xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 16/07/2014 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

16 julho 2014

A oração - Por: Emerson Monteiro

O encontro de si consigo mesmo que enleva e conduz aos níveis da ciência interior no diálogo de dominar a força viva do pensamento e conduzi-lo a uma só direção, e abrir as portas de conversar com Deus, a oração. Essa possibilidade divina dos filhos nas horas difíceis. Luz na alma que clareia as sombras, na esperança da paz. O amor feito palavras, que o silêncio escuta dentro de nós na forma de sentimentos. A fala conosco próprios que fortifica a coragem de viver a plenitude.

Essa calma que existe ao dispor de toda gente, a oração no juntar os cacos dos impulsos, no desejo de chegar aos pés do Pai Supremo e lhe contar as nossas urgentes necessidades, demonstrar nossa submissão à Sua vontade e poder abrir as fibras íntimas do coração em expressões de verdades que habitam as lutas da sobrevivência. Aceitar que existe o caminho de chegar aos mundos ideais da felicidade, ainda quando essa calma apenas toque distante dentro dos refolhos das fagulhas acesas em nosso peito.

Passos leves que aproximam da existência eterna e abraça de claridade os dias plenos da certeza, infinito das pequenas aspirações reunidas em bloco de sentidos a embalar de soluços a beleza do instante ora presente nos nossos dias. Contar das nossas apreensões e dúvidas, estender as mãos do espírito a valores maiores de uma consciência plena.

Oração, que conduz ao Tudo, meio que plenifica as razões em volta da gente, ação da potência que recebemos da Criação, gosto e vontade, querer renovar as horas intensas a tocar os nossos sonhos. Orar, pedir, clamar, contar, construir as atitudes, ampliar o horizonte da felicidade em toda direção, sabor das palavras a percorrer o céu de ouro e harmonia que intensifica os carinhos do Universo até aqui a trazer irmãos e amigos a todos nós.

Sinal do mistério de chegar à perfeição das estrelas através de nós, seres humanos, a doce e feliz oração.

Palco Sonoro URCA: programação desta quarta, 16


Prossegue hoje, a partir das 19 horas, o V Palco Sonoro URCA com a seguinte programação:

AÉCIO RAMOS - Cantor e compositor, Aécio Ramos, natural do Crato, com 25 anos de carreira, interpreta canções próprias de sua alma sertaneja, retratando com criatividade ímpar o cotidiano do povo nordestino.
Seu trabalho estar permeado de visões poéticas e proféticas e de líricas emoções, cantadas na voz rascante e sincera deste menestrel marginal que insiste nesta estrada verdadeira da lira brasileira.
A apresentação de Aécio traz uma amostra das suas mais de 350 composições, com participação de sua companheira e parceira Tereza Paiva e do violonista Crisóstomo, cantando músicas dos discos “Espaços” e “Fogo Menina”, além de uma homenagem aos grandes mestres da MPB, como Zé Ramalho, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Fagner e Djavan.

SOUL MUSICAL - Banda cratense de MPB fundada em 2009 recebe influências regionais de nomes como Alceu Valença, Zé Ramalho e Fagner, flertando com o lado pop de artistas como Roberto Carlos, Djavan, Lulu Santos, Jorge Vercilo e Zeca Baleiro.
A banda imprime em suas apresentações uma forte pegada regada a canções que fazem parte das vidas de muitas pessoas, de maneira simples e objetiva.
O Soul Musical é formado por Adeildo (voz e efeitos), Voney Herlon (baixo), Iran Ventura (violões), Tiago Bantim (bateria) e Ricardo Rocha (percussão).

ALGAROBAS - Eis que nasce no solo fértil de Juazeiro do Norte as Algarobas, grupo musical sem conceitos pré-definidos nem influências fincadas, mas que se utiliza das suas longas e profundas raízes para chegar a toda parte do mundo e sem responsabilidade com nada disso faz a música com a vida.
Algarobas são: Ramon Késllen (voz), Ravena Monte (baixo), Isaac Linhares (bateria), Luiz Prado (guitarra e clarinete) e Daniel Batata (guitarra e sinths).
A banda Algarobas estreia precisamente hoje e de forma emblemática, por fazer sua avant-première no Palco Sonoro da URCA, um espaço já consagrado como alternativo e de resistência, aberto a todas as experimentações e inventividades estéticas e sonoras.

O Palco Sonoro fica localizado em frente ao Stand do Geopark/Urca, próximo a entrada principal do Parque de Exposições Pedro Felício Cavalcante, onde se realiza a ExpoCrato.  O acesso é livre.


Feira de Cultura e Turismo de Municípios do Cariri é uma atração à parte durante a Expocrato


Panorâmica parcial da Feira

A I Feira de Cultura e Turismo dos Municípios está acontecendo em Crato durante o período de realização da ExpoCrato, que iniciou-se domingo, dia 13, e prossegue até o próximo dia 20. O evento visa o fortalecimento do turismo, além de marcar o início de um trabalho conjunto entre os municípios envolvidos para a formação de um consórcio no segmento de turismo para as cidades.

Mulher rendeira de Santana do Cariri: a Feira conta com artistas trabalhando in loco

Oito cidades caririenses estão presentes no evento: Crato, Juazeiro do Norte, Santana do Cariri, Missão Velha, Assaré, Barbalha, Nova Olinda e Várzea Alegre, além de Exu, município pernambucano, fronteiriço ao Ceará e que sempre manteve laços afetivos e culturais com a região do Cariri.

