xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 27/03/2012 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

27 março 2012

Como é chato ser moderno. Por: Gustavo Nogy

NOTÍCIAS DO FRONT: Corre em plenário projeto de lei que – por favor, tomem seus assentos – regulamenta a, aspas, profissão de filósofo. O autor da enormidade é o deputado Giovani Cherino (PDT-RS), orgulhosíssimo, imagino, de suas lides parlamentares. Fui conferir o lattes da sumidade.

(Tirem as crianças da frente do computador). Graduado em Cooperativismo e pós-graduado em Economia Rural. E, agora, ele é o homem que vai dizer quem é e quem não é filósofo por estas plagas. Sejamos justos: não exatamente ele, mas a nobilíssima Academia Brasileira de Filosofia, que conta entre seus veneráveis membros e demais luminares da ciência com os senhores – agora doutores honoris causa – João Havelange, Michel Temer e Carlos Alberto Torres (para quem não sabe, grande médio-volante no título da seleção brasileira de futebol de 1970, autor de um gol que vale mais, feitas as contas, que a obra de uns e outros doutores por aí; mas isso são histórias outras).

Segundo nos autos consta, a Academia Brasileira de Filosofia “é a representante da filosofia e língua filosófica nacionais”, e parece-lhes evidente – e quem sou eu para discordar – que “(…) o Estado pode e deve agir no sentido de regular o exercício da profissão de filósofo no país, estipulando as condições de habilitação e as exigências legais para o regular exercício da mesma, além de seu âmbito de competência”. Stalin não diria melhor.

Stalin não diria melhor, mas quem o disse foi o senhor João Ricardo Moderno, presidente da dita Academia, na justificativa do projeto. Agora filósofo é profissão, sim senhor! E com carteira de trabalho assinada, décimo terceiro, férias (período em que, imagino, o filósofo deixa de lado a filosofia e justifica certos projetos de lei) e carteirinha da Academia. Quem não tem não é, salvo se mantiver união estável por mais de cinco anos com a musa grega.

Se filosofia é profissão e há filósofos devidamente empregados, inevitável imaginar que, em breve, a depender das flutuações do mercado financeiro internacional, teremos hordas de insuspeitos pensadores à espera do seguro-desemprego ou, o que é pior, fazendo biscates quaisquer. Melhor pensar duas vezes antes de, com a antiga displicência, pedir ao ascensorista: “Terceiro, por favor”. Ele pode ser um genuíno filósofo em temporário desvio de função e, da sua pergunta, leva-lo não ao andar desejado, mas aos mais altos níveis da abstração metafísica. Taxistas, por sua vez, serão sempre suspeitos. Todo taxista é um Heidegger inconfesso.

Mas, guardadas as proporções devidas, a posição estapafúrdia da Loucademia não deixa de ser a conclusão levada aos limites, no que toca à regulamentação (e, em consequência, a tudo o que isso implica) dos estudos de filosofia (e não só). Obviamente, cursos universitários não formam filósofos, mas professores de filosofia. Porém muitas, muitas vezes não é bem isso o que se nota quando um sujeito é entrevistado, ou citado num artigo, ou tem seu nome sob a foto de uma qualquer coluna social. Formou-se em filosofia na USP ou na UNITANTÃ – em princípio, tanto faz – e já se diz, e dizem do fulano: “Filósofo”. E os colegas acham bonito porque, claro, serve pra eles também. Trocam-se socráticos confetes.

Convenhamos: mesmo aqueles que seguiram os protocolares trâmites e fizeram graduação, mestrado, doutorado, pós-doutorado (França, Sorbonne – Paris 2,7/+05/68) e ostentam mais medalhas no peito que veterano de guerra não são, necessariamente, filósofos, no sentido estricto do termo. Idem para os formados em letras que não são escritores. E para aqueles formados em artes plásticas e assim por diante. Espero estar dizendo platitudes.

