xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 11/11/2012 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

11 novembro 2012

Jatinho derrapa e cai na cabeceira da pista de Congonhas; 2 ficam feridos


Avião pertence à empresa de táxi aéreo Tropic Air (Foto: Renato S. Cerqueira/Futura Press/Estadão Conteúdo)

Um avião de pequeno porte derrapou na pista do Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo, e caiu em um terreno ao lado da Avenida dos Bandeirantes na tarde deste domingo (11). A aeronave particular, um jato executivo de prefixo PRMRG da empresa Tropic Air, saiu de Florianópolis e tocou o solo na pista auxiliar às 17h27, quando ocorreu o acidente.

Segundo a Infraero, três pessoas estavam a bordo. Duas ficaram levemente feridas e foram encaminhadas para o Hospital Santa Paula e o Hospital das Clínicas. A outra pessoa passa bem. Ainda não se sabe o que provocou o acidente.

G1

FUTEBOL - Azulão do Cariri se organiza para o Campeonato Cearense 2013 - Por: Diego Lima



A diretoria do azulão do cariri, está organizando a apresentação do elenco que disputará o campeonato cearense de 2013. A iniciativa da diretoria no entanto foi ótima, "Vai ser um evento bem organizado e legal, pois vai ser aberto aos torcedores e a toda a imprensa" Afirmou o Diretor Executivo da equipe cratense. A ideia é levar ao conhecimento da torcida, os jogadores que defenderão a camisa do Crato Esporte Clube durante todo o campeonato. A organização do evento, ainda estuda a possibilidade de um coffee break depois da apresentação.

O evento acontecerá as 16:00 hrs, no estádio Mirandão, no dia 03 de Dezembro. Desde já estão todos convidados. Será um momento muito importante para a torcida, e para imprensa também, pois está aberto para os profissionais da comunicação atuantes na região.
Por: Diego Lima
Foto ilustrativa: Wilson Bernardo

Padre Airton Freire celebrou neste domingo na Catedral de Crato – por Armando Rafael



Quem é esse viajante?
Quem é esse menestrel?
Que espalha esperança
E transforma sal em mel?
(Trecho da música Menestrel das Alagoas, de Milton Nascimento)

A vetusta Sé de Crato estava abarrotada de pessoas. Silêncio absoluto. A missa foi demorada e todos acharam pouco aquele momento, onde se renovou o sacrifício de Cristo Jesus, desta vez de forma incruenta.
As centenas de pessoas que lotaram a Catedral de Nossa Senhora da Penha – para a missa da manhã deste domingo, dia 11 – acompanharam com atenção  cada palavra – proferidas de forma pausada, serena e sem afetação –  pelo Padre Airton Freire. A fama desse humilde padre corre o Nordeste. Muitos foram em sua direção pedindo uma bênção. A todos, Padre Airton atendeu com calma, atenção e ternura,  fitando, com os  seus olhos azuis,  as pessoas que o abraçavam...
Mas quem é esse Padre,  que deixa um clima de paz por onde  passa?

Na foto abaixo, Padre Airton entre os Padres Edmilson Neves e Aureliano Gondim, à entrada da Catedral de Crato


Um homem nascido no sertão

Airton Freire de Lima nasceu em 29 de dezembro de 1955, na cidade de São José do Egito-PE, cidade em que se batizou. Aos seis anos de idade foi morar em Sertânia-PE, tendo estudado no Colégio Olavo Bilac onde, em 1971, concluiu o primeiro grau. No ano seguinte foi para Recife (PE) continuar os estudos. Inicialmente morou numa pensão, fazendo as refeições na Casa de Estudante de Pernambuco. O segundo grau foi iniciado no Colégio Martins Júnior, mas concluído numa escola técnica onde cursou Desenho e Arquitetura. Em 1975 ingressou no ITER – Instituto de Teologia do Recife, onde estudou teologia e filosofia. Em 1977 ingressou no curso de psicologia na FACHO – Faculdade de Ciências Humanas de Olinda.

Ordenou-se padre no dia 13 de fevereiro de 1982 na Catedral de Sant’Águeda em Pesqueira-PE. No dia seguinte celebrou a primeira missa em São José do Egito, na Igreja de São José. Nessa mesma época foi designado para servir a paróquia do Livramento em Arcoverde.

