xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 30/11/2013 | Blog do Crato
.

VÍDEO - ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Prefeito do Crato é escolhido um dos melhores prefeitos do Ceará pela PPE Eventos, em Fortaleza. ( 09-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

30 novembro 2013

FIQUE POR DENTRO ! - Por Maria Otilia


O dia 01 de dezembro é considerado uma  data referência mundial da luta contra a AIDS. São realizados diversos movimentos, encontros, seminários, roas de conversas, panfletagens, etc., envolvendo todas as faixas etárias .Lembrando  a todos os leitores deste blog que o mais importante é a prevenção através da informação.E no caso de quem já é portador desta doença, cabe a todos nós acolher, sermos parceiros e buscar juntos  o melhor tratamento. Como já dizia Cazuza, na bela letra da sua música, "...mas se você achar que eu tô derrotado, saiba que ainda estão rolando os dados, porque o tempo não pára, estou sobrevivendo sem nenhum arranhão, da caridade de quem me desta...."
Fique por dentro do informativo abaixo sobre AIDS, extraído do site da Fundação Viva Cazuza.Faça uma boa leitura.
                                                                 


Você sabe o que é Aids?


A AIDS, Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (sigla do inglês: Acquired Immune Deficiency Syndrome) se manifesta após a infecção do organismo humano pelo Vírus da Imunodeficiência Humana, o HIV (sigla do inglês - Human Immunodeficiency Vírus).
Síndrome: Grupo de sinais e sintomas que, uma vez considerados em conjunto, caracterizam uma doença.
Imunodeficiência: Inabilidade do sistema de defesa do organismo humano para se proteger contra microorganismos invasores, tais como: vírus, bactérias, protozoários, etc.
Adquirida: Não é congênita como no caso de outras imunodeficiências. A aids não é causada espontaneamente, mas por um fator externo (a infecção pelo HIV).
Este vírus tem período de incubação prolongado antes do surgimento dos sintomas da doença, infecção das células do sangue e do sistema nervoso e supressão do sistema imune.
A aids é uma doença complexa, uma síndrome, que não se caracteriza por um só sintoma. Na realidade, o vírus HIV destrói os linfócitos - células responsáveis pela defesa do organismo -, tornando a pessoa vulnerável a outras infecções e doenças oportunistas, chamadas assim por surgirem nos momentos em que o sistema imunológico do indivíduo está enfraquecido.
Há alguns anos, receber o diagnóstico de aids era quase uma sentença de morte. Atualmente, porém, a aids pode ser considerada uma doença de perfil crônico. Isto significa que é uma doença que não tem cura, mas tem tratamento e uma pessoa infectada pelo HIV pode viver com o vírus por um longo período, sem apresentar nenhum sintoma ou sinal.
Isso tem sido possível graças aos avanços tecnológicos e às pesquisas, que propiciam o desenvolvimento de medicamentos cada vez mais eficazes. Deve-se, também, à experiência obtida ao longo dos anos por profissionais de saúde. Todos estes fatores possibilitam aos portadores do vírus ter uma sobrevida cada vez maior e de melhor qualidade.

 Sintomas
A aids não se manifesta da mesma forma em todas as pessoas. Entretanto, os sintomas iniciais são geralmente semelhantes e, além disso, comuns a várias outras doenças. São eles: febre persistente, calafrios, dor de cabeça, dor de garganta, dores musculares, manchas na pele, gânglios ou ínguas embaixo do braço, no pescoço ou na virilha e que podem levar muito tempo para desaparecer.

Com a progressão da doença e com o comprometimento do sistema imunológico do indivíduo, começam a surgir doenças oportunistas, tais como: tuberculose, pneumonia, alguns tipos de câncer, candidíase e infecções do sistema nervoso (toxoplasmose e as meningites, por exemplo).
 Formas de Contágio

