xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 26/09/2013 | Blog do Crato
.

VÍDEO - CONVERSA FRANCA - O DESCASO NO CRATO - Dihelson Mendonça ( 30-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

26 setembro 2013

População realiza caminhada contra a doação do terreno da Igreja Sagrado Coração de Jesus





Aconteceu na noite desta quarta feira (25), a caminhada pelas principais ruas do bairro do seminário em Crato, colhendo assinaturas para um abaixo assinado, que será entregue na Câmara Municipal do Crato e ao prefeito Ronaldo, pedindo a anulação do processo de doação do terreno que pertence a igreja do Sagrado Coração de Jesus, para a construção de um super mercado.

"FOMOS TRAÍDOS", disse a líder comunitária do bairro do Conjunto Crato, Dª Luizinha, representante de pastorais, e uma das coordenadoras do movimento pro igreja. Para ela, não houve respeito para com a comunidade que ficou fora das discussões e nenhuma ciência foi feita dos acordos.

Perguntei a Dª Luizinha, se a comunidade tivesse sido ouvida, participado das discussões dos prós e dos contras, poderia ter sido favorável o projeto de construção do super mercado.

Disse ela: “Sim, poderia, mais não fomos ouvidos, agora é tarde”.

Para a ex- vereadora Mara Guedes, não houve democracia, existem duas histórias desse terreno. Primeiro, não foi discutido com a comunidade. Segundo, o Prefeito e o Pároco, não colocou isso publicamente. Se tinha acordo, que chamasse as comunidades religiosas, que chamasse as associações de moradores do bairro do seminário, uma vez que esse bairro, sempre decidiu eleições para vereadores, prefeitos, e por que numa decisão dessa a comunidade não é chamada? Não somos contra o progresso, mais por que esse terreno?

O movimento contou com as presenças dos vereadores Amadeu de Freitas e Bebeto, que usaram da palavra para externar seus apoios.

O vereador Bebeto disse a nossa reportagem, que sua preocupação é que o projeto chegue à câmara , nas “CALADAS” e de uma hora para outra, chegue no expediente para ser votado e mesmo contrariando meu partido sendo da base aliada, votarei contra.

Perguntei se fora o voto contra de Amadeu de Freitas e do Bebeto, quem mais votaria contra. Disse Bebeto; “Sei de mais um, Darcio Luiz de Sousa, votará contra. Poderá haver mais se o povo, a sociedade cobrar do vereador a sua vontade, a vontade do povo”.

Uma nova manifestação irá acontecer na próxima segunda feira (30), a concentração será pela manhã na Praça Dona Ceicinha, no Bairro do Seminário, que percorrerá o centro da cidade.

A queda de braço já começou, como disse Dª Luizinha,” poderia ter dado certo”. Esse foi um grande erro cometido pelas partes interessadas no projeto e como se trata de um patrimônio público, doado para fins sociais das comunidades,”ESQUECERAM DOS OUVIDOS DO POVO”.

Por: Ed Alencar
Repórter - Membro do Blog do Crato e Portal de Notícias Chapada do Araripe


O Colapso das Elites Cratenses - Por: Jorge Emicles Paes Barreto


Quanto mais absurdos verificamos na administração da coisa pública em Crato, mais nos convencemos da evidência de que esta terra paga pala arrogância, preconceito e grosseira miopia de todas as gerações de pseudolíderes que teve nas últimas décadas. Nosso povo é vítima da prepotência de suas elites política, econômica e intelectual que por motivos egoísticos e inconfessáveis deixaram passar o bonde da história e com ele o do desenvolvimento e progresso. Em todos os níveis erramos enquanto povo na defesa dos verdadeiros interesses da coletividade. Ainda assim, causa especial espanto o conjunto de abusos praticados no âmbito do Poder Legislativo local, por intermédio da mesa diretora da câmara municipal.

