xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 20/04/2010 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

20 abril 2010

Ψ Psicologia Jurídica II- Delinquência Juvenil Ψ Por João César Mousinho De Queiroz.



Delinquência Juvenil refere-se aos atos infracionais ou criminosos cometidos por menores de idade. Muitos países possuem procedimentos legais e punições diferentes (no geral mais atenuados) aos delinquentes juvenis, em relação a criminosos maiores de idade. A delinqüência juvenil tem sido considerada como um transtorno psicossocial, do desenvolvimento, que deve ser entendido pela sua complexidade, já que a sua manifestação ocorre a partir de variáveis biológicas, comportamentais e cognitivas do indivíduo; e contextuais, como características familiares, sociais e experiências de vida negativas. A delinqüência juvenil, associada a complexas consequências sociais, tem merecido aprofundados estudos e investigações que se estendem pelos diversos domínios das ciências sociais e humanas como a psicologia, a sociologia e o direito. A compreensão dos conceitos de vulnerabilidade e de fatores de risco é fundamental para a determinação das inúmeras variáveis presentes na etiologia deste comportamento. Surgem, em primeiro plano, dúvidas acerca da fiabilidade destas informações, tantas vezes especuladas pela mídia e dotadas de pouco rigor científico. Na estreita ligação que existe entre o estrato da realidade que constitui o aparelho conceptual da Delinquência Juvenil, estamos na presença de um fenômeno dialético que deve ser compreendido numa óptica psicossocial e interdisciplinar dado que a sua análise liga-se a questões da patologia mental e social. A criminologia é um conjunto de conhecimentos que se ocupa do crime, da criminalidade e suas causas, da vítima, do controle social do ato criminoso, bem como da personalidade do criminoso e da maneira de ressocializá-lo. Etmologicamente o termo deriva do latim crimino (crime) e do grego logos (tratado ou estudo), seria portanto o "estudo do crime". É uma ciência empírica e interdisciplinar. É empírica, pois baseia-se na experiência da observação, nos fatos e na prática, mais que em opiniões e argumentos. É interdisciplinar e portanto formada pelo diálogo de uma série de ciências e disciplinas, tais como a biologia, a psicopatologia, a sociologia, política, a antropologia, o direito, a filosofia e outros.

Os delinqüentes juvenis de hoje serão, em dúvida, os temíveis criminosos de amanhã, cada vez mais violentos e ambiciosos, pondo em risco a sobrevivência de toda uma sociedade, até mesmo da chamada “cultura geral”. A mesma sociedade que deixou à margem os infortunados, famintos, desempregados, etc., hoje se vê à volta destes, pois retornam violentamente para buscar o que fora tirado de seus ascendentes ou até deles mesmos. Admite que “à medida que o nível de ansiedade vai aumentando, o indivíduo tenta, de qualquer jeito, obter um alivio, e, neste caso, as reações agressivas podem servir como meio para obtenção de tal alivio. Assim, sendo, essas reações podem assumir um caráter leve, porém, podem resultar em crimes, dos mais triviais aos mais sérios possíveis”. Necessário se faz, portanto, que o Estado e toda a sociedade estejam aptos a tentar solucionar tal problema, antes que se torne impossível fazê-lo. O mundo jurídico e a sociedade mundial, nos últimos anos, têm dado bastante importância aos chamados “Delitos contra a Ecologia”, por exemplo. Entretanto, estão deixando de lado o problema da formação educacional e a preparação do indivíduo para o convívio social, principalmente no Brasil.

De que adiantará a tentativa de preservação do meio ambiente, se somos incapazes de preparar a criança e o adolescente que irá explorá-lo? Como um delinqüente juvenil ou adulto irá respeitar uma floresta, um determinado ambiente se ele não sabe respeitar a si próprio? É fundamental que se propicie o ingresso de crianças às escolas, que se dê alimentação adequada e orientação profissional para que possam atingir o mercado de trabalho com um mínimo de dignidade, tirando-as das ruas e trazendo para o ceio de uma sociedade que tem a obrigação de as acolher. Do contrário, salve-se quem puder.

O combate, portanto, à delinqüência juvenil deve começar na infância e não quando o individuo já atingiu a maturidade suficiente para distinguir o que é legal e o que não é. A relação emocional profunda e edificante entre o filho e figuras parentais, ou, mais especificamente, entre filho e mãe, é condição básica para que a criança vivencie a confiabilidade do lar, que, na linguagem de Winnicott, é um dos suprimentos ambientais básicos para o desenvolvimento saudável da personalidade. Sentindo a confiabilidade do lar, a criança terá condição para desenvolver duas experiências fundamentais e estruturantes de personalidade. De um lado, a experiência de sua agressividade, aprendendo a dimensioná-la e a administrá-la. De outro, a experiência de sua capacidade construtiva, descobrindo em si e desenvolvendo seu desejo de se dar e de contribuir. Segundo Winnicott, “...ninguém compreende que a criança tenha necessidade de dar, mais ainda do que receber”. Se a criança tem mais necessidade de dar do que de receber, se ela tem necessidade de construir, de contribuir, por que o adulto também não teria?

Por que o delinqüente também não teria? Poderíamos portanto, dentro de uma visão geral, associar os desdobramentos da privação emocional a duas experiências negativas básicas: a falta do “objeto” amado, em si mesmo, e a falta de confiabilidade do lar.Como desdobramentos básicos teríamos então o comprometimento das duas experiências positivas fundamentais acima mencionadas. Ou seja, de um lado, ficará afetada a capacidade do indivíduo de estabelecer vínculos afetivos, de se dar, de contribuir, e de construir e, de outro lado, a capacidade de experienciar construtivamente sua agressividade.

Fontes: Livros, Teses, Fundação Casa (Febem)São Paulo 20/04/10 Artigo XVIII– Ψ Psicólogo Jurídico T.Familiar. www.sosdrogasealcool.org

O que é Forró de Verdade, e o que é Porcaria Eletrônica !


"Em memória de Luiz Gonzaga, que se estivesse vivo, estaria muito decepcionado com a destruição da música bela que ele representava para o povo Nordestino"


Eu sempre defendi intransigentemente a bandeira da Boa Música e a diversidade de estilos. Quem me conhece, já conhece a minha luta incansável em promover que outros estilos musicais possam também terem vez nos espaços da mídia radiofônica, sobretudo do Cariri. Nas últimas discussões que envolveram música aqui no Blog, em que defendi o verdadeiro forró contra aquilo que eu chamo de "O Câncer da Música" , que é o Forró Eletrônico que impera no rádio, alguns ainda vieram aí fazer uma publicidade do maléfico, e obviamente isso não foi e nem será jamais publicado aqui, porque está longe do conhecimento acerca do que seja a verdadeira música.

Na verdade, Forró é OUTRA coisa bem diferente disso que estamos tendo o desprazer de ouvir. O Forró verdadeiro é a mais autêntica manifestação do povo nordestino. Representa as nossas raízes, representa a nossa história e nos fornecem caminhos para o futuro. A arte tem essa propriedade. Forró não é de forma alguma essa babaquice que como um verdadeiro Câncer, se instaurou na Rádio Tempo, na Vale do Cariri, e nem na Rádio Princesa FM. Aquilo é apenas jabá pra distrair uma sociedade viciada em lixo, decadente, que nunca teve acesso a outros tipos de música. Cadê os outros estilos musicais ? SUMIRAM DO MAPA ??? Porque as estações de Rádio não fazem mais programas de Pop, de Reggae, de Fusion, de MPB, de Clássicos, de Jazz ? Por que ? Vocês querem saber porque ?

