xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 03/05/2010 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

03 maio 2010

Gafe: Dilma diz que os nordestinos migraram para o Brasil

“A pré-candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, cometeu um “escorregão” em entrevista gravada que concedeu à sua própria assessoria e que foi ao ar na noite do último domingo, 2. Ao falar do filme “Vidas Secas” (1963), de Nelson Pereira dos Santos, a pré-candidata à Presidência disse que a história retrata “todo o problema da miséria, da pobreza, da saída das pessoas do Nordeste pro Brasil”.

O vídeo com a entrevista está disponível no site da ex-ministra e faz parte da estratégia de popularizar a imagem de Dilma pela internet. Durante a entrevista, ela falou sobre cultura e respondeu a perguntas de Marcelo Branco, responsável por sua campanha virtual. Ela disse, entre outras coisas, que o governo Lula aumentou de R$ 300 milhões para R$ 2,2 bilhões os investimentos no setor.

Enquanto relatava debates em que participou no Centro de Estudos Cinematográficos, em Belo Horizonte, durante a juventude, Dilma falou sobre “Vidas Secas”. O filme é baseado no clássico de 1938 do alagoano Graciliano Ramos (1892-1953).

Em arquivos de áudio disponibilizados pelo site na semana passada, também produzidos por sua assessoria, a pré-candidata se referiu ao presidente da República em 1909 como sendo, “eu acho”, Arthur Bernardes. Na verdade, Affonso Penna foi o presidente até junho daquele ano, quando morreu. Nilo Peçanha assumiu e concluiu o mandato, até 1910. Bernardes só ocuparia o mesmo posto 12 anos depois, em 1922.

Dilma já havia confundido nomes de pessoas e cidades no início do ano. Em fevereiro trocou Governador Valadares (MG) por Juiz de Fora (MG) e em abril chamou o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio, de “Paulo César”.

Fonte: Folha on line

Ceará, Piauí e Pernambuco firmam termo de cooperação técnica - Postado por Océlio Teixeira


Integração e troca de experiências nas áreas da Segurança, Saúde e Tecnologia da Informação. Este é o objetivo dos estados do Ceará, Piauí e Pernambuco que, nesta segunda-feira (3), em Teresina (PI), assinaram um termo de cooperação técnica. O governador Cid Gomes apresentou o programa Ronda do Quarteirão, que já serve de modelo para a polícia de Recife e será, também, aplicado no Piauí.

"Os problemas de segurança são realmente muito parecidos nos estados nordestinos. O crescimento desordenado das grandes cidades, e a falta de controle social fizeram com que a violência crescesse na nossa região. O programa Ronda do Quarteirão nasceu para restabelecer uma polícia comunitária, mais ligada à população e com atuação mais territorializada", afirmou o governador Cid Gomes. "Este modelo de policiamento comunitário, que conta também com um bom aparato tecnológico pode ser adaptado às realidades de cada Estado", destacou.

Segundo o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, o programa Ronda do Quarteirão serve também de exemplo para o policiamento do Recife. "Lá tivemos que fazer uma adaptação no que diz respeito ao transporte dos policiais. Por termos problemas de trânsito, aplicamos o programa mais com motos do que com viaturas", disse.

Além da experiência do Ronda do Quarteirão, levada pelo Ceará, o Estado de Pernambuco apresentou suas experiências com o fomento à tecnologia da informação. A cidade de Recife conta com um Porto Digital, que engloba diversas empresas de tecnologia e que permite desenvolvimento, educação e conhecimento sobre a área.

O Estado do Piauí contribuirá com suas experiências na área de reabilitação para portadores de deficiências físicas ou motoras. Atualmente o Estado conta com 42 unidades de fisioterapia em todas as regiões, além do Centro de Reabilitação Integrado, em Teresina, que realiza 1.400 atendimentos por dia. "Temos muito o que contribuir uns com os outros. Vamos trocar experiências, capacitação de pessoal e tecnologia. Isso é bom para todos", disse Wilson Martins, governador do Piauí.

Fonte: Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil ( comunicacao@casacivil.ce.gov.br)

Ponta da Serra é beneficiada com Palmeiras Imperiais´ - Por: Antonio Correia Lima


Nossa terra já tem palmeira/ Onde canta o sabiá/ A notícia é Verdadeira/ Olhe bem você verá

Avenida José Valdevino de Brito, em Ponta da Serra, fica mais bonita com o plantio de 27 palmeiras imperiais em todo o seu percurso.

É sem dúvida um grande benefício que o Senhor Prefeito, Samuel Araripe, está proporcionando a nossa comunidade. Além de dar um novo visual ao logradouro melhora em 100% o clima ambiental.

Esperamos outros benefícios prometidos, tais como, saneamento básico, adutora que trará água da Malhada e asfaltamento da rua principal, a Bernardo Vieira. A esse respeito é importe que se diga que a empresa responsável pelo projeto topográfico já concretizou esse trabalho, há poucos dias.

Seminário: Desafios e Oportunidades para a Região Metropolitana do Cariri - Postado por Océlio Teixeira

O Governo do Estado, por meio da Secretaria das Cidades, tem a satisfação de convidar a comunidade caririense para o Seminário: Desafios e Oportunidades para a Região Metropolitana de Cariri.

Data: 06 de maio de 2010
Horário: 8:30h às 16:30h
Local: Palácio da Microempresa - Auditório do SEBRAE
Rua São Pedro, s/n - Matriz - Juazeiro do Norte/CE

Programação
8h - Café da Manhã e Credenciamento
8:30h - Abertura
9h - Mesa 1: Aspectos Sociais e Institucionais de Criação de uma
Região Metropolitana
Palestrantes: Jório Cruz, arquiteto e especialista em Desenvolvimento
Urbano e Mônica Amorim, economista, doutoranda em Desenvolvimento
Econômico, Pequenas Empresas e Política Industrial
11:30h - Debate
12h - Almoço
13:30h - Mesa 2: A Questão do Planejamento Metropolitano.
Palestrantes: Joaquim Cartaxo Filho, arquiteto e Mestre em
Planejamento Urbano e Regional e Alexandre Weber, economista,
doutorando em Economia Urbana e Regional
16h - Debate
16:30h - Encerramento

Realização / Contato:
Secretaria das Cidades - Centro
Adm. Gov. Virgílio Távora
Ed. Seplag - 1º andar, Cambeba
Fone: (85) 3101.3767 - Sâmia
Site: www.cidades.ce.gov.br

Fonte: www.cidades.ce.gov.br

Metrô do Cariri tem VLT de padrão mundial - Postado por - J.Tavares


São da categoria Euro III – ou seja de padrão mundial, de baixa emissão de CO2 – os Veículos Leves sobre Trilhos (VLTs) do Metrô do Cariri, já em operação. Fabricado pela Bom Sinal em Barbalha, cada um VLT tem capacidade de transportar 350 passageiros, é tracionado por um motor Cummins de 500 HP e seu consumo é de 1,5 Km por litro de óleo diesel. Fernando Marins, dono da Bom Sinal, que fabrica os VLTs em sua fábrica na cidade cearense de Barbalha, no Sul do Estado, diz: os VLTs que serão utilizados em Fortaleza terão motores MAN Caminhões, da Vokkswagen.

