xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 20/01/2014 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

20 janeiro 2014

Ânimo forte - Por: Emerson Monteiro

Em épocas críticas, precisamos levantar os olhos e buscar forças internas, por vezes desconhecidas, mas de primordial importância na preservação do gosto de viver com maestria. Nesses períodos austeros, as responsabilidades de um veículo de comunicação crescem no sentido de formar as consciências, razão de lhe caber papel estratégico na manutenção do espírito elevado nos que o manuseiam à cata de valores.

E os tempos políticos e econômicos atuais geram, a seu modo, preocupações de várias ordens, nos diversos quadrantes do cotidiano.

Pais de famílias avaliam o futuro e se apreendem pelos filhos. Jovens sentem a exiguidade dos instrumentos para forjar válidos objetivos. Sociedades carecem de providências administrativas a corresponder aos desafios urgentes da hora.

No quadro geral, há reclamações de retoques na realidade impostos sob coerência que deveriam ter e, no entanto, isto não ocorre no curto prazo, a demonstrar vistas turvas daqueles que conduzem o rebanho humano. De outro lado, a Natureza segue a ordem eterna, a falar de sonhos e das perspectivas de quando se enfoca o pólo positivo.

O modo no utilizar das normas do viver precisa aprimoramento. Ninguém há de negar que o progresso propicia maravilhas. A todo instante, novas fontes de poder trazem inovações. Em face disso, torna fácil admitir potencial e saber dos fatores vitais de sobrevivência.

Antes de quaisquer atitudes negativas, portanto, se concentrem esforços e escolham os melhores caminhos. Depois, o resultado prático indicará os andamentos, numa espécie de geração espontânea. Para chegar à felicidade, longos trechos apresentam oscilações, dificuldades, instabilidade relativa, que bom senso resolverá.

Preservar o espírito de vitória, por isso, sustentar o ânimo de lutar, base firma da epopéia do crescimento a que todos se submetem, jornada adentro do viver com sabedoria e sucesso.

As guerras, a inflação, os dramas familiares, demais impasses temporárias, mudam a toda hora nos eus contrários, nas experiências inevitáveis da formação da personalidade e crescimento individual, fatores de integração e unidade espiritual. Eles não são opositores e, sim, complementares.

Religiosidade, filosofias e sentimentos agradáveis, amizade, beleza, arte, poesia, idealismo, esperança, altruísmo, revestem os elementos ao dispor, na procura pelo sentido existencial da história.

Porquanto os mestres indiquem a direção e exista, nos mistérios da vida, a chance fabulosa da verdadeira felicidade, amar com vigor as coisas boas da existência, tal a condição da paz no coração da gente. Sintonizadas, as realizações nascerão por via de consequência junto com o sol das manhãs, peças em movimento do sistema universal.

Vivamos com intensidade o dom especial de partilhar tudo isso com os demais, e elaborar a melodia da Eternidade através da liderança de Si Mesmo, artífices da Paz, eis o que somos todos nós.

A FESTA DA SANTA CRUZ DA BAIXA RASA



Artigo de Cacá Araújo¹ 
Baseado em relatos populares

Um vaqueiro vindo do Pernambuco atravessava a Floresta do Araripe. Chegando à Baixa Rasa parou para descansar. Exausto, faminto e fraco, resolveu ali ficar, à espera de que alguém passasse e pudesse lhe ajudar, saciando-lhe a fome e a sede. Sua valentia de sertanejo ainda o ajudou a resistir por alguns dias.

O corpo sem forças. O desespero e a agonia já o dominavam quando, mesmo com a vista turva, conseguiu ver um grupo de homens montados em burros, que seguiam em comboio, certamente transportando mercadorias. Tentou gritar, mas sua voz, quase apagada pela tirania da fome e da sede, produziu apenas um fraco sussurro. Não foi ouvido e os homens seguiram seu destino rumo ao Crato.

