xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 27/04/2010 | Blog do Crato
.

VÍDEO - CONVERSA FRANCA - O DESCASO NO CRATO - Dihelson Mendonça ( 30-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

27 abril 2010

Perda de safra aumenta preços de alimentos em até 50% - Reportagem: Antonio Vicelmo


NA FEIRA-LIVRE DO CRATO ontem, que funciona como termômetro da economia rural na região, o quilo do feijão passou a R$ 4,50. Preço menor era para produto de qualidade inferior - ANTÔNIO VICELMO - Levantamento feito pelos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais no Cariri apontam perda agrícola superior a 70%

Crato. Os preços dos gêneros alimentícios de primeira necessidade "estouraram" ontem na feira semanal do Crato. O quilo de feijão de corda que, no mês de fevereiro, era vendido a R$ 3,00 subiu para R$ 4,50, uma alta de 50%. Os feirantes advertem que a tendência é subir ainda mais. "O feijão de corda vai para R$ 6,00 o quilo", antecipa o feirante Vicente Bezerra Campos. Ainda é encontrado feijão de R$ 2,50 o quilo, mas é de qualidade bem inferior. No ano passado, este tipo de feijão estava sendo destinado à alimentação dos porcos porque o preço era baixo, R$ 0,50, conforme reportagem publicada no dia 4 de abril de 2009 neste jornal. A majoração é atribuída à perda da safra no Cariri. De acordo com levantamento feito pelos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais da região (STR), a perda é superior a 70%. Elem explicam que o prejuízo começou na área plantada, que foi menor. Os agricultores não acreditaram no inverno e, consequentemente, não plantaram, como em anos anteriores. A funcionária da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce), Gessilda Correia Nunes, responsável pelo monitoramento da safra nos municípios do Ceará, admite que, de acordo com informações enviadas pela gerência regional do Cariri, a perda da safra na região é de 70%. Esta redução de safra, segundo Gessilda, influencia no mercado, elevando os preços.

Nas outras regiões do Estado, ainda não foi concluído o levantamento, mesmo porque, segundo a técnica da Ematerce, a safra não foi colhida. Os agricultores começaram a plantar agora, no mês de abril. No entanto, a perspectiva de colheita é pessimista. "As chuvas são irregulares. O legume não está completando seu ciclo de vegetação. Já estão falando em seca verde, porque tem pasto para o gado, alguns açudes estão sendo reabastecidos, mas não tem produção", explica Gessilda. Já o agricultor Luiz Gonzaga Vitorino, residente no Sítio Cipó, município do Crato, diz que o pouco que colheu não dá nem para o consumo de casa. "O jeito que tem é comprar na feira", afirma, acrescentando que "além da queda, o coice", se referindo a qualidade inferior do grão. "O feijão deste ano é pouco e ruim", atesta. "A safra de feijão de corda aqui no Cariri é esta aí", diz o agricultor e comerciante Raimundo Rosa, apontando para um punhado de feijão colocado na calçada para secar. Seu Raimundo acrescenta que o feijão de corda que está sendo vendido na feira do Crato vem de Araripina, Pernambuco.

A feira semanal do município funciona como termômetro da economia rural na região. É a vitrine da produção e do mercado dos produtos agrícolas. Este ano, por exemplo, ainda não apareceu o feijão mulatinho novo, que era produzido em sítios no sopé da Chapada do Araripe. A região está importando o produto do Estado da Bahia. O feijão de corda, também conhecido como feijão-fradinho ou feijão-caupi, muito consumido no Nordeste onde é utilizado para fazer o baião-de-dois, comida típica da região, está vindo de fora. A pequena produção regional só está dando para o consumo doméstico. Já o milho, só baixou de preço após intervenção da Conab. Na feira de ontem no Crato, o saco de 60 quilos, que chegou a ser vendido de R$ 36,00, baixou para R$ 30,00. A queda foi motivada pelo preço oferecido pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) que está vendendo o saco de 60 quilos a R$ 20,00. O gerente regional, Cândido Damasceno, explica que o estoque regulador é da safra de 2006. Está chegando o milho de 2009, cujo preço ainda não foi estabelecido pelo órgão.