Fala fluentemente português, inglês, francês e alemão. Lê e fala um pouco: latim, grego e hebraico. Fez formação analítica no Centro de Estudos Freudianos em Recife e pós-graduação em Paulo Freire pela Universidade Estadual do Ceará. Já gravou diversos CD´s com músicas de sua autoria. Tem vocação para escrita, sendo autor de 56 (cinquenta e seis livros).

Em 1984, a convite de um grupo de jovens, veio a conhecer um lugar na cidade usado como depósito de lixo, não obstante a presença de famílias que ali moravam catando lixo para a subsistência. Estarrecido com o que viu, resolveu celebrar uma missa, onde uma criança faminta, ao olhar a hóstia, implorou para comer o que entendeu ser bolacha, tendo o padre acreditado haver uma relação entre o Corpo de Cristo e o pão que a criança precisava para matar a fome.

A partir desse episódio, veio a morar na Rua do Lixo, vivendo como pobre no meio dos pobres, lugar em que brotou a Associação Terra, posteriormente, convertida em Fundação Terra, nascimento que se deu na manhã de 08 de setembro de 1984. Em 1986 foi para Salvador-BA, objetivando ingressar na Companhia de Jesus. Ainda na Companhia de Jesus, foi para Belo Horizonte (MG), lá ficando até junho de 1987, quando resolveu voltar para a Rua do Lixo, endereço que teve até o ano 2000. A partir daí passou a morar na Malhada, um povoado perto de Arcoverde, permanecendo até hoje.

Essa mudança se deu porque no dia 29 de abril de 1999, dia de Santa Catarina de Sena, após jejuns e dias de orações, o padre decidiu criar a Comunidade de Vida dos Servos de Deus e no dia 31 de maio do mesmo ano, no Sítio Malhada, em local denominado Areias, foi marcado o espaço em que seria construída a capela em honra a Padre Pio de Pietrelcina e Nossa Senhora da Conceição.

(Fotos: Armando Rafael)

Histórias e Estórias do Crato de Antigamente - Domingo, 11 de Novembro de 2012 - Por: Ivens Mourão



CRATO - Rua Nelson de Alencar, em 1950, vista na direção do Colégio Diocesano. Irmã do escritor Ivens Mourão ( Yara ) encostada no poste de madeira existente em frente ao portão da nossa casa. Ainda não existia a Rádio Araripe. Este poste e a parede delimitavam a “trave” nas nossas “peladas” com bola de meia ou de borracha.

A SAUDADE

A Rua Nelson de Alencar era uma rua sui-generis. Tinha de tudo. Começava com um cabaré. No primeiro quarteirão todas as casas eram prostíbulos. Os mais famosos: Odilon, velho José Alves, Iraci, entre outros. Ali só circulavam os homens e as prostitutas. Quando um garoto atravessava aquele quarteirão proibido, as prostitutas iam ‘enredar’ ao pai. Os outros quarteirões eram familiares. Tinha indústria de mosaico, revendedora da Chevrolet, a sede da maçonaria, a praça Francisco Sá, hotel, uma rádio e um cinema, dentista, colégio, carpintaria e terminava com um cemitério. Quando o Crato teve a sua primeira Juíza, ela tomou uma decisão que os outros juizes não tiveram coragem (também eram usuários...): expulsou o cabaré da Nelson Alencar para a periferia da cidade. Aquele trecho da rua, então, passou a se chamar: Rua da Saudade...


MEIO QUILO

Até o início da década de cinqüenta era raríssima a família que possuía uma geladeira em casa. No Crato, então, contavam-se nos dedos de uma mão quem dispunha desse avanço tecnológico. Sendo assim, os alimentos perecíveis tinham que ser comprados diariamente e apenas nas quantidades necessárias para o consumo. Portanto, todas as manhãs alguém da família era escalado para ir ao mercado comprar carne e verduras para o uso diário.
A responsabilidade de fazer essas compras na casa dessa nossa parenta, do Luís, e do meu pai (Alexandre Sauly Mourão), era de um empregado do meu avô, Sr. José Pereira. “Seu Zé”, como todos o chamavam. Era uma pessoa muita inteligente, perspicaz e bastante observadora. Lá em casa ele sempre comentava, rindo, as encomendas da nossa parenta, muito menores que a do meu avô e as lá de casa. No entanto, ela gostava de manter privacidade sobre o excessivo zelo financeiro com relação à alimentação. Assim, quando ia passar para o “Seu Zé” a encomenda do dia, se estava presente alguém estranho à família, recomendava:
- “Sr. Zé, hoje só basta meio quilo de carne”...

