xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 03/06/2011 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

03 junho 2011

É SIMPLES - Empresário explica como apurar se PALOCCI agiu de forma Fraudulenta


NE - Muito interessante, este texto, que recebi via e-mail e repasso para vocês sobre o caso Palocci:

Prezado Amadeu,

Como você sabe, tenho uma pequena firma que me sustentou 22 anos.

Ao longo deste tempo, aprendi alguma coisa referente à legislação fiscal e tributária, conhecimento este que repasso aos colegas, pois talvez sirva para ajudar a abrir a caixa preta do Dr. Palocci.(Ação civil pública ? - Ministério Público Federal):

1 - Nenhuma firma existe sem o respectivo CNPJ. (Equivalente ao CPF da pessoa física)

2 - Se é uma firma de consultoria, tem que ter registro na prefeitura, pararecolhimento do ISS. Não há como fugir disto.

3 - Se o Dr. Palloci faturou horrores, ele tem que ter emitido NF, pois de outra forma é muito pior.Incorreu em crime federal, trabalhando sem NF.

4 - A soma das NF extraidas em 1 mês, resultam no faturamento mensal, que servirá de base para o cálculo do PIS e COFFINs.

5 - A Prefeitura tem a cópia da totalidade das NF extraidas.

6 - O pagamento do IR atualmente é em avanço, com base nas NF extraidas no mês.

7 - Portanto, qualquer Auditor Fiscal da Receita Federal tem autoridade para se dirigir a firma do Dr. palloci e lavrar um auto, comunicando que a firma será auditada a partir do dia X, devendo estar a disposição os livros fiscais x,y,z, etc.

8 - Pronto ! em 72 horas tornar-se-a clara a situação da firma do Dr.Palloci. (Quel é mesmo o nome da firma ?) Vamos saber quais são os clientes, (NF) o serviço prestado, (NF) o valor cobrado.

9 - Se a firma do Dr Palloci não for uma firma individual, ele tem que ter pelo menos 2 sócios.

10 - Estes sócios declaram IR de pessoa física. Com o faturamento cavalar do Dr. Palloci, vale a pena consultar as declarações de renda das PF´s, socios do Dr. Palloci.

11 - As informações das PF´s e da PJ tem que ser coerentes, ou então, todos estão incorrendo em sonegação. (Crime Fiscal).

12 - A compra da sala, é considerada como variação patrimonial positiva e tem que recolher imposto, ou então estará configurada mais uma sonegação.

13 - Se um engenheiro caipira do interior sabe destas coisas, claro que os cérebros iluminados de Brasilia sabem muito mais. Só não apuram porque não querem.

Abçs.

João
( recebido via E-mail )

Profissão Barbeiro:Cabeça Raspada e os Pesqueiros Nos Faziam Chorar-Wilson Bernardo.

Quem nunca chorou pra ir a escola,com medo de levar pesqueiro dos colegas,tempo de recordações e talvez o fim de um profissão,engolida pelos salões de beleza coletivos e preços popularizados.Mas a velha cadeira de barbeiro,aquela que deita e você dorme uma eternidade tirando a barba e um velho cochilo cortando os cabelos,talvez esteja prestes a ser apenas uma fotografia.Em Crato velhos barbeiros ainda resistem a velocidade do capital eletromodernizado,ainda temos seu Zé barbeiro e a tradição de velhos amigos no calçadão do Crato,seu Pinto no beco da Siqueira Campos,Rua da  Saudade,enfrente a Prefeitura e uns mais dois  resistindo ao tempo. Quem viveu verá,quem não sinta o prazer da maquina raspadeira em seu casco cabeludo de saudosismos.
Seu Zé Barbeiro no Salão do Calçadão,seu Zé é pai da cordelista Josenir Lacerda
O velho corte de tempos remotos mais saudoso de satisfações
Wilson Bernardo(Texto & Fotografia)

Som da EXPROAF na Sexta-Feira perturbou moradores da Vilalta, Seminário e outros bairros, mesmo há vários quilômetros de distância !


O.B.S - Hoje, dia 04, "parece" que as autoridades resolveram tomar uma providência, depois de tantas reclamações, pois nesta madrugada, da Vilalta e do Bairro Seminário o som que vinha da EXPROAF não atrapalhou de forma alguma quem resolveu dormir na cidade. Parabéns às autoridades.