Já em janeiro, nós mesmos denunciamos publicamente que o presidente daquela Casa havia espuriamente demitido todos os servidores efetivos daquele poder, mesmo sabendo que tal não seria jamais lícito ao arrepio do exercício dos sagrados direitos do devido processo legal, do contraditório e da ampla defesa (assim agiu por meio da Portaria nº 06/2013, sem sequer consultar o plenário). Não satisfeito, recontratou os mesmos exonerados, só que agora com vencimentos menores, em clara afronta ao que determina o art. 37, XV, da Constituição Federal, o qual expressa a reconhecida fórmula de que “o subsídio e os vencimentos dos ocupantes de cargos e empregos públicos serão irredutíveis”. Talvez fosse mais correto se o nosso Constituinte houvesse afirmado a exceção a esta regra para os servidores de Crato, já que nossos líderes são muito competentes em negar vigência a diversos dispositivos da Constituição Federal.E assim o fez para manter integrais os subsídios dos próprios vereadores, que tinham sofrido aumento abusivo na legislatura anterior, pois foi concedido o reajuste sem levar em conta a ausência de dotação orçamentária suficiente, elemento que somente atingiram pela vergonhosa diminuição da remuneração dos servidores da qual tratamos (tal prática é tipificado como crime de responsabilidade fiscal, previsto expressamente na também conhecida Lei de Responsabilidade Fiscal). Pois em Crato, o Robin Hood de plantão tira dos pobres para o regozijo dos ricos. Agora, pretende o presidente do legislativo local concluir sua série de abusos, demitindo definitivamente servidores que há pelo menos dezesseis anos trabalham para o legislativo, havendo mesmo casos de pessoas com vínculo de emprego há mais de vinte e cinco anos (portanto, anterior mesmo à Constituição de 1988).

Naquela época, juntamente com a denúncia, já afirmávamos nosso absoluto descrédito nas autoridades constituídas de todos os níveis, razão porque antecipadamente denunciamos que tanto o Ministério Público como a própria OAB se calariam em afrontosa cumplicidade contra tais descasos. Do Ministério Público tivemos notícia de um tal Termo de Ajustamento de Conduta, que servirá de justificativa para que o presidente da Câmara demita definitivamente o pessoal daquele Poder. Mas para que Secretaria de Vara foi distribuída a Ação Civil Pública para apurar a afrontosa improbidade administrativa praticada pelo presidente da Câmara, tanto porque demitiu servidores sem permitir qualquer direito de dessa, quanto porque se beneficia de uma remuneração imoral e também ilegal? A verdade é que não existe nenhuma ação judicial para apurar qualquer improbidade (ou se existe, que se dê notícia da mesma!), como se o Ministério Público, diante de flagrante ilegalidade pudesse dispor sobre a conveniência de ajuizar ou não o remédio legal apropriado. Já da OAB local, verificamos o sepulcral silêncio, tal qual fazem os avestruzes que diante do perigo enterram as cabeças em um buraco almejando assim não serem percebidos. Definitivamente, a culpa é de todas as elites desta cidade, que quando não agem criminosamente, se omitem.

Pois já que ações legais não foram tomadas adequadamente (talvez definitivamente nem sejam) que fique dito publicamente à comunidade da inarredável necessidade de se reconstruir a sociedade cratense em todas as suas dimensões, mas a começar pelos poderes constituídos, os quais claramente são os mais diretos responsáveis pelo tamanho do descaso e falta de compromisso que vem conduzindo a terra de Bárbara de Alencar ao descalabro da situação presente. Sempre que nos depararmos diante do abuso do poder, da injustiça, da criminosa omissão, da vergonhosa cumplicidade e até mesmo da indiferença, que saibamos que são estas as verdadeiras causas da cidade mau amada, mau cuidada, cheia de problemas cotidianos na qual enxergamos o Crato modernamente. O escabroso caso da Câmara Municipal, do qual tratamos, é apenas mais um exemplo do descaso geral de nossas elites.

A solução está nos meios de participação popular, como o que presentemente nos utilizamos, pois só nós mesmos, O POVO, podemos colocar as coisas em situação melhor.

Jorge Emicles Pinheiro Paes Barreto.


Site pró-Dilma que associou Barbosa a macaco é motivo de constrangimento para Planalto


Um site que promove a presidente Dilma Rousseff na internet desde 2008 virou fonte de constrangimento para o Palácio do Planalto nos últimos dias, ao associar o presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, à imagem de um macaco. A associação foi feita há uma semana pelo Blog da Dilma para ilustrar um artigo do ex-deputado federal pelo PT Luiz Eduardo Greenhalgh sobre o julgamento do mensalão. A ilustração era composta por um macaco sorridente em primeiro plano, Barbosa ao fundo e uma legenda: "Ainda vai Barbosinha? kkkkk".

Editoria de Arte/Folhapress

O episódio foi criticado nas redes sociais por pessoas que consideraram a associação racista com Barbosa, que é negro. Após cinco dias no ar, a imagem foi substituída por uma foto do próprio Greenhalgh e o site divulgou um texto intitulado "Racismo não". Assinado pela enfermeira Jussara Seixas, uma das editoras do site, o artigo não fez referências à ilustração, mas soou como resposta à controvérsia nas redes sociais. "Racismo, preconceito e intolerância são o câncer da humanidade", escreveu Jussara.

