xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 22/06/2010 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

22 junho 2010

Preconceito e atraso no ensino da história econômica do Brasil – por Armando Lopes Rafael


Aconselho a todos a leitura do livro “A Nação Mercantilista”, tese de doutorado de Jorge Caldeira. Na obra citada o autor prova que a história econômica do Brasil sempre foi mal contada, especialmente a da fase do período colonial.
Jorge Caldeira defende também que os problemas do Brasil não decorrem de sua inviabilidade econômica, como querem fazer crer os professores das universidades públicas. Segundo ele, nossos problemas advêm da ação das nossas elites, as quais – ontem como hoje – tiveram responsabilidade no atraso do Brasil.
O trabalho de Jorge Caldeira tem o mérito de desmistificar o que é ensinado nas universidades públicas brasileiras, onde professores da “esquerdona” jurássica ¬ verdadeiros dinossauros que ainda defendem o falido "socialismo real" – pregam (e muitos tolos acreditam) que o período monárquico foi de atraso e a República (advinda de um golpe militar sem participação do povo) representa uma esperança de progresso...
Até a independência do Brasil, ocorrida em 7 de setembro de 1822, esse atraso era atribuído à Coroa Portuguesa. Jorge Caldeira mostra que mesmo com os defeitos da administração portuguesa, o Brasil crescia muito naquele recuado tempo. Após consultar 354 obras – além de trabalhos e estudos diversos – o autor lembra que em 1500 o PIB de Portugal era um dos maiores da Europa e que em 1822 o PIB do Brasil era o dobro do de Portugal e maior do que o dos Estados Unidos.
Durante o século 18, o Brasil cresceu 10% ao ano, fato raro no mundo, mesmo nos dias atuais. Segundo o livro de Jorge Caldeira, o Brasil foi um dos primeiros países a conquistar eleições diretas. Apenas os Estados Unidos e a Inglaterra tiveram um número maior de eleições do que o Brasil. O objetivo do livro “A Nação Mercantilista” é explicar porque uma das economias mais desenvolvidas do mundo no século 18, ou seja, a economia brasileira, regrediu a ponto de representar hoje apenas 10% da economia norte-americana.
Bom lembrar que o crescimento do Brasil em 2009 foi praticamente zero.
Outros fatos interessantes que encontramos no livro “A Nação Mercantilista”: em 1578, o Brasil já era responsável por mais de um quarto de toda a receita das colônias portuguesas. Portugal administrava nosso imenso território com uma estrutura diminuta basicamente formada por um governador-geral, provedor da fazenda, um juiz de relação, um bispo e poucos assessores. Hoje se apelidaria isso de "Estado Mínimo" ou "política neoliberal". No final do século 18, o Brasil já respondia por 83,7% das exportações de todas as colônias portuguesas. Vendia quatro milhões de libras esterlinas, quase o dobro da venda dos Estados Unidos.
No capítulo sobre a nação mercantilista, Caldeira menciona que o crescimento brasileiro entre os anos 1800 e 1820, foi impressionante em grande parte devido às ações de Dom João VI durante sua permanência no Brasil, abrindo os portos à comercialização. Com a independência, ocorrida em 1822, graças ao Imperador Dom Pedro I, surge oficialmente a nação mercantilista brasileira, democrática, com 11% da população apta a votar, enquanto na Inglaterra apenas 7% votavam e na Itália apenas 2%.
Depois da leitura desse livro constatamos que os ensinamentos que nos foram repassados nas universidades públicas não se resumem apenas a atraso e preconceito. São baseados em fatos inverídicos mesmo...
Texto e postagem Armando Lopes Rafael

América Latina reproduz no Mundial fase de avanços na economia e na política

Existe alguma relação entre bom momento político e econômico e sucesso em Copas do Mundo? Difícil dizer, mas uma região que a cada ano ganha força e estabilidade parece estar reforçando essa ideia.