MAIS ÁGUA

A abundância de água no Crato era tão grande, que a Prefeitura, nas décadas antes de cinqüenta, não cobrava taxa. Era de graça. Nos chafarizes públicos, nos bairros afastados, como testemunha o Luís, as pessoas não tinham o hábito de fechar as torneiras. Ficavam derramando água direto. Uma vez ou outra havia uma deficiência no abastecimento, provocada por um problema qualquer no sistema. Mas essa nossa parenta mantinha sempre uma bacia d’água, que era utilizada para diversas finalidades.Ali a empregada dava banho em dois ou três meninos. Como a parte dos fundos da sua residência era em tijolo de chapa aparente, sem qualquer revestimento, precisava ser mantido sempre úmido, para não levantar poeira. Quando a empregada ia jogar fora aquela água já reutilizada ela gritava:
- “Não, não, não, aproveita para aguar o quintal...”

A FARINHA

José Teunas Soares foi um dos grandes empreendedores do Crato. Tinha um comércio de atacado de grãos e amealhou uma boa fortuna, possibilitando atuar na área financeira como sócio em Banco Regional. O Sr. Teunas fazia questão de alimentar a idéia de que estava sempre em dificuldades financeiras, criando a fama de avarento, ou seja, popularmente conhecido como “mão fechada”. Mas tudo não passava de uma estratégia, uma forma de exteriorizar o seu senso de humor fino. E com isso, foi criando esta fama.
Ele e sua esposa, Dona Iolanda, eram grandes amigos dos meus pais. E nós amigos dos filhos deles, principalmente do Melchior.
No entanto, quando precisava gastar, não fazia economia. Quando um dos filhos passou por um aperto financeiro, o Sr. Teunas pagou todas as dívidas dele. A Dona Iolanda comentou com minha mãe:
- “Mas Giseuda, eu não sabia que o Teunas era tão rico!”
Em certa ocasião ele estava vindo de Araripina/PE, para o Crato, em um caminhão de boléia aberta, trazendo uma carrada de farinha. O caminhão estava descendo a serra e sobrou numa curva, tombando. O braço direito dele ficou preso debaixo da carroceria, chegando a quebrar. Lembro-me bem de vê-lo com o braço engessado. O motorista se apressou em socorrê-lo. Mas ele, debaixo do caminhão, com uma voz meio espremida, disse:
- “Salve primeiro a minha farinha”.

A REVOLTA

O Colégio Diocesano do Crato tinha alguns aparelhos para as aulas de Educação Física. Alías, eram um martírio as tais aulas. Após os exercícios, tínhamos que tomar banho com água gelada. Na época fria, então...
Um destes aparelhos eram duas barras de ferro colocadas na vertical, com uns 4 metros de altura. Ficavam em frente à sala do Admissão. Nessa sala estudava-se durante um ano para fazer uma prova de “Admissão ao Ginásio”. Era uma espécie de vestibular. Para se passar para o ginasial, tinha-se que se submeter a essa prova.
O exercício, nessas barras, era subir até o topo usando a força dos braços e apoiando-se como as pernas entrelaçadas na barra. O Melchior estava tentando subir e o meu tio Galba, alertando-o do perigo de cair. E, de fato, o Melchior se despencou lá de cima e “se estatelou” no chão. Ficou sem fala e foi carregado para a Secretaria. No meio do ajuntamento de alunos curiosos, um disse:

- Eita morreu um aluno! Oba, três dias de feriado!!!
O Melchior, revoltado com aquele comentário e sem poder falar, apenas levantou o braço em meio àquela multidão de cabeças e manteve um longo e demorado COTOCO...