O governo procurou ficar longe da confusão. "O único blog vinculado com a presidenta Dilma ou com a Presidência da República é o Blog do Planalto, administrado pela Secretaria de Imprensa da Secom", disse o porta-voz da Presidência da República, Thomas Traumann. Nos bastidores, interlocutores da presidente afirmam que a relação do Palácio do Planalto com blogs de simpatizantes do PT é delicada. Para eles, o governo não tem como impor restrições a sites de militantes petistas que ajudam a mobilizar as bases do partido nos períodos eleitorais.

Criado em 2008, antes da eleição da presidente, o Blog da Dilma reproduz artigos e vídeos publicados antes em outros sites. Ele se intitula "o maior portal da Dilma Rousseff na internet", tem perfil no Facebook, canal no YouTube e conta no Twitter para divulgar textos sempre elogiosos à presidente. O funcionário público Daniel Bezerra, editor responsável do blog, disse que a substituição da foto foi uma medida tomada para "acabar logo com a polêmica". "Não foi racismo. Utilizamos esse banner do macaquinho há muito tempo. É uma piada. Em Fortaleza, onde moro, macaco é sinônimo de alegria", afirmou à Folha.

Ele disse que a mesma imagem foi associada antes ao ex-governador José Serra (PSDB), à ex-senadora Marina Silva e ao próprio Joaquim Barbosa sem despertar críticas nas redes sociais. Segundo Bezerra, o site é mantido com ajuda de 56 colaboradores e não recebe dinheiro de partidos políticos. "Os custos são pequenos e, quando aparecem, dividimos as contas entre a gente com cotas que vão de R$ 100 a R$ 300 por pessoa", disse Bezerra. Funcionário da Câmara Municipal de Fortaleza, o editor do Blog da Dilma afirmou que nem ele nem Jussara Seixas são ligados a partidos políticos.

A assessoria do STF afirmou que o ministro Joaquim Barbosa "tomou conhecimento do ocorrido", mas "não havia informações sobre providências a serem tomadas ou comentários sobre o tema".

MARINA DIAS - DE SÃO PAULO
Fonte: Folha Online


Aquele Abraço - Ao José Tavares e à Verônica Machado


"EM SOCIEDADE, DE TUDO SE SABE"... ( Ibrahum Sued )






O nosso abraço de hoje vai para um casal 20 ( 10 + 10 ) muito especial, nossos amigos José Tavares e Verônica Machado, que estiveram em visita à Europa Central há poucos dias, quando conheceram as cidades de Budapeste na Hungria, Viena, na Áustria, Praga, na República Checa e Berlim, na Alemanha. Uma viagem maravilhosa, acompanhada ainda por três casais amigos, dentre eles, Dr. Gladyson Pontes (desembargador do TJCE) e sua esposa Neide Pontes. Os outros casais são: Dr. Siredson Ramos e esposa Vânia, Dr. Valmar Carvalho e esposa Valesca, todos colegas seus, advogados do Banco do Brasil. Uma viagem enriquecedora de conhecimentos, e é sempre bom conhecer novos lugares, especialmente em companhia de bons amigos.

A todos, o nosso abraço, em nome e todos que fazem o Blog do Crato, e com mais ênfase, aos nossos amigos José Tavares e à Verônica.

Por: Dihelson Mendonça
Administrador do Blog do Crato
www.blogdocrato.com


Festival de Música de Barbalha terá 18 concorrentes



A 8ª edição do Festival de Música de Barbalha – (Femub) será aberta na próxima sexta-feira (27). As apresentações serão realizadas em palco montado na Praça Filgueira Sampaio, no Centro da cidade. A edição 2013 do Femub, que termina no sábado (28), terá 18 concorrentes das cidades de Barbalha, Juazeiro do Norte, Crato e Lavras da Mangabeira.

No sábado (28), serão apresentadas apenas as oito finalistas. Há seis anos, o festival é realizado paralelo à Feira de Negócios e Artesanato de Barbalha – (Fenab), que apresenta artigos de moda, itens de decoração, pinturas, equipamentos de tecnologia, móveis, culinária, consultoria e negócios. Os eventos são promovidos pelo Instituto Crajubar de Educação e Cultura (ICEC).

