xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 04/09/2010 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

04 setembro 2010

Cariri - Muito Além do Sertão - Mariana Albanese

No Cariri já nadaram peixes. Já voaram dinossauros. Caminharam homens pré-históricos. Berço de Padre Cícero, Luiz Gonzaga, Patativa do Assaré. Dos revolucionários beato José Lourenço e seu Caldeirão socialista, de Bárbara de Alencar, a primeira presa política do País. No lugar onde nasceram as primeiras flores do planeta, brotou um oásis de oportunidades: a Fundação Casa Grande.  Neste especial, recortes do Cariri Oeste, no Ceará, e um trechinho de Pernambuco, Exu. Sertão do Cariri é a denominação dada às terras onde viviam os índios kariris, no Ceará e Paraíba, próximo à chapada do Araripe. Esta formação de grande beleza funciona como um muro que divide três Estados: Ceará, Pernambuco e Piauí. Para o lado de dentro, o Cariri, vale verde. Para fora, regiões mais secas. Essa faixa do sertão contradiz muito do que se imagina: durante boa parte do ano chove, há cachoeiras e vacas gordas. A região é riquíssima em fósseis de dinossauros e pinturas rupestres, e carrega consigo belas e sangrentas histórias de luta sertaneja. É um caldeirão cultural que abriga cantadores e poetas.
Onde o sertão já foi mar

Acredite: a Chapada do Araripe já foi um lago de água doce. E tem mais: há cerca de 110 milhões de anos, o mar invadiu aquelas plagas, povoando a região com vida marinha. Uma nova movimentação tectônica fez com que se formasse um lago hiper-salino, que foi secando e tornando a região inóspita. O sal ajudou na rápida fossilização do que restou, como se tudo tivesse sido congelado no tempo. As pedras de peixe, nome popular dado à Pedra Cariri, são muito utilizadas em pisos. Nos “talhos” para extração, é possível ver restos de plantas e peixes que adornam as salas. Na região também foram encontradas diversas ossadas de pterossáurios (primos voadores dos dinossauros). Por causa dessa reunião de fatores, o Cariri foi escolhido para sediar o primeiro geopark da América (parque que preserva regiões com interesse arqueológico e geológico). O projeto ainda está em fase de desenvolvimento, mas já é possível identificar, por meio dos geotopes (pontos demarcados com pilares), os locais onde se encontram as maiores quantidades de fósseis.
Em Santana do Cariri, a capital dos dinossauros no Brasil, há um museu onde se pode conferir parte dessa rica história.
GENTE DE FIBRA
Caldeirão de sangue
Uma igrejinha e uma casa. Foi o que restou da comunidade do Caldeirão da Santa Cruz do Deserto, destruída em 1936 pela polícia cearense com auxílio de tropas getulistas.
Assim como em Canudos, o ajuntamento organizava-se em torno de um líder religioso, o beato José Lourenço, protegido de Padre Cícero.
Todo o plantio era dividido igualmente, e o excedente era utilizado para incrementar a produção. A comunidade reunia os que queriam fugir das condições de semi-escravidão das fazendas, o que despertou a ira dos coronéis. O Caldeirão ferveu.
Os que conseguiram fugir, como o beato, montaram uma outra comunidade de resistência no meio da Chapada. Mais destruição, agora pelo ar. Foi a primeira vez que o governo federal bombardeou seu próprio território. José Lourenço não estava entre os 700 mortos. Morreu 10
anos depois, de peste bubônica. Foi enterrado ao lado de Padre Cícero.
Missa libertadora

No dia 3 de maio de 1817, a Matriz do Crato estava cheia. Era domingo, dia da festa de Santa Cruz. O Padre José Martiniano de Alencar - pai do futuro escritor José de Alencar -, em vez de proferir o habitual sermão, declarou a independência do Crato. Vinha ele do Seminário de Olinda, influenciado por idéias republicanas, que expôs aos irmãos e à mãe, dona Bárbara Pereira de Alencar. Mulher culta e politizada, viúva na casa dos 50 anos, ela abriu seu sítio para reuniões e participou da conspiração.
A República durou apenas oito dias. José Martiniano, seu irmão Tristão Gonçalves de Alencar, declarado presidente da República, e dona Bárbara foram presos e levados para Fortaleza. A pé. A dama da sociedade cearense tornou-se a primeira prisioneira política do País, pivô do episódio que entrou para a história como a Confederação do Equador.
Juazeiro de quem?

