xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 04/01/2012 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

04 janeiro 2012

'Estamos juntos', diz Lula em carta a Cristina Kirchner


Ex-presidente diz que recebeu com alegria notícia de cirurgia da argentina. Lula enfrenta tumor na laringe e presidente da Argentina na tireoide.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva divulgou, nesta quarta-feira (4), por meio de sua assessoria, mensagem de apoio à presidente da Argentina, Cristina Kirchner. Ambos enfrentam o câncer. "Tenha certeza que estamos juntos", disse na mensagem o ex-presidente, antes de desejar recuperação à presidente argentina.

"Tenha certeza que estamos juntos, e que em breve vamos nos reencontrar, ambos com saúde, e você, como sempre, cheia de energia e disposição para continuar a representar tão bem o povo argentino", disse.

Nesta quarta, Cristina se submeteu a uma cirurgia de 3h30 para retirada de um tumor na tireoide. Já Lula esteve no hospital para a primeira sessão de radioterapia contra um câncer na laringe. No texto, Lula diz que recebeu com "muita alegria" a notícia sobre a cirurgia de Cristina. Segundo comunicado oficial do governo, o procedimento ocorreu "sem nenhuma complicação". Ao final, Lula escreve "Força Cristina!", mesma expressão usada em cartazes por eleitores que a apoiam durante o período de tratamento. A presidente argentina vai ficar licenciada 20 dias, até 24 de janeiro, período em que vai exercer a Presidência o vice Amado Boudou. O tratamento de Lula, em sua segunda fase, deverá se prolongar por 6 a 7 semanas, com sessões diárias de radiação, de segunda a sexta-feira. Ao final de uma visita nesta quarta, o amigo e presidente do Instituto Cidadania, Paulo Okamoto, disse que o ex-presidente "está bem". Lula teve alta ainda nesta quarta e retornou para seu apartamento, em São Bernardo.

Do G1, em Brasília
Kirchner, na embaixada em Brasília, em 2010
(Foto: Roberto Stuckert Filho/PR)


Reunião termina sem acordo e Polícia Civil do Ceará mantém greve


Agora é a vez da Polícia Civil

Policiais civis querem receber equivalente a 60% do salário de delegado. Resposta do governo foi prometida para esta quinta-feira, diz sindicato.

A reunião entre representantes dos policiais civis com o secretário de Segurança Pública e Defesa, Coronel Francisco Bezerra, para negociar as reivindicações da categoria, na noite desta quarta-feira (4) terminou sem acordo e a Polícia Civil permanece em greve, segundo o Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Ceará (Sinpoci). Durante a reunião, os grevistas foram informados que somente nesta quinta-feira (5) receberão uma resposta do governo do estado. "Não houve nenhum tipo de contraproposta. Nós esperávamos pelo menos isso devido ao tempo que estamos mobilizados", disse a presidente do Sinpoci, Inês Romero.

A Polícia Civil do Ceará paralisou atividades na noite de terça-feira (3), um pouco antes de policiais militares decidirem retornar ao trabalho, na madrugada desta quarta-feira (4). Esta é a terceira paralisação dos policiais civis em seis meses, mas, desta vez, eles afirmam que só voltam a trabalhar após terem as reivindicações atendidas.
saiba mais

* Exército diz que pode assumir funções de policiais civis no Ceará
* PM retoma atividades e Polícia Civil decide parar no Ceará
* Polícia Civil do Ceará pede reajuste e decide paralisar atividades

Segundo Inês Romero, há cerca de 400 policiais acampados em frente à Delegacia Geral da Polícia Civil, no centro de Fortaleza. De acordo com ela, as reivindicações não mudaram: plano de cargos e carreiras, além de rajuste salarial. "O nosso salário é o menor do Brasil", afirma. Os policiais civis querem que o salário deles seja o equivalente a 60% do salário de um delegado, que atualmente é de R$ 7.500. Atualmente, esse salário representa 30% desse valor. "No entanto, esse valor não é atrelado, apenas estamos usando como parâmetro", explicou a presidente do sindicato.

Segundo o Sinpoci, o secretátrio informou que vai se reunir com o procurador-geral do estado, Fernando Oliveira, para tratar sobre a pauta levada pela categoria e dará um posicionamento para a diretoria do sindicato até o meio-dia. Participaram da reunião a diretoria do Sinpoci, o delegado-geral da Polícia civil, Carlos Dantas, representantes da Força Sindical do Ceará e o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seção Ceará, Valdetário Monteiro. Monteiro propôs um termo de conduta com datas agendadas para tratar a negociação.

Do G1 CE


Cerca de 40 Delegacias aderem à paralisação da Polícia Civil do Ceará



Em torno de 40 Delegacias aderiram à paralisação da Polícia Civil do Ceará retomada na noite de terça-feira (3), segundo estimativa do secretário do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpoci), Hernane Leal. Segundo o Sinpoci, a categoria ainda não foi ouvida pelo governo e não houve proposta de negociação. "Será preciso a cidade parar novamente para o governo nos ouvir?", questiona Leal.

Viaturas das Delegacias de Homicídios, Denarc, DRFVC, 5º DP, 7º DP, 34ª DP estão estacionadas em frente à Superintendência da Polícia Civil. A categoria reinvindica reajuste salarial de 100% e anistia aos envolvidos no movimento.