Pois bem: se cursos universitários não formam filósofos e nem sempre formam sequer bons comentadores de filosofia; se – Deus nos perdoe! -, muitas vezes não formam nem mesmo razoáveis professores de filosofia (está aí o Safatle que não me deixa mentir), por que diabos o título universitário há de ser tão importante assim?

Filósofo não é mais ou predominantemente o individuo que, herdeiro de uma tradição que remonta a Sócrates, Platão e Aristóteles, dedica-se a, sobretudo, educar sua própria alma e ser capaz de nela encontrar alguma ordem para só então estudar certos problemas – os problemas que lhe surgirem como tais, desde o centro mesmo do seu ser e do sentido que lhe cabe (Frankl) –, sob a perspectiva ou à luz da filosofia, mas sim aquele que, desde os cueiros, do bacharelado ao pós-doutorado, reza pela cartilha do grêmio acadêmico?

A própria idéia de produção acadêmica me causa sartreanas náuseas: como é possível que todo ano, centenas, milhares de alunos país (mundo) afora em cursos de filosofia produzam dissertações e teses de extrema relevância? Será possível mesmo fazer isso: produzir conhecimento? Vejamos: o professor Newton Carneiro da Costa meteu-se a investigar umas questões algo abstratas e, sozinho (ainda que um ou outro tenha chegado, de forma independente, a resultados semelhantes, salvo engano), descobriu ou desenvolveu os princípios todos da Lógica Paraconsistente. Ele foi e fez. É um exemplo. Miguel Reale e sua Teoria Tridimensional do Direito, outro. Mas e então? Os outros todos estão aí nas salas produzindo ciência, realizando insondáveis descobertas que muito em breve nós vamos acabar por conhecer? É possível chegar e “Vai lá pro quarto produzir ciência, moleque!”, e o sujeito voltar, três anos depois, todo feliz dizendo: “Produzi um conhecimento aqui, fessor!”.

Essa coisa de que conhecimento é algo a ser produzido, do modo como é colocada, é como chegar no sujeito que inventou a roda e exigir: “Agora, para doutorado, trate de imaginar um outro negócio aí, porque aquele seu colega já descobriu o fogo…”. E tudo isso que, em filosofia ou ciências, já soa absurdo (espero que não só pra mim, mas ao menos para mais uns dois ou três leitores) – que dizer em artes, então? “Olha aqui, Oh seu Picasso: ou você me produz uns quadros para o mês que vem, ou te corto aquela verba da CAPES. Então te vira!”. E assim nasce o cubismo.

Pensando bem: não é de surpreender que uns coitados tenham de inventar cura quântica, terapia à base de toques com os cotovelos de sábios chineses, ou mesmo, por que não?, a regulamentação da, aspas, profissão de filósofo.

Monty Python seria impossível no Brasil: não dá pra fazer nonsense do nonsense.

http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=523870

http://www.filosofia.org.br/


A filosofia brasileira é considerada patrimônio histórico material e imaterial da cultura brasileira. Nesse sentido, a Academia defende as liberdades de pensamento, expressão e demais formas do exercício da liberdade, incentivando o debate das idéias, dos valores, da Democracia e do Estado de Direito. Lutamos e obtivemos a vitória da lei da filosofia no ensino médio. Defendemos o reconhecimento da profissão de Filósofo como forma de dignidade.

DIA MUNDIAL DO TEATRO - DIA NACIONAL DO CIRCO

Comentários dos Leitores - 27/03/2012

.

Assunto: Falta de respeito

"Desmoralização é o governo do Ceará gastar R$ 250.000.000,00 (duzentos e cinquenta milhões) de reais com a construção do acquario, dinheiro este que daria para fazer 03(três)canais do rio grangeiro. O cratense que for visitar este acquario é bem empregado que leve uma mordida de tubarão no trazeiro, para criar vergonha.