Por: Radio Cetama / Josélio Araújo


Igreja renegocia imóveis no Crato


Cúria Diocesana está revendo a propriedade de imóveis da Igreja e informa que inquilinos serão priorizados

Juazeiro do Norte. Questões envolvendo o bispo dom Fernando Panico, na região do Cariri, vêm sendo investigadas pela Polícia e o Ministério Público. O caso que envolve acusações de estelionato e crime de agiotagem é apurado há cerca de dois meses. Segundo a Igreja, não existe até o momento manifestações relacionadas à saída do bispo do comando da Diocese do Crato. A notícia veio após ser tornada pública a assinatura de um abaixo-assinado, por 52 padres, pedindo a saída do sacerdote da região. No entanto, a Cúria Diocesana afirma que a informação não procede e, sobre a polêmica criada em torno das vendas de imóveis da Igreja, está havendo uma renegociação com os antigos inquilinos.

Inquilinos já fizeram manifestação nas ruas contra a venda das casas de propriedade da Igreja no município. Entretanto, esta situação está sendo apaziguada, conforme informou a Diocese FOTO: ELIZÂNGELA SANTOS. As denúncias contra o bispo dom Panico começaram após moradores das casas e donos de prédios comerciais da Diocese se sentirem prejudicados com a venda dos imóveis sem serem comunicados. Muitos deles residem nas casas há varias décadas. A Igreja chegou a esclarecer, por meio de nota, que a situação está sendo contornada, com a renegociação dos imóveis.

Segundo a assessoria da Cúria Diocesana, a situação tomou proporções que não tem a ver com a realidade. O bispo dom Fernando Panico, em entrevistas a uma rádio, chegou a dizer que está sendo perseguido. Destacou a sua tristeza em relação a toda essa situação que vem enfrentando. O bispo esteve no último dia 20, sexta-feira, prestando depoimento sobre o caso da vendas das casas pela Diocese, na delegacia Regional de Polícia, em Crato. A delegada que está à frente das investigações, Lorna Aguiar, não quis se pronunciar sobre o assunto. Segundo o escrivão Mário Gomes, que acompanhou o depoimento do religioso, o bispo esclareceu que, em relação à continuação do pagamento dos aluguéis, após a venda dos imóveis, a questão teria sido acordada com os antigos inquilinos. Pelo menos dez deles já prestaram depoimento até o momento e mais pessoas do âmbito da Igreja deverão ser ouvidas pela Polícia.

O número de casas não chega a 65 conforme vem sendo divulgado, segundo esclarece a própria Igreja. São pouco mais de 50 prédios, incluindo imóveis comerciais. No Crato, alguns moradores chegaram a contratar um advogado para se defenderem e terem o direito de permanecer nas residências. Eles alegam que não foram comunicados pela Diocese da venda das casas e, caso isso pudesse ocorrer, seriam, conforme a lei do inquilinato, os clientes preferenciais. Disseram, também, que as casas foram vendidas a preços bem abaixo do valor do mercado.

O caso veio a público após os próprios inquilinos irem às ruas da cidade se manifestar contra a iniciativa da Igreja. Alguns alegam que houve má fé do bispo. Em alguns casos, moradores chegaram a pegar cópias de escrituras em cartórios da cidade, para comprovar a venda das casas e continuarem com os contratos de aluguel em nome da Diocese do Crato. Alguns desses papéis apresentados teriam a suposta assinatura do bispo.

Para o padre Edmilson Neves, pároco da Sé Catedral, essa situação está sendo sanada na medida em que vêm sendo feitas as renegociações. Ele disse que os moradores poderão ficar tranquilos, que o direito a continuar morando nas casas é assegurado, além da preferência inicial de compra. O padre alega que muitas das negociações foram feitas por um assessor financeiro da própria Igreja, afastado das funções. Além disso, por questões administrativas, que já estão sendo solucionadas. O bispo dom Panico chegou a passar mais de duas horas prestando depoimento, acompanhado de um advogado. Saiu sem dar esclarecimentos à imprensa. No sábado passado, ele esteve à frente da solenidade de encerramento da fase diocesana do processo de beatificação de Benigna Cardoso. No início do próximo mês ele irá a Roma entregar o processo, para iniciar a fase processual junto ao Vaticano, e verificar o caso do pedido de reabilitação do Padre Cícero e seu encaminhamento. Dom Panico disse que se sentia perseguido por pessoas ligadas a setores interessados em prejudicá-lo.

