xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 16/08/2011 | Blog do Crato
.

VÍDEO - CONVERSA FRANCA - O DESCASO NO CRATO - Dihelson Mendonça ( 30-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

16 agosto 2011

Questões necessárias. Por: Antonio Sávio.

Trecho da obra "O Homem Sem Qualidades"  do autor Robert Musil nos mostra um pouco do estado que estamos: "Um 'homem sem qualidades' não é propriamente um ser humano: É alguém que perdeu a alma sem se dar conta disso. É um homem sem imaginação, triste, medíocre, infeliz, que abdica de sua riqueza interior e assim desiste da vocação essencialmente humana de superar seus limites, resignando-se a seguir uma carreira social determinada".

Platão em "A República" por sua vez nos diz: "Os poetas devem introduzir nas suas obras a representação dos bons costumes. (...).
Os artistas não devem introduzir na sua arte a maldade, o desregramento, a mesquinhez, a indecência. (...).
Os artistas e os poetas devem ser obrigados, a introduzir em suas obras a representação dos bons costumes, para preservar o povo de ser criado no meio de imagens viciadas como se fora no meio de ervas daninhas, colhendo muitas delas, um pouco a cada dia, e delas se nutrindo, contraiam, por fim, uma grande enfermidade na alma. (...).
A introdução de um novo gênero musical pode pôr tudo a perder. Não se poderia mudar as regras da música sem, ao mesmo tempo, abalar as leis fundamentais do Estado. (...)
Não há dúvida de que esse tipo de transgressão passa quase sem ser observado, como se fosse um jogo inocente. Insinua-se de modo contínuo e penetra gradualmente nos usos e costumes. Depois, toma vulto e penetra nos acordos privados, dos acordos passa para as leis e para as ordenações do Estado com grande força, até que por último arruína todas as coisas na vida privada e pública. (...)
Um prazer excessivo perturba a alma não menos que a dor. (PLATÃO, A República, Ed. Escala)

"Nisto Tu tinhas razão, porque o segredo da existência humana consiste não somente em viver, mas ainda em encontrar um motivo para viver. Sem uma ideia nítida da finalidade da existência, o homem prefere renunciar a ela e se destruirá em vez de ficar na Terra, embora cercado de montes de pão. Mas o que aconteceu? Em lugar de te apoderares da liberdade humana, tu ainda a estendeste! Esqueces-te então de que o homem prefere a paz e até mesmo a morte à liberdade de discernir o bem e o mal? Não há nada mais sedutor para o homem do que o livre-arbítrio, mas também nada mais doloroso. E em lugar de princípios sólidos que teriam tranquilizado para sempre a consciência humana, tu escolheste noções vagas, estranhas, enigmáticas, tudo quanto ultrapassa a força dos homens, e com isto agiste como se não os amasse. Tu que vieras dar tua vida por eles! Aumenta a liberdade humana em vez de confiscá-la e assim impuseste ao ser moral os pavores dessa liberdade". Com essa exposição do Dostoiévski em "Irmãos Karamázov" resta-nos alguma dúvida do que seguir? 

O que é intrigante neste tempo atual é o desprezo suicida que temos em relação a tais exemplos e tantos outros, ocultados em prateleiras, simplesmente para fazer volume. São estes homens e através deles que ainda, ter o direito de sonhar algo melhor em relação aos tempos de hoje. Não se trata aqui, de maneira alguma - como alguma mente precipitada possa achar - de um plano, sugestão ou indireta para mudanças sociais no prima socialista do termo, mas, sobretudo, a mudança do indivíduo frente a sua liberdade de escolha, pois, como nos diria Eric Voegelin, "ninguém é obrigado a sofrer da crise espiritual de seu tempo". Por qual motivos nós deveríamos?

Prefeito Samuel Araripe estará nesta Terça-Feira no Palácio do Planalto em Brasília, com a presidente Dilma Rousseff e o Ministro Fernando Hadad



ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Criação da Universidade Federal do Cariri

O Prefeito do Crato, Samuel Araripe estará em Brasília, nesta terça-feira dia 16 de Agosto, a convite do ministro da educação Fernando Hadad, onde será recebido no Palácio do Planalto, pela presidente Dilma Rousseff, para a cerimônia de anúncio da expansão da Rede Federal de Educação, e a formalização da criação da Universidade Federal do Cariri.

O Blog do Crato conversou com o prefeito Samuel Araripe na noite deste Domingo, quando o prefeito reafirmou o seu propósito de tentar trazer a sede da Universidade Federal do Cariri para a cidade do Crato, que no seu entendimento, preenche todos os requisitos por inúmeros motivos:

01 - Crato é berço da civilização caririense, e a história da cidade está intimamente ligada às tradições culturais e educacionais do cariri, que através de escolas e faculdades, por décadas tem servido a milhares de estudantes, que buscam o conhecimento, tendo formado a maioria dos profissionais que hoje atuam nas diversas áreas de trabalho e nas cidades caririenses.

02 - O prefeito Samuel Araripe já destinou há muito tempo, uma área de 16 Hectares, o equivalente a 16 quarteirões para a Universidade, doado através de escritura pública, terreno privilegiado, localizado próximo ao Centro de Convenções do Cariri, Faculdade Católica, e cerca de 800 metros da divisa Crato-Juazeiro do Norte, que se utilizado para a finalidade, formará o maior complexo educacional do interior do Estado do Ceará dentro do município do Crato.

Segundo o prefeito Samuel Araripe, a reunião em Brasília nesta Terça-feira, servirá para definir detalhes à respeito da Universidade Federal do Cariri, pois como foi amplamente noticiada na imprensa, haverá campus nas três cidades: Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha.

Finalizando a entrevista, disse o prefeito à nossa reportagem:

"Estarei em Brasília na próxima terça-feira com a firme determinação de trazer o máximo de benefícios para a nossa querida cidade do Crato. Sabemos das dificuldades e que muitas forças se exercem, mas não medirei esforços e estratégias para nesse momento histórico atuar em nome da nossa cidade. Os Cratenses acompanharam nos últimos anos o nosso trabalho para fazer do Crato uma cidade de primeiro mundo, batalhando pela melhor qualidade de vida da nossa população em Saúde, Educação, Cultura, e lutando para trazer de volta o esplendor dos tempos áureos. E exatamente por reconhecer a grandeza de espírito daqueles que lutaram ao longo da história é que hoje essa chance não podemos perder...

...Crato não pode nem deve ficar sempre à mercê daquilo que alguns querem nos impor, mas pela nossa história de um povo nobre e voltado para as grandes causas, é nosso dever enquanto representantes, buscar o melhor. E procuramos fazer o melhor para o Crato, quando doamos 16 hectares para uma Universidade, quando procuramos trazer indústrias, quando procuramos trazer novas avenidas, modernizações, e criar projetos de expansão e benefícios através de um Plano de Requalificação que servirá por décadas ainda a todos os administradores daqui em diante. Os Cratenses podem ter certeza absoluta de que com a nossa ida à Brasília nesta terça-feira dia 16, em que contamos com a ajuda de todos aqueles que defendem o Crato, estaremos lutando para que venha o melhor para a nossa querida cidade. Que os Cratenses de boa vontade estejam conosco nessa empreitada."

