xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 16/11/2011 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

16 novembro 2011

Blog do Crato completa 1200 seguidores com fotos na Galeria. Parabéns para todos eles !

http://1.bp.blogspot.com/-KX16DAiWjxg/TsQ3P0K7AEI/AAAAAAAAblg/bTKTIoDs-m8/s1600/seguidores.jpg


"Gostaria de agradecer aos 1200 seguidores cadastrados no Blog do Crato, consolidando o nosso site como o mais visto do interior do Estado do Ceará. Este recorde apenas na galeria vem se somar aos milhares de acessos que temos todo mês. Desde 2006 estamos no ar, trazendo informação, arte, cultura e entretenimento. Não foi fácil chegar aqui, porque se o fosse, outros teriam chegado. E não há nenhum outro site nem perto em galeria de fotos de seguidores. Foi através de muito trabalho e dedicação 24 horas por dia. É motivo de muita alegria poder comemorar. O Blog do Crato hoje é uma Marca, um Sêlo de qualidade, de referência em Credibilidade, um ponto de encontro para todos os Cratenses que residem na sede e longe, e que amam verdadeiramente a nossa cidade. Parabéns aos 1200 Cratenses e Simpatizantes que Preenchendo o formulário do Google com fotos, hoje são assinantes "de carteirinha" do Blog do Crato. E parabéns aos escritores, comentaristas e leitores que ao longo de todos esses anos trabalharam para nunca deixar a peteca cair. Vamos em frente! É dessa garra e ousadia que o Crato tanto precisa."

Dihelson Mendonça


PARA REFLETIR - O Brasil teve realmente um Golpe Militar ou Revolução ? Análise dos Fatos


Brasil, Corrupção, Mentiras... Golpe Militar ?

ORDEM DO DIA DO Cmt INTERINO DA 3ª Bda CMec - Bagé-RS
Cel Mário Luiz de Oliveira, Ch EM da 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada!

Seu discurso não poderia ser mais verdadeiro, direto e oportuno.

--------------------------------------------------------------------------------------------


REVOLUÇÃO DEMOCRÁTICA DE 31 DE MARÇO DE 1964
Soldados da 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada !

Há 46 anos atrás, o presidente da República, João Goulart, era deposto.

Uns chamam esse acontecimento de golpe militar, outros, de tomada do poder. Para nós, brasileiros, ocorreu a Revolução Democrática de 1964, que afastou nosso querido país de uma ditadura comunista, cruel e sanguinária, que só os irresponsáveis, por opção ou por descuido, não querem enxergar.

A grande maioria de vocês, principalmente os mais jovens, foram cansativamente expostos à idéia transmitida pela propaganda política, inserida nas salas de aula, nos ditos livros didáticos, nos jornais, programas de rádio e de TV, que os militares tomaram o poder dos civis para impedir que reformas moralizantes fossem feitas; que para combater os "generais que usurparam o poder" os jovens da época uniram-se e lutaram contra a ditadura militar e que muitos deles morreram, foram mutilados, presos e torturados na luta pela redemocratização do país; que jovens estudantes, idealistas, embrenharam-se nas matas do Araguaia para lutar contra a ditadura. Erro! O nome de arquivo não foi especificado.

Mas qual é a verdade sobre o Movimento de 31 de março ?

Para responder a esta pergunta, basta tão simplesmente voltarmos nossas vistas para aquela conturbada época da vida nacional. O país vivia no caos. Greves políticas paralisavam os transportes, as escolas, os bancos etc. Filas eram feitas para comprar alimentos. A indisciplina nas Forças Armadas era incentivada pelo governo. João Goulart queria implantar suas reformas de base à revelia do Congresso Nacional. Os principais jornais da época exigiam a saída do presidente, em nome da manutenção da democracia. Pediam para que os militares entrassem em ação, a fim de evitar que o Brasil se tornasse mais uma país dominado pelos comunistas. O povo foi às ruas pedindo o fim daquele desgoverno, antes que fosse tarde demais.

E, assim, aconteceu o 31 de março !