Outro caso polêmico e que ainda tramita na Justiça, que envolve a Diocese e o bispo, é relacionado à venda de um terreno, efetuada ainda no período em que o monsenhor Murilo de Sá Barreto, já falecido, estava à frente do então Santuário Diocesano de Nossa Senhora das Dores, em Juazeiro do Norte. O terreno avaliado em mais de R$ 18 milhões, no bairro São José, uma das áreas atualmente mais valorizadas da região, foi adquirido por um empresário do ramo imobiliário de Juazeiro do Norte, por um valor bem inferior. Mesmo diante das questões que estão sendo levantadas, o religioso reconheceu erros administrativos em relação à venda das residências. Ele disse que as comercializações estão sendo desfeitas. Disse, ainda, reconhecer que teria sido necessário observar a prioridade de venda dos imóveis a quem já reside nas casas alugadas pela Diocese e que não autorizou a negociação. "Há muitas pessoas que agem em nome do bispo. Eu não tenho condição de saber de tudo, de realizar todas as coisas", disse. Segundo ele, a Diocese está prestando todas as informações solicitadas pelas autoridades envolvidas na investigação do caso.

Dom Fernando informou que vai esperar um pronunciamento do Ministério Público e da delegada que comanda as investigações. A partir daí deverá convocar uma coletiva para prestar esclarecimentos. Os imóveis comercializados (casas e prédios) estão em varias ruas, inclusive no Centro do Crato. No mês passado, através de uma nota encaminhada pela Diocese, se chegou a afirmar que as negociações para venda dos imóveis alugados teriam sido feita por um assessor da Igreja, sem o consentimento de dom Fernando. A nota também informava que as negociações da venda dos imóveis teriam sido canceladas e que todo o patrimônio retornaria à posse da Diocese. O documento foi assinado, à época, pelo próprio bispo e por outros diáconos assessores na Diocese.

Mais informações
Igreja Matriz do Crato
Rua Miguel Limaverde, 624
Praça da Sé, Centro
Cariri
Telefone: (88) 3521.0309

Elizângela Santos
Repórter do Jornal Diário do Nordeste
Membro do Blog do Crato e Portal de Notícias Chapada do Araripe


A quem interessa caluniar o Bispo Dom Fernando?

A quem interessa caluniar o Bispo Dom Fernando? 


Mais uma matéria caluniosa contra o Bispo Diocesano, Dom Fernando Panico, ganha as ruas da região do Cariri. Tons de difamação de forma vil e covarde dão conotação de matérias pagas. Quando o argumento jurídico já não mais encobre ações delituosas apelam para outra estratégia; a de manipulação social através da mídia, e ai vale tudo: panfletos caluniosos, publicações em redes sociais, tabloides online e periódicos de pequena circulação, que até então eram totalmente desconhecidos do público e que agora ganham uma pequena notoriedade. Postam mentiras, criam notícias fantasiosa, tentam manipulam a opinião pública. Lamentavelmente, algumas emissoras de rádio em seus noticiosos se aproveitam do sensacionalismo dando ênfase com veemência. Repórteres agem como inquisidores, julgam e sentencia o fato. Não buscam a verdade ouvindo os dois lados.

Prática desleal e desumana. Assim como tentaram contra a vida de um advogado da Diocese, o Dr. Hiarles Macedo, que foi obrigando por medidas de segurança, retirar-se juntamente com sua família, para outro Estado. Não obtendo êxito em suas ações, agora estão querendo intimidar o Bispo, forçar sua saída da Diocese do Crato, com campanhas maléficas e escusas.

O Bispo, buscou os direitos da Diocese e viu na justiça, a única forma de reaver parte do seu patrimônio que, segundo os autos do processo, estavam sendo usurpados por poderosos de Juazeiro do Norte. Bastou essa coragem de Dom Fernando para incomodar pessoas que de forma direta ou indireta estão envolvidas nos processos. Vários esquemas estão sendo desarticulados, conforme constam nos autos do processo judicial e sindicância da Corregedoria Geral de Justiça do estado do Ceará. Inclusive, será também passível de apuração, os possíveis crimes anteriormente denunciados, tendo em vista o interesse do Procurador de Justiça do Estado, em averiguar condutas criminosas denunciadas pelos advogados da Diocese.

Porque tanta perseguição? Porque só acusam? Onde está o direito de resposta negado pela imprensa que o difamam? Quando o Direito deixa de existir apelam utilizando o poder do capitalismo selvagem.

Tudo que acontece na cúria diocesana é motivo para notícias distorcida e difamatórias. Como o caso da publicação na recente edição do Jornal do Cariri, onde publicaram uma deslavada mentira sobre uma possível abaixo-assinado de padres pedindo o afastamento de Dom Fernando. O repórter do Jornal do Cariri, Madson Vagner, não teve o devido cuidado de confirmar a notícia e a credibilidade da fonte geradora. Não houve abaixo-assinado e muito menos bate-boca. A reunião, convocada por Dom Fernando, tratou tão somente de assuntos administrativos uma vez que o Bispo irá a Roma em viajem previamente marcada, há mais de três meses, para tratar de assuntos relacionados a beatificação da Menina Benigna e reabilitação do Padre Cícero. Em nenhum momento o repórter procurou informações sobre o assunto junto a cúria. Por ser Dom Fernando o primeiro Bispo a empunhar a bandeira pela luta da reabilitação do Padre Cícero, esse fato também incomoda muita gente poderosa. Fato lamentável.

