xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 08/04/2014 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

08 abril 2014

Era no dois de julho - Por: Emerson Monteiro

Primeiro de julho de 1971. Viajáramos de Crato para Ouro Preto, eu e Tiago Araripe, a fim de conhecer o Festival de Inverno daquele ano, realizado em meio às incertezas políticas do governo Médici. Pela primeira vez ultrapassava o rio São Francisco, porquanto conhecia apenas interior e algumas capitais das bandas de cá.

Duas da tarde e pegamos o ônibus da Pernambucana, itinerário por cima da Serra do Araripe, chegando a Juazeiro da Bahia no dia seguinte ainda com escuro. Daí bem cedo, tomamos outro ônibus, da São Luiz, que nos levaria até Salvador, onde eu iria morar, a partir do mês de agosto próximo, durante sete anos. Pedira remoção no Banco do Brasil, isso influenciado pelos livros de Jorge Amado, canções de Caetano Veloso, Gilberto Gil, Gal Costa, Maria Bethânia, além das amizades que fizera com grupo de baianos que morara em Crato quando de uma experiência de teatro sob os auspícios da Secretaria de Cultura, nos fins da década anterior.

Por volta das quatro da tarde, instalados no Hotel São José, na Avenida Sete, por indicação de Fani Norões, amiga de minha mãe, nos organizamos e saímos ao primeiro passeio, e qual surpresa nos aguardava naquela noite soteropolitana.

Logo que descemos a escada do prédio, nos deparamos com enorme e feliz multidão mobilizada numa portentosa homenagem a Castro Alves, a transplantar os restos mortais do Poeta desde o Cemitério São João Batista, no bairro de Brotas, ao monumento da Praça Castro Alves, na confluência da Rua Chile com a Avenida Sete, centro de Salvador.

Naquela data, dois de julho, no ano de 1823, se travara, nos cerros do Recôncavo Baiano, o mais ferrenho combate das lutas da Independência, eternizado pelo Vate em célebre poema (Ode a Dois de Julho).

Jamais avistara tamanho civismo, colégios, guarnições militares, ordens religiosas, representações esportivas, autoridades, outras instituições e população em geral, nas calçadas, jardins, praças, lojas, edifícios. Assistíramos a demonstração inesquecível de reconhecimento público ao gênio literário Antônio Frederico de Castro Alves, nascido a 14 de março de 1847, em Curralinho (hoje Castro Alves, na Bahia), que findou ainda jovem.

Sonho vivo de gente, luzes, bandeiras, cores, instrumentos musicais festivos, fanfarras de bandas marciais em cadência surpreendente, inimaginável; fardamentos, carros alusivos, coreografias, grupos típicos, trajes, danças, ornamentos esfuziantes. Só depois conheceria melhor o espírito reverente daquele povo rico de cultura, raízes exponenciais da nacionalidade, preservador de valores originais, símbolos e cores fortes de sua gente.

Dormiríamos de alma leve com tanta suntuosidade e bom gosto.

Poucos dias passados, viajaríamos a Minas e ao Rio, onde encontramos outras oportunidades de conhecer de perto fontes vivas da civilização brasileira sob a qual resistem condições libertárias testificadas na obra imortal do Poeta dos Escravos.

O DIA EM QUE CHOVEU DE BAIXO PARA CIMA NO LEGISLATIVO CRATENSE - Por: Samuel Siebra


Uma piada, uma cena, um teatro, qual dos predicativos melhor podem ser usados para a sequência de sessões da câmara municipal de Crato , quando o cerne do debate é a suspensão ou não da sessão que desaprovou as contas do ex-gestor Samuel de Alencar Araripe.

Senão vejamos, a mesa diretora da casa tendo um dos seus componentes o presidente, opta por apresentar projeto que cancela sessão que desaprovou as contas do ex gestor, sendo que o presidente, que havia votado pela desaprovação, e mesmo sendo jurista, conhecendo a ilegalidade da sessão, por não ter garantido o direito constitucional da ampla defesa e o contraditório, num relampejo de clarividência, após seis meses, recobre a consciência e decida defender a suspensão da sessão.

