xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 12/12/2012 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

12 dezembro 2012

EU SOU DO CRATO - Hildelito Parente recebe hoje diploma o ICC - Instituto Cultural do Cariri


Nota do Editor - Um grande músico cratense, Hildelito Parente herdou a fama de hospedar o grande Luiz Gonzaga no Crato. Exímio instrumentista, hoje ( 12 ) recebe merecidamente, o diploma do Instituto Cultural do Cariri.
O pai de Hildelito Parente, seu Manuelito, foi pioneiro do que é hoje uma das profissões mais requisitadas na região do Cariri. “É a primeira lembrança que eu tenho de um mototaxista”, conta o filho, hoje com 71 anos. “Ele chegou a levar o Luiz Gonzaga pra tocar em festas por aí”.

Estamos na sala da casa que abrigou por várias vezes o Rei do Baião, no Crato, e o funcionário aposentado do Banco do Brasil lembra as histórias de um tempo que começou oficialmente para ele aos cinco anos, com o primeiro show de Luiz Gonzaga na cidade.

“A primeira lembrança é de 1946. Ele veio visitar os pais dele depois que fugiu. Ele gostava muito do Crato, aí foi convidado pra alegrar uns leilões que estavam angariando dinheiro pra edificar a Igreja de São Francisco e o hospital. Fez um show no Cine Cassino, que era o segundo cine mais cotado aqui da cidade. Um show magnífico na época. Cantou ‘Baião’, cantou ‘Vira e Mexe’... Nisso ele vai embora, com pouco volta e quando chegou dessa vez já passou a se hospedar lá em casa, aí toda viagem tanto ele quanto os familiares ficavam lá em casa”. A mãe de Hildelito, Hilda, era pernambucana do Exu, e o pai do Araripe, a localidade onde nasceu Luiz Gonzaga. Seu Manuelito era conterrâneo de Luiz Gonzaga e veio para o Crato com a família para assumir posto no Banco do Brasil. Desde então passou a ser o contato de Luiz no centro econômico da região, servindo como intermediário na comunicação precária entre o Rio de Janeiro e o Araripe, onde ainda moravam Santana e Januário.

“Papai era quem dava dinheiro pro seu Januário, quando ele vinha por aqui é que perguntava quando ele tinha fornecido e ele pagava papai. Outra vez, seu Januário muito doente da próstata e ele doido por se comunicar, papai findou arranjando um rádio amador aqui no Crato chamado Agenor e conseguiram manter contato com Luiz Gonzaga”, relembra Hildelito. Por vezes, Luiz aparecia no portão de madrugada, sem avisar, e soltava um “ôi!” sibilante, que reverberava por toda a casa com a notícia de sua chegada. “Ele era brincalhão, bonachão... Gostava de andar na feira, comprar uns presentinhos. Me lembro bem de um revolverzinho daqueles que atira uma balinha de plástico que ele me deu.”

A presença de Luiz Gonzaga na casa inspirou na época o jovem Hildelito – que já fazia aulas de piano clássico com um polonês que veio se refugiar da Segunda Guerra no Crato – a aprender sanfona. Anos depois, na década de 1970, ele próprio acompanhou o Rei no Crato Tênis Clube e teve composições suas gravadas por ele, como a parceria com José Clementino Sou do Banco. O sanfoneiro e bancário aposentado guarda ainda hoje a sanfona Todeschini vermelha que ganhou de presente de Luiz Gonzaga. Anos depois, já em 1989, quando o corpo de Luiz Gonzaga chegou no aeroporto de Juazeiro para seguir em cortejo até Exu, foi ele quem tocou ao lado de Waldonys na recepção fúnebre, mas alegre. “Era gente... As ruas superlotadas. De Juazeiro até Exu, era todo mundo nas portas”, lembra com o álbum de fotografias nas mãos. (Pedro Rocha)

INFLUÊNCIA MUSICAL

A presença de Luiz Gonzaga na casa inspirou na época o jovem Hildelito a aprender sanfona. Anos depois, na década de 1970, ele próprio acompanhou o Rei no Crato Tênis Clube e teve composições suas gravadas por ele

LEMBRANÇA DE 1946

Hildelito Parente recorda que, em 1946, Gonzaga visitou os pais depois que fugiu. “Ele gostava muito do Crato, aí foi convidado pra alegrar uns leilões que estavam angariando dinheiro pra edificar a Igreja de São Francisco e o hospital. Fez um show no Cine Cassino. Um show magnífico na época”.