ENQUETE
Tendência de alta

Hermano Soares de Alencar
Agricultor
O pouco feijão que foi colhido este ano é "encardido". O agricultor vai ter que comprar feijão caro para comer

Raimundo Rosa
Comerciante e agricultor
O feijão de corda que apareceu na feira do Crato vem de Araripina, Pernambuco. Aqui não teve suficiente

Vicente Bezerra Campos
Feirante
A tendência é subir ainda mais. O feijão de corda vai para R$ 6,00 o quilo, seguindo o preço de alta - MAIS INFORMAÇÕES
Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce), Av. Bezerra de Menezes, 1.900 Fortaleza: (85) 3101.2425/ 8878.8544

ANTÔNIO VICELMO
Repórter do Jornal Diário do Nordeste
Colaborador do Blog do Crato

Publicidade: Canil KARIRI GUARDIÕES - Venda de filhotes com Pedigree

Kariri rottweiller 450

Se você esta procurando um cachorro amigo, resistente, bonito, e que ainda faça a sua segurança: Acabou de achar, o ROTTWEILER é o seu cão !!!! - Esta provado através de pesquisas que o cão inibe 90% mais do que o vigia ou o sistema de alarme.


Esta publicidade é cortesia do Blog do Crato

Brasil e Irã devem trabalhar por nova ordem mundial, diz Ahmadinejad


Líder do Irã fez declarações durante visita de Celso Amorim a Teerã.

BBC - O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, disse nesta terça-feira ao chanceler Celso Amorim que Brasil e Irã devem trabalhar por uma nova ordem mundial. "Irã e Brasil devem desempenhar um papel maior na criação de uma nova ordem mundial mais justa", disse Ahmadinejad após um encontro com o chanceler em Teerã. Amorim está no país para preparar a visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em maio. O ministro se encontrou com o presidente do Parlamento iraniano, Ari Larijani, com o chanceler do país, Manouchehr Mottaki, e com Ahmadinejad. Além do líder iraniano, Mottaki também ressaltou a importância do Irã e do Brasil no cenário global e afirmou que os dois são "grandes jogadores internacionais que podem desempenhar um papel fundamental no estabelecimento da paz e da segurança internacionais". "Estamos otimistas sobre as perspectivas de uma cooperação coletiva entre os dois países e acreditamos que a ampliação desses laços irá beneficiar tanto as duas nações como toda a região", disse Mottaki. Amorim, por sua vez, disse que encerrou sua missão no Irã de forma "mais otimista" sobre um acordo para evitar sanções contra o país. "As conversas em Teerã foram profundas e complexas, mas não definitivas. Saio daqui mais otimista", disse Amorim, antes de embarcar de volta ao Brasil.

Garantias

Durante a visita, o chanceler voltou a defender o diálogo como a melhor saída ao impasse sobre o programa nuclear do país, mas afirmou que o Irã tem que garantir à comunidade internacional que seu programa não tem objetivos militares. Em entrevista coletiva transmitida pelo canal iraniano em inglês Press TV, após encontro com o chanceler iraniano, Amorim também fez um apelo para que o governo iraniano e as potências mundiais demonstrem "flexibilidade" para chegar a um acordo sobre o assunto. "O Irã deve ter o direito de manter atividades nucleares pacíficas, mas a comunidade internacional deve receber garantias de que não haverá violações nem desvios para o uso em fins militares", afirmou o ministro. "Na maioria das vezes, por algum motivo, pode haver dúvidas e até suspeitas. Mas o que o Brasil diz é que todas essas ambiguidades precisam ser eliminadas." Em entrevista à agência de notícias oficial iraniana Irna após os encontros em Teerã Amorim afirmou que o Brasil está interessado em evitar que o Conselho de Segurança da ONU imponha uma nova rodada de sanções ao Irã. "Acreditamos que sanções são ineficientes", afirmou. "A única coisa que as sanções fazem é prejudicar as pessoas, principalmente as classes mais baixas."

O Brasil é membro temporário do Conselho, que reúne ainda outros 14 países. Para serem aprovadas, as sanções precisariam de pelo menos nove votos na organização, sem que nenhum dos membros permanentes usem seu poder de veto. Ainda na mesma entrevista, Amorim disse que o Brasil poderia considerar a hipótese de realizar em território nacional o enriquecimento de urânio para o Irã. "Até o momento, não houve uma proposta. Mas se recebermos essa proposta, ela seria examinada", afirmou. Sobre as críticas à aproximação do Brasil com o Irã, o ministro afirmou que elas são "naturais". "Até nossos melhores técnicos de futebol enfrentam críticas", brincou. "Mas as críticas não podem ser vistas como uma pressão."

Fonte: G1

Manoel Salviano é Condenado pelo TCU, mas recorre da decisão


TCU condena Manoel Salviano a devolver R$ 17 milhões ao Tesouro Nacional.