Samuel Araripe - Prefeito do Crato

Reportagem: Dihelson Mendonça


Valdemir Correia lembra AURÉLIO LIBERALINO DE MENEZES - “ AURELIO LINO “


LÍ DIAS ATRÁS NO BLOG DO CRATO UMA NOTÍCIA QUE ME DEIXOU MUITO FELIZ. FOI BATIZADA COM O NOME DE AURÉLIO LIBERALINO DE MENEZES “ AURÉLIO LINO “ A RODOVIA QUE LIGA CRATO A FARIAS BRITO. FALAR SOBRE AURELIO LINO É A COISA MAIS PRAZEIROSA QUE SE POSSA FAZER. CONHECI ESTE CIDADÃO NOS IDOS DE 1946, EU COM 08 ANOS DE IDADE E ELE JÁ COM UMA TROPA DE BURROS, TRANSPORTANDO CAL DE QUIXARÁ – HOJE FARIAS BRITO PARA O CRATO . SÃO SEBASTIÃO, HOJE DOM QUINTINO, QUE É METADE DO CAMINHO PARA O CRATO ERA ONDE ELE PARAVA SUA TROPA PARA PERNOITAR. OS BURROS ELE RECOLHIA A UMA ROÇA DE MEU PAI, CHICOU LEONEL, E ELE ERA NOSSO HÓSPEDE. DOIS OU TRES DIAS DEPOIS ELE RETORNAVA COM OS BURROS CARREGADOS DE MERCADORIAS PARA VENDER EM FARIAS BRITO, PORQUE NAQUELE TEMPO, NÃO TINHA OUTRO MEIO DE TRANSPORTE QUE NÃO FOSSE ANIMAL. UMA VEZ POR SEMANA PASSAVA O CAMINHÃO DE SEU ALFREDO UM CHEVROLET 46, PORÉM SEM TER CONDIÇÕES DE CARREGAR CAL, DADO O SEU PEQUENO ESPAÇO CÚBICO. AURÉLIO, E DEPOIS SEUS IRMÃOS FIZERAM ESTE TRANSPORTE DURANTE MUITO TEMPO, E POSSO DIZER QUE TODAS AS CASAS QUE FORAM CONSTRUÍDAS NO CRATO, NAQUELA ÉPOCA, FORAM COM O CAL QUE AUJRÉLIO TRANSPORTOU E VENDEU.

LOGO DEPOIS O MESMO CASOU-SE COM D. TERESINHA ALMEIDA, FILHA DO CORONEL NÉ DE ALMEIDA, PESSOA DE MUITO PRESTÍGIO NA REGIÃO E ENTÃO AURÉLIO CANDIDATOU-SE A PREFEITO DE QUIXARÁ E COMO JÁ ESCREVI ANTES, ATUALMENTE FARIAS BRITO. COM A FAMÍLIA AUMENTANDO AURÉLIO TRANSFERIU A MESMA PARA O CRATO, E DONA TERESINA EFETUAVA SUAS COMPRAS NA MINHA MERCEARIA SITUADA NO MERCADO DA RUA SANTOS DUMONT, ISTO JÁ NOS ANOS 60, SENDO QUE CONHECI TODOS OS SEUS FILHOS AINDA PEQUENOS , PORÉM ME RECORDO MAIS DO DR. CAZUZA SEU FILHO, QUE HERDOU TODOS OS PREDICADOS DO PAI. DURANTE MUITOS ANOS CONVIVI COM AURÉLIO, QUE SEMPRE VINHA AO CRATO. SENDO QUE O MESMO COM MUITO ESFORÇO INSTALOU EM FARIAS BRITO UMA MODERNA FÁBRICA DE CAL, QUE POR MOTIVOS DIVERSOS E MUITOS OBSTÁCULOS NÃO TEVE SUCESSO.NO ENTANTO, ESTA MESMA FÁBRICA DE CAL, AINDA SE ENCONTRA INSTALADA E EM PERFEITO ESTADO. A INDÚSTRIA DE CIMENTO FOI UMA GRANDE CONCORRENTE DO CAL, QUE HOJE É POUCO USADO EM CONSTRUÇÕES.

AURÉLIO FOI DURANTE MUITOS ANOS UM POLÍTICO MUITO INFLUENTE NAQUELA CIDADE E COM SEU ESTILO PACIFICADOR FOI UM EMPREENDEDOR, SEM NUNCA TER ARRANJADO QUALQUER INIMIZADE, O QUE ERA MUITO DIFÍCIL NAQUELA CONTURBADA ÉPOCA.

FELICITO O AUTOR DA IDÉIA DO NOME DA RODOVIA, COMO TAMBÉM FELICITO OS FILHOS , OS NETOS ,OS IRMÃOS E OS PARENTES DE AURÉLIO PELO LEGADO QUE O MESMO DEIXOU PARA TODOS.

CRATO : CE, 11 DE AGOSTO DE 2011

VALDEMIR CORREIA DE SOUSA

Crato: 34º Festival Foclórico do Cariri - Wilson Bernardo.


O Crato esta em festa, com a maior manifestação do folclore caririense,q ue se realiza no Centro Cultural do Araripe (RFFSA) entre os dias 15 a 22 de Agosto. Saudosa lembrança do radialista e folclorista Elói Teles de Morais, criador da semana festiva há exatos trinta e quatro anos atrás, agora sob a coordenação do seu filho Catulo Teles, que vem mantendo e resgatando os grupos tradicionais do cariri e a memoria do seu pai, como sendo um dos precursores da memorialização humana dos festejos e dos grupos. Portanto uma semana de festa, dança e tradições. O Vice Prefeito Raimundo Bezerra Filho, representando o Pref. Samuel Araripe abriu a semana, enfatizando a importância e o resgate as nossas tradições, e o que o Crato tem de mais rico em termos de cultura viva, que são os brincantes e as diversidades de grupos, que fazem o cenário e ratifica o Crato e o Cariri como uma fonte natural de folclore.


Raimundo Bezerra Filho abre a semana do Folclore,ao lado de Catulo e Alexandre Lucas

Os irmãos seculares de danças tribais do Cariri encantado

O mestre Aldenir e a herança do reisado com seus netos,sobrinhos e adereços de cores
O encantar da lua no místico e profano dos brincantes do reino das cores do reisado

A dança:O Kariri místico na coreografia da fábulas autorais do Irmãos Anicetos


A cor do reisado e seu colorido festivo,no confronto da arte da pixação.


A sombra do mestre Anicetos...Pureza e misticismo no que tocam e cantam


Wilson Bernardo (Texto & Fotografia)

Ser tão (zinho) (Sertãozinho)... - Por: Pachelly Jamacaru


Bem que alguém cantou... Não se iludam, a Prefeitura não vai fazer nada pelo Sertãozinho... Nem iluminação, nem pavimentação, nem nem...
E nem o Sertãozinho há de esquecer tamanho descaso, não é povo do Sertãozinho?
Acorda prefeito, não é só na hora do voto queum povo deva ser lembrado!

É até hora de se pensar em melhorar o acesso do Bairro do Lameiro ao Seminário via JOCUM, Sertãozinho, fica mais essa!


ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Ação de prevenção contra o Câncer de Próstata acontece próxima sexta em Crato


O Governo do Crato, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizará na próxima sexta-feira, dia 19, O Dia D do Câncer de Próstata. Com esse avento a Secretaria de Saúde do Crato se propõe a rastrear e prevenir o câncer da próstata e assim promover a saúde do homem. A Programação desse dia acontecerá nos PSFs dos bairros: Vila Alta e Independência e transcorrerá da seguinte forma:

Das 7 e 30 até as 8 e 30 horas- Coleta de Sangue tipo PSA, utilizado para diagnóstico, monitorização e controle da evolução do câncer de próstata.

De 8 e 30 as 9 horas será servido um lanche para todos;

De 9 as 10 horas será proferida uma palestra sobre a doença e até as 10 e 30 será o tempo reservado a quem quiser tirar suas dúvidas.

