xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 04/04/2011 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Em breve, estaremos de volta com as novas transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, alguns programas ao vivo ). O modelo será mais ou menos como no vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos em que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

04 abril 2011

Fundão, luta bem sucedida - Emerson Monteiro

Há coisa de seis a sete anos, quando André Barreto ainda secretariava o Meio Ambiente do Estado, numa manhã já quase ao calor do meio-dia, presenciei uma solenidade no Sítio Fundão, em Crato, para instalação do Parque Ecológico da localidade, imediações das Cacimbas, acima do Seminário. Caminhos recém abertos dentro da mata virgem acomodaram o estacionamento de um tanto de carros subidos da cidade, à busca de acompanhar a instalação do projeto e ouvida dos discursos.

Depois passou o período de lá até aqui. Notícias que se contradiziam. Princípios de incêndios nas queimadas do ano passado. Quase esgotamento de possibilidades administrativas; a demora na chegada de verbas, aquelas movimentações dos governos. Mais recentemente, avistei Edi Alencar, radialista neto de Jefferson da Franca Alencar, Seu Jeffresso, o antigo proprietário do sítio e que manteve inteira a mata nativa todo esse tempo, resistindo ao preço da civilização, para não deixar que destruísse o pouco que conservara junto do vetusto engenho de madeira puxado a boi e ainda retinha formatos erguidos, matéria prima e estudo para alunos que desejem conhecer, no local, a espécie de tecnologia usada naqueles idos das moagens artesanais da cana.

E Edi, o baluarte do empreendimento junto da sociedade caririense, informava que os esforços continuavam de pé a fim de levar avante o sonho conservacionista da família, na preservação do Sítio Fundão, patrimônio de seu avô que hoje forma o parque, nas proximidades do Crato.

Agora, portanto, as mais recentes informações dão conta de algo concreto. Por fim cresceu no horizonte, restaurada, a casa de dois andares feita em taipa, da época de Seu Jefresso, que recebeu tratamento especial e segue integrada ao verde da mata, contendo as qualidades típicas dessa construção rústica, modelo sertanejo inigualável, fruto dos princípios humanos de moradia.
O que sobrou do engenho lá está, sob o acompanhamento das autoridades estaduais, no trabalho de manutenção de objetivos sociais em favor da coletividade, salvaguarda de nossa história antropológica dos bens produção, num sentido ecológico maior.

Quando, na terça-feira, 29 de março de 2011, o parque foi entregue aos cearenses após dois meses de restauração com base na proposta inicial, teve refeitas as cercas em volta da área de 93,54 hectares, desapropriada numa das gestões do governador Cid Ferreira Gomes. Possui trilhas ecológicas para os visitantes, representa um dos geossítios do Geopark Araripe e guarda na sua reserva, ainda conservados, os resquícios da Mata Atlântica provenientes da fase do Brasil colônia neste ponto turístico do Nordeste.

Altamiro Borges: Todos ao lançamento da frente parlamentar

Altamiro Borges: Todos ao lançamento da frente parlamentar: "Reproduzo convocatória para o ato de lançamento da Frente Parlamentar pela Liberdade de Expressão e o Direito à Comunicação: O ano de 2011 ..."

http://altamiroborges.blogspot.com/2011/04/todos-ao-lancamento-da-frente.html?spref=bl

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - CRATO - ELEIÇÃO DO JUDAS 2011


SUS É ELEITO JUDAS NO CRATO-CE
11ª FESTA POPULAR DA MALHAÇÃO DO JUDAS 2011
RESULTADO DA ELEIÇÃO

Depois de mais de treze mil votos apurados, o SUS - SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE foi eleito Judas 2011 na cidade do Crato-Ceará, com 4.607 votos. O segundo colocado, obtendo 3.645 sufrágios foi POLITICUS HYPÓCRITAS CORRUPTUS. Em terceira posição aparece MUAMMAR KADAFI, com 2.476 votos. TISSUNAMINUS EXTERMINÓDIUM foi marcado por 1.034 eleitores, enquanto CANDIDATOS PARAQUEDISTAS ficou em última colocação com apenas 846 votos.

O SUS destacou-se na antipatia popular devido à precariedade de seu funcionamento, condenando o povo brasileiro a uma situação de indigência e desespero, expondo o caos na saúde pública brasileira.