PORQUE:

Não existem mais estes programas no Rádio, não é por falta de público, existe muito público SIM, talvez 50 por cento de público. Agora, não existem mais esses programas é por falta de locutores que CONHEÇAM esses estilos. A maioria dos locutores das estações de Rádio do Cariri, são gente completamente "tapada" que não consegue discutir música, aquilo que seria o bem mais precioso, o objeto do trabalho diário. Tentem discutir a História da Música Popular brasileira com um cara desses pra você ver! Pede para eles listarem aí 10 músicas do Noel Rosa, 10 do Tom Jobim, 10 do Chico Buarque, do Cartola, do Nelson cavaquinho, do Paulinho da Viola...eles não sabem. São completos ignorantes na Música Popular do Brasil. Nunca leram nada, nunca ouviram nada com senso crítico, não sabem de quase nada. A sociedade está entregue a pessoas que seriam seus maiores educadores na arte da música diária e estas pessoas não sabem DE NADA ?? Como é que é isso ? Agora, aprenderam uma tal babaquice de falar carioquês pra propaganda volante, e foram contratados pelas estações de Rádio do Cariri para vender Jabá da Capital, empurrando no povo coisas abomináveis, que nada tem a ver com a música. É o verdadeiro Café com Bobagem de toda hora. Não sabem diferenciar nem os estilos musicais. Não reconhecem um Xote de um Baião. Não reconhecem uma Polka de um Xaxado. Uns aí ainda vieram defender o indefensável: bandas que nos anos 90 foram quem começaram a decadência da Música nordestina que chegou até os dias de hoje travestidos até de música estrangeira tocados em ritmos de "uma coisa que parece baião mas não é".

Graças a Deus que ainda temos o Pernambuco e a Paraíba que sustentam a duras penas a verdadeira Música do povo Nordestino. Porque o Ceará, meus amigos, Morreu musicalmente!. Ainda bem que temos grupos como "Cascabulho" ( na foto: Silvério Pessoa ), e tantas outras bandas que fazem o forró moderno legítimo, com muita harmonia, ritmo, descendentes do verdadeiro baião, do Xote de do Xaxado de um Luiz Gonzaga, de um Dominguinhos, de Jackson do Pandeiro ( que os locutores das Rádios daqui sequer conhecem uma só música ), e tantos outros grupos importantes que fizeram a verdadeira História da Música Nordestina.

Por isso, é preciso que nós possamos tocar mais música de qualidade nas nossas estações. Divulgar as novas bandas que têm compromisso com Arte e a Cultura, e enterrar de vez essas anomalias que se escuta a toda hora no rádio que nem é Forró, nem é Pop e nem é nada. A decadência da música através de letras imundas chegou ao fundo do poço com essas "coisas" que se propõe a chamar de "Bandas de Forró Eletrônico". Eu diria "BUNDAS DE FORRÓ" porque na verdade, só existe mesmo apelação à letras vulgares cantadas por uns trogloditas, que a rigor, não sabem nem falar direito...quanto mais cantar!

Vamos procurar estudar mais sobre música. Conhecer as coisas! Vamos procurar ouvir os diversos estilos! O grande Guitarrista Cleivan Paiva é que estava certo: Talvez seja preciso criar cursos de Música para os Locutores de Rádio. Porque eles ficam comandando o gosto do público, e por trás deles há todo um Cartel da Mídia, formado por 3 pontas: Os proprietários de bandas de Forró, os proprietários de Casas de Shows que querem lotá-las com pornografia musical, para um público decadente, e os Locutores de Rádio na outra ponta. Se nós quisermos que nossa juventude evolua, que possamos construir uma sociedade pensante, inteligente, temos que incutir bons valores aos jovens, com bons exemplos na Vida, na Arte, em todos os aspectos da construção humana. Não essa babaquice que se escuta no rádio Caririense. Afinal de contas, meus amigos...

"O FORRÓ ELETRÔNICO É O CÂNCER DA MÚSICA. E ESSE CÂNCER ESTÁ MATANDO A CULTURA DO NORDESTE através de um Cartel. Por isso, viva a Diversidade e as oportunidades para todos os estilos da Música. Busquemos a Democracia e a Diversidade de estilos nas estações de Rádio - JÁ!"

O Povo Merece Respeito!

Por: Dihelson mendonça

TIRADENTES - Por Maria Otilia


Exaltação a Tiradentes

Elis Regina

Composição:Mano Décio

Estanislau da Silva e Penteado

Joaquim José da Silva Xavier
Morreu a vinte e um de abril
Pela independência do Brasil
Foi traído e não traiu jamais
A Inconfidência de Minas Gerais
Foi traído e não traiu jamais
A Inconfidência de Minas Gerais
Joaquim José da Silva Xavier
Era o nome de Tiradentes
Foi sacrificado pela nossa liberdade
Este grande herói

"A imagem de Tiradentes, herói nacional, mito de origem moderno do nosso ideal de liberdade, sobrevive no tempo. A historiografia da Inconfidência Mineira e o jogo de interesses políticos e ideológicos cumprem o papel de perpetuar o mito e alimentar ilusões no imaginário coletivo. O cenário cristão da sociedade brasileira acalenta o virtuoso Tiradentes. " Sérgio Vaz Alkmim

Postado por Maria Otilia Moreira


Reivindicações da população do Crato


O POVO DO CRATO NO BLOG


Ruas do Crato estão acabando com os Carros:

Nailza em 19/04/2010
Prestem bem atenção que algumas ruas do Crato estão precisando de conserto, acabando com os carros.

Solicito plantar Palmeiras no Triângulo do grangeiro

granjeiro em 18/04/2010
Queriamos solicitar dois beneficios para o bairro: plantar palmeiras no trianguloe uma bomba para colocarmos gasolina /alcool no parque granjeiro;;;

Estrada de Santa Fé

hermanobarreto em 18/04/2010
ESTRADA DE STA.FÉ... dihelson, o prefeito eu sei quem foi. gostaria de saber quem era os vereadores da epoca q assinaram a Mudança da rodovia VICENTE TELES de ordem estadual p/ municipal. POLITICOS é preciso trabalhar....PRA FRENTE.

Rádio Jangadeiro do Crato

Wilson Lima em 16/04/2010
Parabéns ao Crato. Ganhar mais uma Rádio FM, significa mais divulgação da nossa cidade. E parabéns ao grupo Jangadeiro por acreditar no Cratinho de Açúcar!!!!

Calçamento da Ratisbona está um Lixo!

cratenses em 16/04/2010
Dihelson ,por favor repasse a solicitação para setor responsavel ,para refazer com urgencia calçamento rua ratisbona ,ha buracos enormes e danificou meu carro,mas tenho conhecimento q isso acontece frequentemente.