Os interessados em fazer os exames para prevenção devem seguir os seguintes cuidados: Jejum de 8 horas; não manter relações sexuais dois dias antes da coleta; evitar exercícios físicos três dias antes do exame; não ter se submetido à biopsia prostática (6 semanas dias antes da coleta); ultrasonografia transretal (7 dias antes da coleta); e colonoscopia (15 dias antes da coleta). O Secretário de Saúde, Cicero França, alerta aos homens cratenses que participem dessa ação de prevenção à doença. Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de próstata é a segunda causa de óbitos por câncer em homens, sendo superado apenas pelo de pulmão. A principal recomendação continua sendo a prevenção e a promoção de ações educativas voltadas para a população. Participem, dia 19 de agosto, nos PSFs Vila Alta I e II e Independência, a partir das 7 horas e 30 minutos.

Mais esclarecimentos na Secretaria de Saúde do Crato, ou através do telefone: (88) 3521.9400.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Comunidades chamadas a participar das discussões do PMSB nesta quarta-feira


Plano de Saneamento Básico nesta quarta-feira no teatro Municipal

O Crato está definindo seu plano de saneamento básico, que trata de um conjunto de infra-estrutura e instalações de abastecimento de água potável, esgotamento sanitário, limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos e drenagem, além de manejo das águas pluviais urbanas. O projeto, conhecido como Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) é uma parceria do município com a Secretaria Estadual das Cidades que estão pedindo a colaboração da população, no sentido de participar das mesas de debates e oferecer sugestões. Nesta quarta-feira, dia 17, a partir das 9 horas da manhã, no Teatro Salviano Arrais, o plano vai estar mais uma vez na pauta das discussões finais.

Fonte: PMC

DIÁRIO DA CORRUPÇÃO - Desvio de remédios da rede pública é investigado




Drogas com valor unitário de até R$ 6,3 mil seriam revendidas a hospitais privados. Crime. No último mês, foram apreendidas 61 caixas de remédios, avaliadas em R$ 200 mil

A Secretaria da Casa Civil paulista revelou ontem que investiga o desvio de remédios da rede pública para hospitais privados. Trata-se de produtos para tratamento de câncer e de pacientes transplantados. O preço de cada unidade pode chegar a R$ 6,3 mil.

São investigados 2 hospitais estaduais, 15 particulares e 2 distribuidoras. Em um mês, houve a apreensão de 61 caixas de Avastin, MabThera e Glypressin, avaliadas em R$ 200 mil. Suspeita-se que eles tenham sido furtados ou roubados de dois hospitais públicos da capital. As distribuidoras receberiam os produtos e os revenderiam à rede privada por preço inferior ao de mercado.

"A negociação era feita em pequenas quantidades e, em muitas situações, as compras ocorriam por meio de um portal de vendas de medicamentos que anunciava e o hospital interessado fazia a compra", explicou Gustavo Ungaro, presidente da Corregedoria-Geral da Administração, vinculada à secretaria.

Remédios foram identificados em pelo menos quatro hospitais. A confirmação, segundo Ungaro, ocorreu em um estabelecimento da capital, outro da Grande São Paulo e em dois de Brasília. "Consultou-se o fabricante e se comprovou que, de fato, aquele remédio foi adquirido pelo Estado de São Paulo para uso na rede pública." Também são investigadas unidades no Rio.

Os nomes dos hospitais investigados são mantidos em sigilo. A secretaria informou ontem o nome de uma das duas distribuidoras investigadas: a Benetton, situada em São Caetano do Sul. "Agora vamos ver se pode ter havido obtenção mediante roubo ou furto ou se foi desvio praticado por pessoal das unidades (públicas) de saúde", disse Ungaro.

O advogado Roberto Bernardinelli, da Benetton, negou envolvimento da empresa e afirmou que fornecerá as notas fiscais de compra dos medicamentos.

Em março, a secretaria havia apreendido 30 caixas da remédios avaliados em R$ 160 mil. Supostamente desviados da rede pública, foram apreendidos em hospitais da capital, Grande São Paulo e Rio. J

Elvis Pereira e Gio Mendes - O Estado de S.Paulo

Histórias de João Dino - Meus Ídolos da Bola



Esse lado de cronista e contador de histórias descoberto pela sensibilidade do jornalista e diretor do JUANORTE Jota Alcides, em 2010, chegaram em minha vida numa boa hora. Os relatos que tenho feito através da internet, aos poucos estão resgatando fatos pitorescos e personagens do folclore da minha Icó, do meu Ceará e da Paraíba que amo de paixão. Estou começando a crer que muito breve intelectuais irão transformar minhas histórias em cultura popular.

O relógio do tempo já não me preocupa. Aprendi a esperar as coisas acontecerem naturalmente.

Quando a inversão de valores visivelmente tenta me tirar do sério, eu me coloco no lugar do meu ex-colega funcionário do Banco do Brasil, grande músico, compositor, tecladista, sanfoneiro e cantor nota 10, Flávio José, de Monteiro da Paraíba. Esse caboclo assiste de camarote a poderosa mídia do “jabá” produzir e endeusar forrozeiros, que além de não conhecerem uma partitura musical não sabem tocar nem um simples triângulo. Alguns desses se autodenominam sucessores do Rei do Baião e vivem a explorar as memórias de Luiz Gonzaga como forma de complementar a falta de talento. Quem conviveu com Luiz Gonzaga e conhece a história sabe das dificuldades que ele enfrentou em vida. Prá falar a verdade às vezes me falta paciência quando sou obrigado a ouvir da boca de algumas autoridades (Diretores de Rádios e TV, Secretários de Cultura, Representantes de Entidades de Classes etc.) uma exigência que me deixe envergonhado: João Dino faça um projeto piloto para nossa produção examinar... Qualquer coisa a gente lhe procura... Deixe aí os seus contatos...

Meus amigos, para um artista que faz em média 10 show’s por mês; que já cantou em mais de 1.100 cidades do Nordeste, em São Paulo e no DF; que é assistido por cerca de 6.000 pessoas todos os meses; que tem mais de 140 músicas gravadas; que tem 45 vídeos flutuando no YOU TUBE e no ORKUT, ter que se submeter a esse tipo de gente, é dose prá elefante. Para essas criaturas eu informo os telefones do CE com o código da PB. Afinal de contas tempo é ouro... Não se deve perder tempo com gente despreparada, incompetente, apadrinhada e sem futuro. Vamos em frente.

Restaurei com muito carinho a foto que está sendo exposta nesta página. Vou apresentar, com muito orgulho, para o mundo inteiro, a seleção dos meus ídolos da bola: Manoel Inácio, Gonçalo, Costinha, Luiz de Nega, Zé Arnaud, Assis de Cizota, Zé Velho, Cícero de Nêga, Ronaldo, Marciano, Luiz Carlos e Nacaninha. Esses atletas verdadeiros jogavam bola com os corações nos pés. Os ternos e as chuteiras (Que não eram usados nos treinamentos) eram adquiridos com recursos próprios do trabalho de cada um. Desportistas sim... Mas de segunda a sábado exerciam atividades de fogueteiros, pedreiros, padeiros, agricultores, serventes, borracheiros, mecânicos, vendedores ambulantes etc.

Uma realidade muito diferente dos jogadores da atualidade que ganham dólares e fazem fortunas em apenas um ano de sucesso. O pagamento que esses craques recebiam para nos proporcionar tantas emoções, tantas alegrias, era o carinho e o respeito da torcida. Os campos de futebol não eram cercados nem murados. Não havia sequer cobrança de ingressos. Em vez de cartolas do futebol, um grupo de amigos se reunia para correr a “sacolinha”. Torcedores colaboravam voluntariamente.

Ano 1967. A torcida do nosso bairro chegava no campo ao meio dia para assistir a partida de futebol que começava às 15:00 h. Por muitas vezes cheguei a ver os próprios atletas, antes dos preparativos e aquecimentos, demarcando o estádio com linha e fazendo as divisões com cal. Mas na hora de bater pênaltis, a torcida já gritava gol antes da bola ser tocada. Os nossos craques não faziam as marmotas que esses milionários de hoje fazem não. Perder quatro pênaltis numa única partida... Isso nunca aconteceu com a nossa seleção.

