xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 09/12/2012 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

09 dezembro 2012

O mais importante julgamento da História



Há consenso geral de denominá-lo como o maior da História brasileira. De fato é o mais relevante até aqui porque em razão da condenação dos envolvidos ser da categoria de inalcançáveis pela Justiça.

Pela dicotomia manifesta entre as posições adotadas entre os ministros Joaquim Barbosa e Ricardo Lewandowski restou comprovado a necessidade de mudar a forma de escolha dos membros da Suprema Corte brasileira. Devem ser escolhidos por seus pares por meio de eleição direta; estabelecer mandato com prazo definido e não muito longo para evitar que processos como o do mensalão fiquem mofando debaixo do braço de um relator “tipo Lewandowski-Toffoli” até que a prescrição deixe todos os acusados impunes. Até o momento a indústria da prescrição tem funcionado a contento para réus endinheirados e magistrados inescrupulosos. Apesar da comprovada eficiência, nem Joaquim Barbosa conseguiu evitar que alguns malandros se beneficiassem dela.

Passou da hora da eleição para presidente do STF seja pra valer. Acabar com esse referendo de carta-marcada, como já é certo que Ricardo Lewandowski será o próximo, apesar de sua manifesta parcialidade e gratidão aos responsáveis por sua indicação.

Depois, ficou demonstrado que o Supremo Tribunal Federal e todas as instâncias da Justiça brasileira precisam se equipar melhor para acelerar a viabilização  de processos eletrônicos. Sintetizar as informações importantes para evitar a decantada enxurrada dos milhares de páginas de autos. Alguns erros foram surgindo com o desenrolar do julgamento. O momento inoportuno do julgamento, não pela proximidade das eleições, como politizaram alguns, mas pela proximidade de aposentadoria compulsória de dois ministros durante o julgamento. E caso a situação se repita no futuro, ao menos que condicione como praxe da Casa que os aposentandos apresentem seus votos completos antes de sair.
Os pontos divergentes quanto ao procedimento deveriam ser resolvidos previamente em reuniões ou sessões administrativas. Escancará-las em pública aos berros e com bate-boca de botequim só causam uma certa desconfiança à população. Esses ajustes permitiriam julgamentos mais céleres. Por ter sido este o primeiro julgamento a condenar gente acima da lei, essas falhas se tornaram inevitáveis ou imprevisíveis. Nossa sociedade se acostumou com a demora desmoralizante para os julgamentos, haja vista o assassinato de Celso Daniel ainda sem julgamento após uma década. Essa masturbação jurisdicional  eterna se torna no elo perfeito entre os criminosos e “bandidos de toga”, como bem definiu a ministra Eliana Calmon. Não é razoável que uma criança de 11 anos tenha alcançado a maioridade entre a denúncia de Roberto Jefferson e a decisão do mensalão. Um período maior do que o da Primeira e o da Segunda Guerras Mundiais. Na seara jurídica, alguns pontos deveriam ser melhor conceituados. O domínio do fato, por exemplo. Tudo que o subalterno Marcos Valério fez foi para atingir o objetivo final do chefe. No entanto ele recebeu um pena seis vezes maior do que a do chefe. Se tudo que ele fez como subalterno tinha por objetivo atingir as metas determinadas pelo chefe, no mínimo, este foi participe de todos os delitos praticados para alcançar as metas traçadas por ele.

Na reta final baixou o espírito santo nos ministros que agora querem diminuir a pena. Essa redução de pena só confirma que os ministros pertencem ao andar de cima. A resposta está no livro O Caçador de Pipas, numa citação de que “só existe um crime:  roubar. Os demais são variantes deste. Nada é mais grave do que alguém se apropriar do que não lhe pertence, ainda mais quando é pública e se tem o dever de zelar por ela. E a agravante maior é quando o resultado são pessoas morrerem nas filas de hospitais, sem remédio para se tratar; pessoas passarem fome, crianças sem creches, sem escola e toda a sociedade sem nenhum serviço público satisfatório. Para proteger aos sem voz é que esses crimes deveriam ser apenados, no mínimo, com 40, 50 anos de reclusão, presos de fato, sem progressão, já que bandido de colarinho branco, corrupto inveterado, não tem recuperação. É uma falácia soltar essa gente na rua sob esse argumento.

