xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 12/06/2013 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

12 junho 2013

Das esmolas grandes - Por: Emerson Monteiro


Em épocas quase recentes, vivíamos três longas décadas de exceção política. As decisões nasceram de mãos desautorizadas, em sua maioria restando ao ser coletivo pagar pelo que comia e que nem soube quem comeu. Dirigentes nacionais se sucederam, quiséssemos ou não quiséssemos.


Depois, com uma constituição trabalhada a duras penas, em 1988, se preparou o futuro brasileiro. Jamais se esperou tanta lucidez das escolhas posteriores a isso. Sobretudo de gerações jovens de que bem carece o Mundo inteiro. Decisões aconteceram nas urnas diante de muitos nomes, todos sequiosos de poder, vontade de chegar ao ápice, e demonstrando sinceridade de propósitos até onde pode suportar a propaganda.

O conceito popular nos ensinava que de cavalo dado não se olha dente. Entretanto, tivemos de abrir a boca de cada um, em particular, para fazer a radiografia do bicho na praça, por inteiro, com equipamentos sofisticados de avançada tecnologia, que nos dominavam de cima para baixo. Vimos jogar feitiço contra feiticeiro. Caras restaram quebradas de tantas ilusões adormecidas e despertas em período de caça às urnas. Inspecionar dentes, cascos, pelagem, rabo, vazios, partes inferiores, foucinho, olhos, garganta, estômago, orelhas, tudo, de fatos a movimentos, sem medo da catinga dos animais racionais bem trajados e ansiosos de chegar à cabeceira da pista, porque depois tivemos infindáveis longos anos (lembrem-se dos de hoje) convivendo com aqueles alienígenas, vezes até irracional, a mandar e desmandar em nossos destinos.

Dizem os árabes que só se conhece de verdade quem conosco comer um quilo de sal, modo de descobrir o que as lentes escondem, porque são  passadas que machucam os pés.

Existiam os indivíduos, mas inexistiam partidos fortes e coerentes. O mais antigo não contava história de meio século. Seria detalhe primoroso dispuséssemos da crença no programa partidário respeitável, na honra e no espírito público dos candidatos.

Trabalhemos o voto, tais relojoeiros, para virmos depois usufruir de futuro sem lágrimas ou frustrações. Por serem jovens os principais protagonistas da cena, eles iriam desfrutar da sapiência de seu gesto, iniciando a nova História do Brasil, onde viveriam mais tempo e serão felizes.


Bom, esse o quadro daqueles idos esperançosos. Agora, chega o momento de avaliar com outros olhos o que aconteceu quando abriram o baú do tesouro, reflexão dos adultos que agora representam os jovens da esperança das primeiras eleições livres desta fase nacional.

Por: Emerson Monteiro - para o Blog do Crato 

Livro e exposição sobre a Festa de Santo Antônio foram lançados nesta quarta-feira em Barbalha


CULTURA POPULAR



A Tradicional Festa de Santo Antônio em Barbalha dá sequência à sua programação nesta semana, com shows na terça e na quarta-feira. Quarta, 12/6, além das apresentações musicais especiais do Dia dos Namorados, com Os Águias de Barbalha e Renato e seus Blue Caps tocando no Parque da Cidade, a Secretaria de Cultura de Barbalha sediará o lançamento do livro "Sentidos de Devoção: Festa e Carregamento em Barbalha" e a abertura da exposição museográfica "Pau de Santo, Festa de Fé", ambos coordenados pelo Iphan

Uma festa popular de tradição secular, que atrai 500 mil pessoas e é atração nacional para “encalhados” e “esperançosas” que sonham em se casar. Mas também para turistas de diversos estados brasileiros, amantes da cultura popular tradicional nordestina e de várias linguagens e expressões artísticas. Assim é a Festa de Santo Antônio de Barbalha, município cearense distante 610 km de Fortaleza. 

As festividades começaram no sábado, 1/6, com a Noite das Solteironas, e no domingo, 2/6, com o Cortejo de Grupos Folclóricos, o Carregamento e o Hasteamento do Pau da Bandeira. A maior festa de padroeiro do Brasil - agora também reconhecida pela lei estadual 96/2012, de autoria da deputada Fernanda Pessoa, como capital cearense dos festejos a Santo Antônio - continua nesta semana, com shows musicais nos dias 11 e 12/6, lançamento de livro e abertura de exposição museográfica no dia 12/6 e realização da procissão de encerramento, na quinta-feira, 13/6. 

"O reconhecimento de Barbalha como capital cearenses dos festejos de Santo Antônio, por lei estadual, deixa a cidade muito honrada, e é um dos grandes diferenciais da festa este ano, aumentando ainda mais a visibilidade do evento", afirma o secretário de Cultura e Turismo de Barbalha, Antônio de Luna.

"O lançamento do livro e a abertura da exposição sobre a festa são outras grandes conquistas que marcam o evento em 2013, fazendo desta uma edição ainda mais especial", acrescenta o secretário. "A programação musical, incluindo os shows especiais desta quarta-feira, Dia dos Namorados, é outro destaque".