Dava pena ver o desespero dos jogadores dos times adversários que vinham de Iguatu, Orós, Jaguaribe, Lavras da Mangabeira, Cedro, Umari, Baixio, Ipaumirim etc. Ronaldo batia um tiro de meta e dava aquele balão. Costinha, na grande área adversária matava a bola no peito, e sem deixar cair no gramado (Barro vermelho) entregava de bandeja na cabeça de Marciano de Graziela. O miserável do goleiro corria desesperado para o lado direito da trave. Marciano cabeceava a bola para o esquerdo. Jogar contra a seleção São Geraldo de Icó era um verdadeiro calvário para os adversários.

As vezes, aproveitando um contra-ataque, os coitados vinham de lá prá cá a toda velocidade, em tempo de botar os bofes pela bola, naquela ânsia para tirar o dedo fazendo um golzinho, na grande área dava de cara com a nossa defesa, que mais parecia uma muralha de pedra. Manoel Inácio saía em disparada, chutava bola com jogador adversário e tudo que tinha pela frente, tranqüilizava a torcida. Amedrontados os miseráveis desistiam de enfrentar nossa zaga e passavam a tentar fazer o gol de fora da grande área. Nessas condições o chute chegava acanhado. Nosso goleiro Luiz de Nega pegava sem fazer esforço, levantava a bola até a orelha, balançava e dizia: Tá Xôxa... Luiz tinha mania de fazer isso para irritar os adversários.

Essa é a 1ª parte da história. Os senhores internautas sabem que a convivência com o sucesso muitas vezes mexe com a cabeça dos grandes astros. Com esses nossos ídolos não foi diferentes. Um deles seguiu o exemplo de Garrincha e enveredou pela boêmia e pelo álcool. Mas a cachaça que se consumia no Icó na época, era de fabricação caseira, viciava muito rapidamente. Pior que isso, causava danos ao cérebro. Em pouco tempo o caboclo passava a ter alucinações.

Aguardem... Depois eu vou contar com detalhes o que essa cachaça fez com o nosso maior atleta.

Via

Mensagem de José Milton Arrais


O nosso amigo José Milton Arrais é um homem de poucas palavras e de muita ação. Há tempos que venho insistindo em que ele escreva algo, porque sou da opinião de que quem se expressa tão bem quanto ele, só pode escrever bem. Na sua grande timidez, ele tem evitado, mormente as grandes insistências em que ele participe com mais afinco do Blog do Crato, como nosso convidado de honra. Hoje, por ocasião do meu aniversário, o Zé Milton Arrais ( que eu escrevia com E, mas é com I ), me enviou uma mensagem tão bela, que eu faço questão de compartilhar com todos os nossos outros amigos, e em seguida, falo algumas coisas a este homem muito digno que tem ajudado inúmeras instituições e que pouca gente sabe, porque ele é tão discreto e correto, que o que faz a direita, a esquerda não sabe:

"Prezadíssimo Amigo DIHELSON.

Não iniciarei perabenizando-o pelo seu aniversário. Até que ELE, lá de cima permita, todo cabrinha sem futuro completa "nivesaro" o que, obviamente, nao o seu caso. Minhas felicitações iniciais vão para a eloquência contundente do seu artigo, o qual li nesta madrugada. Inquestionavelmente, pertinente. Sempre entendi e lamentei a luta atróz que trava, praticamente só, com heroísmo raro, digno até, do mais valente dos vietinamitas, que praticamente, com estilingues, conseguiram derrotar o mais mortífero dos impérios que povoaram nosso globo e que já procuram por outras gaxías.

Agora, aproxime-se, permita abracá-lo com a mais convicta ademiracão, pelo muito que já fez pelo muitíssimo que ainda fará. Reitero aqui o meu próposito PERMANENTE de ajudá-lo, mesmo com as minhas parcas forcas, mas plena da mais absoluta admiracão pelo seu edificante e exemplar trabalho. Como diz o poeta - *se todos fossem iguais a você*...

Feliz Aniversário!

Abraçao ( é com cedilha, mas não sei onde fica escondido neste maldito teclado)~
J. Milton Arrais

Uma Resposta:

"Meu querido Professor José Milton Arrais,

Quando eu vejo um "cabinha" que diz que tem muita timidez em escrever, porque diz que não sabe, ou não tem talento, eu já sei que ele escreve bem. O seu texto é maravilhoso de muitas formas, não é pelo fato de estar me parabenizando pelo natalício, mas eu vejo como você se sairia bem escrevendo sobre qualquer assunto da vida, e lamento muito que não o tenha feito até então, quando já poderia ter escrito vários livros e artigos para o Blog do Crato. A sua modéstia é grande demais. Alguém que sabe se expressar assim tão bem como você sempre soube, só poderia ter mesmo o dom da escrita.

Por isso mesmo, Eu é quem lhe parabenizo. A data é festiva porque eu nunca havia lido um escrito seu, e isto é motivo de comemoração. Quero também agradecer do fundo do coração a você pelo conteúdo expresso, e a todas as pessoas que torcem por nós, que acreditam que o mundo pode ser um lugar bom se todos largarmos as vaidades pessoais, e percebermos que a única coisa que vale algo nessa vida chama-se AMIZADE, AMOR, COMPANHEIRISMO, porque não trazemos nada a essa vida e nem levaremos nada. Nem a roupa levamos. Portanto, a CARIDADE é o bem mais necessário. Nos hospitais, nos abrigos, no trato com o semelhante e em inúmeras oportunidades.

Sei que você tem esse amor dentro de si, expressado de várias formas que já tenho presenciado, Em abraçar as grandes causas, e é de tal arte que cumpre os desígnios de Jesus, quando disse que não saiba a tua mão direita o que faz a esquerda. Você não faz para se aumentar, mas faz por amor, por zêlo, por consideração à pessoa humana, a coisa mais importante desse mundo. São tão poucos os minutos que passamos juntos, que muitas vezes não temos tempo para falar sobre as coisas realmente importantes da vida. E ela vai passando e passam 10, 20 e 30 anos...

Mas resolvi parar um pouco essa vida maluca, agitada, para dizer aqui que pessoas boas assim como você, Jose Milton Arrais, como o Daniel Boris, como o Haroldo Ribeiro, como Carlos Eduardo Esmeraldo, Jair Rolim, Amilton Silva, Antonio Morais, a grande Mônica Araripe, Aglézio de Brito, Armando Rafael, Wilson Bernardo, Dr. Heládio, Otília, Claude Bloc, Ninha, Mamãe, Gabi, etc, a lista é grande e sempre falta alguém, são pessoas muito especiais. Desejo tudo de bom para vocês. Muita paz, muita saúde, muita prosperidade, e que todo mundo viva além dos 115 anos de idade de uma vida plena de tudo de bom que vocês têm proporcionado a outros irmãos aqui na terra, dos quais eu me incluo como daqueles que têm sido agraciados por essa CONSIDERAÇÃO. Posso viver e morrer e dizer aos céus que tive amigos de verdade.

Muito obrigado por tudo a todos vocês.

Dihelson Mendonça


Repórter da Rádio Tempo, Murilo Siqueira, “caça” prefeito Manoel Santana - Thiago Aguiar


NE - É caça com Ç ou ou ss ?

O jornalismo da Rádio Tempo FM se superou.

No jornal Supertempo, na tarde de hoje, o radialista Murilo Siqueira passou um “furo” de reportagem aos seus ouvintes. Ele afirmou em alto e bom som para quem quisesse e pudesse escutar que o prefeito de Juazeiro do Norte, Manoel Santana, foi cassado. Ou seja, cassado quer dizer que Santana foi afastado do mandato de prefeito de Juazeiro.E no seu lugar deveria assumir José Roberto Celestino.