Naqueles dias seguintes, editoriais e mais editoriais exaltando a atitude patriótica dos militares eram publicados, nos mesmos jornais que, hoje, caluniam a Revolução... Os comunistas que pleiteavam a tomada do poder não desanimaram e passaram a insuflar os jovens, para que entrassem numa luta contra seus irmãos, pensando que estariam lutando contra a ditadura. E mentiram tão bem que muitos acreditam nisso até hoje.

E foi com essa propaganda mentirosa que eles iludiram muitos jovens e os cooptaram para as suas organizações terroristas. A luta armada havia começado. Foram vários atos terroristas: atentados a bomba no aeroporto de Recife, em quartéis do Exército, em instalações diplomáticas de outros países; seqüestros e assassinatos de civis, militares e autoridades estrangeiras em solo brasileiro.

A violência revolucionária havia se instalado.

Naquela época, os terroristas introduziram no Brasil a maneira de roubar dinheiro com assaltos a bancos, a carros fortes e a estabelecimentos comerciais. Foram eles os mestres que ensinaram tais táticas aos bandidos de hoje. Tudo treinado nos cursos de guerrilha em Cuba e na China. As polícias civil e militar sofriam pesadas baixas e não conseguiam, sozinhas, impor a lei e a ordem.

Para não perder o controle da situação, o governo decretou medidas de exceção, pelas quais várias liberdades individuais foram suspensas. Foi um ato arbitrário, mas necessário. A frágil democracia que vivíamos não se podia deixar destruir.

Graças ao Bom Deus e Senhor dos Exércitos, vencemos a besta-fera !

Os senhores sabiam disso ? Com quantas inverdades fizeram "a cabeça de vocês" ! Foi a maneira que os comunistas encontraram para tentar justificar a sua luta para implantar um regime do modelo soviético, cubano ou chinês no Brasil. Por intermédio da mentira, eles deturparam a História e conseguiram o seu intento. Alguns de vocês que não nasceram naquela época, chegam mesmo a acreditar no que eles dizem...

E por que essas mentiras são repetidas até hoje ?

Por que passado quase meio século, ainda continuam a nos caluniar? Qual será o motivo desse medo e dessa inveja?

Esta resposta também é simples:

É porque eles sabem que nós, militares, não nos deixamos abater pelas acusações contra as Forças Armadas, porque, na verdade, apenas cumprimos o dever, atendendo ao apelo popular para impedir a transformação do Brasil em uma ditadura comunista, perigo esse que já anda ao derredor do nosso Brasil, só que com outra maquiagem.

É porque eles sabem que nós, militares, levamos uma vida austera e cultivamos valores completamente apartados dos prazeres contidos nas grandes grifes, nas mansões de luxo ou nas contas bancárias no exterior, pois temos consciência de que é mais importante viver dignamente com o próprio salário do que realizar orgias com o dinheiro público.

É porque eles sabem que nós, militares, temos como norma a grandeza do patriotismo e o respeito sincero aos símbolos nacionais, principalmente a nossa bandeira, invicta nos campos de batalha, e o nosso hino, jamais imaginando acrescentar-lhes cores ideológico-partidárias ou adulterar-lhes a forma e o conteúdo.

É porque eles sabem que nós, militares, temos orgulho dos heróis nacionais que, com a própria vida, mantiveram íntegra e respeitada a terra brasileira e que esses heróis não foram fabricados a partir de interesses ideológicos.

É porque eles sabem que se alguma corrupção existiu nos governos militares, ela foi pontual e episódica, mas jamais uma estratégia política para a manutenção do poder ou o reflexo de um desvio de caráter a contaminar por inteiro um ideal.

É porque eles sabem que nós, militares, somos disciplinados e respeitamos a hierarquia, ainda que tenhamos divergências com nossos chefes, pois entendemos que eles são responsáveis e dignos de nossa confiança e que não se movem por motivos torpes ou por razões mesquinhas.

É porque eles sabem que nós, militares, não nos dobramos à mesquinha ação da distorção de fatos que há mais de 40 anos os maus brasileiros vem impondo à sociedade, com a clara intenção de impor-lhe a idéia de que os guerrilheiros de ontem (hoje corruptos e ladrões do dinheiro público) lutaram pela democracia, quando agora já está mais do que evidente que o desejo por eles perseguido há anos,' sempre foi - e continua sendo – o de implantar no país um regime totalitário, uma ditadura mil vezes pior do que aquela que eles afirmam ter combatido.