Fonte: Diário do Nordeste - blog do Egídio Serpa


A votação final da Ficha Limpa será em 24 horas! - Texto enviado por: João Nicodemos

Caros amigos,

A votação final da Ficha Limpa será em 24 horas!

Faltam menos de 44,217 assinaturas para conseguirmos 2 milhões de vozes unidas pela votação da maior lei anti-corrupção da história. Com a Ficha Limpa, candidatos corruptos serão barrados das eleições. Uma entrega espetacular da petição está confirmada, porém precisamos conseguir os 2 milhões de nomes! Em poucas horas, nós poderemos marcar a história, tornando a Ficha Limpa lei. Não perca um segundo – veja o link para assinar – encaminhe este email, fale para todo mundo!

http://www.avaaz.org/po/brasil_ficha_limpa/?vl

Nós sabemos que a nossa pressão está funcionando. Só de conseguir uma votação já é uma grande vitória, centenas de deputados receberam as nossas mensagens e telefonemas pedindo para não atrasar a votação.

Mas nós ainda não vencemos. A Lei Ficha Limpa irá remover muitos políticos (com condenações criminais) das eleições, impedindo-os de se eleger. Alguns deputados ainda estão comprometidos em lutar contra a Ficha Limpa. Nós temos que ser mais fortes – assine no link:

http://www.avaaz.org/po/brasil_ficha_limpa/?vl

Nós só temos 24 horas para recuperar a esperança na política que foi abafada por forças corruptas por tanto tempo neste país. Se trabalharmos juntos, faremos história – mas temos poucas horas – vamos passar a Ficha Limpa! Com esperança, Graziela, Ricken, Pascal, Alice, Luis, Iain, Paul e toda a equipe Avaaz

A Vanguarda do Atraso - Por: Darlan Reis

NE - URCA Impede acesso a sites de comunicação na Internet, enquanto UFC já utiliza o Twitter. - Copiando modelo de atraso da China ?


Enquanto a Universidade Regional do Cariri - URCA impede o acesso a blogs e aos sites de comunicação como este blog aqui ( publicado no Cariricult ) , a Universidade Federal do Ceará - UFC utiliza os instrumentos de comunicação.

http://twitter.com/ufcinforma

O sentido da expressão "Vanguarda do Atraso" ganha sentido quando falamos da URCA nesse campo.

Por: Darlan Reis

À direita de Marina Lima, donde veio para julgar marxistas e comunistas. - por José do Vale Pinheiro Feitosa

Afirmando que a “revolução” (aspeado para especificar que é a marxista ou comunista que fala) se encontra num beco sem saída, Antonio Cícero, poesia, arte, filosofia, crítica, literatura e política, pretende pular o muro do beco. Qual beco e como? O beco da superação do capitalismo e suas mazelas, o qual “nem os marxistas podem pretender saber como seria”. Como todo bom conservador, aponta o dedo para aqueles que pretendem revolucionar as estruturas vigentes do capitalismo.

E qual a acusação? A de que, pretensamente, se “julguem superiores e desejem o monopólio ético”. Superiores a quem? A todos que não tenham feito a crítica do “capitalismo, da propriedade privada dos meios de produção, das diferentes classes sociais nem dos flagelos da exploração e da opressão do ser humano pelo ser humano.” Em outras palavras quem faz esta crítica apenas ler horóscopo de astrologia como a muleta que vai buscar em Theodoro Adorno.

De qual ética? Da ética entranhada em Antonio Cícero. O valor intrínseco do modo de produção capitalista, do progresso decorrente deste e da democracia (que ele não gosta que se diga burguesa). Como valor intrínseco, o filósofo, que fez sucesso com as letras das canções da irmã, naturaliza o capitalismo e o declara irremediavelmente parte do mundo e das pessoas. Como disse, com outras palavras, um pouco mais eruditas, Yoshihiro Francis Fukuyama, o liberal mor do “fim-da-história”. Este pequeno texto de Antonio Cícero, publicado aqui no Cariricult, por um fato curioso, talvez porque tenha gostado da pedrada crítica que poderia dar nos marxistas, não se apercebeu que ele era o próprio exemplo que Adorno apresentava. Ora, o texto parece não dar conta que o próprio capitalismo é fruto da superação de outro momento da história, conhecido como feudalismo. E que esta observação, apontava para aquilo que Marx foi, de alguma forma buscar em Hegel, que é o movimento da história. E veja que lá no final é neste “fluxo incessante” que ele busca sua solução.

Aliás, a superação do feudalismo não se deu apenas no campo das idéias (como forma acadêmica, pois em última instância as idéias representam a vida material e ética de todos), mas criando novas categorias sociais, econômicas e políticas tais como a burguesia, o operariado, o campesinato, as instituições burguesas, as lutas de classes, e no campo político a direita (ou conservadorismo agora não mais revolucionário da burguesia), a esquerda (oriunda das novas categorias sociais em luta com a burguesia) e toda alternativa ao conservadorismo como o Comunismo, Socialismo, Social Democracia, Anarquismo e outros mais. Mas, ao, tentar, condenar os marxistas e comunistas a um beco sem saída, olhe que Antonio Cícero usa as mesmas categorias críticas da direita política contra os regimes comunistas e a social democracia nos anos noventa, quando o Muro de Berlim caiu. Pelas beiradas para não se mostrar de cara, pois ele não tem o caminho da superação, mas do aperfeiçoamento.

E tem um viés em Antonio Cícero que retorna novamente à citação de Adorno: o uso acadêmico das citações, a esgrima de citações para apenas confundir ou calar o “adversário” no campo das idéias. Ora trazer Badiou ou Mao Tsé Tung, fora do contexto das complexas análises que fizeram é apenas dar palavra final, em cima das costas de gigantes, especialmente se este não foi apenas teórico mas parte da práxis marxista.