Fonte: O Povo

Vídeo da Expedição de "O POVO" a Hildelito Parente:



O Crato em Fotos - CLIQUE PARA AMPLIAR - Dia 12 de Dezembro de 2012


BLOG DO CRATO - Desde 2005 registrando a história do Crato para a posteridade


Acima: Rua Bárbara de Alencar ( 10-12-2012 )


Acima: R. Senador Pompeu com Bárbara de Alencar ( 11/12/2012 )


Acima: R. Senador Pompeu ( 11/12/2012 )


Acima: R. Bárbara de Alencar ( 11/12/2012 )


Acima: Lateral da Praça Siqueira Campos ( 11/12/2012 )


Acima: R. Dr. João Pessoa - vide construção do novo prédio onde ficava o Crato Hotel e a lanchonete Cinelândia


Aí está uma turma boa, da Center Games Video Locadora. Recebam o nosso abraço!


Acima: Sabiam que já foi inaugurado o novo prédio da famosa padaria Pão & Companhia ? Fica ali na esquina da Praça da Sé, na Rua Duque de Caxias.


Acima: uma turma boa reunida: Da esquerda para a direita: O escritor Roberto Jamacaru, o músico e cordelista Ulisses Germano, o Pianista, Fotógrafo e Jornalista Dihelson Mendonça e o ativista cultural e cordelista Jorge Carvalho.


Destaque para muitas turmas que se reúnem nas nossas praças. Com destaque aí, o rei das "damas", o meu dileto amigo Guilherme, que mantém um site dedicado à Rádio Educadora do Cariri e é grande entusiasta da História do Crato e do cariri. 


Aí outra turma boa, que se reúne no Café Crato, que agora funciona em plena Praça Siqueira Campos. Quero ressaltar que o engraxate Chaquinha emprestou o seu "quiosque" para que o famoso CAFÉ CRATO pudesse continuar funcionando sem problemas. Parabéns a essa turma boa que se reúne para tomar um delicioso café.

E amanhã tem mais...

Fotos: Dihelson Mendonça
Proibida a cópia e uso sem autorização do autor.
Para conseguir uma autorização grátis, entre em contato pelo e-mail  blogdocrato@hotmail.com


Gastos para combater a seca no Ceará somam R$ 841 mi


O montante destinado para ações de combate aos efeitos da estiagem já chegam a R$ 841 milhões no Ceará. Os números foram divulgados ontem pela Secretaria de Imprensa da Presidência da República.

Além do pagamento do Bolsa Estiagem, foi antecipado o pagamento do Garantia Safra, contratados carros-pipa para que o Exército distribua água, autorizada a venda de milho a preço abaixo do mercado para alimentar os animais da região, construídas cisternas e recuperados poços artesianos. O Governo Federal também repassou recursos para os governos estaduais reforçarem suas ações neste sentido.

Medidas
 
Ao todo, 175 municípios, onde residem 2,02 milhões pessoas, estão em situação de emergência reconhecida pelo Ministério da Integração. Como medida, foi determinado o repasse de R$ 10 milhões para socorro, assistência às vítimas e restabelecimento de serviços essenciais. O valor de R$ 13,4 milhões foram empenhados para o Ceará, e pagos R$ 3,35 milhões no último dia 10, ou seja, na segunda-feira, para a recuperação de poços no Estado. Além disso, foram contratadas 33.745 operações de crédito no âmbito da linha FNE emergencial operado pelo Banco do Nordeste do Brasil (BNB), que somam R$ 284,11 milhões até o último dia 4 deste mês.

DN



Asteroide perigoso passa perto da terra hoje, 12 de dezembro


Um asteroide potencialmente perigoso passará perto da Terra nesta quarta-feira, 12/12/12. Batizado de 4179 Toutatis, ele mede cerca de 5,4 quilômetros de diâmetro e está se movendo a uma velocidade de 11,9 quilômetros por segundo, segundo a rádio Voz da Rússia.