É porque eles sabem, enfim, que todo o mal que se atribui a nós, militares, e às Forças Armadas - por maiores que sejam os nossos defeitos e limitações - não tem respaldo na Verdade histórica que um dia há de aflorar.

Soldados da Brigada Patrício Corrêa da Câmara ! Pertencemos ao Exército Brasileiro, brasileiro igual a todos nós e com muito orgulho no coração.

Exército invicto nos campos de batalha, onde derrotamos comunistas, nazi-fascistas, baderneiros, guerrilheiros, sabotadores, traidores da Pátria, conspiradores, predadores do patrimônio público, bandidos e terroristas.

Mas retornemos agora nossas vistas para o presente... O momento é decisivo para o Brasil, e por conseguinte, para todos nós, brasileiros. Mas será que estamos realmente conscientes disso ?

Parece que não ! O País vive em um clima de oba-oba, tipo "deixa a vida me levar, vida leva eu"... O dinheiro público é distribuído em alguns tipos de bolsas, umas de indisfarçável cunho ideológico revanchista e, outras, voltadas ao assistencialismo, nunca na história desse País visto em tão larga escala... A mídia satura a grande massa, "coincidentemente" o grande colégio eleitoral, com programas televisivos de baixíssima qualidade cultural, de cunho nitidamente apelativo, fabricando falsos heróis, que corroem os valores cristãos do nosso povo... como que distraindo-o, a fim de impedi-lo de enxergar o que anda acontecendo por aqui e ao nosso redor : situações idênticas ocorridas no Brasil e em outros países são tratadas de formas diferenciadas, conforme a simpatia ideológica; a palavra empenhada, as posições firmadas e documentos estratégicos são trocados ou modificados conforme a intensidade da reação da opinião pública, tornando transparente a falta de seriedade no trato dos destinos do Brasil, ou pior, revelando as verdadeiras intenções, ocultas e hediondas. Senão bastasse, serviçais de plantão vem à mídia tentar explicar o inexplicável, isso quando não jogam a culpa na opinião pública, dizendo que foi ela quem entendeu de forma errada ou procuram fazer-se de vítimas face à suposta campanha difamatória, quando na verdade os fatos estão aí, as claras …

No entanto, parece que as pessoas encontram-se anestesiadas, apenas "vivendo a vida", discutindo qual a melhor cerveja, ou quem deve ser eliminado da casa, se tal jogador deve ser convocado...

O que vemos hoje já era utilizado nos tempos do antigo Império Romano, a estratégia do "pão e circo: dê ao povo comida e diversão de graça e ele esquecerá seus problemas..."

Porém, ao longo da História da civilização, diversas personalidades já apontavam para os perigos desses momentos de desesperança, destacamos : Martin Luther King - "O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons..." ; Burke - "Para o mal triunfar, basta os homens de bem não fazerem nada..." ; Mario Quintana - "O que mata um jardim não é o abandono ! O que mata um jardim é esse olhar vazio de quem passa indiferente por ele" ; e Rui Barbosa - "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto" .

Não ! Não deixaremos que os inimigos da Pátria venham manchar sua honra ou deturpar seus valores cristãos. Não envergonharemos nossos antecessores, os quais nos legaram esse Brasil-Continente, livre e soberano !

Soldados da 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, estaremos sempre atentos e, se o Bom Deus e Senhor dos Exércitos assim o desejar, cumpriremos nossa sagrada missão de defender a Pátria. Que seja isso, ou que o sol, sem eflúvio, sem luz e sem calor, nos encontre no chão a morrer do que vivo sem te defender...

ASSINA, MARIO LUIZ DE OLIVEIRA Cmt INTERINO DA 3ª BDA CMEC

Texto recebido por E-mail

Uma prova de confiança - Rachel Sheherazade


Um verdadeiro arsenal de guerra. É o que foi encontrado em três dias de ocupação na favela da Rocinha, no Rio de Janeiro. Só os fuzis já somam 77.