Estrada de Santa Fé 02

hermanobarreto em 16/04/2010
parabenizo o prefeito da época como tambem todos os vereadores que assinaram a troca da rodovia VICENTE TELES p/estradas do granjeiro e serrano. bondade, NÃO, pura maldade com o moradores do distr,STA.FÉ não há prefeitura nenhuma c/ verba

Quem fiscaliza a restauração das avenidas Crateradas do Crato?

hermanobarreto em 10/04/2010
dihelson, abraços. quem? quem? fiscaliza os trabalhos de restauração das avenidas crateradas no crato? a exemplo das avenidas q sobe p/ o serrano e granjeiro reformadas e já danificadas. e tambem av.thomas osterne q recebe apenas pó preto.

Focos de Dengue no Grangeiro

granjeiro em 09/04/2010
gostaria de solicitar com URGENCIA providencias para eliminar focos da dengue nesse bairro,Que conheço ja 12 pessoas foram infectadas pelo mosquito aqui no granjeiro

Parabéns ao Tenente Rúbens, do Ronda do Quarteirão

Rosy Bezerra em 09/04/2010
Quero parabenizar o Tenente Rubens, do Honda do Quarteirão do Crato pela grande atuação prestado a Sociedade Caririrense

Material recebido pelo Blog do Crato
Dihelson Mendonça - Administrador

LIÇÃO DE VIDA:UM DESENHO SOLITÁRIO E A MARGINALIDADE DA ARTE-Por Wilson Bernardo.

VICENTE JUSTINO DE OLIVEIRA,vulgo seu Catanã,a quem eu conheci esses dias pelas alamedas da cidade do Crato,depois de mais de trinta anos de andanças pelo sudeste do país,seu Vicente veio descansar sua idade terna em sua cidade natal o Crato,ele passa os dias pelos principais pontos da cidade registrando em desenhos,não como forma terapêutica,mas a necessidade de expressão artística que o impulsiona para uma vida saudável,mesmo com problemas financeiros,o que o impede de comprar tintas e telas,é um primitivista,no sentido de sua técnica rude mais humana de se fazer arte.Seu Vicente mora no bairro Independência,na rua Celso Gomes de matos,parabéns seu Catanã pela força de vida,e o Crato respira arte na sua resistência.
Vicente Justino,na solidão da arte
Esboço do centro cultural da estação.
Esboço da igreja da Sé,e no detalhe informações,da construção,e dados do batismo do Padre Cícero...
Wilson Bernardo(Texto & Fotografia)

CRATO - Retratos de um Povo sem Educação !


GENTE PORCA! - Povo do Crato Joga Lixo nas Ruas.


O povo do Crato é de uma falta de educação sem precedentes. Embora a administração municipal tenha até um cronograma bastante adequado para a retirada do lixo na cidade, com carros processadores que compactam o material coletado, e dias específicos para a coleta, ligados a um sistema eletrônico que registra a passagem em cada rua da cidade, coisas absurdas acontecem aqui. Ao invés de colocarem o lixo APENAS no dia da coleta, como se faz em qualquer cidade civilizada, alguns moradores sem bom senso, o colocam por exemplo, no sábado, mesmo sabendo que a coleta só passará na Segunda-Feira. O que acontece é que o lixo exposto nas ruas está sujeito a muitas coisas: Começa a se deteriorar, enche de moscas, criam larvas ( tapurus ), tem gente que coloca restos de carne podre. Daí os cachorros de rua rasgam os sacos de lixo espalhando o conteúdo por toda a rua, e assim, a tragédia está feita, com o lixo espalhado pelo quarteirão: Esse é o Retrato do Crato Hoje.

É preciso que a população entenda de uma vez por todas o procedimento correto no trato com o lixo: APENAS coloque o lixo um pouco antes da coleta passar. Não deixe sacos de lixo nas portas em dias aonde não irá passar coleta. Tem gente no Crato que é tão inescrupulosa que imediatamente depois que o caminhão do lixo passa, já colocam outro saco de lixo, mesmo sabendo que aquilo ali vai passar mais 2 ou 3 dias a céu aberto, podendo trazer todo tipo de doenças. Lixo é coisa Séria!

Gente que Transforma a Calçada em Canteiro de Obras

Outra coisa muito comum aqui no Crato é o cara ir reformar a sua casa e transformar a frente da residência em canteiro de obras. Vemos muito esse tipo de coisa. Montes de Areia, Montes de Brita, Montes de Tijolos defronte a residências. Tem sempre gente construindo ou reformando. O que acontece nessa época de chuvas é trágico: Cai a chuva, leva a areia, especialmente nas ladeiras, e o Crato é cheio de ladeiras. A areia desce pelas ladeiras, entope as galerias e temos graves problemas da água retornando para as residências e provocando inundações ( como ocorrido recentemente na ladeira de joquinha ). Olha, se o povo não tomar consciência que cada um precisa cuidar da sua cidade, o Crato nunca será uma cidade limpa, não importa quem seja o administrador e não importa o melhor plano do mundo para coleta de lixo que se puder fazer.

A lei municipal prevê multa a todas as pessoas que fazem da frente da sua casa o seu canteiro de obras, e de quem suja a cidade, mas não seria muito melhor se ao invés disso o cidadão passasse a ter consciência de que é preciso zelar pela cidade? Tem gente que tem a falsa impressão de que a prefeitura é quem deveria recolher os montes de tijolos, brita e areia que SOBRARAM da sua construção. Que absurdo! Aliás, quantos absurdos que acontecem nessa cidade, unicamente por falta de educação da população, que diferente das cidades do Sul do país, lá se preocupam. Cada cidadão é responsável pelo bem-estar da sua cidade. Vai um nordestino desses mal-educados jogar um papel de chocolate nas Ruas de Gramado ou Campos do Jordão pra ver o que acontece... a própria população de lá é quem irá advertir: "Ei, não joga lixo aí não!" agora aqui no Crato, temos a cultura dos trogloditas, gente que nunca foi ensinado por seus pais nem pelas escolas que não se deve jogar lixo nas ruas. O ensino mais básico, a educação mais fundamental para quem vive numa cidade que se diz civilizada.

CAMPANHA 01 : Coloque o Lixo na Calçada apenas no Dia da Coleta.

CAMPANHA 02: Denuncie todas as pessoas que você conhece que fazem pilhas de material de construção na frente da sua residência. Denuncie na Secretaria de Infra-Estrutura para que estes sejam MULTADOS: Telefones:

Por: Dihelson Mendonça
A segunda foto: do programa de Limpeza da Cidade, da Secretaria de Controle Urbano - Nivaldo Soares.

Muito mais que pedofilia - Postado por Océlio Teixeira

As notícias sobre pedofilia, envolvendo membros do clero, difundiram-se de modo insistente. Tristes fatos, infelizmente, existiram no passado e existem no presente; não preciso discorrer sobre as cenas escabrosas de Arapiraca... A Igreja vive dias difíceis, em que aparece exposto o seu lado humano mais frágil e necessitado de conversão. De Jesus aprendemos: “Ai daqueles que escandalizam um desses pequeninos!” E de S.Paulo ouvimos: “Não foi isso que aprendestes de Cristo”.