A apuração foi realizada nos dias 2 e 3 de abril no Bar do Evandro – Escritório Central da Malhação do Judas, sito à rua Ratisbona, n.º 375, Crato-CE, sob a coordenação do dramaturgo e folclorista Cacá Araújo. Concluída a contagem, não havendo nenhum recurso impetrado por quaisquer dos indicados reclamando para si o direito de subir à forca no dia 23 de abril do corrente ano, Sábado de Aleluia, no Largo da RFFSA – Centro Cultural do Araripe / Crato, em virtude de haver traído o povo com requinte de maior sacanagem e ou maldade, gozando de maior índice de antipatia, o Presidente da Junta Eleitoral do Judas 2011, Evandro Saraiva Primo, proclamou o resultado da eleição, ficando autorizada a severa malhação do eleito.

A brincadeira tradicional é realizada pela Sociedade Cariri das Artes e Cia. Cearense de Teatro Brincante, com o apoio da Prefeitura Municipal do Crato. O resultado da eleição, única no país, está sendo distribuído a toda a imprensa, seja ela falada, escrita, televisada, internetizada, psicografada, gesticulada ou fuxicada.

JUNTA ELEITORAL DO JUDAS: Presidente – Evandro Saraiva Primo; Secretária – Mariana Nunes; Orador Oficial – Chico Morais; Coordenador de Trânsito de Urnas – Emerson Rodrigues; Delegado da Fronteira Crato-Juazeiro – Edilberton Menezes Joquinha; Chefe de Segurança – Franciolli Luciano; Registrador do movimento: Antonio Toyota Wideny; Peritos da judança: Alexandre Lucas, Zé Wellington Gouveia e Roberto Brito; Fiscais do anel-do-juda: Gil do Bar, Rapaz Véi, Malhada, Joaquim Justo e Luciano Luna.

Obras do Castelão seguem modelo de construção sustentável


Saem os torcedores e entram as máquinas. No lugar da bola, máquinas começam a ocupar o Castelão iniciando a terceira etapa das obras de reforma, ampliação e adequação do estádio para a Copa do Mundo FIFA Brasil 2014. A obra segue o modelo de construção sustentável – uma das exigências da FIFA. Para receber um dos principais selos verdes, a certificação Leed, todos os cuidados necessários estão sendo tomados. Entre eles está a reciclagem de todo o concreto obtido das demolições. Ao fim do processo, o material reciclado será usado na pavimentação de todo o estacionamento da obra. Além disso, tudo que for possível será doado para órgãos públicos. Isso inclui as 59.700 cadeiras do estádio, o gramado (será doado para a nova Academia Estadual de Segurança Pública), as lâmpadas e coberta metálica.

Após um estudo de ocupação pelo consórcio, as intervenções tiveram início ainda com o estádio aberto com a retirada de parte das cadeiras do anel inferior da arquibancada. Com o espaço aberto, foi a vez do início das demolições e a retirada do piso da antiga geral. Na área externa, a primeira fase da obra continua a todo vapor com a construção do estacionamento e do novo prédio da Secretaria do Esporte do Estado (Sesporte). Para dar ainda mais agilidade, foi montado no local uma unidade industrial que conta com um pátio de pré-moldados que executará vigas, pilares e lajes que serão utilizadas nessa primeira etapa. Também foram iniciados os processos de retirada das cadeiras do anel superior e a terraplanagem da segunda fase do estacionamento, que faz parte da segunda etapa da obra.

O cronograma da reforma, modernização e ampliação do Castelão está sendo seguido à risca. Para dar mais agilidade, o consórcio Arena Castelão trouxe dois equipamentos da Finlândia – os únicos em utilização no Brasil – capazes de perfurar 100 estacas por dia, quando a média de um equipamento comum é de 10 estacas a cada 24 horas.

Fonte: Governo do Estado do Ceará

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Filho de Gaddafi quer liderar transição na Líbia, diz jornal


Saif el Gaddafi é mais moderado, mas acordo será difícil, diz The New York Times. Em entrevista ao R7, Saif admitiu que o regime do pai não era uma “democracia de verdade” e disse que um dia os líbios escolheriam seus governantes.