Segundo ainda o Sinpoci, os policiais permanecerão acampados na Praça em frente à Superintendência da Polícia Civil. "A Polícia Militar conseguiu aumento salarial e nós, paramos cinco meses, fizemos tudo conforme a lei e não conseguimos nada. Vamos parar tudo é greve geral", decreta o sindicato.

De acordo com o site do Sinpoci, as delegacias que já estão paralisadas são: 11º, 25º, 34º, 7º, 3º, 8º, 35º,33º, 12º, 15º, 21º, DDM, DCA, DRF, DRFVC, 27º, Beberibe, Tianguá, Defraudações, Acaraú, Pindoretama, DAS, Delegacia de Capturas, Cumbuco, Delegacia de Homicídio, Maracanaú, Icaraí, Guaiuba, Icó, Sobral, Acaraú, Itapipoca. Beberibe, Cascavel e Jijoca.

DN Online

EXPOCRATO 2012 - MAIOR FESTA DOS 100 ANOS DO GONZAGÃO - George Macário


"A MAIOR FESTA DO BRASIL EM HOMENAGEM AOS 100 ANOS DO GONZAGÃO..."

Na tarde de ontem, dia 03 de janeiro, com a cobertura da Imprensa, no Parque de Exposições, uma Comissão Representativa entregou o Documento do Município do Crato ao Dr. Francisco Leitão Moura, oficializando o requerimento, que é um sentimento de todos os Cratenses, para que a EXPOCRATO DE 2012, tenha como TEMA CENTRAL, o Centenário de Luiz Gonzaga, o Rei de Baião.

Com as assinaturas de autoridades, empresários, artistas, jornalistas, representantes de instituições culturais e de outros setores sociais, Dr. Leitão recebeu e confirmou o compromisso de montar a equipe de profissionais para realizar uma grande festa em homenagem e agradecimento por tudo que representa Luiz Gonzaga, não só para o Crato, Cariri e Ceará... Mas, pelo que ele representa para o Brasil e para a cultura do Mundo.

Várias sugestões já se encontram aceitas. Uma delas, será a convocação de 100 sanfoneiros para tocarem ASA BRANCA e EU VOU PRO CRATO, na abertura do Evento. Outra, será a criação de um grande PORTAL, na entrada do Parque, com uma imagem gigante de Luiz Gonzaga, tocando sua Sanfona Branca, com seu Gibão e Chapéu de couro Brancos... e o público entrando por dentro da Sanfona.

Dr. Leitão informou, ainda, que fará um concurso para a eleição do CARTAZ OFICIAL DA EXPOCRATO - 100 ANOS DE GONZAGÃO. Além do projeto de caracterização do Parque e de Avenidas próximas, com "motivos" que remetem às músicas do Artista, a exemplo da Asa Branca, do Jumento nosso Irmão, do Luar do Sertão, do Padre Cícero e Frei Damião, do Vaqueiro Nordestino, do Pé de Mandacaru, entre outros...

As atrações musicais terão, com previsão contratual, que cantar algumas músicas de Luiz Gonzaga, além de fazerem as reverências ao Mestre Lua, garantiu o Presidente.
Teremos o DIA DO TRIBUTO AO REI, que contará com a participação de cantores, sanfoneiros, amigos e fãs de Luiz Gonzaga. Vamos trabalhar para que isto se torne realidade! Vamos fazer a maior festa do Brasil em homenagem aos 100 anos do Gonzagão, finalizou Dr. Leitão.

PELO AMOR QUE O CRATO TEM POR LUIZ GONZAGA,
NÓS AGRADECEMOS AO GRUPO GESTOR
PELA GRANDE FESTA QUE SERÁ A EXPOCRATO 2012.

VIVA OS 100 ANOS DO GONZAÇÃO!!!

GEORGE MACÁRIO - Colaborador


Falta abrir mais 2 retornos no Crato, na Avenida Padre Cícero - Carlos E. Esmeraldo



NE - Um comentário importante, feito por nosso escritor Carlos Eduardo Esmerado, que merece ser postado aqui na capa do Blog do Crato:

"Dihelson,

Foram fechados três retornos e até agora o DERT abriu apenas um. Falta abrir os retornos da divisa com o Juazeiro e o do antigo posto da Polícia Rodiviária Estadual. Não tenho a menor duvida de que o fechamento destes retornos foi uma medida tomada exclusivamente para prejudicar o Município do Crato, pois não havia a menor necessidade de fechar-los.Além do mais foi uma prova da mais completa falta de inteligência da dulpla DERT/DETRAN.

Os moradores do São José, tantos os do Município do Crato, quanto os de Juazeiro situados à margem direita da avenida no sentido Juazeiro Crato continuam prejudicados. Os Juazeirense que precisam ir a Juazeiro tem que se deslocar até o retorno da Petrobrás, um percurso de 3 km. Quem vai do Crato para o São José tem que se deslocara mesma distância até o Atacadão."

Uma resposta: Tens toda razão, meu amigo Carlos Eduardo ( Dihelson Mendonça )

Por: Carlos Eduardo Esmeraldo


Parabéns ao Major Paulo Hermann, que defendeu a cidade sozinho ! - Por: Dihelson Mendonça


A
história tem demonstrado que é nas horas de grande dificuldade que surgem os heróis. No dia de ontem ( 03/01 ), durante a paralisação dos policiais militares em todo o Estado do Ceará, em meio ao caos que reinava no centro do Crato, quando ocorreram tumultos, medo e histeria, o repórter Wilson Bernardo registrou fotos que certamente ficarão na história da nossa cidade. O Major Paulo Hermann Fernandes Macedo munido apenas de um rifle puma calibre 38 e utilizando-se de seu próprio automóvel particular e um amigo que dirigia, saiu sozinho em defesa da cidade, quando nenhum outro policial teve essa coragem ou iniciativa. Percorreu durante toda a tarde o centro, consultando os comerciantes, e procurando garantir a paz da cidade tanto quanto fosse possível.