Programação de shows

Nesta terça-feira, 11, às 21h, a cantora e compositora Suely Façanha se apresenta no Parque da Cidade, na Noite Religiosa da programação da festa. E na quarta-feira, 12, no mesmo local e também a partir das 21h, o Dia dos Namorados será celebrado, na cidade que tem por padroeiro Santo Antônio, ao som de Matheus Fernandes, do tradicional grupo Os Águias, referencial para a história musical de Barbalha, e de Renato e seus Blue Caps, eterno ícone da Jovem Guarda. Todos os shows têm entrada franca.

Além da programação musical, os festejos religiosos, sociais e culturais, com trezenas, missas, quermesses, leilões, apresentações folclóricas, festas populares, se estendem até quinta-feira, 13/6, Dia de Santo Antônio, quando haverá celebração de missa de encerramento, às 9 horas na Igreja Matriz, e, às 16 horas, um dos momentos mais bonitos e populares da festa: a procissão com o carro-andor com a imagem do santo percorrendo as principais ruas da cidade.

Exposição "Pau de Santo, Festa de Fé"

Nesta quarta-feira, 12/6, às 19h, acontece a abertura da Exposição Museográfica sobre a Festa de Santo Antônio, fruto de parceria entre a Prefeitura de Barbalha e o Iphan - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, autarquia do Ministério da Cultura responsável pela preservação do patrimônio cultural brasileiro. A exposição "Pau de Santo, Festa de Fé" será aberta ao público no Casarão que sedia a Secretaria de Cultura de Barbalha (Rua da Matriz, S/N, Centro).

A exposição foi produzida a partir dos resultados do Inventário Nacional de Referências Culturais da Festa de Santo Antônio de Barbalha, pesquisa que compõe a instrução de Registro da Festa como Patrimônio Cultural Brasileiro. A mostra retrata como as celebrações de Corte, Carregamento e Hasteamento do Pau da Bandeira foram se tornando centrais no calendário de Barbalha, ao mesmo tempo em que passaram a funcionar como elemento identificatório de seus moradores. E como as insinuações em torno do poder milagreiro do mastro da bandeira dão toda uma conotação sensual e brincalhona à Festa de Santo Antônio de Barbalha.

Livro "Sentidos de Devoção"

Também no dia 12 de junho, será lançado o livro "Sentidos de Devoção - Festa e Carregamento em Barbalha", igualmente resultado de trabalho realizado pela equipe do Iphan e um marco importante no registro documental e acadêmico da festa. A publicação, de 260 páginas, tem como organizadores Igor de Menezes Soares e Ítala Byanca Morais da Silva, historiadores que integram a Superintendência do Iphan no Ceará, e reúne artigos de diversos autores, abordando variadas facetas da festa e de suas múltiplas leituras.

São reflexões tecidas sobre a Festa de Santo Antônio em campos variados, como História, Geografia, Antropologia, Pedagogia, Cinema e Turismo, evidenciando a natureza interdisciplinar da instrução dos processos de reconhecimento das práticas culturais como Patrimônio Cultural Brasileiro. O Iphan ressalta que existem poucos trabalhos acadêmicos defendidos e publicados sobre a festa e que, dessa forma, a publicação pretende provocar o preenchimento de uma lacuna editorial e também servir de leitura inicial, estimulando novas pesquisas sobre a celebração.

A seleção de autores e imagens foi fruto das pesquisas desenvolvidas no âmbito do Inventário Nacional de Referências Culturais (INRC) da celebração, que compõe o dossiê de registro da Festa como Patrimônio Cultural Brasileiro. Atualmente, o Iphan-CE possui um acervo de mais de 3 mil registros da festa, como entrevistas, fotografias, matérias em periódicos, além do próprio INRC. O livro poderá ser obtido mediante solicitação encaminhada ao Iphan-CE e também será disponibilizado nas bibliotecas do Sistema Estadual do Ceará.

Organizadores do livro:

Igor de Menezes Soares (Organizador), Historiador da Superintendência do Iphan no Ceará e mestrando do Programa de Pós-graduação em História Social da Universidade Federal do Ceará – UFC; Ítala Byanca Morais da Silva (Organizador), Historiadora da Superintendência do Iphan no Ceará e mestre em História Social pelo  Programa de Pós-graduação em História Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ.

Autores de textos do livro:

Antônio Igor Dantas Cardoso, mestrando do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal do Ceará – UFC;José Clerton de Oliveira Martins, Professor do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade de Fortaleza – UNIFOR; José Edvar Costa de Araújo, Professor do Departamento de Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA;Josier Ferreira da Silva, Professor do Departamento de Geografia da Universidade Regional do Cariri – URCA e do Programa de Pós-graduação em Geografia da Universidade Estadual do Ceará – UECE; Jucieldo Ferreira Alexandre, Professor do Departamento de História da Universidade Regional do Cariri – URCA e pesquisador do INRC da Festa de Santo Antônio de Barbalha.
Océlio Teixeira de Souza, Professor do Departamento de História da Universidade Regional do Cariri – URCA e Coordenador do Projeto Cariri; Renata Marinho Paz, Professora do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Regional do Cariri – URCA e Coordenadora do INRC da Festa de Santo Antônio de Barbalha; Rosemberg Cariry, Filósofo e cineasta; Sandra Nancy Ramos Freire Bezerra, Professora do Departamento de História da Universidade Regional do Cariri – URCA e pesquisadora do INRC da Festa de Santo Antônio de Barbalha; Simone Pereira da Silva, Mestre em História pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal da Paraíba – UFPB e pesquisadora do INRC da Festa de Santo Antônio de Barbalha.