Trabalhadores do Crato não têm mais direito de dormir em Paz ?

Hoje ( sexta ), mais uma vez, os moradores dos bairros Vilalta, Seminário e outros, não puderam dormir em sossêgo. Novamente, o eterno problema de som alto no parque de exposições, com o início ( é apenas o início ) da Exproaf.

Parece mesmo que eu me tornarei adepto de que este parque já não deve mais funcionar no local aonde se encontra, porque controle urbano no Crato muitas vezes parece existir apenas no papel ( Dr. Nivaldo cadê você ? ). Quantas vezes já reclamamos de som alto naquele local, e todo ano é a mesma coisa, e ninguém consegue solucionar o problema ? O que é que falta ?

Durante a madrugada desta sexta-feira, dia 03 de junho, um som altíssimo provindo do parque de exposições por ocasião da abertura da EXPROAF, perturbou o sono de muita gente em Crato. Moradores da Vilalta, do Bairro Seminário e até do centro da cidade protestaram. Este repórter não consegue acreditar que um volume de 70 ou 80 decibéis, que seria o permitido para o local e horário, possa atravessar a cidade inteira e chegar até localidades a quilômetros de distância. É mais óbvio que o som é alto mesmo e não há controle ALGUM por parte dos órgãos, que deveriam ser mais competentes, fiscalizando os eventos, mas ao que parece, usam a cadeira que o cargo lhes confere apenas para "esquentar o simbolismo", sem defenderem as leis, e sem trabalharem pelo bem-estar da população. O ser humano possui direitos e garantias inalienáveis, como o direito ao repouso, o direito de não ser molestado dentro dos seus próprios lares. Infelizmente não é isso que acontece quando dos eventos naquele parque de exposições.

Isso é uma tremenda irresponsabilidade; Uma profunda falta de respeito para com os trabalhadores e trabalhadoras cratenses que precisam dormir para acordar cedo, sem estarem sujeitos a esses "desordeiros" ( qualquer pessoa que perturba a órdem pública é desordeiro - Vai contra a órdem e as LEIS ), que perturbam as madrugadas cratenses no parque de exposições. Porque nada há que justifique um som daquela magnitude se prolongando até as altas horas da madrugada.

Solicito à população que proteste e reclame por seus direitos; Que telefonem para o Programa Antonio Vicelmo na Rádio Educadora do Cariri, tel: 3523-2705 ou se utilizem de outros meios. Isso é mais um absurdo do Crato !

RECLAME AO VICELMO: Tel: 3523-2705
( Rádio Educadora do Cariri )

LEI EXISTE PARA SER CUMPRIDA, NÃO PARA SER DESRESPEITADA

Dihelson Mendonça

O Pensamento do Dia - Quando começará o Governo Dilma ? - Ranieri Almeida


"...Sobre o governo Dilma eu não posso dizer nada, nem a favor e nem contra. Como todo Brasileiro que se preza, estou esperando que ele comece, e olha que já estamos no meio do primeiro ano. Até agora, não vi nada..."

Ranieri Almeida
( recebido via e-mail )

VOCÊ SABIA ? - Hitler foi indicado ao prêmio Nobel da Paz em 1938 ?


Poucas pessoas sabem que um dos homens mais temidos, e porque não dizer, odiado de todos os tempos, Adolf Hitler recebeu em 1938 uma indicação ao premio Nobel da paz, isto mesmo, vocês não estão lendo errado. Foi também alegado que a autora de origem judaica Gertrude Stein defendeu nesse ano a entrega do Prémio Nobel da Paz a Hitler.

Vale ressaltar que dois meses depois de sua indicação, ela foi completamente descartada, e que se houvesse ocorrido, seria o maior paradoxo da história moderna. Como se não fosse o suficiente, no ano seguinte o Führer recebeu de uma das revistas mais importantes, a revista TIMES a distinção de ser o homem do ano.