Ao final da segunda rodada do Mundial da África do Sul, a América Latina pode ser apontada como o maior vencedor até agora. Enquanto potências europeias tradicionais como França, Inglaterra, Espanha e Itália temem uma precoce e humilhante desclassificação, e os africanos lutam para garantir pelo menos um representante nas oitavas-de-final, os latino-americanos se impõem sobre o resto do mundo. México e Uruguai podem se classificar juntos em um grupo onde muitos viam França e os anfitriões da África do Sul como prováveis vitoriosos. O Brasil obteve sua classificação antes do jogo final, enquanto a Argentina impressionou e já está praticamente garantida na próxima fase. O Paraguai lidera seu grupo à frente da atual campeã, a Itália, e o Chile precisa agora de apenas um empate contra a Espanha para terminar como líder do grupo. A Copa da África tornou-se a Copa da América Latina.

Seria apenas coincidência o fato de a região passar por um bom momento também fora de campo? Depois de praticamente duas décadas economicamente perdidas, de 80 e 90, que pelo menos tiraram a maior parte da região do ciclo do autoritarismo político, a América Latina é hoje levada mais a sério. Tráfico de drogas e violência urbana ainda assustam, como no caso do México. Mas a Colômbia acaba de concluir uma eleição que mostrou maturidade política e recompensou o governo por suas vitórias sobre a guerrilha. Uruguai, Paraguai e Equador recentemente elegeram governos de esquerda sem que isso desestabilizasse sua economia ou governabilidade. Peru e Brasil são exemplos de crescimento econômico em torno ou acima de 5%. Enquanto a mesma Europa que patina na Copa não consegue ver o fim de seus problemas econômicos, a América Latina saiu da crise mundial antes do previsto. Apesar do deslize de Honduras, do regime comunista cubano e de polêmicas envolvendo o governo da Venezuela, a região desfruta de estabilidade e liberdade políticas inéditas em sua história.

O passado nos reserva outras coincidências dentro e fora do campo. O tão sonhado tetracampeonato mundial brasileiro veio em 1994, exatamente quando entrava em vigor o real, a moeda símbolo de estabilidade que finalmente derrotou a hiperinflação. A vitória da Alemanha em 1990, ainda sob o nome de Alemanha Ocidental, simbolizou o nascimento de uma nova, unificada, poderosa nação, meses após a queda do Muro de Berlim. O primeiro título do Brasil ocorreu em uma época de investimentos e otimismo, durante a construção de Brasília e com Pelé simbolizando a força do Brasil emergente dos anos JK. A Argentina de 1986, apesar das dificuldades do governo de Raul Alfonsin, era uma nação confiante no futuro, três anos depois do fim de uma sangrenta ditadura militar. A Inglaterra conquistou seu único título em 1966, época extremamente estimulante para a Grã-Bretanha, com importantes mudanças culturais e sociais ao som dos Beatles e dos Rolling Stones.

Entretanto, a mesma Argentina venceu o Mundial de 1978, quando os generais estavam no auge de seu impulso repressivo marcado por milhares de mortes e desaparecimentos. A vitória brasileira no México, em 1970, ocorreu em um tempo de milagre econômico, mas também de grande repressão política, que não pode ser considerada exatamente uma fase feliz. A Itália de 2006 vivia sua tão comum realidade de governo fraco e dificuldades econômicas. Além disso, a Grã-Bretanha viveu um grande período de prosperidade de 1993 a 2008, com 15 anos de crescimento econômico ininterrupto, sem que isso fosse traduzido em bons resultados para a seleção inglesa. A boa fase de um país não é garantia de sucesso dentro das quatro linhas, e títulos foram obtidos quando o país passava por dificuldades. Mas as vitórias dos últimos dias nos campos da África do Sul coincidem com um dos momentos mais positivos da história da América Latina. A Copa do Mundo ainda está no começo, e o renascimento latino-americano está longe de estar consolidado. Mas, seja dentro ou fora de campo, los hermanos das Américas têm motivos para comemorar.