 Por: Ivens Mourão
Todos os Direitos Reservados
www.blogdocrato.com
 

Dr. Santana e o Governador Cid Gomes visitam obras em Juazeiro – Por Beto Fernandes


Durante boa parte da manhã e tarde deste sábado, 10, o Prefeito de Juazeiro do Norte, Dr. Santana, esteve acompanhado do Governador Cid Gomes. O governador manteve contato com Dr. Santana e encontraram-se inicialmente no Gabinete do Prefeito de onde partiram para visitar diversas obras que estão sendo executadas de forma parceira no município.
Cid Gomes, Santana e operário da UPA do Bairro Limoeiro
Os dois visitaram inicialmente as obras do Roteiro da Fé, executadas pela Secretaria das Cidades, começando pela Praça dos Ourives, cujos trabalhos estão bem adiantados. Dr. Santana foi mostrar também como ficou a obra de requalificação das praças Monsenhor Joviniano Barreto (dos Franciscanos) e José Geraldo da Cruz (das Caçimbas), entregues em julho através do Secretário das Cidades, Camilo Santana.
 Na oportunidade Cid Gomes e Santana foram cumprimentados por populares que elogiaram a iniciativa de requalificação das praças. Dentro ainda do Roteiro da Fé, houve visita ao canteiro de obras do complexo de requalificação da Capela do Socorro e Memorial Padre Cícero. Os engenheiros explicaram a todas as dúvidas do Governador sobre os projetos. Um altar panorâmico destinado às celebrações de missas em sufrágio da alma de Padre Cícero e outros eventos da Igreja no adro do Socorro está ganhando novo piso, iluminação e desenho.  Serão colocadas tendas na Praça José Sarney a fim de disciplinar e organizar o comércio ambulante na área.
O trabalho na Igreja de Nossa Senhora de Lourdes no Bairro São Miguel também foi vistoriado. Apenas com o roteiro da Fé estão sendo investidos R$ 4,7 milhões. Cid Gomes também esteve no Centro Multifuncional e viu obras em ritmo acelerado. O Governador lembrou que a obra se arrastava há quase duas décadas e que reconhecia a decisão do Prefeito Santana em transferir a área para o Estado, fator preponderante para que possibilitasse a alocação dos recursos. O Centro Multifuncional tem investimentos de R$ 11 milhões e irá abrigar órgãos estaduais, federais e municipais e contará ainda com um auditório e anfiteatro com capacidade para 15 mil pessoas. A obra só não será inaugurada este ano porque os elevadores não estão prontos. A previsão é para março de 2013.
O Governador Cid aprovou a construção do Centro de Saúde do centro, por parte da Prefeitura, na área localizada na frente do Centro Multifuncional, mais especificamente onde funciona a sede do CIOPS.
Centro Multifuncional
De lá os dois passaram no trecho em que será construída a primeira etapa do Anel Viário que consistirá na implantação de uma avenida com pista dupla ligando a Rua Leandro Bezerra, passando pela ponte do Rio Salgadinho, até a saída para Caririaçu. Serão realizados serviços como: pista dupla com canteiro central, drenagem, bueiros, terraplenagem e calçadão, bem como sinalização horizontal e vertical com investimentos da ordem de R$ 14 milhões. Finalizando as visitas, Cid Gomes e Dr. Santana foram até o Bairro Limoeiro onde estão adiantadas as obras de construção da UPA – Unidade de Pronto Atendimento – 24 horas na Av. José Bezerra. Quando concluída a unidade poderá atender até 500 pessoas por dia.
Dr. Santana aproveitou para agradecer as inúmeras parcerias firmadas ao longo de sua administração. “O Governador Cid sempre teve uma visão municipalistas e nós, de Juazeiro, só temos a agradecer as muitas obras e programas viabilizados. Fizemos mais que parcerias, verdadeiras alianças que buscaram apenas o desenvolvimento de nossa cidade”, explicou. Dr. Santana, Cid Gomes e o Secretário de Turismso e Romaria, José Carlos dos Santos

Via Beto Fernandes

Vulgarização do corpo - Por: Emerson Monteiro


As invenções da indústria de produzir armamentos deixam claro o descaso dessa humanidade quanto ao corpo, tratado igual a uma coisa qualquer. Desde aquilo se joga para dentro do organismo a título de nutrição, até o jeito de adotar a pele e nela desenhar tatuagens apressadas, vendas grosseiras, sobretudo da beleza plástica, os esporte de lutas perversas, riscos de excursões radicais a montanhas e vastidões geladas, isso tudo denota o pouco jeito dos humanos quanto à utilização da matéria que a Natureza lhe fornece no sentido de aproveitar e tirar da experiência as melhores lições imortais.