Um louvável ato de coragem, pois as gangues de bandidos estavam à solta, e como se sabe, um homem sozinho para enfrentar toda a bandidagem é uma temeridade. Segundo o major Paulo Hermann, ele não poderia deixar de dar a sua contribuição, mesmo diante de toda a paralisação, para que o Crato tivesse a sua paz e segurança garantidas.

E por isso mesmo, fica aqui registrado no Blog do Crato este ato de bravura, e a nossa saudação ao major Paulo Hermann que fez jus à farda da competente Polícia Militar do Ceará, garantindo a paz e a segurança da população.

Parabéns!

Reportagem Fotográfica:


Na foto acima: Major Hermann tranquiliza comerciantes no centro do Crato


Utilizando o seu próprio automovel particular um Fiat Uno de cor branca, e munido apenas de um rifle puma calibre 38 tentou garantir a segurança da população.



Parabéns, Major! - Ainda bem que nesse país ainda nascem heróis de verdade, e os maiores heróis são os que protegem os interesses da população, ainda que isso possa lhes custar e arriscar a própria vida, quando outros simplesmente não estavam lá para cumprir o seu dever.

Texto: Dihelson Mendonça
Fotos: Wilson Bernardo

O poeta Bule-Bule - Por: Emerson Monteiro

Quem quer o que Deus quer, tem tudo o que quiser. Quem não quer o que Deus quer, seja o que Deus quiser. Guardei de hoje este provérbio, de uma conversa que mantive com o poeta baiano Antônio Ribeiro da Conceição, codinome Bule-Bule, autor de belos cordéis e consagrado autor popular em visita ao Cariri, apresentado que fui por Miguel Teles e Josenir Lacerda. Citava o dizer, fruto da sabedoria das tradições, em relação à necessidade humana de aprender confiança em tudo por tudo nas intempéries deste mundo vivente.

Além de cordelista, Bule-Bule exercita seus talentos na qualidade de compositor, dançador de chula, repentista, ator, cantador, folclorista, e lembrar o valor especial do poeta qual figura valiosa no trato de alma dada ao serviço de ações beneméritas, ativo colaborador de obras assistenciais com arte e consciência.

De fama já conhecia Bule-Bule, nos meus tempos baianos, presença definitiva dos terreiros brincantes e espetáculos culturais da Boa Terra. E desta vez ouvi a verve espontânea que lhe caracteriza a inspiração e a correção no jeito dos assuntos, filosofia dotada da plena sabedoria, em experiência e dedicação do gênero que abraça ao talento, heróis do cotidiano original do povo nordestino.

Grata surpresa, portanto, reservara a manhã desse dia, o quarto do ano novo de 2012, ao deparar poeta e gênio autêntico de nossa espécie, dessas pessoas que às vezes imaginávamos existir, antes mesmo de avistá-las no desfiladeiro dos profetas sóbrios da forma, dos versos, cantos e falas.

Bule-Bule virá, no mês de março, ao Cariri, quando cumprirá pauta no Espaço Cultural do Banco do Nordeste, em Juazeiro do Norte, oportunidade rara de testemunhar a feitura especial do que produz, mundo vasto da riqueza intuitiva do Sertão, retrato natural do universo em expressão inextinguível.

São tantos os cordéis desse autor, cujos títulos bem demonstram os temas neles praticados, a saber: Quatro touros endiabrados e um vaqueiro corajoso; Duelo de bruxos, ou o Pombo e o gavião; A tragédia de três amantes; Irmã Dulce da Bahia, Santa mãe de todos nós; O tremendo duelo de Quirino Beiçola com Tomaz Tribuzana; O encontro da aranha com o reumatismo; Peço pra não acabar o Raso da Catarina; Judite, a mulher divina que salvou o marginal; Bimba espalhou capoeira nas praças do mundo inteiro; e Chora o Nordeste com a morte de Rodolfo Cavalcanti; dentre outros, vários e muitos, do Cantador do Sertão, como assim o denominam perante os meios artísticos brasileiros.

Que direita cara-pálida? Por: Antônio Sávio.



    A falta de uma política de desenvolvimento cultural no país e a ausência cada vez maior de verdadeiros intelectuais dá passe livre para a propagação de mentiras e picaretas das mais diversas dentro do jornalismo, das escolas e universidades até que, por fim, estas tomam corpo em toda a sociedade.