Fonte: Blog da BBC Brasil

Mensagem aos que Sobrevivem da Miséria Alheia :

O Jornalismo dos Doentes:

Viver da desgraça e da Miséria alheia é seguramente, uma das coisas mais abomináveis que um ser humano pode fazer. Recebi uma mensagem por e-mail apontando links para as seguintes "notícias". Acho de extremo mau-gosto, e têm doença mental, as pessoas que divulgam esse tipo de coisa, e a população que quer ver isso:

Fotos - Fotos de Acidentes

* Twister Na Pista
* Imagens Do Acidente 447 E Corpos Do Voo 447 Air France | Pessoas Mortas Do Voo 447
* Tragédia 14/06/2009 - Processo De Identificação Das Vítimas Do Airbus Deve Demorar
* Acidente De Moto
* Acidente Na RO 010 Com Linha 138 - Resultado De Um Racha
* "Esquina Da Morte" Faz Mais Uma Vítima Fatal
* Acidente Com Avião Da FAB(Força Aérea Brasileira)
* Acidente Na BR 101 Bahia.
* Tragédia Na Tarde De Feriado
* Colisão Entre Kombi E Moto Acaba Em Tragédia
* Acidente Na BR116 Entre 2 Carretas E 1 Onibus Da Cantelli Tur De Videira/sc Ocorrido Em Monte Castelo/SC E
* Acidente Na Br 101 Extremo Sul Da Bahia
* Motoqueiro Fechado Por ônibus E Carreta
* Capotamento Guaratinguetá
* Ataque De Tubarão Na Praia
* Ataque De Tubarão Em Recife
* Acidente Em Anchieta-ES
* Acidente De Avião Voo AF 447 Da Air France No Rio De Janeiro - RJ Com Rota Rio-Paris Desaparecido
* Motoqueiro Bebado
* Acidente De Transito Mg-447 Entre Ubá E Visconde Do Rio Branco?

Não se sabe quem é mais doente mental, se quem produz essas notícias ou quem as lê!

Dihelson Mendonça

Será iniciado nesta 4ª feira, em Crato, o tríduo em homenagem a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
Será iniciado nesta quarta-feira, dia 23 de junho, às 17:00h, na capelinha de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Rua José Pinheiro Esmeraldo nº 714, bairro São Miguel, em Crato) o tríduo que antecede à festa a ser celebrada, excepcionalmente este ano, no próximo sábado, dia 26. A data de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro é marcada no calendário no dia 27 de junho. Esta é a nona vez que esta festa é realizada em Crato, já que a primeira versão ocorreu em 2001. A capelinha de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro foi construída pelo bispo-emérito de Crato, dom Newton Holanda Gurgel, que ali celebra diariamente às 5 horas da tarde.

Razão da Invocação

A invocação de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro provém de um milagroso ícone cuja pintura é atribuída a São Lucas e que mede 53 por 41 centímetros. Trata-se de uma pintura de estilo bizantino, executada em madeira sobre um fundo dourado, cor muita usada pelos artistas no antigo Império Romano quando se tratava de retratar grandes personalidades. O ouro, no caso, é um expressivo símbolo da glória da Rainha dos Céus. Mais do que um simples retrato de Maria, a pintura reproduz uma cena.
No ícone foi pintada a figura de Nossa Senhora tendo nos braços o Menino Jesus. A Virgem Maria está envolta com um manto azul (cor que no início do cristianismo simbolizava a pureza) e por baixo do manto um vestido vermelho (cor símbolo das mães) simbolizando Nossa Senhora como virgem e mãe.
O olhar da Virgem Maria não está voltado para o Menino Jesus e sim para os fiéis, a simbolizar que seus olhos estão sempre voltados para nós, acolhendo-nos em todas as nossas necessidades. Uma curiosidade do ícone: no pé direito do Menino Jesus a sandália está pendente por um fio, a simbolizar a situação da alma em pecado mortal, presa a Jesus por um fio: a devoção a Nossa Senhora. Consta ainda, acima do quadro, no lado esquerdo e direito os Arcanjos São Miguel e São Rafael, segurando a cruz, os cravos, a lança e o cálice da amargura prenúncio da crucificação de Jesus Cristo.