E pronto e acabado, com alguém comentando que os socialistas pensam em dividir os bens dos outros, o pulo do muro que fecha o beco sem saída dos marxistas. E tem mais, com um tremendo “ato falho” ao citar que a miopia ideológica impede de ver que se tenha revelado um beco sem saída. Finalmente vamos não à crítica ao marxismo mas à contribuição de Antonio Cícero: é possível melhorar o mundo, “ele se encontra em fluxo incessante, com uma sociedade aberta, os direitos humanos, a livre expressão do pensamento, a maximização da liberdade individual compatível com a existência da sociedade, a autonomia da arte e da ciência etc. -que constituem exigências inegociáveis da crítica, isto é, da razão- constituem também as verdadeiras condições para torná-lo melhor”.

Tudo naturalizado: a sociedade é aberta sem a intermediação do dinheiro, os direitos humanos frutificam em árvores, a expressão do pensamento é livre como o céu é do “avião de carreira”, o indivíduo tem liberdade máxima compatível com as regras vigentes, as artes e a ciência não são intermediadas por capitais e poderes familiares e de grupos. Sinceramente, confesso minha incapacidade para criticar tal texto, o melhor seria recorrer a Stanislaw Ponte Preta e seu magistral Samba do Crioulo Doido.

FESTA DE SÃO JOSÉ OPERÁRIO DE PONTA DA SERRA 2010 - Por Antonio Correia Lima

Chegou ao final, neste domingo, dia 1º de maio, mais uma grande festa em honra ao nosso padroeiro São José, com boa participação dos fiéis, durante os 12 dias.

O evento teve início ás 17:00 do dia 21.04, com uma grande moto-carreata com o Estandarte e a Imagem de São José, saindo da Vila São Francisco até a Matriz, onde houve o hasteamento da bandeira com bênção dos carros e motos. Na oportunidade, aconteceu uma apresentação dos Irmãos Anicetos e um Show do cover do Raul Seixas, dando por iniciado uma série de apresentações artísticas e culturais, que se sucederam nos dias seguintes, na sua maioria, com artistas locais.

Em todos os dias, um pregador específico, que trabalhava um tema diferente. A imagem de São José visitava pela manhã as sítios e vilas, retornando à noite à Matriz. Cada dia havia a participação de duas ou mais ruas da sede. A animação litúrgica ficava a cargo dos corais, que já são muitos e o apoio , por conta de outros grupos ligados à Paróquia.

A devoção a São José, em nossa comunidade, teve início em finais do século XIX.

A primeira estrofe do Hino de Ponta da Serra retrata isso muito bem, quando diz: Surgida de um povo de Fé/ Neste nosso torrão brasileiro/ Patrimônio de dois José/ Um santo, outro vaqueiro

O autor ( a minha pessoa) justifica esta estrofe, dizendo que em 25.12.1895, em missa celebrada pelo então vigário de Crato, Pe, Antonio Alexandrino de Alencar, num oratório dedicado a São José, construído pelo Vaqueiro José Bernardo Vieira ( o meu bisavô paterno) foi dado por iniciado a povoação de Ponta da Serra.

José Bernardo, falecido em 1907, foi vaqueiro, depois rendeiro do sítio ou fazenda Ponta da Serra, pertencente, à época, ao major Eufrásio Alves de Brito, que lhe doou uma tarefa de terra para construção de sua residência, como também, uma casinha de oração para o seu santo de devoção.

A capela atual foi construída em outro terreno, em frente à casinha de oração, no ano de 1930 em regime de mutirão, tendo à frente o Mons. Assis Feitosa e o Sr. Moisés Xenofonte de Oliveira, ambos nome de rua em nossa sede.

Ainda hoje, dois dos netos do José Bernardo guardam com muito carinho a imagem primitiva de São José em gesso , da Cainha de Oração, como também, uma imagem do nosso padroeiro num quadro que era usado na sua residência.

NOTA: A imagem pequena permaneceu na capela atual, como imagem principal, até o ano de 1940, quando chega a imagem grande. Dai em diante ela passa a funcionar como imagem auxiliar até o ano de 1958, quando chega a imagem média, utilizada até hoje, nas procissões. Depois disso, a imagem primitiva é devolvida aos familiares do José Bernardo.

Fifa critica atraso do Brasil nas obras para 2014 - Postado por José Sales

Enquanto comemora a finalização das últimas obras na África do Sul para o início da Copa do Mundo de 2010, a Fifa já começa a ter dores de cabeça com os atrasos no cronograma da preparação brasileira para o Mundial de 2014. Nesta segunda-feira, o secretário-geral da entidade fez duras críticas à demora para o início das obras nos estádios que receberão o torneio.

“Recebi um relatório sobre a situação dos estádios brasileiros e preciso dizer que não é muito boa. Há alguns [estádios] com o alerta vermelho já aceso, o que é impressionante. É impressionante como o Brasil já está atrasado. E não estou falando apenas do Morumbi ou do Maracanã, estou falando de vários estádios”, afirmou Jerome Valcke.

“Os estádios são os pontos mais básicos que precisamos para ter uma Copa do Mundo e no Brasil, nesse momento, a maioria dos prazos já foi desrespeitado e nós precisaremos trabalhar com novos prazos”. A exigência inicial da Fifa, ao definir o Brasil como país-sede do Mundial de 2014, era de que as obras nas arenas começassem no início de maio de 2010.

O dirigente da Fifa também comentou as especulações de que o projeto do Estádio de Brasília seria alterado para que ele comportasse apenas 30 mil torcedores. Nesse caso, a arena estaria completamente descartada para receber a partida de abertura do torneio.
Em 2010, os menores estádios são o Mbombela, de Nelspruit e o Royal Bafokeng, de Rustenburg, ambos com capacidade para pouco menos de 45 mil pessoas. O Mbombela receberá quatro partidas, todas pela fase de grupos. E o Royal Bafokeng será palco de seis partidas, sendo cinco da primeira fase e um das oitavas-de-final.
Ao criticar a preparação brasileira, no entanto, Jerome Valcke fez questão de dizer que a situação é crítica de maneira geral, e não apenas em uma ou outra cidade-sede. “Por enquanto temos doze cidades-sede e não estamos no momento de tomarmos novas decisões. O que estamos dizendo é que todas as coisas que essas cidades prometeram, disseram e assinaram precisam ser entregues”.

Por fim, o dirigente ironizou a situação brasileira ao lembrar que a África do Sul recebeu mais críticas quando foi escolhida como sede e conseguiu cumprir a maioria dos prazos estabelecidos. “O Brasil está mostrando que é muito difícil organizar uma Copa do Mundo lá, assim como era difícil na África do Sul”.

As declarações de Valcke críticas ao Brasil foram dadas após um evento em Joanesburgo no qual ingressos foram distribuídos para os trabalhadores que participaram da construção das arenas sul-africanas. Um total de 27 mil trabalhadores será beneficiado. Cada um vai receber duas entradas para algum jogo no estádio em que trabalhou.