Hoje, policiais encontraram uma arma capaz de derrubar até helicóptero, e também mais uma casa de traficante ostentando luxo. Pelas ruas da Rocinha, agora chovem bilhetes com informações sobre esconderijos de fugitivos, suas armas, suas fabriquetas de drogas... O telefone da polícia também não para de receber denúncias dos moradores. Um sinal claro de que a Rocinha não quer mais se submeter ao domínio do tráfico e da violência. O Estado tem que fazer por merecer essa prova de confiança. Por que não adianta livrar a comunidade dos traficantes e deixar a Rocinha a mercê de milicianos e policiais corruptos.

Rachel Sheherazade


TV Jangadeiro anuncia filiação à Band nesta quinta-feira


A TV Jangadeiro anuncia nesta quinta-feira (16) em café da manhã no Gran Marquise Hotel em Fortaleza, a filiação à Rede Bandeirantes de Televisão. A emissora passará a transmitir o sinal da Band a partir do dia 1 de março de 2012, em uma grande de programação nacional e local.
O anúncio oficial contará com as presenças dos acionistas do Sistema Jangadeiro de Comunicação, Jaime Machado Filho, Assis Machado e Joana Jereissati, e do vice-presidente da Band, Frederico Nogueira, e executivos da emissora.

Além do anúncio oficial, durante o evento o público irá assistir a palestra “Potencialidades da Economia do Nordeste”, com o jornalista econômico Joelmir Beting, um dos âncoras do Departamento de Jornalismo da Band, que falará sobre as perspectivas do crescimento do mercado brasileiro, em especial dos estados nordestinos.

“Após doze anos de parceria comercial de sucesso com o SBT, a quem somos muito gratos, entramos em um novo momento de união com um dos grupos de comunicação que mais cresce no país, trazendo boas novidades para o mercado local”, afirma Cyro Thomaz, diretor executivo do Sistema Jangadeiro de Comunicação.

Sucessão em Juazeiro do Norte ganha mais um pré-candidato


O ex-deputado estadual Vasques Landim está como pré-candidato do Partido da República à Prefeitura de Juazeiro do Norte (Região do Cariri). Rompeu com o deputado federal Manuel Salviano (PSD) e se define como agora como a verdadeira opção de oposição ao PT nesse município. Vasques Landim tem feito a pregação política de que Juazeiro do Norte precisa de renovação e votar em candidato “Ficha limpa”. Ele entra num páreo que conta com o deputado federal Raimundo Macedo como pré-candidato do PMDB à Prefeitura. Já os deputados federais Manuel Salviano e José Arnon, este presidente regional do PTB, dizem que estão na disputa, mas que, de acordo com pesquisas, apenas um deles será o candidato nessa parceria. O prefeito Manuel Santana (PT), por enquanto, diz que não é candidato à reeleição.

Fonte: Eliomar de Lima

Lula raspa cabelo e barba durante tratamento contra o câncer


O ex-presidente Lula decidiu tirar barba e raspar o cabelo, na tarde desta quarta-feira (16) antecipando o que já iria acontecer devido o tratamento contra câncer de laringe.

A esposa de Lula, Marisa Letícia foi quem cortou o cabelo o marido. A imagem foi divulgada pelo Instituto Cidadania, onde o ex-presidente realiza trabalhos sociais desde 2002 - antes de ser eleito presidente do Brasil.

Portal Verdes Mares













Dilma se reúne com Lupi, que promete se defender


BRASÍLIA (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff convocou nesta quarta-feira o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, para dar explicações sobre a denúncia de que teria usado um avião alugado por um dirigente de uma organização não-governamental para deslocamentos em 2009.

Lupi havia negado em depoimento na Câmara dos Deputados na semana passada ter relações com o empresário Adair Meira, que integra a direção da ONG Pró-Cerrado. Entretanto, de acordo com a nova denúncia, feita pela revista Veja no fim de semana, o ministro voou na aeronave fretada por Meira e, meses depois, a Pró-Cerrado assinou convênios com o Ministério do Trabalho. No encontro entre Dilma e Lupi, de acordo com duas fontes do Palácio do Planalto ouvidas pela Reuters, Dilma não tomou a decisão de demitir Lupi, que vem tendo de responder a denúncias há mais de uma semana.