Bancas de revistas, televisões, ruas, demonstram com excesso a prática infiel de oferecer corpos no mercado aberto da fama e da vulgaridade. Tanta beleza jogada nas latas de lixo... Tanta ausência dos critérios menos drásticos... E saber quanto de aprimoramento resultou na forma física, o instrumento inigualável que ora dispomos para chegar neste chão, habitar junto de tantos elementos vivos a condição biológica, porém ainda inconscientes do nível de sofisticação da máquina mais perfeita que somos nós no estreito espaço entre o nascimento e a morte, andarilhos das estrelas.

Há como que impaciência acelerada de cuidar dessa parte do mundo que nós somos. Pressa descomunal invade, pois, terrenos pegajosos de vícios e autodestruição em massa,  que significa esse momento dos seres humanos.

Disso falam as emergências dos hospitais, as penitenciárias, os bares, multidões embriagadas nas noites perdidas dos campos de batalhas. Espécie de saturação existencial resulta noutros dramas maiores, quais sejam  insegurança das cidades, criminalidade ostensiva e falhas éticas dos que recebem a função de conduzir a sociedade no rumo correto.

No transe aberto desses tempos metálicos, no entanto, as leis da Eternidade continuam leva adiante novas palavras de sobrevivência das espécies, trazendo filhos e os alimentando da Esperança, apesar dos atos contraditórios verificados.

Se nem sabem cuidar do pequeno território do corpo, que sustenta as relações pessoais e coletivas, imagine querer mandar no Universo, pretensão de tantos necessitados nas suas viagens exóticas...



Por: Emerson Monteiro
 

Governador Cid Gomes invade pista do aeroporto de Salvador e quase causa uma tragédia


No afã de ser o primeiro a estar na fila para receber a presidente Dilma Rousseff, que desembarcava ontem no Aeroporto Internacional de Salvador – Deputado Luís Eduardo Magalhães, o governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), quase provocou um acidente de altas proporções.

No momento em que o avião da presidente, vindo do interior da Bahia e com Jaques Wagner a bordo, se aproximava da capital baiana, na fila para aterrissar estavam aeronaves da GOL, TAM e Avianca. Minutos antes, o avião que transportava Cid Gomes taxiava no pátio, em procedimento de desembarque.

De maneira inusitada, ele ordenou ao seu piloto que atravessasse a pista principal em direção à Base Aérea.

Porém, não recebendo autorização dado o intenso movimento de aeronaves em procedimento de descida, Cid Gomes desceu do avião e atravessou, correndo, os 45 metros da pista principal, para desespero geral dos controladores de voo, Infraero e seguranças.

Do site Bahia Negócios, neste sábado (10), pelo jornalista Geraldo Vilalva:
Via Lindomar Rodrigues 

TV Chapada do Araripe - Programa FATOS em FOCO entrevista o Pres. da SAAEC Dr. Procópio da Silveira


EM BREVE... 



Entrevista com Dr. procópio da Silveira neste final de semana na TV Chapada do Araripe

- Engenheiro Civil
- Pós Graduado em Engenharia Urbana
- Pós Graduado em Pedagogia com extensão em Matemática
- Pós Graduado em Engenharia de Segurança do trabalho
- Pós Graduado em Gerenciamento de Recursos Hídricos e Bacias Hidrográficas
- Outros cursos de extensão correlatos.

"Ele transformou uma empresa que no passado, dava prejuízos ao município do Crato, fonte de constantes denúncias de corrupção e que estava para ser entregue à CAGECE, numa empresa que hoje é modelo, com fluxo financeiro controlado, moderna e informatizada, com treinamento dos funcionários, frota de caminhões e equipamentos para recuperação das bombas dos 52 poços que abastecem a cidade, contendo material reserva que  hoje, inclusive, é "emprestado" à própria CAGECE quando esta necessita, competindo em pé de igualdade; Promoveu intensa campanha de moralização da SAAEC enquanto empresa pública, onde antes, muitos "ricos" não queriam pagar água no Crato, e hoje são obrigados por lei a manter hidrômetro em suas residências.

