xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 15/07/2014 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

15 julho 2014

Um Cariri de oportunidades - Por: Emerson Monteiro

A força da Natureza e o desenvolvimento cultural credenciam o Cariri para o Turismo, propiciando clima agradável durante todo ano, tendo folclore variado, com ritmos, danças e folguedos próprios, além de rico artesanato em couro, barro, madeira e linhas. Sua herança histórica vem sendo registrada em publicações regionais, e sua beleza cantada em prosa e verso, nas letras de música e lendas características, evidenciando, desta forma, identidade cultural e espaço artístico digno de estudos.

A região denominada Cariri, situada no sul do Ceará, fronteira dos estados de Pernambuco, Piauí e Paraíba, possui características diferenciadas no seu entorno geográfico por apresentar clima menos tórrido, vegetação de cerrado e vale fértil, isto em face da Chapada do Araripe, em torno da qual se estabelece.

Dentre esses, são principais as cidades de Juazeiro do Norte e Crato, a primeira pela importância comercial de ser a sede do culto popular à personalidade do sacerdote católico Cícero Romão Batista (1844-1934), para onde afluem milhares de fiéis dos outros estados nordestinos, em quatro datas comemorativas anuais, e o segundo pelo valor histórico e educacional, dos mais antigos pólos da colonização, iniciada no século XVIII, sob a égide da Coroa Portuguesa, através de expedições provenientes dos estados da Bahia, de Alagoas e Sergipe. Dada sua posição estratégica, Crato teve atuação marcante nas lutas libertárias nacionais.  No mês de julho, o município realizada uma mostra agropecuária de animais e produtos derivados que chega a reunir centenas de milhares de visitantes.

Para se ter idéia clara do que seja esta parte do Mundo, indicam-se necessários outros aspectos da Chapada do Araripe, de onde vislumbra-se belo e espaçoso vale, vertedouro dos seis rios originários de suas encostas (Batateiras, Cariús, Grangeiro, Latão, Miranda e Salamanca), que têm cheias no período chuvoso (de dezembro a maio).  No século XIX, aqui estiverem os pesquisadores europeus Agassiz e Gardner, destacando a fertilidade de suas terras e registrando a riqueza de sua fauna e flora.  As fontes de água pura que jorram em muitas localidades, calculadas em 265, bem caracterizam a riqueza hídrica regional.

A personalidade da gente caririense ganha, pois a cada dia, mais firmeza. Possui a cultura autóctone que se impõe noutros centros quais valores de rara possibilidade, tanto no País quanto no exterior.

Palco Sonoro URCA é espaço de resistência e vitrine dos músicos caririenses



                          Jéssica Xavier: vocalista da banda Nuverse, ontem no Palco Sonoro

O Palco Sonoro URCA surgiu em 2010, sendo a continuidade da programação cultural mantida pelo stand da Universidade Regional do Cariri, desde os anos anos 1990, no maior evento socioeconômico da região: a Expocrato. Ele é conhecido também como “Palco da Resistência” por se constituir em uma alternativa à crescente mercantilização da arte e por ser um espaço de divulgação da cultura musical produzida na região.

Sua programação é feita através de edital público, onde os artistas participam democraticamente.

Além de ser um espaço democrático, o Palco Sonoro também preza pelas qualidade, originalidade e diversidade dos trabalhos selecionados.

Talento e diversidade são as marcas do Palco. Tudo sob a ótica contemporânea de fazer cultura. Músicas boas. Público antenado. Integração de pessoas e experimentações. 

Portanto, a intenção do Palco é garantir não só a participação dos artistas regionais, mas a a pluralidade musical do Cariri. Este ano, várias tendências e gêneros musicais passarão pelo Palco, como música instrumental, forró pé de serra, reggae, pop-rock, rock progressivo, MPB e outras sonoridades e misturas musicais.

A URCA, ciente de seu papel de contribuir efetivamente para o desenvolvimento regional, busca assim apoiar a produção cultural dos artistas caririenses, oferecendo-lhes um espaço que se constitui numa importante vitrine de divulgação. Igualmente, compreende a necessidade de fortalecer a cena musical alternativa caririense devido a importância da cultura como um forte instrumento de formação identitária regional e agente importante de desenvolvimento social.


<!--[if gte mso 9]>
André Oliveira, com MPB suingada, foi a segunda apresentação da noite de ontem
   

PROGRAMAÇÃO - A programação do Palco Sonoro começou ontem, dia 14, com as apresentações da banda Nuverse, André Oliveira e Don Rasta, e se estenderá até o próximo sábado, dia 19, das 19 às 22 horas. O Palco está localizado próximo a entrada principal do Parque de Exposições, em frente ao stand da URCA/Geopark e a atrações restantes são as seguintes:

Dia 15 (Terça)
- Elisa Moura
- Calazans Callou e General Band
- Panticola e Casaca de Couro

Dia 16 (Quarta)
– Aécio Ramos
– Soul Musical
– Algarobas

Dia 17 (Quinta)
– Os Peleja
– Geração Ypisilone
– Blues Cream

Dia 18 (sexta)
– Os Caba de Gonzaga
– Forró di Raiz
– Raphael Belo Xote

Dia 19 (Sábado)
– Águas em Marte
– Dudé Casado
– Tiro Certeiro





Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30