O filho do ditador Muammar Gaddafi, Saif el Gaddafi, estaria negociando uma saída para a crise líbia na qual ele liderasse a transição do regime do pai para uma democracia. A informação, não confirmada, é do jornal americano The New York Times. O jornal cita como fonte um diplomata próximo ao regime líbio. A proposta, no entanto, não teria aceitação nem dos rebeldes, que tentam por um fim a quatro décadas de ditadura, nem do pai de Saif. Em entrevista ao R7, ano passado, Saif admitiu que o regime do pai não era uma “democracia de verdade” e disse que um dia os líbios haveriam de escolher seus próprios governantes, dizendo que a transição seria uma questão de tempo. Veja a entrevista aqui.

Debandada de aliados estaria ligada à articulação

Segundo o diplomata ouvido pelo jornal, a recente debandada de colaboradores próximos a Gaddafi, entre eles o ex-chanceler Moussa Koussa, que fugiu para Londres, estaria ligada aos planos de Saif. O principal assessor de Saif, Mohamed Ismail, também estaria na capital britânica, negociando o projeto. Considerado um líder moderado, Saif era visto como o provável sucessor do pai, pelo menos até o início da revolta. Para os analistas, ele teria sido o responsável pela reviravolta no regime líbio na última década, que passou de colaborador do terrorismo, nos anos 1980, para um governo aceitável pelo Ocidente – tanto que Gaddafi já era vista ao lado de líderes como o presidente Barack Obama e o britânico Tony Blair, que chegou a visitar a Líbia. O jornal lembra, no entanto, que seria muito difícil para os dois lados aceitarem Saif como líder da transição. Gaddafi porque não parece disposto a deixar o poder. Já a oposição ainda não esqueceu das recentes declarações de Saif, que radicalizou o discurso no início da crise e chegou a falar em um “rio de sangue” a correr pela Líbia, caso os rebeldes continuassem com os protestos.

Mais de 30 morreram na última madrugada

Pelo menos 32 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas neste domingo (3), durante uma ofensiva lançada pelas forças leais Gaddafi em Kotla, cidade a sudoeste de Trípoli, controlada pelos rebeldes. As informações são da rede de TV Al Arabiya. Segundo uma testemunha citada pela TV, as forças do regime usaram artilharia pesada e baterias de lança-mísseis. Esta madrugada, os homens de Gaddafi atacaram, disparando de forma indiscriminada contra tudo o que se movimentava em vários conjuntos residenciais, indicou a mesma fonte. Neste sábado, 13 rebeldes também foram mortos, mas não pelas forças de Gaddafi, e sim em um bombardeio da coalizão. Os rebeldes teriam atacado, por engano, forças aliadas, que reagiram e mataram oposicionistas, com quem lutam do mesmo lado. A crise na Líbia teve início em 15 de fevereiro, quando a oposição foi às ruas para pedir o fim do regime. Após violenta repressão, o Conselho de Segurança da ONU autorizou o bombardeio de forças do Gaddafi por uma coalizão formada por aliados ocidentais com apoio da Liga Árabe.

Fonte: R7

4 de Abril, hoje é o Dia, de Fato: Parabéns Mônica Araripe.


A felicidade sempre esteve em sua porta, mesmo quando os tempos foram difíceis. A bondade de um ser multiplica o sentimento de esperança e de justiça. Você nasceu com a alma aberta para os amigos e o desconhecido, demonstrando assim a sua grandeza interior, de que temos o dever de acreditar que uma árvore daninha, bem tratada, poderá gerar bons frutos. Você tem a destreza de refazer os pomares, na esperança de que a amizade seja um fruto doce e degustável. Parabéns para uma grande amiga!


A certeza de que a alegria deve ser fruto do inesperado


O prazer de uma nova vida e de uma boa árvore frondosa


Verdades e sinceridades confabulam juntas


Serenidade e a certeza de ser justa pra quem necessita


Wilson Bernardo (Texto & Fotografia)

"Chaves" é um dos melhores programas humorísticos já produzidos, diz Dedé Santana


Dedé Santana, um dos mais bem-sucedidos humoristas do Brasil, foi membro do quarteto "Os Trapalhões", esteve em diversos filmes e produtos da trupe, como brinquedos e gibis. Dedé é um dos mais ilustres fãs do seriado, que, para ele, é "um dos melhores programas humorísticos já produzidos".