Para Dilma, Lupi disse que tem como provar que não usou aviões de empresários, segundo relato de uma das fontes, que falou sob condição de não ter seu nome revelado. O ministro disse à presidente, de acordo com este relato, que tem condições de se defender e fará isso nos próximos dias. Lupi deve participar de audiência pública no Senado na quinta-feira, na qual poderá prestar novas explicações. Na avaliação do deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho da Força, com quem Lupi esteve reunido após o encontro com a presidente, as denúncias são "frágeis" e as provas devem "aparecer". Paulinho, que é do mesmo partido do ministro, disse ter ouvido de Lupi um relato da conversa com Dilma e disse a jornalistas que ele permanece no cargo.

"O ministro disse, com todas as letras, que a Dilma quer que ele fique e ele vai ficar", afirmou o deputado. "Vamos continuar enfrentando a crise." O presidente interino do PDT, André Figueiredo, também participou da reunião em que Lupi comentou o encontro com Dilma, que durou mais de uma hora, segundo Paulinho. Segundo o deputado, pedetistas devem se reunir na manhã da quinta-feira, provavelmente antes da audiência pública de Lupi no Senado, para debater a estratégia de enfrentamento.

Antes da denúncia sobre o suposto uso de um avião particular, Lupi já vinha respondendo a denúncias anteriores da revista Veja de que haveria um esquema de arrecadação de propinas junto a ONGs que têm convênios com a pasta. Os recursos obtidos seriam destinados a abastecer o caixa do PDT, de cuja presidência Lupi está afastado temporariamente por conta de seu cargo na Esplanada dos Ministérios. Desde junho, cinco ministros do governo Dilma já deixaram seus cargos em meio a denúncias de irregularidades - Antonio Palocci (Casa Civil), Alfredo Nascimento (Transportes), Wagner Rossi (Agricultura), Pedro Novais (Turismo) e Orlando Silva (Esporte).

(Reportagem de Jeferson Ribeiro; Reportagem adicional de Maria Carolina Marcello)
Yahoo Notícias


Programação Overdoze - Mostra SESC Cariri de Culturas‏

Como parte da programação da 13ª Mostra SESC Cariri de Culturas, iniciou-se neste dia 16 de novembro, no Teatro SESC Crato, às 9h, o “Overdoze”. São 12 horas ininterruptas de apresentações de teatro, música, dança e audiovisual. É uma verdadeira overdose de cultura.

O objetivo é proporcionar ao público a oportunidade de contato com diversas linguagens artísticas. A programação tem início com a apresentação do grupo Desajuste(SP), com “Mareados”, espetáculo que conta a história de três palhaços que dividem uma embarcação, chamada Fabulosa, até serem surpreendidos pela chegada de uma divertida náufraga.

A overdose de cultura encerra com o show “Samba de Feira”, do grupo musical Zabumbeiros Cariri. A apresentação acontece no Terreiro da Mestra Margarida, às 5h.

--
Lívia Lago
ASCOM
SESC-CE


Veículos produzidos em Barbalha (CE) serão usados em linha de VLT de Fortaleza


A principal obra de mobilidade urbana que está sendo construída no Ceará, uma linha de VLT (Veículo Leve sobre Trilhos), terá seus veiculos construídos no município de Barbalha, na região do Cariri, a 610 quilômetros da capital Fortaleza. A empresa Bom Sinal vendeu por R$ 57 milhões os seis veículos que irão operar na linhan que ligará os bairros de Parangaba a Mucuripe, em Fortaleza.

A obra do VLT, do governo do Estado e com financiamento da Caixa Econômica Federal, está em processo de licitação que deve terminar no final do ano. Dez empreiteiras ou consórcios já enviaram propostas. O custo total previsto é de R$ 265,5 milhões.

Na Matriz de Responsabilidade do Governo Federal de obras de mobilidade urbana em cidades-sedes da Copa, Fortaleza conta com um investimento de R$ 562 milhões, sendo R$ 410 milhões financiados pela Caixa. As principais obras, além do VLT, são corredores exclusivos de ônibus (os chamados BRT - Bus Rapid Transit).

