xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 22/07/2014 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

22 julho 2014

Assuntos só nossos (por Armando Lopes Rafael)

Revista Cariri
Já está circulando a edição 16 da revista Cariri que traz ampla matéria sobre o padre Airton Freire, criador da Fundação Terra, entidade filantrópica com sede em Arcoverde (PE). Pe. Airton tem planos de instalar uma filial daquela Fundação aqui no Cariri. O novo número da revista Cariri traz interessante entrevista concedida pelo professor Carlos Rafael sobre fatos e lendas da cidade de Crato. A matéria é ilustrada com fotos antigas da cidade e  supre a ausência de reportagem da imprensa regional sobre os 250 anos de criação da Vila Real do Crato, cujas comemorações – por parte da Prefeitura local – foram pobres e inexpressivas.

A Flona, essa esquecida
O maior patrimônio natural da cidade do Crato e da região do Cariri é a Floresta Nacional do Araripe–Flona. No próximo dia 02 de maio de 2016, a Flona completará 70 anos de sua criação. Escaldado com a pífia comemoração – por parte do Poder Público – por ocasião dos 250 anos de criação de Crato (ocorrido em 21 de junho de 2014), o povo desta cidade já começa a perguntar: será que os 70 anos da criação da reserva ecológica da Chapada do Araripe vai passar em branco? Eu, pessoalmente, tenho todos os motivos para achar que sim. A não ser que a iniciativa privada e as instituições de peso do Cariri tomem a iniciativa de comemorar os 70 anos da Flona.
Qual a importância da Flona?
A preservação da Floresta Nacional do Araripe–Flona é um dos maiores marcos de pioneirismo adotados nesta Mui Nobre e Heráldica Cidade de Frei Carlos! Com uma área de 38.262 hectares, onde existe mais de 200 fontes de água que resultam nas nascentes do rio da Brígida (Pernambuco), do alto Jaguaribe (Ceará), bem como a bacia do rio Canindé, a Floresta Nacional do Araripe foi a primeira a ser criada no Brasil. Em 1997, durante o governo do presidente Fernando Henrique Cardoso (o injustiçado FHC), foi criado um decreto federal definindo a Área de Proteção Ambiental (APA) da Chapada do Araripe.
A Flona é importante para o futuro do sul do Ceará
Dentre os objetivos da APA da Chapada do Araripe estão: proteger a fauna e a flora, especialmente as espécies ameaçadas de extinção; garantir a conservação de remanescentes de mata aluvial, dos leitos naturais das águas; garantir a proteção dos sítios cênicos, arqueológicos, paleontológicos do período cretáceo; incentivar as manifestações culturais e contribuir para o resgate da diversidade cultural regional e assegurar a sustentar a sustentabilidade dos recursos naturais com ênfase na melhoria de vida das populações.
Ainda o centenário 1
São eventos que não acabam mais... dentro das comemorações pelo centenário de criação da Diocese de Crato, todos os padres estarão reunidos nos dias 04 e 05 de agosto próximo, no Centro de Expansão Dom Vicente Matos, dentro do “Jubileu dos Sacerdotes”. Conferências, solenidade de consagração do clero a Nossa Senhora da Penha, deslocamento a Santana do Cariri para lançamento da biografia da Serva de Deus Benigna, são alguns dos muitos momentos desse Jubileu dos Sacerdotes.
 Ainda o centenário 2
O Cardeal Antônio Cañizales enviou carta ao bispo de Crato onde comunica que o Papa Francisco aprovou a coroação da imagem histórica de Nossa Senhora da Penha, em solenidade que vai ocorrer no dia 1º de setembro. Traduzida do latim eis a autorização concedida pelo Papa:
"Em deferência ao pedido feito, em carta datada em 26 de outubro de 2013,  pelo Excelentíssimo e Reverendíssimo Senhor Dom Fernando Panico, Bispo de Crato,  e em virtude das faculdades concedidas a esta Congregação para o Culto Divino   e para a Disciplina dos Sacramentos,  pelo Sumo Pontífice, o Papa Francisco, com muita satisfação concedemos, com a permissão e autoridade do mesmo Sumo Pontífice, que a imagem da Beata Virgem Maria portando o Menino Jesus, conservada e devotamente venerada com o título de Nossa Senhora da Penha, na cidade de Crato, sede da  Diocese, seja coroada na Igreja Catedral,  dedicada em honra de Deus e de Sua Mãe Santíssima.
Nada há em contrário quanto a esta concessão. Do Palácio da Congregação para o Culto Divino e para a Disciplina dos Sacramentos, em 27 de maio de 2014.  Antônio, Cardeal Cañizales Llovera"                                          
 Será que Dilma vem a Crato?
Os candidatos a presidente da República Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB), já vieram. Aliás, Eduardo Campos esteve duas vezes em 2014 em Crato, cidade ligada a  ele por estreitos vínculos familiares. A grande dúvida: será que Dilma desta vez dará o ar de sua graça, neste ano, na Cidade de Frei Carlos? Nas últimas eleições, em 2010, ela não apareceu por aqui. E dificilmente virá este ano. Em 2014 a estratégia do PT é vender na televisão (e não em contatos com o povo nas ruas)  a imagem de que as “conquistas” das administrações petistas têm que ser preservadas com a reeleição de dona Dilma, que  será agora apenas coadjuvante na propaganda eleitoral . A ideia dos marqueteiros da presidente é restringir ao máximo  a movimentação da candidata nas ruas e priorizar a participação dela em eventos fechados, evitando as sucessivas vaias que ela vem recebendo quando está presente em grandes eventos populares. No próximo dia 31 de julho, por exemplo, Dilma Rousseff participará de um mega-encontro na Central Única dos Trabalhadores–CUT, em São Paulo. Naquele local ela será, certamente,  muito aplaudida.