Isso merece um comentário e uma advertência. No caso desses, onde se dá uma informação, na visão de integrantes do jornalismo da Tempo FM, que seria uma “bomba”, como está no twitter postado por Taciano Clécio, merecia mais zelo por parte dos repórteres. Ou seja, ao dar uma informação desse porte, já que não se trata de uma notícia qualquer, mas a cassação de um prefeito, o bom senso jornalístico aponta para um caminho, que é o de conferir a informação em todos os aspectos.

Verificar as fontes, ver quem está repassando a notícia, checar até com o próprio prefeito Manoel Santana, ou alguém do Gabinete ou a Procuradoria. Ninguém foi procurado pela reportagem da Tempo FM. O prefeito soube que foi cassado pela rádio e depois o twitter.

A notícia foi par ao ar, com status de bomba e final, como fato consumado. A notícia foi para o ar, inclusive com ilustrações e exemplos de outros prefeitos cassados. O repórter promoveu o prefeito de Juazeiro ao mesmo status de outros prefeitos cassados recentemente por corrupção.
A reportagem da Tempo não citou nenhum documento, ou fonte que tenha repassado a informação.

Mas algo chamou a atenção.

O repórter deu a notícia no mesmo instante (isso palavras dele) em que Carlos Macedo(ex-prefeito de Aurora que teve suas contas desaprovadas pelo TCM) e o vereador Roberto Sampaio(aquele do Bolsa Família) protocolavam na Câmara Municipal um pedido para que o presidente do legislativo de Juazeiro convocasse o vice-prefeito para assumir a prefeitura no lugar de Santana. O repórter disse que o prefeito Santana estava cassado baseada numa decisão de um juiz que anulou todas as liminares.

Ao final Taciano Clécio ainda pede para Murilo resumir tudo e ele repete:

1. Que o prefeito Santana está cassado;
2. Que o prefeito Santana iria recorrer(de quê mesmo, hein, caro repórter?)
3. Que seria convocada uma sessão de posse do Zeé Roberto Celestino;
4. Se o Zé de Amélia não quiser convocar o Gledson Bezerra convocaria o Zé Roberto;

A conclusão é óbvia.
Os arautos da moralidade aumentaram o time. Inclui agora gente da imprensa que também quer derrubar o prefeito Santana. Torcer contra um político é uma coisa, agir de forma golpista é outra. Vamos lá.

A QUESTÃO É QUE A HISTÓRIA REAL NÃO É BEM ASSIM!!!
VAMOS AGORA CONTAR O QUE REALMENTE ESTÁ ACONTECENDO.....
ENTENDA O QUE ACONTECEU.

Existe uma ação na época promovida pelo prefeito Manoel Santana no período da comissão processante formada por vereadores para sua cassação. Nessa ação Santana conseguiu uma medida liminar suspendendo a sessão. Depois a Câmara de vereadores através de um agravo de instrumento conseguiu revogar essa decisão liminar, ou seja, mantendo a continuidade da comissão processante . Aí os vereadores fizeram a sessão e cassaram o mandato do Dr. Santana, que consequentemente, à época, recorreu ao Tribunal de Justiça tendo o desembargador voltado atrás da decisão determinando que a comissão processante fosse extinta, haja visto, ter decorrido o prazo de tramitação. A comissão foi arquivada. Agora, um juiz de primeiro grau extinguiu a ação sem resolução de mérito. Na interpretação do PSB de Juazeiro, extinguindo a ação principal automaticamente os recursos perderiam o objeto e consequentemente a decisão do desembargador estaria revogada. Nesse caso, o presidente da Câmara Deveria declarar o cargo vago e convocar o vice-prefeito para assumir a prefeitura.

O presidente da Câmara analisou o requerimento do PSB e decidiu que na verdade não há razões para convocação do vice-prefeito porque não há vacância do cargo. A ação ao ter sido extinta em primeira instância a decisão do desembargador Ernani Barreira, presidente do tribunal, não perderia o objeto porque aquela decisão o desembargador adentrou no mérito O juiz não poderia extinguir a ação sem resolução de mérito por que no agravo regimental o TJ havia adentrado no mérito da questão. Essa é a interpretação. O prefeito é o Dr. Santana. Não existe nenhuma medida judicial que o afaste e não há razões para que a imprensa de forma equivocada faça outra interpretação. O juiz não determinou posse do vice-prefeito Não há decisão impondo cassação de alguém ou impondo posse do vice. Pelo contrário.

O processo está extinto e arquivado.

do BLOG DO JUAZEIRO - Thiago Aguiar

O CRATO HOJE - Novas edições de livros de Irineu Pinheiro e J. de Figueiredo Filho serão lançados hoje na URCA


Secretário de Cultura do Estado lançará reedição de livros clássicos na URCA

O Secretário de Cultura do Estado, Francisco Pinheiro, juntamente com a Reitora da Universidade Regional do Cariri (URCA), Professora Otonite Cortez, lançam em solenidade no Salão de Atos da URCA, hoje, dia 16, às 19 horas, a Reedição de Clássicos da História do Cariri de Irineu Pinheiro, J. de Figueiredo Filho e Floro Bartolomeu da Costa.

Com isso, o Cariri ganha uma seleção de obras. Sete livros do escritor cearense José Alves de Figueiredo Filho foram reeditados pela Secretaria da Cultura do Ceará, Universidade Regional do Cariri (URCA) e Edições UFC, na série Memória, da Coleção Nossa Cultura. Todas as obras, que estavam esgotadas, foram relançadas em edições de mil exemplares cada, sem fins financeiros, que serão distribuídas pela URCA.

Foram reeditados os livros: "Engenhos de Rapadura do Cariri", "Folguedos Infantis do Cariri", os quatro volumes da "História do Cariri" e "Cidade do Crato" (com Irineu Pinheiro). Os sete livros de J. de Figueiredo Filho foram publicados como parte de 10 títulos que enfocam a história e os costumes do Cariri. Os engenhos de rapadura tornaram-se um símbolo da região que nasceu e cresceu na sombra da agroindústria da rapadura.

De Irineu Pinheiro, a série inclui dois livros: "Efemérides do Cariri" e "O Cariri: seu descobrimento, povoamento, costumes". De Floro Bartolomeu da Costa, foi publicado o livro "Juazeiro do Padre Cícero", que reproduz o célebre discurso do deputado pronunciado na Câmara Federal, em 1923, em defesa da Meca do Cariri e do seu líder político e religioso, Padre Cícero Romão Batista.

Fonte: URCA

Marcus Caffé no show Música Brasileira - Evaldo Gouveia


Depois de ser figura central da homenagem do Carnaval de Fortaleza, o compositor cearense Evaldo Gouveia, ganha tributo do cantor Marcus Caffé no show Música Brasileira - Evaldo Gouveia. Dono de um cancioneiro com mais de mil títulos, sendo boa parte deles em parceria com Jair Amorim, o cantor e compositor cearense Evaldo Gouveia tornou-se um clássico e sua música pertence a todos os tempos e perpassa gerações. Gravado e incensado por um time estelar de intérpretes, como Nelson Gonçalves, Altemar Dutra, Dalva de Oliveira, Maysa e Cauby Peixoto, entre tantos outros; Evaldo agora é revisto e reinventado através das vozes de cantores e compositores contemporâneos, como o já consagrado interprete cearense Marcus Caffé.

Blog Cultura no Cariri

Mulher mata marido após ser impedida de ir à festa no RJ


NE - Êta mulher festeira...

Ariane Alves Ferreira, 24 anos, foi presa hoje poucas horas após ter assassinado o companheiro a facadas no bairro de Santa Rosa, em Niterói (RJ). De acordo com os policiais, Ariane matou o companheiro com uma faca de cozinha porque o marido não permitiu que ela fosse a uma festa. O crime ocorreu dentro da residência do casal na madrugada de hoje. Após assassinar a vítima, Ariane ligou para a Polícia Militar (PM) e foi levada pelos policiais até a delegacia. Ela foi indiciada por homicídio qualificado por motivo fútil e teve a prisão temporária decretada.