Observado pela primeira vez em fevereiro de 1934, o asteroide esteve perdido por várias décadas e foi redescoberto em 04 de janeiro de 1989. A rocha espacial orbita o Sol após cada 1.469 dias. A próxima vez que estará próximo da Terra será em 29 de dezembro de 2016. Apesar do asteroide não ter uma trajetória de colisão, a rocha espacial é considerada potencialmente perigosa: seu tamanho é suficiente para devastar a Terra. Segundo o site Space.com, o impacto do asteroide Toutatis causaria danos catastróficos e provavelmente alteraria o clima do planeta por muitos anos.

Para efeito de comparação, o site especializado em astronomia diz que o asteroide que teria dizimado os dinossauros há 65 milhões de anos tinha cerca 10 km de diâmetro. (vi no site da Rádio Voz da Rússia).

Por Charles Nisz | Vi na Internet
AFP

Morador do Crato tem carro do ´Rei do Baião´


O atual dono do veículo, Francisco Luzimar, quer que o automóvel seja levado para o Museu do cantor, em Exú (PE)

Crato. Na semana em que o Brasil comemora os 100 anos de nascimento de Luiz Gonzaga, um amigo do músico luta para que o Museu do Gonzagão, construído na cidade de Exu, ganhe mais uma peça: um carro que pertenceu ao "Rei do Baião". A Veraneio modelo 1976, usada para levar o artista para apresentações por todo o País, ainda circula pelas ruas do Crato.

A Veraneio modelo 1976, usada para levar o artista para apresentações por todo o País, ainda circula pelas ruas do Cariri, já que o novo proprietário trabalha com propaganda volante pelas cidades FOTO: YAÇANA NEPONUCENA. Hoje, sob a posse do publicitário Francisco Luzimar Soares de Sousa, de 72 anos, que nos anos 70 prestou serviços de locução ao Mestre Lua, o veículo está em excelente estado de conservação e chama a atenção, principalmente das pessoas que conheceram o seu primeiro dono. Recentemente, como forma de conservar a beleza do automóvel, foram restauradas partes mecânica e a pintura, que voltou à cor original, o verde ouro.

Em 1985, Luzimar comprou a veraneio. Na época, ele pretendia manter um sistema de som destinado às atividades de publicidade volante, que era sua principal fonte de geração de renda. Há 27 anos, o carro circula em todo o Cariri anunciando eventos tradicionais, como as vaquejadas que eram realizadas por Luiz Gonzaga. Hoje, o atual proprietário acredita que o melhor lugar para a permanência do veículo é o Museu do Gonzagão.

Valorização

Lá, o carro poderá ser contemplado por fãs de todo o mundo e será valorizado como ícone da cultura nordestina. Entretanto, o publicitário conta que não pode doar o carro, que é seu único instrumento de trabalho, devido a não dispor de recursos para adquirir outro. Ele pretende buscar parcerias com órgão do poder público, tanto do Estado do Ceará como de Pernambuco, para que possa torná-lo uma peça museológica. "Não quero explorar a memória de Gonzaga, que foi um grande amigo. O meu interesse é que este carro seja reconhecido como propriedade dele e volte para o lugar de onde veio. Esse é um objeto pelo qual tenho muito zelo. Minha felicidade vai ser quando um dia ele for doado ao Museu", revela. O veículo ficou conhecido em todo o Brasil por ter sido utilizada nas viagens do Gonzagão e sua equipe para a realização dos shows. A veraneio foi emplacada pela primeira vez no Crato. O músico adquiriu o carro na concessionária Sodal, que tinha à frente da administração o popular comerciante Gilberto Mendonça. O endereço do documento do bem foi a Rua José Carvalho, número 437, a antiga residência do amigo íntimo de Gonzaga, o senhor Manoelito Parente, retratado em uma das músicas mais conhecidas do artista, "Eu vou pro Crato".

Antigos proprietários

Com o crescimento profissional e ao ganhar fama nacional, o Rei do Baião, após utilizar o automóvel por dois anos, o repassou para o médico cratense Tarcísio Pinheiro Teles. Posteriormente, foi vendido ao farmacêutico Laércio Vasconcelos. O dono atual conta que precisou persuadir o colega para que este vendesse a veraneio. Ele diz que não teve problemas com mecânica. Para a manutenção, faz apenas pequenos reparos.