Repentinamente um dos comboieiros, numa avivada de consciência, disse aos camaradas que lá para trás tinha visto um homem caído bem na beira da rodagem. Resolveram voltar para ajudá-lo, mas ele já havia morrido. Morte silente, testemunhada pelos pássaros e pelas plantas que pareciam chorar diante daquele quadro de desventura. Encontraram-no sobre folhas secas, a cabeça escorada numa raiz de árvore, os olhos abertos ainda reclamando um sopro de misericórdia. Fecharam-lhe os olhos. Libertaram sua alma. Seu corpo foi enterrado ali mesmo, no palco encantado de seu teatro de agonia. Com varas da mata fizeram a cruz que cravaram em sua cova. Isso aconteceu, segundo relatos, nos idos de 1880. Nascia, assim, o mito da Santa Cruz da Baixa Rasa.

O martírio daquele vaqueiro foi divulgado pelo grupo de comboieiros ao povo da região. Tomados pela compaixão e motivados pela forte religiosidade, os moradores dos arredores passaram a frequentar o lugar e rezar por sua alma, a fazer promessas, a suplicar milagres.

São diversas as histórias sobre a origem do mito. Mas o real é que vários milagres são atribuídos à Santa Cruz da Baixa Rasa, dentre eles o atendimento a uma promessa feita por uma senhora, em 1914, quando uma terrível peste espalhou-se por diversos pontos do Nordeste. Ela, com inabalável fé, pediu que a epidemia não chegasse ao Cariri. Foi atendida e o povo da região ficou livre da doença. Essa senhora era conhecida como Vó Pretinha, matriarca da família Estêvão, família que até hoje mantém a tradição de rezar aos pés da Santa Cruz da Baixa Rasa.

Muitas graças foram e são alcançadas e, todo 25 de janeiro, uma grande romaria de devotos acorre ao local, que fica a cerca de 20 quilômetros da cidade do Crato, dentro da Floresta Nacional do Araripe.

Uma clareira aberta no coração da mata virgem. Ventos soprando a ancestralidade de um povo religioso, que ainda tem o privilégio de conviver com a natureza divina, mãe de todas as crenças e mitos e desejos e esperanças. Um oráculo nordestino onde os filhos da terra procuram respostas que lhes livrem da ação implacável da esfinge que a todo tempo lhes apavora com a possibilidade de condenação ao inferno. A Santa Cruz da Baixa Rasa é magia matuta. É a busca incansável da felicidade. É o céu que se insinua aos impuros que buscam a clemência de Deus.

Purgar os pecados, pagar promessas, cantar, rezar pela cura e por querer ser feliz. Aqui, instala-se um ritual misto de sagrado e de profano: missa, devotos, benditos, vaqueiros, bandas cabaçais, reisados, maneiro pau, penitentes, cantadores de viola, políticos de matizes diversos, pesquisadores, curiosos. É o espírito da devoção e da festa, como no princípio, onde o sagrado e o profano eram um só.


¹Cacá Araújo (texto e foto) é professor, dramaturgo e folclorista, diretor da Cia. Brasileira de Teatro Brincante, radicado em Crato-CE.

Crato - Notícias Administrativas - 20 de Janeiro de 2014


Programa Minha Casa Minha Vida em Crato sai definitivamente do papel

O programa Minha Casa Minha Vida em Crato começa a sair definitivamente do papel na gestão do prefeito Ronaldo Gomes de Mattos. De acordo com o secretário da Cidade, José Muniz, o Minha Casa Minha Vida existe, está em pleno funcionamento e passando agora pela parte burocrática, ou seja, efetivação de convênios e  aporte de recursos para início das obras.

Ao mesmo tempo, a prefeitura iniciou nas comunidades ciclos de palestras para informar como a população pode participar do programa para adquirir sua casa própria, bem como, em outro momento, retornará aos bairros para cadastrar as pessoas. Em fevereiro as obras se iniciam. O secretário já manteve contato com as empresas ganhadoras que irão construir os conjuntos habitacionais. A prefeitura vai agora, segundo Muniz, fazer a sua parte deslocando famílias para os conjuntos e dotando os conjuntos de toda a infraestrutura possível, como creches, praças, ampliar escolas próximas para receber novos alunos, ampliar  o sistema de transporte escolar, enfim, montar toda a estrutura definitiva desses conjuntos habitacionais novos.