Texto e postagem de Armando Lopes Rafael

CRATO:FELIZ ANIVERSÁRIO PRINCESA DO kARIRI-Por Wilson Bernardo.

O CRATO TRABALHA PARA O BEM ESTAR DE TODOS...
Foi assinado na semana do município,ordem de serviço para asfaltamento de diversas ruas na
cidade de Crato.Seguindo um parâmetro de ordem estabelecida,a secretaria de Infra-estrutura,antecipa o recapiamento e a recuperação das vias mais importantes e demais necessidades ,das ruas do nosso município,o que seria a operação resgate da malha viária,atendendo a inúmeros pedidos de motoristas e motoqueiros,fazendo com isso,a segurança de todos,já que se corrigem as falhas no asfalto,devido as chuvas.A segurança do cratense e dos visitantes a nossa terra bendita é uma ação de bem estar e qualidade de vida.
Homens trabalhando
e estaremos sempre servindo a todos
O secretário Zé Muniz,inspeciona os serviços pessoalmente
E esta sempre a disposição de todos os cratenses,na busca de soluções e problema para serem solucionados,dando a sim a grande visibilidade do município com o seu povo.
Wilson Bernardo(Texto & Fotografia)

Bom Dia, CRATO - Hoje, dia 22 de Junho de 2010


Meus amigos do Blog do Crato, muito bom dia. Como alguns devem saber, vim passar uns dias em Fortaleza, atendendo a vários compromissos, e aproveitei o ensejo para fazer a cobertura da festa de entrega da premiação dos melhores prefeitos do Ceará de 2010. O Crato é uma cidade duplamente homenageada, porque ontem, dia 21, comemorou-se 246 anos da cidade, e ao mesmo tempo, o Prefeito recebeu a honraria através de votação, de melhor prefeito do Ceará do ano de 2010, escolha feita por um juri de notáveis, que incluem o Presidente do TCU, TCM, Banco do Nordeste, etc. Os critérios para avaliação e escolha do prefeito não são por íncides de popularidade, como alguns pensam, mas pelos MELHORES Índices de desenvolvimento nas áreas de Educação, Saúde, Ação Social, Cultura, etc. E o Crato, segundo os dados chegados apreciados pelos votantes, foi escolhido para a premiação, de modo que antes de o prefeito ser escolhido, na verdade, a cidade é quem é escolhida pelos seus índices. A cerimônia é realizada há 23 anos pela empresa PPE, que tem bastante Know How em eventos. No local, pude encontrar pessoas que não via há bastante tempo, como o Senador Mauro Benevides, Deputado Ely Aguiar, Deputado Federal Arnon Bezerra, dentre outros. Também vale lembrar que das cidades caririenses, a cidade de Várzea Alegre e Brejo Santo também entraram entre as 30 que preencheram os pre-requisitos. Quero parabenizar a cidade do Crato pelos 246 anos, e ao Prefeito Samuel Araripe pela conquista. Ao me dirigir a ele para dar os parabéns, este me disse:

"Agradeço a você, por fazer parte dessa nossa conquista!"

Previsão do Tempo para hoje no Crato

A previsão tem falhado um bocado aqui no Crato, mas segundo o Climatempo, o maior site de meteorologia do país, o dia de hoje é de Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Bom Dia!
Dihelson Mendonça

Crato encerra Semana do Município - Reportagem: Antonio Vicelmo


Bombeiros simularam resgate de vítima de incêndio na Igreja da Sé, durante aniversário do Crato - ANTÔNIO VICELMO