As palavras dirigidas pelo papa Bento XVI aos católicos da Irlanda servem também para os católicos do Brasil e de qualquer outro país, especialmente aquelas dirigidas às vítimas de abusos e aos seus abusadores. Dizer que é lamentável, deplorável, vergonhoso, é pouco! Em nenhum catecismo, livro de orientação religiosa, moral ou comportamental da Igreja isso jamais foi aprovado ou ensinado! Além do dano causado às vítimas, é imenso o dano à própria Igreja.

O mundo tem razão de esperar da Igreja notícias melhores: Dos padres, religiosos e de todos os cristãos, conforme a recomendação de Jesus a seus discípulos: “Brilhe a vossa luz diante dos homens, para que eles, vendo vossas boas obras, glorifiquem o Pai que está nos céus!” Inútil, divagar com teorias doutas sobre as influências da mentalidade moral permissiva sobre os comportamentos individuais, até em ambientes eclesiásticos; talvez conseguiríamos compreender melhor por que as coisas acontecem, mas ainda nada teríamos mudado.

Há quem logo tem a solução, sempre pronta à espera de aplicação: É só acabar com o celibato dos padres, que tudo se resolve! Ora, será que o problema tem a ver somente com celibatários? E ficaria bem jogar nos braços da mulher um homem com taras desenfreadas, que também para os casados fazem desonra? Mulher nenhuma merece isso! E ninguém creia que esse seja um problema somente de padres: A maioria absoluta dos abusos sexuais de crianças acontece debaixo do teto familiar e no círculo do parentesco. O problema é bem mais amplo!

Ouso recordar algo que pode escandalizar a alguns até mais que a própria pedofilia: É preciso valorizar novamente os mandamentos da Lei de Deus, que recomendam atitudes e comportamentos castos, de acordo com o próprio estado de vida. Não me refiro a tabus ou repressões “castradoras”, mas apenas a comportamentos dignos e respeitosos em relação à sexualidade. Tanto em relação aos outros, como a si próprio. Que outra solução teríamos? Talvez o vale tudo e o “libera geral”, aceitando e até recomendando como “normais” comportamentos aberrantes e inomináveis, como esses que agora se condenam?

As notícias tristes desses dias ajudarão a Igreja a se purificar e a ficar muito mais atenta à formação do seu clero. Esta orientação foi dada há mais tempo pelo papa Bento XVI, quando ainda era Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé. Por isso mesmo, considero inaceitável e injusto que se pretenda agora responsabilizar pessoalmente o papa pelo que acontece. Além de ser ridículo e fora da realidade, é uma forma oportunista de jogar no descrédito toda a Igreja católica. Deve responder pelos seus atos perante Deus e a sociedade quem os praticou. Como disse S.Paulo: Examine-se cada um a si mesmo. E quem estiver de pé, cuide para não cair!

A Igreja é como um grande corpo; quando um membro está doente, todo o corpo sofre. O bom é que os membros sadios, graças a Deus, são a imensa maioria! Também do clero! Por isso, ela será capaz de se refazer dos seus males, para dedicar o melhor de suas energias à Boa Notícia: para confortar os doentes, visitar os presos nas cadeias, dar atenção aos abandonados nas ruas e debaixo dos viadutos; para ser solidária com os pobres das periferias urbanas, das favelas e cortiços; ela continuará ao lado dos drogados e das vítimas do comércio de morte, dos aidéticos e de todo tipo de chagados; e continuará a acolher nos Cotolengos criaturas rejeitadas pelos “controles de qualidade” estéticos aplicados ao ser humano; a suscitar pessoas, como Dom Luciano e Dra. Zilda Arns, para dedicarem a vida ao cuidado de crianças e adolescentes em situação de risco; e, a exemplo de Madre Teresa de Calcutá, ainda irá recolher nos lixões pessoas caídas e rejeitadas, para lavar suas feridas e permitir-lhes morrer com dignidade, sobre um lençol limpo, cercadas de carinho. Continuará a mover milhares de iniciativas de solidariedade em momentos de catástrofes, como no Haiti; a estar com os índios e camponeses desprotegidos, mesmo quando também seus padres e freiras acabam assassinados.

E continuará a clamar por justiça social, a denunciar o egoísmo que se fecha às necessidades do próximo; ainda defenderá a dignidade do ser humano contra toda forma de desrespeito e agressão; e não deixará de afirmar que o aborto intencional é um ato imoral, como o assassinato, a matança nas guerras, os atentados e genocídios. E sempre anunciará que a dignidade humana também requer comportamentos dignos e conformes à natureza, também na esfera sexual; e que a Lei de Deus não foi abolida, pois está gravada de maneira indelével na coração e na consciência de cada um.

Mas ela o fará com toda humildade, falando em primeiro lugar para si mesma, bem sabendo que é santa pelo Santo que a habita, e pecadora em cada um de seus membros; todos são chamados à conversão constante e à santidade de vida. Não falará a partir de seus próprios méritos, consciente de trazer um tesouro em vasos de barro; mas, consciente também de que, apesar do barro, o tesouro é precioso; e quer compartilhá-lo com toda a humanidade. Esta é sua fraqueza e sua grandeza!

Card. Odilo P. Scherer
Arcebispo de São Paulo

Fonte: O ESTADO DE SÃO PAULO, ed. 11. 04.2010

Imagens da Missa do Padre Cícero - Por Océlio Teixeira

Hoje, dia 20, foi celebrada a tradicional missa das 6h em memória do Padre Cícero Romão Baptista. Uma multidão de fiéis e devotos se fez presente à celebração presidida por Dom Fernando Panico e concelebrada por diversos sacedortes. Na sua homilia, Dom Fernando leu o artigo do Dom Odilo Scherer, Cardeal -Arcebispo de São Paulo, publicado no Estado de São Paulo, dia 11/04/2010, sobre os últimos acontecimentos eclesiásticos envolvendo casos de pedofilia praticados por sacerdotes. Vou publicar o texto de Dom Odilo no próximo post. Agora, algumas imagens da tradicional missa, em frente à Capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Devotos do Padre Cícero

Dom Fernando Panico

Prof. Francisco Cunha, o Cientista Romeiro

Dona Magnólia, minha Mãe, e eu

Devota com o rosário

Maria da Paz, a mais nova romeira do Padre Cícero

Prof. Zé Carlos, Secretário de Turismo e Romarias

Terços e Rosários

Beato

Fotos: Maria da Paz e Océlio Teixeira

Apenas mau humor ou você está doente? - Por: Samuel P. Teles

Sabe aquela pessoa chata que vive o tempo todo de mau humor e que ninguém aguenta? Ela pode estar doente.

A doença chama-se distimia.

Os problemas do dia-a-dia geralmente causam um desconforto em muitas pessoas. E a rotina estressante pode atingir o humor de quem se abala com qualquer coisa. Mas uma atenção especial deve ser dada às pessoas que, freqüentemente, ficam mal humoradas, porque o problema pode ser muito mais do que um simples distúrbio passageiro.

A distimia é uma doença causada por mau humor crônico e influencia não só a vida do paciente como também das pessoas que convivem com ele. Segundo o psiquiatra Antônio Nardi, uma das principais dificuldades em diagnosticar a doença é a similaridade dela com questões comuns de mau humor do dia-a-dia.