Agência Estado

POPULISMO E CORRUPÇÃO - LEIA COM ATENÇÃO!!!


A corrupção, tema predominante na política brasileira nos tempos recentes, é um fenômeno mundial e para o ex-deputado e advogado Marcelo Cerqueira nosso país não poderia ser exceção “num mundo aonde vicejam democracias de massa, em número maior do que em qualquer outro tempo”.

Ao mesmo tempo, ressalta, a natureza ampliada e avassaladora do capital financeiro, com seus ciclos curtos, a crise como normalidade, a ameaça recessiva, a especulação, “favorece uma espécie de fusão promíscua entre política/administração/justiça e negócios/mercado”.

Em crescente número de casos, diz Cerqueira, “a fusão quadros de Estado/executivos financeiros/grande imprensa é algo que não ocorrera dantes de forma tão pronunciada e tão generalizada –o que se passa nos Estados Unidos? E na Itália? E no Reino Unido neste exato momento?”.

Na análise de Marcelo Cerqueira, nas democracias de massa, “as diferenças partidárias se esvaeceram porque a esquerda se fragilizou ou se tornou muito similar ao centro liberal, quando não à direita conservadora”.

Como resultado, a classe política se tornou mais homogênea, executando programas similares, enquanto os partidos se combatem apenas em torno do tema da corrupção.

“Nas democracias de massa modernas é a contraposição de partidos diversos em orientação, com seu papel fiscalizador na oposição, que ajudaria a conter o potencial de corrupção dos governos”.

A democracia de massas sempre funciona com base em máquinas políticas, diz Cerqueira citando Weber, e, na ausência de contraditório partidário, degenera em plutocracia.

Também o historiador da USP Boris Fausto, na análise da situação atual em que a ética parece ter sido ultrapassada como prioridade de cidadania pelo consumismo exacerbado, dá relevância às circunstâncias históricas do desenvolvimento do país, como o crescimento avassalador do capitalismo de Estado, fazendo surgir uma nova classe dirigente que mistura o poder sindicalista emergente, dominando os fundos de pensão das estatais, e as megaempresas multinacionais.

E a consequente possibilidade de ganhar muito dinheiro também com a prevalência, a exemplo do que ocorre no mundo globalizado, do sistema financeiro.

Mas Bóris Fausto rejeita a idéia de que pessoas mais preparadas cultural e educacionalmente estariam menos sujeitas à corrupção, o que pode resvalar para o elitismo, e temos exemplos diários de pessoas bem colocadas na pirâmide social envolvidas em escândalos.

O que ele ressalta é que numa democracia de massas como a nossa, o apoio das pessoas pobres ao governo está muito ligada aos benefícios materiais, e a questão da corrupção é quase sempre secundário.

“As pessoas necessitadas não podem se dar ao luxo de rejeitar um esquema político por que é populista ou corrupto. O que me importa se os homens lá estão fazendo isso ou aquilo se agora eu estou andando de avião?”, seria o comportamento médio.

O cientista político Bolivar Lamounier, no livro Difícil Democracia, da coleção Estado da Democracia na América Latina, uma iniciativa do projeto Plataforma Democrática, que o iFHC conduz em parceria com o Centro Edelstein de Pesquisas Sociais, chama a atenção para a possibilidade que as tensões da democracia permitem de surgimento do populismo, do clientelismo, da corrupção e, “não raro, movimentos ou partidos ideologicamente ambíguos a respeito das regras democráticas de representação política”.

Um traço fundamental do período pós-transição, para Lamounier, é uma reconfiguração do espectro político-ideológico, “apontando para uma atrofia talvez prolongada do centro liberal e a conseqüente hipertrofia de setores populistas, picaretas e carbonários”.

Na análise de Bolivar Lamounier, findos os regimes militares e restabelecida a democracia, os políticos por “vocação” rarearam, sendo o seu espaço ocupado por aqueles que vivem “da” e não “para” a política.

“Concomitante à debilitação do centro, o afundamento do marxismo e do que restava das ideologias de extrema-direita deixou o campo aberto para um recrudescimento do populismo, um aumento à primeira vista surpreendente do clientelismo (e da corrupção), e o surgimento de um ator novo — a esquerda carbonária”.

Definindo o populismo como “uma forma de liderança que recorre à demagogia para obscurecer interesses de classe, amortecendo (mas às vezes exacerbando) reivindicações populares”, Lamounier diz que esses líderes, manipulando categorias genéricas como “o povo”, “os pobres” ou “a nação”, tentam obscurecer ou retardar o amadurecimento da consciência de classe.

Para ele, o espaço de manobra do líder populista “varia no sentido inverso da complexidade econômica e social”, ou seja, o avanço do processo de modernização “suscitará mecanismos autocorretivos, mercê dos quais o populismo tornar-se-á inviável ou inofensivo”.

Ele chama a atenção para “uma hipótese nova, que merece exame”, a de que a sofisticação dos mecanismos políticos e do mercado financeiro no Brasil — em contraste, por exemplo, com a Venezuela —, tem funcionado com eficácia no sentido de inibir o populismo.

“Ao pressentir propensões populistas no governo, o mercado financeiro precifica on-line os impactos que delas possam advir, configurando-se dessa forma um movimento preventivo que é ao mesmo tempo uma contínua pressão (antipopulista) no sentido da racionalidade econômica”.

Mas Lamounier ressalva que é preciso lembrar que “lideranças populistas podem vicejar mesmo em estágio avançado de modernização”, pois a idéia de modernização implica heterogeneidade, “um longo período histórico em que o moderno convive com o arcaico, a riqueza com a miséria etc.

Em tais condições, grandes agregados sociais pobres, porém mobilizados, continuam a funcionar como estufas de populismo”.

Merval Pereira, O Globo - Blog do Noblat - O Democrato


Dilma veta dispositivo que dava ganhos reais para aposentados



ÁREAS PRIORITÁRIAS DE CORTE

Dilma veta artigo que protegia emendas parlamentares e áreas prioritárias de corte

Num momento em que a base aliada está em rebelião pela falta de liberação de emendas parlamentares, a presidente Dilma Rousseff vetou, na Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2012 (LDO), artigo que tentava proteger as emendas de cortes futuros. Dilma vetou o artigo 68, que criava uma espécie de reserva para o pagamento das emendas. O texto previa que uma reserva de cerca de R$ 6 bilhões (1% da receita corrente líquida) para custear emendas. O artigo ainda estabelecia que estariam protegidas de cortes verbas para áreas como combate ao crack; Ciência e Tecnologia; e Embrapa.

Além disso, Dilma vetou artigo que pretendia forçar o governo a pagar os chamados restos a pagar (que são pagamentos sobretudo de emendas parlamentares que ficaram de um ano para o outro). Seria criada uma reserva para pagamento de, pelo menos, 10% do estoque de restos a pagar relativos a convênios e contratos de repasse de verbas federais para obras e programas.

"A exclusão de quaisquer dotações orçamentárias da base contingenciável dificulta o gerenciamento das finanças públicas, especialmente o alcance da meta de resultado primário", justificou o governo. A destinação prévia da reserva de dez por cento da programação financeira ao pagamento de Restos a Pagar (RAPs) poderá prejudicar órgãos com poucos RAPs", diz o governo.

O relator da LDO, deputado Márcio Reinaldo (PP-MG), disse que o governo retirou todas as inovações incluídas pelo Congresso.

- Quem manda é o Tesouro e a presidente. Toda a flexibilidade que poderia se abrir, eles fecharam. É um sinal de como virão as coisas; será um Orçamento monocrático - disse Márcio Reinaldo.

