro -- Dom Carlos de Habsburgo, Imperador da Áustria e Santo da Igreja Católica (Armando Lopes Rafael)

Beato Carlos de Habsburgo em seu leito de morte
Vai aumentando, em todo o mundo, o movimento de admiração e piedade pela figura do Beato Carlos de Habsburgo, último Imperador da Áustria, bem como pela memória  de sua esposa,  a Serva de Deus Imperatriz Zita, declarados tais pela Igreja Católica,  respectivamente em 2004 e 2009, em reconhecimento das insignes virtudes privadas e públicas de que deram prova, tanto nas difíceis circunstâncias da I Guerra Mundial, quanto no duríssimo banimento que lhes foi imposto depois pelas potências vencedoras do conflito. O Beato Carlos e sua família amargaram um exílio, na Ilha da Madeira (Portugal)  marcado pela pobreza e pela tuberculose que consumiu a vida do último Imperador da Áustria, no primeiro quartel do século passado.
A festa litúrgica do Beato Carlos de Habsburgo foi fixada pela Igreja no dia do seu casamento, 21 de outubro, data que enseja por toda parte comemorações promovidas por admiradores e devotos. Em todas as partes do mundo haverá missas, sessões cívicas e homenagens ao Beato Carlos de Habsburgo.Uma missa será celebrada na cidade de Washington, capital dos Estados Unidos e contará com a presença do Príncipe Imperial Dom Bertrand, parente do Beato Carlos,  que será o orador na sessão solene subsequente.



Coisas da Ré-pública: as baixarias ao vivo e em cores... (Armando Lopes Rafael)

(Das Agências de Notícias)

Dilma passa mal ao vivo após debate
"Peço desculpa ao telespectador", afirmou a candidata à reeleição, Dilma Rousseff, após sofrer uma baixa de pressão durante entrevista à repórter Simone Queiroz, do SBT.
O telejornal "SBT Brasil" havia entrado no ar e a candidata do PT foi a primeira entrevistada. Após responder algumas perguntas, a presidente precisou sentar e beber um copo d'água para se recompor. "Eu estou me sentindo mal. A minha pressão caiu. Eu posso ficar aqui sentada?", perguntou à repórter. Enquanto isso, foi iniciada a entrevista com o candidato Aécio Neves.
Sobre o debate
Corrupção, nomeação de parentes, mentira, desrespeito, desinformação, falta de transparência, suspeitas, bebida, investigações... Sem trégua em nenhum dos blocos, Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) centraram fogo no adversário usando esses temas como armas em suas perguntas e respostas no debate promovido por UOL, SBT e Jovem Pan nesta quinta-feira (16). O tiroteio deixou em segundo plano a discussão sobre temas de programas do governo das candidaturas do PT e do PSDB à Presidência da República.
Dilma acusou Aécio de ter empregado a sua irmã Andrea Neves quando era governador de Minas Gerais (2003-2010), e Aécio disse que o irmão de Dilma, Igor Rousseff, foi empregado na prefeitura de Fernando Pimentel (PT-MG) sem trabalhar. "A diferença é que minha irmã trabalhou muito e não recebeu, enquanto seu irmão recebeu e não trabalhou", disse ele. Aécio acusou Dilma de "gostar de falar de parentes", recordando o que classificou de "episódio triste": o momento em que Fernando Collor, na campanha eleitoral de 1989, explorou questões pessoais do então candidato petista Luiz Inácio Lula da Silva. Em vários momentos do debate, Aécio acusou Dilma de promover uma campanha "de baixo nível" e de "espalhar mentiras nas redes sociais". O tucano chegou até mesmo a fazer uma pergunta sobre o tema. "Eu vou novamente na questão da verdade e da mentira. Nós somos, candidata, candidatos da Presidência da República. É preciso que haja um limite", disse. "A senhora prefere a campanha da mentira, e é essa questão que eu lhe faço agora."
Dilma relembrou o episódio em que o candidato Aécio Neves foi parado em uma blitz e se recusou a fazer o teste do bafômetro. Neves falou do caso e alegou que sua carteira estava vencida. "Me desculpei, me arrependi disso", disse o senador.