Fonte: Portal IG Esporte

Ponta da Serra e bairro Lameiro festejaram São José Operário



dedicado a Antonio Correia Lima e ao prof. José Nilton de Figueiredo, devotos de São José

Todo dia 1º de maio de cada ano, a Igreja celebra a Memória de São José Operário. A Igreja, providencialmente, nesta data civil marcada, muitas vezes por conflitos e revoltas sociais, deu um direcionamento cristão ao evento. O Papa Pio XII, em 1955, quis oferecer ao trabalhador cristão um modelo e um digno protetor, lembrando que “todo trabalho possui uma dignidade inalienável e, ao mesmo tempo, uma íntima ligação com a pessoa e seu aperfeiçoamento: nobre dignidade e prerrogativa, que não são de modo algum aviltadas pela fadiga e pelo peso que devem ser suportados como efeito do pecado original em obediência e submissão à vontade de Deus” (Mensagem de Natal, 1942).
Com isso, Pio XII, na presença de mais de 200 mil pessoas na Praça de São Pedro, as quais gritavam alegremente: “Viva Cristo Trabalhador, viva os trabalhadores e viva o Papa”, deu aos trabalhadores um protetor e modelo: São José, o Operário de Nazaré”.
Com relação à reflexão sobre o capital e o trabalho e outros temas afins, todos os últimos Pontífices Romanos escreveram muitas Encíclicas acompanhando o povo de Deus em sua caminhada para a realização da vida e da dignidade da pessoa humana.
São José, reconhecido na Bíblia como um homem justo, é quem revela com a sua vida que o Deus que trabalha sem cessar na santificação de suas obras, é o mais desejoso dos trabalhos santificados: “Seja qual for o vosso trabalho, fazei-o de boa vontade, como era para o Senhor, e não para os homens, cientes de que recebereis do Senhor a herança como recompensa... O Senhor é Cristo” (Col 3,23-24). A Igreja recorda a todos, seguindo o exemplo de São José e sob o seu patrocínio, o valor humano e sobrenatural do trabalho.
A Igreja, ao apresentar-nos hoje São José como modelo, não se limita a louvar uma forma de trabalho, mas a dignidade e o valor de toda forma de trabalho humano honrado. É a forma como colabora com a providência divina sobre o mundo. Todo trabalho é testemunho da dignidade do homem, do seu domínio sobre a criação; é meio de desenvolvimento sobre a personalidade; é vínculo de união com os outros seres; fonte de recurso para o sustento da família; meio para construir para o progresso em que vive e para o progresso de toda a humanidade. Ao propormos São José como modelo e padroeiro, vemos: um homem que viveu do seu “ofício” e a quem devemos recorrer com frequência para que não se degrade nem se distorça o trabalho que temos entre as mãos, pois o nosso trabalho, com a ajuda de São José, deve sair das nossas mãos como uma oferenda ao Senhor, convertido em oração.
Texto: Dom Orani João Tempesta (Arcebispo do Rio de Janeiro)
Postado por Armando Lopes Rafael

CRATO - Notícias do dia 03 de Maio de 2010



Prefeito Samuel Araripe consegue inclusão do CRATO no PAC II do Governo Federal

Em entrevista concedida neste final de semana, o prefeito do Crato Samuel Araripe divulgou a notícia da inclusão do município no Programa de Aceleração do Crescimento - PAC II, do Governo Federal, a seu pedido. Segundo o prefeito, isso representa uma grande conquista, uma vez que para a sua realização, foram necessários esforços concentrados de vários políticos em torno de uma causa comum. O requerimento foi feito através do Deputado Arnon Bezerra ( que é Cratense ). A justificativa para a inclusão no PAC 2 foram duas obras importantes: Uma verba para resolver definitivamente o problema do Canal do Rio Grangeiro, que é uma obra sempre reivindicada pela população cratense, e a outra, a conclusão do projeto de Saneamento da cidade. O prefeito Samuel Araripe viajou no fim-de-semana para Fortaleza, onde se reuniu novamente com o senador Tasso Jereissati, a fim de tratar de assuntos de natureza política e administrativa, devendo retornar ao Crato já nesta segunda-feira.

Prefeitura do Crato faz levantamento de novas vagas para concurso

A Prefeitura Municipal do Crato, por meio de suas secretarias, está realizando levantamento em seus respectivos quadros funcionais, para definir os cargos destinados a preenchimento por meio de concurso. A seleção para os novos servidores deverá acontecer no início do segundo semestre deste ano. As vagas serão destinadas aos interessados de nível superior e médio. Desde o início do Governo Samuel Araripe, foram realizados concursos para agentes de trânsito, agentes de saúde, fiscal de tributos e fiscal de obras. Para realizar esse trabalho de levantamento da necessidade de absorção de novos servidores, a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Administração, realizou atualização cadastral de todos os servidores.

Abriu Pra Juventude encerra sua segunda edição

O ‘Projeto Abriu Pra Juventude’ se encerrou no último dia 30 de abril, contabilizando vitórias. De 26 a 30 aconteceram duas oficinas para o público jovem. No período da manhã do último dia, aconteceu a oficina de Grafitagem, na Biblioteca Luiz Cruz, com o Professor Marlon Torres. O evento contou com a participação de 15 crianças e adolescentes. À tarde, no Auditório do Centro Cultural do Araripe, aconteceu a oficina de gravação digital em CD, com o músico Ibertson Nobre. Dessa vez, o trabalho contou com 30 participantes. As duas oficinas contaram com o entusiasmo dos seus integrantes e sinaliza uma promessa de resultados melhores em 2011. As ações do ‘Abriu Pra Juventude’, já em sua na segunda edição, atingiu os objetivos de envolver o público no contexto sócio-cultural e na promoção de uma reflexão sobre a temática das Drogas, problema cada vez maior na nossa sociedade. O evento foi realizado pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria da Cultura, Esporte e Juventude com apoio das Secretarias de Educação e Saúde e parceria do Centro Cultural Banco do Nordeste - CCBNB, SESC-Crato e SEBRAE.

Secretaria de Finanças do Crato comunica que estão sendo entregues boletos dos alvarás de funcionamento

A Secretaria de Finanças do Município do Crato comunica aos donos de estabelecimentos comerciais que os boletos dos alvarás de funcionamento estão sendo entregues até o próximo dia 10 de maio. É importante salientar que após essa data haverá a cobrança de multa. Mais informações ligue 3521 9600.

Governo Municipal do Crato

VAMOS VOTAR:MISS BRASIL 2010-ESCOLHA A PARTICIPANTE MAIS BELA-Por Wilson Bernardo.