Em maio de 1989, durante a última chegada de Luiz Gonzaga ainda em vida à região do Cariri, a veraneio foi levada até o aeroporto para buscá-lo. Na ocasião, Francisco Luzimar, acompanhado do repórter Antônio Vicelmo e de seu filho Paulo Ernesto, do radialista Fran Pereira e de José Taveira, proprietário da casa de shows Gaibú Avenida - onde o Gonzaga fez apresentações -, fez uma homenagem ao artista. O grupo de amigos tocou, no som do carro, a música "Xote ecológico". Ao descer do avião, já de cadeira de rodas e ao reconhecer sua antiga propriedade, o Rei do Baião emocionou-se. Como forma de certificar e comprovar que a Veraneio realmente pertenceu a Luiz Gonzaga, Luzimar, por intermédio dos comerciantes Geraldo Pinheiro e Ageu Saraiva, buscou informações sobre os primeiros registros do automóvel. Solicitou ao Detran a certidão legal do documento, e hoje, com a papelada em mãos planeja expor o bem durante a festa de comemoração do centenário do cantor. O evento será de 13 a 16 de dezembro, em Exu Pernambuco.

YAÇANÃ NEPONUCENA
Repórter do DN


DEU A CABRA - POR ANTONIO MORAIS


Já havia chegada em Várzea-Alegre. Ali, como no restante da pátria amada, o jogo do bicho já era conhecido  e todos podiam jogar, livremente, fazer sua fezinha.

José Pinto, esposo de Dona Adélia  Pimpim, pai de Sérgio, Dulceria e Lili, boas criaturas, era o único banqueiro. Eu tinha 09 anos e ia passando. Andando, fagueiro e despreocupado, como todo menino despreocupado e fagueiro. Seu Zezinho cortava uma tiras de cerca de 30 centímetros de alto por 05 de largura, as dividia em dez pedacinhos, e, com  carimbos de cajazeira fazia os dez bilhetinhos de cada bicho. 

Sentindo-me capaz de realizar tal proeza, perguntei se lhe podia ajudar. Amável e cavalheiresco, aceitou minha cooperação. terminada a coleção de 250 bilhetinhos, dez de cada um dos 25 bichos, ele tirou um deles e me deu dizendo: Se der, venha buscar seu premio. São quatro mil reis.

A corrida era as três da tarde, e, ás quatro passei por lá acidentalmente, ele me chamou, conferiu meu bilhete e, como tinha sido premiado, me deu os quatro mil reis. Era muito dinheiro.

Corri para loja para dar a noticia a papai, que, por certo, exultaria de feliz, pensei. Desfilei minha historia, ganhei quatro mil reis na cabra.

Que cabra seu José? Você tem cabra? Você vende cabra? Procurei explicar, direitinho a coisa toda. Eu ajudei a seu Zezinho, ele me deu um bilhete da cabra, o bilhete foi premiado aí ele me deu  quatro mil reis. Disse mostrando envaidecido a dinheirama.

Papai me fitando enternecidamente,  disse a certa altura. Quer dizer que cabra é numero seis, não é isto? Neste caso, o senhor vai levar seis bolos e distribuir o dinheiro com os pedintes, na rua. Tomou a régua disciplinadora e, em cada mãozinha afortunada me meteu três bolos, perguntando-me, depois de encerrar nosso amigável entendimento: quantas vezes você já viu seu pai jogando? Era festa de São Raimundo e facilmente encontrei com quem  distribuir a fortuna.

Dr. J. Ferreira.

Pouco a pouco, os camelôs e a desordem retornam ao Centro do Crato


Eles começam a retornar ao centro da cidade. Começou com apenas uma banca. Já noutro dia, alguém vê o primeiro e o segue. Logo estão 3, 4, 10 bancas de verdureiros sujando o centro da cidade e contribuindo para o caos. A grande questão é: Eles estão amparados na lei ? Quais bancas estão cadastradas e quais não estão ?