Agência O Globo

CGU escolhe Jaguaribe e mais quatro municípios cearenses a serem fiscalizados


O cerco se fecha...

A Controladoria-Geral da União (CGU) sorteou, nesta segunda-feira (15), em Brasília, os 60 municípios incluídos na 34ª edição do Programa de Fiscalização a partir de Sorteios Públicos.

Além deles, outros 24 municípios também foram sorteados por conta da 13ª edição do Programa de Fortalecimento da Gestão Pública – criado em 2006 – com o objetivo de promover em cidades com até 50 mil habitantes, a boa e regular aplicação e prestação de contas dos recursos públicos, por meio da capacitação dos agentes municipais.

FISCALIZAÇÃO - No Ceará, foi escolhido, na região, o município de Jaguaribe (34.409), além de Itapajé (48.350), Iracema (13.722) e Boa Viagem (52.498).

Para os municípios com menos de 50 mil habitantes, a fiscalização vai abranger os recursos repassados pela União para a execução descentralizada de programas federais na área social (Saúde, Educação e Desenvolvimento Social), bem como em denúncias e representações enviadas à CGU relativas aos municípios sorteados.

No caso dos municípios com mais de 50 mil habitantes os recursos fiscalizados serão os das áreas de Educação e Desenvolvimento Social, áreas também definidas hoje por sorteio. As capitais e os municípios com mais de 500 mil habitantes não participam do sorteio.

O sorteio realizado, no auditório da Caixa Econômica Federal, por meio dos mesmos equipamentos empregados nas extrações das loterias federais, contou com a presença de Secretário Federal de Controle, da CGU, Valdir Agapito, e do Secretário de Prevenção da Corrupção e Informações Estratégicas, da CGU, Mário Vinicius Spinelli.

CAPACITAÇÃO - Dentre os outros 24 municípios brasileiros que também foram sorteados por conta da 13ª edição do Programa de Fortalecimento da Gestão Pública, no Ceará foi escolhido Pentecoste (35.400).

Cada estado teve um município sorteado, exceto Acre, Amapá e Roraima, cujos municípios concorreram conjuntamente para a escolha daquele que receberá a ação de capacitação. A relação dos 1.177 municípios inscritos na 13ª Edição foi publicada no Diário Oficial da União da última quinta-feira (11).

Fonte: Com informações da Assessoria de Comunicação Social da CGU ( Yuri Guedes )


Cid inaugura santuário de Nossa Senhora de Fátima em Ipueiras


Foi com a praça lotada que o governador Cid Gomes inaugurou na noite do último sábado (13) a o Praça e o Santuário de Nossa Senhora de Fátima, na Comunidade Nova Fátima, em Ipueiras, na Chapada da Ibiapaba. "A maior satisfação que podemos ter como homem público, é poder realmente fazer algo pelo povo”, disse o Governador durante a solenidade. Cid entregou o monumento, a praça e os entornos urbanizados à população da região. “Além de concretizar uma promessa que havia feito em 2008, posso assegurar que este equipamento irá fomentar a religiosidade da população e atrair o turismo religioso na região", afirmou o Governador.

Acompanhado do prefeito de Ipueiras, Nenem do Cazuza; do secretário das Cidades, Camilo Santana, e do Bispo de Crateús,Dom Jacinto Brito, que realizou ato ecumênico em bênçãos à imagem de Nossa Senhora de Fátima. A imagem inaugurada mede 13,5 metros de altura, sob uma base de 5,2 metros de altura, que abriga um santuário com capela de 106 metros quadrados. Foram investidos na construção R$ 575.067,37, sendo R$ 500 mil do Governo do Estado e o restante contrapartida da Prefeitura de Ipueiras.

Durante a inauguração, o governador Cid Gomes assinou a ordem de serviço para a construção da Barragem do Açude Jatobá, uma agrovila e a adutora de Ipueiras. O investimento é de R$ 28,1 milhões financiados pelo Banco Mundial. A Barragem terá capacidade para armazenar 600 milhões de metros cúbicos de água e será alimentada pelo Açude Jatobá, da Bacia o Acaraú e beneficiará 38 mil habitantes de Ipueiras.


A parede máxima do açude será de 22 metros e sua extensão será de 762,15 metros, com largura de seis metros. O reservatório alimentará o município de Ioueiras e funcionará como fonte de recursos hídricos para irrigação. A obra também estimulará o desenvolvimento da piscicultura e criar uma nova área de lazer para a cidade, convertendo-se em um polo de desenvolvimento regional.

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado


Garoto de 10 anos morre em roleta-russa


O menino C.L.A.C., de 10 anos, morreu baleado domingo à noite em Vespasiano, região metropolitana de Belo Horizonte, ao brincar de roleta-russa com outros três menores em uma rua da cidade. A polícia procura agora Pablo Flávio de Souza, de 18 anos, que seria o dono da arma. Dois jovens, de 14 e 15 anos, que participavam da roleta-russa foram apreendidos pelos policiais. Segundo os jovens, um dos adolescentes teria ajudado um colega de 8 anos a atirar contra C., que levou um tiro no rosto. Ele chegou a ser socorrido.

Fonte: O Estado de S.Paulo

A roubalheira que tomou conta do país (postado por Armando Rafael)


A casa de Wagner Rossi, em Ribeirão Preto: propriedade avaliada em 9 milhões de reais





Escândalo no Ministério da Agricultura: Wagner Rossi, o colecionador de problemas
(Fonte: revista VEJA)
Em 30 anos de política, o ministro da Agricultura deixou um rastro de histórias esquisitas por onde passou

O ministro Wagner Rossi, da Agricultura, gastou a semana passada tentando convencer a presidente Dilma Rousseff e o Brasil inteiro de que não tinha ligações com as interferências do lobista Júlio Fróes nos negócios da pasta que comanda, como havia sido revelado por VEJA. Apesar da demissão de Milton Ortolan, segundo na hierarquia e seu braço direito há 25 anos, e das provas de que Fróes tinha sala dentro da Comissão de Licitações da Agricultura, Rossi posava de marido traído.

Chamado ao Congresso para dar explicações, disse que Ortolan era ingênuo, e que ele, como ministro, não podia controlar a portaria do ministério para impedir a entrada de Fróes. Sobreviveu uma semana, mas vai precisar de muito mais do que frases de efeito se quiser continuar na cadeira de ministro.

Amigo há 50 anos e leal servidor do vice-presidente Michel Temer, Wagner Rossi entrou para a política em 1982, quando concorreu pela primeira-vez a deputado federal. Até então, levava uma vida modesta de professor universitário. Morava em uma casa de classe média em Ribeirão Preto, tinha uma Kombi, uma Belina e um Fusca Laranja, com o qual fez a campanha. “Ele não tinha dinheiro nem para bancar os santinhos”, lembra João Gilberto Sampaio, ex-prefeito de Ribeirão Preto. Depois de dois mandatos como deputado estadual, dois como deputado federal, a presidência da Codesp, da Conab e dois anos como ministro (funções cujo salário máximo é de 26 mil reais), sua ascensão patrimonial impressiona.

O homem do fusca laranja e sua família são, hoje, proprietários de empresas, emissoras de rádios, casas e fazendas. Wagner Rossi mora numa das casas mais espetaculares de Ribeirão Preto, no alto de uma colina, cercada por um bosque luxuriante, numa área de 400 mil metros quadrados. Adquirida em 1996, quando ele era deputado, a mansão é avaliada hoje em 9 milhões de reais. Tudo, nas palavras do ministro, conquistado com o esforço de 50 anos de trabalho e uma herança recebida.