Por óbvio, não há previsão na Constituição Federal de que deputados federais condenados pelo STF percam o mandato. Desenhando: a Suprema Corte não cassa mandato. Ela pode condenar um deputado, e só ela, e deputado condenado não pode exercer mandato. Ele perde os direitos políticos automaticamente.  Com certeza, não é preciso alertar ao presidente da Câmara sobre as consequências para quem desobedece a ordem judicial.

Pedro Cardoso da Costa – Interlagos/SP
Bacharel em direito


HAPPY STORE - CONFECÇÕES


HAPPY STORE CONFECÇÕES

Produtos de qualidade, com bons preços e uma empresa genuinamente cratense !





Preço, qualidade, variedade


Os proprietários: Vera Veloso e Franzé Brito


As melhores marcas, os melhores preços.



Anuncie no Blog do Crato
A MAIOR VITRINE DO INTERIOR DO CEARÁ - 212.000 Acessos por mês
Entre em contato pelo e-mail:  blogdocrato@hotmail.com e marque uma visita

www.blogdocrato.com
Há 7 Anos, o Crato na Internet

Um Pedido Especial aos Escritores do Blog do Crato


Amigos, pela MILÉSIMA vez, peço que ao postarem artigos, NUNCA postem copiando e colando do WORD nem de outros sites diretamente para o Blog com a ferramenta de Copiar e Colar ( Control C e Control V ), porque isso traz caracteres estranhos e a postagem "come" o espaço de até 10 outras postagens ) o código fica gigantesco. Se tiverem alguma dúvida, me perguntem como fazer. Terei prazer em explicar.

Para meu espanto, abri hoje ( Domingo 09 ) o Blog do Crato e só tinha 12 postagens na página principal. Sabendo que certos escritores é que tem mania de fazer isso, já fui diretamente nas postagens deles e arrumei ( passei pelo bloco de notas primeiro, eliminei toda a diagramação original e só aí, lá do bloco de notas é que trouxe para o Blog ). Com isso, temos agora 36 postagens na página principal. Que diferença, de 12 para 36 hein !!!

Eu venho pedindo para que nunca tragam artigos diretos do WORD nem de outros sites diretamente desde 2006 quando começamos. Peço mais uma vez a compreensão dos escritores para que isso não mais aconteça. Cada vez que acontece, o nosso público perde, porque eles não vêem as outras postagens, que já passam para a segunda e terceira páginas. vamos COLABORAR, né ?

Por: Dihelson Mendonça
Administrador


Chuvas já registradas no mês provocam estragos no Crato


Apesar de a quadra chuvosa ainda não ter se iniciado, os estragos já se fazem sentir na infraestrutura da cidade

Crato. As chuvas que caíram na região do Cariri nos últimos dias já provocaram danos a esta cidade. As causas são de origem diversa. A topografia irregular, as deficiências de infraestrutura nas comunidades e a falta de equipamentos impedem que os órgãos municipais estejam preparados para enfrentar um inverno rigoroso.

A ponte sobre o Rio Batateiras, na Vila São Bento, teve suas cabeceiras destruídas, voltando a causar transtornos para a população FOTO: YAÇANÃ NEPOMUCENA. No município, a ponte sobre o Rio Batateiras, na Vila São Bento, que é o principal corredor de acesso para a população residente na Vila Padre Cícero, Jenipapo, Sítio Malhada e Quebra, teve suas cabeceiras destruídas.

Interditado

No local, por mais de um mês, o trânsito, que é intenso, foi interditado por motivo da obra e devido a grande quantidade de lama que não permitia a passagem dos veículos. Para chegar às localidades, os pedestres e motoristas precisaram passar por debaixo do equipamento. Mas, desde o último dia 2, a travessia antiga foi retomada, satisfazendo as comunidades locais. Ainda em 2011, quando aconteceu uma enchente que ocasionou vários sinistros, como o do Canal do Rio Granjeiro e o desmoronamento de residências, o Ministério da Integração Nacional destinou uma verba no valor de aproximadamente R$ 677 mil para a construção de uma nova ponte na Vila São Bento.

Após a ordem de serviço, que foi dada no final do primeiro semestre deste ano, a obra foi iniciada. Porém, durante a execução, a sondagem do terreno indicou que a construção não estava de acordo com o que o estudo topográfico anterior tinha indicado. O projeto previa uma fundação direta. No local, segundo o secretário de Infraestrutura do município, José Muniz, que também é engenheiro, foi necessário fazer um desvio no manancial e rebaixar o lençol freático para identificar a profundidade das fundações até encontrar um material seguro.