"Quando algo nos incomoda, como um trânsito muito ruim ou alguém pisa no nosso pé, é natural ficar de mau humor. Esse é o que chamamos de mau humor ocasional", afirma. Mas quando estas alterações de humor são muito comuns, a doença pode estar se manifestando. "O distímico fica irritado porque está chovendo ou porque está sol. Tudo é motivo para mau humor", compara o médico.

Uma característica comum do paciente com distimia é a irritação e preocupação excessiva até quando a situação é positiva. Nardi destaca que o doente consegue ver problema em casos aparentemente 100% benéficos, como ganhar na loteria. Segundo o especialista, caso isso aconteça com ele, será normal que se preocupe com os problemas que o dinheiro trará. "Os distímicos não apresentam apenas o mau humor, ele têm também tristeza, pessimismo, baixa auto-estima e falta de prazer na maioria das atividades".

Em geral, a distimia começa a aparecer na adolescência ou no adulto jovem e pode durar a vida toda, se não for tratada. Os sintomas que mais chamam a atenção, no seu início, são a irritação com qualquer coisa, o costume de ver problemas em tudo e o isolamento social. Dados da Organização Mundial de Saúde apontam que 3% da população pode ser atingida pela doença e as mulheres são afetadas duas vezes mais do que os homens. Se a doença não for tratada (geralmente o tratamento dura dois anos), o paciente tem 70% de chance de desenvolver a depressão.

As principais diferenças entre a distimia e a depressão são a relação social do paciente e alguns sintomas físicos desta última, como alteração de apetite, sono e energia. Enquanto a pessoa depressiva busca se isolar de qualquer atividade, o distímico continua realizando suas funções normais. "A depressão dificulta o indivíduo de trabalhar, de ir a compromissos sociais e de praticar esportes e a distimia compromete a capacidade de prazer e satisfação destas atividades, mas o indivíduo não deixa de realiza-las", destaca o psiquiatra.

Por isso é mais complicado que pessoas leigas notem a doença, elas apenas percebem que há algo de errado. "Nem o distímico e nem a sua família sabem distinguir o que é a distimia e o que é o indivíduo", ressalta Nardi. Sendo assim, apenas um psiquiatra será capaz de diagnosticar e tratar a doença.

Por: Samuel P. Teles

Presidente da ANPUH-CE reúne-se com Secretários Municipais - Por Océlio Teixeira

O Presidente da Associação Nacional de História (ANPUH) - Secção Ceará -, Prof. Altemar Muniz, acompanhado dos professores Carlos Rafael e Océlio Teixeira,  esteve reunido, ontem, dia 19, com a Secretária da Cultura, Daniele Esmeraldo, e com o Secretário da Educação, Valentim Dantas. Nas duas reuniões foi discutido o apoio das duas secretarias ao XII ENCONTRO ESTADUAL DE HISTÓRIA,  a realizar-se no Cariri, no período de 21 a 25 de junho do corrnte ano. Após a apresentação da proposta do Encontro(programação, objetivos, etc), a Comissão Coordenadora do Encontro foi parabenizada pelo trabalho e teve a garantia do apoio das duas secretarias. Em contrapartida,a ANPUH-CE oferecerá aos professores de históira do município quatro oficinas pedagógicas. O Encontro Estadual é uma promoção e realização da ANPUH-CE e do Departamento de História da URCA.  Para maiores informações sobre o Encontro acesse: http://www.ce.anpuh.org/.

Com a Secretária Daniele Esmerado

Com o Secretário Valentim e a Equipe de História da Secretaria
(Foto: Carlos Rafael)

Dr. Leitão recebe amigos no dia do seu aniversário - Por Océlio Teixeira

Trancorreu ontem, dia 19 de abril, o aniversário de Francisco Leitão Moura, Presidente do Grupo Gestor da EXPOCRATO. Amigos e amigas estiveram presentes no Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcante para comemorarem com o aniversariante, de forma simples, improvisada, carinhosa e sincera, seu natalício. Quero, através deste Blob, fazer uma singela homenagem a este cratense de coração que vem fazendo um brilhante trabalho à frente da EXPOCRATO, tornando-a um evento de repercussão nacional e mesmo internacional. PARABÉNS DR. LEITÃO.







Fotos: Océlio Teixeira

CRATO - Notícias do dia 20 de Abril de 2010


Começou ontem em Crato a segunda edição do "Abriu Pr'a Juventude"


A abertura oficial da segunda edição do Abriu Pr'a Juventude foi realizada ontem a noite no Centro Cultural do Araripe, no Largo da RRFSA. No inicio do evento aconteceu a apresentação Orquestra da Sociedade Lírica do Belmonte – SOLIBEL, depois uma Esquete Teatral Medéia, encenado pela Escola Municipal de Cultura e Arte EMCART e logo depois show com Banda de Pop Rock “Los Caras”. Paralelo a abertura do evento realizou-se a Exposição Cena Jovem onde estará até dia 30 a instalação do artista plastico Alexandre Lucas. Hoje de 9 as 14 horas, no Teatro Salviano Arraes Saraiva será realizado seminário sobre os maleficios do Crack e depois Esquete Teatral e performance de dança encenado pela Escola Municipal de Cultura e Arte –EMCART.

O Abriu Pra Juventude trará em seu contexto apresentações artísticas, exposições, palestras oficinas, bem como a promoção da inclusão social e discussões sobre Juventude e Família, Cultura e Identidade Regional, e Gestão e Políticas Públicas para a Juventude. Toda a comunidade está convidada a compartilhar desse momento. Participe! Até o próximo dia 30 o evento ainda trará muitas atrações interessantes.

Crato busca qualificar gestores públicos

Visando a capacitação dos servidores do Crato, estiveram participando, durante o dia de ontem, representantes do município no Curso de Capacitação em Gestão Pública. O evento, realizado em Juazeiro do Norte, contou com a presença do chefe de Gabinete da prefeitura do Crato, Cícero França, o secretário de Administração, Christiano Siebra, e o secretário de Finanças, Antônio Olímpio, além de representante do setor de contabilidade da administração. O curso contou com várias palestras relacionadas à administração pública, com atualidade nas áreas de administração e finanças, trazendo questões éticas e técnicas relacionadas a esses setores. Segundo o secretário de Administração do Crato, na ocasião foram repassadas informações atualizadas sobre legislação aplicada à gestão pública e contábil nas administrações. Ele destaca a importância da participação dos gestores, no sentido de promover a qualificação da gestão pública.

Agricultura investe em programa voltado ao pequeno produtor


A Secretaria de Agricultura e Pecuária do Município do Crato está desenvolvendo no município, por meio do Programa de Aquisição de Alimentos – PAA, do Governo Federal, a primeira etapa do programa, beneficiando os primeiros agricultores com a sua. Destinado aos produtores da agricultura familiar, para participar é necessário ter Declaração de Aptidão ao Pronaf – DAP e os documentos pessoais. Através do programa, os produtores poderão repassar alimentos como queijo, macaxeira, tapiocas, verduras, e outros produtos que sejam caracterizados como da agricultura familiar. O preço da produção elimina afigura do atravessador, levando mais rentabilidade para quem produz e quem adquire a produtividade. Maiores informações, falar com Danielle, na Secretaria de Agricultura do Crato, no Centro Administrativo.