José Carvalho Leite
Rua João Goulart
Cidade: Crato - CE

Uma Resposta: Meu querido José Carvalho Leite, 250 mi daria pra fazer 5 ( cinco ) canais e não 3. Agora, qual governador iria deixar de fazer um projeto ambicioso e belocomo o Acquario do Ceará e fazer Canal ? Sabemos que Canal não dá votos, mas o Acquario pode dar... Abraço!

Assunto: Falta de Áreas Verdes no Crato

"Venho através deste conceituado blog externar a todos os visitantes o grave problema da falta de áreas verdes na cidade. Se prestarmos atenção por exemplo,desde o início da rua Dom Quintino passando pela calçada da praça Alexandre Arraes e do Hospital São Francisco de Assis,Faculdade Católica do Cariri até chegar ao Crato Tênis Clube não denota-se uma árvore sequer e isto não se deve a falta de educação,visto que como eu citei e vocês caros leitores conhecem bem esta área do bairro Pimenta é de vizinhança de órgãos educacionais,como colégios,faculdade,e universidade;nem por falta saúde pois, saúde também é meio ambiente ora encontramos ali um hospital renomado e o Hemoce;e tão pouco por moradores sem instrução já que por ali habitam pessoas usufruem de meios de informações mais sofisticados ou são mais escolarizados que moradores de bairros com pessoas de menor poder aquisitivo.Olha que isto é só um aperitivo do que acontece em toda a cidade do CRATO.Caros leitores vamos mudar essa situação,ao lerem esse comentário dirijam-se ao IBAMA e resgatem o ar que respiramos,a sombra para guardar nossos automóveis,usar essa mesma sombra para esperar o ônibus que vai passar às 14:00 da tarde na calçada da urca entre outros lugares da cidade; UMA CIDADE BONITA NÃO ESTÁ NUMA FOTO COM PHOTOSHOP CONTENDO ASFALTO E CONCRETO, MAS COM ÀRVORES PELAS PRAÇAS E RUAS.

Raphael batista menezes sobreira de oliveira
R. jaco epifânio cortez
Cidade: Crato - CE

Assunto: Parabéns Rádio Educadora

"O jornal da educadora que estreou no dia 12 deste mês, com novo horário ao meio dia,apresentado agora por Fábio Lemos e Heron Aquino,a voz de ouro do rádio caririense,tendo um programa mais extenso e com maior enfoque no noticiário com temas relacionados à cidade e à região.A credibilidade e a imparcialidade da Rádio Educadora agora com tradição e inovação."

Raphael batista menezes sobreira de oliveira
R. jaco epifânio cortez
Cidade: Crato - CE

Comentários enviados pelo formulário de comentários na parte inferior do Blog do Crato. Todos os comentários devidamente identificados. Comentários anônimos ou que pareçam anônimos não serão publicados.

www.blogdocrato.com
Há 7 Anos, o Crato na Internet

Chove em mais de 100 Municípios Cearenses



Muquém, em Cariús, é um dos quatro açudes cearenses que estão sangrando, em vista do acúmulo de água resultante da atual quadra chuvosa - FOTO: HONÓRIO BARBOSA

Iguatu. Voltou a chover em várias regiões do Ceará. Na madrugada de ontem, a localidade mais favorecida com a queda de água foi o Cariri, no Sul do Ceará. No Município de Altaneira foi registrada a maior precipitação, 96mm, seguida de Farias Brito com 75mm, Assaré com 61mm e Crato com 56mm. A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) registrou chuva em 100 municípios.

De acordo com a Funceme, a tendência para as próximas 72 horas é de permanência de chuvas isoladas em todo o Estado, com maior intensidade na região litorânea, ao longo de toda a faixa. "A Zona de Convergência Intertropical está sobre o Estado, e isso favorece a ocorrência de chuvas", explicou a meteorologista Gabriela Lameu. A pluviométrica registrada no período de 26 dias deste mês apresenta um desvio de 60% em relação à média histórica, que é de 165mm, conforme a Funceme.