Em relação a suposta “mansão”, trata-se de uma construção independente de Monsenhor Dermival, e esse insinuações maldosas já haviam sido alertadas pelo Bispo, em entrevista na FM Pe. Cícero.

Quanto a presença de Dom Fernando na delegacia de polícia civil, é fato. Fez questão de exercer sua cidadania como qualquer brasileiro. Foi até aquela unidade policial esclarecer fatos sobre toda uma situação criada em torno do seu nome.

A mídia não leva em conta e não divulgam as ações desenvolvidas pelo Bispo Diocesano, raramente procuraram saber sobre estas, desconhecem o trabalho e as conquistas de Dom Fernando à frente da dioceses do Crato nos últimos 12 anos. Fazemos aqui um breve relato:

Dom Fernando, o quinto bispo

Missionário do Sagrado Coração de Jesus (MSC), Dom Fernando Panico – naturalizado brasileiro – nasceu em 01 de janeiro de 1946, em Tricase, no sul da Itália. Fez seus estudos em Roma, onde foi ordenado sacerdote no dia 31 de outubro de 1971. Em 13 de dezembro de 1974 chegou ao Brasil, como missionário no Estado do Maranhão. Lá permaneceu até 02 de junho de 1993, quando foi nomeado, pelo Papa João Paulo II, Bispo de Oeiras-Floriano, no Piauí, aonde recebeu a ordenação episcopal em 14 de agosto daquele ano.

No dia 02 de maio de 2001, foi transferido para a Diocese de Crato como seu quinto bispo, tendo assumido sua missão pastoral em 29 de junho de 2001. Desde que aqui chegou, Dom Fernando Panico vem confirmando o seu projeto pastoral de caracterizar esta Diocese como “Romeira e Missionária”. Criou dez paróquias e três Regionais Pastoriais (no alto da Penha e nos distritos de Santa Fé e Dom Quintino, todos em Crato) e ordenou 47 sacerdotes. Criou o Curso Superior de Teologia no Seminário São José e trouxe para dirigir este educandário a Companhia dos Padres de São Sulpício (Sulpicianos) que administram nove Seminários no mundo sendo, somente, dois no Brasil (Crato e Brasília). Criou a Faculdade Católica do Cariri. Entregou à Ordem dos Camilianos a administração do Hospital São Francisco de Assis de Crato, que vem experimentando sucessivas melhorias no seu funcionamento. Construiu a Cúria Diocesana e a nova residência Episcopal, no bairro Granjeiro.

Criou três Santuários Diocesanos: o da Igreja-Matriz de Nossa Senhora das Dores de Juazeiro do Norte, Santuário Eucarístico que funciona na igreja de São Vicente Férrer em Crato e o Santuário da Divina Misericórdia, na Igreja-Matriz de Santo Antônio, na cidade de Barro. Conseguiu, junto ao Vaticano, a elevação da Igreja-Matriz de Nossa Senhora das Dores de Juazeiro do Norte à condição de Basílica Menor.

Foi o responsável pelo início dos estudos sobre o Processo de Reabilitação do Padre Cícero Romão Batista, ora em análise na Santa Sé. Deve-se a Dom Fernando Panico a iniciativa da abertura do Processo Diocesano pela Beatificação da Serva de Deus benigna Cardoso da Silva. Iniciou a implantação de uma Fazenda da Esperança, destinada à recuperação de dependentes químicos, no município de Mauriti. Foi o responsável pela vinda da Comunidade Boa Nova, que trabalha na recuperação de dependentes do álcool e de drogas, com uma unidade em funcionamento num sítio, localizado na estrada Crato-Santa Fé. Trouxe para a Diocese as seguintes instituições religiosas: Ordem Camiliana, Companhia dos Padres de São Sulpício (Sulpicianos), Freiras Contemplativas da Ordem Fraternidade Missionária (todas as citadas para a cidade de Crato); Monjas Contemplativas da Ordem de São Bento (Beneditinas) que construíram o Mosteiro de Nossa Senhora da Vitória e as Irmãs Salesianas, que atuam na Colina do Horto (ambas para Juazeiro do Norte); Filhas de Nossa Senhora do Sagrado Coração (para Antonina do Norte); Irmãs Filhas da Imaculada Conceição de Buenos Aires (para Lavras da Mangabeira), Filhas de Nossa Senhora da Providência, que atuam em Missão Velha.