O curioso não é isso!!, a grande maioria dos capacitados edis daquela casa, sempre os mesmos, votam acompanhando aquele grande edil, chefe maior daquela casa, e as caras daqueles que transgridem a hegemonia daquela casa, votando contra os pareceres iluminados do presidente, como por exemplo: A mudança das Zonas Especiais Ambientais, que atropelava o Plano Diretor da Cidade, que depois foi revogado por pressão popular, o aumento de 300% da tributação municipal, como IPTU, alvarás etc..., o mesmo que com seus pares aprovou do executivo o projeto de doação de vários terrenos, para empresas que ao término de 90 dias nem começaram as obras e tiveram que extinguir a doação, enfim..

Em todos esses má famados projetos, o sentimento corporativo e de lealdade ao presidente da casa e líder de fato e de direito do governo, sempre foram acompanhados do voto leal de seus pares . Hoje no entanto, para se votar o parecer do vereador Thiago Esmeraldo, que havia pedido vistas ao projeto do egresso berço do poder legislativo daquela casa, a mesa DIRETORA, pedindo a manutenção da suspensão da maldita sessão, carregada de denúncias de compra de votos e corrupção, ainda alvo de investigação pela PROCAP, ( Procuradoria contra Crimes contra a Administração Pública), percebeu-se uma revolução daquela casa, vereadores rebeldes, que ante sempre, ad infinitum, votavam a favor de seu GURU, a grande maioria decidiu CONTRARIAR explicitamente o presidente. Alguns, mais educados, pediram até desculpas, mas os outros não!! Foram incisivos, cruéis, votaram contra o magnânimo do legislativo. 

Confesso fiquei estupefato!!!, pela coragem destemida, e pela imparcialidade do voto de nossos legisladores, confesso que me animei. Espero agora, em algum outro momento daquela casa, a independência do voto e a justeza de consciência dos edis PERMANEÇA nas próximas sessões, pois afinal, isso é sinal de novos tempos!!. OU NÃO???, TERÁ SIDO UMA MANOBRA?? inteligentíssima que fugiria ao olhar do lumpesinato cratense e das castas da intelectualidade de nossa terra, ou um DESENCARGO DE CONSCIÊNCIA. 

Aguardemos o desenrolar dessa novela, que anda looooonge de acabar.

Por: Samuel Siebra
Colaborador
www.blogdocrato.com


A galinha e o pé de arruda - Por: Emerson Monteiro

As duas, dessas vizinhas briguentas, moradoras de bairro simples da periferia, vivendo os dramas, a braços com rotineiras impossibilidades, debulhavam, aqui e ali, os mesmos mistérios de cada dia. As casas, parede e meia, dotadas de quintais quase comuns, tecidos nas cercas baixas, de faxina.

Nem sempre, no entanto, mantinham-se paz nessa fronteira, porquanto uma delas, mulher mais empertigada, muitíssimo rigorosa nas questões ocasionais, numa volta e noutra pisava o couro da comadre do lado. Vale lembrar, igualmente, imperar solidariedade nos momentos críticos, como ocorre nos universos humildes dessa gente.

Em certa fase do convívio, em umas semanas de relações aperreadas, elas duas se envolveram num imenso quiproquó, estremecido por conta das malinações de galinha buliçosa, logo de quem! Da comadre menos brava.

Quando era de botar ovo ou procurar galo, a penosa lá ia inventar de saltar a cerca do quintal, isso quase todo dia, o dia todo. Contanto, nunca faltava motivo forte para as discussões que a partir daí travaram sucessivas.

Mudava de território a galinha, de pronto se escutava do outro lado da cerca imprecações agoniadas do vozeirão da vizinha, dizendo-se prejudicada devido à importunação. À outra, no seu modo pacato, sobrava tirar por menos as ocorrências. Aquietava ouvidos, reações, prendia a ave, a respiração, no enquanto dos ânimos aos poucos se arrefecessem, de novo serenando a tradicional relação.