27/04/2010

Escrito por Thiago Aguiar | 27 Abril 2010

O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou o ex-prefeito de Juazeiro do Norte (CE) Manoel Salviano Sobrinho e a empresa de construção Planurb Planejamento Construções a devolver solidariamente R$ 17.124.546,29, por sobrepreço na construção do Centro de Apoio ao Romeiro no município. O relatório do TCU aponta que houve sobrepreço em serviços como sistema de drenagem, urbanização, paisagismo e aterro compactado. O ex-prefeito e a empresa de construção ainda terão de pagar multa individual de R$ 100 mil aos cofres do Tesouro Nacional em 15 dias. A cobrança judicial da dívida foi autorizada. Cabe recurso da decisão. O ministro Augusto Nardes foi o relator do processo.

Fonte: Agência TCU

Manoel Salviano recorre de decisão do TCU sobre devolução de dinheiro

Deputado apresentou ao O POVO Online certidões do TCU e da Assembleia que, segundo ele, comprovam que está suspensa a determinação sobre devolução de dinheiro.

Atualizado às 18h25min - 27 Abr 2010 - 18h13min

O deputado federal Manoel Salviano Sobrinho (PSDB) recorreu da decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) que o condenou, juntamente com a empresa de construção Planurb Planejamento Construções, a devolver R$ 2 milhões, referentes a sobrepreço na construção do Centro de Apoio ao Romeiro de Juazeiro do Norte, conforme informações repassadas pelo TCU. Manoel Salviano é ex-prefeito do município e entrou com embargos de declaração, que têm efeito suspensivo sobre a condenação original. Ele apresentou ao O POVO Online certidões do Tribunal de Contas da União (TCU) e da Assembleia Legislativa do Ceará que, segundo ele, comprovam que está suspensa a determinação de que o deputado devolva o referido valor. Segundo o deputado, em 1997, época em que a obra estava em andamento, o engenheiro do Ministério da Integração Regional, João Branco Neto, comprovou in loco que a obra foi concluída e que os recursos foram aplicados corretamente. Ainda de acordo com o deputado, os planos de trabalho da construção foram aprovados pelo Ministério e a Prefeitura fez o contrato conforme planos de trabalho aprovados. “Vamos provar que a obra foi feita na sua totalidade. A construtora também tem as documentações comprobatórias. Nós já pedimos embargo declaratório”, explicou o deputado. O relatório do Tribunal aponta que houve aumento de preço em serviços como sistema de drenagem, urbanização, paisagismo e aterro compactado.

Segundo o TCU, o ex-prefeito e a empresa de construção ainda terão de pagar multa individual de R$ 100 mil aos cofres do Tesouro Nacional em 15 dias, conforme decisão do relator do processo, ministro Augusto Nardes.

Fonte: O Povo OnLine

Incrível: O Gol mais "perdido" do Século ! - Você perderia esse GOL ?

Veja até o final do vídeo, onde na reprise dá pra ver em detalhe e câmera lenta como aconteceu este feito inacreditável:


Socialismo


Um professor de economia na universidade Texas Tech disse que ele nunca reprovou um só aluno antes, mas tinha, uma vez, reprovado uma classe inteira.
Esta classe em particular tinha insistido que o socialismo realmente funcionava: ninguém seria pobre e ninguém seria rico, tudo seria igualitário e 'justo. '
O professor então disse, "Ok, vamos fazer um experimento socialista nesta classe. Ao invés de dinheiro, usaremos suas notas nas provas."

Todas as notas seriam concedidas com base na média da classe, e portanto seriam 'justas. ' Isso quis dizer que todos receberiam as mesmas notas, o que significou que ninguém seria reprovado. Isso também quis dizer, claro, que ninguém receberia um "A"... Depois que a média das primeiras provas foram tiradas, todos receberam "B". Quem estudou com dedicação ficou indignado, mas os alunos que não se esforçaram ficaram muito felizes com o resultado.

Quando a segunda prova foi aplicada, os preguiçosos estudaram ainda menos - eles esperavam tirar notas boas de qualquer forma. Aqueles que tinham estudado bastante no início resolveram que eles também se aproveitariam do trem da alegria das notas. Portanto, agindo contra suas tendências, eles copiaram os hábitos dos preguiçosos. Como um resultado, a segunda média das provas foi "D". Ninguém gostou. Depois da terceira prova, a média geral foi um "F".