"Chaves" estreou no México em 1971, mas só chegou ao Brasil na década de 1980. Os personagens da série, criada por Roberto Gómez Bolaños, até hoje fascinam novas gerações de telespectadores.

O livro "Chaves: Foi sem Querer Querendo?" procura esclarecer a fonte do êxito desse marco da televisão brasileira. Além disso, o volume conta com biografia dos atores e um capítulo com curiosidades, além de enaltecer a contribuição dos dubladores brasileiros para o sucesso do programa. Abaixo, leia um trecho.

Atenção: o texto reproduzido abaixo mantém a ortografia original do livro e não está atualizado de acordo com as regras do Novo Acordo Ortográfico. Conheça o livro "Escrevendo pela Nova Ortografia".

"Se você é jovem ainda, jovem ainda, jovem ainda
Amanhã velho será, velho será, velho será!
A menos que o coração, que o coração sustente
A juventude que nunca morrerá!"

Música presente no episódio "As crianças estão cantando"

Não importa sua idade: em algum momento você assistiu, ao menos um trecho; e quando menos esperava, sem querer, querendo, estava rindo(...) Logicamente estamos falando dele, do garoto que mora no barril; do menino pobre que representa um pouco de cada nós - Chaves, de Roberto Bolaños, criador e criatura de um estilo que sobrevive à era digital e ao mundo imediatista do século XXI.

Um programa que consegue prender a atenção sem fazê-lo de fato. Que consegue ser bom, mesmo sendo ruim. "Chaves é um dos melhores humorísticos já produzidos. Chaves é eterno, a fórmula usada por eles é eterna, só muda a roupagem, e fará sucesso em qualquer lugar do mundo". A frase é dita por um fã ilustre, que aqui no Brasil é conhecido por Dedé Santana. "Não existe humor velho. Existe humor bem-feito", disse uma vez Chico Anísio.

Já sendo considerado um ícone na programação diária do SBT, Chaves passou a conquistar uma legião de fãs em todo o Brasil na década de 80. Desde os menores, passando por jovens e adultos, até os mais idosos, o seriado cativa por sua simplicidade na maneira de fazer humor.

A comédia representada por Chaves, de maneira incansável, mostrou que o seriado não seria apenas um momento ou uma moda, mas um estilo de humor que perdura até hoje. Todos esses anos serviram para conquistar o público brasileiro. Até mesmo humoristas brasileiros reconhecem e admiram seu trabalho. Em 1992, então com 12 anos, André Urbano voltava das aulas no horário do almoço. Uma rotina quase ortodoxa acompanhava o garoto à cozinha: antes de comer, antes de lavar as mãos (quando as lavava), ele sintonizava a pequena TV de 14 polegadas da cozinha no canal 4. Imagem ajustada, volume controlado, André podia, enfim, sentar-se à mesa e almoçar enquanto assistia a Chaves e Chapolin. O tempo passou, mas André não deixou de assistir às suas séries favoritas: "Para mim não importa se é reprise. Eu sei já vi o programa, mas mesmo assim, faço questão de vê-lo novamente, e rio como se fosse a primeira vez", diz. E ele não é o único. Por mais incrível que possa soar, André é apenas um entre muitos a fazer isso. Ele faz parte de um grupo de pessoas marcadas pela Geração Chaves.

Folha.com

BlogCultura - Saiba quem foi Jim Jones - O Pastor do Diabo


HOJE NA HISTÓRIA


NE - O mentor do Suicídio em massa da comunidade de Jonestown, que em 1978 matou 918 seguidores por envenenamento.

James Warren "Jim" Jones (Crete, Indiana, 13 de maio de 1931 - Jonestown, 18 de novembro de 1978) foi um líder de seita estadunidense, fundador da igreja Templo dos Povos (Peoples Temple), e mentor do suicídio em massa da comunidade de Jonestown, na Guiana, em 18 de novembro de 1978, com o resultado de 918 mortes, em sua maioria por envenenamento.

Infância e formação

Jim Jones nasceu no interior do estado de Indiana, filho de um veterano da Primeira Guerra Mundial. A alegação de Jones de que teria ascendência indígena cherokee, por parte da mãe, nunca foi comprovada. A infância de Jim se passou no período da Grande Depressão causada pela crise econômica de 1929, o que obrigou os Jones a se estabelecerem perto de Lynn, em 1934. Após a separação dos pais, a mãe de Jim mudou-se com os filhos para Richmond, também em Indiana, onde ele concluiu seus estudos em 1948. No ano seguinte, Jim casou-se com Marceline Baldwin, uma enfermeira, e em 1951 finalmente mudou-se para Indianápolis, onde viveu uma década.