Entrevistas/mais informações:

ANTÔNIO DE LUNA - Secretário de Cultura e Turismo da Prefeitura de Barbalha - (88) 9729-7885 - RAMIRO TELES - Superintendente do Iphan-CE - (85) 3221-6360

Dalwton Moura - Jornalista/Repórter
Colaborador do Blog do Crato e Portal de Notícias Chapada do Araripe


Notícias & Destaques (Armando Rafael)


Xô, muriçoca


Parece uma das pragas do Egito! De onde vem tantas muriçocas não se sabe. O fato é que os moradores dos bairros Parque Granjeiro, Parque Floresta, Ossian Araripe e adjacências, estão sendo atormentados – nas últimas noites – pela maior proliferação de muriçocas já vista na cidade de Crato. Através dos noticiários das emissoras de rádio a população vem pedindo providências à Prefeitura, lembrando a “Operação Boa Noite” – que existiu na administração do prefeito Antônio Primo de Brito. Naquela época a população dormia em paz. Bons tempos aqueles...


A farra dos novos municípios

A Câmara dos Deputados aprovou projeto de lei concedendo poderes aos deputados estaduais, para criarem 410 novos municípios no Brasil. Se o Senado da República referendar essa decisão da Câmara Federal, somente no Ceará serão 30 novos municípios. Na Região do Cariri passariam à categoria de cidade os distritos de Jamacaru (Missão Velha), Palestina do Cariri (Mauriti) e Ponta da Serra (Crato) -- foto o lado --. Sintomático é que a Diocese de Crato já se antecipou e criou – há alguns anos – três novas paróquias nesses distritos.

Imagem de Benigna


Depois de ouvir pessoas que conheceram a menina Benigna Cardoso da Silva, a Paróquia de Sra. Sant’ana, (leia-se padre Paulo Lemos) lançou novo retrato falado da menina Benigna Cardoso da Silva – A Heroína da Castidade – cujo processo de beatificação será entregue em breve ao Vaticano.  Até um vestido que Benigna usava – vermelho com bolas brancas – e uma sandália de couro, tipo currulepe, foram restaurados na nova imagem que será distribuída, a partir de agora, da nova “Serva de Deus”.
A popularidade de Benigna cresceu tanto que, em julho, uma das noites de novena da padroeira Senhora Sant'ana será dedicada à memória da jovem mártir assassinada em 1941, na zona rural de Santana do Cariri. Será a "Noite de Benigna".

Uma vida dedicada à Igreja Católica

Monsenhor Vitaliano Mattioli, postulador da causa de beatificação da Serva de Deus Benigna Cardoso da Silva, passou por nova operação cirúrgica, mas está em franca recuperação. Ele reside em Crato, onde atua como missionário, sendo uma pessoa muita estimada em todo o Cariri. Monsenhor Mattioli nasceu em Roma, Itália, e lá realizou estudos clássicos, filosóficos e jurídicos. Foi professor na Universidade Urbaniana e na Escola Clássica Apollinaire. Ele planeja nova viagem ao Vaticano, no próximo mês de setembro, levando toda a documentação do processo de beatificação da menina Benigna para entregar à Congregação para a Causa dos Santos. 
(Na foto abaixo, a missa celebrada na Catedral de Crato comemorativa ao jubileu de ouro de ordenação sacerdotal de monsenhor Vitaliano Mattioli, que aparece em frente ao microfone).


Açusa agora é estatal

Houve quem festejasse a decisão do Governo do Ceará em arrematar, em leilão, a massa falida da Usina Manoel Costa Filho, localizada em Barbalha. O Governo do Estado ofereceu um lance de R$ 15,5 milhões e passou a ser o proprietário dessa usina, desativada há nove anos. O próximo passo do Governo do Ceará será investir cerca de R$ 35 milhões de reais para modernizar o equipamento, totalizando, assim, um investimento total de cerca de R$ 50 milhões de reais.

Um setor em crise

Algumas pessoas duvidam, por vários motivos, no sucesso da reativação da usina barbalhense. Além do forte componente político dessa decisão, considere-se que dos 10 mil hectares anteriormente plantados de cana de açúcar no Cariri, restam hoje menos de mil hectares. Estes só produzem 50 mil toneladas de cana, suficientes apenas para movimentar cerca de dez engenhos caririenses, que sobreviveram à crise do setor.

Sem luz no fim do túnel

Em 2013, uma conhecida destilaria de Crato não funcionou devido a pouca oferta da cana e das muitas exigências burocráticas e legais que penalizam o setor industrial no Brasil. Nos últimos cinco anos, várias usinas de açúcar e álcool localizadas em São Paulo – o maior produtor brasileiro – fecharam ou entraram em regime de recuperação judicial por dificuldades financeiras. A União da Indústria de Cana-de-açúcar (UNICA), que representa o setor no centro-sul do Brasil, informa que 40 usinas fecharam as portas nos últimos cinco anos.

Parceria Pública Privada para produzir... cachaça

Deixando os “entretantos” e chegando ao “finalmente” podemos dizer: agora a usina de Barbalha é propriedade do Governo do Ceará! Este tem em mãos estudos sobre espécies de cana-de-açúcar apropriadas para cultivo no Cariri e, pasmem, acredita que a transposição do Rio São Francisco vai ser feita, o que permitirá a irrigação de novas áreas para produção da cana. E muito embora – no momento – a legislação não permita parceiros privados associados ao Governo na exploração dessa usina, autoridades estaduais acreditam que num futuro próximo essa parceria possa vir a ocorrer. Para a produção da cachaça.