As mentiras de ontem que eram prontamente refutadas por um Nelson Rodrigues, um Gustavo Corção, um Paulo Francis agora, sem um front são aplaudidas de pé num uníssono de patetas travestidos de intelectuais ou jornalistas. Hoje, qualquer pateta com diploma universitário pode sair por aí dando seus palpites sem o menor compromisso com a verdade fazendo engrossar cada vez mais o coro de mentirosos ou enganados na melhor das hipóteses. 
Alguns desavisados – aliás, temos muitos – podem argumentar que tivemos quase 500 anos de governo de direita no país e que agora estamos entre as principais economias do mundo graças aos recentes governos de esquerda. A afirmação acima deve ser depurada para que mais mentiras não se espalhem despropositadamente. Antes de qualquer coisa não se pode considerar o PSDB como um governo de direita, uma vez que entre as principais ações do senhor FHC quando presidente foi de propagar as doutrinas marxistas em algumas escolas de São Paulo, com ajuda de seu respectivo governador na época. Alguns insistentes ainda podem alegar sobre as privatizações, porém, o próprio Marx nos avisa que quando conveniente, para financiar sua própria doutrina econômica, era cabível a privatização, bem como o aumento de tributos através do importo de renda contínuo, até sufocar a classe empresarial. 
Não se pode isolar o problema em questão apenas sobre a ótica econômica. As transformações no país se dão também no âmbito moral, religioso e cultural. É fácil perceber o solapamento dos costumes nos últimos dez anos é visível, e, para quem é mais velho, pode-se dizer que hoje vivemos em outro mundo. Tais mudanças não se dão como alguns progressistas afoitos dizem de boca cheia, que sempre são para melhor. Prova disso é que temos hoje um dos países mais violentos do mundo e com um dos piores índices de alfabetização. O declínio cultural em relação às décadas de 40, 50, 60 e 70 é tão absurdo que nem vale a pena comentar. Os grandes nomes que compunham a nossa cultura se foram, apesar de deixarem suas obras, onde as mesmas são desprezadas de forma irresponsável seja pelos governos ou por qualquer outra iniciativa privada.
A crença tola que o que temos de melhor em nossa cultura seja a bossa nova, a tropicália e o tambor de crioula é uma afronta arrogante e prepotente uma vez que, supervalorizando tais culturas e renegando nomes como José Guilherme Merquior, Mário Ferreira dos Santos, Meira Penna, Farias Brito, Otto Maria Carpeaux, Marques Rebelo, Graciliano Ramos entre uma infinidade de gênios, só pode nos fazer pensar que estão muito acima desses meros (i) mortais.
O que torna a situação cômica, é que os governos ditos de direita, como PSDB, por exemplo, que, por uma obrigação democrática, teriam que fazer frente a esta situação, nada fez e nada faz. Isto se dá pelo fato de que nenhum dos seus membros perceberem ainda que a estrutura que dá escolha ao voto, apesar de uma série de intervenções como a compra de votos, por exemplo, se dá através da formação do imaginário, da propaganda e do marketing disseminadas dia e noite e impregnando a cultura. Ora, basta entrar em qualquer universidade brasileira para saber que enquanto os “partidos de direita” (como se existisse de fato algum) dormem, a esquerda, partidária ou não, filiada ou não, declarada ou não, trabalha através de seus cabos-eleitorais travestidos de professores universitários. 
Portanto, os partidos de esquerda, evidentemente não trabalham apenas em seu período eleitoral, mas dia e noite, onde quer estejam, qualquer situação lhes favorece para gritar para a massa de excluídos seu discurso panfletário. Qualquer erro serve para atirar nas costas dos direitistas, capitalistas, conservadores. Homofóbico! Este serve para os pais de família mais rígidos. Direitista! – Sim, ser de direita é crime no Brasil, contrariando o próprio direito constitucional. Este serve para que não for a favor de cotas, de mais impostos e não gostar do governo Lula-Dilma. Assim, numa situação claustrofóbica os que então poderiam dar ao país uma maior pluralidade de pensamente temem de imediato se identificar com qualquer um dos slogans citados. Afinal, quem quer ser tachado de homofóbico ou elitista, não é verdade? 
Sem a disseminação de idéias contrárias e fundamentais para a formação cultural de qualquer país, como clássicos da filosofia e também do pensamento conservador, que na pior das hipóteses deveria ser estudado, para que daí se desenvolvesse alguma crítica com fundamento, estes são carinhosamente ocultados do público em geral, dando assim, como já foi dito acima, passe livre para a picaretagem em geral posar de sabichões. Mas quem não se identifica com tais propósitos de um modo geral não tem do que reclamar, pois se nada faz é por estar muito confortável. Tanto é que andei por curiosidade a visitar algumas bibliotecas de cidades do Ceará, Maranhão e Piauí e percebi em suas bibliotecas as mais vastas obras para disseminação do pensamento esquerdista como livros de Marx, biografias de Che, história gloriosa as Rússia e tudo que possa dar aparato as mais diversas mentiras enquanto que literalmente nada, nenhuma publicação de um só conservador, ou um liberal no sentido econômico. 
É assim que ganham votos fáceis. Basta não fazer nada que eles próprios põem as cordas em seus pescoços. Democracia aqui é assim: Eu deixo você falar desde que você concorde comigo! E é claro que tem gente que aceita essa condição humilhante, para pelo menos se fazer “presente” apesar das mordaças e dos grilhões. 

Paralisação de PMs e bombeiros do Ceará chega ao fim



Acabou a Greve dos policiais e bombeiros do Ceará!

Depois de uma longa reunião, as partes subscreveram um documento garantindo ganhos aos militares

Após quase sete horas e meia de discussão, representantes do Governo Estadual e dos policiais e bombeiros militares que paralisaram suas atividades na última quinta-feira (29), chegaram a um consenso, encerrando o movimento paredista que já durava cinco dias, fato que deixou o Estado sem o seu aparato de Segurança Pública. A reunião entre as partes terminou por volta dos 30 minutos desta quarta-feira num prédio anexo ao Palácio da Abolição, no Meireles. Os secretários estaduais Mauro Filho (da Fazenda), Eduardo Diogo (Planejamento e Gestão) e o procurador geral do Estado, Fernando Oliveira, representaram o governador Cid Gomes.