Assim Pega:
· Sexo vaginal sem camisinha
· Sexo anal sem camisinha
· Uso da mesma seringa ou agulha por mais de uma pessoa
· Transfusão de sangue contaminado
· Mãe infectada pode passar o HIV para o filho durante a gravidez, o parto e a amamentação
· Instrumentos que furam ou cortam, não esterilizados.
Assim não pega:
· Sexo, desde que se use corretamente a camisinha
· Masturbação a dois
· Beijo no rosto ou na boca
· Suor e lágrima
· Picada de inseto
· Aperto de mão ou abraço
· Talheres e copos
· Assento de ônibus
· Piscinas, banheiros ou pelo ar
· Doação de sangue
· Sabonete, toalha ou lençóis
 Prevenção
Uso da camisinha
Diversos estudos confirmam a eficiência do preservativo na prevenção da aids e de outras doenças sexualmente transmissíveis. Em um estudo realizado recentemente na Universidade de Wisconsin (EUA), demonstrou-se que o correto e sistemático uso de preservativos em todas as relações sexuais apresenta uma eficácia estimada em 90-95% na prevenção da transmissão do HIV. Os autores desse estudo sugerem uma relação linear entre a freqüência do uso de preservativos e a redução do risco de transmissão, ou seja, quanto mais se usa a camisinha menor é o risco de contrair o HIV.
Testes para o diagnóstico da infecção pelo HIV

O diagnóstico da infecção pelo HIV é feito por meio de testes, realizados a partir da coleta de uma amostra de sangue.
Esses testes podem ser realizados nos laboratórios de saúde pública, por meio do atendimento do usuário nas unidades básicas de saúde, em Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA) e em laboratórios particulares. Nos CTA, o teste anti-HIV pode ser feito de forma anônima e gratuita.
Nesses Centros, além da coleta e da execução dos testes, há um processo de aconselhamento, antes e depois do teste, feito de forma cuidadosa, a fim de facilitar a correta interpretação do resultado pelo paciente.
Todos os testes devem ser realizados de acordo com a norma definida pelo Ministério da Saúde e com produtos registrados na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA/MS) e por ela controlados.

Sessão da Câmara no Hotel Pasárgada foi a "Prova dos 9" para os vereadores e deputados ? - Por: Ed Alencar


CÂMARA DESMORALIZADA


NE - Na hora do "Quem é quem", vereadores que pediram CPI, fazem de tudo agora para enterrá-la de vez, a fim de que a Câmara do Crato NÃO seja investigada.

Na manhã desta sexta-feira (29), no Pasárgada Hotel, aconteceu mais um encontro de vereadores com alguns Deputados Estaduais do Ceará, os mais votados no município do Crato, realizado pela Câmara Municipal, objetivando mais empenho dos mesmos para com o município. Presentes neste encontro, os deputados Camilo Santana,  Neto Nunes, Mirian Sobreira,  e representando o deputado Sineval Roque, o seu assessor Sangiorgy. Dez vereadores  do Crato estiveram presentes e um de Juazeiro do Norte, Claudio Luz, e representando o prefeito Ronaldo, o secretário de governo, Rafael Branco. O presidente da câmara Luis Carlos Saraiva mediou o encontro, ouvindo dos senhores deputados, os seus projetos para o desenvolvimento da cidade, na gestão atual.

COM QUEM O FERRO FERE COM ELE SERÁ FERIDO!!  (Dito  Popular) 

Na última sessão ocorrida na terça feira (26), quando decapitaram a CPI da câmara por 12 votos a 5, de maneira "covarde", cognominada assim pelo vereador Bebeto, sua vingança de "Bento Carneiro, foi  “maligrina” diante de autoridades do legislativo cearense, que viram nascer na tribuna do Estado pelo deputado Fernando Hugo, que ( de mentirinha ) disse que viria para este referido encontro e não veio... Ele ( Fernando Hugo ), que batizou o escândalo da suposta compra de votos como "O Mensalão do Crato".  

Os três deputados presenciaram o vereador Bebeto Anastácio encurralar os vereadores da bancada do prefeito: Thiago Esmeraldo, Espedito Anselmo, Paulo de Tarso, Galego, Pedro Alagoano, Marquim do Povão e o presidente Luis Carlos, ao apresentar e pedir  para os vereadores, que diziam querer a CPI para investigar as denúncias, se na casa tinha bandidos travestidos de vereadores, coisas assim, aos que assinaram e depois  retiraram suas assinaturas,  ver chegar a hora da verdade diante das testemunhas  ali presentes do legislativo cearense, um novo requerimento, já assinado por cinco vereadores, Amadeu de Freitas,  Guri, Jales Veloso, Bebeto e Guer, para a criação da CPI . ( Podemos chamar também de xeque-mate, ou saia justa ) pelo inesperado, aos vereadores citados. 