Numa dessas ocasiões, porém, o debate azedou:

- A senhora veja que grande absurdo! - instigou feroz a prejudicada. - Dessa vez, sua galinha exagerou na dose. Não só pulou a cerca, como veio devorar meu pé de arruda. Também seus bichos nada comem que mereçam – acrescentou exaltada.

- Mas... Vejo não, comadre, nisso nenhum absurdo, não - rebateu a outra, buscando amenizar o problema.

- Como não? É isso, sim, um verdadeiro absurdo! – determinou a vizinha furiosa.

- Acho não, comadre. Absurdo, nesse caso, seria seu pé de arruda pular a cerca e vir comer, do lado de cá, minha galinha - ousou dizer a reclamada, querendo restabelecer os revoltados ânimos.

A vizinha, surpresa com as palavras sensatas da vizinha de paz, só baixou os olhos e ainda deixou vir pequeno sorriso ao canto dos lábios, reconhecendo o argumento da amiga. Dali em diante, elas duas retornaram às boas e cuidaram de deixar por menos as filosofias da vida.

Depois de seis dias, novo tremor de terra é registrado em cidade do Ceará


Tremor de 2.8 foi registrado no limite das cidades Iracema e Jaguaribara. Em seis dias, é o segundo tremor de terra registrado no Ceará.

Um novo tremor de terra de magnitude 2.8 na escala Ritcher foi registrado às 10h42 desta segunda-feira (7) no Ceará. Esse é o segundo tremor de terra registrado no Estado em seis dias. De acordo com o Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte  (LabSis/UFRN), o epicentro preliminar foi determinado no município de Iracema, na divisa com o município de Jaguaribara, na Região Jaguaribara.

Dada a distância epicentral  uma determinação mais precisa será feita após a coleta de dados das estações mais próximas, revela o LabsSis. Segundo informações do técnico Francisco Brandão, da Defesa Civil do Ceará, o evento foi sentido em Jaguaribe. Informações coletadas por técnicos do laboratório confirmaram que o sismo também foi sentido no distrito de Mineiro, localidade ao sul do município de Jaguaribara, mas não na sede do município.

Paramoti

Na terça-feira (1º) um tremor de magnitude de 2.5 graus na Escala Ritcher foi registrado às 8h45 no município de Paramoti, a 103 quilômetros de Fortaleza. De acordo com Francisco Brandão, técnico da defesa Civil do Ceará, o temor foi registrado pelas estações sismográficas de Morrinhos e Sobral, na Região Norte do Ceará. O tremor teve o epicentro estimado em 7,5km de distância do centro da cidade. Outro tremor de magnitude 1.9 havia ocorrido há exatamente um ano, em 1º de abril de 2013.

Em 1997 foram registrados dois tremores de magnitudes 2.3 e 2.0 graus no dia 16 de fevereiro. Mais recentemente ocorreram dois eventos, um de magnitude 2.1, ocorrido em  2 de maio de 2012. Nesta quarta-feira (2), os técnicos Francisco Brandão, da Defesa Civil do Estado, e Eduardo Menezes, do Laboratório Sismológico da UFRN (LabSis/UFRN) irão à região para fazer um levantamento dos efeitos do tremor e conversar com a população e autoridades locais.
saiba mais

Escala Ritcher

Criada em 1935 pelo sismólogo americano Charles F. Richter, integrante do Instituto de Tecnologia da Califórnia, a escala Richter foi desenvolvida para medir a magnitude dos terremotos, que consiste no ato de quantificar a energia liberada no foco do terremoto. É uma escala que se inicia no grau zero e é infinita (teoricamente), no entanto, nunca foi registrado um terremoto igual ou superior a 10 graus na escala Richter. Um dos fatores é que ela se baseia num princípio logarítmico, ou seja, um terremoto de magnitude 6, por exemplo, produz efeitos dez vezes maiores que um outro de 5, e assim sucessivamente.

Do G1 CE


CRATO - Monumento a N. S de Fátima está quase pronto !