“Por favor, uma passagem para Juazeiro.” “Juazeiro de Padre Cícero?”. A pergunta é comum, feita sobretudo para diferenciar Juazeiro do Norte, no Ceará, de Juazeiro, na Bahia. Mas também ilustra bem como aquela cidade é de Padre Cícero. E não é para menos. Foi ele mesmo quem a fundou, em 1911, quando tomou posse como prefeito. Desde então, o município que era um pequeno arraial cresceu em torno do turismo religioso.
O impulso econômico das romarias fez com que se tornasse a segunda maior cidade do Estado, atrás apenas de Fortaleza.
Tudo por lá é Padre Cícero. Nome de rua, de posto de gasolina, de oficina mecânica. E de 11 entre 10 meninos que nascem.
A imagem de romeiros chegando em caminhões superlotados para reverenciar a estátua do Padre, com 25 metros de altura, ainda existe, mas hoje divide lugar com os vôos diários que chegam das principais capitais brasileiras.
SÓ MESMO NO CARIRI
Te benzo e te curo

Dona Toinha é parteira e benzedeira, moradora da zona rural de Nova Olinda. Chegou nos anos 1940 com o marido. Fez o primeiro parto ainda menina, quando ficou sozinha com a cunhada grávida. Aos 80 anos ainda é muito consultada, principalmente na Semana Santa, em que recebe o “jenjum” (desjejum) e benze quem a visita.
Sem brincadeiras

Em Juazeiro do Norte encontramos uma lenda viva: Seu Lunga, “o homem mais zangado do mundo”. Famoso por não ser de muita conversa e dar respostas pouco amistosas, é personagem de cordéis e está no imaginário do povo, que cuida de aumentar as histórias. Aos que o chamam de mal-humorado, justifica: “Detesto perguntas óbvias”.
Sertanejo fashion

A imagem pacata não denuncia, mas Expedito Seleiro, artesão de Nova Olinda, já teve suas sandálias e bolsas de couro em desfile na São Paulo Fashion Week, em filmes como Dois Filhos de Francisco e na minissérie Amazônia. A mais famosa de suas peças, no entanto, foi uma sandália encomendada por Lampião a seu pai. Retangular, seu rastro não revelava para onde fora o temido cangaceiro.
TERRA DE POETA
Luiz, respeita Januário!
Foi em 1930, com 18 anos, que Luiz Gonzaga saiu de Exu, no sertão de Pernambuco, divisa com Ceará. Tinha se engraçado com uma moça, e o pai dela não gostou. Valente “depois de umas lapadas de cana”, desafiou o sogro em uma feira: “Então eu sou um tocadorzinho de meia-tigela?”. Como o dito tinha muito respeito pela mãe do futuro Rei do Baião, não criou mais caso, mas em seguida pediu a dona Santana que sumisse com o filho da cidade. Depois de levar uma surra dos pais, o rapaz foi-se embora para Fortaleza, onde se alistou no exército. E de lá para a fama, no sonhado Rio de Janeiro.
Dizem que só voltou para Exu 16 anos depois. Chegou tarde da noite, bateu na porta do pai.
- Quem é o senhor? - perguntou Januário, conceituado tocador de sanfona oito baixos, ou pé-de-cabra.
- Sou eu, pai: Luiz Gonzaga, seu filho.
- E isso é hora de você chegar em casa, corno sem-vergonha?
Nos anos 1980, Luiz Gonzaga voltou para a cidade natal, onde ficou até morrer, em 1989.
Poeta do sertão

Ele nasceu Antônio Gonçalves da Silva, mas o dom de cantador lhe rendeu o apelido de Patativa, pássaro da região. Assaré, cidade em que morou por toda a vida, completou o batismo popular: Patativa do Assaré.
Cantou as histórias, mazelas e belezas do sertão.
Eu sou de uma terra que o povo padece
Mas não esmorece e procura vencer.
Da terra querida, que a linda cabocla
De riso na boca zomba no sofrê
Não nego meu sangue, não nego meu nome.
Olho para a fome, pergunto: que há?
Eu sou brasileiro, filho do Nordeste,
Sou cabra da Peste, sou do Ceará.
E o mundo foi parar em Nova Olinda