A PROVA DOS NOVE DA CPI

Diante da prova dos nove, para os deputados, que a câmara queria transparência com a criação da CPI, somente o vereador Thiago Esmeraldo assinou, enquanto os outros, nem que o sangue desse na canela, mesmo diante da situação constrangedora, disseram NÃO à CPI. Então, o vereador Thiago Esmeraldo contrariando sua consciência, voltou atrás, rasurando sua assinatura, perante os olhares dos deputados, pensando talvez na celebre frase: “Quem não deve, não teve” ou melhor dizendo, "Quem deve, teme!".

A pergunta ficou no ar! Quem ficou mais constrangido com o desfecho, os deputados ou os vereadores?  A quem se curvaram os vereadores: Ao pacto contra o Bebeto?  Ou ao comandante maior interino do executivo, de olho neles ( Rafael Branco )?

Parece-nos ver indo para "o beleléu", muitos ideais ou sonhos políticos que passaram  para seus eleitores ao pedirem "Vamos mudar, me ajude que lhe ajudo", palavras que surgiram de porta em porta na campanha política de 2012, que não vingaram e fraquejaram ao longo desses onze meses. O que será que estes deputados irão conversar nos bastidores da Assembléia Legislativa do Estado? Será que vão ter coragem de ocupar a tribuna, como fez Camilo Santana e dizer que não acredita mais na existência do mensalão do Crato?  Ou  será que o vereador de Juazeiro Claudio Luz não viu escuridão aqui também?

Em suma:  Acho que assinaram uma carta de descrédito geral perante o povo, assim como produziram ainda mais subsídios e provas para a justiça. São estratégias que favorecem o inimigo, não vê quem não quer. 

Bingou !

Por: Ed Alencar
Radialista/Repórter
Membro do Blog do Crato e Portal de Notícias Chapada do Araripe


A mão da KGB no assassinato de JFK: a nova prova

ESCRITO POR ION MIHAI PACEPA | 25 NOVEMBRO 2013
ARTIGOS - DESINFORMAÇÃO


“Para entender realmente os mistérios da espionagem soviética, de nada ajuda ver um filme de agente secreto ou ler um romance de espiões, pois isto é apenas diversão. Você precisa ter vivido naquele mundo de segredo e falsidade durante uma vida, como eu vivi, e mesmo assim pode não entender o que está acontecendo nos momentos mais obscuros, a menos que seja um dos pouquíssimos no topo da pirâmide.”


O presidente John F. Kennedy foi assassinado faz 50 anos, e a maior parte das pessoas ainda acredita erroneamente que o culpado foi a CIA ou o FBI, a máfia ou os empresários conservadores americanos. Também há 50 anos, o Kremlin deu início a uma intensa operação de desinformação mundial, de codinome “Dragon”, destinada a desviar a atenção da ligação da KGB com Lee Harvey Oswald. Há uma conexão entre os fatos: Oswald era um marine americano que desertou para Moscou, retornou aos Estados Unidos três anos depois com a sua esposa russa, matou o presidente Kennedy e foi preso antes de conseguir pôr em prática o seu plano de fugir para Moscou. Em uma carta datada de 1° de julho de 1963, Oswald pediu à embaixada soviética em Washington, D.C., para conceder à sua esposa um visto imediato de entrada na União Soviética e outro para ele separadamente (na carta, “separadamente” está escrito com erro de ortografia e sublinhado).

A operação “Dragon” do Kremlin está descrita no meu livro Programmed to Kill: Moscow’s Responsibility for Lee Harvey Oswald’s Assassination of President John Fitzgerald Kennedy. Em 2010, este livro foi exibido na Organization of American Historians junto com uma resenha do professor Stan Weber (McNeese State University). Ele descreveu o livro como um “novo e excelente trabalho exemplar sobre a morte do presidente Kennedy” e “leitura obrigatória por toda e qualquer pessoa interessada no assunto”. [1]