Nada como uma grande vontade de vencer, a quem tem um projeto em mente. O Deputado Ely AGuiar transformou esta estátua a N.S. de Fátima no seu projeto de vida e de mandato. Questão de honra. Nós que acompanhamos desde o início, vimos como isso deu trabalho. Eu fui lá pessoalmente com o Ely acompanhar e fotografar logo no início. E aí está. Será um grande monumento. SE a cidade vai despertar para o turismo religioso, isso já é outra questão que caberia em inúmeras crônicas. Por enquanto, eu só quero dar meus parabéns ao Deputado, pela feliz iniciativa, e a tremenda força de vontade em NÃO DESISTIR, quando tudo parecia perdido.

Por: Dihelson Mendonça
Foto: Edson Silva



EDVAL CIRILO LANÇA SEU PRIMEIRO LIVRO EM PONTA DA SERRA - Por: Antonio Correia Lima






Aconteceu na noite deste domingo, 06.05, o lançamento do primeiro livro de autoria de Edval Correia de Souza, mais conhecido por Edval Cirilo. 

O autor escolheu para o evento o terreiro da sua casa na Palmeirinha que corresponde ao espaço onde era edificada a casa dos seus pais, Raimundo Cirilo e Dona Mundinha. Os presentes foram brindados com exemplares do Livro ESCRE-VENDO, Memória de Uma Terra, com crônicas sobre fatos e objetos vivenciados pelo autor, como também, repassados pelos seus pais. Depois de entrar na fase da melhor idade, e confirmando o dito de fase da sabedoria Edval passou a desenvolver a escrita, e no decorrer de poucos anos, ele já produziu mais de 100 crônicas, e dentre essas, as que compõem a referida obra.

Fugindo do normal, um excelente livro é lançado num espaço não convencional, mas que foi um sucesso. O autor recepcionou a todos com um jantar com um cardápio de acordo com seus textos, e o ambiente foi decorado com objetos da época em que se passaram as histórias narradas em sua obra.

Esse foi sem dúvida um marco histórico do futuro município de Ponta da Serra, que pela primeira vez assiste a um lançamento de livro, e por cima, de um filho seu.

Por: Antonio Correia Lima
Colaborador - Blog da Ponta da Serra


Balança comercial inicia abril com déficit de US$ 470 milhões


A soja é um dos produtos mais exportados pelo BrasilValter Campanato/Agência Brasil
A balança comercial brasileira iniciou abril com déficit (importações maiores que exportações) de US$ 470 milhões. O valor, resultado de US$ 4,33 bilhões em importações e US$ 3,86 bilhões em exportações, abrange os quatro primeiros dias úteis do mês. No ano, o déficit acumulado alcançou US$ 6,5 bilhões contra US$ 6 bilhões no final de março. No mês passado, a balança fechou com pequeno superávit, de US$ 112 milhões, pior resultado para o período desde 2001. Os dados relativos a este mês foram divulgados hoje (7) pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

A média diária das exportações, que corresponde ao volume financeiro vendido por dia útil, ficou em US$ 965,8 milhões, crescendo 3% na comparação com a primeira semana de abril de 2013 e 4,1% ante março deste ano. Na comparação anual, as vendas de produtos básicos puxaram as exportações maiores, com alta de 9,7% principalmente em função de petróleo bruto, minério de alumínio, milho, carne suína, soja em grão, carnes salgadas e café em grão. Houve também alta de 2,6% na comercialização de semimanufaturados, com destaque para ouro, couros e peles; açúcar bruto e ferro-liga.

As vendas externas de produtos manufaturados, no entanto, não acompanharam o movimento de elevação, recuando 6,4% ante a primeira semana de abril de 2013. O motivo para as receitas menores obtidas com itens industrializados foi a queda no comércio de veículos de carga, automóveis de passageiros, autopeças, motores para veículos e partes, hidrocarbonetos, bombas e compressores e laminados planos.

Do lado das importações, a média diária ficou em US$ 982,7 milhões, 10,2% superior à registrada na primeira semana de abril do ano passado e 17,5% superior à de março de 2014. As aquisições do Brasil no exterior cresceram em relação a 2013 especialmente em razão de combustíveis e lubrificantes (alta de 27,8%), cereais e produtos de moagem (20,1%), aparelhos eletroletrônicos (alta de 18,9%) e instrumentos de ótica e precisão (12,5% maior).