Blog do Crato em Primeira Mão: Museu do Crato terá Ar Condicionado, Iluminação apropriada para as obras e outras novidades

Museu de Arte Vicente leite - Crato - CE

O Museu do Crato ( Casa de Câmara e Cadeia ) terá Ar condicionado, nova instalação elétrica, iluminação adequada para as obras de arte, segurança contra incêndios, câmeras de segurança, elevador e rampas.

O vereador George Macário chegou ontem de Fortaleza, e nos trouxe a notícia que o Blog do Crato publica em primeira mão:

O COPAHC/ SECULTCE - aprovou o projeto técnico da obra da Casa de Câmara e Cadeia do Crato - O MUSEU DO CRATO. SINAL VERDE! Orçamento de 290 mil reais, que será por conta do Município, garantidos pelo Prefeito samuel Araripe. Que terá: Ar. cond. novas inst. elétr. Hidra. Iluminação adequada, seg. incêndio e roubo (Câmeras), elevador para cadeirante e rampas móveis... Tudo que um museu de um bom padrão possa ter.

Com informações de George Macário
Vereador - Artista Plástico - Advogado.
Blog do Crato - O Crato na Internet há 6 anos - www.blogdocrato.com

Blog do Crato - A Eterna busca de Patrocinadores e Doadores numa Sociedade Miserável - Por: Dihelson Mendonça



Blog do Crato - Rumo à Profissionalização

Por 6 anos o Blog do Crato tem levado as informações da cidade do Crato para nossos conterrâneos que estão em outras terras. Por 6 anos tenho trabalhado incansavelmente, de 6 a 8 horas por dia, cobrindo eventos, trazendo a informação, buscando notícias, diagramando, planejando novas formas de divulgar a nossa cidade, junto com nossos escritores, porque acreditamos que isso é um serviço à comunidade e não ganhamos nada por isso. E é sobre isso que quero falar neste pequeno texto. Temos procurado aperfeiçoar nossos sistemas, formando um imenso acervo de informações acerca do Crato e do Cariri.

Atualmente, nosso sistema é composto de:

- Blog do Crato
- Portal Chapada do Araripe
- Rádio Chapada do Araripe
- Bate-papo do Ceará
- Rede Blogs do Ceará
- Portal do Jazz
- Programas de Rádio

E uma grande quantidade de Blogs de pessoas da região que damos assistência e estão interligados à Rede Chapada do Araripe Internet.

Como se mantém esses sistemas ?

Ao longo desses 6 anos pudemos contar com a pouca, porém valiosa contribuição de poucas pessoas que reconhecem a utilidade pública do Blog do Crato, tais como: Carlos Eduardo Esmeraldo, Jair Rolim, Mônica Araripe, Valdemir Correia de Sousa, e até 2010 com José Milton Arraes e Zé Flávio Vieira, e umas poucas empresas que pela troca de serviços ( sem dinheiro ) tem de qualquer forma nos ajudado como Amilton Som e o Mercadinho Matos. Convenhamos que É MUITO POUCO comparado à estrutura.

Isso tem me causado prejuízos todo mês, e há 6 anos operamos no VERMELHO, porque nossas contas de manutenção são sempre mais altas do que os patrocínios, com a necessidade de pagar por servidores mensais para manter a Rádio, o Portal Chapada do Araripe, comprar programas, vários computadores ligados 24 horas, energia elétrica especial, acesso Velox, peças de reposição, etc. Precisaríamos hoje de um edifício para caber todos os nossos sistemas ( atualmente com Estúdio de Áudio, Estúdio de Vídeo, Sala especial de Fotografia, Central de Computação e Impressão gráfica ).

Sendo que a tendência das despesas é aumentar ainda mais com o crescimento, estamos sempre buscando patrocinadores e doadores para o Blog do Crato. Passei muito tempo acreditando na benevolência das pessoas e pude constatar que quem mais dinheiro tem, são os mais pão-duros na hora de apoiar uma boa causa. Quando eu saí do meu último trabalho há 2 meses para me dedicar inteiramente à manutenção e ao crescimento desses sistemas, eu sabia que iria enfrentar dificuldades, porque os comerciantes do Crato, em geral, são burros demais quando se trata de publicidade. Eles ainda estão na idade média, não compreenderam que publicidade é um investimento para a empresa e não um prejuízo. São poucas as pessoas no Cariri que têm essa visão de empreendimento.

Em compensação, enquanto passamos por dificuldades, temos certeza de que se tivéssemos seguido desde o início o que fazem os nossos concorrentes trabalhando por dinheiro ( o que não é nosso caso ) estaríamos bem hoje. Ninguém faz nada de graça, ou por prazer. Apenas nós ??? Tem site de internet do Cariri por exemplo, recebendo 2.000 reais do governo do Estado do Ceará apenas para publicar umas notinhas diárias, que aqui publicamos de graça. Tem site do Cariri que recebe dinheiro de deputados, que são patrocinadores. Aqui não fazemos isso. Em compensação, estamos nesse problema. Eu sempre imaginei que se fecharmos contrato com algum deputado, iríamos ficar de mãos atadas com ele, sem possibilidade de publicar o que queremos. Consequentemente, manter a liberdade custa caro. Manter uma independencia de poder falar o que quer e quando quer, exige que não sejamos patrocinados por facções políticas. Mas para manter isso exigiria uma conscientização das pessoas de que cada cidadão, mesmo pouco, poderia contribuir para manter os sites. Como não existe isso, meus amigos, temos que seguir o mesmo caminho dos outros concorrentes, se quisermos sobreviver.

Então, quero dizer que a nossa tendência será cada vez mais nos profissionalizarmos como um Jornal ou uma Revista PROFISSIONAL, a exemplo de muitas como o Diário do Nordeste, O Povo, O Regional, Jornal do Cariri, etc, onde temos todo mês as Despesas, temos as Receitas e temos o Lucro, e esse lucro será usado de diversas formas, para garantir o investimento e a ampliação da nossa estrutura. Estamos rumando a uma empresa e com uma contabilidade. E assim como num Jornal ou Revista não publica quem quer, mas há toda uma estutura editorial, assim serão nossos sistemas. Os autores que estão conosco permanecerão conosco, se quiserem. Temos prazer imenso de publicar os artigos de homens dignos como o Prof. Armando Rafael, Emerson Monteiro, Carlos Eduardo Esmeraldo, Magali, Valdemir Correia, e todos os outros que estão conosco e querem o bem do Crato. Seremos publicadores de artigos a exemplo de A PROVÍNCIA e JORNAL DO CARIRI, onde os autores enviam artigos para publicação.

A única coisa que vai mudar é que eu vou finalmente deixar de acreditar que um dia irão aparecer fadas madrinhas, pessoas "boazinhas" que irão achar que aquilo que eu mantenho no dia-a-dia com até 8 horas de trabalho tem algum valor para o Crato, e merece ser patrocinado. Isso são raras pessoas que fazem. A maioria passa, olha, acha bom, mas quando se fala a palavra PATROCÍNIO eles saem de perto. Altruísmo demais não leva ninguém a lugar algum. Para falar a verdade, estou aqui pior do que quando comecei esse empreendimento, inclusive agora com problemas de saúde pela idade, de visão por horas, meses, dias e anos mantendo esse espaço a troco de nada. Às vezes penso que é tudo em vão. As pessoas não valorizam como deveria ser. Talvez os outros sites é que estejam certos: Eles desde o início entenderam que a única coisa que vale alguma coisa neste mundo moderno, é o Dinheiro, afinal de contas, tudo o que é de graça, é caro demais!

Vamos continuar buscando patrocinadores para o Blog do Crato. Temos hoje a maior estrutura do Cariri, temos a maior visitação da internet do Cariri. Temos tudo para manter este espaço, crescendo com o patrocínio daqueles que acreditam que divulgar a nossa cidade e o Cariri para o mundo da melhor forma possível ainda tem o seu valor.

Dihelson Mendonça



Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30