Não fosse a Fundação Casa Grande, Nova Olinda poderia ser mais uma Nordestina, cidade fictícia do livro A Máquina, de Adriana Falcão. O texto teatral conta a história de Karina, menina que queria sair da cidade para conhecer o mundo. Antônio, por amor e por medo da solidão, decide fazer a marcha reversa: leva o mundo a Nordestina. Assim também foi feito na vida real. A Casa Grande trouxe o mundo para Nova Olinda. Tudo começou em 1992, quando Alemberg Quindins e sua esposa, Rosiane Limaverde, reformaram uma velha casa do século 18 que deu origem à cidade. Lá implantaram um museu para guardar os objetos arqueológicos recolhidos pelos campos da Chapada. Logo o projeto atraiu a atenção das crianças e ganhou fôlego. Depois, anexaram mais um prédio, o Educandário, que abriga os laboratórios da Escola de Comunicação, além da gibiteca, devedeteca, brinquedoteca e parque infantil. O projeto entregue ao governo para a aquisição do prédio foi todo feito em quadrinhos. O teatro Violeta Arraes foi inaugurado em 2002. O complexo é totalmente administrado pelos jovens. O casal fica no escritório no Crato, e os pequenos cuidam de tudo: recepção, gerência dos laboratórios e até mesmo da limpeza. Tudo para deixar a Casa deles funcionando em ordem.
As frentes de atuação da Fundação Casa Grande
Artes
Todo domingo às 9h e às 19h uma música chama o povo para as sessões de cinema. De manhã, programação infantil; de noite, adulta. São filmes do acervo da devedeteca, que conta com mais de mil títulos. Há também quatro espetáculos musicais: Bandinha de Lata (formada pelos pequenos), Show Casa Grande FM (que reúne os que recém saíram da Bandinha), Trilhas U Som (com repertório de música instrumental) e A Lenda, no qual Alemberg e Rosiane apresentam o resultado de 10 anos de estudo das músicas, instrumentos e histórias da região.
Memória
Na Casa Grande, que pertenceu a Neco Trajano, avô de Alemberg, funciona o Memorial do Homem Kariri. Lá o visitante é atendido por recepcionistas que contam um pouco sobre a história dos primeiros habitantes da chapada, os índios kariris. Objetos recolhidos na região, como vasos de cerâmica e ferramentas de pedra, estão expostos ao lado de fotos que mostram sítios arqueológicos e mitológicos.
Comunicação
A TV Casa Grande produz o programa 100 Canal, exibido antes das sessões de cinema, grava e edita os shows que acontecem no teatro. Tudo digitalmente.
A Rádio Casa Grande é uma das duas emissoras da cidade. Tem o selo de comunitária e é totalmente administrada pela criançada. Há também a Editora Casa Grande, que edita uma revista em quadrinhos, a Turma Cariuzinho, e o jornal mural.
Turismo
Para atender a demanda de cerca de três mil visitantes por mês, foi criada uma rede de pequenas pousadas que funcionam no fundo das casas de crianças atendidas pela Casa Grande. As diárias custam 40 reais, e dão direito a café-da-manhã, almoço,
jantar. Além de muita boa conversa.
FONTE: http://www.almanaquebrasil.com.br
Em julho de 2007, por Mariana Albanese
postado originalmente no site CULTURA CRATO

Atenção Artistas e população em geral:


A secretaria de Cultura do Crato em parceria com a prefeitura Municipal do Crato estão, através do blog oficial, cadastrando os artistas da região (SINF), leiam um resumo da história dos nossos artistas, já temos um breve histórico de alguns divulgado, tenham acesso as informações do Festival Cariri da Canção, arte, cultura em geral, opinem, sugiram, o espaço é nosso!

http://culturacrato.blogspot.com


O CRATO É CULTURA!