A novidade é a sangria do açude Muquém, em Cariús, na Bacia do Alto Jaguaribe, que começou ontem. No começo deste ano, o reservatório estava com mais de 90% da capacidade. Agora, são quatro reservatórios que estão sangrando no Sul do Ceará: Valério, localizado em Altaneira, Junco, em Granjeiro, Rosário, em Lavras da Mangabeira, e Muquém, em Cariús.

Seis barragens estão com volume acima de 90%. São elas: Gavião, Tijuquinha, Quixeramobim, Orós, Trussu e Ubaldinho. Há 17 reservatórios com volume inferior a 30%.

No geral, as verificações de chuvas isoladas e de baixa pluviometria, em fevereiro e neste mês não, têm contribuído para o aumento significativo do acúmulo de água nos 134 reservatórios do Estado, monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), em parceria com o Departamento Nacional de Obras contra a Seca (Dnocs). Nas principais bacias hidrográficas, os rios ainda não ficaram cheios nesta quadra invernosa. Por conta disso, o volume total acumulado até ontem permanecia o mesmo do começo do mês, isto é, 70%.

A situação, entretanto, é confortável, pois, durante a quadra invernosa do ano passado, houve recarga significativa dos reservatórios cearenses.

O retorno das chuvas reanimou os produtores rurais, tendo em vista que a ocorrência de veranico nos últimos 15 dias e de chuvas isoladas de baixa pluviometria trouxe um quadro de preocupação para os agricultores em várias regiões do Estado.

CHUVAS NO CEARÁ

Municipio mm

Altaneira ........................................................96
Farias Brito ...................................................75
Assaré..............................................................61
Crato .................................................................56
Ibiapina ...........................................................55
Missão Velha ................................................44
Santa Quitéria ..............................................44
Palmácia .........................................................40
Juazeiro do Norte ......................................36
Mauriti ............................................................34
Caririaçu .........................................................34
Iguatu ...............................................................34
Moraújo ..........................................................32
Iracema ...........................................................31
Guaraciaba do Norte ................................31
Barbalha .........................................................30

Fonte: Funceme
Mais informações:

Funceme - Fone: (085) 3101-1088
Cogerh - Fone: (85) 3218. 7024
Coordenadoria de Defesa Civil do Ceará -
Fone: (85) 3101. 2120

HONÓRIO BARBOSA
Reporter do Jornal Diário do Nordeste

Programação da Semana SESC de Artes Cênicas

.

Nesta terça-feira (27), o SESC Crato apresenta, através da Semana SESC de Artes Cênicas, os esquetes “Salomé” (Laboratório de Teatro-dança-música do curso de Teatro da URCA), no Anfiteatro; “Além do Ponto” (Grupo Armadilhas Cênicas), no Teatro SESC Adalberto Vamozi; “Quando as galinhas gemem” (Teatro em Película – Núcleo Cariri), na Galeria de Artes. As apresentações têm início às 17h. A entrada é gratuita.

A Semana SESC de Artes Cênicas segue até 31/3, em Fortaleza e no interior do Estado.

Confira a programação no Crato:

Semana SESC de Artes Cênicas
De 26 a 30/3
26/3 – 17h – Coquetel de abertura no Hall

– 17h30 – Espetáculo: Carta de um pirata / Grupo: Vinícius Piedade – SP
– 19h – Cinemarana: “A Viagem do Capitão Tornado”

27 a 30/3 – 20h – Oficina: Corpo em Trabalho

Ministrante: Edivaldo Batista da Silva
Público Alvo: Atores e Estudantes de Teatro
Pré- requisito: Já desenvolver alguma prática Física
Carga Horária: 20h

15h – Oficina: Teatro da Crueldade

Ministrante: Wanderley Tavares
Público Alvo: Atores e Estudantes de Teatro
Pré-requisito: a partir de 13 anos
Carga horária: 15h

