xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 28/03/2013 | Blog do Crato
.

VÍDEO - CONVERSA FRANCA - O DESCASO NO CRATO - Dihelson Mendonça ( 30-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

28 março 2013

CARIRI DAS ARTES


Por ocasião do Dia Mundial do Teatro e Dia Nacional do Circo, artistas do Cariri lançaram ontem, na Praça da Sé em Crato, manifesto em defesa de importantes bandeiras reivindicadas historicamente pela categoria.


PROGRAMAÇÃO GERAL

CARIRI COMEMORA

20 h - Apresentação do espetáculo "A Comédia da Maldição" (Texto e Direção de Cacá Araújo | Cia. Brasileira de Teatro Brincante)

21 h - Performances circenses (Direção de Josernany Oliveira e Joênio Alves | Circo-Escola Alegria | Circo do Sopé)

CARIRI LUTA

21h30min - Lançamento do Manifesto

DIA MUNDIAL DO TEATRO

DIA NACIONAL DO CIRCO

27 DE MARÇO DE 2013

A Guerrilha do Ato Dramático Caririense é um foco de resistência e afirmação cultural, tendo o teatro, a dança e o circo como linguagens centrais, e se realiza a partir da ação conjunta e gestão compartilhada entre grupos e companhias da região, num movimento permanente e também através da celebração da arte realizada todos os anos no mês de novembro. O Cariri tem um grande potencial artístico que, de certo modo, vem sendo desprestigiado por instituições promotoras de grandes eventos, seja privilegiando caça-níqueis ou produções externas, numa atitude deplorável de negação da arte e do artista local. Não somos contrários ao intercâmbio, mas defendemos que este deve ser concebido em via de mão dupla. Afinal, não podemos ser confinados à condição de meros espectadores, quando temos uma rica produção a ser mostrada, apreciada e valorizada.

A Guerrilha foi criada, portanto, como uma espécie de insurreição contra o abandono e a negação praticados no seio de grandes mostras e outros programas culturais realizados na região. Contra a excludência! É um polo gerador de vivência e integração, provocador de oportunidades para os novos e de visibilidade para os que pelejam há mais tempo. Somos cerca de 30 companhias de teatro, dança e circo do rico universo Cariri, com linhas de pesquisa e comportamento estético muito peculiares, o que nos garante um quadro diversificado de espetáculos.  Nesta data em que celebramos o Dia Internacional do Teatro e o Dia nacional do Circo, republicamos o presente manifesto, lançado em novembro de 2011, que carrega nossa voz, nosso coração e nossa alma.

Guerrilha permanente

Pleiteamos que todas as instituições que fomentam as artes cênicas no Cariri se irmanem no financiamento, difusão, formação, intercâmbio e circulação permanentes do que é produzido na região. Vemos que vários bons espetáculos de outros estados e de diversos países são mostrados no Cariri, mas é revoltante perceber que as mesmas instituições que promovem essa oportunidade, negam-se a desenvolver ações que valorizem e mostrem nossos espetáculos em outros estados e países.

Intercâmbio responsável e democrático

Somos defensores de um intercâmbio que propicie a verdadeira integração e vivência entre as mais diversificadas e distintas experimentações e realizações cênicas, respeitando as opções estéticas e abolindo o preconceito, o privilégio do “amiguismo”, o mercenarismo, a subserviência, a perseguição política, o colonialismo.

Acesso aos equipamentos culturais públicos

Os teatros municipais e outros equipamentos culturais pertencentes ao povo devem cumprir a missão de atender prioritariamente as demandas locais, com programação partilhada entre grupos e companhias, com o devido aparato técnico, para ensaios, temporadas e programas de difusão artística e afirmação cultural, a exemplo da Guerrilha do Ato Dramático Caririense.

Dignidade nos cachês e no financiamento

Nossas companhias de teatro, dança, circo, música e folguedos são constituídas de respeitáveis e valorosos artistas, pesquisadores e mestres. E nossas criações são merecedoras da atenção e tratamento distinto por parte de agentes financiadores e órgãos promotores, sejam públicos ou privados. Somos a expressão verdadeira da identidade deste valoroso pedaço do mundo. Por isso, combatemos a humilhação dos cachês irrisórios e financiamentos insuficientes disponibilizados às produções locais e reivindicamos a revisão das políticas desenvolvidas no Cariri por todas as instituições atuantes no setor. Reivindicamos a implementação de uma correta política de editais nos municípios e a destinação de 2% da arrecadação ao Fundo Municipal de Cultura, potencializando e democratizando as ações nesta área.