Fonte: Site Espirais do Tempo

CRATO MELHOROU ARRECADAÇÃO EM 2011 EM RELAÇÃO A 2010


O supervisor do núcleo de arrecadação da prefeitura do Crato, Francisco Jaime Leite Barros disse que o novo código tributário do município vem melhorando a arrecadação tributária municipal sem promover alterações nos valores e nem no sistema de cobrança de alíquotas como o Imposto Predial Territorial Urbano IPTU, Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza ISSQN, Taxa de Licença para Veiculação de Publicidade TLVP e Taxa de Registro de Inspeção Sanitária TRIS. Com o novo código a arrecadação está bem melhor e oferecendo facilidades ao contribuinte em ter condições de manter suas obrigações tributárias em dia com o erário municipal e assim, a prefeitura, aos poucos eliminar com o fantasma da inadimplência, disse Jaime.

De janeiro a dezembro de 2010 a prefeitura do Crato teve uma arrecadação de 6 milhões 491 mil 120 reais e 68 centavos, sendo em divida ativa não tributaria 11 mil 198 reais e 3 centavos, divida ativa tributária 648 mil 287 reais e 69 centavos, IPTU a arrecadação do período foi de 756 mil 220 reais e 69 centavos, ISSQN a arrecadação foi de 3 milhões 955 mil 219 reais e 87 centavos, ITBI o montante arrecadado foi de 663 mil 975 reais e 90 centavos e outras taxas o valor recebido foi de 456 mil 217 reais e 50 centavos.

Neste ano de 2011 o nível de arrecadação em comparação a 2010 vem sendo mantido. De janeiro a março o valor já arrecadado com os mesmos tributos, com exceção do IPTU que ainda não foi tributado, já chega a Hum milhão 551 mil 694 reais e 89 centavos. A expectativa é a de que, neste ano de 2011 a arrecadação própria da prefeitura tenha um aumento significativo graças ao trabalho de ajustamento feito pelos técnicos e contadores do município.

Por: Wilson Rodrigues - Repórter - Colaborador
Blog do Crato e Chapada do Araripe Internet

Secretaria de Saúde premia alunos participantes do II Festival de Paródias contra a dengue


A
Secretaria de Saúde do Crato realizou, na tarde de ontem, a entrega de prêmios do II Festival de Paródias. Esse ano o tema escolhido foi “A Cultura do Lúdico na Prevenção da Dengue, direcionado às escolas”. O festival, que lotou o Teatro Salviano Arraes Saraiva, foi realizado por meio de uma pré-seleção de alunos das escolas participantes, onde as músicas classificadas foram apresentadas pelos seus autores e logo após foram eleitas as três melhores.

Ao todo, 15 escolas cratenses participaram animadamente do evento e dentre elas foram escolhidos o 1º. 2º. e 3º. lugares. A aluna Cinthia Raquel da Escola Juvêncio Barreto ficou em primeiro lugar e recebeu um computador completo. O representante da Escola Fonte da Sabedoria, Abel Felipe, ficou com o segundo lugar e recebeu uma máquina fotográfica digital. Já o terceiro lugar ficou com o estudante Marcos Vinicius, que representou o colégio Pequeno Príncipe. Sua premiação foi um celular dual chip.

O Secretário de Saúde do Crato, Cícero França, agradeceu o empenho das escolas participantes, ressaltou a parceria com o Secretário de Educação, Valentim Dantas, e o apoio incondicional do Prefeito Samuel Araripe a projetos como esse. Cícero França aproveitou ainda para lembrar que em breve o Governo do Crato distribuirá cartilhas educativas de combate a dengue nas escolas do município.

A coordenadora da Mobilização Social da Secretaria de Saúde do Crato, Luciana Callou, reafirmou o compromisso de toda a equipe em estar desenvolvendo ações constantes no combate a dengue e a outras doenças como oficinas, capacitações, caminhadas educativas, visitas domiciliares para que junto com a população possam preservar a saúde e a qualidade de vida de todos. O Festival de Paródias contra a dengue não só potencializa a criatividade dos estudantes cratenses, mas também ajuda a conscientizar a comunidade a respeito dos problemas, alertando para as soluções e mostrando que com educação, união e força de vontade todos saem ganhando.

Fonte: PMC

Atualizar a Paz - Por Emerson Monteiro


Nada mais fora de moda que pensar em guerra, agressão e tristeza. Andar nas calçadas sujas sem os horizontes da tranquilidade. Seguir as burrices dos traçados obscuros. Pisar as flores, invés de olhar por onde pisa. De cabeça nas nuvens, sair machucando o coração dos pedestres no leito das estradas. Chegar onde, visar o quê, em que direção sonhar, quando o mundo gira bonito no espaço? Os pássaros cantam nas campinas. Meninos brincam leves e soltos nos jardins.