Dom Fernando: 12 anos como bispo do sul do Ceará

No próximo dia 29 de junho,  a comunidade católica do Cariri vai festejar os 12 anos da posse de Dom Fernando Panico como pastor do sul do Ceará. Haverá na tarde daquele dia missa festiva na Catedral de Crato, com a presença dos 54 párocos das 54 paróquias da Diocese. Os padres aproveitarão a data para manifestar apoio e solidariedade ao pastor diocesano. Toda a programação está sendo coordenada pelo Cura da Sé, padre Edimilson Neves, em  parceria com a Missão Resgate e demais associações religiosas do Cariri.

Um bispo dinâmico

Dom Fernando é um bispo muito querido pelo povo do Cariri e nesses 12 anos à frente da Diocese de Crato realizou um trabalho hercúleo em favor do progresso da região. Foram iniciativas dele, dentre outras: a criação de  dez novas paróquias, ordenação de 47 novos sacerdotes, implantação do Curso Superior de Teologia no Seminário São José (que forma padres para 5 dioceses nordestinas), criação de 3 novos santuários diocesanos: O de Nossa Senhora das Dores (em Juazeiro do Norte), o Santuário Eucarístico (em Crato) e o Santuário da Divina Misericórdia, na cidade de Barro.

Pelos frutos se conhece a árvore

Dom Fernando criou a Faculdade Católica do Cariri e  deu novo impulso e progresso ao Hospital São Francisco entregue à Congregação Camiliana. Conseguiu, junto ao Vaticano, a elevação da Igreja-Matriz de Nossa Senhora das Dores de Juazeiro do Norte à condição de Basílica Menor. Foi o responsável pelo início dos estudos sobre o Processo de Reabilitação do Padre Cícero Romão Batista, ora em análise na Santa Sé. Deve-se, ainda  a Dom Fernando Panico a iniciativa da abertura do Processo Diocesano pela Beatificação da Serva de Deus Benigna Cardoso da Silva. 

Outros benefícios

Dom Fernando Panico iniciou a implantação de uma Fazenda da Esperança, destinada à recuperação de dependentes químicos, no município de Mauriti. Foi o responsável pela vinda da Comunidade Boa Nova, que trabalha na recuperação de dependentes do álcool e de drogas, com uma unidade em funcionamento num sítio, localizado na estrada Crato-Santa Fé.  Trouxe para a Diocese as seguintes instituições religiosas: Ordem Camiliana, Companhia dos Padres de São Sulpício (Sulpicianos), Freiras Contemplativas da Ordem Fraternidade Missionária (todas as citadas para a cidade de Crato); Monjas Contemplativas da Ordem de São Bento (Beneditinas) que construíram o Mosteiro de Nossa Senhora da Vitória,em Juazeiro do Norte e a vinda das Filhas de Nossa Senhora do Sagrado Coração (para Antonina do Norte); Irmãs Filhas da Imaculada Conceição de Buenos Aires (para Lavras da Mangabeira). Além de outros benefícios cuja relação ficaria longa de enumerar...

Iniciativa correta

Juazeiro do Norte não é uma cidade ingrata! Com a abertura do Anel Viário de Juazeiro, seu primeiro trecho – o que fica  entre o entroncamento com a Rodovia Pe. Cícero e a Av. Paulo Maia, que terá pista dupla – deverá receber o nome de Avenida  Assunção Gonçalves, homenagem a artista plástica juazeirense, recentemente falecida.  A ideia foi apresentada por Renato Casimiro ao secretário das Cidades, Camilo Santana, que aceitou de imediato a sugestão. E por falar em Renato Casimiro, ele se encontra de férias, na região de Toscana, na Itália, de onde tem mandado suas notícias para os muitos amigos do Cariri.

Popularidade da “gerentona” em baixa


O povo é mal informado, mas não é burro. Pesquisa Datafolha sobre a popularidade da presidente Dilma revelou queda de oito pontos percentuais (de 65% para 57%). O que refletiu ainda na diminuição de intenção de voto para a reeleição dessa senhora (de 58% para 51%). A inflação foi o principal motivo da desilusão da massa... Parece que aquelas figuras dos três macacos ("não quer ver a enganação", "não quer ouvir a enganação", e "não quer falar na enganação") começam a ruir. Mas ninguém se iluda: nos grotões da miséria e do atraso no Nordeste, dona Dilma e seu PT ainda são fortes...

Ô raça!



E não adianta o senador Aécio Neves aparecer na propaganda eleitoral dizendo “País rico é país sem inflação”. A volta da inflação não desagrada a todo mundo. Os que têm poupança estão rindo, pois suas contas podem voltar a render 0,5% ao mês, graças à elevação da taxa Selic.
                                                                                                 

Seminário sobre gênero feminino no Crato


Com o objetivo de debater sobre as relações de poder no gênero feminino e na heteronormatividade difundidas na sociedade, o Grupo de Estudos de Gênero e Mídia (GEMI), em parceria com o Sesc, realiza nos dias 13 e 14 de junho, o seminário “Gênero, Subalternidades e Teoria Queer”.