27/3 – 17h – Apresentação de Esquetes – RFFSA

19h – Apresentação de Esquetes – Teatro Adalberto Vamozi

28/3 – 9h – Espetáculo infantil

15h – Palestra: O teatro em Diálogo com o Tema Atual
19h – Apresentação de Esquetes – Teatro Adalberto Vamozi
29/3 – 14h – Espetáculo infantil
17h – Apresentação de Esquete – Praça Siqueira Campos
20h – Espetáculo: Pingado de Nós/ Grupo: Ninho de Teatro

30/3 – 9h – Espetáculo: Makunaíma – APAE

15h – Performances teatrais pela cidade – Universidade Regional do Cariri, Centro, Praça Siqueira Campos e Praça São Vicente.
19h – Espetáculo: Yes, nós temos banana! / Grupo: Engenharia Erótica
21h – Apresentação Musical - Turnê Coletivo Cearense: Vitoriano, Felipe Cazaux e Ivan Timbó (Fortaleza-CE) - Teatro Adalberto Vamozi

:::Gratuito:::
www.sesc-ce.com.br
Facebook: /sescceara
Twitter: @sesc_ce

Programação Overdoze Musical - SESC Juazeiro do Norte

.

Entrada Franca
SESC Juazeiro do Norte
Rua da Matriz, 223 - Centro
Tel ( 88 ) - 3587 - 1065

SEGURANÇA PÚBLICA FOI O TEMA PRINCIPAL DA SESSÃO DESTA SEGUNDA, DIA 26


A segurança pública do município do Crato foi alvo de muita reclamação durante a Sessão Ordinária desta segunda-feira, dia 26 de março. Embora os vereadores reconheçam o esforço do Major Herman – comandante da 5ª Cia de Polícia do 2º BPM e do Capitão Rabelo – comandante do Ronda do Quarteirão, é unânime entre os edis cratenses a opinião de que precisa ser intensificado o policiamento ostensivo, preventivo, repressor e investigativo. As comunidades rurais são as mais prejudicadas, pois não contam com o Programa Ronda do Quarteirão a disposição. O estado de conservação das estradas carroçáveis dificulta mais ainda o trabalho das polícias. A criação da Segurança Pública do Munícipio também fez parte das discussões.

Após a leitura e aprovação da Ata da sessão anterior (20/03/2012), o Presidente da Mesa Diretora – Vereador Florisval Coriolano (PSD) pediu ao secretário – Vereador Antônio Apolinário Neto (PMDB) a divulgação do material de expediente da Sessão Ordinária desta segunda-feira, dia 26 de março de 2012.

Florisval Coriolano solicitou ao Vereador Fernando Brasil (PSB) a condução do Presidente do Sindicato dos Servidores Municipais do Crato – Sindsmcrato – Francisco de Matos Júnior até a mesa coordenadora dos trabalhos.

O Vereador George Macário (PV), no início do Pequeno Expediente, registrou a participação do estado do Ceará em um evento de caráter cultural, realizado em Brasília. Na condição de artista plástico, George participou como um dos representantes do Estado.
Em seguida, o vereador solicitou ao Presidente da Mesa Diretora, o envio de um ofício aos comandantes da 5ª Cia de Polícia e Ronda do Quarteirão, respectivamente Major Herman Macedo e Capitão Rabelo, para comparecerem à Câmara e prestarem esclarecimentos sobre a segurança no Município, principalmente na zona rural. A distância da cidade e entre os sítios e vilas, a presença de muita vegetação fechada, atalhos e o difícil acesso são condições propícias para prática de crimes, por isso a zona rural já não conta tanto com um clima de vida pacata, como antigamente. Se faz necessária uma presença mais efetiva do aparelho policial nos nossos distritos.

O Vereador Fernando Brasil (PSB) reforçou as palavras do Vereador George Macário e disse que a zona rural está, hoje, praticamente desassistida de segurança pública. O comércio de churrascarias e bares tem crescido bastante nas comunidades rurais, motivando desta forma o consumo de álcool, por isso requer uma presença mais intensa das viaturas policiais.
Fernando Brasil ressaltou o bom volume d’água nos açudes, rios e riachos do Distrito de Dom Quintino, como consequência das últimas chuvas caídas na região..