Ação Social do Crato convoca para cadastramento no Conselho Municipal dos Direitos do Idoso.


A Secretária de Ação Social do Crato, Liduína Alves de Andrade convoca todos os coordenadores dos Grupos de Convivência de Idoso e todos os presidentes das Associações Comunitárias que desenvolvem atividades com os idosos, a se fazerem presentes na Secretaria de Ação Social hoje, terça-feira, dia 20 e quinta-feira dia , 22 no horário de 8 às 13 horas, para que seja realizado os cadastros referentes ao Conselho Municipal dos Direitos do Idoso. Para fazer o cadastro procurem a Sra. Salma Vilar.

Mais informações pelos telefones: 3521-6425 e 3521-6321.

CRAS Alto da Penha realiza encontros de grupos de convivencia de segunda a quinta

O Governo Municipal do Crato em parceria com a Secretaria de Ação Social, comunicam a toda a comunidade sobre os Grupos de Convivência existente no Centro de Referência da Assistência Social - CRAS do bairro Alto da Penha. De segunda a quinta acontecem encontros de grupos diferenciados:

SEGUNDA-FEIRA: "GRUPO APRENDENDO E BRINCANDO",para crianças com idade entre 07 à 11 anos no horário de 14 horas e 30 minutos TERÇA-FEIRA : "GRUPO DE GESTANTES" BARRIGA FELIZ no horário das 15 horas : "GRUPO CRIANÇADA" para crianças com idade entre 03 à 06 anos de idade no horário de 14 horas
QUARTA-FEIRA : "GRUPO DA MELHOR IDADE" para idosos no horário de 14 horas: "GRUPO CRIANÇADA" para crianças com idade de 03 à 06 anos de idade, no horário de 9 horas.

QUINTA-FEIRA : "GRUPO TEU NOME É MULHER" para todas às mulheres da comunidade, no horário de 15 horas.

Importante: NO PRÓXIMO MÊS DE MAIO SERÁ CRIADO UM "GRUPO VIVER E CRESCER" PARA ADOLESCENTES COM IDADE ENTRE 12 E 14 ANOS. Aguardem!

Governo Municipal do Crato

A ficha começa a cair ... - postado por Armando Lopes Rafael


Política externa "açucarada" é obstáculo para Brasil, diz jornal Financial Times

Um artigo publicado nesta terça-feira pelo jornal britânico Financial Times afirma que o jeito "carinhoso" do Brasil é um obstáculo para que o país consiga um lugar entre as grandes potências no cenário internacional. O texto assinado pelo jornalista John Paul Rathbone afirma que, após a crise financeira global, o Brasil "tornou-se importante na comédia das nações, quase sem ninguém perceber".
Há seis anos, o Brasil participava apenas pela primeira vez como convidado de uma reunião do G8, grupo que reúne as maiores economias industrializadas do planeta, e tinha mil diplomatas espalhados pelo mundo. Hoje, segundo o jornal, o Brasil tem 1,4 mil diplomatas e sua voz, ao lado da Turquia e China, é importante em questões internacionais, como as sanções nucleares ao Irã.
Política de 'arco-íris'
No entanto, segundo o texto, "a política de arco-íris do Brasil pode estar atingindo o seu limite e poderia até colocar em risco a vaga permanente no Conselho de Segurança que o país cobiça". "Gafes recentes mudaram a imagem açucarada do Brasil e do seu presidente também", afirma o Financial Times.
Entre os episódios citados pelo jornal estão a crítica feita pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva à greve de fome ativista cubano Orlando Zapata e os comentários do presidente sobre protestos da oposição após as eleições no Irã - quando Lula disse que as manifestações eram "choro de perdedores".
O jornal também destaca o fato de que o Brasil condenou a instalação de bases militares americanas na Colômbia, mas ignorou a compra de armas russas feita pela Venezuela ou o suposto apoio do governo de Caracas às milícias das Farc. "Para os críticos, essa é uma política externa irritante - narcisista e ingênua. Mas como todos os países poderosos, o Brasil está perseguindo o que acredita que sejam seus interesses. Se ele está fazendo isso bem é outro assunto", diz o texto.
Para o jornal, o Brasil tem diplomatas de competência reconhecida, sobretudo na área comercial, mas o país não tem institutos de pesquisa capazes de abastecê-los com informações sobre o mundo, como Moscou e Washington, o que levaria o país a cometer "erros" e não se acostumar "aos holofotes da opinião internacional".
"Isso custou pouco ao Brasil até agora", diz o Financial Times. "Ainda assim, muitos sentem que se o Brasil vai se sentar na principal mesa, ele terá de tomar decisões difíceis", afirma o jornal, citando a posição do país sobre propriedade intelectual na Rodada Doha. Outro desafio do Brasil, segundo o artigo, acontecerá após as eleições, quando o país perderá o "charme de Lula". "A imagem do império carinhoso pode não durar mais", conclui o texto.

Ainda haverei de ver! (?) - Por Jorge Carvalho

Concluído e revitalizado o estádio Virgílio Távora (O Mirandão). As ruas da minha cidade limpas, calçadas arborizadas, depósitos para a coleta seletiva do lixo. Praças revitalizadas e propícias ao lazer de crianças, jovens e idosos (os que as abandonaram criminosamente punidos pelo Ministério Público). As serestas retornaram a da Sé. Ainda haverei de ver! Os bairros do meu sofrido Crato sendo respeitados, seus moradores com direito fundamental de andar por ruas limpas, saneamento básico presente. Ainda haverei de ver O Sport Club do Crato, o querido rubro-negro da cidade, sendo o nosso representante no Campeonato Cearense (1ª ou 2ª Divisão). Ainda haverei de ver (ouvir) em uma emissora de rádio educativa ou universitária, instalada em minha cidade, a música de Abidoral, Pachelly, Salatiel, Leninha, João do Crato, Correinha, Eduardo Júnior, Aécio Ramos; Reisado do Mestre Aldenir, Côco das mulheres da Batateira, Reisado Dedé de Luna, Maneiro Pau do Mestre Cirilo, a poesia de Luciano Carneiro. Olival Honor, Bastinha, Josenir Lacerda, as crônica de Emerson Monteiro, Dr. José Flávio, Roberto Jamacaru, os artigos educativos de Alexandre Lucas. Ainda haverei de ver minha cidade possuir um sistema de transporte coletivo que atenda dignamente as crianças, adolescentes e trabalhadores que, confortavelmente se desloquem ao seu ambiente de trabalho ou seu local de estudo. Retornando da mesma maneira aos seus lares. Ainda haverei de ver as nossas escolas de samba retornarem à avenida iluminada (Dr. João Pessoa, Praça da Sé) num trabalho sério de resgate desta manifestação popular (o carnaval). Ainda haverei de ver as nossas festas tradicionais, cívicas, comemorativas (dia de reis, carnaval, dia do município, festas juninas, festa da padroeira, semana do folclore, malhação do Judas, natal... ) calendarizadas, discutidas com a população e não realizadas “em cima da hora” com intuito político eleitoreiro. Ainda haverei de ver o secretário(a) de cultura sendo eleito pelo voto popular. Ainda haverei de ver os nomes do saudoso Eloi Teles, do inesquecível e injustiçado Correinha sendo lembrados para “darem” denominação a alguns futuros logradouros que por casualidade a atual administração venha a construir (ainda haverei de ver?). Ainda haverei de ver na entrada da minha cidade, via bairro São Miguel, uma bela placa, bem iluminada com a frase: “BEM VINDO, AQUI NASCEU CEGO ADERALDO”. Outra, no bairro Batateira, com a frase: “VEM VINDO, AQUI NASCEU SÁ RORIZ – HERÓI DA SEGUNDA GRANDE GUERRA”. Ainda haverei de ver?