Nostalgias do poder - Por: Emerson Monteiro

Assisti, certa vez, a entrevista feita por Flávio Cavalcanti com uma senhora que fora responsável pela cozinha do Palácio da Alvorada ao tempo do presidente João Goulart, onde o jornalista solicitou que narrasse alguma lembrança que lhe marcara o período, e que merecesse contar. Sem maiores esforços, a entrevistada reviveu ocasião em que perguntara ao Presidente se era bom ser Presidente do Brasil. Jango então respondeu que sim, nalguns momentos, sim; mas que também havia aspectos ruins naquela função, acrescentando: - É que nem sempre se sabe, entre as pessoas que nos rodeiam, quem é inimigo, quem é amigo. E temos que seguir de qualquer jeito a nos relacionar com todos e em todas as circunstâncias.

Assim funciona o famigerado poder humano. Pessoas a desempenhar papéis necessários de comandar os grupamentos, quais partes dos sistemas inevitáveis, o que exige continuidade, porém há que topar o limite das paixões das criaturas, e, não raras vezes, utilizam as posições que desempenham a interesse particular. Lutam, por isso, com as fraquezas, próprias e de terceiros. Cruzam a perecividade dos acontecimentos, quando nada é definitivo, sujeitos às intempéries da fama e do destaque, arrastados, tantas horas, pelos cordões dos interesseiros e sagazes da corte dos bajuladores, amantes da lisonja. Desde que o mundo existe, acontecem tais dramas e comédias.

O risco representa, no entanto, a ilusão da permanência impossível ente a sombra fugidia e a debilidade da raça, o que só entulha de fascínio de pobres mortais entregues às orgias palacianas.

Esse lado estreito da personalidade exige atenção, antes, durante e depois dos turnos eleitorais. Ninguém é eterno. A forma ideal de encarar a tentação do poder significaria agir com desprendimento, conservando o lado forte das grandezas do conhecimento. Erguer olhos a dimensões maiores de sentidos perenes. No que ensina de Jesus de Nazaré: De que vale ao homem ganhar este mundo e perder a Eternidade.

Ainda mais que vender a consciência representa cair de bruços sobre os males dessa síndrome que ronda os poderosos, ao modo clássico da espada de Dâmocles, dos gregos, a balançar ameaçadora, prendida só por um fio, no alto da cabeça dos reis.

Estado de saúde de Ariano Suassuna piora e é considerado instável


O estado de saúde do escritor Ariano Suassuna piorou e agora é considerado instável, segundo boletim médico divulgado na noite de hoje (22) pelo Real Hospital Português, do Recife, onde está internado.

Suassuna permanece em coma, respirando com a ajuda de aparelhos. De acordo com o boletim, houve agravamento do quadro de saúde do escritor, que apresenta queda na pressão arterial e a pressão intracraniana está elevada. Suassuna passou mal em casa, na noite de ontem (21), e foi levado ao hospital por volta das 20h, após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) do tipo hemorrágico. Às 23h, terminou a cirurgia de emergência para a colocação de dois drenos, com o objetivo de controlar a pressão intracraniana provocada pelo AVC. Desde então, o escritor está internado na UTI Neurológica, sem previsão de alta.

No ano passado, o escritor sofreu um infarto, e dois dias depois de receber alta, deu entrada novamente no hospital por causa de um aneurisma cerebral. Na última sexta-feira (18), Ariano Suassuna participou de uma aula-espetáculo, no Festival de Inverno de Garanhuns, no agreste pernambucano O escritor, dramaturgo e poeta Ariano Suassuna, 87 anos, nasceu na Paraíba, mas mora no Recife. É autor de peças teatrais, como O Auto da Compadecida, e de romances, como A Pedra do Reino.

Agência Brasil



Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31