Controle social dos investimentos

Propomos que CCBNB, SESC, SECULT do Estado e dos Municípios, além de outros órgãos, possibilitem a participação dos setores organizados na concepção de programas e deliberação dos investimentos em arte e cultura.  Dessa forma, teríamos justiça na definição de cachês, criação de intercâmbio verdadeiro e compromisso com o desenvolvimento e fortalecimento das artes e valorização dos artistas caririenses.  Procedimento este, se extensivo a outras regiões do estado e do país, garantiria o respeito à diversidade e baniria grupos de mercenários que se instalaram no interior e na periferia de Organizações Governamentais (OG's) e Organizações Sociais (OS's), detentoras de imenso capital financeiro de origem pública. Defendemos a realização urgente de Conferências Municipais de Cultura, como forma legítima de elaborar Políticas Públicas, revitalizar os conselhos e criar diretrizes de aplicação dos recursos.

O Cariri é universal

Não entendemos o Cariri como uma ilha isolada do resto do Brasil e do Mundo. Perderia o sentido a sua existência, se assim fosse. Compreendemos nossa região como resultante de uma grande e profunda fusão de culturas, caldeadas em séculos de peleja envolvendo principalmente o ameríndio, o ibérico e o africano. Somos universais! Lutamos, portanto, para que nosso povo não seja movido a ignorar a si mesmo. Valorizar o Cariri não é negar outras regiões ou países, mas inseri-lo na dinâmica que tempera a existência e o espírito da humanidade.

Crato-Cariri-Ceará-Brasil, Praça da Sé, em 27 de março do ano 2013.

Movimento Guerrilha do Ato Dramático Caririense

A Semana Santa e a Bíblia Sagrada


Quantas pessoas hoje vivem na escuridão espiritual? A Bíblia se refere a essa situação como trevas, ou seja, falta de luz. As trevas significam pecados, pratica introduzida na humanidade por Satanás desde os tempos de Adão e Eva. Mas Deus nos manda um recado dizendo que a Bíblia é a lâmpada para nossos pés e luz para nosso caminho. O sagrado livro onde estão as palavras de Deus é composto por 66 pequenos livros, sendo 39 no Antigo Testamento e 27 no Novo Testamento. O Velho Testamento foi escrito Antes de Cristo e o Novo Testamento Depois de Cristo. A Bíblia foi escrita em três idiomas, ou seja, Hebraico, Grego e o Aramaico. Os 66 pequenos livros foram escritos por 40 pessoas que levaram 1.600 anos para que tudo ficasse pronto. A Bíblia contem 1.189 capítulos e 31.102 versículos. Ela está dividida em cinco pequenas partes, são elas, historia, poesia, profecia, evangelho e cartas onde estão as orientações de Deus para uma vida vitoriosa.

Mas para que a Bíblia Sagrada seja lâmpada para nossos pés e luz para nosso caminho é preciso termos FÉ, conforme está em Timóteo III versículos XV, XVI e XVII. “Desde a infância sabes as sagradas letras que podes tornar sábio para a salvação pela FÉ em Cristo Jesus. Toda a escritura é inspirada por Deus. É útil ao ensino, repreensão, correção, educação e justiça”. Para que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra”.

Wilson Rodrigues
Radialista/Repórter
Membro do Blog do Crato e Portal de Notícias Chapada do Araripe


Associação Comunitária do Parque Grangeiro 46 anos de criação


A Sociedade Pro - melhoramentos do Parque Grangeiro completou no ultimo dia 27 de março de 2013, 46 anos de criação. O professor Francisco Veloso foi um dos fundadores na década de 60 e a entidade deve a este homem muitas reverencias pelo fato de ter sido ele um grande mobilizador, articulador e idealizador de projetos em beneficio da comunidade que perduram até os dias de hoje. Podemos citar a instalação da rede elétrica no Bairro, sistema de abastecimento de água, construção da sede própria da entidade, bolsa de estudos aos filhos dos associados, distribuição de alimentos as famílias menos favorecidas, mutirões comunitários e muitas outras ações. A Sociedade Pro - melhoramentos do Parque Grangeiro já possuiu um dos maiores quadros de associados do município, mas infelizmente hoje, a associação está praticamente inativa e tristemente os moradores não participam mais da vida comunitária, disse o líder comunitário do Bairro, Evaldo Pedro afirmando que não há nenhum projeto da entidade tramitando na prefeitura pedindo melhorias. Ninguém no Bairro quer saber de se associar na associação que é uma entidade legalizada de personalidade jurídica. Até mesmo o aniversário de quase meio século da sociedade passou em branco, concluiu Evaldo.