O encontro, destinado a educadores, universitários, membros de movimentos sociais e interessados no tema, previamente inscritos, busca sensibilizar para a construção de uma sociedade livre do machismo, racismo e preconceito, abordando as questões referentes às mulheres lésbicas, negras e transexuais. A programação acontece com conferência, mesas redondas, espetáculo teatral e exibição de documentários. A iniciativa também conta com o apoio da Universidade Federal do Ceará – Campus Cariri e a parceria do Centro Cultural do Banco do Nordeste (CCBNB), de Juazeiro do Norte.

Programação
Seminário: “Gênero, Subalternidades e Teoria Queer”

13/6

9h - Mesa de Abertura do Seminário “Gênero, Subalternidades e Teoria Queer”.
9h30 - Conferência de abertura: Interfaces possíveis entre Gênero e Teoria Queer na academia e no ativismo
Palestrante: Professor Leandro de Oliveira/ URCA
Noite: Espetáculo “Pingado de Nós”, seguido de debate com Joaquina Carlos e Membro do GEMI [parceria com CCBNB]

14/6
8h - Mesa 1: Mulheres negras e subalternidades
Palestra I - Onde estão as mulheres negras nas políticas de gênero?
Ministrante: Karla Alves [URCA]
Palestra II - Gênero e religiões de matriz africana
Ministrante: Joselina da Silva [UFC]
10h - Mesa 2: Direitos LGBT e políticas pós-gênero
Palestra I - O debate dos direitos LGBT no Congresso Nacional
Ministrante:- Emanuel Freitas [pedagogia/ URCA]
Palestra II - Educação e Sexualidade
Ministrante: Glauberto Qurino [enfermagem]
Palestra III - Estado e a Despatologização das Transexualidades
Ministrante: Alexandre Nunes [UFC]
Noite
- Mesa: Performance e holofotes: transformistas, travestis e drag queens na noite de Fortaleza
- Lançamento do livro: “Ela é show” de Juliana Justa (psicóloga e mestre em sociologia pela UFC)
- Encerramento

SERVIÇO
Local: Unidade Crato do Sesc (Rua André Cartaxo, 443)
Datas: 13 e 14/6
Informações: (88) 3523.4444
:::Gratuito:::

Fonte: SESC Crato


Memória iconográfica: Dom Francisco de Assis Pires:54 anos da renúncia ao governo da Diocese de Crato


No próximo dia 11 de junho, será lembrado os 54 anos da renúncia do 2º bispo de Crato, Dom Francisco de Assis Pires, ao governo desta Diocese, fato ocorrido em 1959.
As fotos abaixo foram feitas no dia da sagração episcopal de Dom Francisco, ocorrida em Salvador (Bahia), sua terra natal,  em 06 de dezembro de 1931.

Dom Francisco, no dia da ordenação episcopal
 Bispos que participaram da sagração episcopal de Dom Francisco, ele é o terceiro da esquerda para a direita

(Por: Armando Lopes Rafael)

Portaria da URCA institui Comissão Organizadora e Científica, para o IV Simpósio sobre o Padre Cícero


Está sendo elaborado o projeto do IV Simpósio sobre Padre Cícero, que será realizado no próximo ano. Uma comissão organizadora e científica foi instituída pela URCA, e está se reunindo periodicamente na Pró-Reitoria de Extensão, da Universidade Regional do Cariri (URCA). O evento acontece no próximo ano e terá como temática central “Padre Cícero – E...Onde Está Ele. Os eixos temáticos estarão voltados para estudos direcionados aos aspectos locais, regionais e globais, que envolvem a figura do Padre Cícero.

 O simpósio acontecerá depois de quase uma década, em Juazeiro do Norte, reunindo os maiores estudiosos do religioso e dos fatos que marcam a sua trajetória, do ponto de vista da religiosidade e sua complexidade no campo das ciências humanas. A comissão dos pesquisadores, que tem se reunido às terças-feiras na Universidade, é formada pela professora Sandra Nancy Freire (Pró-Reitora da Extensão) da URCA, instância responsável pela coordenação e andamento das atividades, junto à comissão; as pesquisadoras Renata Marinho Paz, Maria do Carmo Pagan Forti, Paula Jacinto Cordeiro, Fátima Pinho, e os professores José Carlos dos Santos e Ivan Queiroz. A comissão foi instituída por meio de portaria assinada pela Reitora da URCA, professora Otonite Cortez.

 Segundo a pesquisadora Maria do Carmo Pagan Forti, o tema tem o intuito de estimular, fazendo com que as pessoas sejam instigadas pelo tema, principalmente no âmbito da pesquisa. Para a Pró-reitora Nancy Freire, é um novo momento de reflexão. Para a professora Fátima Pinho, é importante perceber com esse tema, que o Padre Cícero não é apenas do Juazeiro, hoje, mas perpassa temporalmente e espacialmente as fronteiras, em vários setores.

 A próxima reunião, de acordo com Sandra Nancy, acontece no dia 20, e secretários de Educação de todos os Municípios do Cariri estão convidados. O objetivo é envolver a educação básica dos municípios com o tema a ser tratado.

 O professor Jose Carlos dos Santos destaca a importância desse evento está se realizando durante o próximo ano, já que várias datas deverão se lembradas, como os 100 anos de morte da Beata Maria de Araújo; 100 anos da guerra de 1914; 100 anos de instalação do Município; 100 anos da Diocese do Crato e o resgate de quase uma década do simpósio, que contribuiu para passos importantes no contexto de estudos sobre o Padre Cícero.