Desde a infância, Jim Jones mostrou inclinações místicas e na juventude foi um leitor dedicado de obras políticas e sociais. Também demonstrou simpatia pelo marxismo e pelas reivindicações dos afro-americanos contra a segregação e a discriminação racial, sintetizadas então na militância do ator Paul Robeson, e na candidatura progressista de Henry A. Wallace à presidência dos Estados Unidos, em 1948.

Crítico da ação estadunidense na Guerra da Coreia, Jones aprovou a invasão do sul da península pelo líder comunista Kim Il-Sung, em 1950, e no ano seguinte, tornou-se membro do Partido Comunista dos Estados Unidos (CPUSA). O país então estava em plena era do macartismo, o que lhe valeu sanções dentro da Universidade de Indiana e a vigilância permanente por parte do FBI. Jones veio a romper com o CPUSA somente em 1961, quando o partido (alinhado com a política soviética) fez críticas aos excessos de Stalin.

Nessa época, Jones desenvolveu suas ideias sobre a ação política e também começou a buscar uma expressão destas dentro da religião. Em 1952, tornou-se estudante em um seminário metodista, do qual foi expulso por defender a integração racial, e trabalhou algum tempo junto aos batistas do Sétimo Dia.

O Templo dos Povos

Em 1954, Jones criou a sua própria igreja em uma área da cidade racialmente integrada. O culto recebeu vários nomes até adquirir a denominação definitiva de Peoples Temple Christian Church Full Gospel (Templo dos Povos), em 1959.

Através do Templo, Jim Jones adquiriu notoriedade e apoio político e da mídia em Indianópolis, contribuindo para por fim à segregação racial em departamentos públicos, restaurantes e hospitais. Em 1960, o prefeito democrata Charles Boswell o nomeou como diretor local da comissão de direitos humanos. No entanto, Boswell e Jones acabaram entrando em atrito quando o líder do Templo foi agredido em uma reunião do NAACP.

Família Arco-Íris

Jim e Marceline incentivaram a adoção de crianças de raças diferentes pelos membros de sua igreja. Em 1954, começaram eles próprios a sua Rainbow Family (família “arco-íris”) ao adotar Agnes, uma nativa americana de 11 anos. Nos anos seguintes, os Jones adotaram três órfãos de guerra coreanos, um afro-americano (o primeiro a ser adotado por um casal branco no estado de Indiana, em 1961) e um branco. O casal teve apenas um filho biológico, chamado Stephen Gandhi Jones. Jim Jones também foi atacado por racistas brancos, que fizeram sucessivas ameaças à sua vida e aos integrantes do Templo, embora seja possível que o próprio Jones tenha manipulado algumas dessas reações em favor de sua pregação político-religiosa.

Expansão da seita

Com seu trabalho estabelecido em Indianápolis, Jim Jones começou a buscar novas áreas para a expansão de sua seita. Em 1959, Jim Jones viajou a Cuba após a derrubada do regime de Batista, mas sua tentativa de trazer afro-cubanos para Indiana resultou em fracasso. Em 1961, após prever um ataque nuclear iminente, Jim Jones transferiu-se com sua família para Belo Horizonte(rua maraba 203, bairro de santo antonio], no Brasil, com a ideia de estabelecer um novo local para o Templo. Sem sucesso, transferiu-se em 1963 para o Rio de Janeiro, onde estudou a situação social das favelas cariocas e a mentalidade religiosa local. Mas a necessidade de resolver conflitos internos na igreja em Indiana forçou Jones a retornar aos Estados Unidos (1965), passando no caminho de retorno pela então colônia britânica da Guiana.

O Templo em San Francisco

A perspectiva de guerra nuclear – Jones faria uma nova previsão para 15 de julho de 1967 – continuou alimentando os objetivos de expansão de seu culto. Ainda em 1965, Jones começou a transferir a comunidade do Templo dos Povos para Ukiah, na região do vale das sequoias, no estado da Califórnia. Em 1970, já existiam sucursais do Templo em San Francisco e Los Angeles.

