xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 05/10/2013 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

05 outubro 2013

Acidente de carro mata dois irmãos e deixa médico ferido na BR 230


Um acidente de carro ocorrido às 13hs30min deste sábado (05), na BR 230 nas divisas dos municípios de Várzea Alegre com Farias Brito a altura do sítio Cajazeiras, deixou duas pessoas mortas e uma ferida. 

Antônio Inaldo Brito Bezerra, 32 anos e seu irmão José Edson Brito Bezerra 31 anos, faleceram no local após o veículo Gol placas HWC-8215 inscrição de Juazeiro do Norte que seguia na direção de Farias Brito, chocou-se violentamente com um Corola XLI cor preta, placas OIK-1212 inscrição do Crato – CE guiado pelo médico Dr. João Paulo Oliveira de Morais, 25 anos, natural de Juazeiro do Norte – CE, que seguia em sentido contrário. João Paulo foi socorrido para uma unidade hospitalar na cidade de Várzea Alegre, em seguida transferido para o Hospital Santo Antônio na cidade de Barbalha, seu estado de saúde é instável.

O veículo Gol ficou completamente destruído (Foto: Agência Miséria)

Segundo policias da PFR de Icó que atenderam a ocorrência juntamente com o Cabo Freire do destacamento de Farias Brito, o veículo Gol ficou completamente destruído. Edson Brito cantava nas missas celebradas as 15hs30min na capela do socorro, e em eventos. O mesmo residia no sítio Logradouro em Juazeiro do Norte. Os corpos até o fechamento dessa matéria encontravam-se no local a espera do rabecão para translado até o IML de Juazeiro do Norte.

Agência Miséria


Certas estações de Rádio do Crato - Coloquem o crédito nas matérias ou enfrentem a Justiça !


O ROUBO DE NOTÍCIAS

Não é a primeira vez, nem a décima que eu flagro noticiários das estações de Rádio do Crato que vêm beber as notícias aqui no Blog do Crato e apenas copiam e colam nos seus noticiários, sem citar a fonte onde pegou. Depois, colocam "Nossa central de jornalismo". Centra de jornalismo, o cacête! passem a dar nomes aos bois, ou posso entrar na justiça por roubo de propriedade intelectual. Toda pessoa e estação desonesta faz este tipo de coisa. O que custa, dar o crédito ao autor do artigo ou da notícia ? Assim como não queremos nada de ninguém, também exigimos que sejam justos.

Agora, tem estação de rádio aí cujo pilar é a própria MENTIRA, e a central de jornalismo mais parece uma corja, o que se pode dizer ? Mau-caratismo eles têm de sobra, além de serem VENAIS. Agora, quem não aprende a respeitar dentro da educação, aprenderá dentro da força da lei. E lembrem-se: Todos os dias, desde 2007 eu gravo os noticiários das rádios do Crato. O acervo já é enorme! E tem cada coisa espantosa! QUEM disse O QUE, COMO e QUANDO...

Dihelson Mendonça
Administrador do Blog do Crato


Marina Silva aceita ser a vice na chapa de Eduardo Campos, diz coordenador da Rede



BRASÍLIA - O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, vai anunciar na tarde deste sábado, 5, a adesão da ex-senadora Marina Silva ao PSB, em um acordo que inclui um abrigo "transitório" aos apoiadores da Rede que queiram disputar as eleições do ano que vem. Pelo acordo fechado diretamente entre o governador pernambucano e Marina Silva, na sexta à noite, os dois se postulariam como "pré-candidatos" ao pleito de 2014, sendo que a definição do nome principal da chapa se daria no futuro, "sem ansiedade".
Mas o coordenador executivo da Rede, Bazileu Margarido, revelou ao Broadcast Político que a ex-senadora "se disporia" a ser vice de Campos por "reconhecer" a sua candidatura.
O anúncio da aliança ocorrerá nesta tarde, em Brasília. Segundo Bazileu, a opção pelo PSB se deu por "maior identidade programática e nos Estados".

Agora, PSB e os partidários de Marina tentam levar para a aliança o PPS, partido que faz oposição ao governo Dilma Rousseff e que ofereceu abrigo a Marina quando o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou o pedido de registro da sigla na última quinta-feira. O deputado federal Walter Feldman (PSDB-SP), um dos apoiadores do projeto de Marina, é o encarregado de tentar ganhar a adesão do PPS para o time.
("Estado de S.Paulo")

Coisas da República: ministro dos Portos, indicado pelo clã Ferreira Gomes, deixa cargo após investir R$ 0,00 neste ano


(“Folha de S.Paulo”, 05-10-2013)

O ministro Leônidas Cristino (PSB-CE), da secretaria dos Portos, deixou o governo anteontem sem ter gasto, em nove meses, um real do orçamento da pasta com obras deste ano. Cristino também não executou à frente da pasta nenhum dos compromissos para melhorar a gestão dos portos assumidos pelo governo com o setor privado em dezembro do ano passado no lançamento do novo marco regulatório do setor. 