Cumprindo a lei da Acessibilidade, em 2011, a administração municipal removeu todos os camelôs do centro e cadastrou os que mantinham comércios na Praça da Sé a fim de que recebessem quiosques onde de maneira ordeira e limpa, pudessem explorar os seus negócios. Depois de concluídos os trabalhos de reforma das praças centrais, eis que agora, já no final do ano ( 2012 ) vemos camelôs retornando com força total. Cadê a secretaria de Meio Ambiente e Controle Urbano, que era tão bem gerenciada pelo Dr. Nivaldo Soares ( que saiu ) e promoveu a remoção da poluição visual do centro, a remoção das "Topics" e a própria remoção dos camelôs ?

Será que voltaremos ao tempo em que no centro reinava a desordem de antigamente, em que as pessoas para transitar, tinham que sair das calçadas e ir para o asfalto ? Com a palavra a administração municipal e a Secretaria de Controle Urbano. Creio que não foi nesse sentido que foram gastos MILHÕES de reais com a reforma das praças, foi ?

Por: Dihelson Mendonça


Acima: A mesma "Marmota" de sempre. Praça da Sé. Estarão cumprindo as leis ?


Acima: Rua Bárbara de Alencar


Acima: O lixo que produzem


Acima: Rua Bárbara de Alencar

LEIS EXISTEM PARA SEREM CUMPRIDAS.


Previsão do Tempo para Quarta-Feira, dia 12 de Dezembro de 2012


Nada de chuva! Apesar do calor incrível que faz no cariri, os serviços de meteorologia são unânimes em afirmar que não choverá hoje. A previsão é de dia de Sol com algumas núvens. Temperatura máxima de 35 graus e mínima de 23. O sol nasce às 05:15 e se põe às 17:49. Confira na foto do atélite Goes 12:


Fonte: GOES 12
Bom Dia, crato!

www.blogdocrato.com
Há 7 Anos, o Crato na Internet
 

URCA convida sociedade caririense para participar das homenagens ao Rei do Baião, Luiz Gonzaga


A Universidade Regional do Cariri (URCA) convida a sociedade caririense e toda a comunidade acadêmica para participar das comemorações alusivas ao centenário do cantor Luiz Gonzaga. As atividades realizadas pela URCA, fazem como que a Instituição entre para o circuito nacional dos eventos comemorativos voltados ao cantor Luiz Gonzaga.
Amanhã, dia do aniversário do Rei do Baião, será realizada, entre outras atrações, como homenagens, palestras e lançamentos, a apresentação da Orquestra Eleazar de Carvalho, às 19 horas, no auditório do Cine Educadora, com entrada franca. Antes, será celebrada uma missa em Ação de Graças, às 16 horas na Sé Catedral, em Crato. Ao mesmo tempo, estará sendo realizada campanha de arrecadação de alimentos para as vítimas da seca, em Salitre-CE. As comemorações fazem parte de uma parceria entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura, o Município de Exu e a Pró-Reitoria de Extensão da URCA. Com isso, será fechada neste dia 13, a programação do “Treze Temático”, projeto desenvolvido por meio Proex. Será iniciada, na manhã de hoje, uma roda de conversa, na cidade de Exu. À tarde haverá apresentações artísticas na no Ginásio Poliesportivo.

A programação se divide entre as cidades de Crato (CE), e Exu (PE), onde nasceu Luiz Gonzaga. Um dos lançamentos de publicações contará com a presença de uma das maiores estudiosas da obra gonzaguiana no Brasil, a Professora PhD, da Universidade Estadual do Ceará (UECE), Elba Braga Ramalho, no dia 13, às 10 horas, em Crato. A docente estará lançando no Cariri o livro “Luiz Gonzaga: a síntese poética e musical do sertão”. O Professor Mestre Jonas Rodrigues, da FAP/SEDUC/PI, fará o lançamento do livro “Sons do sertão: Luiz Gonzaga, Música e Identidade. Desde julho último que a URCA vem realizando o projeto voltado para as homenagem aos 100 anos do cantor pernambucano, com oficinas, debates, saraus poéticos, apresentação de dezenas de projetos artísticos, inclusive de grupos de Exu, e a exposição permanente (En)cantos: natureza e cultura do Araripe na obra de Luiz Gonzaga o Rei do Baião, no Campus do Pimenta. O objetivo foi chamar a atenção do âmbito acadêmico, para a realização de estudos e pesquisas, sobre o artista nordestino, Luiz Gonzaga.  