Jorge Carvalho
Abril/2010

Reunião do PSDB em Fortaleza - APOIO PARA JOSÉ SERRA


PSDB sem nome para disputar o Governo

Tasso Jereissati reafirma para os tucanos que o seu nome não está na relação de candidatos ao Governo - KELLY FREITAS - 20/4/2010 - Tasso voltou a afirmar que o PSDB não tem candidato competitivo para disputar, este ano, o Governo do Estado.

O PSDB não tem nome para disputar o Governo do Estado, segundo o senador Tasso Jereissati, após anunciar para um auditório repleto de correligionários o resultado de pesquisas que o partido mandou fazer sobre a sucessão estadual. "Temos muitos nomes qualificados intelectual e politicamente, mas não eleitoralmente", reconheceu, acrescendo, para responder algumas insinuações sobre sua candidatura ao Governo do Estado "não seria bom nem para o PSDB nem para o Ceará". Tasso, que já havia anunciado que sua sigla procurava um nome novo para a disputa deste ano, preferiu não revelar os nomes que foram incluídos nas pesquisas internas. "Isso é segredo", disse ele quando questionado sobre o assunto, admitindo, no entanto, que o seu nome não foi colocado em nenhum dos cenários simulados nas consultas e ainda justificou em tom de ironia: "o meu nome é proibido figurar em pesquisas" para o Governo do Estado. O encontro de Tasso com prefeitos, vereadores e outras lideranças do Interior teve o intuito de preparar os tucanos do Estado para a vinda do candidato do PSDB à presidência da República, ex-governador de São Paulo, José Serra (PSDB). Ele vem ao Ceará participar de reuniões regionais com representantes da sigla, ainda sem data marcada. O senador manteve o bom-humor durante todo o encontro, que durou quase duas horas. Ao pegar o microfone para discursar em um auditório que não pode acomodar todos os presentes, avisou: "Vou ser mestre de cerimônia porque o partido está liso, mas a gente vai se virando como pode". Depois da fala do presidente do PSDB no Ceará, Marco Penaforte, e ao presidente do Democratas, Chiquinho Feitosa, Tasso destacou os benefícios que José Serra carreou para o Estado quando foi Ministro do Planejamento, como Porto do Pecém, Aeroporto Internacional e o Castanhão e pediu que os tucanos "arregacem as mangas" para eleger Serra.

Expectativa

Embora Tasso tenha solicitado o encontro com as lideranças municipais para tratar do cenário nacional ficou visível a expectativa dos tucanos sobre o impasse estadual. A maioria pedia uma definição imediata e muitos deles insistia em um nome do PSDB para disputar o Governo, mas diante de toda insistência, ele só pediu mais paciência. O senador declarou que caso haja "unidade" dentro do partido e a maior parte decida que é melhor para a legenda lançar um nome ele diz que vai apoiar. "Não vemos uma consistência, mas se a maioria perceber que é bom ter um candidato eu vou à luta. Mas sabemos que o partido não está unido o bastante em torno desse assunto", destacou, concluindo de modo enfático: "mas o meu nome não".

Difícil

Em vários momentos, Tasso tentou deixar claro que, diferente do que pregam os governistas, Serra não tem nenhum preconceito contra o Ceará, mas admitiu que o Nordeste vai ser um lugar difícil de fazer palanque para o candidato tucano. "Eu não acho o Serra nem bonito, nem cheiroso, mas quando ele era ministro (do Planejamento) nós iniciamos e concluímos as obras", disse.

Ciro

Tasso, em entrevista coletiva, fez questão de condenar o tratamento que o PT vem dando a Ciro Gomes (PSB) que quer ser candidato à presidência da República. No discurso para os tucanos, não foi apenas a gestão petista que incentivou as críticas do senador tucano, mas também o fato de o PT estar tentando, a todo custo, tirar da disputa presidencial seu amigo pessoal, o deputado federal Ciro Gomes (PSB). "O que o Governo está fazendo com o Ciro é de uma perversidade que não tem tamanho", ressaltou Tasso. Durante a entrevista, Tasso também citou a relação PT e Ciro e não esqueceu as críticas aos governistas. "O Ciro foi tratado de uma maneira cruel pelo PT e foi sendo desidratado de maneira até perversa. Eu acho que ele (Ciro) foi usado e agora está sendo jogado fora porque não interessa mais", disse. Após lembrar que sabe que existem tucanos que votam em candidatos de outros partidos por conta de acordos, em torno, principalmente de emendas a orçamentos, Tasso declarou: "Se não votar em Ciro vota com a gente, nosso candidato (Serra) só não pode votar nela (referindo-se a Dilma Rousseff)", candidata do PT.

Fonte: Diário do Nordeste

Crime ambiental no Cariri - Reportagem: Antonio Vicelmo


OPERAÇÃO SÃO JOSÉ

Caminhão para transporte de animais foi utilizado para levar a madeira resultante de desmatamento - ANTÔNIO VICELMO - 20/4/2010 - Ibama realiza Operação São José e apreende animais e madeira resultado de crime ambiental

Crato. Uma caminhão-gaiola de transportar gado, carregado de estacas, mais de 50 aves silvestres, entre as quais uma juriti, e uma camioneta com 50 sacos de carvão, cerca de uma tonelada. Este foi o balanço de uma operação realizada, no fim de semana, pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), com o apoio da Companhia de Policiamento Ambiental (CPMA). O que está chamando a atenção dos fiscais do Ibama é a utilização de caminhões-gaiolas com o objetivo de confundir a fiscalização.

Além destas apreensões, foram descobertos mais dois desmatamentos nos municípios de Granjeiro e Santana do Cariri, um deles sob a responsabilidade do prefeito de Granjeiro, Emanuel Clementino, que foi multado em R$ 60 mil. Segundo o chefe do escritório regional do Ibama no Crato, Francisco Sales, o prefeito afirmou que não cometeu nenhum crime ambiental. "Ele apresentou, inclusive, uma pessoa ao Ibama, que assumiu a responsabilidade pelo desmatamento. Mas essa pessoa apresentada é um ´laranja´, que empresta seu nome para outro, conhecido também como ´testa de ferro´", afirmo ele. O responsável, segundo Sales, é o prefeito que vai responder pelo desmatamento de 12 hectares, no Sítio Patos, Área de Proteção Permanente (APP), considerada pelo Código Florestal de grande importância ecológica, coberta ou não por vegetação nativa, que têm como função preservar os recursos hídricos, a paisagem, a estabilidade geológica, a biodiversidade, o fluxo gênico de fauna e flora, proteger o solo e assegurar o bem-estar das populações humanas. Ontem, a reportagem tentou, sem sucesso, um contato com o prefeito. O telefone da Prefeitura e seu celular não atenderam.