As Padarias Espirituais estão chegando ao Cariri. por Elmano Rodrigues Pinheiro



Doze toneladas de livros estão a caminho de Juazeiro do Norte, para o início do projeto Padarias Espirituais, que beneficiará comunidades carentes e bibliotecas públicas de todo Estado do Ceará.
Com o apoio da Camara dos Deputados, Ecocamara, Fundação Assis Chateaubriand,Verano Editora, LGE Editora, Garage Sale Open House, Liber Livros, Verbis Editora, Ensinamento Editora, Coronário Editora, Star Print Editora, Deputado José Guimarães, Conhecimento Editora, Edson Beú, Lelo, Secretaria de Comunicação Social da UnB, Luís Guerrero, Geraldo Ananias Pinheiro, Fernando Lopes, e mais uma centena de doadores, foi possível arrecadar-se mais de 30 000 títulos, que farão parte dos acervos a serem dotados para as instituições. As primeiras padarias espirituais serão inauguradas no mes de outubro em Juazeiro do Norte nos bairros João Cabral e Aeroporto, e 2 500 títulos serão destinados a Biblioteca Possidonio Silva Bem dando uma injeção na renovação do seu acervo, ficando as 18 restantes sendo montadas conforme cronograma a ser divulgado.

A área rural do Cariri não ficará a ver navios. Assentamento 10 de Abril, Malhada,Sitio Gavião, e mais tres comunidades na região do Cariri estarão recebendo acervos nesse mes de outubro. Assim a Fundação Enoch Rodrgues, acredita que está cumprindo o seu papel social,e promovendo a cidadania através da leitura. Cinco mil títulos já encontram-se à espera de uma nova carreta, dando prosseguimento ao projeto, espalhando essa idéia por outros municípios do Cariri.

PROJETO FOLCLORE- Por Maria Otilia

Alunas do 7º Ano - Tarde -Reisado
A EEF Dom Quintino vem desenvolvendo desde o ano de 2002 o Projeto Folclore. Através deste Projeto , a Escola trabalha as competências e habilidades das diversas áreas do conhecimento, com o objetivo de construir a cultura da preservação e valorização do nosso folclore.
A IX edição deste projeto trouxe como temática a região nordeste. Cada sala de aula representou um estado nordestino. Em sala foram desenvolvidas atividades de pesquisa, produção de textos, painéis, danças, etc.
No dia 31 de agosto foi realizada a culminância de todos os trabalhos desenvolvidos em sala de aula. Inclusive com a degustação de comidas típicas de cada estado do nordeste.
Para abrilhantar a festa da cultura popular, a escola convidou a Mestra D. Edite que trouxe o grupo da dança do coco mirim., do bairro Gisélia Pinheiro ( batateiras). Pode-se dizer que foi um espetáculo a apresentação das meninas , bastante apludidadas por todos os presentes.



Vale ressaltar que a satisfação do núcleo gestor , professores e funcionários foi enorme. Principalmente pelo grau de envolvimento de todos os alunos e familiares durante o planejamento e execução do projeto. Isto mostra que os nossos alunos já percebem a importância da preservação e o gosto por nossa cultura popular.

É a Escola Dom Quintino cumprindo mais uma vez a sua função de ser polo cultural, de ser um espaço vivo, de mudanças de posturas e de aquisição de novos saberes.

Acessem o nosso blog: http://www.escoladomquintino.blogspot.com/

Postado por Maria Otilia

ALMANAQUE - De 4 de setembro de 2010. Por: Meirinha


ALMANAQUE

4 de Setembro: Dia de Santa Rosália.

* 1842 - Casamento de Pedro II do Brasil com a princesa Teresa Cristina Maria de Bourbon.
* 1865 - Início do governo de Joaquim António de Aguiar como Primeiro-Ministro de Portugal.
* 1969 - Anos de chumbo: militantes do MR-8 sequestram embaixador americano no Brasil, Charles Burke Elbrick.

Nasceram neste dia...

* 1768 - François-René de Chateaubriand, poeta francês.
* 1941 - Marilena Chauí, filósofa e educadora brasileira.
* 1981 - Beyoncé, cantora estadunidense.

Morreram neste dia...