Falar mal por quê? Para, esquecidos das oportunidades boas, rodar a roleta da sorte e perder toda vez, no final de todas as batalhas. Fama de mau e chegar de olhos vesgos nas portas dos presídios. Andar fugindo das fiscalizações da consciência. Tudo isso a preço de coisa alguma. Só remorsos posteriores fecham o beco dos dramas abandonados nas esquinas do passado.

Sim, entoar o coro das harmonias universais em nome da falta de jeito. Amargurar várias e dores antigas no centro do peito, dentro dos pulmões amargurados de fumaça. Desencontros não falam na paz dos territórios da alma. Contar histórias diferentes, por tudo isso. Buscar amigos, cultivar a boa vizinhança, o que coisa alguma justifica dores de outros partos. Discutir por picuinhas, desfazer das outras criaturas em face do orgulho, da inveja e do ciúme, quanto despautério. E por causa dos dinheiros que correm soltos também não esclarece o motivo da ausência da paz em tantos sentimentos, neste mundo bonito e desprezado pela falta dos planos na paisagem das manhãs ensolaradas.

Paz, harmonia, desejos de construções coletivas. Amar, meus irmãos! O que Jesus tão bem nos ensinou através das práticas, neste mesmo chão das raras possibilidades. Jesus, o Mestre da Paz, no meio dos séculos da guerra dos poderosos. Jesus, a lição viva da Luz na sociedade dos homens.

Criar núcleos de solidariedade, fraternidade que produz futuros certos e filhos envoltos nos sonhos das realizações plenas. Atualizar o gosto bom da Justiça no seio das comunidades. Equilibrar as energias e lembrar as alternativas puras da Verdade e o crescimento.

Escolher lado limpo nos costumes, corrigir os vícios e trabalhar a correção do comportamento de todos, a começar de um em um; somar os valores que revelarão as novidades da Virtude. Tarefas individuais expõem métodos para transformar a face do Universo no rosto de cada pessoa. Uma chance para a Paz no mais íntimo ser da Criação.

Dar o primeiro passo, fazer o primeiro gesto, hora essencial de buscar o melhor, portanto e por tudo. Nos céus, a Esperança, modos outros que descobrirão as imensas qualidades que habitam acesos os espaços da nossa querida Humanidade.

Banda Cabaçal dos Irmãos Aniceto fará duas apresentações gratuitas em Fortaleza em junho


A Banda Cabaçal dos Irmãos Aniceto vem do município caririense do Crato para duas apresentações gratuitas em Fortaleza, neste mês de junho: no Centro Cultural Banco do Nordeste-Fortaleza (rua Floriano Peixoto, 941 – Centro – fone: (85) 3464.3108), no próximo dia 17 (sexta-feira), às 18 horas; e no CUCA Che Guevara (av. Presidente Castelo Branco, 6417 – Barra do Ceará – fone: (85) 3237.4223), no dia 18 (sábado), às 19 horas.

A Banda Cabaçal dos Irmãos Aniceto é um grupo de músicos residentes na cidade do Crato, no sul do Ceará. Tudo começou com José Lourenço, apelidado Aniceto, que viveu até os 104 anos e legou a tradição aos filhos Francisco, João, Hugo, Antônio e Raimundo.

Atualmente, uma terceira geração, representada por Cícero, Joval e Adriano, dá continuidade ao trabalho iniciado pelo Mestre José Lourenço. O nome Cabaçal deve-se ao uso de cabaças para confecção do zabumba e da caixa, hábito de origem indígena.

Vestidos com roupas de cores vivas, calçando alpercatas de couro, os Irmãos Aniceto criam peças notáveis, ocupando o espaço cênico com dança anímica, em conjunto ou em solos, usando os pífanos feitos de taboca, acompanhados de zabumba, caixa e pratos. O grupo também constrói os instrumentos utilizados nas apresentações.

Dentre seus elogiados números, envolvendo música, poesia matuta, dança e dramatização realizada a partir da observação da natureza, dando um sentido profundo de ecologia aplicada às artes, os Irmãos Aniceto nos brindam com apresentações antológicas como “A briga do cachorro com a onça”, “A dança do caboré”, “A dança do marimbondo”, “Severino Brabo” e “O casamento da acauã com o gavião”. Os Irmãos Aniceto parecem feitos de mola, pinotando pelo espaço, virando onça, voando feito caborés, realizando um teatro de expressiva beleza.