Pauta

Depois de muitas negociações, as partes redigiram um documento que, em seguida, foi levado aos manifestantes acampados na sede da 6ª Companhia do 5º BPM (Antônio Bezerra).
Contudo, somente na manhã de hoje, o assunto será colocado em discussão. A intermediação do Ministério Publico Estadual, da Defensoria Pública do Estado e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/CE) possibilitou o acordo.

Um documento de quatro páginas foi redigido e assinado pelas partes, garantindo uma anistia a todos os policiais e bombeiros militares que participaram do movimento, livrando-os de qualquer processo disciplinar e administrativo, bem como da instauração de inquéritos por violação ao Código Penal Militar e ao Estatuto dos Militares do Ceará.
Outro ponto acertado foi a incorporação definitiva nos salários de toda a tropa da PM e dos Bombeiros da gratificação no valor atual de R$ 920,18, que vinha sendo paga somente aos PMs que trabalham no turno C (das 6 às 22 horas). Desse modo, o salário de um soldado (posto mais baixo da corporação) será de R$ 2.634,00, retroativo ao dia 1º de janeiro de 2012.

O governo do Estado também aceitou um reajuste no valor do vale-refeição para policiais e bombeiros, que será de R$ 224,00 por mês. Os ganhos vencimentais estabelecidos no acordo serão estendidos aos inativos e pensionistas das duas corporações militares.

O documento também estabelece que a jornada de trabalho será de 40 horas semanais, podendo, de acordo com a necessidade da Corporação, serem fixadas horas-extras.

Outro item estabelecido foi a criação, no prazo de 30 dias, de uma comissão com formação paritária entre os representantes do governo e das quatro associações que congregam os militares, para formular, em 90 dias, novas regras sobre a tabela salarial, discussão de horas-extras, implantação de novo modelo para promoções e reforma no Código de Ética e Disciplina da PM, para evitar casos de assédio moral, já que os praças reclamam de constantes abusos por parte de seus superiores.

Reunião

Após a reunião, os representantes das entidades militares se dirigiram ao local de concentração para pôr em votação a proposta de fim da greve. Era por volta de 1h50 quando isto aconteceu. O clima no local, que antes era de extrema tensão (diante da possibilidades de uma ação do Exército e da Força Nacional de segurança) transformou-se em comemoração da categoria.

A procuradora-geral da Justiça, Socorro França; o presidente da OAB-Ceará, Valdetário Andrade; e a defensora pública geral do Estado, Andréia Coelho, subscreveram o documento que pôs termo à paralisação das atividades de policiais e bombeiros em todo o Estado.

Em entrevista ao Diário do Nordeste, por telefone, no começo da madrugada desta quarta-feira, o presidente da OAB explicou que o processo de negociação foi bastante difícil.
Já a procuradora-geral da Justiça disse ter ficado aliviada com a decisão, que pôs fim à onda de insegurança reinante no Estado com a ausência do aparato da Segurança Pública. Conforme o secretário da Fazenda Estadual, Mauro Filho, o impacto nos cofres públicos, por conta dos ganhos concedidos à categoria, será da ordem de R$ 440 milhões.

Ainda na manhã de hoje, os PMs começam a voltar aos quartéis e reiniciam as atividades de policiamento no Estado.

Legendas das fotos:

Durante cinco dias, os policiais e bombeiros militares paralisaram suas atividades na Capital e montaram acampamento no Quartel da 6ª Companhia do 5º BPM. O Governo usou tropas federais para impedir o avanço do crime

KIKO SILVA
Os inspetores e escrivães decidiram paralisar as atividades por tempo indeterminado. Eles resolveram acampar em frente à Delegacia Geral da Polícia Civil até que o governo do Estado atenda às reivindicações por melhores salários

ELIZÂNGELA SANTOS
No começo da noite passada, um comboio de veículos do Exército entrou no Centro da cidade de Juazeiro do Norte com 200 soldados.

Fonte: DN OnLine

Notícias do Crato - 04/01/2012


PREFEITO SAMUEL ARARIPE RECEPCIONOU TROPAS DO EXÉRCITO BRASILEIRO EM CRATO

A greve da Policia Militar abalou os ânimos da população cratense no início da tarde de ontem. O comércio fechou as portas e as pessoas que estavam nas ruas foram para casa e depois das 15 horas se via pouca gente transitando no centro comercial da cidade. Como precaução e sem saber a dimensão da paralisação do movimento, o prefeito Samuel Araripe solicitou ao comando do Exército de Petrolina, Pernambuco, a presença de homens para garantir a segurança pública, disponibilizou a guarda municipal, colocou os carros da prefeitura a disposição, tudo para garantir a segurança da população, o direito de ir e vir do cidadão e a funcionalidade do comércio.

Para o prefeito, a greve deixou a população tensa. Foi algo nunca visto no Ceará e nem no Brasil. Mas acredita na boa vontade do governador do Estado, Cid Gomes, e também dos que comandam a corporação e dos demais envolvidos na paralisação, que vai ser possível um entendimento o mais rápido possível e tudo voltará a normalidade. Até porque, segundo Samuel, a justiça já decretou a ilegalidade do movimento. Samuel Araripe recebeu às 8 horas de ontem, em seu gabinete, os comandantes da operação e do coronel Wedson, comandante do 72º Batalhão de Infantaria Motorizada.