Atualmente no Centro Pastoral Dom Fernando Panico, fruto da ação da Região Pastoral do bairro Alta da Penha, 80 crianças carentes são assistidas com alimentação e educação. Implantou recentemente o projeto das Santas Missões Populares, que aninou musicalmente todas as paróquias, durante três anos, acolhendo o 13º intereclesial das CEBs. Agora Dom Fernando se prepara para estar presente no próximo dia 7 de outubro em audiência em Roma, com o Papa Francisco, onde tratará sobre a beatificação de Banigna Cardoso da Silva a “Serva de Deus”, bem como tratar pessoalmente sobre o processo de reabilitação do Padre Cícero.

Missões importantíssimas para a comunidade católica de todo o Nordeste que precisam ser mais explorada e divulgada pela mídia local.

Como bem diz o pastor diocesano, “o tempo de Deus chegará e tudo será amplamente esclarecido”.

Assessoria de Imprensa da Diocese do Crato
Matéria publicada no Site Miséria


Cariri garden Shopping conta com pista inédita de patinação no gelo


O empreendimento conta com muita diversão para toda a família com uma moderna pista de gelo




O Cariri Garden Shopping, administrado pela Tenco Shopping Centers, continua inovando e se destacando na diversidade de ações desenvolvidas. Desta vez, traz para a região, uma pista inédita de patinação no gelo. Toda a Praça de Eventos está ocupada com a atração, de alta tecnologia.

Segundo o gerente de marketing do empreendimento, Eduardo Duffles, a novidade deverá atrair um público de mais de oito mil pessoas. “A pista de patinação no gelo é a maior que já tivemos na região, com certeza irá agradar crianças e adultos, proporcionando um fluxo significativo ao empreendimento”, comenta.

Desta vez, segundo ele, foi montada uma pista inédita, que há muito tempo não se tinha na região. “O Cariri é uma região que merece eventos de grande porte. Queremos agregar as atrações locais e culturais a outros meios de entretenimento que gerem fluxo e mexam com a rotina das pessoas”, declara Eduardo.

A área de patinação tem capacidade para 40 pessoas ao mesmo tempo e conta também com barras de segurança para iniciantes, equipamentos de alto padrão - como patins e kits de segurança com capacetes, luvas, joelheiras, cotoveleiras e ainda equipamentos especiais para que os pequenos possam se divertir, além de pessoas orientando os participantes.

O funcionamento da pista é de segunda a sábado, de 10h às 22h e aos domingos e feriados das 14h às 20h.

SERVIÇO:

Pista de Patinação
De segunda à sábado: das 10h às 22h
Domingos e feriados: das 14h às 20h
Até o dia 6 de outubro
Cariri Garden Shopping
Endereço: Av. Padre Cícero, 2.555 - Juazeiro do Norte – Ceará

Fonte: Elizangela Santos
Membro do Blog do Crato


Crato - Notícias Administrativas


Projeto Biblioteca Móvel se destaca na democratização do acesso à leitura

O  ônibus com a Biblioteca Móvel pretende ampliar os caminhos para democratização do acesso à leitura no município do Crato. A Biblioteca Móvel é um micro-ônibus estruturado para oficinas literárias com o objetivo de incentivar o hábito da leitura à comunidade estudantil. Segundo Eva Tavares, contadora de histórias, o programa está atendendo escolas e comunidadesoferecendo em suas ações um convite para a leitura e reflexão. No último domingo a Biblioteca Móvel esteve no Sítio Boa Vista quando aconteceu uma ação de cidadania promovida pela prefeitura do Crato durante a seletiva dos jogos interdistritais.

O evento contou com a presença da população local, convidados, secretariado e autoridades municipais e oprefeito Ronaldo Sampaio Gomes de Mattos, que destacou a importância da Biblioteca Móvel em realizar ações educativas integradas com a comunidade. Na ocasião, ele adiantou que “o projeto não consiste apenas numa biblioteca e sim num espaço causador de ações”, afirmou.  A inciativa coordenada pela equipe formada por Eva Tavares, Evaneide Rocha, Fernanda Cardeal, Lucélia Luciano, Maria de Fátima Gonçalves e Zildenir Leal, ofereceu às crianças da comunidade oficinas de pinturas, dobraduras, teatro, apreciação dos livros de desenhos, recontos das historia, oficina de pintura no rosto, fantoche, além do acesso a obras literárias.