As primeiras casas do programa em Crato serão construídas em dois conjuntos habitacionais no Barro Branco. Estão sendo contratadas junto à Caixa Econômica mais 1.300 casas para  a construção de um conjunto na Vila Lobo (nas proximidades do Vale do Amanhecer)  outras  816 casas também na Vila Lobo, na entrada do Baixio das Palmeiras, na estrada que dá acesso à Arajara. O programa MCMV não se trata apenas de construir casas, mas de novos ambientes e surgimento de novas comunidades com estrutura montada gerando mais qualidade de vida para a população. Para este ano de 2014 a prefeitura  em parceria com os governos federal e estadual inicia 1.578 casas com uma complementação que está sendo negociada passando de duas mil casas.  Até 2016 a previsão é que quatro mil casas sejam conveniadas com a Caixa Econômica Federal, órgão financiador do programa.

Com esses números do Minha Casa Minha Vida a ideia é diminuir significativamente o déficit habitacional do Crato, estimado atualmente pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 5.669 unidades habitacionais.

Prefeitura do Crato e SECULT promovem oficina de dança contemporânea

A Prefeitura do Crato e a Secretaria Municipal de Cultura (SECULT), através da Célula de Gestão de Equipamentos, realizam de 22 a 24 e 27 a 31 de janeiro, no Teatro Municipal Salviano Arraes Saraiva, das 10h às 12h, oficina de dança contemporânea com o professor e coreógrafo EdneyD’Conti. A oficina reúne estratégias lúdicas que articulam movimentos cotidianos e a prática em dança contemporânea, orientadas por atividades físicas dançantes que desenvolvem a criatividade, fortalecem habilidades e promovem alternativas físicas e de consciência corporal. Uma pesquisa do corpo e suas possibilidades de movimentações. Bailarino, coreógrafo e professor de dança, EdneyD’Conti é professor de dança contemporânea da Cia. de Dança e do Centro de Movimentos Deborah Colker. Ele coreografou para várias companhias de dança e espetáculos de teatro, e participou também, como bailarino, do programa Amor & Sexo, da Rede Globo.

Novos secretários municipais tomam posse nesta segunda-feira, 20

Na manhã desta segunda-feira, 20, tomam posse dois novos secretários na gestão do prefeito Ronaldo Gomes de Mattos, em Crato. Na secretaria de Segurança Pública, Cidadania, Transporte e Trânsito, sai Afonso Siqueira e entra Dr. Castro Bonfim, delegado aposentado da Polícia Federal. Afonso assume outra função dentro da mesma secretaria. Na secretaria de Obras Alender Honório sai e entra Tacio Luís de Carvalho. As posses acontecem nesta segunda-feira, 20, na sede do Demutran, no Bairro São Miguel, às 8 horas.

Crato se prepara para romaria de Nossa Senhora das Candeias

Na última sexta feira, 17, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Crato organizou uma reunião no Gabinete do Prefeito onde foram traçadas algumas das ações para a Romaria de Nossa Senhora das Candeias no município. É notório que a cidade de Juazeiro do Norte contempla um maior número de romeiros, todavia há uma procura considerável de turistas religiosos a cidade do Crato na peregrinação das Candeias.

Tendo como objetivo disponibilizar segurança, conforto e comodidade ao turista religioso foi esclarecido durante a reunião que o município do Crato estará preparado  para atender todos os romeiros da melhor forma durante os dias 29, 30 e 31 de janeiro e 1º. de Fevereiro, dia que antecede ao de Nossa Senhora das Candeias, comemorado dia 2 de fevereiro e é nesse dia em que os fiéis procuram a cidade de Juazeiro do Norte pela tradição da procissão. Na reunião estiveram presentes além do secretário de Desenvolvimento Econômico, Venâncio Saraiva, a secretária de Cultura Dane de Jade, a secretária de Saúde do município, Aline Alencar, da Assistência Social Elizangela Rodrigues, do corpo de bombeiros, capitão Assis Sobrinho,  do Demutram Alfredo Alencar, da Guarda Municipal Paulo Sergio e da Diocese do Crato Padre Edmilson Neves. Na ocasião ficaram definidos os seguintes pontos: a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, por meio do Núcleo de Turismo estará com stands com técnicos disponibilizando informações sobre a cidade como um todo. A Assistência Social do Crato estará com uma equipe de profissionais especializados com atendimento especial a crianças e idosos, apoio aos turistas que se perderem na cidade, bem como,  com fiscalização em relação ao trabalho e prostituição infantil. O  Demutran estará aparelhando a sinalização de forma a facilitar a logística do turista. A Secretaria de Meio Ambiente estará distribuindo mudas de plantas como incentivo a preservação, os bombeiros irão promover sessões de exercícios e estarão a postos para situações emergenciais.