O evento hoje, em Exu, conta com a presença do sobrinho do Rei do Baião, Joquinha Gonzaga, em roda de conversa com o tema “Luiz Gonzaga que eu conheci” (Exu), ainda com as presenças de João Gonzaga e Os Francos, e mediação da Professora da URCA, Sergiana Tavares. Á tarde haverá lançamento de livros e apresentações culturais.

Três espaços de arte estarão sendo visitados, todos tendo como mote a obra de Gonzagão: a Mostra “Olhando o olhar” (Exu); a exposição (En)cantos: natureza e cultura do Araripe na obra de Luiz Gonzaga o Rei do Baião (Crato); e a exposição de Alegorias da GRES Unidos da Tijuca, em homenagem a Luiz Gonzaga (Crato). Ainda no âmbito da arte, no dia 13, às 10h30, haverá a premiação do concurso “Mapas das Terras de Luiz Gonzaga” (Crato).

Na manhã do dia 13, em Exu, haverá o lançamento de uma medalha em homenagem a Luiz Gonzaga, pela Casa da Moeda do Brasil.

Fonte: URCA

Fumaça que sai de caverna assusta moradores no interior do Piauí


O fenômeno surgiu há cerca de dois meses e tem atraído muitos curiosos. Além da fumaça, no local existe uma espécie de cera com cheiro forte.
Moradores do município de Assunção do Piauí, localizado na região Centro-Norte do estado, estão assustados com uma fumaça que sai de uma caverna próxima à cidade. Segundo os populares, o fenômeno surgiu há cerca de dois meses e tem atraído muitos curiosos ao local. "Há vários dias a população de Assunção está apreensiva e com medo, porque não sabe de onde vem a fumaça", conta Iderlon Lima, morador da região. Além da fumaça, entre as pedras da caverna, os moradores da cidade também encontraram uma espécie de cera que tem cheiro forte. "É como se fosse uma cera amarela, que tem cheiro de borracha queimada", acrescenta Lima.

De acordo com o geólogo José Sidney Barros, ainda não é possível afirmar com precisão as causas da fumaça que aparece no local. "As probabilidades são várias dependendo do tipo de gás, localização da caverna e dos processos envolvidos. Como a região tem uma formação rochosa chamada de 'Serra Grande', que é composta por arenito e conglomerados, há indícios de algum teor de óleo e gás, segundo pesquisas realizadas pela própria Petrobrás. Por isso, a gente tem algumas possibilidades que podem justificar o aparecimento desse fenômeno", explica. Ainda segundo Barros, a potencialidade petrolífera de uma região depende da existência, extensão e espessura da camada sedimentar. "A Bacia do Parnaíba tem mais de três mil metros de espessura de sedimentos, portanto, é um ambiente adequado para a produção e acumulação desse material", diz o geólogo. José Sidney Barros descarta a possibilidade de presença de vulcanismo, já que o Piauí está em uma plataforma estável. Contudo, o geólogo explica que gases provenientes de profundidade sempre tem um conteúdo de metano, enxofre, ácido sufídrico, e que podem causar reações alérgicas ou alguma intoxicação.

"Na próxima semana iremos à região para coletar os gases, rochas, solo e tentar dar um diagnóstico mais seguro e concreto sobre o fenômeno. Mas de já recomendamos que a população na permaneça muito tempo em contato com os gases", conclui Barros.

G1

Joaquim Barbosa defende que Ministério Público investigue Lula


Presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) e relator do processo do mensalão, o ministro Joaquim Barbosa defendeu nesta terça-feira (11) que o Ministério Público Federal investigue o suposto envolvimento do ex-presidente Lula com o esquema operado pelo empresário Marcos Valério. Sem dar detalhes do conteúdo, Barbosa disse que teve "conhecimento oficioso" (fora dos autos) do novo depoimento prestado por Valério ao Ministério Público Federal, em setembro, após ter sido condenado a mais de 40 anos de prisão pelos crimes cometidos no mensalão em julgamento no Supremo.