Ele entende por sociedade algo que se cria com a união e a participação de todos os moradores de uma comunidade. Os moradores devem está presentes sempre buscando no passado a base do presente, é o que chamamos de raízes, disse Evaldo. Para manter essas raízes vivas, depende do nosso empenho e amor pela causa. Na opinião de Evaldo Pedro a associação pro melhoramentos do Parque Grangeiro tem servido hoje de bandeira de campanha para alguns políticos que se aproximam somente na época de eleição e depois se esquecem do que prometeram. Mas a culpa não é só dos políticos, disse Evaldo, é nossa também que não nos organizamos para cobrarmos do poder publico os nossos direitos.

Por: Wilson Rodrigues
Radialista/Repórter
Membro do Blog do Crato e Portal Chapada do Araripe


BOFETADA - Por Antonio Morais


Brasileiro sempre teve a mania de reclamar dos seus governantes. Reclamava dos administradores das Sesmarias e das Capitanias Hereditárias, dos Governadores Gerais e dos imperadores. Reclamavam dos presidentes da Velha Republica e da Republica Velha, dos militares, de Sarney, de Collor, de Itamar, de FHC, de Lula. Não reclamaram do Tancredo Neves porque morreu antes de tomar posse. 

Logo teremos novo presidente, novo governador, outros deputados... Os mesmos, mas o povo vai continuar a reclamar. Sabe por que? Porque o problema não está nos deputados, senadores, presidente, governador, prefeito, funcionário. O problema está naquele que reclama: Você e eu, nós!

O problema está no brasileiro. Afinal, o que se poderia esperar de um povo que sempre dá um jeitinho? O povo que valoriza o esperto e não o sábio? Um povo que aplaude o vencedor do Big Brother, mas não sabe o nome de um escritor brasileiro? Um povo que admira o pobre que fica rico da noite para o dia? Ri quando consegue puxar a TV a cabo do vizinho?

O que esperar de um povo que não sabe o que é pontualidade? Joga lixo na rua e reclama pela sujeira? O que esperar de um povo que finge dormir quando um idoso entra no ônibus? Prioriza o carro ao pedestre?

O que dizer de um povo que reclama pra receber do governo livro didático gratuito para o filho e não vê que esse aluno deixa em casa os livros e vai para escola perturbar a aula e prejudicar os que querem realmente estudar e aprender? 

O problema do Brasil não são os políticos, são os brasileiros! Os políticos não se elegeram, fomos nós que votamos neles.

Politico não faz concurso, ganha votos: O seu e o meu.

A arte da miniatura - Por: Emerson Monteiro


Certa vez, visitei exposição do escultor caririense Nélito Gonçalves, no interior do Shopping Cariri, em Juazeiro do Norte. A mostra se compunha de esculturas abstratas e figurações miniaturizadas de utensílios domésticos, peças confeccionadas em casca seca da cajazeira, árvore típica de nossa flora nordestina. Valeu considerar a expressiva qualidade do material exposto, elaborado dentro da melhor técnica e escurecido com acabamento no verniz copal.

Essa oportunidade me levou a considerar outras manifestações artísticas de infinitas potencialidades também na miniatura. A propósito disso, Paulo Tasso Teixeira Mendes, professor meu amigo que mora em João Pessoa, descreveu exposição que presenciara quando, nos anos 60, vivia na Europa e era aluno do Colégio Pio Brasileiro, da Igreja Católica.

Tratava-se da obra de artista brasileiro, gravador em metal e que desenhava figuras mínimas em cabeças de alfinetes. Reproduzia figuras as mais diversas, desde paisagens a monumentos arquitetônicos. Em um desses trabalhos gravou a Basílica de São Pedro, de Roma com os detalhes da bela fachada. Toda a exposição do exímio criador cabia numa única caixa de fósforos e os expectadores ainda precisavam usar lentes para contemplar as pequenas produções mostradas no reduzido espaço.