Programmed to Kill é uma análise real do crime do século da KGB cometido durante a era Khrushchev. Naqueles dias, o antigo conselheiro chefe da KGB na Romênia havia se tornado o comandante do onipotente serviço de espionagem estrangeiro soviético e me levou para os mais altos círculos da camarilha da inteligência do bloco soviético. O meu livro também contém uma apresentação real dos frenéticos esforços de Khrushchev para proteger o seu traseiro. Lembrando-se de que o assassinato do arquiduque Franz Ferdinand pelo terrorista sérvio Gavrilo Princip, em 1914, havia dado início à Primeira Guerra Mundial, Khrushchev temia que o conhecimento pelos EUA do envolvimento da KGB com Oswald podia ser o estopim da primeira guerra nuclear. Os interesses de Khrushchev coincidiram com os interesses de Lyndon Johnson, o novo presidente americano, prestes a enfrentar eleições em menos de um ano, e qualquer conclusão implicando a União Soviética no assassinato forçaria Johnson a tomar uma ação política ou militar indesejada, prejudicando ainda mais a sua popularidade, já baixa por causa da guerra no Vietnã.

De acordo com novos documentos da KGB, disponíveis após Programmed to Kill ter sido publicado, o esforço soviético para desviar a atenção do envolvimento da KGB no assassinato de Kennedy começou no dia 23 de novembro de 1963 – o dia imediatamente seguinte ao dia em que Kennedy foi morto – e teve início com um memorando para o Kremlin assinado pelo comandante da KGB Vladimir Semichastny. Ele pediu ao Kremlin para publicar imediatamente um artigo em um “jornal progressista em um dos países do Ocidente… mostrando a tentativa, por círculos reacionários nos EUA, de tirar a responsabilidade pelo assassinato de Kennedy dos verdadeiros criminosos, (ou seja), os racistas e ultra-direitistas, culpados pela propagação e crescimento da violência e terror nos Estados Unidos”.

O Kremlin concordou. Dois meses mais tarde, R. Palme Dutt, editor de um jornal britânico controlado pelos comunistas chamado Labour Monthly, assinou um artigo levantando o espectro do envolvimento da CIA sem oferecer a mínima prova. “(A maior parte d)os comentaristas” Dutt escreveu “suspeita de um golpe de ultra-direitistas ou racistas de Dallas… (que), com a manifesta cumplicidade necessária por parte de uma ampla gama de autoridades, exibe todos os carimbos de um trabalho da CIA”. A carta super secreta de Semichastny e o subsequente artigo de Dutt foram reveladas pelo ex-presidente russo Boris Yeltsin no seu livro The Struggle for Russia, publicado 32 anos após o assassinato de Kennedy.

Não é de admirar que Yeltsin tenha sido desalojado do palácio por um golpe da KGB transferindo o trono do Kremlin para as mãos da KGB – que ainda o segura com firmeza. Em 31 de dezembro de 1999, Yeltsin surpreendeu a Rússia e o resto do mundo ao anunciar a sua aposentadoria. “Entendo que devo fazê-lo” (2) explicou, falando em frente a uma árvore festivamente decorada para o Ano Novo junto a uma bandeira russa azul, vermelha e branca e uma águia russa dourada. Yeltsin em seguida assinou uma lei “no uso dos poderes do presidente russo” declarando que, sob o Artigo 92 Seção 3 da Constituição Russa, o poder do presidente russo seria temporariamente exercido pelo Primeiro Ministro Vladimir Putin, a partir do meio-dia de 31 de dezembro de 1999. (3) De sua parte, o recentemente designado presidente assinou um decreto perdoando Yeltsin, supostamente ligado a pesados escândalos de suborno, “de quaisquer possíveis delitos” e concedendo a ele “total imunidade” a processos (ou até mesmo investigações e interrogatórios) referentes a “toda e qualquer” ação realizada durante o governo. Putin também deu a Yeltsin uma pensão vitalícia e uma dacha do estado (4).

Logo em seguida, a pequena janela no arquivo da KGB, aberta com estrondo por Yeltsin, foi fechada silenciosamente. Felizmente, antes disso ele foi capaz de revelar o memorando de Semichastny, responsável por gerar a conspiração Kennedy que nunca mais parou.