Neste final de semana, eu converso com Dr. Procópio da Silveira, Pres. atual da SAAEC, que acumula diversas pós-graduações em temas referentes à distribuição de água; Foi engenheiro de obras de destaque, como o Canal do trabalhador e outras. Tendo sido indicado pelas maiores autoridades do setor hídrico do Estado do Ceará ao prefeito Samuel Araripe em 2005, como técnico hábil no setor, com o objetivo de moralizar a SAAEC, na entrevista, Dr. Procópio aborda temas, como a complexidade da expansão hídrica e sua distribuição no município, e as grandes inimizades que obteve quando resolveu em primeira instância, colocar hidrômetros nas residências, além da dificuldade de manter água constante numa cidade que hoje beira os 130.000 habitantes, suprida por 52 poços, já que apenas 20% da água do Crato vem de nascentes. Na entrevista, são tratados também os problemas que a SAAEC ainda terá que enfrentar na próxima gestão, e um balanço do que já foi realizado nos últimos anos.

Logo mais, aqui no Blog do Crato, em VÍDEO:
www.blogdocrato.com
Por: Dihelson Mendonça

Deputado Sineval Roque solicita mais viaturas do Ronda do Quarteirão para a cidade do Crato



O Deputado Sineval Roque (PSB) apresentou requerimento n° 2878/2012 ao Senhor Secretario de Segurança Púbilca Coronel Bezerra, nessa sexta-feira, dia 09 de Novembro, solicitando mais duas viaturas do programa Ronda do Quarteirão para a cidade do Crato. "É de extrema importancia essa aquisição para ampliar o suporte de segurança no munícipio e suprir a defasagem de monitoramento, afirmou Roque."

O Deputado Roque também esteve reunido com o Supervisor do Ronda em Crato Capitão Rabelo e constatou que todas as viaturas estão em operação nesse momento. Entretanto, pode ocorrer manuntenção nos veiculos e por conseguinte faltar viaturas. Diante disso, o deputado Roque irá trabalhar para viabilizar a aquisição de novos veiculos de patrulha para eficiencia do trabalho.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Gabinete do Dep. Sineval Roque ( PSB )
Sangiorgy Ribeiro e Caio Bem
www.blogdocrato.com

Queijo coalho de Jaguaribe conquista mercado nacional


Produtores da região estão ganhando capacitação para investir mais ainda na produção

Jaguaribe. O alimento que se transformou em identidade de um povo conquistou não só o Estado, mas também o reconhecimento do País inteiro. Da prensa de madeira à industrialização, o queijo coalho do Jaguaribe aprimorou seu sabor inconfundível e encontra-se em momento de inovação. Os produtores estão ganhando capacitação para investir na variedade. Muitas histórias são contadas pelo povo jaguaribano, que cresceu vendo a arte da produção do queijo coalho dentro de casa. Do gado se tirava o principal sustento. Vendia a carne, o leite e com a sobra se produzia o queijo. Em pequenos quartos, o trabalho de transformar o leite em queijo saciava a fome de muitas famílias, principalmente, na época da seca.

VII Festival do Queijo surpreende pela variedade de produtos. Da tradição para a comercialização, hoje o mercado do queijo é crescente e precisa de novos investimentos fotos: ellen freitas

A cidade já foi a maior bacia leiteira do Estado do Ceará, o que deu visibilidade ao pequeno povo às margens do Rio Jaguaribe. Com o tempo, a falta de preparo dos criadores de gado leiteiro e as dificuldades, o município perdeu o posto para região do Sertão Central, ficando em segundo lugar. A fartura do leite não tinha tanta importância comercial como se tem hoje.

Da produção original sabe-se que o coalho natural era extraído do estômago de pequenos animais existentes no Nordeste, dai vem o nome queijo coalho. O conhecimento era passado de geração para geração. As grandes toras de queijo chegavam a pesar até 30kg e tinham um sabor e textura diferentes. Eram mais salgados para conservação durante longos períodos, ou mais duros, de onde se fazia a farinha do queijo. Com o tempo e a descoberta de novas formas de produzir, o queijo foi ganhando o aroma, sabor e textura que o tornou tão popular.

Ada Maria Diógenes cresceu vendo seu pai produzir queijo. Ela recorda as várias histórias da tradição do queijo em sua família. "Antigamente, no tempo do meu avô, se fazia queijo para comer, eles eram enormes e ficavam armazenados em caixões de farinha. Meu pai conta que eles eram fabricados no inverno para serem consumidos no verão ou na seca", conta. Ela relembra que, quando estudava na Capital, vendia o queijo produzido pelo pai para ter algum dinheiro. Hoje, a família possui dois laticínios que abastecem comércios de várias cidades. Fortaleza é um dos principais consumidores do queijo coalho do Jaguaribe.