A Secretária de Saúde, Aline Franca ressalta que irá sinalizar com Casas de Saúde da cidade para necessidades hospitalares, mas ficarão a postos profissionais de saúde com atendimento de verificação de pressão arterial, distribuição de soros de reidratação oral e também atendimentos no Posto de Especialidades no Centro da Cidade. O responsável pela pasta de Desenvolvimento Econômico Venâncio Saraiva explica que o trabalho de incentivo ao turismo religioso será uma constante no município “O potencial turístico religioso do Crato é indiscutível, por meio do Governo do Crato estaremos trabalhando para que o nosso turista seja atendido da forma mais adequada e volte sempre” conclui.

Encontro discute o planejamento estratégico das comemorações dos 250 anos do Crato

Na última sexta-feira, 17,  estiveram reunidos no Salão Nobre da Prefeitura do Crato representantes das secretarias de Assistência Social, Educação, Esporte, Desenvolvimento Econômico, Assistência Social, Cultura, Saúde e assessoria da primeira dama do município para que fossem definidas algumas das estratégias para as comemorações dos 250 anos do Crato.
A reunião foi iniciada pela Secretária de Cultura Dane de Jade que apresentou uma planilha onde foram detalhadas informações sobre o direcionamento em relação as comemorações alusivas aos 250 anos da cidade do Crato. Com o chamamento “Eu faço parte dessa história” a secretária de cultura sinalizou a premissa de que no município uma das maiores potencialidades é a diversidade. “O real objetivo das comemorações será promover e divulgar o Crato com suas potencialidades culturais, originando ações culturais que atuem junto a comunidade de uma forma geral”, explica Dane da Jade. A proposta é que seja realizado um trabalho histórico, cultural e ambiental na união de estratégias de desenvolvimento de mobilização da educação, em meio a ações de cidadania e entretenimento.

Uma das peculiaridades das festividades dos 250 anos do Crato é que as atividades serão realizadas a cada dia 21, tendo inicio amanhã, 21 de janeiro indo até o ponto culminante das comemorações, no dia 21 de junho. Amanha, terça-feira, dia 21, será lançado o edital de criação da logomarca Crato 250 anos. O edital estará disponível no site da Prefeitura e o resultado está previsto para 21 de fevereiro. A próxima reunião onde serão tratados mais pontos sobre as ações do Projeto Crato 250 anos já está marcada para o próximo dia 28.

Fonte: PMC


Plataforma afunda em Quixadá


Quixadá. A população de Quixadá, considerada a maior cidade do Centro do Estado, com mais de 80 mil habitantes, passou o fim de semana sem água. Segundo moradores do distrito de Tapuiará, onde está situado o açude Pedras Brancas, de onde é captada a água para abastecimento da área urbana de Quixadá, a plataforma de bombeamento da água afundou na última sexta-feira, 17, provocando a paralisação do fornecimento na cidade.

O afundamento da plataforma causou colapso no abastecimento d´ água e deixou cerca de 80 mil habitantes sem água no fim de semana. FOTO: ALEX PIMENTEL

Conforme a central de atendimento da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) o problema foi solucionado na manhã deste domingo. A paralisação havia ocorrido em razão de manutenção no sistema de abastecimento. Mais detalhes não foram informados. Apesar do açude estar atualmente apenas com pouco mais de 26% de sua capacidade, não se trata de racionamento, ressaltou a funcionária.