O artigo de Dutt foi seguido pelo primeiro livro sobre o assassinato de JFK publicado nos Estados Unidos: Oswald: Assassin or Fall Guy? Escrito por um antigo membro do Partido Comunista da Alemanha, Joachim Joesten, foi publicado em Nova Iorque em 1964 por Carlo Aldo Marzani, antigo membro do Partido Comunista Americano e agente da KGB. O livro de Joesten alega, sem fornecer nenhuma prova, que Oswald era “um agitador do FBI com passado na CIA”. Documentos altamente secretos da KGB contrabandeados da Rússia pelo desertor Vasili Mitrokhin, com a ajuda do MI6 britânico, em 1993 – bem depois das duas investigações do governo americano sobre o assassinato terem sido concluídas – mostram que no início dos anos 1960, Marzani recebeu subsídios num total de 672 mil dólares do Comitê Central do Partido Comunista. Isto levanta a questão do porquê Marzani ter sido pago pelo partido e não pela KGB, da qual era agente. A carta recentemente liberada de Semichastny nos dá a resposta: no dia seguinte ao do assassinato, o Kremlin assumiu o controle da operação de desinformação destinada a culpar os Estados Unidos pelo assassinato de JFK. Por este motivo, Oswald: Assassin or Fall Guy? foi promovido por uma operação conjunta do partido com a KGB.

A primeira resenha do livro, altamente elogiosa, foi assinada por Victor Perlo, membro do Partido Comunista Americano, e publicada em 23 de setembro de 1964 na publicação New Times, a qual eu conhecia como uma fachada da KGB por ter sido impressa uma vez na Romênia. Em 9 de dezembro de 1963, o jornalista “progressista” americano I. F. Stone publicou um longo artigo no qual tentou justificar porque os Estados Unidos haviam assassinado o seu próprio presidente. Ele chamou Oswald de louco direitista, mas colocou a culpa real na “belicosa Administração” dos Estados Unidos, que estava tentando vender para a Europa uma “monstruosidade nuclear”. Stone foi identificado como agente pago da KGB, de codinome “Blin”.

Joesten dedicou o seu livro a Mark Lane, esquerdista americano autor, em 1966, do best-seller Rush to Judgment, segundo o qual Kennedy fôra assassinado por um grupo americano conservador. Documentos do Arquivo Mitrokhin mostram que a KGB enviou indiretamente dinheiro para Mark Lane (dois mil dólares) e que o agente da KGB Genrikh Borovik mantinha contato regular com ele. Outro desertor da KGB, o coronel Oleg Gordievsky (antigo chefe do posto da KGB em Londres) identificou Borovik como cunhado do general Vladimir Kryuchkov; Kryuchlov se tornou comandante da KGB em 1988 e em agosto de 1991 liderou o golpe em Moscou tentando recriar a União Soviética.

O ano de 1967 viu a publicação de mais dois livros atribuídos a Joesten: The Case Against Lyndon Johnson in the Assassination of President Ken­nedy e Oswald: The Truth. Ambos sugeriam que o presidente Johnson e a CIA haviam matado Kennedy. Logo foram seguidos por A Citizen´s Dissent, de Mark Lane (1968). Lane também viajou bastante mundo afora pregando que os Estados Unidos eram um “estado policial do FBI” responsável pela morte do seu próprio presidente.

Com tais livros, a conspiração sobre Kennedy nascera, e jamais morreria. A crescente popularidade dos livros sobre o assassinato de JFK encorajou todo o tipo de gente com qualquer conhecimento remotamente relacionado com o assunto a entrar na festa, cada qual vendo os eventos a partir de sua limitada perspectiva. Alguns milhares de livros foram escritos sobre o assassinato de Kennedy, e a hemorragia continua. A despeito desta crescente montanha de papel, uma explicação satisfatória da motivação de Oswald ainda precisa ser dada, primeiramente porque a importante dimensão do assunto da política externa soviética e da prática da inteligência soviética no fim dos anos 1950 e no começo dos anos 1960 ainda não foi relacionada com Oswald por nenhuma autoridade competente. Por que não? Porque nenhuma destas autoridades jamais pertenceu à KGB, nenhuma tem familiaridade com o seu modus operandi.