Diante da minha admiração, Paulo Tasso então me informou que o mesmo lhe acontecera na ocasião, visto o teor de dificuldade do trabalho desenvolvido, quando soube, através do artista, que existem japoneses que descem ainda mais às particularidades da técnica de gravar superfícies mínimas, utilizando apenas a superfície localizada na ponta de agulhas, usando instrumentos milimétricos e equipamentos óticos adaptados para isso.

As miniaturas de há muito merecem relevo no âmbito da cultura, sobretudo nas civilizações orientais, dadas ao esmero do reducionismo. Museus de arte chineses expõem peças dotadas de tal minudência que, por vezes, uma única delas reclama a vida inteira de seu autor para inteira conclusão.

Isso demonstra o infinito do engenho criativo, considerando o valor apreciável das manifestações estéticas no estudo das populações e suas histórias fenomenais.

Aonde chega a sofisticação da criatividade humana neste mundo.

Terapia genética cura leucemia em apenas oito dias



Davidaponte
David Aponte
Um estudo inovador dá esperanças a pessoas que não já têm nenhuma: dentro de apenas oito dias após iniciar uma nova terapia genética, a leucemia “incurável” de David Aponte havia desaparecido.
O mesmo aconteceu com quatro outros pacientes no prazo de oito semanas, embora mais tarde um tenha morrido de um coágulo de sangue não relacionado com o tratamento, e outro depois de recaídas.
O trio que foi curado, entretanto, havia sido previamente diagnosticado com recaídas geralmente fatais de leucemia linfoblástica aguda. Agora, os pacientes se encontram em remissão da doença já faz entre 5 meses e 2 anos.
Michel Sadelain do Centro Memorial de Câncer Sloan-Kettering, em Nova York (EUA), coautor do estudo, diz que um segundo teste clínico com 50 pacientes está sendo preparado. Além disso, a equipe vai tentar usar a técnica para tratar outros tipos de câncer.
Como funciona
A chave para o novo tratamento é a identificação de uma única molécula de superfície de células cancerosas para, em seguida, usar engenharia genética a fim de manipular células do sistema imunológico de um paciente para atacá-la.
Por exemplo, em leucemia linfoblástica aguda, células imunes chamadas células B se tornam malignas. Os pesquisadores conseguiram identificar e alvejar uma molécula de superfície conhecida como CD19, que está presente apenas em células B.
Eles extraíram outras células do sistema imunológico dos pacientes chamadas células T, que por sua vez foram tratadas com um vírus inofensivo, que instalou um novo gene que as redirecionou para atacar todas as células portadoras de CD19.
Quando as células T modificadas foram injetadas nos doentes, elas rapidamente mataram todas as células B, cancerosas ou não. “Em todos os cinco pacientes, os tumores ficaram indetectáveis após o tratamento”, conta Sadelain.
Segundo os cientistas, o corpo do doente deve repor o sistema imunológico com células T e células B saudáveis após um par de meses. No entanto, os pacientes do estudo receberam medula doada para garantir que pudessem regenerar um sistema imunológico saudável.
Tratamento promissor
O tratamento não é o primeiro a modificar células T para atacar um tipo de leucemia. No ano passado, uma empresa internacional chamada Adaptimmune usou a abordagem para tratar 13 pessoas com mieloma múltiplo, e conseguiu deixar 10 em remissão.
Também, no Hospital Infantil da Filadélfia (EUA), pacientes como a pequena Emma Whitehead, diagnosticada com leucemia linfoblástica aguda, entraram em remissão de cânceres aparentemente incuráveis após uma terapia experimental que envolveu a remoção de milhões de células T do paciente e sua modificação genética a fim de que matassem as células cancerosas.
“Embora seja cedo para dizer, a abordagem de modificação de células T para atacar o câncer está cada vez mais ganhando espaço ao lado de tratamentos mais tradicionais”, explica Paul Moss, do Cancer Research (Reino Unido).[NewScientist]
hypescience

Notícias & Reflexões desta 5ª feira (Armando Rafael)

Vítimas de Calúnias 1

Apesar de a mentira ter pernas curtas, alguns jornalistas continuam a caluniar, difamar e injuriar as pessoas. Quando as vítimas entram na justiça, ainda têm de esperar anos para que os caluniadores sejam condenados. O bispo de Crato, Dom Fernando Panico tem sido uma das vítimas da imprensa nanica. No entanto, dias atrás – num fato raro – a Justiça de Brasília, publicou decisão do Dr. Giordano Resende Costa, Juiz de Direito Substituto da 4ª vara do Distrito Federal, julgando procedente e dando ganho de causa a Dom Fernando Panico e à Diocese de Crato, além de condenar o jornalista Jota Alcides  (foto à esquerda) e seu  Blog “Juanorte”  a pagarem indenização por danos morais. O jornalista Jota Alcides publicou seguidas vezes, de forma abusiva, matérias que extrapolaram o limite da informação, nas quais se referiram à pessoa do Bispo Diocesano de Crato de forma desrespeitosa e injusta. O Juiz de Brasília estipulou a indenização em pouco mais de R$ 20 mil reais. Que foram doados por Dom Fernando Instituto Mons. Murilo, de Juazeiro do Norte.