As notas não voltaram a patamares mais altos, mas as desavenças entre os alunos, buscas por culpados e palavrões passaram a fazer parte da atmosfera das aulas daquela classe. A busca por 'justiça' dos alunos tinha sido a principal causa das reclamações, inimizades e senso de injustiça que passaram a fazer parte daquela turma. No final das contas, ninguém queria mais estudar para beneficiar o resto da sala. Portanto, todos os alunos repetiram o ano... Para sua total surpresa.

O professor explicou que o experimento socialista tinha falhado porque ele foi baseado no menor esforço possível da parte de seus participantes. Preguiça e mágoas foi seu resultado. Sempre haveria fracasso na situação a partir da qual o experimento tinha começado. "Quando a recompensa é grande", ele disse, "o esforço pelo sucesso é grande, pelo menos para alguns de nós.

Mas quando o governo elimina todas as recompensas ao tirar coisas dos outros sem seu consentimento para dar a outros que não batalharam por elas, então o fracasso é inevitável."

Veja abaixo...!

"É impossível levar o pobre à prosperidade através de legislações que punem os ricos pela prosperidade. Cada pessoa que recebe sem trabalhar, outra pessoa deve trabalhar sem receber. O governo não pode dar para alguém aquilo que não tira de outro alguém. Quando metade da população entende a idéia de que não precisa trabalhar, pois a outra metade da população irá sustentá-la, e quando esta outra metade entende que não vale mais a pena trabalhar para sustentar a primeira metade, então chegamos ao começo do fim de uma nação. É impossível multiplicar riqueza dividindo-a."
Fonte: um e-mail que circula há tempos na WEB
Postado por: Armando Lopes Rafael

ALMANAQUE - Dia 27 de Abril de 2010


Eventos históricos

1500 - Mestre João, da frota de Pedro Álvares Cabral, pisa em terras do Brasil onde faz observações astronômicas.
1892 - Elevação da Diocese do Rio de Janeiro à categoria de arquidiocese, pelo Papa Leão XIII e é eregida a diocese de Niterói pelo Papa Leão XIII.
1908 - Abertura dos Jogos Olímpicos de Verão de 1908 em Londres.
1940 - Inauguração do Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho em São Paulo.
1941 - Segunda Guerra Mundial: As tropas alemãs entram em Atenas.
1960 - Togo se torna independente da França.
1961 - Serra Leoa se torna independente do Reino Unido.
2005 - Primeiro voo do Airbus A380 em Toulouse, França.
2006 - Início da construção do Freedom Tower no local do antigo World Trade Center na cidade de Nova Iorque.
2008 - ABC Futebol Clube conquista o seu 50º título estadual de futebol, feito inédito.
2009 - Avião passa em baixa altitude na cidade de Nova Iorque, assustando moradores e relembrando os ataques ao World Trade Center.

Nascimentos

1737 - Edward Gibbon, historiador inglês (m. 1794).
1756 - Alexandre Rodrigues Ferreira, naturalista brasileiro (m. 1815).
1791 - Samuel Morse, inventor norte-americano (m. 1872).
1822 - Ulysses S. Grant, 18º presidente dos Estados Unidos (m. 1885).
1840 - Edward Whymper, alpinista britânico (m. 1911).
1891 - Sergei Sergeyevich Prokofiev, compositor russo (m. 1953).
1910 - Ranieri Mazzilli, político brasileiro (m. 1975).
1911 - António Sastre, futeoblista argentino (m. 1987).
1927 - Coretta Scott King, esposa de Martin Luther King (m. 2006).
1928 - Manuel de Brito, coleccionador de Arte, livreiro e fundador da Galeria 111 em Lisboa (m. 2005).
1939 - João Bernardo Vieira, político guinéu (m. 2009).
1943 - Helmut Marko, ex-piloto austríaco de Fórmula 1.
1946 - Gordon Haskell, baixista e vocalista inglês.
1948 - Josef Hickersberger, ex-futebolista e treinador austríaco de futebol.
1950 - Marlene Mattos, empresária brasileira.
1951 - Ace Frehley, guitarrista da banda americana Kiss
1952 - Ari Vatanen, ex-piloto de ralis finlandês e deputado no parlamento europeu.
1955 - Frank Bainimarama, militar e político fijiano.
1959 - Andrew Fire, professor de genética e de patologia norte-americano (vencedor do Prêmio Nobel de Fisiologia/Medicina de 2006).
1964 - Dinho Ouro Preto, vocalista da banda de rock brasileira Capital Inicial.