Por sua própria natureza, a espionagem é um empreendimento enigmático e dúbio, e  nas mãos dos soviéticos desenvolveu-se e virou uma filosofia completa, onde cada aspecto tinha o seu próprio conjunto de regras testadas e precisas e seguia um padrão fixo. Para entender realmente os mistérios da espionagem soviética, de nada ajuda ver um filme de agentes secretos ou ler um romance de espiões, pois isto é apenas diversão. Você precisa ter vivido naquele mundo de segredo e falsidade durante uma vida, como eu vivi, e mesmo assim pode não entender o que está acontecendo nos momentos mais obscuros, a menos que seja um dos pouquíssimos no topo da pirâmide.

Por isso, fiz uma curta apresentação destes momentos sombrios, cruciais para entender como o Kremlin tem sido capaz de fazer todo mundo de bobo, levando todos a acreditar que os Estados Unidos mataram um dos seus mais amados presidentes. Clique aqui para ler “11 Facts That Destroy JFK Conspiracy Theories”. Vamos juntos retornar àquele mundo de espionagem e falsidade soviéticas. Ao fim do nosso resumo, espero que você concorde comigo de que os soviéticos têm uma mão no assassinato do presidente Kennedy. Também espero que depois você veja com olhos diferentes futuros documentos referentes ao assassinato de JFK. Talvez você possa descobrir manobras soviéticas/russas neles ocultas.

Notas:

1 - Stan Weber, “A New Paradigmatic Work on the JFK Assassination,” H-Net Online, October 2009, http://www.h-net.org/reviews/showrev.php?id=25348

2 - Barry Renfrew, “Boris Yeltsin Resigns,” The Washington Post, December 31, 1999, 6:48 a.m.

3 - Matt Drudge Report, December 31, 1999, 11:00 AM UTC.

4 - Ariel Cohen, “End of the Yeltsin Era,” The Washington Times, January 3, 2000, Internet Edition, cohen-20000103.

 Publicado no site PJ Media em 20 de novembro.

Ion Mihai Pacepa, general da Securitate, a polícia política romena, é o oficial de mais alta patente que desertou do bloco comunista.

Tradução: Ricardo Hashimoto

Notas deste sábado, 30...último dia do mês

Novo aumento no preço da gasolina


Quem foi hoje cedinho aos postos abastecer o carro soube do reajuste de 4% para a gasolina e 8% para o diesel. Dentre as muitas mentiras deste governo petista  que tomou conta do Brasil nos últimos 11 anos, uma delas  é que nosso país teria se tornado “autossuficiente” na produção de petróleo. Porca miséria! Segundo  o governo da "gerentona", não está descartado um novo reajuste da gasolina nos primeiros meses  de 2014. Feliz Ano Novo, galera!



Missa de 7º dia por Amarílio Carvalho 

"O silêncio interior é a oração que fazem os grandes homens." – Alexis Carrel


Amarílio Carvalho ultrapassou os umbrais insondáveis da eternidade como sempre viveu: silenciosamente... Amarílio foi, em resumo, um homem visceralmente bom. Além de humilde, sincero e cordial, ele vivenciou de todos os fatos que marcaram a vida desta Mui Nobre e Heráldica Cidade de Frei Carlos, nos últimos 90 anos.
Na mais tenra meninice, Amarílio viu pessoalmente o 1º bispo de Crato, Dom Quintino. E conheceu os demais 4 bispos desta diocese. Presenciou os flagelados da seca de 1932; assistiu à cena do primeiro avião que pousou em Crato, onde hoje fica o Posto Palmeiral; ouviu a notícia da morte do Padre Cícero, em 1934; viu a comoção do povo com o surto da peste bubônica, em 1936; Nesse mesmo  ano soube que a comunidade do Caldeirão  da Santa Cruz do Deserto, do Beato Zé Lourenço fora destruída...
Amarílio lembrava-se da bênção e inauguração da Igreja de São Vicente Ferrer; da inauguração do Hospital São Francisco; viu a inauguração da 1ª exposição agropecuária de Crato em 1944 e extasiou-se com a fé popular na chegada da imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima, em 1953...
Os Anjos do Bem devem ter conduzido, silenciosamente, Amarílio até o encontro definitivo com o Pai... Hoje, às 5 horas das tarde, na Sé Catedral, os amigos reverenciarão Amarilio Carvalho!
(Armando Rafael)