A Banda Cabaçal dos Irmãos Aniceto apresenta intensa e harmoniosa criatividade, sempre no trabalho de reelaboração da herança coletiva, conservando traços de nítida influência da cultura dos índios cariris, onde a música e a dança são mostradas com características profundamente populares, ressaltando a importância da cultura tradicional do Nordeste brasileiro.

A Banda Cabaçal dos Irmãos Aniceto já percorreu as principais cidades do Brasil, apresentando-se diversas vezes em São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Natal, ao lado de artistas como Hermeto Pascoal, Quinteto Violado, Alceu Valença, Dominguinhos e Orquestra de Câmara Eleazar de Carvalho, tendo sido agraciada com o Prêmio Dragão do Mar de Arte e Cultura, na categoria Artista Popular.

Em 2005, participou do Ano do Brasil na França, apresentando seus pinotes e trinados na Cité de La Musique, em Paris. Juntamente com a Orquestra de Câmara Eleazar de Carvalho, os Irmãos Aniceto lançaram em 2009 um DVD dirigido pelo cineasta Sérgio Rezende, com gravações no Theatro José de Alencar e no Cariri.

Com dois discos lançado, Banda Cabaçal dos Irmãos Aniceto (1999) e Forró no Cariri (2005), o grupo se prepara para lançar o terceiro CD, “Sou Tronco, Sou Raiz”, todos produzidos pelo cantor e compositor cearense Calé Alencar. Em 2007, os Irmãos Aniceto foram agraciados com a medalha da Ordem do Mérito Cultural, do Ministério da Cultura.

Fonte: Centro Cultural Banco do Nordeste - Luciano

Morre em São Paulo o cantor Manolo Otero


Artista espanhol, conhecido na década de 70 e 80, faleceu na quarta-feira. Ele estava internado desde maio para tratamento de um câncer no fígado.

O cantor e ator espanhol Manolo Otero, uma das vozes românticas de maior sucesso nos países latinos nas décadas de 70 e 80, morreu às 15h25 desta quarta-feira (1º), em São Paulo. As informações foram divulgadas nesta quinta (2) por um representante do artista. Otero faleceu no Hospital das Clínicas, onde estava internado desde o dia 30 de maio para tratar um câncer de fígado, descoberto há três meses. Segundo o hospital, ele tinha 63 anos. O corpo do artista foi cremado às 13h desta quinta, no Crematório de Santos.

"Fomos pegos de surpresa, ninguém esperava por isso", disse Evandro Segato, que o representava no Brasil. Otero morava numa chácara em Indaiatuba com sua mulher e produtora, a brasileira Celeste Ferreira. Segundo Segato, o cantor perdeu em dezembro sua mãe. Em seguida viajou à Espanha para resolver assuntos familiares. Quando retornou ao Brasil, descobriu a doença em estágio avançado

Do G1, com informações da EFE

Caminhada do Centenário reúne mil estudantes - Por: Elizângela Santos

Os alunos das escolas públicas de Juazeiro levaram para as ruas a importância do meio ambiente - FOTO: ELIZÂNGELA SANTOS - Crianças e jovens aproveitaram a atividade para trazer ao público os preceitos do patriarca de Juazeiro, Padre Cícero.

Juazeiro do Norte. Cerca de mil alunos de 11 escolas deste Município realizaram uma caminhada do Centro da cidade até a Colina do Horto, na manhã de ontem. O objetivo era participar da I Caminhada do Centenário da cidade, mas voltada para as questões do meio ambiente. Os preceitos ecológicos do Padre Cícero estão sendo levados muito a sério pelos jovens. São o principal incentivo para a realização da manifestação em favor da natureza.

Os estudantes fizeram o percurso pela estrada velha. De chapéus e camisas padronizadas, seguiram logo cedo para a o alto da Colina do Horto. Uma carroça com um personagem vestido de Padre Cícero puxou a turma. Mesmo com o cansaço, a subida de quase quatro quilômetros foi rápida. O final do percurso foi na Igreja Bom Jesus do Horto, onde foi servido um lanche e houve sorteio de bicicletas.