Mesmo assim muitos moradores, principalmente do Campo Novo, do Campo Velho e do Alto São Francisco, alguns dos principais e mais populosos bairros da cidade continuavam reclamando da falta de água. Eles desconfiam do início do racionamento. "A Cagece não divulgou o início do corte no fornecimento de água, para não deixar os consumidores em pânico. Senão todo mundo ia correr para tirar água das torneiras, comentou a dona-de-casa Maria Lúcia Ferreira. Ela mora no Campo Velho.

Os últimos dados do Portal Hidrológico do Ceará, desenvolvido pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), colhidos na noite deste domingo, apontam 112 açude do Ceará com volume inferior a 30%. Apenas um reservatório hídrico tem volume superior a 90%, o Gavião em Pacatuba, na região metropolitana de Fortaleza. Mesmo assim tem capacidade apenas para 53 milhões de m³. O Castanhão, maior açude do Estado, está com 39,29% do seu volume, mas tem capacidade para 6.7 bilhões de m³. 

Fonte: DN


ATENÇÃO PROFESSORES DO CRATO - Convocação !


CRISE NA EDUCAÇÃO


ATENÇÃO PROFESSORES - A WebTV Chapada do Araripe, no seu programa FATOS em FOCO irá realizar uma reportagem sobre as reivindicações dos professores e a Crise na Educação do Crato. Precisamos entrevistar pessoas que saibam falar em nome da categoria, que saiba explicar essas reivindicações. É pra ONTEM... pode ser 3 ou 4 pessoas, ou várias, onde cada um fala sobre um tema. Entre em contato comigo INBOX pelo Facebook, ou pelo E-mail: blogdocrato@hotmail.com


Crato - Previsão do Tempo para hoje, 20 de Janeiro de 2014



Fonte: Accuweather

Que futuro se espera de uma nação de IDIOTAS ?



O que está sendo feito da EDUCAÇÃO das nossas crianças ? Estão sendo "educadas" pelo rádio e pela TV ? Qual o futuro que se espera de uma nação de idiotas ?

Por: Dihelson Mendonça
Foto compartilhada na rede social Facebook


Tipos Populares do Crato - Por: Carlos Rafael Dias


Historicamente, o cotidiano citadino sempre foi rico em tipos populares e/ou exóticos. São ilustres conterrâneos, que ajudaram ou ajudam a construir a fama do Crato como uma cidade, por assim dizer, especial e diferente. Essas pessoas estão imortalizadas na crônica informal que se preserva através da oralidade dos cratenses. Dentre loucos, bêbados, homossexuais, prostitutas, comediantes ou meros presepeiros, artistas ou somente simples cidadãos, cito alguns: Tandor, Capela, O Brigadeiro, Glorinha, Maria Rôxa, Antonio Cornin, Chupetinha, Sorriso, 90, Chico Soares, Seu Jefferson do Fundão, Clélio Reis, Nemezin, Geraldo Urano, Alagoano, Ramiro, (o homem mais feio do mundo), Mestre Eloi, Tomé, Huberto Cabral, Alderico de Paula Damasceno, Mestre Lucas, Luís Jacu, Chico Bocão, Manel D’Jardim, Moacir Siqueira (O Joinha), o poeta Zé de Matos, Padre Verdeixas (o Canoa Louca), Expedita do Bode, Zé Dolinha, Blandino, João do Crato, Cicinho do Pau do Guarda, Lobão (que são dois: o do Banco do Brasil e o da Toca do Lobão), Chico Pão, Cândido Figueiredo (Seu Câindo), Chico Curto, Roberto Batata, José Roberto França, Mazinho da Rádio Araripe, Pedro Bantim, José de Paula Bantim, Seu Almir (da Boite Colibri), Chaguinha Sapateiro, Seu Irineu Linard, Pedro 21, Cícero Amizade, Jotinha, Zé Bedeu e...

Ajudem-me a completar esta listagem, pois pretendo, na medida do possível, reproduzir aqui alguns causos que envolvem essas personagens.

Carlos Rafael Dias 
Via www.blogdocrato.com



Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30