Marcha-ré de José Dirceu 1


Com a carreira política ladeira abaixo, em marcha à ré, Zé Dirceu, até há pouco o todo-poderoso ex-chefe da Casa Civil do governo Lula, pretenso candidato a presidente da República e arquiteto-mor do escandaloso mensalão, acabou condenado, semipreso e, por ironia, agora pede autorização ao Supremo Tribunal Federal–STF para trabalhar como gerente de hotel em Brasília, a poucas quadras do poder. Quem te viu, quem te vê...
J. S. Decol – e-mail: decoljs@globo.com

Marcha-ré de José Dirceu 2

Se o STF aprovar a admissão de Zé Dirceu na gerência do Hotel Saint Peter, o faturamento irá aumentar. Só de senadores da República são 28, envolvidos em falcatruas como lavagem de dinheiro, desvio de recursos e falsidade ideológica. Sem contar com os mais de 800 políticos, de todas as esferas, aguardando a sentença final pelo STF. Como no Brasil políticos corruptos, ladrões e bandidos são solidários entre si, o índice de ocupação do Hotel Saint Peter será de 100% por muito tempo, considerando que a nossa Justiça, às vezes, leva mais de 30 anos para julgar um processo. Não é mesmo, senador Jader Barbalho?
Arnaldo de Almeida Dotoli – e-mail:  arnaldodotoli@hotmail.com

Enquanto isso... Continua aumentando o endividamento das famílias

(Excertos do editorial do jornal “O Estado de S.Paulo”)

Já no encerramento do mês de novembro, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) informa que o nível de endividamento das famílias subiu para 63,2%, ou 1,1 ponto de porcentagem (p.p.) a mais do que o registrado em outubro (62,1%) e 4 p.p. a mais do que foi registrado em novembro de 2012 (59%).
Na prática, o nível de endividamento tem aumentado, apesar da relativa retração do consumo, porque consumidores que compraram além da conta estão agora recorrendo ao crédito pessoal para liquidar suas dívidas com as lojas e, assim, esticar o prazo de pagamento com prestações menores.
Mas, com a política de elevação dos juros que o Comitê de Política Monetária (Copom) vem adotando, com a necessidade que o governo enfrenta de reduzir suas desonerações tributárias e com a demanda crescendo em ritmo menor, e até se reduzindo em alguns setores, a perspectiva é de que aumentem as dificuldades para renegociar dívidas ou regatear compras nas lojas. E isso pode levar a um aumento da inadimplência. Hoje, o porcentual de famílias que se declaram incapazes de pagar suas contas ou dívidas em atraso é da ordem de 6,6%.
É preciso lembrar que a "boa dívida", isto é, os financiamentos para a compra de imóveis, que também contribuíram para a elevação das dívidas das famílias, são, por outro lado, fator de estabilidade dos níveis de inadimplência. Isso porque, se há uma dívida cujos pagamentos o devedor faz questão absoluta de manter em dia, é esta, a da compra da casa própria, que está aumentando. É mais um fator, também, de contenção ou diferimento de outros tipos de gastos domésticos.

Acenderam a luz amarela

E para finalizar: Está na revista "Veja": Roubini vê sinais de "bolha" no Brasil. Pois é: O economista e professor da New York University, Nouriel Roubini – conhecido por ser um dos especialistas a prever a crise financeira dos Estados Unidos de 2008 – escreveu num artigo no site Project Syndicate, dizendo que as grandes cidades brasileiras mostram evidências de bolha imobiliária. 
Quem sobreviver verá???
   

Vestibular 2014.1 da URCA começa neste dia 30, com 10.500 inscritos


Será realizado nos dias 30 e 1º de dezembro, o Processo Seletivo 2014.1 da Universidade Regional do Cariri (URCA). O certame acontece com número recorde de inscritos, de 10.500 concorrentes aos 16 cursos da Instituição. Serão mobilizadas equipes para atuarem nos trabalhos de organização e fiscalização, a cargo da Comissão Executiva do Vestibular, e várias equipes estarão distribuídas em municípios como Crato, Juazeiro do Norte, Missão Velha, Mauriti, Brejo Santo, Campos Sales e Iguatu, onde se realizam as provas. Serão beneficiados com inscrições gratuitas cerca de 6.500 alunos, de escolas públicas.