O movimento se expandia no país através de caravanas, distribuição de folhetos (especialmente entre viciados em drogas e sem-teto), concentrações em grandes cidades (como Houston, Detroit e Cleveland) e reuniões de testemunho. No entanto, todas as reuniões eram sediadas em San Francisco, que tornou-se a sede da organização em 1972. Em seu auge, em meados dos anos 70, o Templo dos Povos reuniu cerca de 3 mil membros, dos quais 70 a 80% eram afro-americanos pobres. Estatísticas exageradas do próprio movimento subiam seu número para 20 mil pessoas.

As finanças do movimento provinham de doações provenientes de seus membros ou de pessoas influentes. Objetos pessoais de Jones e amuletos eram também vendidos e o Templo chegou a ter estação de rádio e sua própria gravadora de discos.

A criação de Jonestown

Após denúncias motivadas pela deserção de oito jovens membros da igreja em 1973, o grupo dirigente do Templo se fechou em torno de Jones e sua liderança pessoal. A partir de então, relatos de ex-membros registram planos e simulações de suicídio coletivo. Em 1974, o Templo arrendou uma gleba de terra na Guiana, junto à localidade de Port Kaituma, próximo à fronteira com a Venezuela. Ali Jones, com sua família, pretendia erguer o “Projeto Agrícola” do Templo dos Povos, formando a comunidade informalmente denominada de Jonestown. Os primeiros 50 residentes, transferidos da igreja em San Francisco, chegaram em 1977. No ano seguinte, já eram mais de 900 (dos quais 68% eram afro-americanos). Ao mesmo tempo em que o fisco público fechava o cerco contra a isenção de impostos usufruída pelo Templo, Jones se referia de forma hostil ao governo dos Estados Unidos como o Anticristo, em rápida marcha em direção ao fascismo, e ao capitalismo como o regime econômico do Anticristo.

Além disso, pesaram contra Jones acusações de sequestro de crianças de ex-integrantes que tinham abandonado o Templo. O próprio Jones foi acusado de manter sob sua custódia John Victor Stoen, filho biológico de Timothy Stoen, que deixara o Templo em 1977. Stoen apelou ao congressista democrata Leo Ryan, para apelar pela custódia do filho junto ao presidente guianense Forbes Burnham. Em novembro de 1978, o Congresso dos Estados Unidos autorizou uma viagem de Leo Ryan para a Guiana (com a assistência de repórteres da NBC, para investigar as acusações de sequestro movidas contra Jones, bem como informações de que os membros da comunidade em Jonestown viviam miseravelmente.

Outras denúncias incluíam: 1) ameaças físicas e morais aos membros da seita, separados de qualquer contato com suas famílias; 2) tortura psicológica, com privação de sono e de alimentos; 3) exigência de entrega de propriedades e 25% da renda de cada membro da seita; 4) interferências de Jones na escolha do casamento e na vida sexual dos casais; 5) isolamento das crianças em relação aos seus pais; 6) campanha constante junto à mídia para dar uma impressão favorável a Jones e ao Templo.

A tragédia

Ryan e sua comitiva foram recebidos calorosamente em Jonestown, em 17 de novembro de 1978, o que gerou um comentário positivo do congressista a respeito das condições de vida na comunidade isolada na floresta. Porém, no dia seguinte, a deserção de alguns membros da comunidade (que quiseram se reunir ao retorno da comitiva) criou um clima de tensão no local. Jones concordou com a saída, denunciando os desertores como traidores, e à tarde, Ryan foi atingido por um ataque desferido com faca e teve que apressar a retirada de Jonestown. Ao chegar à pista de pouso do Port Kaituma, o avião que deveria levar Leo Ryan e sua comitiva foi alvejado pela guarda (“Brigada Vermelha”) que fazia a segurança de Jim Jones. Ryan, três repórteres e uma ex-integrante do culto de Jones foram mortos. Foi a única vez em que um congressista dos Estados Unidos foi assassinado no cumprimento do dever.

A última “noite branca”

Assim que chegou a notícia da morte de Ryan, à noite, Jones pôs em prática o suicídio em massa de toda a comunidade de Jonestown, para o qual já havia feito treinamento anteriormente (embora tenha dito que o veneno não era real) em reuniões chamadas de “noites brancas”. Os membros da comunidade foram induzidos a beber um composto líquido (na forma de suco de sabor uva), contendo potássio, cloreto de cianeto e substâncias sedativas. Os que eram pequenos demais receberam na boca ou através de seringas.

