xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 21/08/2014 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

21 agosto 2014

Como lidar com a sombra - Por: Emerson Monteiro

Há dentro das pessoas humanas setor em elaboração, matéria prima do Si mesmo, algo que revelará progresso rumo aos níveis superiores da autopercepção. Essa tal região da alma denominam sombra, no espaço das terminologias da ciência psicológica. Território inexplorado, entretanto posse de todo indivíduo, oferece meios de libertação das malhas do egoísmo, no entanto a exigir na ação gana de herói, transcendência das malhas dos vícios na demanda do Santo Graal das lendas arturianas.

Como lidar com a sombra em um relacionamento ideal indica potencialidades até então escondidas sob os escombros da natureza, habilidade que reclama conhecimentos de ordem moral e ética para cruzar o pântano da involução neste mundo cheio dos desafios necessários e criar condições na personalidade em crescimento.

Isso determina esforço continuado de aceitar ser ainda limitado, portanto admitir que não se é puro no âmbito espiritual, e se está a necessitar do exercício da renúncia aos prazeres da carne.

Daí, virá conter as emoções negativas sujeitas a invadir o cotidiano e impor restrições da fraqueza animal, instintos e impulsos perversos apenas reveladores do que há de se vencer. Nem por isso padecer sob a culpa e a vergonha de transportar essa carga em decomposição nos sentimentos e atos negativos.

Depois, dominar as projeções da gente na imagem que se faz dos outros ao considerá-los aquilo que surge por causa das limitações particulares. Trabalhar a honestidade e outros valores bons da amizade nos relacionamentos e na comunicação com os demais. Adotar a imaginação criativa de sonhos, desenhos, pinturas, escritas e rituais para revelar o Eu que antes ficara reprimido tanto tempo na história dos que vivem.

Conquanto pese milhões domar a sombra dentro de cada ser, isto produzirá maiores e melhores possibilidades no beneficiamento da nuvem escura da sombra coletiva que, às vezes, parece querer negar esperança a todos nós.

(Foto: Jackson Bola Bantim).

As eleições e a mídia - Por Marcos Coimbra*


Na próxima terça 19, com o inicio da propaganda eleitoral na televisão e no rádio, entraremos na etapa final da mais longa eleição de nossa história. Começou em 2011 e nossa vida política gira em torno dela desde então.

A batalha da sucessão de Dilma Roussef foi iniciada quando cessou o curto período de lua de mel com as oposições, no primeiro ano de governo. Talvez em razão do vexame protagonizado por José Serra na campanha, o antipetismo andava em baixa.

Durou pouco. Na entrada de 2012, o clima político deteriorou-se. As oposições perceberam que, se não fizessem nada, marchariam para nova derrota na eleição deste ano. Ao analisar as pesquisas de avaliação do governo e notar que Dilma batia recordes de popularidade a cada mês, notaram ser elevadas as possibilidades do PT chegar aos 16 anos no poder. E particularmente odiosa. Serem derrotados outra vez por dilma doía mais do que perder para Lula.

Ela era "apenas" uma gestora petista, sem a aura mitológica do ex-presidente. Sua primeira eleição podia ser creditada, quase integralmente, à força do mito. Mas a segunda, se viesse, seria a vitória de uma candidatura "normal". Quantas outras poderiam se seguir?

A perspectiva era inaceitável para os adversários do PT. Na sociedade, no sistema político e no empresariado, seus expoentes arregaçaram as mangas para evitá-la. A ponta de lança da reação foi a mídia hegemônica, em especial a Rede Globo.

Recordar é viver. Muitos se esqueceram, outros nem souberam, mas a realidade é que a "grande imprensa" formulou com clareza um projeto de intervenção na vida política nacional.

Não é teoria conspiratória. Quem disse que os "meios de comunicação estão fazendo de fato a  posição oposicionista deste País, já que a oposição está profundamente fragilizada", foi a Associação Nacional de Jornais, por meio de sua presidenta, uma das principais executivas do Grupo Folha. Enunciada em 2010, a frase nunca foi tão verdadeira quanto de 2012 para cá.

Como resultado da operação da vanguarda midiática oposicionista, estamos há três anos imersos na eleição de 2014. A derrota de Dilma é buscada de todas as formas. O "mensalão"? Joaquim Barbosa? A "festa cívica" do "povo nas ruas"? O "vexame" da Copa do Mundo? A "compra da refinaria"? O "fim do Plano Real"? A "volta da inflação"? O "apagão" na energia? A "crise na economia"? A "desindustrialização"? O "desemprego"?

Nada disso nunca teve verdadeira importância. Tudo foi e continua a ser parte do esforço para diminuir a chance de reeleição da presidenta.