Outras Notícias da Urca

Inscrições para Processo Seletivo de Professor Temporário serão encerradas nesta quarta-feira, 12

Serão encerradas nesta quarta-feira, 12/06, as inscrições do Processo Seletivo para contratação de Professor Temporário da Universidade Regional do Cariri (URCA). São destinadas 21 vagas para as unidades descentralizadas dos cursos de Ciências Econômicas, Direito e Educação Física, de Iguatu; Letras, Matemática e Ciências Biológicas, em Campos Sales; e uma vaga será para o curso de Letras, em Missão Velha..

As inscrições para o Processo Seletivo podem ser feitas no Campus da URCA, no Pimenta, mediante entrega dos requerimentos à Comissão de Seleção do Processo Seletivo, e também na unidade da URCA de Iguatu, nos horários das 9 horas às 12 horas e das 14 horas às 18 horas.

Os requerimentos de inscrição também poderão ser feitos através do endereço eletrônico: www.urca.br, devendo a documentação exigida ser postada, via sedex, para a comissão de seleção até o último dia de inscrição. Maiores informações podem ser obtidas por meio do telefone (88) 3102.1244

Livro 'Sentidos de Devoção: Festa e Carregamento em Barbalha' será lançado nesta quarta-feira, no histórico Casarão Hotel

 Será lançado neste dia 12, a partir das 19 horas, no prédio histórico do Casarão Hotel, na Secretaria de Cultura, em Barbalha, o livro 'Sentidos de Devoção: Festa e Carregamento em Barbalha'. O evento será promovido pelo Ministério da Cultura, por meio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e prefeitura municipal. Na ocasião, será aberta a exposição ‘Pau de Santo, Festa da Fé’.

 O livro faz parte de um trabalho desenvolvido desde 2003, por meio do Iphan, com participação de professores e pesquisadores da URCA Sandra Nancy Freire, Josier Ferreira, Renata Marinho Paz, Océlio Teixeira e Jucieldo Alexandre. O trabalho fortalece o registro da festa de Santo Antônio pelo Iphan, como Patrimônio Imaterial.

URCA



A Previsão é de chuvas para esta noite no Crato - Dia 12 de Junho de 2013


Bom dia, Crato!

Os serviços de meteorologia do país apontam para hoje, dia 12 de Junho de 2013, Sol com aumento de núvens ao longo do dia. À noite ocorrem pancdas de chuva. As informações são do INPE através do GOES12

Nascer do sol: 05h46 Pôr do sol:17h29
Temperaturas: Max 32º Min 23º
Ventos: SE a 18km/h
Umidade Relativa do Ar: 90% e mínima de 54%
Índice UV: Extremo

Fontes: INPE e GOES12


560 veículos vistoriados em blitze de combate à fumaça negra no interior do Ceará


De 4 a 7 de junho, a Superintendência Estadual do Meio Ambiente [Semace], por meio da Gerência de Análise e Monitoramento [Geamo], realizou novas blitze do Programa de Combate à Fumaça Negra nos municípios de Ocara, Baturité, Quixadá e Aracati, respectivamente. 

Na ocasião, 560 veículos foram vistoriados e 10 multados por apresentarem índices de poluição acima do permitido pela legislação ambiental vigente. Os veículos autuados receberam multa de R$ 1.328,78 por apresentarem índices de poluentes superiores a 60% de preto, de acordo com a Escala de Ringelmann. Para fazer a medição, os técnicos da Geamo utilizam a escala de Ringelmann Reduzida, constituída por cinco cores, que variam do cinza claro ao preto total. Na ocasião, eles fazem uma comparação da cor da fumaça expelida pelo carro com as da escala, identificando, assim, o grau de poluição.

As fiscalizações foram realizadas nas rodovias: CE 359, km 10 [Ocara]; CE 356, km 31 [Baturité]); CE 060, km 155 (Quixadá) e CE 040, km 132 [Aracati]. Elas contaram com o apoio da Polícia Rodoviária Estadual (PRE). A Portaria nº136, de 23 de julho de 2007 da Semace, estabelece que os veículos irregulares têm 15 dias, a partir da autuação, para comparecerem à sede da autarquia para uma nova vistoria. Caso seja constatada a sua adequação aos padrões, o proprietário do carro tem o benefício da redução de 50% do valor da multa, que pode variar de R$ 1.328,78 a R$ 5.315.

VISTORIA A emissão de fumaça negra proveniente dos veículos automotores do ciclo diesel é o resultado de uma combustão incompleta e está associada a problemas operacionais e de manutenção, podendo acarretar doenças relacionadas ao aparelho respiratório e cardiovascular, bem como alterações no clima da terra. Desde 1990 o Programa de Combate à Fumaça Negra da Semace atua tanto na Capital como no Interior do Estado no intuito de minimizar a poluição ocasionada pelo material particulado emitido dos escapamentos dos automóveis movidos a diesel.