VAMOS VOTAR CRATENSES:No portal BOL.com.br em entretenimento,está sendo realizado uma votação para a escolha da Miss Brasil mais bela,Eugênia Barbosa é uma forte canditada a mais bela devido a sua negritude exótica aos deuses tribais do vale do cariri.Portanto conclamo a todos a participarem desta eleição de bastante relevância para a beleza caririense.



Wilson Bernardo(Texto & Fotografia)

PENSAMENTO DA SEMANA:SABEDORIA DE MONGE SERTÃO-Wilson Bernardo.

A RACIONALIDADE DOS ANIMAIS SUPERA
A HUMANA IRRACIONALIDADE.
Wilson Bernardo(Texto & Fotografia)

Poesias de Vinicius de Moraes na Internet

Quinze livros do escritor foram digitalizados e estão disponíveis ao público no site da Biblioteca Brasiliana USP

A Biblioteca Brasiliana USP diponibilizou nesta segunda-feira, 26 de abril, o acervo completo de poemas de Vinicius de Moraes para leitura e acesso livre pela Internet, na página www.brasiliana.usp.br.
Toda a poesia de Vinicius de Moraes reúne 15 livros do poeta, que foram doados ao projeto pelo bibliófilo José Mindlin. O lançamento da obra digitalizada ocorre no âmbito da programação do Simpósio Internacional de Políticas Públicas para Acervos Digitais, promovido pelo Ministério da Cultura, Casa da Cultura Digital e Brasiliana USP, até o dia 29, em São Paulo.
Entre os livros que compõem a coleção destacam-se O caminho para a distância (1933), o primeiro livro publicado; a primeira edição de Orfeu da Conceição (1956), peça em três atos premiada no Concurso de Teatro do IV Centenário de São Paulo; e Livro de sonetos (1957), uma das mais populares publicações do poeta.
O público poderá conhecer a obra num ônibus-biblioteca de 1928, inspirado pela Biblioteca Circulante de Mário de Andrade, dos Anos 30. O veículo ficará estacionado na Rua Martins Fontes, no centro da cidade de São Paulo - local de realização do Simpósio -, adaptado com cinco e-books e som ambiente na voz do próprio Vinicius declamando seus poemas.
A publicação para livre acesso pela Internet só foi possível depois de autorização da VM Empreendimentos Artísticos e Culturais, que detém os direitos sobre a obra do autor. Pela Lei de Direitos Autorais em vigor na época do falecimento de Vinicius de Moraes, esses poemas só entrariam em domínio público 60 anos após sua morte, ou depois da morte do último herdeiro direto, ou seja, apenas em 2040.
Perfil – Em 2010 completam-se 30 anos da morte de Vinicius de Moraes (Rio de Janeiro, 1913-1980). O Poetinha, como era chamado, deixou um legado dos mais significativos à cultura brasileira. Foi diplomata e escritor - autor de teatro, crítico de cinema, cronista de colaboração constante na grande imprensa do país. A partir dos Anos 50, com o advento da Bossa Nova, Vinicius tornou-se uma das figuras centrais da música popular brasileira como compositor e letrista. Das diversas parcerias que fez na música, destacam-se grandes nomes como Antônio Carlos Jobim, Chico Buarque de Holanda, Caetano Veloso e Gilberto Gil.
Confira, abaixo, os livros que fazem parte do projeto Toda a poesia de Vinicius de Moraes, com resumo do professor Marcelo Sandmann:
O caminho para a distância (1933) - Trata-se do primeiro livro de Vinicius de Moraes, publicado em 1933. Compõe-se ao todo de quarenta poemas, a maior parte em versos livres. Sob o influxo do catolicismo militante de Jackson de Figueiredo, Tristão de Athayde e Octavio de Faria, a estreia do autor põe em cena uma poesia às voltas com os temas do espiritualismo cristão, de tom elevado e solene, distante do humor e da irreverência que predominavam no Modernismo de 1922.
Forma e exegese (1935) - Publicado em 1935, o segundo livro de Vinicius de Moraes recebeu, nesse mesmo ano, o prêmio Filipe d’Oliveira. Seus vinte e sete poemas, escritos todos em versos livres e distribuídos em cinco seções numeradas, apresentam uma poesia de caráter hermético, onírico e visionário, tributária da escola simbolista e sua impregnação na poesia do início do Século XX.
Ariana, a mulher (1936) - Publicado originalmente no ano de 1936, em edição limitada de trezentos exemplares, numerados e fora do comércio, Ariana, a mulher apresenta um único e extenso poema, de título homônimo ao do livro, datado de maio de 1935. Escrito em longos versos livres, à maneira de versículos bíblicos, o poema distribui-se em dezoito estrofes de seis versos cada uma, com exceção da última, em destaque, com cinco versos.
Novos poemas (1938) - O quarto livro de poesia de Vinicius de Moraes, saído a público em 1938, traz em epígrafe verso de Poética, de Manuel Bandeira: Todos os ritmos sobretudo os inumeráveis. De fato, o poeta apresenta neste volume uma poesia bastante variada, com textos em versos livres, outros com recurso a metros e formas tradicionais (como o decassílabo e a redondilha, o soneto e a balada), e ainda poemas em prosa. O tom elevado convive aqui com uma linguagem mais despojada e coloquial.
Cinco elegias (1943) - O livro é dedicado a Octavio de Faria, José Arthur da Frota Moreira e Mário Vieira de Mello, colegas do poeta durante seus anos de estudante na Faculdade de Direito do Catete, entre 1930 e 1933. No prefácio, escrito pelo autor, registra-se que as cinco elegias foram concebidas e realizadas entre o sítio do escritor Octavio de Faria, em Itatiaia, em 1937, e Londres e Oxford, na Inglaterra, onde Vinicius, com bolsa do Conselho Britânico, estudou língua e literatura inglesas entre 1938 e 1939. Merece destaque a de número 5, escrita em português e inglês, com seus neologismos e explorações gráficas.
Poemas, sonetos e baladas (1946) - Os quarenta e sete poemas contidos no volume, publicado em 1946, vêm acompanhados de vinte e dois desenhos de Carlos de Leão. Predominam textos metrificados e escritos dentro das formas da tradição, com especial destaque para o soneto. Encontram-se aqui algumas das mais celebradas realizações de Vinicius de Moraes dentro do gênero, como Soneto de fidelidade e Soneto de separação.
Pátria minha (1949) - Trata-se da publicação do poema inédito Pátria minha, em edição limitada de cinquenta e cinco exemplares, realizada por João Cabral de Melo Neto, em sua prensa manual, em Barcelona, Espanha, no ano 1949. Desde 1946, Vinicius ocupava o cargo de vice-cônsul em Los Angeles, Estados Unidos, onde permaneceria durante cinco anos sem retornar ao Brasil.
Orfeu da conceição (1956) - Com ilustrações de Carlos Scliar, esta é a primeira edição em livro, no ano de 1956, da peça Orfeu da conceição. Escrita em três atos e com o subtítulo Tragédia Carioca, a peça atualiza o mito grego de Orfeu e Eurídice, ambientado-o no contexto contemporâneo de uma favela de morro, com protagonistas negros e de origem popular, em pleno carnaval. O texto, premiado no Concurso de Teatro do IV Centenário de São Paulo, foi encenado pela primeira vez no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, em setembro de 1956, com direção de Leo Jusi, cenografia de Oscar Niemayer e música de Antônio Carlos Jobim, entre outros colaboradores.
Livro de sonetos (1957) - Com este livro de 1957, Vinicius de Moraes consagra-se como um dos principais cultores modernos de uma das formas fundamentais da tradição lírica luso-brasileira. Reúnem-se aqui trinta e sete sonetos, alguns já publicados em outros livros. Com poucas exceções, predominam aqueles dentro dos moldes do soneto italiano, em versos decassílabos. Na temática, destacam-se as homenagens a outros poetas e artistas e o lirismo erótico e amoroso característico do autor. Abre o volume o ensaio O soneto na obra de Vinicius de Moraes, de Luiz Santa Cruz.
Receita de mulher (1957) - Edição volante e ilustrada do poema Receita de mulher, com data de outubro de 1957, Recife. O texto, um dos mais conhecidos de Vinicius de Moraes, iria integrar posteriormente o volume Novos Poemas II, de 1959.
Novos poemas II (1959) - Publicado em 1959, o volume reúne dezessete poemas, escritos entre 1949 e 1956. Entre eles, encontram-se alguns dos mais celebrados do poeta, como Receita de mulher e Soneto do amor total, na vertente lírico-amorosa, e O operário em construção, de engajamento social e político.
Antologia poética (1960) - Esta é a segunda edição, revista e aumentada, da Antologia poética, originalmente publicada no ano de 1954, que reunia uma seleção de poemas presentes nos primeiros volumes do autor e outros inéditos em livro até aquela data. Nesta segunda edição, acrescentam-se textos extraídos do volume Novos Poemas II, de 1959. Na Advertência, o autor reconhece a existência de duas fases em sua poesia, ambas contempladas na antologia: uma primeira, “transcendental, frequentemente mística, resultante de sua fase cristã”; e uma subsequente, “de aproximação do mundo material, com a difícil mas consistente repulsa ao idealismo dos primeiros anos”.
O mergulhador (1968) - Este volume, publicado em 1968, apresenta uma antologia de dezesseis poemas, entre eles alguns dos mais conhecidos do poeta, ilustrados com fotos de seu filho Pedro de Moraes. Da edição de dois mil exemplares, os cinquenta primeiros foram numerados e assinados por seus autores.
A casa (1975) - Com capa de Carlos Bastos, esta é a publicação do poema homônimo A casa, pela Edições Macunaíma, de Salvador, no ano de 1975. Neste poema em versos livres, datado 19 de outubro de 1974, Vinicius de Moraes toma como tema a casa por ele mandada construir na praia de Itapuã, em Salvador, onde viveu com a atriz baiana Gesse Gessy, a quem o texto é endereçado.
Um signo, uma mulher (1975) - Trata-se da edição em livro, datada de setembro de 1975, composta e impressa em Buenos Aires, de doze pequenos poemas, cada um deles intitulado e escrito a partir de um dos signos do zodíaco, com as características amorosas da mulher de cada signo, à maneira de horóscopo. Os poemas haviam sido originalmente publicados, sob encomenda, no primeiro número da Revista Manchete de 1971, como presente de Ano Novo aos leitores. A edição apresenta ilustrações de Aldary Toledo e reproduz xilogravuras do Século XVI.
Informações à imprensa: (61) 2024-2280, com Ismália Afonso, na Ascom da SPC/MinC; e 2024-2407, com  Susanna Scarlet ou Marcelo Lucena, na Comunicação Social/MinC.