Vítimas de Calúnias 2

Já o ex-candidato à Presidência da República, José Serra (PSDB) (foto ao lado) ganhou indenização simbólica de R$ 1.000 por danos morais pelo "oportunismo eleitoral" do livro "A Privataria Tucana", de Amaury Ribeiro Júnior. O autor e a editora Geração Editorial foram condenados pelo juiz André Pasquale Scavone, da 10ª Vara Cível, em sentença publicada em 1º de março, pela “inequívoca a intenção dos réus de atingir a imagem de Serra". Não satisfeito, Serra recorreu da decisão pedindo o aumento da indenização, a qual será entregue a uma instituição de caridade de São Paulo.

Tá feia a coisa

“A lei de redução das tarifas de energia elétrica atingiu em cheio a Eletrobrás, estatal que controla a maior parte do parque gerador de energia do país. A empresa apresentou prejuízo de R$ 6,8 bilhões em 2012, o maior da sua história”. (Cfe. “Folha de S.Paulo” desta 5ª feira Santa).

Sonha, Marcelino


O PSDB (o partido que não sabe fazer oposição) contratou um dos estrategistas da campanha do presidente dos EUA, Barack Obama, para ajudar a construir a candidatura do senador Aécio Neves à Presidência da República em 2014. A costura para trazer David Axelrod (foto acima, conversando com o presidente dos EUA), um ex-alto funcionário da Casa Branca e conselheiro político das campanhas presidenciais de Obama, foi feita pelo novo marqueteiro do tucano, Renato Pereira, com ajuda do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso --que tem proximidade com o ex-presidente norte-americano Bill Clinton (Cfe. “Folha de S.Paulo” desta 5ª feira Santa).

Oposição burra

Ora, com a fraquérrima oposição brasileira dividida, fragmentada, (Eduardo Campos, Aécio Neves, Marina da Silva, cada um para um lado) poucos acreditam que Dilma Roussef perderá as eleições no próximo ano.

Sem Bolsa-Família

E por falar em eleições presidenciais, na cidade de Petrópolis (onde toda temporada de chuva morrem vítimas inocentes e desamparadas de ações governamentais) no primeiro turno do pleito de 2010,  Marina Silva foi ali a mais votada. Teve 15.079 votos. José Serra ficou em segundo lugar, com 13.884.

Dilma na cabeça

Já que o “presidente-emérito” (melhor dizendo: o presidente “de fato" do Brasil), Luiz Inácio Lula da Silva resolveu antecipar a campanha eleitoral de 2014, acho oportuno antecipar meu voto. Votarei na presidente Dilma. Só condiciono meu insignificante voto à exigência de que ela cumpra algumas das muitas promessas feitas na última campanha eleitoral de 2010. Todo mundo lembra que ela prometeu construir, até 2014: 6 mil creches; 6 mil moradias para os desabrigados nas cidades serranas do Rio de Janeiro, vítimas da enxurrada das chuvas. E que a “gerentona” construa, pelo menos, 500 dos 800 aeroportos prometidos para o interior do Brasil.

Me engana que eu gosto

Não é pedir demais. Veja o leitor que não estou cobrando a dona Dilma outras promessas não cumpridas tais como: conclusão da transposição das águas o Rio São Francisco, da ferrovia Transnordestina, ou da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. Essas três últimas ainda foram promessas de Lula na campanha de 2002, ou seja, há quase 12 anos atrás...  Sequer cobro a conclusão e entrega aos verdes mares bravios do petroleiro brasileiro João Cândido, este solenemente inaugurado pelo “Cara” na última campanha eleitoral de Dilma, com farta exposição na telinha... Pena que esse navio continue até hoje no estaleiro. Encalhado e inconcluso. Ô raça!