Ou alguém acha que os analistas e comentaristas dessa mídia acreditam, de fato, na cantilena que apregoam quando se vestem de verde-amarelo e se dizem preocupados com a moral pública, os empregos dos trabalhadores ou a renda dos pobres? Ou queiram fazer "bom jornalismo"?

Temos agora uma ferramenta para elucidar o papel da mídia na eleição. Por iniciativa do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, está no ar o manchetômetro (http:www.manchetometro.com.br), um site que acompanha a cobertura diária da eleição na "grande imprensa": os jornais Folha de S. Paulo, O Globo, O Estado de São Paulo, além do Jornal Nacional da Globo (como se percebe, os organizadores do projeto julgaram desnecessário analisar o "jornalismo" do Grupo Abril).

Lá, vê-se que os três principais candidatos a presidente foram objeto, nesses veículos. de 275 reportagens de capa desde o inicio de 2014. Aécio Neves, de 38, com 19 favoráveis e 19 desfavoráveis. Tamanha neutralidade equidistante cessa com Dilma: ela foi tratada em 210 textos de capa. Do total, quinze são favoráveis e 195 desfavoráveis. Em outras palavras: 93% de  abordagens negativas.

É assim que a população  brasileira tem sido servida de informações desde quando começou o ano eleitoral. É isso que a mídia faz para exercer o papel autoassumido de ser a "oposição de fato".

O pior é que a influência dessas empresas ultrapassa o noticiário. Elas contratam as pesquisas eleitorais que desejam e as divulgam quando e como querem. E organizam os  debates entre os candidatos.

Está mais que na hora de discutir a interferência dessa mídia no processo eleitoral e, por extensão, na democracia brasileira.

NOTA
* Marcos Coimbra é colunista da Revista "Carta Capital" e autorizou por e-mail, a meu pedido, a publicação desse artigo no "Blog do Crato"
Carlos Eduardo Esmeraldo
 

Hamas ataca Israel, que reage e cessa negociações no Egito



Os militares de Israel informaram nesta terça-feira que realizaram novos ataques aéreos na Faixa de Gaza, horas antes do fim de um cessar-fogo imposto na região. Os israelenses alegam que a operação foi uma reação a disparos de foguetes vindos do território palestino em direção a Israel.

Os militares afirmam que atingiram "alvos terroristas" depois que três foguetes foram disparados na direção das cidades de Beersheba e Netivot. Os dois lados tinham fechado um cessar-fogo de cinco dias e concordado em estender este cessar-fogo por mais 24 horas, enquanto delegações de Israel e dos palestinos tentavam negociar um acordo para acabar com semanas de confronto. Desde o dia 8 de julho, o início dos confrontos, mais de 2.080 pessoas morreram, a maior parte, palestinos.

"Este ataque com foguetes foi uma violação grave e direta do cessar-fogo", disse o porta-voz do primeiro-ministro israelense Binyamin Netanyahu, Mark Regev. Nenhuma facção palestina em Gaza se manifestou ou assumiu a autoria dos disparos de foguetes. A região é dominada pelo grupo militante palestino Hamas. No entanto, pouco antes dos ataques, Fawzi Barhoum, porta-voz do Hamas, afirmou que "se Netanyahu não entende... a linguagem da política no Cairo (Egito, onde israelenses e palestinos estão negociando), nós sabemos como fazer ele entender".
Uma autoridade israelense disse à BBC que a delegação de Israel foi instruída a abandonar as negociações e voltar para Israel depois do ataque.

'Sem avanços'

Um membro importante do Fatah, que é o movimento do presidente da Autoridade Palestina, Mahmou Abbas, afirmou mais cedo que "não houve avanços' nas negociações e que o "círculo de violência" deve continuar. Negociadores palestinos afirmaram que Israel está tentando obter garantias de que o Hamas e outras facções na Faixa de Gaza serão desarmados. Mas, os palestinos estão exigindo um fim aos bloqueios que israelenses e egípcios mantêm na Faixa de Gaza, sem nenhuma condição imposta pelos israelenses. O Hamas já afirmou que não vai abrir mão de suas armas. No entanto, Israel afirma que precisa manter algum controle nos pontos de passagem na Faixa de Gaza, justamente para evitar o tráfico de armas. O Exército de Israel lançou a operação contra militantes do Hamas na Faixa de Gaza no dia 8 de julho. Israel alega que a incursão na Faixa de Gaza tem um objetivo: desarmar os militantes palestinos e destruir os túneis construídos pelo Hamas e outros grupos a fim de se infiltrar em Israel para realizar ataques.