Paralisação

Por causa disso, há cerca de dois meses a obra foi paralisada. "A gente precisa de dados técnicos. Estamos aguardando o posicionamento do geólogo sobre a sondagem do terreno. Só a partir do que ele indicar iremos redimensionar a fundação da ponte e dar início ao procedimento construtivo dela. Assim, pedimos a compreensão da população", afirma José Muniz. Agora, a Secretaria de Infraestrutura aguarda um novo relatório sobre as sondagens das fundações para que possa redimensionar os alicerces.

Diante do problema, diariamente, o local está sendo vistoriado pelos técnicos do órgão. Mas, de acordo com eles, não há riscos de desabamento. Depois da indicação dos estudos, a Secretaria irá realizar a reprogramação da obra e dos prazos de entrega. Todos os serviços são de responsabilidade da construtora JF Engenharia Ltda, que ganhou a licitação da obra. O equipamento já não atende mais as demandas. O plano é construir uma ponte mais larga do que a existente, com 8,60 metros de largura por 30 de extensão. A atual tem apenas 2,50 metros de largura por dez de extensão.

A ponte sobre o Rio Batateiras na Vila São Bento é um dos problemas antigos que se arrasta sem solução. Atualmente, o obstáculo está gerando também uma desvalorização dos imóveis. Desesperados com a inércia da obra de requalificação, alguns dos proprietários estão pondo suas casas à venda. Como conta o aposentado Miguel Sales. "A gente nasceu e se criou com esse problema. Quando acontecem fortes chuvas, não passa ninguém por essa ponte. A nossa esperança é que com a mudança de prefeito a construção seja concluída", revela. Em épocas de chuvas, os principais problemas enfrentados pelo município estão relacionados as erosões, existência de casas de taipa, construções irregulares nas encostas e aos esgotos à céu aberto que ocasionam as voçorocas. Ao todo, já foram reconhecidas quatro áreas de risco pela Defesa Civil do município.

Entre as ações que tentam por fim a essas dificuldades estão a construção de 24 unidades habitacionais, que serão entregues às famílias que residem no Bairro Seminário, em um prazo máximo de 30 dias. Outras 100 casas serão erguidas. As obras deverão ter início no próximo mês de janeiro. Para acompanhar a ocorrência de possíveis sinistros, a Defesa Civil Municipal já está articulando suas atividades. O canal do Rio Granjeiro, que é a principal área de risco da cidade, sofreu novos danos. Desde janeiro de 2011, quando foi destruído, a população residente nas proximidades fez diversas manifestações para cobrar um método seguro de reconstrução.

Fiscalização

A obra está sob fiscalização do Departamento de Arquitetura e Engenharia do Estado (DAE), que vem realizando serviços de retirada dos entulhos e a concretagem da laje do fundo do canal. Ao todo, a reconstrução de emergência desta etapa, está orçada em R$7,6 milhões, sendo os recursos provenientes do Governo do Estado. Entretanto, o Ministério da Integração Nacional liberou R$ 4 milhões para a realização das obras emergenciais. Do valor, apenas R$ 2.520.000,00 foram alocados no primeiro momento dos serviços.

YAÇANÃ NEPOMUCENA
Repórter do Jornal Diário do Nordeste


CRATO - Previsão do Tempo para Domingo - Dia 09




Bom Dia, Crato!


A previsão do tempo para hoje, Domingo ( 09 ) indica dia de Sol com algumas núvens. Não chove. Temperatura máxima de 35 e mínima de 22. O sol nasce ás 05:13 e se põe às 17:47. E a gora a última foto do satélite. Como se vê, algumas núvens sobre o Cariri.

Bom Domingo!



Holambra no Cariri, chegaram novas flores - Por: Emerson Monteiro


Novas flores chegaram ao Cariri para a etapa final do IV Festival de Flores de Holambra, que acontece desde o dia 28 de novembro, na Praça Padre Cícero, em Juazeiro do Norte. Milhares de pessoas já tiveram a oportunidade de passar pelo local. O evento termina no próximo domingo, mas até lá o festival estará de portas abertas, das 8 às 21h, para receber o público de toda a região e outros estados.