Assessoria de Comunicação da Semace 


Beneficiários do Minha Casa, Minha Vida terão financiamento para móveis e eletrodomésticos


Brasília - O governo anuncia hoje (12) a liberação de uma linha de financiamento para a aquisição de móveis e eletrodomésticos aos beneficiários do Programa Minha Casa, Minha Vida. A presidenta Dilma Rousseff  deve participar da cerimônia no Palácio do Planalto. De acordo com a agenda divulgada pelo Ministério da Fazenda, o secretário de Política Econômica, Márcio Holland , representará o ministro Guido Mantega.
No último dia 16, Mantega já tinha confirmado  que o governo estudava a criação de mais um benefício para os participantes do Programa Minha Casa, Minha Vida pudessem adquirir eletrodomésticos básicos, como fogão e geladeira. “Nós ainda estamos definindo como vão funcionar as modalidades [crédito]”, disse o ministro na ocasião. Mantega não deu mais detalhes sobre as medidas.

A proposta tinha sido discutida por ele e pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior, que se reuniram antes com a presidenta Dilma Rousseff no Palácio do Planalto.

O ministro da Fazenda não quis antecipar se haveria recursos do Tesouro Nacional nas operações, para compensar a diferença entre as taxas de mercado e as que serão cobradas dos beneficiários.

A empresária Luiza Helena Trajano, presidente do grupo varejista Magazine Luiza, que comercializa eletrodomésticos em todo o país, também esteve no Ministério da Fazenda no dia.

“Eles [o governo] ainda estão estudando e vão decidir. A gente só veio ver como vai funcionar [o programa]. Não temos propostas concretas ainda”, disse Luiza Trajano ao deixar o Ministério da Fazenda.

Na ocasião, ao responder à pergunta se o benefício seria suficiente para comprar uma máquina de lavar, Miriam Belchior disse: "máquina de lavar automática e não um tanquinho”.

Edição: Graça Adjuto
Agência Brasil


Cadeias públicas cearenses em clima de xadrez terceirizado



Aproveitando o clima de questionamentos sobre violência, bem que a Secretaria de Justiça e Cidadania do Estado poderia convocar agentes penitenciários que integram o cadastro de reservas do órgão para prestar serviços nas unidades prisionais e, em especial, nas cadeias públicas do Interior e Região Metropolitana.

As unidades estão funcionando, na maioria dos casos, com terceirizados ou pessoal de prefeituras sem capacitação para exercer a função. A secretária Mariana Lobo (Sejus), inclusive, receberá hoje, às 9 horas, uma comissão dos candidatos aprovados do cadastro de reserva para ouvir apelos por nomeação.

Detalhe: há PMs nessa função, o que não pode. A lei 7272/11 assegura essa atribuição para agentes. Outra: a Sejus está em baixa em matéria de verba para investimentos, enquanto a SSPDS dispõe de R$ 69,9 milhões.

Coluna Vertical - O POVO



CNT: pesquisa aponta que 93% querem redução da maioridade

  
Proposta de redução da maioridade vem ganhando força no país

Pesquisa da CNT (Confederação Nacional dos Transportes) em conjunto com o instituto MDA divulgada ontem, revela que 92,7% dos brasileiros são a favor da redução da maioridade penal, atualmente de 18 anos, para 16. Outros 6,3% são contra e 0,9% não opinaram. O levantamento CNT/MDA foi feito com 2.010 pessoas em 134 municípios de 20 Estados entre os dias 1º e 5 de junho deste ano. O levantamento CNT/MDA também mostrou uma percepção de que aumentou o número de crimes cometidos por menores; 69,1% afirmaram que este índice cresceu “muito”; 24,8% disseram apenas que “aumentou”, 3,7% acreditam que está no mesmo nível e 1,7% acham que diminui. Os outros 0,7% não sabem ou não responderam.

A redução da maioridade penal voltou ao noticiário em abril, quando o universitário Victor Hugo Deppman, 19, foi assassinado em frente ao prédio onde morava, em São Paulo, supostamente por um adolescente de 17 anos - que completou 18 anos poucos dias depois. À época, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), levou ao Congresso Nacional projeto de aumentar o rigor na punição a menores que cometeram crimes hediondos. O projeto, no entanto, não pedia a redução da maioridade penal. A principal medida aumenta de três para oito anos o período máximo de internação do adolescente que comete crimes hediondos, como estupro, homicídio e sequestro.

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, se posicionou de maneira contrária à redução da maioridade. “Qualquer projeto que reduza a maioridade penal nos termos do que está hoje consagrado na Constituição Federal é inconstitucional, porque todos os direitos e garantias individuais consagrados na Constituição são cláusulas pétreas”, disse. O assunto é tema de propostas em tramitação no Senado. Há pelo menos três em discussão na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça). Dentre elas, apenas uma tem o voto favorável do relator, o senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES), a de autoria do senador Aloysio Nunes (PSDB-SP).

O Povo Online


Prefeituras são autorizadas a prestarem serviços de banda larga diretamente à população


A Anatel aprovou, novas regras que vão simplificar a prestação de serviços de banda larga por prefeituras, entidades da administração pública direta ou indireta e organizações sem fins lucrativos. É o novo regulamento do Serviço Limitado Privado (SLP).

Segundo a gerente de projeto da Secretaria de Telecomunicações Diana Tomimura, a expectativa do ministério é que a mudança possibilite a ampliação do acesso à internet, principalmente para a população não atendida pelas atuais prestadoras de serviços. “Essas entidades poderão, por exemplo, levar internet a regiões que não despertam o interesse comercial das empresas de telecomunicações”, ressalta.