Professores, funcionários das escolas e a própria comunidade também participaram do ato. Uma comissão do centenário foi montada pela Secretaria de Educação para trabalhar questões relacionadas às atividades escolares e à própria história do Município. Vários projetos estão sendo desenvolvidos, dentre os quais, o que começa no dia 1º de julho e vai até o dia 17, com o plantio da árvore símbolo da cidade, o juazeiro, nas próprias escolas. No dia 1º acontece o ato solene, com o sorteio da primeira escola onde será plantada a árvore. As mudas serão cedidas pela Fundação Mussambê e estarão envolvidas cerca de 50 unidades de ensino públicas e privadas. Segundo o professor de educação física e coordenador, Antônio de Pádua Araújo, que coordenou o evento, disse que há dois meses, depois de várias reuniões, as escolas estão se preparando para essa culminância.

Segundo ele, além da semana da ecologia, a meta é resgatar para o aluno a história do Padre Cícero, que é o responsável direto pelo Juazeiro e o crescimento da cidade. Ele afirma que, além de instrutiva, a caminhada é uma manhã de lazer para os alunos.

Para que o trabalho fosse feito, aconteceram várias parcerias com a iniciativa privada. Segundo Pádua, a meta era que participasse um maior número de alunos, mas não teve transporte suficiente, pela distância do Centro da cidade. Mas o planejamento no próximo ano é que mais alunos participem da caminhada ecológica. "Esta é uma forma de levar aos alunos, de forma facilitada, o conhecimento de como preservar a natureza, envolvendo a própria cultura", afirma.

A professora Ana Mary Callou Sampaio diz que essa iniciativa é muito importante, com o resgate dos preceitos ecológicos do Padre Cícero, que há 100 anos já falava sobre ecologia e o meio ambiente.

MAIS INFORMAÇÕES
Secretaria de Educação Rua 15 de Novembro, S/N, Bairro São Miguel - Juazeiro do Norte
Telefone: (88) 3511.5446

Bonecas do Crato em Cuba - Reportagem: Antonio Vicelmo


À SOMBRA DA MANGUEIRA, as bonequeiras costuram personagens de pano que contam as próprias histórias das mulheres. A experiência foi destaque em congresso internacional. Mais que brinquedos de criança, as bonecas feitas pelas artesãs do Crato são instrumentos de terapia de grupo por meio do Psicodrama. Entre linhas, agulhas e tecidos, mulheres artesãs ressignificam as próprias vidas e são referência em pesquisa

Crato. Bonecas fabricadas neste Município são apresentadas no Congresso Ibero Americano de Psicodrama, realizado em Cuba. A iniciativa foi da psicóloga Elisete Leite Garcia, uma cratense residente em São Paulo, que transformou as bonecas, um brinquedo de infância, numa fonte de pesquisa científica de Psicodrama e Sociodrama, originando o Tatadrama.

Esta metodologia tem como fundamento, segundo Elizete, o pensamento atribuído a Platão, segundo o qual "a pessoa pode descobrir mais sobre os outros em uma hora de brincadeira do que em um ano de conversa".

As mulheres cubanas, segundo Elizete, ficaram encantadas com o trabalho das cratenses, o que é traduzido em cartas afetivas que recebeu das cubanas e também das bonecas que ganhou, feitas após o encontro por elas. Uma delas, a cara da própria psicóloga.

A outra boneca, uma linda negra de cabelos louros, será levada para as mulheres do Crato, as mesmas que enviaram seus personagens de panos coloridos para Havana, junto com bilhetinhos carinhosos. "A história das bonequeiras do Crato que iniciaram seu trabalho artesanal na sombra de um frondoso pé de manga no quintal da casa de uma delas emocionou as cubanas", afirma Elizete.

A interação foi maior quando a psicóloga apresentou a técnica a um grupo de psicodramatistas formados por psiquiatras, psicólogos, assistentes sociais e educadores, que fizeram questão de acompanhar o seu trabalho e participar de sua oficina com as bonecas, durante a programação do congresso em Cuba. Eles entenderam que a psicóloga usou as bonecas do Crato como objeto intermediário, um termo criado pelo psicodramatista Jaime Rojas Bermúdez. Foi o mesmo que introduziu este conceito e o utilizou, especialmente trabalhando com fantoches, ainda na década de 60, em hospitais psiquiátricos de sua época.