Herança bendita

Fernando Henrique Cardoso oficializou sua candidatura à Academia Brasileira de Letras. Como é bom de disputas, FHC dificilmente perderá esta, que vai  avançando como rastilho de pólvora. Os “imortais” José Sarney e Marco Maciel estão na linha de frente, conseguindo adesões e votos...

                                                                                                                

Nelson Mandela volta a ser internado


Ex-presidente sul-africano tem 94 anos e foi hospitalizado, segundo o governo do país, 'devido à recorrência de sua infecção pulmonar'


NelsonMandela
Nelson Mandela tem 94 anos

O ex-presidente sul-africano Nelson Mandela foi internado por volta de 19h (horário de Brasília) desta quarta-feira, 27, devido a uma infecção pulmonar recorrente, informou o governo da África do Sul nesta quinta-feira, 28.

Mandela tem 94 anos e deu entrada no hospital pouco antes da meia-noite (horário local). Segundo o comunicado do governo, o líder anti-apartheid recebe "o melhor tratamento médico especializado possível e conforto".

No início deste mês, Nelson Mandela foi submetido a um check up. Em dezembro do ano passado, ele passou quase três semanas no hospital por causa também de uma infecção pulmonar e de uma cirurgia para remover um cálculo biliar.

Foi o período mais longo no qual ele permaneceu no hospital, desde que deixou a prisão em 1990, depois de cumprir 27 anos, acusado de conspirar para derrubar o regime de segregação racial do apartheid.

Reuters
Com informações da Agência Estado, Reuters e Dow Jones.
Estadão

Deputados aprovam repasse de R$ 41,86 milhões para a cultura no Ceará


Alcecultura
Votação da mensagem do Executivo Foto: Paulo Rocha
Na sessão dessa quarta-feira (27/03) da Assembleia Legislativa, os deputados aprovaram a mensagem 7.465/13, do Executivo, que autoriza o repasse de recursos para a execução dos programas Memória Cultura, Incentivo às Artes e Culturas Regionais do Ceará, Incentivo à Leitura e ao Conhecimento, e Promoção da Juventude. O projeto prevê a transferência de R$ 41,86 milhões para a execução dos programas.
Também foi aprovado o projeto de lei 34/12 do deputado Antonio Carlos (PT), que institui a Semana Estadual de Incentivo à Agroecologia no Ceará, a ser realizada anualmente, entre os dias 14 e 20 de outubro; e o 143/12, que considera de utilidade pública a Associação Beija-Flor, apresentado pelo deputado Lula Morais (PCdoB).
Quanto aos três projetos de indicação, dois são da deputada Fernanda Pessoa (PR), o 48/12, que dispõe sobre o pagamento do IPVA dos veículos de propriedade de locadoras; e o 86/12, que institui a política de atenção à saúde dos portadores de deficiência auditiva no Ceará. O terceiro – 64/12 – da deputada Eliane Novais (PSB), acrescenta parágrafo ao art. 100 da lei nº 9.826/1974, que trata sobre o Estatuto dos Funcionários Públicos do Estado.
Foi aprovado ainda (por 28 votos a favor e um contra) o veto parcial, de autoria do Poder Executivo, ao Art. 2º do Autógrafo de Lei n.º 171/2012, que revoga o parágrafo único do Art. 4º da Lei n.º 14.881/2011.
Já Eliane Novais (PSB) apresentou o requerimento nº 555/2013 propondo que a AL envie requerimento à Câmara dos Deputados, defendendo a saída do deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) da presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias. A iniciativa da parlamentar provocou debate na Casa.
Dra. Silvana (PMDB) se manifestou contra o requerimento e defendeu o deputado das acusações de homofobia, racismo e discriminação contra mulheres. Fernando Hugo (PSDB) também se posicionou contra e disse que a AL não pode interferir na eleição da Câmara dos Deputados. João Jaime (PSDB) concordou com Fernando Hugo.
Rachel Marques (PT) questionou a posição dos deputados e afirmou que a Casa deve discutir a questão e se declarar sobre ela. Fernanda Pessoa também se manifestou a favor das declarações de Rachel Marques. Roberto Mesquita (PV), Augustinho Moreira (PV) e Ely Aguiar (PSDC) também se opuseram ao pedido de Eliane Novais.
Nesta quarta-feira, foram aprovados 76 requerimentos. Já a votação dos requerimentos 555/13 e 619/13, ambos de Eliane Novais, ficou para a próxima sessão.
JM/LF
ALCE

Edições Anteriores:

Dezembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 30