193 anos da Revolução Pernambucana

Mesmo passados 193 anos da Revolução Pernambucana todo esforço daqueles que escrevem a história em simplesmente negar esse fato, estamos comemorando mais um ano, algumas vitórias mas nada tão grande, mas já é motivo de se alegrar.
O título de cidadania que a Câmara do Crato concedeu a Dona Bárbara, através do projeto encaminhado pela Fundação J de Figueiredo Filho, de autoria de Alessandra Bandeira, George Macário de Brito e Rosna Xenofonte, um pequeno artigo publicado na Revista Aventura da História, mas aos poucos a resistência vem se quebrando, e quem sabe as futuras gerações não teram orgulho de comemorar essa data, quem sabe o Município não decrete Feriado?
Quem sabe?
E sonhar não custa nada, que diga esses doces revolucionários:
José Martiniano, Padre Carlos, Padre Manoel, Padre Miguel,Tristão Gonçalves, Joaquina de São José e a Dona Bárbara de Alencar.

Por Alessandra Bandeira

Almanaque dia 03 de maio de 2010


Eventos históricos

1494 - Cristóvão Colombo descobre a Jamaica.
1626 - Fundação da Povoação de São Nicolau, Primeiro dos Sete Povos das Missões.
1791 - A Constituição Polonesa de Maio, a primeira Constituição moderna da Europa, é proclamada pela Sejm.
1902 - Primeiro jogo de futebol oficial no Brasil: Mackenzie 2 x 1 Germânia.
1902 - Inaugaração do Stadium Palestra Itália, da Sociedade Esportiva Palmeiras.
1908 - Em Chicago, comemorou-se o primeiro Women's Day (Dia das Mulheres) no Garrick Theather, reunindo 1500 mulheres que aplaudiram as reivindicações por igualdade econômica e política.
1951 - Jossei Toda assume como segundo presidente da Soka Gakkai
1960 - Daisaku Ikeda assume como terceiro presidente da Soka Gakkai após o falecimento de Jossei Toda, ocorrido em 1958
1981 - Grêmio Foot-ball Porto Alegrense vence o Campeonato Brasileiro de Futebol , após bater o São Paulo Futebol Clube, por 1-0, no Estádio do Morumbi.
1999 - Um tornado F5 (ou provável F6) arrasa a cidade de Oklahoma, nos Estados Unidos, com ventos que ultrapassam os 500 km/h.
2002 - O Euro é definitivamente confirmado como moeda dos países componentes da União Europeia.
2007
Estudantes da Universidade de São Paulo ocupam a Reitoria.
Desaparece Madeleine McCann.