Veículos detidos

"Os infratores vão responder a inquéritos administrativos e policiais", disse o chefe do escritório do Ibama, acrescentando que os veículos utilizados no transporte das estacas e do carvão foram também apreendidos e levados para o pátio do Instituto, que se encontra abarrotado de carros, carvão, lenha e estaca. Os veículos ficarão sob a custódia do Ibama. Os pássaros, a maioria galos-de-campina, curió, canários e golas, serão libertados numa reserva autorizada, localizada no município de Campos Sales. As apreensões, segundo Sales, fazem parte da "Operação São José", desencadeada no início do mês, com a finalidade de combater o contrabando de aves e madeiras na região e a degradação ambiental. O chefe do escritório regional do Ibama lembra que o Cariri é uma das regiões mais prejudicadas pelos crimes ambientais em razão de sua exuberância e, principalmente, porque existe uma cultura regional de desenvolvimento a qualquer preço.

Sales destaca que, somente no mês passado, foram localizados, por satélite, mais de 300 hectares de desmatamento em floresta na Área de Proteção Ambiental do Araripe. Os fiscais do Ibama multam, instauram inquérito, mas alguns proprietários terminam reincidindo. "Esta área que foi desmatada no município de Santana do Cariri é do mesmo proprietário que foi multado e processado, no mês passado, porque estava transformando madeira em carvão", diz o chefe do escritório do Ibama. A expansão das cidades, a exploração mineral e da madeira existente nas regiões serranas do Estado estão entre os principais motivadores da depredação ambiental. No entanto, conforme Sales, é possível estabelecer um modelo que contemple o progresso com o respeito ao meio ambiente. Neste sentido, estão ações voltadas para o desenvolvimento sustentável, que compatibiliza natureza e produção de recursos.

MULTA

60 mil reais é o valor da multa aplicada pelo Ibama contra o desmatamento de 12 hectares, no Sítio Patos, Área de Proteção Permanente (APP), no Município de Granjeiro

MAIS INFORMAÇÕES

Instituto Brasileiro de Meio Ambiente Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Pça. Joaquim Fernandes Teles, 10, Crato, (88) 3521.1529

ANTÔNIO VICELMO
Repórter do Jornal Diário do Nordeste

Colaborador do Blog do Crato

Almanaque dia 20 de Abril

Eventos históricos
  • 1233 - O Papa Gregório IX edita duas Bulas que marcam o início da Inquisição, instituição da Igreja Católica Romana que perseguiu, torturou e matou vários dos seus inimigos, ou quem esta entendesse como inimigo (conhecidos como hereges).
  • 1792 - A França declara guerra a Áustria, começam as guerras revolucionárias francesas.
  • 1902 - Pierre e Marie Curie anunciam o refino do cloreto de rádio, sem, no entanto, o purificem até obter o elemento isolado (embora eles acreditassem tê-lo feito).
  • 1963 - Início do Pan-Americano de São Paulo.
  • 1968 - Pierre Elliott Trudeau toma posse como primeiro-ministro do Canadá.
  • 1999 - Massacre na Columbine High School: Eric Harris e Dylan Klebold abrem fogo dentro da escola. Quinze pessoas morrem e 23 ficam feridas. Após os tiroteios, suicidam-se antes da SWAT entrar no colégio.
  • 2005 - Alfredo Palacio assume a Presidência da República do Equador.
Nascimentos
  • 1586 - Santa Rosa de Lima, religiosa peruana e padroeira da América (m. 1617).
  • 1745 - Philippe Pinel, medico francês (m. 1826).
  • 1808 - Napoleão III, imperador da França (m. 1873).
  • 1840 - Odilon Redon, pintor e artista gráfico francês (m. 1916).
  • 1845 - José Maria da Silva Paranhos Júnior, Barão do Rio Branco (m. 1912).
  • 1846 - Serpa Pinto, explorador português do continente africano (m. 1900).
  • 1868 - Charles Maurras, poeta e jornalista francês (m. 1952).
  • 1878 - Joaquim Nunes Claro, médico e escritor português (m. 1949)
  • 1882 - Holland Smith, general do Corpo de Fuzileiros dos Estados Unidos (m. 1967).
  • 1884 - Augusto dos Anjos, poeta brasileiro (m. 1914).
  • 1889 - Adolf Hitler, führer alemão (nascido na Áustria) (m. 1945).
  • 1893 - Joan Miró, pintor espanhol (m. 1983).
  • 1895 - Arthur Nethercot, escritor e crítico literário norte-americano (m. 1981).
  • 1915 - Aurora Miranda, atriz brasileira, irmã de Carmen Miranda (m. 2005).
  • 1927
  • Míriam Pires, atriz e cantora brasileira (m. 2004).
  • Phil Hill, ex-piloto norte-americano de corridas, campeão de Fórmula 1 em 1961 (m. 2008).
  • 1928 - Robert Byrne, enxadrista estadunidense.
  • 1930 - Stuart Lewis-Evans, automobilista inglês (m. 1958).
  • 1932
  • Artur Correia, cineasta português.
  • Rosa Lobato Faria, escritora portuguesa (m. 2010).
  • 1936 - Pat Roberts, político estadunidense.
  • 1946
  • Ana Diniz, escritora e jornalista brasileira.
  • Gordon Smiley, automobilista norte-americano (m. 1982).
  • 1947 - Mário Cravo Neto, fotógrafo brasileiro (m. 2009).
  • 1949 - Jessica Lange, atriz estadunidense.
  • 1950 - Humberto Coelho, ex-futebolista e treinador de futebol português.
  • 1951 - Luther Vandross, cantor norte-americano (m. 2005).
  • 1961
  • Vladimir Lyutyy, ex-futebolista ucraniano.
  • Aleksandr Zavarov, ex-futebolista ucraniano.
  • Paolo Barilla, ex-piloto italiano de Fórmula 1.
  • 1963 - Maurício Gugelmin, ex-piloto brasileiro de Fórmula 1 e Champ Car.
  • 1964 - Andy Serkis, ator britânico.
  • 1965 - Adrián Fernández, ex-piloto mexicano de corridas.
  • 1967 - Mike Portnoy, baterista da banda Dream Theater.
  • 1970
  • Kayla Kleevage, atriz norte-americana.
  • Adriano Moraes, atleta brasileiro de rodeio.
Falecimentos
  • 1099 - Pedro Bartolomeu, monge e místico da Primeira Cruzada.
  • 1314 - Papa Clemente V (n. 1264).
  • 1912 - Bram Stoker, escritor irlandês (n. 1847).
  • 1947 - O Rei Cristiano X da Dinamarca (n. 1870).
  • 1969 - Ataulfo Alves de Souza, compositor e cantor brasileiro (n. 1909).
  • 1985 - Charles Francis Richter, sismólogo estado-unidense (n. 1900).
  • 1991 - Don Siegel, diretor de cinema estadunidense (n. 1912).
  • 1993 - Cantinflas, comediante mexicano (n. 1911).
  • 1997 - Galdino Jesus dos Santos, índio pataxó.
Fonte Wikipédia
Foto Ilustrativa Juan Miró
Colaboração Alessandra Bandeira

Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30