A Bom Sinal vendeu os veículos para o metrô do Cariri (região metropolitana no sul do Estado cuja principal cidade é Juazeiro do Norte), já em operação, e os carros para os VLTs de Fortaleza (CE), Recife (PE), Maceió (AL), Sobral (CE), Arapiraca (AL) e Macaé (RJ), todos em construção.

A previsão é que os VLTs de Fortaleza comecem a circular no fim de 2013. Com capacidade de transportar até 766 passageiros, sendo 208 sentados, o veículo tem quatro vagões sem separação e velocidade operacional de 60 Km/h (em testes pode chegar a 90 Km/h).

A linha Parangaba/Mucuripe vai atender até 100 mil pessoas por dia, em um percurso de quase 13 quilômetros, que passa por 22 bairros. As linhas de ida e volta do VLT serão paralelas à linha ferroviária de carga, aproveitando o ramal já existente.

No entanto, ao longo dos anos, a área foi ocupada e abriga inúmeras casas. Em função disso, 2.700 famílias serão removidas da região para dar lugar ao projeto. De acordo com o governo, 1.900 famílias já foram visitadas e tiveram os imóveis avaliados para receber indenização.

Uol


Quilômetros de engarrafamento - Por: Emerson Monteiro


Início do feriadão da República e noticiários indicavam até 245 km de engarrafamentos na saída de São Paulo ao litoral, com televisões mostrando filas imensas de veículos de faróis acesos às margens do Rio Tietê. Lembrei quando vivi em Salvador, ainda na década de 70 do século anterior, e do tempo que gastava, nos finais de semana, à espera de embarcar no ferry-boat a caminho da Ilha de Itaparica, onde curtíamos horas de lazer à beira mar.

Todos, neste mundo, buscamos a salvação da alma, conceito religioso que admite existência além do tempo deste chão... Chegaremos, um dia, à santidade, na chance da perfeição absoluta de superar o limite das experiências materiais.

E ao observar o sofrimento comum a todo vivente, calculamos a perspectiva das oportunidades para crescer interiormente em face dos testes agora recebidos.
Essa prova mesma dos engarrafamentos das grandes cidades, hoje em dia, quer representar das experiências severas a que o espírito se submete, porquanto horas e horas dentro de automóveis feitos gaiolas de luxo, aguardado deslocamento milimétrico, e depois retornar sob iguais condições, não deixa de comprimir a paciência da alma ao extremo, lição importante de constrangimento e realidade, no apuro das naturezas dos indivíduos.

Habitantes de metrópoles, eles sofrem miséria no sentido de sobreviver às oportunidades restritas, nessa escola aberta dos aglomerados e moradias reduzidas; nas arbitrariedades artificiais do sistema rígido das calçadas de ferro e cimento; em fábricas desumanas, mecânicas, automáticas; no atrito entre as pessoas; nos transportes abarrotados; na solidão das multidões indiferentes; nos descansos esfumaçados e tristes das janelas escuras; universo melancólico de jornadas industriais que parecem nunca revelar finais possíveis.

Santos em potencial são todos, contudo há os que adiantam o carro mediante respostas sábias à gravidade dos bloqueios e traumas das histórias grupais, sem um jeito melhor quase hora nenhuma. E lembrar, ainda, o quanto padecem das ingratidões de semelhantes que explodem desencantados, no decorrer do processo coletivo de evoluir, nas manadas reunidas e saraus barulhentos das noites aflitas.

Tudo isso lembra, pois, o tanto necessário aos dias felizes, no itinerário do drama que guarda em si as sempiternas esperanças dos dias quando, suaves, as ruas do destino ofereçam instantes de deslocamentos harmoniosos e justos.

Último dia da Mostra SESC Cariri de Culturas reúne grandes apresentações


O ritmo não para e o sexto dia da 13ª Mostra SESC Cariri de Culturas, evento que reúne a participação de mais de 500 artistas, de diferentes de regiões do Brasil e do mundo, apresenta grandes espetáculos. No último dia da Mostra serão realizadas cerca de 100 apresentações, divididas em núcleos de artes cênicas, artes visuais, audiovisual, música, literatura e tradição.