Nascimentos

1455 - D. João II, 13.º rei português, filho de D. Afonso V (m. 1495).
1469 - Nicolau Maquiavel, filósofo e historiador italiano (m. 1527).
1768 - Agustín Eyzaguirre, político chileno (m. 1837).
1826 - Rei Carlos XV da Suécia (m. 1872).
1898 - Golda Meir, primeira-ministra de Israel (m. 1978).
1903 - Bing Crosby, cantor norte-americano (m. 1977).
1905 - Adelino da Palma Carlos, político e advogado português (m. 1992).
1910 - Aurélio Buarque de Hollanda Ferreira, lexicógrafo, filólogo e ensaísta brasileiro (m. 1989).
1913 - William Inge, dramaturgo norte-americano (m. 1973).
1914 - Tsuda Itsuo, filósofo japonês (m. 1984).
1922 - Vasco Gonçalves, político português (m. 1992).
1924 - Ken Tyrrell, fundador da Tyrrell Racing (m. 2001).
1933
James Brown, cantor norte-americano (m. 2006).
Steven Weinberg, físico norte-americano.
1937 - Nélida Piñon, escritora brasileira.
1938 - Agnaldo Rayol, cantor brasileiro.
1946 - José Genoíno, político brasileiro.
1949 - Johan "Boy" Hayje, ex-automobilista holandês.
1950 - Buza Ferraz, ator e diretor brasileiro.
1951 - Christopher Cross, cantor norte-americano.
1952 - Chuck Baldwin, político norte-americano.
1960 - Jaron Lanier, músico norte-americano.
1961 - Steve McClaren, treinador de futebol inglês.
1965 - Betty Gofman, atriz brasileira.
1968 - André Olbrich, guitarrista da banda alemã Blind Guardian.
1973 - Michael Reiziger, ex-futebolista holandês.
1974 - Fernando Alvim, apresentador e DJ brasileiro.

Falecimentos

1481 - Mehmed II "o conquistador", sultão otomano (n. 1432)
1758 - O Papa Bento XIV (n. 1675)
1764 - Francesco Algarotti, filósofo, crítico e escritor de ópera italiano (n. 1712)
1983 - Armando José Fernandes, compositor português (n. 1906)
1999 - Darcy Pedrosa, dublador e locutor brasileiro (n. 1930)
2004 - Lygia Pape, artista plástica brasileira (n. 1929)
2007 - Walter Schirra, astronauta norte-americano (n. 1923)
2009 - Sérgio Viotti, ator brasileiro (n. 1927)

Fonte Wikipédia
Foto James Brown
Colaboração Alessandra Bandeira

ASTEC Informática - O Seu Computador em Boas Mãos !


logo

Ao precisar de serviços técnicos em seu computador, não entregue a qualquer um. A ASTEC informática se firmou na região do Cariri como uma das empresas mais sérias no trato com o cliente, através dos seus excelentes profissionais. Não leve sua máquina para aprendizes ou trapaceiros. Lembre-se que no ramo da informática você precisa ter muito cuidado. Leve sua máquina ao lugar certo, onde você confia a pessoas sérias, pela honestidade, qualidade excepcional dos serviços garantidos e um excelente atendimento.

IMG_2067


IMG_2102


IMG_2098

ASTEC Informática - Empresa recomendada pelo Blog do Crato, por passar no nosso teste de qualidade e bons serviços. Esta publicidade é gratúita.

MATERNIDADE EM ALERTA Gravidez precoce traz riscos a adolescentes - Reportagem: Elizângela Santos


Adolescentes chegam ao Cemear, do Crato, já grávidas. A desinformação contribui para a maternidade cedo - ELIZÂNGELA SANTOS - Com apenas 17 anos, M.R. está enfrentando as dificuldades de conciliar a juventude com a maternidade - WILSON GOMES - Meninas do Interior iniciam precocemente a vida sexual e muitas delas tornam-se mães em gravidez de alto risco.
Juazeiro do Norte. Nem sempre a informação como elemento preventivo para a gravidez na infância e adolescência funciona. A vida sexual de jovens e adolescentes, em nome da modernidade, está cada vez mais liberada e junto pode vir o filho inesperado. Uma mudança radical de vida, que começa no pré-natal. E o que é mais grave: a maternidade está cada vez mais perto da infância. Essa constatação tem surpreendido até mesmo os especialistas da saúde. Tem se tornado comum a chegada aos postos de saúde de mães de 11 a 13 anos.

Muitas vezes as filhas chegam às unidades de saúde acompanhadas da mãe. É que a maioria não sabe nem de que forma proceder em relação ao primeiro momento de agir como mulher. No Crato, foi criado o Centro Microrregional de Excelência à Assistência Reprodutiva (Cemear). Na unidade, são prestadas informações e oferecido acompanhamento médico das mulheres. A gravidez de alto risco é também acompanhada, principalmente de meninas pobres, que além de se deparar com o problema de receber a notícia do filho que chega numa hora adiantada, há a questão social. Muitas vezes o pai, também adolescente, deixa de lado a responsabilidade de assumir o filho. Essa realidade que é vista hoje no Brasil como grave problema social, tem se mostrado de forma frequente no interior do Estado.

O médico Johny Emerson, que atende casos de gravidez de risco no Cemear há quatro anos, considera alta a incidência de jovens que chegam grávidas ao local. Algumas chegam ao extremo de abortar, tendo acesso ao medicamento usado com essa finalidade, o Misoprostol (Citotec), arriscando a própria vida. O médico já atendeu casos com meninas de até 12 anos. "Nosso atendimento de baixo e alto risco conta com cerca de 40 por cento de pré-natal de adolescentes. É justamente nessa idade que aparecem algumas complicações. Os extremos na idade da obstetrícia são as adolescentes e a partir de 35 anos", diz ele, ao acrescentar os cuidados que são dados a esses casos, especialmente, na região.
Riscos para iniciantes

Nessas fases, há exposições para problemas como diabetes estacional, pré-eclâmpsia (elevação da pressão arterial). Por não serem totalmente orientadas nessa idade, podem surgir casos de infecção. O corpo não está totalmente estruturado para uma gravidez. São riscos para iniciantes. O planejamento familiar tem sido um dos pontos difíceis, já que muitas vezes esse problema esbarra no preconceito e na desinformação dos próprios pais, que desconhecem a realidade de vida das filhas. Isto porque elas precisam buscar informações em centros de saúde para se adequarem à realidade de vida e não serem surpreendidas com a gravidez. Também precisam conhecer os métodos contraceptivos adequados.

