xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 22/02/2014 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

22 fevereiro 2014

Venezuela tem um sábado de protestos

(Agências de Notícias)

A oposição venezuelana convocou para este sábado uma passeata exigindo o fim das milícias chavistas, com as quais o governo nega vínculos, como parte da onda de protestos que toma conta do país há três semanas e que já deixou nove mortos.

Protesto em Caracas termina em confronto entre manifestantes e policiais
(“Estado de S.Paulo”, domingo 23.fev.2014)

Cerca de 500 estudantes entraram em confronto com a Guarda Nacional Bolivariana na noite deste sábado; reportagem do Estado flagrou quatro prisões
A Guarda Nacional Bolivariana (GNB)  reprimiu no começo da noite deste sábado, 22,  uma manifestação de estudantes na Praça Altamira, na zona leste de Caracas, na Venezuela.  No fim da tarde, o clima pacífico das manifestações foi mais uma vez substituído pelo confronto e pela violência. Enquanto Maduro falava em rede nacional de rádio e TV um grupo de cerca de 500 estudantes entrou em confronto com a polícia.

"A repressão sempre é maior quando Maduro fala em cadeia. Na quarta-feira eu tive de me esconder num prédio com dois outros estudantes para não ser presa", disse ao Estado a estudante Aranxtsa Pomonty, de 18 anos. "Eles esperam a noite para reprimir." A manifestação se dispersou e a GNB avançou pela Avenida Francisco de Miranda na direção do distrito de Chacao. Os estudantes responderam tentando erguer barricadas com lixo queimado na rua. A reportagem do Estado viu ao menos quatro manifestantes sendo presos pela polícia.

Opinião dos leitores:

Retrato da destruição
O presidente Nicolás Maduro mandou prender Leopoldo López porque ele convocou a população a ir às ruas por causa da grave crise econômica que a Venezuela vem enfrentando e dos altos índices de violência. Os chavistas podem convocar a população para ir às ruas aplaudir esse governo desastrado que acabou com o país, mas a oposição não pode nada, é isso? É mesmo assim que reagem governos autoritários, populistas e comunistas. A Venezuela tem a gasolina mais barata do mundo e vem perdendo a sua maior riqueza porque os chavistas enfiaram as mãos no dinheiro dos venezuelanos e estão sujeitos a perder a sua galinha dos ovos de ouro. O governo brasileiro, que assiste a tudo calado, pensa exatamente igual. Por aqui já tentaram acabar com a Petrobrás, que está com os cofres arrombados, basta ver o valor de suas ações. O Brasil faz parte do cinturão vermelho que protege o governo venezuelano, portanto, precisa ficar calado.
(Izabel Avallone – izabelavallone@gmail.com - São Paulo)

Tragédia em três atos
O slogan chavista "Pátria, Socialismo ou Morte" converteu-se numa tragédia em três atos. Havia uma pátria, na qual se tentou instalar o socialismo por vias tortas e agora, no terceiro e trágico ato, a morte dos que protestam.
(Claudio Juchem – cjuchem@gmail.com – São Paulo)
                                                                                   
Charge do "Diário do Nordeste" deste domingo
                                                    

Corpo intacto

Ao terminar sábia conferência que proferiu na cidade de Juazeiro do Norte, ocasião de um evento de Direito, o renomado jurista baiano Fernando da Costa Tourinho Filho transmitiu anotação no mínimo instigadora, face à originalidade histórica que apresenta. Em conseqüência, achei de bom alvitre recontar, fazendo-os parceiros de igual oportunidade.

Quando no fechamento de suas palavras voltadas aos aspectos vários da prisão no Direito Penal brasileiro, teceu considerações sobre achado incomum verificado em Roma, entre fins do século XVIII e começos do século XIX. No decorrer de escavações arqueológicas realizadas na Via Apia, trabalhadores localizaram uma urna mortuária, resquício da antiga civilização romana. Logo em cima da peça rara evidenciava-se a inscrição: Júlia, filha de Cláudio.

Adotados os métodos próprios, foi aberta a urna e revelado o seu interior. Continha os restos mortais de bela jovem de aproximados 15 anos, com longos cabelos louros derreados sobre alvo e despido dorso, quedando-se todo o corpo no mais perfeito estado de conservação, livre das marcas destruidoras do tempo na matéria, o que sói acontecer, mas inocorrera.

A insólita descoberta causou espanto no seio dos que executavam o trabalho, motivando a rápida divulgação da notícia aos demais habitantes da comunidade, que afluíram em multidão para ver o estado inalterado daquela fisionomia, tantos séculos depois de retornar à natureza.

O caso não demorou a chegar aos ouvidos das autoridades eclesiásticas, que, apreensivas com os rumos do episódio, nele anteviram evidências prováveis de manifestações pagãs voltadas a esse mistério, e, sob pretexto de melhor examinarem a relíquia, depositaram-na em sítio secreto, fora da visitação pública, jamais informado até os dias de hoje.

Nas expressões persuasivas do Prof. Tourinho Filho, homem íntegro, por isso merecedor da credibilidade de quem priva do seu convívio, a visão maravilhosa daquele corpo eternizar-se-ia na alma de quantos ainda puderam contemplar a  incolumidade da sua beleza.