A cifra final de mortos chegou a 918, incluindo mais de 270 crianças e quatro que se suicidaram no escritório da seita em Georgetown. Mais de 400 corpos não identificados foram sepultados em Oakland (Califórnia). Nem todos os integrantes da comunidade morreram na tragédia. No mínimo cinco membros conseguiram fugir ao cerco da guarda e fugir para a floresta durante o ritual de suicídio coletivo que durou, segundo essas testemunhas, cerca de 5 minutos. O corpo de Jones foi encontrado junto ao pavilhão maior, com um tiro único na cabeça.

Repercussão

Os eventos em Jonestown tiveram grande repercussão nos Estados Unidos e no restante do mundo. Larry Layton, autor dos disparos contra Ryan, alegou lavagem cerebral mas acabou sem condenado e permaneceu preso até 2002. Vários membros da seita, inclusive a própria viúva de Jones, escreveram testamentos deixando seu patrimônio ao Partido Comunista da União Soviética. Jones enviou instruções para que o ativo de 7,3 milhões de dólares fosse levado à URSS através da embaixada soviética na Guiana. No Congresso, a oposição republicana conseguiu endurecer as relações dos Estados Unidos contra a Guiana, acusando o presidente Burnham de corresponsabilidade na tragédia. No entanto, ele permaneceu no poder até sua morte, em 1985, e seu corpo foi mumificado pela equipe do Mausoléu de Lenin, em Moscou.

Antes da tragédia, o Templo já tentara negociar o êxodo da comunidade para a URSS ou outro país do bloco soviético, mas a iniciativa foi recusada por estes países. No início da década de 80, o local onde existia Jonestown foi reocupado por refugiados laocianos.

Nos Estados Unidos, o restante da seita se dispersou. O Templo em Los Angeles foi fechado por falta de verbas e os demais locais da seita passaram a ter outras utilidades. Vários ex-membros relataram o medo de serem eliminados por agentes de Jones que sobreviveram. Michael Prokes, designado para transferir o dinheiro ao PCUS, cometeu suicídio em um março de 1979. Algumas teorias conspiratórias apontam a participação da CIA, mas sem nenhuma evidência real.

Fonte: Wikipedia

A novela do Pastor - Pastor de igreja que queimou Corão tece críticas a Obama


Terry Jones, o pastor da igreja da Flórida na qual o Corão foi queimado, criticou o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o chefe militar do país no Afeganistão, David Petraeus, pelas censuras que ambos fizeram em relação à profanação do livro sagrado dos muçulmanos. Em um breve comunicado distribuído na noite deste domingo, Jones disse que as declarações de Obama e Petraeus "são totalmente inconstitucionais".

Os dois repudiaram a violência desencadeada pela queima do Corão na igreja de Gainesville, na Flórida, sob direção de Jones. Além disso, eles censuraram também a profanação do Corão --natureza dos atuais protestos no Afeganistão que mataram vários civis, inclusive funcionários da ONU.

Segundo o pastor, "o trabalho do presidente dos Estados Unidos e de qualquer outro funcionário do governo é a defesa da Constituição dos Estados Unidos". "Se quiserem condenar essa ação, que o façam, mas como cidadãos privados e não como membros do governo", disse Jones. Também no comunicado, o pastor reiterou que não se sente responsável pela disseminação de violência e pelas mortes no Afeganistão.

Folha.com

ÚLTIMS NOTÍCIAS - Cearense: Guarani de Juazeiro vence Fortaleza e lidera - Por: Yuri Guedes

O Leão do Mercado colocou o Cariri no topo da tabela do Campeonato Cearense. Enfrentando o Fortaleza, no estádio juazeirense do Romeirão, o Guarani venceu o Fortaleza (3x1) e assumiu a liderança do returno, ainda com um jogo a menos. Já o Tricolor de Aço caiu para a 3ª colocação.