Ponte

O objeto intermediário, de acordo com Elizete, é a "ponte" entre o personagem e o ser, no caso, as bonecas. Rojas Bermúdez estabeleceu as características que um objeto intermediário deve possuir como existência, maleabilidade, adaptabilidade, identificabilidade, entre outros.

Neste projeto, Elizete teve a ajuda de duas outras psicodramatistas, que trabalharam como auxiliares: Rafaella Calentano e Carolina Cintra. Elas interpretaram bonecas cratenses, intervindo com as mulheres cubanas. Mais do que uma experiência enriquecedora profissionalmente, a psicóloga ficou encantada mesmo com a troca afetiva entre as mulheres da região do Cariri e de Cuba.

"No plano real, elas não se encontraram. Mas por meio de bilhetes, cartas e até presentes que umas enviaram às outras, digo que foi um encontro de almas. O que mais me deixa feliz e enriquecida é saber que dois mundos tão parecidos e tão diversos se juntaram em seus amores, dores, sabores, risos e dramas", afirma a psicodramatista. Tão perto e tão longe. Em Cuba, são mulheres vivendo sob o julgo do duro regime ainda comandado pela família Castro. Um dos poucos lugares onde as mesmas têm liberdade de expressão é no local em que foi realizado o congresso, na Casa de Orientação da Mulher e da Família, localizado na Praça da Revolução, um patrimônio cultural do povo cubano

Já as mulheres cratenses realizam seu trabalho, no sertão nordestino, com sua simplicidade e sabedoria da roça, tecendo suas tramas e dramas debaixo de uma mangueira.

Trata-se de um grupo com potencialidades adormecidas, que foram despertadas. "Elas resgataram a identidade, o papel profissional e o valor como mulher bonequeira e artesã", destaca Elizete, complementando: "E ainda ganharam uma nova fonte de renda familiar".

Antônio Vicelmo
Repórter do Jornal Diário do Nordeste

Colaborador do Blog do Crato e Chapada do Araripe Internet

MAIS INFORMAÇÕES
Mulheres Bonequeiras do Crato, Av. Perimetral, 235c, bairro São Miguel, Região do Cariri
Telefones: (88) 9911.6617/ 8809.6838

NEM O CHICO MENDES SOBREVIVEU - Por: Ed Alencar - Ambientalista


Assim lembra a canção de Luiz Gonzaga e não sobreviverá do jeito que vai, nem outro Chico Mendes, missionárias Dorothys, Josés ou Maria, que tenham a coragem de denunciar crimes ambientais na Amazônia enquanto a justiça desse País não tiver atitude.

O Brasil se prepara hoje, em menos de uma década, ( 4 anos ), para a realizar o maior e mais caros evento esportivo do mundo, a copa de 2014. Serão milhões de reais gastos em aeroportos, estádios, meios de transportes e um grande efetivo militar de um projeto de segurança para o mundo ver.

É o mesmo Brasil, que em muitas décadas não mostrou para o mundo também, a competência de impedir os maiores eventos de destruição e crimes na Amazônia. Quantos pedidos de socorros, quantas denucias ilícitas de ameaçadores e quanta omissão de quem não devia.

A região Norte do Brasil sempre foi palco de crimes cruéis contra a natureza e o homem. O retrato fiel do descaso e da desobediência as nossas leis ambientais e humanas. O9 que mais nos revolta, é ver na tela da TV os pós crimes ambientais, sucessivos e vergonhosamente, e como punição são aplicadas multas compensatórias e amenizadoras para os transgressores continuarem seus crimes, no momento em que muitos fazem criticas ao novo projeto ambiental pelas suas controvérsias recentemente aprovado pela Câmara Federal.

De repente, o planalto se manifesta extraordinário e tardiamente para uma demonstração de “ poder “ e voltam a discutir a mesmice de tanto tempo atrás, como tema principal a impunidade velha e calejada. Mas isso é bom, embora tarde do que nunca. O Brasil lança para o mundo outra competição para ser avaliada no quesito competência e realização nas mudanças para a copa do mundo de 2014 e suas deficiências, versus crimes e desmatamentos na Amazonia. Quem leva a melhor ? aposta nessa ?