* 1979 - Dennis Sefton Delmer, jornalista britânico (n. 1904).
* 1995 - Paulo Gracindo (na imagem), ator de teatro, cinema e televisão brasileiro (n. 1911).
* 2008 - Fernando Torres, ator e encenador brasileiro (n. 1927)

Fonte: Wikipedia

Entenda como será o resgate dos mineiros no Chile com essa Animação em 3D



Os mineiros estão desde o dia 5 de agosto a 700 metros de profundidade, em um abrigo de 50 metros quadrados, quando o principal acesso ao túnel ruiu. Atualmente, o único canal de comunicação com os trabalhadores é um duto de cerca de 15 centímetros de diâmetro. Desde a noite de domingo engenheiros tentam abrir mais linhas de comunicação, além de reforçar o duto já aberto, para evitar que a passagem seja obstruída pela queda de rochas.

O duto está sendo usado para enviar suprimentos aos mineiros.

Além de água, estão sendo enviadas cápsulas com comida - em forma de uma solução altamente calórica de glicose -, além de medicamentos para diminuir a acidez estomacal. O plano para resgatar os mineiros é aumentar o duto que já existe, de 15 para 66 centímetros, para permitir a retirada dos trabalhadores. A operação de resgate poderá levar até quatro meses.

Fonte: BBC

CRATO - Notícias do Dia 04 de Setembro de 2010


Crato se prepara para desfile cívico de 7 de setembro

A Secretaria de Educação do Crato está realizando o trabalho de organização para o desfile cívico do dia 7 de setembro na cidade. Alunos das escolas da rede municipal desfilarão com uniformes novos, que foram distribuídos para toda a comunidade escolar. Desde que foi iniciada a administração Samuel Araripe, são distribuídos de forma gratuita para todos os estudantes uniformes completos, além das mochilas, como forma de possibilitar uma identidade para o aluno cratense, resgatando a cidadania dos estudantes.

Governo Municipal do Crato divulga a programação para o dia 7 de Setembro

O ponto de concentração será na Praça da Sé às 7 horas e 30 minutos, onde haverá o hasteamento de bandeiras. O local do palanque será na Praça Siqueira Campos e o roteiro do desfile será da seguinte forma: Rua Senador Pompeu, Rua Monsenhor Esmeraldo, Rua Dr. João Pessoa, Praça Siqueira Campos (Palanque), Rua Miguel Limaverde e Praça da Sé. As entidades que desfilarão no dia da 07 de setembro seguirão esta órdem:

BANDA MUNICIPAL, TG - 10.004, 5ª CIA/ 2º BPM / CAVALARIA/ PROERD,RONDA DO QUARTEIRÃO, GUARDA MUNICIPAL, CORPO DE BOMBEIROS/ PROJETO SAÚDE/ BRIGADISTAS, INSTITUTO BRASILEIRO DO DIREITO À VIDA DOS ANIMAIS E DO MEIO AMBIENTE – IBDVAMA, GRUPO SOCIAL DO CAMPO, MONARQUIA ESTUDANTIL: REI, RAINHA, PRÍNCIPE E PRINCESA, 10º GRUPO DE ESCOTEIROS: BADEN POWELL, E.E.I.E.F. CIRCULO OPERÁRIO, CASA HARMÔNICA, ESCOLA DE MÚSICA MAESTRO AZUL, AABB – COMUNIDADE/ NUFESP, EDUCANDÁRIO FONTE DE SABER, COLÉGIO MUNICIPAL PEDRO FELÍCIO, CAIC PROFª. MARIA YARA DE BRITO GONÇALVES, E.E.I.E.F. ESTADO DA PARAÍBA, E.E.I.E.F. GOV. GONZAGA DA FONSECA MOTA, PRÓ-JOVEM, COLÉGIO ELDORADO, E.E.I.E.F. ALDEGUNDES GOMES DE MATOS, E.E.I.E.F. PROF. JOSÉ DO VALE ARRAIS FEITOSA, E.E.I.E.F. PROF. JOSÉ DO VALE ARRAIS FEITOSA, E.E.I.E.F. ANTÔNIO ANTUÉRPIO GONZAGA DE MELO, EXTERNATO 05 DE JULHO, E.E.I.E.F. CIRANDA DO SABER, E.E.I.E.F. PROF. ALVARO RODRIGUES MADEIRA, EDUCANDÁRIO PARAÍSO DA CULTURA, MAÇONARIA E ENTIDADES PARA-MAÇÔNICA, E.E.E.M. GOVERNADOR VIRGÍLIO TÁVORA, E.E.E.M. TEODORICO TELES DE QUENTAL, E.E.E.M. JOSÉ ALVES DE FIGUEIREDO, COLÉGIO ESTADUAL WILSON GONÇALVES, COLÉGIO ESTADUAL WILSON GONÇALVES, E.E.E.M. POLIVALENTE GOV. ADAUTO BEZERRA, E.E.E.M.LICEU DO CRATO PREFEITO RAIMUNDO BEZERRA, E.cE.E.M. PRESIDENTE VARGAS E INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO – CAMPUS CRATO. A Prefeitura do Crato convida a todos a participarem do desfile cívico.