O médico também cita os casos de abuso sexual, por parte de homens mais velhos e às vezes da própria família. Nessas situações, o Conselho Tutelar da Infância e da Adolescência, em Juazeiro do Norte, tem acompanhado casos com freqüência dessa natureza. Há pouco tempo o vice-presidente do Conselho, Leonardo Paiva, afirma que o órgão acompanhou o caso de uma criança de 11 anos, que vinha sendo abusada pelo padrasto e a gravidez foi descoberta somente aos quatro meses por desconfiança da mãe da criança. A mãe retirou a queixa e a filha foi morar com parentes. "A questão social acaba sendo um grande problema nesses casos", conforme Paiva.

O uso de métodos para evitar a gravidez é diversificado. As palestras, segundo a enfermeira do Cemear, Tatiane Cândido, acontecem todas as semanas. A presença de jovens e adolescentes, principalmente meninas de bairros pobres, é frequente. Mas, mesmo com a informação, a enfermeira afirma que há jovens que já chegam ao local grávidas. Assim, entra a segunda fase, que é o acompanhamento em relação ao pré-natal. No Cemear são feitos atendimentos para várias cidades da região.

A maioria das pacientes, conforme o médico, é de meninas carentes. O que dificulta para elas, segundo o médico, é a falta de informação de como não engravidar. O acesso poderia reduzir esses índices em até 50% e evitar a taxa de cesarianas, que aumenta o risco de morbidade materna. A desinformação de como prevenir bate de frente com a grande quantidade de informação sobre sexo nos meios de comunicação, o que, para Johny Emerson, não era tão incisiva há 20 anos.

A jovem A.T.S., 16 anos, do município de Tarrafas, vem ao Cemear fazer o seu pré-natal e já está no oitavo mês de gravidez. Quando soube que ia ser mãe ficou surpresa. Após um ano de namoro, já está casada. Na época, foi o próprio namorado quem informou aos pais da adolescente, antes de levar a confirmação para A.T.S. Ela diz que ficou com medo da reação dos pais, inicialmente.

"A gente chega até a pensar besteira nessa hora, não querer a criança. Mas meus pais me apoiaram e fiquei mais tranquila", diz ela, ao ver que foi muito cedo para engravidar. O apoio dos pais e do marido foi essencial para isso. Continua estudando e começa a estruturar uma vida de casada. A mulher e a responsabilidade de casa e da família muda totalmente o que era sua vida de festas e divertimento antes da gravidez.

Atendimento

40% dos casos de alto risco atendidos pelo médico do Cemear, unidade do Crato, são de adolescentes, em sua grande maioria meninas em situação de desfavorecimento econômico

ELIZÂNGELA SANTOS
Repórter do Jornal Diário do Nordeste

Colaboradora do Blog do Crato

CRATO - Notícias da URCA - Universidade Regional do Cariri - Dia 03 de Maio de 2010


Geopark firma convênio com Comitê da Sub-Bacia Hidrográfica do Rio Salgado

A Universidade Regional do Cariri (URCA), unidade gestora do Geopark Araripe, anuncia convênio firmado com o Comitê da Sub-bacia Hidrográfica do Rio Salgado, integrante do Sistema Estadual de Recursos Hídricos. Através do acordo, as duas instituições se comprometem a divulgar ações de proteção e conservação do Meio Ambiente, Geoturismo e Geoeducação nos seis Municípios sedes dos geosítios integrantes do Geopark Araripe. O convênio tem validade de um ano podendo ser prorrogado por igual período. Para as entidades parceiras é destinada uma placa identificadora do Geopark Araripe com a inscrição Entidade Colaboradora.

Missão Velha sedia I Seminário Geopark Araripe e I Reunião de Unidade de Conservação

Será realizado no município de Missão Velha, hoje e amanhã (3 e 4 de maio) o I Seminário Geopark Araripe e a I Reunião de Unidade de Conservação municipal. O evento é fruto de uma parceria entre a Universidade Regional do Cariri (URCA), Geopark Araripe e prefeitura municipal de Missão Velha. O evento discutirá o potencial turístico e o valor científico do Geopark, naquele município. Também busca sensibilizar a sociedade e as autoridades que estão inseridas no contexto do Geopark. Na programação estão as palestras “Geopark Araripe”, “Projeto Missão Velha para a cachoeira”, “Estratégia de Desenvolvimento Regional” entre outras. Já no segundo dia serão feitas visitas aos geossítios Cachoeira de Missão Velha e Floresta Petrificada do Cariri. Podem participar todas as pessoas interessadas. São 30 vagas disponíveis e as inscrições serão feitas no local. Durante o passeio, o visitante conhecerá um pouco mais sobre a história dos índios, lendas, paleontologia e educação em contato com a natureza, e história da deriva dos continentes. À tarde, haverá uma reunião dos gestores das Unidades de Conservação do Geopark Araripe.

O seminário conta com a participação da superintendente da SEMACE, Lúcia Teixeira, a presidente do CONPAM, Teresa Farias, o secretário das Cidades, Jurandir Vieira Santiago, o gerente da Meso Araripe, Raphael Paiva, o gerente da APA Araripe, Francisco William Brito Bezerra, a gerente da FLONA Araripe, Verônica Maria Figueiredo Lima e o gerente do Arajara Park, de Barbalha, Antônio Correia Saraiva. É prevista a participação de 150 pessoas. O evento será aberto ao público. Mais informações através do telefone: (88) 3102- 1237, Escritório do Geopark Araripe.

Seminário na URCA debate sobre Procampo e a Pedagogia da Alternância

A coordenação do PROCAMPO estará realizando, no período de 10 a 14 maio próximo, na Universidade Regional do Cariri – URCA, Seminário para discutir a Pedagogia da Alternância, dentro do curso de Licenciatura Plena em Educação no Campo, que está sendo implantado na Instituição. As aulas com as primeiras turmas serão iniciadas no mês de julho deste ano. O evento contará com presença de professores que administrarão as disciplinas do curso no primeiro módulo. A coordenadora, professora Francisca Carminha de Lima Macedo, Pó-Reitora de Planejamento da URCA, afirma que durante o seminário, o projeto que foi aprovado pelo Ministério da Educação-MEC será apresentado e analisado. Também será discutida a Pedagogia da Alternância, enfocando tempo escola e o tempo comunidade e a execução do planejamento para o primeiro módulo do curso, que acontecerá de 10 de julho a 10 de agosto. As aulas serão ministradas no Campus do Pirajá, da URCA, em Juazeiro do Norte.

Contato:
Assessoria de Comunicação
Universidade Regional do Cariri - URCA
(88) 3102-1212 ramal 2617

www.urca.br
Crato, 03 de maio de 2010.

Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31