Agência Brasil


Dólar cai para R$ 2,22 e fecha no menor nível em quase seis meses


Em queda pelo segundo dia útil seguido, o dólar fechou na menor cotação em quase seis meses. O dólar comercial fechou hoje (7) vendido a R$ 2,22, no menor valor desde 30 de outubro do ano passado, quando a cotação havia atingido R$ 2,192.

Apenas hoje, a cotação caiu 1,06%. Na mínima do dia, por volta das 16h, o dólar chegou a ser vendido a R$ 2,2125. A divisa acumula queda de 5,45% nos últimos 30 dias e de 6% no ano.
A queda ocorre menos de uma semana depois de o Banco Central brasileiro ter aumentado a taxa Selic, juros básicos da economia, para 11% ao ano. Juros mais altos favorecem a entrada de capital financeiro do exterior porque tornam as taxas brasileiras mais atrativas em relação às das economias avançadas.

Também contribuiu para a queda do dólar o fato de a taxa de desemprego nos Estados Unidos ter se mantido em 6,7% em março, acima das expectativas das instituições financeiras. A resistência do desemprego em cair indica que o Federal Reserve (Fed), Banco Central norte-americano, mantenha os juros próximos de zero por mais tempo que o esperado.
No mês passado, o Fed havia indicado que poderia aumentar os juros da maior economia do planeta a partir de 2015.

Agência Brasil


Dia Mundial do Combate ao Câncer: IPC alerta sobre câncer do colo de útero



No Dia Mundial do Combate ao Câncer, em 8 de abril, o Instituto de Prevenção do Câncer (IPC), unidade da Secretaria da Saúde do Estado, faz um alerta para a prevenção do câncer do colo do útero. O tumor é um dos mais frequentes na população feminina. No IPC, são realizadas em média dois mil atendimentos por mês, que vão de consultas ginecológicas a pequenas cirurgias, a mulheres em tratamento ou suspeita da doença. Dentre todos os tipos de câncer, o do colo de útero, é o que apresenta um dos mais altos índices de cura, se diagnosticado precocemente. “Prevenir é forma mais eficaz de combater a doença”, afirma a diretora médica do IPC, Ana Catarina Machado.

A prevenção da doença é feita através da realização regular de exames preventivos, sobretudo o Papanicolau, que detecta a doença nos estágios iniciais, aumentando assim as chances de sucesso do tratamento. O exame é simples, e realizado com a coleta da secreção do colo do útero, utilizando espátula e escovinha. Todas as mulheres que têm ou já tiveram atividade sexual, principalmente aquelas com idade de 25 a 59 anos devem fazer. Mulheres grávidas também podem fazer o preventivo. “O ideal é realizar o exame uma vez por ano. Em casos de alto risco, como quando a mulher tem HPV, é possível que seja recomendado com mais frequência, de seis em seis meses, por exemplo”, afirma a diretora.

O meio mais comum de contágio da doença é através da infecção pelo vírus HPV. Além de aspectos relacionados à infecção pelo vírus, outros fatores ligados a imunidade, a genética e ao comportamento sexual parecem influenciar na contaminação. Desta forma, o tabagismo, a iniciação sexual precoce, a multiplicidade de parceiros sexuais e o uso prolongado de contraceptivos orais são considerados fatores de risco para o desenvolvimento de câncer do colo do útero. A idade também é um fator importante no processo, já que, a maioria das infecções por HPV em mulheres com menos de 30 anos regride espontaneamente, ao passo que acima dessa idade a persistência é mais frequente.