Secretaria de Meio Ambiente e Controle Urbano do Crato participa de Blitz Ambiental de prevenção a queimadas e incêndios

A Secretaria de Meio Ambiente e Controle Urbano do Crato (SEMAC) juntamente com a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), Floresta Nacional do Araripe (FLONA) , IBDVAMA, Corpo de Bombeiros, Comando de Polícia Militar Ambiental (CPMA) e Associações de Moradores do entorno, liderados pelo Geopark Araripe realizaram ontem uma Blitz Ambiental contra as queimadas na Chapada do Araripe, em Crato.

Representantes das instituições se reuniram na tarde da última quinta-feira na Praça da Sé e de lá seguiram para as comunidades onde têm ocorrido mais incêndios, Coqueiro, Granjeiro, Serrano e Sítio Fundão. Nos locais, foram feitas visitas às casas para sensibilizar os moradores sobre os problemas causados pelos incêndios. Lembrando que maisuma blitz foi montada no Posto Rodoviário Estadual, na Batateira, com distribuição de panfletos informativos e sacolas de lixo para automóveis. A idéia da ação é combater as queimadas na área da Chapada do Araripe, que acontecem todos os anos, tendo como período crítico o mês de setembro, bem como sensibilizar comunidades locais e motoristas sobre os perigos e conseqüências das queimadas. A Blitz Ambiental contra queimadas acontecerá uma vez por mês até dezembro.

Secretaria de Finanças realiza entrega de boletos do IPTU

A Secretaria de Finanças do município do Crato comunica aos contribuintes que está sendo realizada a entrega dos boletos do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), exercício 2010, e que o vencimento da cota única ou 1ª parcela será até o dia 06 de setembro de 2010, na próxima segunda-feira, com os mesmos descontos impressos no DAM. Os contribuintes que optarem por pagar o IPTU parcelado deverão comparecer à Prefeitura, após o pagamento da primeira parcela para receberem as parcelas restantes. Os contribuintes que não receberem seus boletos (os proprietários de terrenos) e os que, por ventura, identificarem alguma divergência de dados, favor comparecer à Prefeitura para regularizar sua situação.

Crato terá Centro de Convenções funcionando em 2011

O Centro de Convenções do Cariri, que está sendo finalizado em Crato, estará funcionando apenas em 201. O prédio se encontra com cerca de 80% das obras concluídas e a fase de aquisição de equipamentos ainda está sendo feita. Um dos principais focos do centro será o turismo de negócios na região, incentivando a realização de eventos. O secretário de Turismo do Estado, Bismarck Maia, e técnicos visitaram a obra, na quarta-feira última. A obra de R$ 7,7 milhões foi iniciada em julho do ano passado. De acordo com divulgação inicial, o Centro de Convenções deveria ser concluído em maio deste ano, mas por conta de questões burocráticas em relação à empresa que ficaria responsável pela execução, houve atraso no começo dos serviços. O local deverá contemplar diversas atividades culturais e sociais, atraindo para a região, seminários, cursos profissionalizantes, exposições, feiras, teatro, entre outros eventos. A área construída será de 5,7 mil m², serão instalados um auditório com capacidade para abrigar 720 pessoas, além de outros três, com de 140 a 160 lugares, recepções, subsolo para depósito e casa de máquinas, quatro salas de reunião e multiuso, e estacionamento com 208 vagas. Também vão ser construídos espaços cobertos e ao ar livre para exposições, e jardins paisagísticos dotados de espelhos d'água.

Com informações da ASCOM - PMC
Mais informações:
http://www.crato.ce.gov.br
http://www.prefeituramunicipaldocrato.blogspot.com

Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30