Crato. A programação comemorativa ao Dia do Município do Crato e ao Centenário do Tiro de Guerra foi encerrada, ontem, com um incêndio simulado em frente à Sé Catedral, com o salvamento de vítimas. Uma equipe do Corpo de Bombeiros, sob o comando do Capitão Leoni, resgatou as supostas vítimas do incêndio, de umas janelas da Igreja da Sé, utilizando o método rapel, enquanto o fogo foi combatido, em menos de dois minutos. A operação foi assistida por cerca de 500 pessoas que participaram da solenidade do Dia do Município. A programação comemorativa aos 246 anos de emancipação política do Crato e 100 anos de criação do Tiro de Guerra foi aberta com uma concentração cívico-militar na Praça da Sé, onde nasceu a cidade do Crato. A novidade foi à presença do Batalhão de Caatinga do 40º Batalhão de Infantaria. Sob o comando do coronel Erasmo de Albuquerque Souza Filho, que representou o general Hélio Chagas Macedo, comandante da 10ª Região Militar. Todas as corporações militares, Tiro de Guerra, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros participaram, ontem, do desfile pelas principais ruas da cidade.

Com um discurso inspirado na letra do Hino do Crato, o prefeito Samuel Araripe destacou a participação do Crato no contexto histórico, político e econômico do Estado. Hoje o Crato é uma cidade que está projetada para o futuro, disse o prefeito, comparando a sua equipe de trabalho com os "guerreiros da tribo Cariri" de que fala o Hino do Crato. Depois de relacionar o elenco de obras realizadas ao longo de seus anos a frente da Prefeitura, Samuel citou mais uma vez o hino: "sou teu filho e, ao teu calor, cresci, andei, sonhei e vivi sempre cheio de sonhos". Para o bispo diocesano, dom Fernando Pânico, que participou da solenidade, as duas datas, os 246 anos do município e os 100 anos do Tiro de Guerra, incentivam prosseguir "a caminhada na construção de uma cidade nova, principalmente nos tempos de hoje, tão ameaçados pela violência", disse, lembrando o fundador do Crato, o italiano frei Carlos Maria de Ferrara.

MAIS INFORMAÇÕES
Prefeitura Municipal do Crato, Largo Júlio Saraiva
Centro, Cariri
(88) 3523.9600

Antônio Vicelmo
Repórter do Jornal Diário do Nordeste
Colaborador do Blog do Crato

CRATO - Notícias da URCA - Universidade Regional do Cariri - 22 de Junho de 2010


XII Encontro Estadual de História do Ceará aberto em Juazeiro

O XII Encontro Estadual de História do Ceará foi aberto, na manhã de ontem, no Círculo Operário São José, em Juazeiro do Norte, com conferência do presidente da Associação Nacional de História (ANPUH), Prof. Dr. Durval Muniz. Uma das principais bandeiras de luta dos historiadores de todo o País, que é a regulamentação do Profissional de História, foi debatida durante a abertura, além dos novos desafios da Associação no País. O encontro tem como temática central HISTÓRIA: POLÍTICAS PÚBLICAS E PRÁTICAS CULTURAIS. Ontem à noite, no Salão de Atos e Sala de Vídeo da Universidade Regional do Cariri (URCA), foram realizados debates, por meio de mesas redondas, sobre Museus e historiadores: Espaços possíveis e necessários no Ceará, e Arquivos Públicos e Privados no Ceará e no Nordeste: Experiências e Necessidades.

A proposta é trazer experiências práticas aos participantes, por meio dos vários museus da região. O ensino e a pesquisa em história também ganham espaço nos debates. O Encontro está sendo realizado nas cidades de Crato, Juazeiro do Norte, Nova Olinda, Barbalha e Assaré. A vice-reitora da URCA, Professora Otonite Cortez, esteve na noite de ontem nos debates e deu boas-vindas aos participantes. A administração da Instituição de Ensino Superior está dando apoio financeiro para a realização do evento, que se realiza pela segunda vez no Cariri, além de ser também sede do encontro. O presidente da ANPUH no Ceará, Professor Altemar Muniz, afirma que durante os anos de realização do encontro, este foi o maior apoio dado por parte de uma Universidade. Com participação de arqueólogos, arquivistas, pesquisadores, estudantes e professores, o XII Encontro Estadual de História do Ceará será encerrado no próximo dia 25, com Simpósio temático, a partir das 8 horas, fechando com conferência do Professor Iranilson Buriti e apresentação artística dos irmãos Aniceto.