Os cursos mais concorridos para este vestibular serão o de Direito, no turno noturno, com 1.147 candidatos inscritos, e uma concorrência de 28,6%. O mesmo curso, no turno da tarde, conta como o segundo em concorrência, com 1.030 estudantes inscritos, com 25%.  O curso de Enfermagem fica com o terceiro número de inscritos, de 850 concorrentes, com 28,3%

Conforme estabelecido no edital, segundo a CEV, o vestibular irá acontecer normalmente. Até o dia 30, os cartões de identificação ainda estarão disponíveis no site da URCA, www.ura.br, e poderá ser impresso. Os candidatos devem estar no local de realização das provas, pelo menos meia hora de antecedência, portando Identidade, o cartão de identificação e caneta esferográfica preta ou azul. Não é permitido levar aparelhos eletroeletrônicos, celulares calculadoras, relógios e pontos a orelha. Os portões serão abertos às 12 horas para os candidatos e fecham 13 horas para início das provas. 

O resultado do vestibular está previsto para ser publicado no dia 15 de janeiro de 2014 no site da Urca. Qualquer dúvida que do candidato em relação a senha e problemas de inscrição deverá ligar para os telefones da CEV: (088)  3102 1276 / 3102 1230. O candidato que desejar entrar com recurso, após a realização das provas, terá dois dias para o procedimento, na segunda-feira e na terça-feira próximas.  

Especialização em Personal Training com inscrições abertas na URCA

A Universidade Regional do Cariri (URCA), por meio do Departamento de Educação Física, está com inscrições abertas para o curso de Especialização em Personal Training: Teoria e Prática do Treinamento Físico Personalizado. O Curso foi criado recentemente na universidade, com o objetivo de capacitar profissionais e qualificá-los, propiciando um conhecimento global do conhecimento da área. O curso terá a coordenação da Professora Doutora Simonete Silva. As inscrições são limitadas.

Fonte: URCA


Moradores de bairro no Crato estão sem abastecimento de água



Fonte: TV Verdes Mares Cariri


Teatro de Rua no dia 21 de Dezembro em Crato



No dia 21 de dezembro, na Praça Siqueira Campos, a Cia. Brasileira de Teatro Brincante dará início ao um longo programa de apresentação de espetáculos nas praças, ruas e terreiros do centro, bairros, sítios e distritos do Crato-CE.

Por: Cacá Araújo


Perguntar não ofende: Construtora CORAL não recebeu da Prefeitura do Crato por obras de asfaltamento ? - Por: Olímpio Arraes


Perguntar não ofende. A Prefeitura do Crato fez uma licitação para recuperação da malha asfáltica em junho. A vencedora foi a Construtora Coral, o serviço foi executado em Julho/Agosto (com direito a fotos de alguns vereadores apontando o asfalto colocado) mas até agora, novembro, a CORAL não recebeu NENHUM real da prefeitura. O que acontece? 

Nome: CORAL - CONSTRUTORA RODOVALHO ALENCAR LTDA | CPF/CNPJ: 07195191000133 | Objeto/Lote: Contratação de serviços de engenharia para recuperação de revestimento asfáltico do sistema viário urbano em ruas da sede e distritos do Município de Crato/CE. | Valor: R$ 715.955,00


Recursos recebidos pela Coral em 2013 R$5.812.342,78 ( Não consta o Crato)

1 JUAZEIRO DO NORTE 3.973.970,81
2 MAURITI 1.746.561,66
3 BREJO SANTO 91.810,31


Dizem que os cofres da prefeitura estão recheados, mas recheados sem pagar a quem deve conta?

Por: Olímpio Arraes


Debate sobre Democracia e Reforma Política na Atualidade ocorreu na URCA







Senador Inácio Arruda, Deputado Federal Chico Lopes, Reitora da URCA Otonite, Presidente Estadual do PC do B Luis Carlos Paes , Presidente municipal do PC do B Crato Samuel Duarte Siebra e a União Brasileira de Mulheres - Seção Crato marcaram presença no debate sobre Democracia e Reforma Política na Atualidade, nesta sexta, dia 29, às 19h00, no Auditório do Geopark, Crato.

Logo após, o debate o Senador Inácio Arruda visitou o núcleo de Paleontologia da URCA, a convite do professor Alámo, onde foi agraciado com um livro com publicações das pesquisas paleontológicas feitas pelo professor.

Fotos do perfil de Alessandra Bandeira no Facebook.



Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30