Será domingo o encerramento das comemorações pelo centenário de criação da Diocese de Crato -- por Patrícia Silva

Próximo domingo dia 19 de outubro, às 17h, na Catedral Nossa Senhora da Penha, em Crato- CE, acontecerá a Missa Solene pelos 100 anos da Diocese de Crato, sendo presidida por Dom Fernando Panico e concelebrada pelos padres da Diocese, juntamente com bispos de outras regiões diocesanas como o auxiliar de Aparecida- SP, Dom Darcy José Nicioli, e o de Iguatu, Dom João José da Costa.
Milhares de fiéis estão sendo aguardados para este momento, como uma resposta a grande participação que vem acontecendo nos eventos comemorativos pelos centenário diocesano, iniciado com a proclamação do Decreto do Ano Jubilar, declarado em celebração solene no dia 20 de outubro de 2013.
Dentre os momentos que marcaram estas celebrações podem ser destacados a peregrinação da imagem da padroeira diocesana, Nossa Senhora da Penha, pelas cinco regiões foraneas, os jubileus específicos vivenciados com cada pastoral e movimento, e a coroação da imagem da padroeira pelo representante do Papa Francisco, Cardeal Dom João Braz de Aviz, que demostraram a unidade da igreja diocesana de Crato entre suas paróquias, com o Brasil e o Vaticano.
A Diocese de Crato foi criada em 20 de outubro de 1914, pelo Papa Bento XV, através da bula papal Catholicae Ecclesiae, sendo desmembrada do território da Diocese do Ceará, hoje Arquidiocese de Fortaleza.
                            

No penúltimo evento do ano centenário da Diocese de Crato, Dom Fernando Panico ordena mais três novos padres – por Patrícia Silva


Nas proximidades do encerramento do ano jubilar pelo primeiro centenário da Diocese de Crato, o bispo diocesano, Dom Fernando Panico, ordenou nesta quarta- feira, 15, às 16h, na Catedral Nossa Senhora da Penha, em Crato, os diáconos Damião da Silva Peixoto, José Vicente dos Santos e Pedro André Bitú Bezerra com o Sacramento da Ordem. Participaram da celebração padres da Diocese de Crato e de outras Dioceses, familiares e amigos dos ordenandos e fiéis das comunidades paroquiais.
O diácono Damião, encaminhado pela Paróquia Sagrado Coração de Jesus de Juazeiro do Norte, diácono José Vicente, pela Paróquia São José do Limoeiro de Juazeiro do Norte, e diácono Pedro André, pela Paróquia São Raimundo Nonato de Várzea Alegre, exerciam missão pastoral na Paróquia Imaculada Conceição em Mauriti, Paróquia São Francisco das Chagas de Baixio e Paróquia Sagrado Coração de Jesus de Brejo Santo, respectivamente.
Sacerdotes no momento da oração consecratória. (Foto: Patrícia Silva)
Dom Fernando disse se sentir muito feliz por estar realizando estas ordenações dentro do centenário diocesano, pois, para ele, isso demostra a fecundidade da igreja e o florescer de vocações. “Vejo estes novos padres como um presente para nossa Diocese centenária. Nunca esqueçam que a comunidade cristã nasce de Cristo morto e ressuscitado e que vocês são chamados a cuidar com zelo pastoral da videira que é o povo do Senhor”, disse. O bispo ressaltou a importância de se exercer a vocação sacerdotal com compromisso e em unidade com a igreja, para que o presbítero seja presença afetiva e efetiva do amor de Deus.
 Da esquerda para direita: Pe. Cézar Casetta, Pe. Adalto Filho, Pe. José Vicente, Dom Fernando Panico, Pe. Pedro André, Pe. Damião e Pe. José Adelino. (Foto: Patrícia Silva)
Depois de realizado o ritual da ordenação os novos padres foram encaminhados para exercerem sua missão neo- sacerdotal. Pe. Damião, como vigário paroquial da Paróquia Imaculada Conceição, em Mauriti, Pe. José Vicente, vigário paroquial da Paróquia São Francisco, em Salitre, e o Pe. Pedro André, vigário paroquial da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, de Brejo Santo.
A ordenação sacerdotal está sendo realizada dentro da Semana Eucarística Diocesana, onde todas as paróquias estão se preparando espiritualmente para o encerramento do centenário diocesano, que acontecerá com celebração solene dia 19, às 17h, na Catedral Nossa Senhora da Penha.
                                                                            

Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30