A Vereadora Mara Guedes (PT) reclamou à Sociedade Anônima de Água e Esgoto do Crato – Saaec o não atendimento dos seus requerimentos. Ela acha que pode ser uma retaliação ao seu trabalho, por não ter votado a favor do reajuste proposto pela empresa.
Também enfatizou a necessidade de melhorar a segurança pública no Município, no entanto, cobrou do Executivo a recuperação das estradas das comunidades rurais para facilitar o acesso das viaturas policiais.

O Vereador Guer (PSDB) participou também da discussão sobre o tema segurança pública. Enalteceu o trabalho do Major Herman e do Capitão Rabelo a frente do policiamento militar em Crato.
Guer parabenizou o Crato Esporte Clube pela belíssima campanha que tem feito dentro do Campeonato Cearense de Futebol – 1ª Divisão. Lembrou que antes quando enfrentávamos times como o Icasa, Guarani de Juazeiro e Guarany de Sobral não tínhamos muitas esperanças de vitória. “Hoje, o Crato joga de igual pra igual com todas essas equipes”, ressaltou o vereador. No último domingo, O Crato venceu no Estádio O Mirandão a equipe do Guarany de Sobral por 3 a 2. O próximo compromisso do “Azulão da Princesa” como carinhosamente é chamado o nosso representante, será nesta quarta-feira, dia 28, em Itapipoca – Região Norte do Estado. Faltando quatro rodadas para definir os semifinalistas, o Crato ocupa a quinta colocação com 30 pontos ganhos.

O Vereador Antônio Apolinário Neto (PMDB) cobrou do Governo do Estado, a reimplantação do expediente noturno e dos plantões dos finais de semana, na Delegacia de Polícia Civil do Crato. Apolinário disse que não se concebe um município do porte do Crato, com uma população de 120 mil habitantes e uma delegacia regional funcionando de segunda a sexta-feira, até às 17h.

O Vereador Luís Cory (PSC) informou que recebeu um documento afirmando que a construção do prédio próprio da Delegacia Regional de Polícia Civil está dependendo da doação de um terreno por parte do Município. O Vereador Guer comentou que a reimplantação do expediente noturno e plantões de finais de semana independe da construção de uma nova delegacia. “A população só está reivindicando o que ela já tinha, há muitos anos”, afirmou Guer.

O Vereador Pedro Eugênio Moreira Maia “Pedro de Alagoano” (PSDB) afirmou que a população está preocupada e valoriza os requerimentos e os assuntos que são discutidos na Câmara Municipal. Ele citou como exemplo, assuntos como construção do Balneário da Nascente, preservação da Casa de Força, Sítio Fundão, reivindicação da construção de uma nova ponte, ligando a zona urbana à Vila São Bento, estrada de Santa Fé, Canal do Rio Grangeiro. “Nós vereadores precisamos continuar debatendo sobre estes e outros temas, em defesa da sociedade cratense” disse Pedro.

CMC

VEREADOR PREPARA PROJETO ANTI-DROGAS E CONCLAMA CÂMARA A ENCABEÇAR CAMPANHA


O Vereador George Macário voltou a usar a palavra no Pequeno Expediente, desta feita na Tribuna da Câmara. O assunto tratou da criação da Lei Municipal Anti-drogas e conselhos populares de combate. O vereador está preparando a redação do texto do Projeto de Lei. Também falou sobre a implantação, em breve, da Secretaria de Segurança Pública do Município, projeto do Executivo já aprovado pela Câmara, que também vai auxiliar no combate ao uso de drogas. O Vereador destacou a educação como a principal parceira contras as drogas, pois ela previne o consumo e prevenir é mais fácil e custa mais barato do que remediar. George Macário sugeriu que a Câmara Municipal promovesse uma campanha com o tema “O Crato contra o Crac – Tire esta Droga do seu Caminho”. O Vereador do Partido Verde disse estar bastante preocupado com o crescente número de crianças e jovens enveredando pelas estradas sombrias de um mundo obscuro que tem conduzido a nossa juventude ao fracasso, a solidão e ao fim precoce.