A programação do núcleo de artes cênicas, em Juazeiro do Norte, inicia com o projeto “Overdoze”, que apresenta, de forma simultânea, 12 horas de espetáculos teatrais. No Centro Cultural Banco do Nordeste, às 9h, o grupo Timbre de Galo (RS) encena “A viagem de um barquinho”. O espetáculo narra as aventuras de um menino que saiu em busca de seu barquinho de papel para conhecer o mar e se deixou levar pelo caminho do rio de pano estendido por uma lavadeira. Às 19h, também no Centro Cultural do Banco do Nordeste, quem se apresenta é o grupo Pedras (CE), com o espetáculo “O reino do mar sem fim”. A dramaturgia, construída a partir de depoimentos reais de brincantes da Zona da Mata, narra a história de Severino da Cocada, mamulengueiro, barbeiro e cantador de romances. No teatro Patativa do Assaré o grupo Coletivo Lugar Comum (PE) apresenta em dois horários, às 18h e 20h, o espetáculo “Leve”, que transporta para a cena as sensações, os sentimentos e os questionamentos do ser humano diante da morte. No Sítio São José, às 16h, a Companhia Dakar, grupo de teatro holandês, apresenta “Braakland”. O espetáculo é um conto sóbrio, inspirado nos romances do escritor sul-africano John Coetzee, que narra a história de nove personagens que vagam em uma terra esquecida sem se proteger e sem se defender. No Largo do Memorial quem se apresenta é o Grupo Imbuaça com “Um teatro chamado Cordel”. Em clima de muito humor, o espetáculo apresenta o universo fantástico da literatura popular. A cena é invadida por personagens do cotidiano que discutem questões universais. No teatro Marquise Branca, às 20h, quem se apresenta ao público é o Grupo Teatro Novo (CE), que encena “Anônimos”. A peça mostra um dia de visitas em um abrigo de idosos, no qual as personagens relembram um passado povoado de tristezas, mas também de alegrias, amores e sonhos que se renovam a cada amanhecer. No Crato, ainda no núcleo de artes cênicas, o público confere as apresentações dos grupos Desajuste (SP), Companhia dos Bondrés (RJ), Eduardo Okamoto (SP), Companhia Jogo de Cena (RJ), Companhia do Tijolo (SP) e Bando Filhotes de Leão (RJ). No Teatro do SESC Crato, às 9h, o grupo Desajuste apresenta “Mareados”, espetáculo que narra a história de três palhaços que dividem uma embarcação, chamada Fabulosa, até serem surpreendidos pela chegada de uma divertida náufraga. Às 19h, quem se apresenta no Teatro do SESC Crato é o grupo Cia. dos Bondrés, com o espetáculo “Instantâneos”. A trama aborda o ser humano e suas relações através de situações cotidianas. No Teatro Municipal a programação inicia às 12h com “Agora e na hora de nossa hora”, do artista Eduardo Okamoto. O espetáculo recria o cotidiano de meninos de rua, sobrevivente à chacina da Candelária, que, escondidos numa banca de jornal, assistem ao assassinato de oito companheiros meninos de rua. Às 21h, a Cia. Jogo de Cena apresenta “Os Ruivos”, uma comédia que leva ao público algumas das vivências dos ruivos, mostrando que eles também sofrem preconceito. Cansados dos apelidos maldosos como "arroto de Fanta" e "água de salsicha", os ruivos anunciam a sua plataforma de reivindicações. A Cia. do Tijolo apresenta, no Crato Tênis Clube, às 18h, o elogiado “Concerto de Ispinho e Fulô”. O espetáculo narra uma entrevista com o poeta Patativa do Assaré, que se transforma num diálogo entre o popular e o erudito, o urbano e rural e culmina com a denúncia de um dos primeiros ataques aéreos contra civis em território brasileiro. Às 19h, no Museu do Crato, o grupo Bonde de Filhotes de Leão apresenta “Relicário”, uma instalação cênica itinerante, composta por quadros breves, inspirados no gênero fantástico, formando uma seqüência de ações “pânicas” interligadas por figuras, objetos, gags e combinações excêntricas.