GASTANÇA DO DINHEIRO PÚBLICO - CRATO PRÓXIMO AO LIMITE PRUDENCIAL


SEGUNDO DADOS DO TCM DO CEARÁ - ÚLTIMO RELATÓRIO QUADRIMESTRAL DE 2013 - A GASTANÇA DE DINHEIRO PÚBLICO CONTINUA NAS PREFEITURAS DO CEARÁ! É O CAOS - A INCOMPETÊNCIA E O ABUSO! HORA DE DAR UM BASTA! VEJA SITUAÇÃO DO SEU MUNICÍPIO


Todo dinheiro público é pouco se os que estiverem frente ao poder priorizarem sempre seus interesses

O Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Ceará publicou o relatório de acompanhamento gerencial dos 184 municípios cearenses, baseado no SIM (Sistema de Informações Municipais) que mostra o comprometimento das despesas com folha de pessoal em relação à receita corrente líquida em todo o ano de 2013. NA VERDADE UM RAIO X que mostra o desastre que são os novos prefeitos que tomaram posse em janeiro de 2013. UMA SAFRA DE PREFEITOS QUE VIVEM EM BRASÍLIA EM MARCHAS, PARA QUEM TODO DINHEIRO É POUCO. Dotados de uma sanha para gastança das verbas públicas e um talento para violar direitos humanos fundamentais da população, como saúde, educação, segurança, cultura... e um apetite voraz de traça para devorar os direitos dos servidores municipais, para contratar até sombra e ignorar concurso público. Têm predileção principalmente por apropriar-se de verbas previdenciárias, sejam do INSS, seja do regime próprio de previdência, não perdoam nem as verbas dos empréstimos consignados bancários. CONSEGUIRAM SER PIOR DO QUE OS ANTECESSORES. É A GERAÇÃO DE PREFEITOS DA GASTANÇA, DA FARRA COM DINHEIRO PÚBLICO, DO DESCOMPROMISSO, QUE PISAM NO ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO. É A GERAÇÃO DAS VIOLAÇÕES. O incrível é que a maioria dos vereadores, que deveria fiscalizar e dar um basta em tal abuso, vão junto no mesmo barco, irresponsavelmente! Sacrificando o interesse público para satisfação de vaidades pessoais, familiares ou de grupelhos políticos, que se comportam como parasitas. Verdadeiros vírus periculosos!

A SITUAÇÃO NOS MUNICÍPIO CEARENSES É CALAMITOSA E FICA CLARO QUE O PROBLEMA NÃO É FALTA DE DINHEIRO, pelo contrário, têm recebido verbas mais do que nunca! O problema, da grande maioria dos prefeitos é a falta de responsabilidade na gestão de todo o patrimônio público juntamente com os grupos políticos que estão à frente do poder; falta de respeito com a adoção de políticas públicas que garantam a efetivação dos direitos fundamentais mínimos dos munícipes; apropriação radical da máquina pública em todos os sentidos, aumento de corrupção, descompromisso com os objetivos da República, violação radical a todos os direitos mínimos dos servidores municipais, conseguindo piorar o que já é ruim, suprimir direitos que sequer foram implementados, muitos deles e delas políticos que vieram dos movimentos sociais traindo tudo que defendiam antes, como associações e sindicatos. Alguns conseguindo ser piores que aqueles que antes combatiam. Tudo isso, sem falar na cooptação de sindicatos, através de favorecimentos pessoais, familiares ou politiqueiros para algumas lideranças confusas e oportunistas, como nunca se viu antes, o que aprofunda a crise de representação e enfraquece, sobremaneira a democracia representativa.

VEJA NA TABELA ABAIXO, elaborada por Dr. Valdecy Alves com a colaboração da Dra. Mara Paula, Dr. Fridtjof Alves e Dra. Ilíada Karnak, e tenha acesso à situação do seu município, pois dos 184 municípios do Ceará, O RAIO X DA GASTANÇA EM TODO O ANO DE 2013, apenas 32 estão dentro do limite estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal; 97 estão na zona de alerta (sinal amarelo) e 55 deles estão na zona vermelha, estourados, falidos (Em alguns desses nem o dinheiro dos empréstimos consignados são repassados aos bancos - nem o dinheiro do INSS ou do fundo próprio de previdência e ainda tentam criar fundo municipal de previdência onde não tem, porque a sede para o desvio não tem fim... e tais fundos de previdência são presas fáceis):

Fonte: Blog do Valdecy Alves


Até o Ibope já reconhece: Avaliação positiva do governo Dilma volta a cair após meses de estabilidade

Segundo levantamento realizado pelo Ibope, parcela dos brasileiros que consideram gestão federal boa ou ótima passou de 43% em dezembro para 39% neste mês

(“O Estado de S.Paulo”)
São Paulo - (atualizado às 21h45) A taxa de aprovação ao governo Dilma Rousseff teve neste mês a primeira queda desde as manifestações de junho do ano passado. Segundo pesquisa Ibope/Estado, a parcela de brasileiros que considera a administração do País boa ou ótima diminuiu de 43% para 39% entre o início de dezembro e a metade de fevereiro.
Com esse refluxo, a avaliação positiva do governo voltou aos níveis observados entre agosto e novembro, quando oscilou entre 37% e 39%. Antes disso, a taxa havia sofrido um tombo, passando de 55% em pesquisa Ibope do início de junho para 31% em julho. Entre esses dois levantamentos ocorreu a massificação dos protestos de rua nas principais cidades do País.
                                                  

Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31