Diana Tomimura conta que, até então, quando uma prefeitura decidia prestar serviços de acesso à internet à sua população, ela contratava uma empresa autorizada a prestar o Serviço de Comunicação Multimídia. “Com a alteração do regulamento, a prefeitura poderá, se preferir, prestar o serviço de forma direta, utilizando o Serviço Limitado Privado”, explica. 

Para explorar o SLP, as prefeituras e instituições sem fins lucrativos dependem de prévia autorização da Anatel. Além disso, é preciso pagar o valor estabelecido no Regulamento de Cobrança de Preço Público pelo Direito de Exploração de Serviços de Telecomunicações e pelo Direito de Exploração de Satélite.

Fonte clickpb


Após protesto contra aumento da tarifa em SP, 11 pessoas continuam presas


São Paulo - Das 17 pessoas detidas na noite de ontem (11) durante confronto entre manifestantes e policiais militares, 11 continuam presas, segundo balanço da Secretaria de Segurança Pública. Em menos de uma semana, foram três dias de protestos contra o aumento no valor das tarifas do ônibus e metrô, que passou de R$ 3 para R$ 3,20. De acordo com a PM, aproximadamente 5 mil pessoas participaram das manifestações, na região central.

Os 11 manifestantes permanecem na 78ª Delegacia de Polícia, no bairro Jardins. Deles, dez cometeram crime inafiançável e, além de dano ao patrimônio, vão responder por formação de quadrilha. A outra pessoa que continua presa terá que pagar fiança de R$ 20 mil para ser liberta. De acordo com a secretaria, o valor foi estipulado em função dos danos ao patrimônio cometidos por ele.

As pessoas que já foram liberadas cometeram crimes como desacato, danos, pichação e um foi detido por atrapalhar o transporte público. Durante o protesto avenidas foram bloqueadas, vidraças de agências bancárias, quebradas, um ônibus elétrico, queimado e o diretório do PT, apedrejado. Os policiais revidaram com balas de borracha e gás lacrimogênio.

O Movimento Passe Livre havia organizado duas manifestações na semana passada, nas quais também ocorreram confrontos com a polícia. Um novo ato está marcado para amanhã (13).

Hoje (12), às 14h, o Ministério Público de São Paulo vai fazer uma audiência pública com organizações civis contrárias ao aumento da tarifa de transporte coletivo no município. Participam do encontro, representantes das secretarias Estadual e Municipal de Transportes.

Edição: Talita Cavalcante
Agência Brasil




O sofisma político - Por: Emerson Monteiro


Em certa ocasião, envolvido pelas tempestades políticas que teve de atravessar, Abraham Lincoln foi abordado por senador adversário, que queria impingir ponto de vista descabido quanto a matéria em discussão:

- Senador, vamos supor que uma vaca tenha cinco patas. Em sendo assim, indago de V. Exa., quantas patas tem uma vaca?

- Quatro - respondeu de pronto o estadista americano, acrescentando: - Pois não é por se supor que uma vaca tem cinco patas que ela passe a ter.

Situações análogas marcam o cotidiano de quem frequenta a escola da política em todos os países. Muitos querem que a Verdade possua a cara de sua verdade, esquecendo que, apesar de iguais termos, o primeiro se escreve com letra maiúscula e não pode ser mistificado ao sabor das conveniências individuais. Uma disposição mórbida de viciar contas em proveito interno deve ser considerada mediocridade, não interesses perniciosos nos bastidores sustentando a maioria dessas atitudes, que depõem contra os valores da Ética, espaço onde se reclamam suas presenças.

Militantes políticos, de ordinário, no lado subdesenvolvido deste mundo, buscam a caminhada pública para defender causas pessoais ou de blocos fechados. Seriam como que bons para si e para os seus, enquanto relegam a terceiro plano faixa substancial da comunidade que vota na esperança de modificar o estado de coisas. Dessa forma, urnas transpostas através de recompensas imediatas, no que se utilizam de capitais a ser recuperados após a vitória, estruturas reacionárias lançam âncora nos mares do serviço público e substituem os figurantes antigos.

Em dita ocasião, tudo passa a ser considerado instrumento de uso íntimo, desde a canalização das verbas para áreas particulares até o jogo de palavras e gritos, na montagem das propostas arrevesadas em defesa de atos esdrúxulos e manipulação de opiniões, fazendo passar por bons os péssimos e por maus os opositores, endossados pelos órgãos da comunidade de informação a peso de ouro (pode existir coisa mais imoral do que propaganda de administração pública? Para que divulgar o que se tem a obrigação de fazer?).

Neste universo das leis humanas, o justo anda cabreiro de pagar pelo infrator. Manchas se alastram no mata-borrão social e a bela arte do diálogo desvirtuou em demagogia ou subterfúgio, período quando sociedades estacionam, ou degeneram, sufocando ânsias de progresso. Eis o diagnóstico de quadro preocupante, espantalho que atordoa gerações inteiras de lideranças novas. Como tratamento urgente, os exemplos bons merecem aplausos, para fomentar métodos limpos de corrigendas e recuperar a sobrevida.

Atenção fixa nos que vestem as malhas do poder e se dizem salvadores, porquanto posam de cordeiros mansos bem sucedidos e jamais avisam que aparências enganam.

Por: Emerson Monteiro para o Blog do Crato



Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30