As tropas do Exército chegaram a Crato no início da noite de ontem e vão permanecer até o fim da greve dos PMs. A missão é realizar patrulhamento com pontos de bloqueio de controle de vias, monitoramento da cidade, blitze nas Avenidas, abordagens e outras ações necessárias. “O compromisso dos homens do exército é garantir a ordem, a paz e a tranqüilidade”, explicou o capitão André Campelo, comandante da operação.

Poucas pessoas se arriscaram a ficar nas calçadas cedo da noite. Outras cancelaram compromissos e reuniões. Muitos motoristas não respeitavam os sinais de trânsito. Em questão de horas, o dia-a-dia da população foi alterado. Para o prefeito de Juazeiro, Manoel Santana, houve muito alarde por parte de algumas pessoas no tocante a insegurança, desenhando um quadro de terror e medo como se uma catástrofe estivesse prestes a acontecer.

RETORNO DA AV. PADRE CÍCERO EM CRATO VOLTARÁ A FUNCIONAR

Após várias reivindicações, foi reaberto em Crato um dos contornos da Avenida Padre Cícero, possibilitando a partir de agora que os condutores não tenham que ir até o Município de Juazeiro do Norte para terem que retornar ao Crato. O prefeito do Crato, Samuel Araripe, chegou a fazer a solicitação ao Departamento de Edificações e Rodovias (DER) para a reabertura da área. O grande problema é que foram inseridos semáforos e retornos em Juazeiro e no Crato esses pontos foram apenas fechados pelo DER, provocando indignação dos moradores do bairro Muriti, e até dos comerciantes que atuam na área. Os serviços para reabertura do contorno foram feitos ontem, pela manhã, pelos servidores do DER e deverá entrar em funcionamento em breve.

Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal do Crato
Fone/Fax- 88- 3521 7069
www.crato.ce.gov.br
http://www.prefeituramunicipaldocrato.blogspot.com

Greve dos Militares... Por Hildeberto Jamacaru


Constitucionalmente a greve de militares é ilegal! Racionalmente a intransigência governamental é imoral!

E desse choque o maior prejudicado é ou continua a ser, o povo. Povo que de há muito desassistido, sobressaltado, acuado, impotente e vítima real e maior dos desmandos das nossas autoridades a quem competiria, na forma do Art. 144 da CF - “A segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, é exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio.” - nos dar essa garantia.

Só que justamente o Estado é o maior relapso. Basta que observemos o desmonte sistematizado das nossas policiais civil e militar, sob os aspectos - estrutural, administrativo e formativo. Nesse contexto estão: salários aviltantes e incompatíveis com os riscos a que são expostos; falta de assistência material e psicológica; precarização da estrutura (armamento, transporte, contingente etc.), indispensáveis a um desempenho compatível com os desafios hodiernos com os quais se deparam nos enfretamentos diários.

Resta a ambas as partes bom senso antes que as julguemos prescindíveis porque inoperantes e inábeis se demonstram e “Salve-se quem puder!”, que também é um legítimo direito de defesa do cidadão e devemos exercê-lo!

Hildeberto Jamacaru

Foto: Arquivo Internet.

Cariri comemora meio século de inauguração de sua eletrificação - Por: Huberto Cabral e Wilson Rodrigues



A eletrificação do Cariri pelo sistema energético Paulo Afonso está completando 50 anos de inauguração.

O projeto foi uma iniciativa do então professor universitário de economia e administração, José Colombo de Sousa, que foi prefeito do Crato na década de 30, depois deputado federal e presidente do Tribunal de Justiça de Brasília. Em 1949 ele chefiou uma excursão dos concludentes do curso de administração e economia a cidade baiana de Paulo Afonso para conhecer a casa das turbinas e lá se inteirou sobre a possibilidade do Cariri vir ser incluído no projeto de eletrificação do Nordeste.

No dia 19 de novembro do mesmo ano, em uma plenária festiva do Rotary Clube do Crato, Colombo de Sousa proferiu palestra sobre o tema e lançou a criação do comitê pro eletrificação do Cariri e subseqüentemente a instalação da Sociedade de Eletricidade do Cariri ( SOELCA ) com a finalidade de vender ações para o seu suporte econômico e que logo foi transformada em Companhia de Eletricidade do Cariri (CELCA ). Em julho de 1960 veio a região o ministro da guerra, marechal Henrique Batista Duffles Teixeira Lott e fincou o primeiro poste simbólico na Avenida Padre Cícero em Juazeiro do Norte, próximo a linha férrea onde hoje é um supermercado.

Após este evento, em 1961 uma comissão formada por políticos, jornalistas e representantes da CELCA, foi até Paulo Afonso para acompanhar o acionamento da turbina do Cariri e sucessivamente aconteceram as instalações e distribuição de redes nas cidades de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha. O teste oficial aconteceu no dia 10 de dezembro e a inauguração no dia 28 do mesmo mês e ano na praça do socorro em Juazeiro do Norte. Foi uma das maiores festas do século e o acontecimento foi um marco na redenção econômica do Cariri, ao ponto de atrair a atenção do engenheiro norte americano, Morris Asimow, reitor da Universidade da Califórnia que em 1962, em parceria com o governo cearense, Banco do Nordeste, Universidade Federal do Ceará e a Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste SUDENE, trouxe ao Cariri 5 grandes empresas. No Crato foi instalada a Indústria de Moinhos do Cariri Sociedade Anônima IMOCASA, em Juazeiro uma fabrica de madeira prensada usando como matéria prima o marmeleiro POLITEX e a Eletro Maquina na produção de rádios portáteis e de mesa. Para Barbalha foram também duas indústrias a Cerâmica do Cariri Sociedade Anônima CECASA e a Indústria Barbalhense de Cimento Portland IBACIP.