Valério afirmou à Procuradoria-Geral da República que pagou despesas pessoais de Lula em 2003, por meio de depósitos na conta de uma empresa do ex-assessor pessoal de Lula, Freud Godoy, segundo revelou o jornal "O Estado de S. Paulo". Questionado se o Ministério Público deve abrir inquérito para apurar o envolvimento do ex-presidente, Barbosa concordou: "Eu creio que sim". Como Lula não tem mais foro privilegiado, ele seria investigado pela primeira instância.

Ainda de acordo com a reportagem, Valério também relatou que Lula avalizou pessoalmente, em encontro no seu gabinete, no Palácio do Planalto, os empréstimos contraídos junto ao Banco Rural para alimentar o esquema de compra de apoio parlamentar. Segundo Valério, suas despesas com advogado são pagas pelo PT. Ao longo de mais de quatro meses de julgamento, o STF definiu que o mensalão foi um esquema de desvio de recursos públicos e empréstimos fictícios para a compra de apoio de político no Congresso no início do governo Lula (2003-2010).

Dos 37 acusados, 25 foram condenados por crimes como corrupção, peculato, lavagem de dinheiro, entre eles o ex-ministro José Dirceu, homem forte do governo Lula. e o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares. As falas de Valério são recebidas com cautela pelo Ministério Público Federal, uma vez que a declaração poderia ser uma movimentação para se livrar da condenação. O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, já chegou a chamar o empresário de jogador.

Folhapress


Revelações Bombásticas - Cúpula do PT prepara estratégia para impedir depoimento de Valério que condenaria Lula


Integrantes da cúpula do PT na Câmara dos Deputados já preparam estratégia para impedir a ida do empresário Marco Valério à Casa para prestar esclarecimentos sobre o suposto envolvimento do ex-presidente Lula com o esquema do mensalão operado pelo empresário.

Valério afirmou à Procuradoria-Geral da República que pagou despesas pessoais de Lula em 2003, por meio de depósitos na conta de uma empresa do ex-assessor pessoal de Lula, Freud Godoy, segundo revelou o jornal "O Estado de S. Paulo". O líder do PSDB na Casa, Bruno Araújo (PE), informou no início da tarde de hoje que irá apresentar requerimentos nas Comissões Técnicas para que Valério apresente e detalhe as informações que prestou no Ministério Público Federal.

Estratégia

Segundo o líder do PT, Jilmar Tatto (SP), o partido vai trabalhar para derrubar todos os requerimentos. A mesma estratégia foi adotada na semana passada quando todos os requerimentos convidando os servidores citados na Operação Porto Seguro foram derrotados nas comissões temáticas da Câmara.

"Se depender de nós do PT, de jeito nenhum. Não tem o porquê. O Marco Valério tem que estar preocupado com as condições da cadeia e não vir aqui prestar depoimento", disse Tatto. O petista se referia ao fato de que o empresário foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal no julgamento do mensalão a 40 anos, 4 meses e 6 dias de prisão, além do pagamento de R$ 2,7 milhões em multa. Além de Valério também foram condenados o ex-presidente do PT José Genoino e o ex-ministro José Dirceu. Tatto desclassificou ainda o depoimento de Valério ao Ministério Público Federal. "Quem faz esse tipo de depoimento depois de anos é porque é uma medida de desespero e não tem mais credibilidade, se é que teve um dia, para poder falar do presidente Lula."

Ainda de acordo com a reportagem, Valério também relatou que Lula avalizou pessoalmente, em encontro no seu gabinete, no Palácio do Planalto, os empréstimos contraídos junto ao Banco Rural para alimentar o esquema de compra de apoio parlamentar. Segundo Valério, suas despesas com advogado são pagas pelo PT.

Mensalão

Ao longo de mais de quatro meses de julgamento, o STF definiu que o mensalão foi um esquema de desvio de recursos públicos e empréstimos fictícios para a compra de apoio de político no Congresso no início do governo Lula (2003-2010). As falas de Valério foram recebidas com cautela pelo Ministério Público Federal, uma vez que a declaração poderia ser uma movimentação para se livrar da condenação. O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, já chegou a chamar o empresário de "jogador".

Fonte: Folhapress



Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30