Cortejo reuniu cerca de 700 brincantes dos nove municípios participantes

No dia 14, segunda-feira, foi realizado um grande cortejo dos grupos de tradição das nove cidades, que reuniu cerca de 700 brincantes da cultura popular. O cortejo saiu da Praça da Sé, percorreu as ruas centrais da cidade, passando pelo Parque de Exposições, onde se realiza a ExpoCrato, e culminando no Ginásio Poliesportivo da URCA, campus do Pimenta, onde acontece o evento, que tem a coordenação da Pró-Reitoria de Extensão, da Universidade. O cortejo contou também com as presenças da reitora da URCA, profa. Antonia Otonite Cortez, da pró-reitora de Extensão e coordenadora da Feira, profa. Sandra Nancy, de prefeitos e secretários dos municípios participantes.

Cantor João do Crato em frente ao stand do município do Crato

Durante a feira serão realizadas rodas de conversas com os municípios, conforme programação, além de festival gastronômico com o cardápio regional. Um palco montado no local serve de espaço para os artistas da Cultura Popular do Cariri, como ocorreu ontem, com a apresentação de grupos culturais da cidade de Barbalha.

Profa. Sandra Nancy, pró-reitora de Extensão e coordenadora da Feira, e o Grupo de Penitentes de Barbalha, que se apresentou ontem no evento

O público tem três acessos para a Feira: pelo próprio Parque de Exposições Pedro Felício Cavalcanti, pela rua Carolino Sucupira, por trás da URCA, e pela lateral do Ginásio. O horário de funcionamento é das 10 da manhã às 9 da noite.

Texto e fotos: Carlos Rafael (URCA)

Lições da Copa ou “a derrota das derrotas”? – por Fábio Figueiredo


Dizer que esta foi a "Copa das Copas" não passa de marketing político para auferir algum lucro eleitoral. Só os fanáticos acreditam nisso. Na verdade, dizer que os jornais estrangeiros a classificaram com excelente nível tem outro nome. Isso foi, na verdade, uma  reversão de expectativas. Dado o que se divulgava no exterior sobre as mazelas do Brasil e sobre os protestos violentos, que certamente afugentaram muitos turistas, aqui chegar e nada constatar altera o sinal da avaliação, de negativo para muito positivo.
Na verdade, a  competição foi formidável, com os atletas dando o máximo de si, seus técnicos fazendo bonito - e outros fazendo besteira... No meu julgamento, a Alemanha foi, sem dúvida, a melhor seleção. Além dos ensinamentos que vimos em campo, o que dá certo e o que não dá, constatei como deve ser feita uma seleção. Os países vitoriosos - não só no esporte, mas na vida da população - são os que têm a educação como prioridade, o que, infelizmente, não se vê por aqui.
A Federação Alemã de Futebol mantém dezenas de escolas de futebol onde os alunos, semi-internos, estudam matérias do currículo normal e em parte do dia se dedicam ao aprendizado do futebol. O resultado é que lá o esporte se desenvolveu e virou uma paixão nacional, ajudando muito na fusão da Alemanha Oriental com a Ocidental.
Diferente da nossa CBF, que gasta grande parte de sua renda com os cartolas, dirigentes profissionais a quem paga salários elevadíssimos, e serve também para imensos desvios de dinheiro, como se mostrou nas presidências anteriores (quase perpétuas) do sogro e do genro, que todos conhecem. Ao fim e ao cabo, verifica-se que esporte nos países líderes na área está intimamente ligado à educação, o que poucos clubes aqui praticam e no que o governo não está nem um pouco interessado.
Fábio Figueiredo – e-mail: fafig3@terra.com.br

Boa notícia: derrubada do decreto bolivariano de Dilma avança na Câmara dos Deputados

(Fonte: site VEJA)

Deputados aprovam urgência para votar uma proposta que anula os efeitos do texto da presidente Dilma Rousseff, mas férias na Câmara deverá empurrar votação para agosto
Às vésperas de entrar no chamado “recesso branco”, a Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira o pedido de urgência para votar uma proposta que pode derrubar o decreto bolivariano da presidente Dilma Rousseff, destinado a criar conselhos populares em órgãos da administração pública. Com a aprovação da urgência, o texto ganha prioridade e pode ser votado em plenário desde que haja quórum mínimo de 257 deputados, o que não deverá ocorrer até agosto já que a Casa iniciará férias não oficiais.
Apesar da demora -- o decreto 8.243 foi assinado em 23 de maio –, a resposta da Câmara era esperada. O presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), foi pressionado por mais de uma dezena de partidos para colocar a proposta de urgência em votação na noite desta terça antes do recesso dos deputados. Desde que foi editado pelo Palácio do Planalto, o decreto provocou forte reação no Congresso, que começou nas bancadas de oposição, mas ganhou adesão de mais de dez siglas da Casa.
Governo ainda esperneia
Diante da ameaça de derrota caso o texto que susta os efeitos do decreto fosse aprovado, PT e PCdoB entraram em obstrução e conseguiram barrar a votação esvaziando o plenário. O pedido de urgência passou com 294 votos a favor e 54 contrários. Houve três abstenções. Foi uma das poucas votações da Câmara desde o começo de junho, quando os deputados deixaram Brasília e teve início a Copa do Mundo.
                                                                                                                                         

Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30