As autoridades de Israel também querem o fim do lançamento de foguetes do Hamas contra território israelense. A maioria dos foguetes não tem nenhum impacto, já que o país conta com um sistema antimísseis avançado, o Domo de Ferro. Israel diz ter o direito de defender-se e acusa o Hamas de usar escudos humanos e realizar ataques a partir de áreas civis em Gaza. O grupo palestino nega. 

BBC and Reuters


Consumo de eletricidade vai triplicar no país até 2050, indica estudo da EPE


O consumo de energia elétrica no Brasil vai triplicar daqui a 36 anos, quando 10% da frota de carros já serão elétricos e 13% da demanda elétrica residencial serão supridos pela energia solar. As previsões fazem parte de estudo divulgado hoje (19) pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), como parte do Plano Nacional de Energia (PNE 2050).

O consumo de eletricidade sairá dos atuais 513 terawatts-hora (TWh) para 1.624 TWh em 2050, o que equivalerá ao que é utilizado hoje, por consumidor, na União Europeia - em torno de 7 mil quilowatts-hora  por habitante ao ano. De acordo com a EPE, a demanda por energia como um todo - incluindo gasolina, eletricidade, etanol e outros – vai dobrar até 2050, passando dos atuais 267 milhões de toneladas equivalentes de petróleo (TEP) para 605 milhões de TEP.

Uma das grandes mudanças poderá ser vista nas ruas, onde circularão 10% de veículos movidos a energia elétrica, com 50% da frota compostos por veículos híbridos, que utilizarão gasolina e etanol, associados a um motor elétrico. A EPE prevê que 15% dos lares, equivalentes a 15 milhões de domicílios, utilizarão energia elétrica gerada pelo sol. Já os painéis de aquecimento solar deverão estar presentes em 20% das casas brasileiras até 2050.

O gás natural também vai registrar forte expansão no consumo final, com crescimento projetado de 3,6% ao ano até 2050, quando deverá atingir 212 milhões de metros cúbicos por dia, quase quatro vezes o consumo atual, excluindo o que é utilizado na geração termelétrica. O estudo da EPE também prevê que haverá grande ganho de eficiência energética no período, o que permitirá reduzir em 20% o consumo total de energia. Para isso, serão fundamentais políticas públicas que incentivem tecnologias mais eficientes em eletrodomésticos e automóveis, além de construções mais sustentáveis, alteração da estrutura modal de transporte de cargas, eletrificação da frota de transporte de passageiros e reciclagem. O estudo completo, com 245 páginas, pode ser acessado na página da EPE na internet: www.epe.gov.br.

Agência Brasil


Prefeitura de Juazeiro investe cerca de R$ 6,7 milhões na reforma, ampliação e construção de Unidades Básicas de Saúde



O prefeito de Juazeiro do Norte, Raimundo Macedo, vai entregar à população 19 Unidades Básicas de Saúde (UBS), sendo três reformadas, outras seis ampliadas e 10 novas. Como diz o Secretário de Saúde, Plácido Basílio, o setor está transformado num verdadeiro canteiro de obras em nome da melhoria dos serviços ofertados aos juazeirenses usuários do SUS. Ele lembrou que Raimundão já tinha manifestado sua pretensão em transformar 2014 no ano da saúde.

Um dos passos neste sentido é a recuperação e ampliação da estrutura física como postos, centros de saúde e hospitais. A meta é perseguir a qualidade e manter os serviços cada vez mais perto dos que precisam. Segundo Plácido, atualmente, Juazeiro conta com 67 equipes do Programa Saúde da Familia (PSF’s) e cinco equipes do PACS (Programa de Agentes Comunitários de Saúde). Ele fez questão de citar a localização de cada Unidade Básica de Saúde e valores das obras de reforma, ampliação ou construção:

TRÊS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE COM REFORMAS CONCLUÍDAS.

UBS 06 – Avenida Castelo Branco (Novo Juazeiro) ………………………   R$  60.829,66

UBS 37 – Rua Marieta França de Meneses (Salesianos) ………………….. R$  54.929,88

UBS 41, 54, 55 e 56 – Rua Campos Elísio (Pirajá) ………………………….  R$ 185.419,32

SEIS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE COM AMPLIAÇÕES CONCLUÍDAS:

UBS 8 – Rua Gonçalves Sobreira, 1203 (Tiradentes) ………………………   R$ 189.598,80

UBS 9 e 39 – Avenida Paraíba (João Cabral) …………………………………    R$ 104.529,49

UBS 17 e 28 – Rua Odílio Figueiredo, 222 (Romeirão) ……………………   R$ 133.498,22

UBS 24 e 18 – Avenida Carlos Cruz (Pio XII) ………………………………..    R$ 151.497,74

UBS 35 e 11 – Rua José Domingos, 100 (Triângulo) ……………………….    R$ 151.499,82

UBS 50 – Sitio Junco ……………………………………………………………………    R$  74.250,00

10 UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE EM CONSTRUÇÃO:

UBS Salesianos II (Rua Santa Clara) ……………………………………………..   R$ 713.550,81

UBS Santa Tereza I e II (Rua Delmiro Gouveia) ………………………………   R$ 544.876,09

UBS Vila Três Marias (Rua Antonio Cândido de Araújo) ………………….   R$ 408.094,48

UBS Pio XII (Rua Antonio Dias Sobreira) ……………………………………….   R$ 716.392,61

UBS Socorro (Rua Alencar Peixoto) ………………………………………………..  R$ 414.291,39

UBS Frei Damião/CAIC (Rua Francisco Martins de Sousa) ………………..  R$ 421.520,64

UBS Betolândia II (Rua Vereador Francisco Rocha da Silva) ……………..  R$ 546.494,18

UBS Aeroporto (Rua Professor Raimundo Sampaio) …………………………  R$ 672.241,75

UBS São José (Rua Luiz Silvano Soares) ………………………………………….  R$ 709.185,21

UBS José Geraldo da Cruz (Rua Vicente Herculano Pena) …………………  R$ 440.986,41

Fonte: Roberto Moreira - DN


Baixaria contra Lula e Dilma, agora tenta atingir Eunício, diz coligação



Com o título “segurança ou prepotência”, publicações nas redes sociais tentam atingir a religiosidade do candidato do PMDB ao governo do Ceará, Eunício Oliveira, além de tentar confundir eleitores. A indignação é da coligação “Ceará de Todos”, depois de publicações atribuídas a Eunício que “nem Lula, nem Dilma, nem Deus tiram essa eleição de mim”.

O candidato, que afirma ser temente a Deus, lamenta em nota o uso em vão do Criador. Eunício lembra ainda que o mesmo desespero foi usado contra Lula e depois contra Dilma, quando concorreram à Presidência da República.

A liberdade religiosa está acima da política. O direito à fé religiosa e às crenças é inquestionável para a coligação, completa a nota.

Foto: divulgação - Via Eliomar de Lima


Funcionários da Petrobras não receberam propina, diz diretor à CPMI


O gerente de Segurança Empresarial, Pedro Aramis de Lima Arruda, negou hoje (20), em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito Mista (CPMI) da Petrobras, que funcionários da empresa tenham recebido propina da empresa holandesa SBM Offshore. Arruda disse que a comissão interna da Petrobras criada para analisar a suspeita de pagamento de propina não encontrou indícios de corrupção.

Na mesma sessão foi ouvido o depoimento do gerente jurídico internacional da Petrobras, Carlos Cesar Borromeu de Andrade, que disse que não houve irregularidades na compra da Refinaria de Pasadena (EUA). Segundo Arrruda, a comissão analisou os documentos referentes a todos os contratos da SBM Offshore com a Petrobras, ouviu 24 funcionários das duas empresas, listados em documentos encontrados na empresa holandesa durante visita da comissão. “O resultado final é que ela não identificou qualquer tipo de pagamento de propina para empregado da Petrobras,” disse aos parlamentares.

Arruda disse que foram encontrados dois documentos sigilosos da Petrobras em formato PDF na SBM. Os documentos estavam vinculados com a senha pessoal de Jorge Luiz Zelada, ex-diretor da área internacional da estatal. “Na sede da empresa da Holanda, havia dois arquivos em PDF gerados com a chave [eletrônica] do diretor Zelada”, disse Arruda que classificou como “grave” o vazamento das informações, mas que as investigações não permitiram concluir se Zelada tinha algum tipo de responsabilidade.

Ainda de acordo com Arruda, há a possibilidade de que pelo menos um dos documentos tenha passado pelas mãos de Julio Faerman, à época representante da SBM no Brasil e suspeito de pagar propina aos funcionários da Petrobras. “Os documentos foram gerados a partir da chave de Jorge Zelada. O que nos foi possível avançar foram os recursos usados para o envio desses documentos. Não conseguimos o rastreamento desse documento entre a Petrobras e a SBM. Um desses documentos passou pelo senhor Faerman”, disse.

Agência Brasil


Municípios do Cariri serão contemplados com viaturas policiais



Mais de uma dezena de viaturas policiais estão estacionadas no pátio do 2º BPM, sediado em Juazeiro do Norte, desde a manhã desta quarta-feira (20). Os veículos foram adquiridos pelo Governo do Estado em junho passado para contemplar várias cidades do Cariri e do Sul do Ceará, mas só agora depois de licenciadas pelo Detran irão ser entregues. A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) ainda não divulgou a relação dos municípios contemplados, o que deve ocorrer a esta sexta-feira (22).

Via jornalista Flavio Pinto



Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30