No confronto Horizonte x Quixadá, os donos da casa aplicaram uma goleada e atropelaram o time do Sertão Central.Enquanto a equipe da Região Metopolitana de Fortaleza entrou no G-4 do 2º turno, o Quixinha continua em último na classificação geral e ameaçado pelo rebaixamento. Ainda foi registrada a vitória do Guarany de Sobral sobre o Tiradentes (1x0). O Cacique do Vale ainda busca recuperar-se na competição, e o Tigre da PM saiu do G-4. A próxima rodada terá jogos na quarta (06) e quinta-feiras (07).



__CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA__2º Turno

::: PARTIDAS 7ª RODADA__-

06 mar_CEARÁ x ICASA___Estádio Domingão, Horizonte - 20h15
06 mar_FORTALEZA x HORIZONTE___Estádio Alcides Santos, Fortaleza - 20h15
06 mar_CRATO x LIMOEIRO___Estádio Mirandão, Crato - 20h15
06 mar_QUIXADÁ x GUARANI DE JUAZEIRO___Estádio Abilhão, Quixadá - 20h15
06 mar_TIRADENTES x ITAPIPOCA___Estádio Elzir Cabral, Fortaleza - 20h15
07 mar_FERROVIÁRIO x GUARANY DE SOBRAL___Estádio do Junco, Sobral - 20h45

Fonte: Blog Icó é Notícia - Yuri Guedes - Rede Blogs do Cariri

Publicidade Blog do Crato - Amilton SOM


Amilton Som - A Maior Loja de CDs e DVDs do Cariri

Presentes, CDs e DVDs é com Amilton Som. AMILTON SOM. A maior loja de CDs e DVDs da Região do Cariri.
Não é à toa que o Blog do crato se orgulha de ter "Amilton Som" como um de nossos parceiros. Amilton Som é hoje a maior e melhor loja de CDs e DVDs do cariri, e com a maior diversidade, atendendo a todos os gostos musicais. E ainda na loja "Amilton Som", você conta com uma equipe para atendimento personalizado, a fim de tirar todas as suas dúvidas sobre os produtos. Vendas de PenDrives, Câmeras Fotográficas Digitais, Adaptadores Bluetooth, Wireless, CDs e DVDs vírgens, etc. "Amilton Som" também possui à sua disposição, o maior catálogo de Artistas Caririenses. Portanto, se você reside fora do crato, e deseja adquirir algum CD de artistas da região do cariri, entre em contato direto e faça sua compra. E você conta ainda com o "Banco Popular" para realizar todos os seus pagamentos com segurança e tranquilidade. Portanto, na hora de adquirir CDs e DVDs, consulte antes os excelentes preços de AMILTON SOM. Além do maior catálogo do Cariri, também o melhor preço. Quer publicidade melhor que a qualidade ?

O Maior acervo de CDs e DVDs do Cariri com os melhores preços!

Setor de Eletrônicos, com Pen Drives, Bluetooth, Pilhas recarregáveis, câmeras digitais...
Variedade para atender a todos os gostos!


Banco Popular, para fazer o pagamento de todas as suas contas!

Amilton Som - Sua melhor opção em CDs e DVDs Empresa Genuinamente Cratense e Recomendada pelo Blog do Crato Tel: (088) - 3521-3270

É HOJE - Feliz Aniversário, Mônica Araripe ! - Tudo de bom e de belo pra você !


http://2.bp.blogspot.com/-BPBrQhYbDGE/TZfTaVkn8YI/AAAAAAAAD4o/fC4kGIZHbUc/s1600/mk.jpg

O aniversário da Mônica é hoje, dia 04, mas uma festa fantástica aconteceu no último sábado no Buffet Lagarta Pintada, em Crato, aonde compareceram seus maiores amigos. Monkynha é puro magnetismo, sabe cativar, sabe conquistar! - É uma das maiores amigas que tenho, leal, simples, direta, sincera e companheira pra chegar nas alegrias e nas tristezas. Sou muito feliz por ter Mônica como amiga e colega aqui do Blog do Crato, sendo uma das primeiras escritoras, trazendo sempre mensagens de otimismo e fé, que ela sabe como ninguém, recolher dos quatro ventos. Minha amiga, minha irmã, meus parabéns! De verdade! Meus parabéns sinceros pela data extremamente querida que você atravessa. E creio que essa minha alegria e esse pensamento não é só meu, mas a ressonância de milhares de amigos e admiradores do seu carisma, da sua sinceridade e da sua bondade.


Por: Dihelson Mendonça

Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30