Antes da chegada da energia de Paulo Afonso, a iluminação publica nas cidades do Cariri era feita por candeeiros movidos a querosene e colocados em postes. No Crato, por exemplo, um funcionário da prefeitura abastecia as lamparinas no inicio da noite, isto até o ano de 1915 quando, então, com a chegada da fabrica aliança, de beneficiamento de algodão, fez parceria com o poder publico municipal para montar uma empresa de energia elétrica, denominada de Hidroelétrica da Nascente, uma das primeiras do Nordeste, aproveitando as águas das fontes naturais do Sopé da Serra do Araripe.

Esta empresa foi inaugurada no dia 4 de dezembro de 1938 pelo prefeito Alexandre Arraes. Com o crescimento da população e conseqüentemente do consumo, logo as turbinas perderam as forças e a energia gerada já não era suficiente para o abastecimento da cidade. Com o advento da energia de Paulo Afonso, a Hidrelétrica da Nascente passou a abastecer somente ao Lameiro, Belmonte e Guaribas.

Wilson Rodrigues e Huberto Cabral
Na foto: Jornalista Huberto Cabral - Por Dihelson Mendonça

PREFEITURA DIVULGA VAGAS E CONCORRÊNCIA DO CONCURSO DO CRATO


A administração municipal do Crato está ultimando os preparativos para realizar o seu concurso público em duas etapas. As primeiras provas serão aplicadas no próximo domingo, dia 8, e a segunda etapa acontecerá no outro domingo, dia 15.

Foram 10.589 inscritos que concorrerão a 360 vagas, nas mais diferentes áreas da administração. Para Agente Administrativo foram inscritos 538 candidatos para 13 vagas, concorrência de 41,38 %; Agente de Endemias são 15 vagas que serão disputadas por 552 candidatos, uma concorrência de 36,80 %; Cinco vagas foram criadas para Agente de Trânsito, onde estão inscritos 3.335, uma concorrência de 67 %.

Para Agente Fiscal são 5 vagas e 90 candidatos, com concorrência de 18 %; Analista Ambiental, área de agronomia, apenas uma vaga e 5 concorrentes e apenas 5 %. Analista Ambiental para a área de biologia, também uma vaga, 12 inscritos e 12 % de concorrência. Para Engenharia Civil foram disponibilizadas 2 vagas e 4 candidatos estão inscritos, concorrência de 2 %. Auxiliar Administrativo são 30 vagas, 1.827 candidatos inscritos e uma concorrência de 60,90 %. Para Auxiliar de Cuidador Social foram criadas 5 vagas que serão disputadas por 118 candidatos e uma concorrência de 23,60%.

Auxiliar de Enfermagem são 10 vagas, 235 inscritos e 23,50 %. Auxiliar de farmácia duas vagas, 30 candidatos e 15 % a concorrência. Auxiliar de Consultório Dentário são 3 vagas, 37 inscritos e 12,33 %. Auxiliar de Serviços Gerais 31 vagas, 2.453 candidatos na disputa, 79,13 %. Bombeiro Hidráulico 3 vagas, 7 candidatos e 02,332 %. Mecânico 3 vagas, 10 inscritos e 03,33 %. Merendeira 3 vagas, 231 candidatos e a concorrência de 77 %. Cuidador Social 5 vagas, 27 inscritos e 05,40 % a concorrência. Fiscal de Tributos 5 vagas, 148 candidatos e 29,20 % a concorrência. Fiscal Ambiental 5 vagas, 273 candidatos na disputa e 54,60 %. Para a Guarda Municipal foram disponibilizadas 40 vagas, 1.231 candidatos, uma concorrência de 30,78 %. Médico Clinico Geral, apenas uma vaga, 8 inscritos, com concorrência de 8 %. Médico Dermatologista, uma vaga, 3 candidatos e 03 % de concorrência.

Médico Pediatra uma vaga, 2 inscritos e 2 %. Médico Ginecologista/Obstetra uma vaga, 4 candidatos e 4 %. Médico Psiquiatra também uma vaga, 4 inscritos e 4 % a concorrência. Para Motorista de Veículos Pesados são 7 vagas, 334 candidatos e 47,71% a concorrência. Músico 3 vagas, 37 candidatos e a concorrência de 12,33 %. Professor 110 vagas, 734 candidatos e a concorrência de 6,67 %. Professor de Língua Portuguesa 2 vagas, 241 candidatos e 120,50 % a concorrência. Professor de Ciências Naturais, Matemática-Geometria 3 vagas, 8/9 candidatos e 29,67 %. Professor de Cultura e História 2 vagas, 134 inscritos e 67,02 % a concorrência. Professor de Habilidade Inclusiva 5 vagas, 9 candidatos e 1,82 %. Secretário Escolar 10 vagas, 87 candidatos e 8,70 %. Telefonista 2 vagas, 124 inscritos e 62 % a concorrência.