Trocaria acontece no próximo domingo na comunidade do Gesso

A comunidade do Gesso, na zona urbana do Crato recebe neste domingo, 29, mais uma edição da Trocaria, que tem início às 15 horas. A ação é coordenada pelo articulador cultural Alexandre Lucas etem como objetivo promover a troca de objetos entre os participantes. Diversos objetos podem ser trocados noevento, como roupas, vinis, cd’s, dvd’s,livros, móveis e  roupas. O uso do dinheiro não é permitido. Articulada pela Coordenadoria de Políticas Públicas para a Juventude da Prefeitura Municipal do Cratoserão oferecidos vários serviços  em parceria com as secretarias municipais como a distribuição de mudas,  de preservativos e orientações sobre doenças sexualmente transmissíveis, além de exercícios e recreação. A Secretaria de Serviços Públicos está realizando serviços de limpeza, capinação e coleta de lixo na área para a realização do evento.
   
III Seletiva do Campeonato Interdistrital de Futebol será em Dom Quintino

A coordenação do III Campeonato Interdistrital de Futebol informa que a terceira seletiva para o Distrito de Dom Quintino, no próximo sábado, 28, a partir das 13 horas. Serão seis equipes como o Dom Quintino, Bréa, Aracã, Faustino, Ipueira, Cachoeira dos Gonçalves disputando três vagas para a próxima etapa. Os jogos acontecerão no Distrito de Dom Quintino e contarão com a parceria de várias secretarias municipais, onde mais uma vez será realizada a Ação Cidadã.

Romeiros participam da 14ª Romaria ao Caldeirão da Santa Cruz do Deserto

Com a presença de mais de 1.500 pessoas., foi realizada no último domingo, 22, a 14° Romaria ao Caldeirão da Santa Cruz do Deserto, localizado no distrito de Santa Fé, em Crato. A caminhada foi uma parceria da Secretaria Municipal de Cultura com a Diocese do Crato. Romeiros dos estados de Alagoas, Paraíba, e Pernambuco estiveram presentes com várias caravanas. Eles foram não só para renovar a fé no Beato Zé Lourenço, como também representando vários movimentos sociais de suas regiões. 

A romaria, que já entrou para o calendário cultural e religioso do Cariri, iniciou-se às 7h30, com a acolhida aos romeiros e uma missa campal celebrada por padres da Diocese. Este ano, a Romaria teve como tema "Terra, Água, Comunhão: Bem Viver no Nosso Chão", que relembra a convivência dos agricultores familiares no semiárido brasileiro, cuja resistência se confunde com a do próprio Beato Zé Lourenço, que organizou a comunidade calcada em valores humanos e solidários. Exemplo de convivência com o semiárido, o Caldeirão da Santa Cruz do Deserto é apontado como experiência exitosa em cuidado com o homem e a terra. Com suas experiências agroecológicas, a comunidade fundada pelo Beato José Lourenço é apontada como embrião do que se convencionou denominar ecovilas. No caso do Caldeirão da Santa Cruz do Deserto, o trabalho em regime de mutirão chegou a alimentar duas mil pessoas durante o inicio do século XX. 

Marcação de Consultas serão feitas amanhã sexta-feira, 27

A Secretaria de Saúde do município do Crato através do setor de Controle, Avaliação, Regulação e Auditoria avisa a toda a comunidade que a marcação dos exames em todas as unidades de saúde acontecerá amanhã, sexta-feira, dia 27 de setembro.

Secretaria de Saúde do Crato promove manhã de assistência na Cadeia Pública 

A Secretaria de Saúde do Crato por meio da Coordenação de Hanseníase e Tuberculose realiza amanha, sexta-feira, dia 27, a partir das 9 horas uma atividade de assistência em saúde na Cadeia Pública do Crato, no bairro Muriti. A atividade objetiva sensibilizar sobre a tuberculose, oferecendo informações acerca da doença, bem como realizar o exame do escarro (baciloscopia). Este exame é muito importante porque permite diagnosticar a doença. De acordo com a coordenadora de Hanseníase e Tuberculose da Secretaria de Saúde do Crato,  Nágela Garcia, todo paciente com tuberculose pode ser curado, desde que siga corretamente as orientações do médico e dos demais profissionais de saúde responsáveis pelo acompanhamento. Contato - Coordenadora de Hanseníase e Tuberculose da Secretaria de Saúde do Crato  Nágela Garcia (88) 9933.2198

Fonte: PMC



Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30