A empresária acompanha todo o processo de fabricação para garantir a qualidade do produto. A queijaria emprega seis pessoas. Além do queijo tradicional, ela produz variedade, como os queijos temperados, mas em menos escala. Atualmente, a empresa está se adequando para produzir também bebidas lácteas, como iogurtes.

A fama do queijo de Jaguaribe se tornou tamanha que o produto, que é produzido artesanalmente a partir do leite cru, é vendido por encomenda para vários estados. Tem-se conhecimento que na terra do queijo minas há quem consuma a variedade típica do Nordeste. O baixo Jaguaribe conta com apoio técnico do Sebrae para desenvolver o mercado com mais qualidade. De acordo com a analista técnica responsável pelo setor, Elzileide de Sousa, os laticínios estão se adequando à legislação, principalmente para assegurar a venda do produto livremente por novos mercados.

DN

Campanha de Vacinação Antirrábica – Ceará 2012.


Foi aberta na última sexta-feira a Campanha de vacinação antirrábica do Ceará 2012 pela Secretaria da Saúde do Estado. Com a meta de vacinar nos 184 municípios do Estado 80% de 1.106.908 cães e 571.703 gatos, que totalizam 1.678.611 animais, a campanha vai até o dia 15 de dezembro. O Ministério da Saúde distribui a vacina em todo o Brasil e as campanhas de vacinação em animais são organizadas pelos Estados e municípios.

A vacinação é a única forma de evitar que animais domésticos contraiam raiva e transmitam a doença para humanos. Não tem contraindicações. Os donos dos cães e gatos devem levar para vacinar os animais a partir dos três meses de vida, inclusive fêmeas prenhas, evitando vacinar animais doentes. No dia de mobilização, em 10 de novembro, os municípios serão responsáveis pela distribuição dos postos de vacinação. A orientação da Secretaria da Saúde do Estado é de vacinar o maior número de animais possível nessa data. Depois, até o dia 15 de dezembro, as secretarias municipais de saúde manterão postos de vacinação para imunizar os animais não vacinados.

Cuidado com os soins

A raiva é uma doença viral que pode ser transmitida ao homem por mordida, lambida ou arranhão de um animal infectado, principalmente cães, gatos, saguis e morcegos. A taxa de letalidade entre humanos é próxima de 100%. Nos últimos oito anos, desde 2005, foram confirmados cinco casos de raiva humana no Estado. Desse total, quatro tiveram transmissão através de soins em São Luís do Curu, Camocim, Ipu e Jati. Os soins são animais silvestres, devem ser mantidos na mata. Em Chaval, o caso de raiva foi transmitido por um cão.

A melhor maneira de evitar a raiva em humanos é a prevenção. Além da vacinação dos animais domésticos, as secretarias de saúde dos municípios devem ser acionadas para capturar os animais de rua que podem portar a doença. Nas cidades, a presença de morcegos deve ser notificada aos departamentos de zoonoses. Em caso de cão raivoso, há uma mudança comportamental que chama bastante a atenção. Um cão dócil começa a atacar todas as pessoas sem motivo, rejeita inclusive a alimentação. Começa também a se esconder, parece desatento e, às vezes, não atende ao próprio dono.

Assessoria de Comunicação da Sesa





Após recontagem dos votos, Obama é declarado vencedor na Flórida


A Comissão Eleitoral da Flórida confirmou neste sábado (10) que o presidente Barack Obama venceu as eleições no estado. Com essa vitória, por uma margem de apenas 1%, Obama venceu em oito dos nove estados-pêndulos, que não demonstram inclinação fixa por republicanos ou democratas em eleições.

Obama teve 50% dos votos na Flórida, enquanto o candidato republicano Mitt Romney somou 49,1%, uma diferença de cerca de 74 mil votos. O resultado saiu quatro dias depois das eleições por causa da recontagem dos votos. Obama já havia sido considerado vencedor por causa da vitória em outros estados. A vantagem de Obama na Flórida faz com que ele tenha obtido 332 colégios eleitorais, comparados com 206 conquistados por Mitt Romney.

O resultado na Flórida evita a repetição da polêmica ocorrida em 2000, quando os resultados no estado foram disputados voto a voto por George Bush e Al Gore - e acabaram determinando o resultado da eleição daquele ano.

Agência Brasil


Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31