Por: Ed Alencar - Ambientalista

Famílias do Parque Grangeiro pedem o fim de festas na sede da sociedade


A
população do Parque Grangeiro, em Crato, está participando de uma manifestação através de um abaixo assinado pedindo as autoridades providencias no sentido de acabar, de uma vez por todas, a realização das festas dançantes na sede da sociedade. Segundo os moradores, sempre que há este tipo de evento, as brigas e palavrões acontecem nas ruas do Bairro por toda a madrugada, e já chegou a acontecer crime de morte a exemplo do ultimo final de semana quando um homem foi morto após um tiroteio. Vezes anteriores, brigas semelhantes, atingiram uma dona de casa, contam os moradores aflitos. As festas e as brigas são presenciadas por jovens e adolescentes menores de idade, alguns deles armados e ingerindo bebidas alcoólicas.

O abaixo assinado já tem mais de duzentas assinaturas de moradores de varias classes sociais e de diferentes faixas de idade e está sendo entregue ao Ministério Publico para as tomadas de providencias. Uma senhora que não quis ter sua identidade revelada disse que as festas são a única fonte de renda que a sociedade tem para angariar recursos que são destinados a manutenção da sede social. Outro morador que defende o cancelamento dos eventos falou que as festas prejudicam a todos, alem do desrespeito de alguns com gestos obscenos e palavrões, o som em alto volume até 4 horas da manhã incomoda as famílias.

Por: Wilson Rodrigues - Repórter - Colaborador
Blog do Crato e Chapada do Araripe Internet

REGIME PROPRIO DE PREVIDENCIA SOCIAL EM CRATO DEMONSTRA EQUILIBRIO EM 5 MESES DE VIGENCIA


Há cinco meses que foi implantado no Crato o Regime Próprio de Previdência Social já arrecadou de seus segurados mais de dois milhões de reais. O dinheiro está depositado nas agencias locais do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, disponível exclusivo e unicamente para pagamento dos benefícios dos servidores com direito a aposentadoria ou pensão. No período já foram pagos em forma de benefícios 133 mil 183 reais e 25 centavos, sendo 102 mil 521 reais e 93 centavos em salário família, 20 mil 331 reais e 82 centavos de salário maternidade e 10 mil 329 reais e 50 centavos de auxilio doença. Nos 150 dias de vigência o sistema recebeu três pedidos de aposentadoria e a previsão é a de que até o final de 2011 cinqüenta servidores sejam aposentados pelo RPPS. A informação é do diretor financeiro do sistema, Kleber Marinho garantindo o equilíbrio autorial e financeiro do regime.

O diretor presidente do Regime Próprio de Previdência Social do Crato, Jesus Rogério de Holanda explicou que para se aposentar pelo RPPS o servidor, primeiramente precisa ser concursado pelo município, ter 60 anos de idade e 35 anos de contribuição e ainda possuir 10 anos de efetivo e 5 anos no cargo em que se dará a aposentadoria. Já a servidora precisará apenas ter 55 anos de idade, 30 anos de contribuição, 10 anos no serviço publico e 5 anos no cargo a ser aposentada. As mesmas regras apresentam diferenciações aos que exercem o magistério, disse ele. O professor precisa ter 55 anos de idade e 30 anos de contribuição. A professora 50 anos de idade e apenas 25 anos de exercício da profissão. Ambos os sexos devem ter 10 anos de efetivo e 5 anos no cargo. O diretor destacou ainda as regras para aposentadoria voluntária por idade de 65 anos em que o servidor terá os proventos proporcionais ao tempo de contribuição. Já para a servidora as mesmas regras, porem com 60 anos de idade.

George Wayne, diretor de benefícios do RPPS disse que o sistema abrange inúmeras regras para diversos tipos de benefícios e é aconselhável o servidor ir até a PREVICRATO ou agendar por telefone uma visita de um consultor a sua residência. Informou que o RPPS foi criado para facilitar a vida do servidor e que esse não deixe se levar por informações inverídicas com o intuito de atrapalhar o funcionamento do sistema. Quem quiser informações deve ligar para 2101 5656 ou comparecer a agencia localizada no prédio 346 da Rua José Carvalho, vizinho a farmácia popular ou ainda acessar os e-mails previcratojesus@hotmail.com – previcratogeorge@hotmail.com e previcratokleber@hotmail.com.

Por: Wilson Rodrigues - Repórter
Colaborador do Blog do Crato e Chapada do Araripe Internet


Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30