Topógrafo 2 vagas, 6 inscritos e a concorrência de 3 %. Técnico em Segurança do Trabalho apenas uma vaga, 20 candidatos inscritos e uma concorrência de 20 %. Turismólogo uma vaga, 5 candidatos e a concorrência de 5 %. Professor de Língua Inglesa apenas uma vaga, 30 inscritos e concorrência de 30 %. Professor em Linguagens de Arte e Educação apenas uma vaga, disputadas por 8 candidatos e concorrência de 8%. Professor de Religião uma vaga, 11 candidatos e 11% a concorrência. Professor de Ciências Naturais 2 vagas, 145 candidatos e 72,50%. Professor de Cultura e Geografia 2 vagas, 128 candidatos e 64% e, finalmente, para professor de Cultura e Educação Física, apenas uma vaga, 90 candidatos e uma concorrência de 90 %.

Fonte: Prefeitura Municipal do Crato


Wilson Bernardo - Um Artista e um Irmão - Por Dihelson Mendonça


Embora sempre existiram pessoas nos bastidores querendo minar a nossa amizade, gostaria de expressar o valor alto que existe em Wilson Bernardo, que é fora do Blog do Crato, um irmão, um amigo, um conselheiro que eu possuo. É do seu estilo, desde sempre a contundência, a irreverência, a brincadeira. Somos muito felizes por ter Wilson Bernardo como nosso repórter e em seu imenso valor, acho que supera os deslizes, os partidarismos, as paixões exacerbadas com que ele escreve seus estranhos textos.

Por outro lado gostaria que todos entendessem que tenho procurado colocar o Blog do Crato na linha dos grandes sites de notícia do Ceará, apresentando os fatos como eles aconteceram. Se temos tido pouco êxito nisso, que melhoremos mais neste ano de 2012, que possamos caminhar melhor nesse sentido, deixando de lado as pilhérias, as brincadeiras de mau gosto, a politicagem.

Sendo que Wilson Bernardo possui sempre como característica principal a contundência e a paixão política, se coloca diametralmente oposto ao nosso projeto de fazer o site ficar apartidarista e mais sério. Sempre recebi dúzias de reclamações por seu comportamento, por atacar sem piedade os seus adversários políticos, por fugir da notícia, e por isso mesmo ao conversar com o público que me reclama deste comportamento, tenho procurado me desculpar como possível, afirmando que Blog é um espaço coletivo. Tenho tentado mudar o Blog para um site com mais responsabilidade, mais seriedade. Temos grandes escritores que se propõe a fazer um site sério, como o prof. Armando Rafael, Carlos Rafael, Maria Otília, José Tavares, Carlos E. Esmeraldo, Magali, Morais, etc. Mas Wilson teima em não querer entrar no novo tempo.

Ao reclamar desta última vez sobre o seu comportamento dentro do site, ele rebateu não com uma explicação, uma justificativa, ou um caminho para um diálogo. Não abre um canal para que se possa discutir os nossos propósitos e levar o site para a seriedade com ele junto, apenas reage da seguinte forma: "Ou ele faz do jeito que quer, ou sai fora do Blog", coloca os termos de forma a nos pressionar a ter que engoli-lo do jeito que ele é, sem querer se adaptar ao nosso espaço.

É lamentável que isso aconteça. É lamentável que não se possa construir um diálogo e que ele não possa se adaptar às regras do Blog do Crato. Talvez ele seja valioso demais para termos conosco. Mais valioso que o próprio Blog já que se coloca acima de todos nós que escrevemos aqui também e estamos sujeitos às mesmas regras.

Na verdade, eu tenho preservado Wilson Bernardo de muitas encrencas e erros. Sou eu quem conserta os erros de ortografia, faz as revisões, ajudo na diagramação, forneço conselhos para as confusões em que ele pode se meter quando escreve contra certas pessoas. Tenho procurado ser tão amigo dele aqui quanto sou fora do Blog. Mas ele não vê isso. Ele é uma pessoa que não aceita críticas, é fechado, ou é do jeito dele, ou está fora. Não obstante, é um ser humano exemplar, um amigo e conselheiro perfeito.

Espero que possamos dialogar no sentido de resolver esse impasse, pois não podemos perder um grande repórter como Wilson Bernardo, mas também não podemos ter um membro que não quer se submeter às regras a que todos nós estamos sujeitos. Ninguém pode estar acima da lei.

Wilson sempre será meu amigo e irmão independente do que aconteça aqui. Ele é a única pessoa que conseguiu fazer e dizer coisas tão pesadas para mim e eu nunca o "despachei", como fiz com todos os outros que me desacataram, porque acima de Blog, acima de tudo, entre nós existe uma grande admiração, um respeito que não se restringe apenas a este espaço, e muita gente está longe de entender o que seja uma verdadeira amizade como a que nós temos.

Peço ao Wilson que reflita, que amenize o tom do discurso das matérias que escreve, é só isso que eu peço, que possamos entrar num entendimento, pois não queremos perder um valoroso escritor, um repórter excelente, que tem dado ao Crato visões ímpares que tem elevado o valor da nossa cidade. Ameniza, Wilson! Ameniza!

E em tempo: "Wilson, deixa de ser fresco, cacilda! nós precisamos de você - rs rs. E liga esse celular, pois eu preciso conversar contigo."

Por: Dihelson Mendonça
Foto de Pachelly Jamacaru

Edições Anteriores:

Outubro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31