xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 08/11/2013 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

08 novembro 2013

Samuel Araripe nega rompimento com o Cel. Adauto Bezerra e denuncia reportagem de jornal como mentirosa e sensacionalista



O Ex-prefeito Samuel Araripe nega qualquer rompimento com o Cel. Adauto Bezerra, que foi divulgado no último dia ( 05 ) em um jornal local, em uma reportagem que considerou "mentirosa e sensacionalista". Em compensação, o ex-gestor liberou na tarde do dia 06 de outubro, mais 3 trechos da gravação com o vereador Dárcio Luiz, e que implica mais 3 nomes como participantes da reunião citada em gravações anteriores, que envolve o prefeito do Crato e um grupo de 9 vereadores, onde segundo depoimento de Dárcio Luiz, teriam cada um recebido a quantida de 50 mil reais, perfazendo ao todo, 450 mil reais. O Ministério Público já está na investigação do chamado "Mensalão do Crato", e segundo o promotor Lucas Azevedo de Brito em entrevista ao repórter Ed Alencar, ocorrida na Câmara Municipal do Crato, em breve "teremos novidades".

Com informações do ex-prefeito Samuel Araripe




Guarani Araripe - Por: Emerson Monteiro

Há poucos dias, esteve no Cariri, a lançar seu livro Anotações da Adolescência, o escritor Guarani Valença de Araripe, arquiteto, memorialista e poeta baiano de Ilhéus que possui raízes pessoais nas terras cearenses. Com o Instituto Cultural do Cariri em noite de gala aos 60 anos de existência, obtivemos oportunidade conhecer, na pessoa distinta do escritor visitante, um exímio conversador, dotado da alma alencarina e amigo de amigos meus nas plagas baianas.

O trabalho objeto desse autógrafo na noite festiva compõe poemas produzidos aos primeiros impulsos literários do autor, Nos idos / vividos, / sentindo / lamentos / tormentos / dos tempos / em flor, qual ele diz na poesia Lampejos, constante do livro.

Versos sinceros, organizados com esmero e qualidade, transmitem a verdade do jovem no auge dos amores primeiros, primeiras descobertas dos sentimentos vorazes da existência. Cada página reflete vontade do dizer cheio de paixão e ansiedade. Versos? / Sofridos / Nos anos diversos.
Explicita nos detalhes apaixonados o tempo rico de sonhos que exercita no leitor viver de emoções semelhantes, frutos eternos da verve humana de fase tão nobre das idades.

Contudo Guarani traz consigo também outros momentos da escrita, desde quanto tomou a punho o dever de perpetuar a história dos pais, João e Maria, ambos originários do clã dos Alencar das imediações de Crato, no Sul cearense, tronco da heroína Bárbara e seus filhos, no qual tem origem.

No livro Café Central (o romance da João e Maria), edição de Casa de José de Alencar (UFC), Fortaleza, 1997, Guarani Araripe narra com particularidades a trajetória de vida do tio avô João Freire Napoleão, um rico acervo de referências histórias do Ceará entre os séculos 19 e 20.

Já na obra Histórias de Seo Alencar, meu pai, edição particular, Salvador, 1989,
outra das suas produções literárias que nos dedicou, Guarani centraliza as peripécias do genitor pela narração dos passos de quando se transferiria de Fortaleza a outros lugares, até fixar residência definitiva nas terras baianas do cacau, em Ilhéus.

Apreciador contumaz que sou das páginas interioranas da literatura, nesse escritor apreciei instantes próprios dos que mantêm acesa a chama viva das memórias familiares, a base real da sociedade e dos valores da cultura.

Movimento ocupa câmara fez caminhada pelo centro da cidade nesta sexta-feira





Aconteceu na manhã desta sexta feira (08), a manifestação pelas ruas do centro do Crato, do movimento “ocupa câmara”. A caminhada teve como parada principal, em frete ao prédio da prefeitura, com palavra de ordem, eles pediam a presença do prefeito Ronaldo, lembrando que foi promessa de campanha.

Tão logo os manifestantes deixaram  a prefeitura, nossa reportagem conversou com o procurador do município Dr. George Borges, que falou como andam as negociações junto ao executivo. Disse: “O governo do municipal, em nenhum momento se furtou em ouvir os manifestantes, ontem mesmo tivemos uma reunião com o presidente da câmara municipal Luiz Carlos, que trouxe algumas reivindicações, colhidas com a comissão, e esta nos passando e na medida do possível vamos estudar a viabilidade de atender onde levaremos a pauta para resolver esse problema, que não pode se estender por muito tempo.

O vereador Bebeto, confirmou essa vontade do Legislativo e Executivo se unirem para solução  dos problemas, onde o presidente da câmara, retornou com uma proposta do prefeito Ronaldo, sinalizando sim, pela doação do terreno no bairro Alto da Penha, reconhecendo que foi promessa de campanha para associação comunitária dos sem teto, e provavelmente ainda hoje ( sexta feira (08), no período da tarde, o prefeito poderá  estar assinando esse compromisso da doação do terreno, mas com alguns critérios, que as casas sejam padronizadas, que o Governo do Estado venha com seu aporte para fazer as construções, para que não se torne uma favela, e sim, que eles tenham uma moradia digna. Essa reivindicação sendo concretizada, atenderá aos sem tetos do Alto da Penha e a outros bairros adjascentes.

Reportagem e Fotos: Ed Alencar



A classe política não se movimentou, mas o povo fará campanha nas ruas pedindo a Reforma Política no Brasil.


A CNBB ouvindo o clamor do povo encampou esta nova campanha, a exemplo do que fez com a da “Ficha Limpa”. O bispo auxiliar de Brasília (DF) e secretário geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Leonardo Steiner, enviou aos bispos brasileiros a proposta de Projeto de Lei de Iniciativa Popular para uma Reforma Política no Brasil, e o formulário para a coleta de assinaturas, além de uma carta da Comissão para Acompanhamento da Reforma Política. Segundo dom Leonardo, “o passo a ser dado é a coleta de assinaturas para o Projeto de Lei de Iniciativa Popular, a ser levado ao Congresso Nacional”. Para tanto, de acordo com o bispo, a ficha de coleta de assinaturas deve ser multiplicada, Brasil afora.
   

Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30