CMC

SINDSMCRATO VAI Á CÂMARA E FALA SOBRE SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA


O Presidente do Sindsmcrato – Sindicato dos Servidores Municipais do Crato – Francisco de Matos Júnior participou da Sessão Ordinária, desta segunda-feira, dia 26 de março. O projeto da criação da Secretaria de Segurança, Patrimonial, Cidadania e Trânsito do Município foi o objeto de sua fala. A estrutura funcional, o organograma, departamentos que serão criados e a necessidade de se obter recursos junto aos governos Estadual e Federal foram explicitados aos vereadores e público presentes ao Plenário. Júnior Matos disse que a nova secretaria não vai substituir o trabalho de segurança, realizado pelas polícias Militar e Civil. “Os guardas vão fazer um trabalho de defesa cidadã e patrimonial. O serviço de segurança ostensiva é de responsabilidade do Estado e não do Município”, ressaltou Matos. O guarda municipal Henrique Sousa foi lembrado pelo Vereador Guer como um dos batalhadores pela criação da nova instituição municipal. A Lei que cria a Secretaria de Segurança Pública do Município poderá ser votada na sessão desta terça-feira, dia 27.

Os vereadores aproveitaram a presença do Presidente do Sindsmcrato para dirimir algumas dúvidas. O risco de vida, periculosidade e insalubridade foram os pontos mais questionados.
O Vereador Fernando Brasil (PSB) afirmou que é preciso ter bastante cuidado e se discutir bastante o projeto para que depois não recaia nas costas da Câmara e da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) a responsabilidade de algum ponto que não agrade a categoria. Brasil sugeriu uma reunião com as categorias que formarão a secretaria.

No momento da discussão, o secretário de Administração do Município – Cristiano Calou pediu o projeto de volta para efetuas algumas correções.

CMC

Governo do Crato se articula em prol do desenvolvimento educacional e cultural de crianças e jovens


No último dia 20 na Creche São Miguel em Crato, foi realizada uma reunião com representantes de 15 escolas municipais e os mobilizadores do Selo UNICEF Município Aprovado. Representando a Secretaria Municipal de Educação esteve a professora Sandra Costa; Paulo Fuísca de Sousa e Daiana Santos representaram a Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude. Na ocasião, foram apresentadas propostas de trabalho dos eixos temáticos a serem desenvolvidos com crianças e adolescentes do município, visando a valorização da convivência com o semi-árido e do reconhecimento das culturas indígenas e afro-brasileiras na construção da identidade do povo caririense. O Selo UNICEF tem o desafio de promover uma mobilização pelos direitos das crianças e adolescentes, alcançando melhoras significativas dos indicadores sociais relacionados à infância.

PMC

CRATO - Semana da Água e da Árvore 2012 irá até amanhã


Termina neste dia 28 a edição 2012 da Semana da Água e da Árvore do Crato, iniciada no último dia 21. Durante o evento estão sendo realizadas palestras, concurso de fotografias, exposição de trabalhos relacionados ao tema, assinatura do termo de parceria entre Secretaria Municipal de Infraestrutura - SEINFRA, Secretaria de Meio Ambiente e Controle Urbano - SEMAC e Grupo de Jovens da Maçonaria para revitalização da pracinha do DETRAN e trilha temática na Floresta Nacional do Araripe. Amanhã, quarta-feira, 28, será realizada uma blitz educativa na Avenida Padre Cícero, a partir das 8 horas. Esse evento se propõe a construir junto à comunidade habilidades e atitudes de como economizar água, preservar o verde do meio ambiente praticando ações sustentáveis.

PMC


Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30