A finalidade foi abrir espaço para o debate acerca das temáticas pertinentes ao exercício profissional do historiador, bem como propiciar espaços para o intercâmbio e a interação de idéias, estudos e pesquisas. Visa uma intervenção junto à sociedade e aos poderes públicos no sentido da valorização da profissão, das fontes e equipamentos necessários ao desenvolvimento do trabalho do profissional da história.

Curso de Economia da URCA revela custo da cesta básica de maio, no Cariri

Na Região Metropolitana do Cariri (RMC) foi registrada uma queda de 4,7% no custo da Cesta Básica do mês de abril para maio. O custo da cesta básica na RMC, de R$ 172,34, foi menor do que o custo da cesta básica registrado em Fortaleza (R$ 185,73). Dos municípios pesquisados no Cariri, o maior gasto para aquisição da Cesta Básica foi registrado em Crato (R$ 181,24), e o menor custo em Jardim (R$ 135,44). Embora, nesta última cidade, 3 dos 12 produtos pesquisados não estivessem disponíveis no período de realização da pesquisa.

Na cidade de Juazeiro, o custo para aquisição da Cesta Básica foi de R$ 179,76. Em Farias Brito de R$174,57. Em Caririaçu de R$ 163,64 (para 10 dos 12 produtos pesquisados). Em Missão Velha, R$168,73 (para 11 dos 12 produtos pesquisados). Em Santana do Cariri R$160,60 (para 9 dos 12 produtos pesquisados ). Em Nova Olinda R$ 147,96 (para 10 dos 12 produtos pesquisados). A pesquisa também estimou o tempo de trabalho necessário para aquisição da Cesta Básica e o salário mínimo necessário, que é aquele capaz de atender as necessidades de moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social. Na RMC o trabalhador que ganha salário mínimo precisou trabalhar 74 horas e 34 minutos para aquisição dos 12 produtos da Cesta Básica, no mês de maio.

Em maio, segundo o DIEESE, o salário mínimo necessário estimado, para uma família de 2 adultos e 2 crianças, foi de R$ 2.157,88, o que corresponde a 4,23 vezes o piso pago no mês (de R$ 510,00). Na RMC, o salário mínimo necessário foi estimado em R$ 1.447,84. Em maio, pela primeira vez neste ano, a maioria das capitais onde o DIEESE – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos – realiza mensalmente a Pesquisa Nacional da Cesta Básica, registrou redução no custo do conjunto de produtos alimentícios essenciais. Em 12 das 17 capitais pesquisadas foi registrada redução, com destaque para Rio de Janeiro (-5,04%), Porto Alegre (-4,41%), Belém (-2,33%) e Curitiba (-2,19%). Em cinco capitais, os preços tiveram aumento: Manaus (3,26%), Goiânia (2,72%), Aracaju (1,15%), Recife (1,10%) e Belo Horizonte (0,59%). A forte retração ocorrida em Porto Alegre, bem maior que a apurada em São Paulo (-1,94%), fez com que as 2 capitais registrassem valores bastante próximos para os gêneros básicos, com R$ 256,86 na capital gaúcha e R$ 256,31 em São Paulo. A terceira localidade mais cara foi Manaus, com R$ 249,39. Os menores custos foram apurados em Fortaleza (R$ 185,73) e Aracaju (R$ 187,10).

Esta pesquisa vem sendo realizada de forma voluntária pelos estudantes do Curso de Economia da Universidade Regional do Cariri – URCA: Ednaldo Jose; Janaina; Genys; Ismael; Otácio; Illydio; Francisco Isidio; José Alex; Anderson Ferreira; Jaqueline; Jose Cristofer; Francilene; Josefa Eliene; Elder Menezes; Maria das Dores; Renan Diniz; Isabel Cristina, Gabriel e Fernanda. A pesquisa é coordenada pelo Prof. José Micaelson Lacerda Morais.