São cerca de 3 mil pessoas que, diariamente, visitam os corredores adornados pelo colorido vindo de Holambra, com uma variedade de mais de 200 espécies de flores e plantas ornamentais. A coordenação do evento constata o grande sucesso do festival, desde a sua primeira edição. Até domingo, dia 09 de dezembro, uma equipe estará disponível para atender e repassar as informações necessárias sobre o cultivo das plantas, para os clientes admiradores da natureza.

São espécies raras, que se adaptam facilmente à região, desde gérberas, flor do deserto, rosas, cravos, azaleias, lírios, orquídeas, entre outras. Este ano, a organização do festival, uma parceria do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal com o SESC e o apoio da TV Verdes Mares Cariri, está arrecadando maior quantidade de alimentos, doados pela população, para a campanha “Nossos irmãos não podem esperar”, em prol das vítimas da seca em 178 Municípios do Ceará. Todo o alimento arrecadado será repassado oficialmente para o SESC até o encerramento do festival.

Por: Emerson Monteiro


Desembargador lança dois livros sobre Juazeiro do Norte e Padre Cícero


O desembargador Durval Aires Filho, presidente da 7ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE), editou dois livros de crônicas escritos pelo avô Otávio Aires de Menezes. As obras “Juazeiro e seu legítimo fundador o Padre Cícero Romão Batista, história da cidade” e “Juaseiro Antigo, história do Padre Cícero, seu povo e sua cultura” serão lançadas na próxima terça-feira (11/12), às 19h30, no Ideal Clube, em Fortaleza. A apresentação dos livros será feita pelo ministro Ubiratan Diniz Aguiar, ex-presidente do Tribunal de Contas da União (TCU). As obras foram impressas na Gráfica e Editora LCR com apoio da Associação Cearense de Magistrados (ACM) e do Ideal Clube. Sobre a primeira obra, o desembargador Durval Aires Filho destaca que “contribui decisivamente para a compreensão de diversas passagens de níveis que a cidade experimentou, começando com a chegada de uma nova classe média, composta de advogados, médicos, engenheiros, contadores e políticos de todos os credos, ávidos por votos e reconhecimento popular, além de muitos nacionais e estrangeiros, enfim, uma onda de aventureiros e parasitas letrados que teriam como objetivo o envolvimento com o Padre Cícero”.
O segundo livro compõe um conjunto de crônicas, que restituem manifestações culturais, nomes e os pioneiros da cidade. As manifestações têm início em janeiro, no Dia dos Reis. A obra registra os beatos que circulavam em Juazeiro do Norte.
Segundo o editor, lembra dos escultores, santeiros e xilógrafos (na época, chamados de imaginários). “Várias manifestações culturais são mapeadas, não esquecendo da poesia de José de Matos e dos poetas anônimos, além dos presépios, durante o mês de dezembro”. Os originais do livro foram entregues ao desembargador, em meados dos anos 80, pela sua avô paterna, Marieta Franca de Menezes. “Foi um presente inusitado, uma espécie de sonho de consumo de qualquer intelectual ou pesquisador”. Os textos, como narra o magistrado, “foram lidos em um programa radiofônico, todos em caligrafia legível, escritas do punho de meu avô Otávio Aires de Menezes, já apresentando falhas devido ao tempo.
(Com TJ-CE)

http://blog.opovo.com.br
Via BLOG DO JUAONLINE de Daniel Walker


COELCE responde ao Blog do Crato sobre falta de energia elétrica na R. Antonio Xenofonte


Referente à reclamação de falta de iluminação pública na Rua Antônio Xenofonte, localizada no bairro Vila Alta, no município do Crato, a Coelce informa que técnicos da Coelce estiveram no local ontem (6) e a iluminação na rua encontra-se normalizada.   

Gerência de Comunicação – Coelce
Assessoria de Imprensa
(85) 3453.4883 / 3453.4822 / 9993.9553



Comunicado


Estamos OK novamente!

Estivemos alguns dias com um problema técnico de energia eletrica aqui na redação do Blog do Crato, Rádio Chapada do Araripe e Sites relacionados. Finalmente comunico que foi resolvido. Estamos passando por uma reforma de ampliação no estúdio e esse tipo de coisa pode eventualmente acontecer. Pedimos desculpas aos nossos leitores pelo atraso e diminuição em algumas publicações. Procurei fazer o possível para mantê-los informados, sem que o problema interferisse com o Blog. Hoje ( domingo 09 ) foi tudo solucionado.

Atenciosamente,
Dihelson Mendonca

Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30