O orçamento total da secretaria para investimentos, incluindo o repasse para as Companhias Docas, era de R$ 1,1 bilhão. Até o fim de setembro, a pasta pagou apenas 13% deste valor, em dívidas dos anos anteriores. Ao lançar o novo marco, a presidente Dilma Rousseff fez promessa de destravar o setor e assim alavancar investimentos de R$ 54 bilhões nos próximos quatro anos. 

O governo enfrentou dificuldades para aprovar a lei do setor no Congresso Nacional, processo que só ocorreu em junho. Contudo, havia outras partes previstas no plano que tinham pouca ou nenhuma relação com a lei. E elas também não andaram.

Constituição Brasileira de 1988 completa hoje 25 anos


   Depois da Constituição do Império, esta foi a constituição republicana  (dentre as 7 promulgadas pela República)  que mais durou. A Constituição do período monárquico vigorou por 67 anos e só foi rasgada pelo golpe militar de 15 de novembro de 1889,  que instalou a República.
   Vinte e cinco anos após sua promulgação, o arcabouço legal previsto na Constituição de 1988 continua incompleto. Um levantamento recente feito no Congresso identificou 112 leis mencionadas explicitamente no texto constitucional que deveriam ter sido criadas, mas até hoje não foram.
   No meio jurídico, as normas inexistentes são conhecidas como "leis faltantes".
   Entre elas estão as regulamentações para greve de servidores públicos, crime de terrorismo, licença paternidade, produção regional para rádio e TV, trabalho escravo e vacância de presidente da República e vice.

   É bom relembrar que o Partido dos Trabalhadores–PT, foi o único partido do Brasil que vergonhosamente, e com anuência de Lula, se negou a assinar a nova Constituição de 1988. E por que a petralha não assinou a atual Constituição? Porque os petistas queriam incluir na nossa Lei Maior cláusulas como:  estabilidade de emprego, o que impossibilitaria um empresário de despedir um trabalhador sem justa causa; imposto sobre grandes fortunas; nacionalização dos bancos, empresas financeiras e seguradoras; participação dos trabalhadores na administração das empresas; e, para indignar a todos, queriam também fechar o Supremo Tribunal Federal (STF). O mesmo STF que  condenou a quadrilha do PT no caso do mensalão.

(Postado por Armando Lopes Rafael)

Sopa de pedra (conto popular) - Por: Emerson Monteiro

Tipo nascido da tradição oral, Pedro Malasartes se consagrou na memória popular pelas suas aventuras cheias de sagacidade e maestria, abrindo inspiração aos que, na vida, dispõem de poucas chances devido ao meio hostil de dramas seculares, agregados, na condição de meros figurantes da sociedade humana.

De suas mais conhecidas histórias, quero contar aqui o episódio conhecido por Sopa de pedra, em que o anti-herói se apresenta arranchado sob cajaraneira frondosa, num terreiro defronte da casa de um sertanejo, em horário próximo do almoço, torno de onze do dia.

Limpa e aceira o chão, recolhe alguns gravetos na mata, junta blocos de pedra e faz um fogo debaixo da panela de barro, onde põe água para ferver.

Essa encenação foi suficiente para atrair a meninada, presença constante dessas paragens interioranas, crianças vivazes e ingênuas, quase sempre despidas e de barriguinha à mostra, de olhos ligados em tudo o que ocorre.

Nisso, Malasartes cuidou de lavar os seixos de pedras esbranquiçados, achados nos lajedões da capoeira, a rebrilhar no sol intenso. Lavou, lavou as pedras, mergulhando-as, em seguida, na panela que aquecia a água ao fogo. E logo veio o garoto maiozinho perguntou:

- O senhor que tá fazendo?

- Fazendo uma sopa - resposta na mesma força da pergunta, - uma sopa de pedra.

Os meninos se sentiram tocados pelo assunto, para eles novidade moderna. Sopa, conheciam. Mas... de pedra! Que gosto tinha aquilo? Alguém precisava aprender.

Daí, como se chamados saíram rumo de casa quintal para contar a mãe. Conversaram baixinho; depois vierem todos para o terreiro, achegados ao visitante.

- De pedra, seu Zé, a sopa do senhor? – indaga a mãe desconfiada.

- Sim, senhora! Quando tem com que, a gente tempera. Um salzim, coentro, cebolinha, pimenta do reino. Quando não, fica que nem agora está. Só água e pedra, que tudo tem lá o seu sabor da natureza.

Tocada de compaixão pela carência do jovem, ofereceu os ingredientes, de pronto aceitos com prazer.

- Mesmo assim, o senhor não acha que ainda é pouco? Sopa fraca, sem carne, sem galinha. Cadê a sustança?

- Bom, dona, quando tem a gente bota - rebateu o cozinheiro matuto.

Após voltar à residência, a mulher manda vir um quarto de capão, acompanhado de uma porção de farinha.

Nessa altura dos acontecimentos, os garotos enchiam a boca d’água. O aroma do cozido já subia no ar. Tão ligados estavam que nem notaram Malasartes retirar as pedras antes de colocar no prato o alimento saboroso que acabava de preparar.

(Foto: Jackson Bola Bantim).

Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30