Documentário contará história da Mestra Zulene Galdino

A Mestra da Cultura Popular, Zulene Galdino, que desenvolve suas atividades na Vila Novo Horizonte, no Crato, terá o registro do seu trabalho transformado em documentário, através do Projeto “No terreiro dos Brincantes”, desenvolvido pela Universidade Regional do Cariri – URCA, através da Pró-Reitoria de Extensão – PROEX e do Instituto Ecológico e Cultural Martins Filho – IEC. A Mestra Zulene, desde criança dançava quadrilha junina, tendo criado dois grupos, um de infantil e outro de jovens. Além da quadrilha, a Mestra mantém vivas outras manifestações na comunidade como a lapinha, maneiro-pau e o grupo Cintura Fina. O projeto “No Terreiro dos Bricantes” visa contribuir para memória social e afirmação da identidade e diversidade cultural das manifestações artísticas e culturais da região do Cariri. O projeto é desenvolvido através de registros audiovisuais e entrevistas com os mestres e mestras do saber popular na própria comunidade. Um dos objetivos do documentário é contextualizar a realidade socioeconômica dos brincantes. Deverão ser feitos 10 documentários, o primeiro que está em fase de finalização contará a história das mulheres do Coco da Batateira. O Projeto conta com 07 acadêmicos monitores. O primeiro registro na Vila Novo Horizonte será neste sábado, dia 26, a partir das 14h00.

Estabelecimentos de projeto de Roteiro Integrado Geopark Araripe serão avaliados

Os gestores do projeto Roteiro Integrado Geopark Araripe - Geopark Araripe/SEBRAE definiram, no dia 17 de junho, os estabelecimentos que serão avaliados para fazer parte do projeto.O trabalho foi realizado em parceria com a Empresa Júnior dos alunos do curso de Ciências Econômicas da Universidade Regional do Cariri (URCA). Os estudantes associados da Empresa mapearam 24 estabelecimentos das áreas de gastronomia, hotelaria e venda de artesanato. Cada um deles vai ser avaliado a partir desta semana para saber se estão de acordo com os padrões adotados pelo Geopark.

O ambiente Geoturístico do Geopark compreende sete municípios: Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Missão Velha, Nova Olinda, Santana do Cariri e Assaré. Essa pesquisa será fator chave para o que o Geopark Araripe e o setor do turismo definam estratégias de produção, mercado, marketing, comercialização e gestão ambiental dos empreendimentos do setor e definir rede de parceiros e roteiro integrado do trade Geoturístico. Esse projeto é idealizado pelo Geopark Araripe em parceria com o SEBRAE, a Empresa Junior da URCA e CONAPIS.

Parceria firmada entre Geopark e Cariri Cangaço

Nova parceria foi firmada entre instituições, diante da realização do Cariri Cangaço 2010. Na última semana estiveram reunidos os organizadores do evento com a Diretoria do Geopark Araripe, momento em que firmada a parceria entre o primeiro e único Geopark das Américas, com o Cariri Cangaço. A reunião contou com as presenças do Curador do Cariri Cangaço, Manoel Severo, da Secretária de Cultura de Crato, Danielle Esmeraldo e dos gestores do Geopark, professores Patrício Melo e Idalécio de Freitas. Para o Coordenador Geral do Geopark, Patrício Melo, é de suma importância o Geopark estar unido ao Cariri Cangaço. O Curador do evento, Manoel Severo, afirma que a nova parceria tem um significado importante.

Assessoria de Comunicação
Universidade Regional do Cariri - URCA
(88) 3102-1212
www.urca.br
Crato, 22 de junho de 2010.

Maluf diz que sua Ficha é a mais Limpa do Brasil

NE - Acredite se quiser...

O deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) disse nesta segunda-feira (21) não temer que a Lei da Ficha Limpa impeça sua candidatura para reeleger-se à Câmara ou mesmo que seu registro seja negado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Ao participar da convenção estadual do partido, que lançou o deputado federal Celso Russomanno ao governo de São Paulo, Maluf repetiu as frases que o tornaram célebre em campanhas anteriores. "A minha ficha é a mais limpa do Brasil", afirmou. "É bom que se diga: sou elegível, sou candidato a deputado federal e não tenho nenhuma condenação que me impeça. Tenho 43 anos de ficha limpa de trabalho. Este é o fato."

Maluf negou que os processos relacionados à compra de frangos e à Paulipetro sejam barreiras à sua candidatura. No primeiro caso, Maluf foi inocentado em primeira instância, mas condenado depois pelo Tribunal de Justiça de São Paulo pela compra supostamente superfaturada de frangos congelados quando era prefeito de São Paulo, em 1996. Ainda cabe recurso da condenação. No outro caso, o Supremo Tribunal Federal (STF) condenou Maluf e outras cinco pessoas a ressarcir cerca de R$ 4,3 bilhões aos cofres públicos pelos prejuízos causados pela Paulipetro, empresa criada por ele quando foi governador de São Paulo, em 1979, para prospectar petróleo no estado, sem sucesso.

Maluf negou ter comprado frango superfaturado. "Fui inocentado em primeira instância e o caso está agravado. É mentira". Em relação à Paulipetro, reiterou: "Não tenho condenação na Paulipetro. Aliás, a coisa mais divina que fiz na vida foi dizer que tinha petróleo no estado de São Paulo. Demorou 25 anos e a Petrobras descobriu o pré-sal na Bacia de Santos. Tem uma Arábia Saudita lá embaixo". Também presidente estadual do PP, o deputado afirmou que todos os postulantes da legenda não enfrentam problemas com a Justiça. "Todos os candidatos são gente de bem", disse. Sobre sua candidatura, afirmou: "Sou candidato e desejo que a população reconheça aqueles que trabalham por ela. A marca Maluf está por todo o estado e por toda a cidade e tenho muito orgulho disso."

Fonte: G1

Felipão afirma que Brasil vai estar na final da Copa

Copa 2010 O jornal português "Record" destacou na versão online a entrevista de Luiz Felipe Scolari deu nesta segunda-feira na África do Sul. Scolari esteve nos dois últimos Mundiais: ganhou um, com o Brasil, em 2002. Quatro anos depois, comandou a seleção portuguesa, que caiu nas semifinais. Segundo o jornal, "Felipão rasgou elogios à equipe de Dunga e aposta que o Brasil chegará à final. O concorrente pode ser a Argentina, mas o técnico ainda tem dúvidas sobre o sistema defensivo do país vizinho". O treinador ainda falou sobre as duas seleções que treinou. "Fico contente por ver Brasil e Portugal praticamente classificados. O resultado de Portugal [7 a 0 sobre a Coreia do Norte] foi acima do esperado. Achei que Portugal fosse vencer por uns 2 a 0, mas conseguiu 7 gols".

Felipão tentou explicar a goleada portuguesa. "A Coreia levou 7 gols porque depois de tomar 3, 4 gols não fazia diferença. Ela jogou hoje já sabendo que se perdesse por 2 ou 3 a 0 já estava fora. Então, o que acontece? Tentou jogar futebol, esqueceu a parte tática totalmente defensiva, abriu e os gols foram acontecendo naturalmente". O treinador também elogiou o desempenho da seleção brasileira. "O Brasil fez os resultados que precisava, está bem organizado. A equipe tem bons jogadores. Jogou razoalvemente o primeiro jogo, bem o segundo e vai crescendo. A parte de organização está muito bem. O pessoal aqui na África do Sul fica admirado de ver como o Lúcio pega a bola e sai e como o Gilbero Silva ocupa a posição dele. O Brasil vai estar na final", concluiu.

Fonte: Folha OnLine

Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30