Fonte: 2008 a 2011 MS/SVS/DASIS – Sistema de Informações sobre Mortalidade – SIM / 2012 e 2013 SESEA/COPROM/NUIAS                        

* Nota: dados parciais, sujeitos a revisão   
Assessoria de Imprensa do  IPC/Lacen / CIDH


Encontro estadual e congresso internacional debatem humanização nos serviços de saúde


A Secretaria da Saúde do Estado realiza nesta terça-feira (08), o I Encontro de Humanização e Redes Sociais de Apoio aos Usuários do SUS (Sistema Único de Saúde), das 8 às 17 horas, no hotel Mareiro, Avenida Beira Mar, 2380, Meireles, com o objetivo de fomentar a troca de experiências e o diálogo entre os serviços de saúde e as redes sociais de apoio. A programação faz parte da Semana Nacional de Humanização, que o Ministério da Saúde promove entre 7 e 11 de abril, em continuidade às celebrações de 10 anos da Política Nacional de Humanização (PNH), iniciadas em 2003. Ainda como parte da programação da semana, a Sesa participará do 11º Congresso Internacional da Rede Unida, que acontece de 10 a 13 de abril, no Centro de Eventos do Ceará.

No stand da Sesa, as unidades da rede pública de saúde farão apresentação de experiências de humanização dos serviços. Já estão programadas apresentações do Hospital Geral de Fortaleza (HGF), Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), Instituto de Prevenção do Câncer (IPC) e Centro de Especialidades Odontológicas (CEO Centro). Com o tema central: “Girar Vida, Políticas e Existências: a delicadeza da Educação e do Trabalho no cotidiano do SUS”, o evento visa contribuir propositivamente com os processos de mudança na formação e desenvolvimento de profissionais da área da saúde, bem como na transformação do modelo de atenção à saúde e na busca da consolidação do Sistema Único de Saúde em seus princípios e diretrizes.

O congresso da Rede Unida – associação brasileira que reúne projetos, instituições e pessoas interessadas na mudança da formação dos profissionais de saúde e na consolidação de um sistema de saúde – terá a participação de docentes e estudantes das profissões da saúde e relacionadas, trabalhadores dos serviços de saúde, residentes e representantes de organizações comunitárias, controle social e movimentos sociais para o debate em torno da saúde, da educação, da gestão e do trabalho em saúde, da participação cidadã, na perspectiva do fortalecimento do SUS. A programação prevê a realização de 100 távolas, 219 rodas de conversa, 38 oficinas, 4 fóruns, 60 convidados estrangeiros e apresentações de quase 3 mil trabalhos.

HumanizaSUS

No Ceará, a Política Estadual de Humanização na Atenção e da Gestão em Saúde no SUS, coordenada pela Coordenadoria de Gestão do Trabalho e da Educação Permanente na Saúde (CGTES), foi instituída em 2013 e é baseada na Política Nacional de Humanização (PNH), lançada em 2003. A PNH busca colocar em prática os princípios do SUS no cotidiano dos serviços de saúde, produzindo mudanças nos modos de gerir e cuidar. Estimula a comunicação entre gestores, trabalhadores e usuários para construir processos coletivos de enfrentamento de relações de poder, trabalho e afeto que muitas vezes produzem atitudes e práticas desumanizadoras que inibem a autonomia e a corresponsabilidade dos profissionais de saúde no trabalho e dos usuários no cuidado de si.

Assessoria de Comunicação da Sesa


URCA inicia inscrições para processo seletivo de professor temporário nesta terça (08)



Serão iniciadas nesta terça-feira (08) as inscrições do Processo Seletivo para Contratação de Professor Temporário da Universidade Regional do Cariri (URCA), nas Unidades de Iguatu, Campos Sales e Missão Velha. Serão destinadas 103 vagas para várias áreas dos cursos de Ciências Econômicas, Direito, Educação Física, Enfermagem, Ciências Biológicas, Letras e Matemática. As inscrições estarão abertas até o próximo dia 23 de abril. Os interessados poderão se inscrever, através do site da URCA, e no campus do Pimenta.

Locais de inscrição:

Os requerimentos de inscrição serão recebidos pela Comissão de Seleção na PROGRAD, Campus do Pimenta, à Rua Cel. Antônio Luiz, no. 1161 – CEP: 63.105- 000, Crato/CE, telefone (88) 3102-1244, bem como na Unidade da URCA localizada na Cidade de Iguatu, sito à Rua Evaldo Gouveia, no. 21, Bairro São Sebastião, Iguatu-CE, CEP: 63500-000, telefone: (88) 3581-3552, no horário das 9h00min às 12h00min e das 14h00min às 18h00min, de segunda à sexta-feira.