Falecimentos

1404 - Filipe II, Duque da Borgonha (n. 1342)
1521 - Fernão de Magalhães navegador português (n. 1480)
1605 - Papa Leão XI (n. 1535)
1794 - William Jones, orientalista e jurista britânico (n. 1746)
1825 - Vivant Denon, arqueólogo e artista francês (n. 1747).
1882
Ferdinand Reich, químico alemão (n. 1799)
Ralph Waldo Emerson, escritor, filósofo e poeta americano (n. 1803)
1936 - Karl Pearson, matemático britânico (n. 1857)
1937 - Antonio Gramsci, pensador marxista italiano (n. 1891)
1971 - Eneida de Moraes, escritora brasileira. (n. 1904)
1972 - Kwame Nkrumah, primeiro líder da Gana independente (n. 1909)
1977 - Charles Alston, professor, pintor e escultor afro-americano (n. 1907)
1995 - Raphael Rabello, Grande Violinista e Compositor Brasileiro (n. 1962)
1992 - Olivier Messiaen, compositor, organista e ornitologista francês (n. 1908)
2007 - Mstislav Rostropovich, violoncelista e maestro russo (n. 1927)
2009 - Craig Arnold, professor e poeta americano (n. 1967)

Fonte Wikipédia
Foto Coretta Scott King
Colaboração Alessandra Bandeira

CRATO - Notícias do dia 27 de Abril de 2010



Comunicado aos produtores rurais

A Secretaria de Agricultura do Crato comunica aos produtores rurais do município que a secretaria está viabilizando a compra dos produtos da agricultura familiar para a merenda escolar. Os interessados procurar Danielle, na Secretaria de Agricultura, no Centro Administrativo, munido de sua Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP).

Prefeitura do Crato convoca inscritos no Projeto Primeiro Passo Jovem Aprendiz para reuniões hoje e amanhã

O Governo Municipal do Crato em parceria com a Secretaria de Ação Social convida os jovens inscritos no PROJETO PRIMEIRO PASSO - JOVEM APRENDIZ, para participarem de encontros no CVTEC de Crato, localizado á Av. Padre Cícero, 1260 bairro São Miguel.

Os respectivos encontros serão divididos em grupos por ordem alfabética da seguinte forma:

Hoje, dia 27/04, terça –feira -Letras G,H,I,J,K,L e M , das 8 horas e 30 minutos às 10 horas e 30 minutos

Amanhã dia 28/04, quarta-feira Letras:N,O,P,Q,R,S,T,U,V,W,X,Y e Z, das 13horas e 30 minutos às 15 horas 30minutos.

Maiores informações ligar para a Secretaria de Ação Social nos telefones= 3521-6321 / 3521-6425.

Imunização contra Gripe A continua para pessoas de 20 a 29 anos

A vacinação contra a Gripe Influenza A H1N1 continua sendo realizada em Crato, em todos os postos do município para pessoas na faixa etária de 20 a 29 anos. A campanha também está sendo feira para as pessoas de 30 a 39 anos, e crianças de até 2 anos de idade, além dos portadores de doenças crônicas. Mais de 21 mil pessoas já foram vacinadas, segundo a coordenação de Imunização do município. Profissionais de saúde estão indo até as escolas da cidade e fábricas para atingir a faixa etária de pessoas jovens. Segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde, esta tem sido a população, além das gestantes, que menos tem procurado os postos para se vacinar. Mas, aos poucos, por conta da estratégia adotada pela Secretaria de Saúde do Crato, tem aumentado o índice de imunizados em todos os grupos. No próximo dia 8 será o dia ‘D’ de vacinação para idosos acima de 60 anos.

Atividades educativas contra a dengue continuam sendo intensificadas em Crato

A Secretaria de Saúde do Crato, por meio do Programa dos Agentes Comunitários de Saúde, em parceria com o Núcleo de Mobilização Social e Tiro de Guerra, estarão realizando, no período de 26 a 30 de abril, na localidade do Parque São José, atividades educativas de combate à dengue. Serão visitadas residências para orientações aos moradores em relação ao combate da dengue, eliminação de focos do mosquito, com entrega de hipoclorito de sódio, sacos plásticos e panfletos educativos. Estarão participando dessas atividades alunos do Liceu e da escola Sertãozinho. Na sexta-feira, dia 30, haverá tenda educativa na praça, próximo ao CEMIC (posto de Saúde). A Secretaria de Saúde convida todos os moradores a colaborarem com o trabalho dos profissionais de saúde, colocando em prática as orientações e visitando, na sexta-feira, a tenda educativa da praça (próximo ao CEMIC).

Governo Municipal do Crato

Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30