Em Nova Olinda, o público confere no Teatro Violeta Arraes as apresentações dos espetáculos “Criaturas de papel”, às 9h, e “Uma vez, nada mais”, às 19h. “Criaturas de papel” é um espetáculo onde papéis brancos ganham formas geométricas e são transmutados em figuras cênicas que, meticulosamente animados, ganham vida. “Uma Vez, Nada Mais” convida o público a um passeio pela era de ouro do rádio e suas rádionovelas. Na Mostra de Rua, realizada nas ruas da cidade, se apresentam os Grupos Teatro Andante (MG), Grande Cia. Brasileira de Mystérios e Novidades (RJ) e Namakaka (SP). O grupo mineiro apresenta “A história de Édipo”, espetáculo que narra a história do mito de Édipo, escrita por Sófocles há 2500 anos. A Grande Cia. Brasileira de Mystérios e Novidades encena “Chegança do Alirante Negro na pequena África”, espetáculo baseado no episódio da Revolta da Chibata e seu líder João Cândido. Namakaka, grupo paulista, apresenta “É nois na Xita”, espetáculo musical que retrata o convívio entre três personagens que disputam os aplausos do público, aceitando os próprios equívocos como fonte de inspiração e improvisação.

No núcleo de audiovisual, a programação de Juazeiro do Norte se concentra no Centro Cultural Banco do Nordeste. No Panorama de Cinema de Animação, que inicia às 16h, os espectadores podem acompanhar a exibição de curtas animados nacionais e internacionais. Às 18h, na Mostra de Longas-Metragens Rosemberg Cariry, será exibido o filme “Caldeirão da Santa Cruz do deserto”. A produção resgata a memória e história da comunidade religiosa do Caldeirão, liderada pelo beato José Lourenço, que se organizava em moldes socialistas primitivos. Na programação do Crato, o público acompanha, na Casa Ninho, às 15h, o Panorama de Curtas Contemporâneas. A programação inicia com a exibição do filme “Permanências”, do diretor Ricardo Alves Junior e encerra com “Aeroporto”, de Marcelo Pedroso.

Nas atividades do núcleo de artes visuais de Juazeiro do Norte, na Praça Padre Cícero, o público confere a exposição “A procura – Heterotipias dos percursos”. A exposição inicia às 14h. Na Galeria SESC, no mesmo horário, tem início a exposição fotográfica “Retratos de Coimbra”, do fotógrafo Michael Sasso. No Crato, são realizadas as exposições Veias Urbanas”, de Rafael Vilarouca, e “Memórias e história do caminho de ferro no Ceará”, de Aderbal Nogueira. As atividades são realizadas na RFFSA e iniciam às 14h.

No núcleo musical, em Juazeiro do Norte, se apresentam na Praça Padre Cícero, a partir das 22h, Marcelo Jeneci, com o show “Feito pra Acabar”, e, encerrando a semana da Mostra SESC Cariri de Culturas, Daniel Peixoto apresenta o show “Mastigando Humanos”. No Crato, encerrando o projeto “Armazém do Som”, na RFFSA, se apresentam Abdoral Jamacaru(CE) e Jefferson Gonçalves(RJ), com “Encruzilhada”. As apresentações no Crato iniciam às 19h.

No núcleo de literatura, os destaques da programação do Crato são os lançamentos literários e o Sarau Poético com os “Comparsas da Vivenda”. No Crato Tênis, às 19h, os autores Pedro Salgueiro, Josenir Alves e João Nicodemos fazem o lançamento das suas obras. Pedro Salgueiro lança “O cravo roxo do Diabo: O conto fantástico no Ceará”, e os autores Josenir Alves e João Nicodemos lançam “Segredos da Natureza”.

No núcleo de tradição da Mostra, espaço que incentiva o desenvolvimento da cultural popular local, acontece no Crato, às 14h, no terreiro do Mestre Antônio, uma prosa de quintal com o mestre de cultura Bule Bule. Às 19h, a terreirada recebe os grupos Banda Cabaçal Santo Antônio e Maneiro Pau do Mestre Bigode. A mediação fica por conta de Tranquilino Ripuxado.

Os espetáculos, shows e atividades da 13ª Mostra SESC Cariri de Culturas encerram no dia 16 de novembro, às 22h, na praça Padre Cícero, no município de Juazeiro do Norte, com a apresentação dos Cantores Marcelo Jeneci e Daniel Peixoto.

Mostra SESC Cariri de Culturas



Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30