Os requerimentos de inscrição também poderão ser feitos através do endereço eletrônico:http://prograd.urca.br/concursos/ProfTemporario/, devendo a documentação exigida ser postada à Comissão de Seleção até o último dia de inscrição, através de SEDEX com Aviso de Recebimento (AR), no endereço Rua Cel. Antônio Luiz, no. 1161, Bairro Pimenta, Crato/CE, CEP.: 63.105 – 000.

A taxa de inscrição será no valor de R$100,00 (cem reais), a ser paga em qualquer agência da Caixa Econômica Federal, mediante depósito em favor da Universidade Regional do Cariri -URCA, Agência nº 0919-9, Operação nº 006, Conta Corrente nº 369-2, devendo o comprovante original do depósito ser afixado na ficha de inscrição.

Assessoria de Imprensa Universidade Regional do Cariri (URCA)



Juazeiro do Norte: Ministério Público quer coibir abuso do álcool na Sexta-feira Santa


Na Sexta Feira Santa milhares de devotos sobem à Colina do Horto

A Promotora de Justiça Alessandra Magda Ribeiro Monteiro se reuniu com representantes da Polícia Militar, Demutran, Conselho Tutelar, Vigilância Sanitária e o padre José Ventureli, para tratar do período da Semana Santa em Juazeiro do Norte. Alessandra Madga que evitar os excessos que constantemente acontecem durante a subida do horto. Como sempre, a maior preocupação tem sido com a bebida alcoólica. Apesar de toda recomendação e fiscalização, são muitas as pessoas que teimam em subir ao horto embriagadas e, ainda por cima, conduzindo bebidas.

Este ano a fiscalização da Polícia Militar será mais rigorosa nos dois locais onde o fluxo de pessoas é do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) irá manter o controle na subida dos veículos que só terão acesso pela estrada nova. A Vigilância Sanitária atuará no comércio ambulante de comida e o Conselho Tutelar agirá na fiscalização dos menores de 18 anos, principalmente se estiverem desacompanhados e ou ingerindo bebidas alcoólicas. Os trabalhos terão início na quarta-feira a noite se serão intensificados na quinta e sexta-feira santa.

Segundo Alessandra Magda, é preciso dar um basta nos abusos. A promotora orientou ao Capitão Agra, que veio representado a Polícia Militar, para que recolhesse toda bebida em poder das pessoas que pretendam subir ao horto na semana santa. “Ali é um local de peregrinação e oração e, levar bebida, mesmo que seja vinho, é um desrespeito enorme ao local onde o Padre Cícero escolheu em vida para fazer seu retiro espiritual”, afirma a promotora, alertando que estará de sobreaviso para qualquer solicitação da policia, caso haja necessidade.

Blog do Flávio Pinto News e colaboração de Roberto Bulhões


CRATO - Moradores do Bairro Vilalta pedem Socorro !!! - ACREDITEM OU NÃO, ISTO É UMA RUA NA CIDADE DA CULTURA ( Só se for da cultura do Lixo ).




Atendendo aos inúmeros pedidos dos moradores do Bairro Vilalta, estaremos fazendo diversas reportagens EM VÍDEO, onde mostraremos a realidade em que se encontra este bairro da cidade do Crato, que só é lembrado em época de eleição pelos políticos. Vejam aí acima, uma das ruas do bairro, se é que se pode chamar isso de rua. No Crato falta infraestrutura, carece de limpeza pública, carece de educação também por parte do povo, e carece de homens compromissados com o bem-estar da nossa cidade. 

A imagem acima é o Retrato Fiel da Realidade
O Retrato do DESCASO que tomou conta do Crato, onde até ontem, até sianis de trânsito não funcionavam no centro. É mole ou quer mais ? Mas isso vai ficar bonito é em vídeo e com a população falando, porque o povo é soberano e sabe das suas reais necessidades!

Por: Dihelson Mendonça
Foto: Carlos Eduardo Pereira



Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30