xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 27/03/2010 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

27 março 2010

Cientista ataca abertura de estradas na Amazônia


O cientista que inventou o conceito de diversidade biológica, americano Thomas Lovejoy, criticou ontem, na abertura do Fórum Internacional de Sustentabilidade, em Manaus, a construção de estradas em regiões intocadas da Amazônia. Para Lovejoy, as rodovias representam impactos sérios e podem ser substituídas por ferrovias e hidrovias. Segundo o cientista, em um fragmento de cem hectares desmatado perde-se a metade das espécie de aves e as grandes árvores são destruídas. "Pode-se perder até 30% da biomassa, da massa viva da floresta." Lovejoy fez a crítica ao lado do governador do Amazonas, Eduardo Braga (PMDB), que -junto aos ministros Dilma Rousseff e Alfredo Nascimento- participou da inauguração, nesta semana, de um trecho inacabado da estrada BR-319 (Manaus-Porto Velho). A estrada é de interesse de Nascimento, que é do Amazonas.

O governo Lula diz que vai autorizar a construção de uma estrada-parque na BR-319. Segundo o Ministério dos Transportes, o conceito de estrada-parque é deixar no entorno da rodovias várias áreas protegidas, como unidades de conservação -que ainda serão criadas pelo governo federal. O senador Aloizio Mercadante (PT-SP), que assistiu à palestra de Lovejoy, disse que o governo está fazendo "um esforço muito grande para retomar os investimentos em ferrovias". "A estrada [BR-319] tem de ser muito bem fiscalizada, tem de ter um corredor ambiental de proteção, porque, evidentemente, isso tem de ser compatível com a preservação da floresta", afirmou Mercadante.

Histórico

"Mas nós precisamos olhar para [o transporte na] Amazônia como ferrovia e hidrovia, porque são formas de transporte muito mais compatíveis com a sustentabilidade do que as rodovias", disse o senador. Lovejoy afirmou que acompanhou o impacto ambiental causado pelas rodovias ao estudar a abertura de estradas em Rondônia, Estado ligado ao resto do país pela BR-364, pavimentada nos anos 1980. "Naquela década nós começamos a ver a presença do fogo, principalmente em Rondônia, e dez anos depois esse fogo se alastrou por conta do El Niño. Houve uma enorme nuvem de fumaça que se colocou sobre a América do Sul", disse Lovejoy. "E as estradas continuam sendo rasgadas dentro da floresta até hoje, inclusive [estão sendo feitas] três estradas interoceânicas do oeste da Amazônia até o oceano Atlântico." Lovejoy é doutor em biologia e conselheiro-chefe de biodiversidade para o Banco Mundial. Sobre a pavimentação da BR-319, ele disse que na sua opinião uma ferrovia seria a melhor opção para minimizar os impactos ambientais. "É bom evitar rodovia. Quando tem que construir uma rodovia tem que planejar o uso da terra antes de construção. Isso incluiu um grande programa de fiscalização", disse o cientista.

O diretor da Campanha Amazônia do Greenpeace, Paulo Adário, disse que a construção da BR-319 será um incentivo a mais à devastação da floresta. Segundo ele, a estrada atende apenas a interesses eleitorais, representados por políticos com interesse em obter votos no interior do Estado. "A opção pela ferrovia seria muito mais interessante, já que permitiria um controle mais eficaz da ocupação humana, e apenas nos pontos em que se construíssem as estações."

da Agência Folha, em Manaus
KÁTIA BRASIL, LAURA CAPRIGLIONE e MARLENE BERGAMO, enviadas especiais

Serra volta a crescer e abre 9 pontos sobre Dilma - Sai a pesquisa DataFolha


SÃO PAULO (Reuters) - Depois de ver sua liderança ameaçada, o governador de São Paulo e pré-candidato do PSDB à Presidência, José Serra, voltou a crescer e ampliou sua vantagem sobre a ministra Dilma Rousseff, do PT, mostrou pesquisa do Datafolha. Segundo a sondagem, publicada pelo jornal Folha de S.Paulo neste sábado, o tucano subiu para 36 por cento, em relação aos 32 por cento do mês passado, enquanto a petista oscilou negativamente 1 ponto percentual, para 27 por cento.

O deputado Ciro Gomes (PSB) também teve uma variação negativa de 1 ponto, para 11 por cento, enquanto a senadora Marina Silva (PV) se manteve com 8 por cento das intenções de voto. Ainda segundo o levantamento, 11 por cento estão indecisos, enquanto 7 por cento disseram que pretendem votar em branco, anular o voto ou não votar em nenhum desses pré-candidatos. No cenário sem Ciro, Serra aparece com 40 por cento, Dilma com 30 por cento e Marina com 10 por cento. Há um mês, neste quadro, o governador paulista tinha 38 por cento, a petista 31 por cento e a senadora do PV os mesmos 10 por cento. Também num eventual segundo turno, a vantagem de Serra subiu para 9 pontos: 48 contra 39 por cento de Dilma. Em fevereiro o placar era 45 a 41 por cento.

Mas nas respostas espontâneas, a ministra lidera, com 12 por cento, contra 8 por cento de Serra. E no quesito rejeição, o líder é Ciro, com 26 por cento, seguido pelo tucano (25 por cento), Dilma (23 por cento) e Marina (22 por cento).

O Datafolha ouviu 4.158 eleitores nos dias 25 e 26. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

SERRA DISPARA NO SUL

Por regiões do país, o governador paulista saltou 10 pontos na Região Sul, passando para 48 por cento, enquanto Dilma caiu 4 pontos, para 20 por cento das intenções de voto. O melhor desempenho da ministra continua sendo no Nordeste, mas mesmo nessa região ela perdeu fôlego, oscilando negativamente 1 ponto, para 35 por cento, enquanto Serra subiu 3 pontos, para 25 por cento. No Sudeste, o tucano passou de 38 para 40 por cento, enquanto Dilma se manteve com 24 por cento. Outro fator para o avanço de Serra, segundo o Datafolha, foi sua melhora entre os mais pobres. O pré-candidato do PSDB subiu de 30 para 35 por cento das intenções de voto entre os que ganham até dois salários mínimos. Já Dilma caiu de 29 para 26 por cento nessa faixa de renda. Pesquisa Ibope realizada entre os dias 6 e 10 mostrava Serra com 35 por cento das intenções de voto e Dilma com 30 por cento.

(Por Alexandre Caverni)
Reuters - Yahoo Notícias

Pensamentos do Dia - II

"Os cães ladram, mas a Caravana passa..."

( Autor desconhecido )

Ode ao "cabôco" da OAB-CE - Postado por Océlio Teixeira

"Não sei se vocês estão prestando atenção e, talvez, diante dessa dúvida, me atrevo a cutucar a argúcia dos leitores diante do que está acontecendo em relação a atuação da OAB do Ceará.

Há dois meses que a entidade que congrega os operadores do Direito tem se movimentado de uma maneira ágil e sempre em defesa da comunidade cearense. Os conselheiros da OAB estadual estão a sacudir a opinião publica se posicionando diante de muitos assuntos importantes que outrora passariam desapercebidos.

Em assim sendo, estamos a assistir debates sobre o pretenso estaleiro a ser erguido na praia do Titanzinho, o problema da Segurança Publica e até mesmo reuniões extras do Conselho Estadual para colocar em pauta assuntos esquecidos de correição interna visando punir advogados e até admoestar juízes que impedem a desenvoltura da prática do bom Direito.

Nada fica prá manhã, pois a ordem é trabalhar para fazer a entidade voltar a ser o que o povo espera dela: atuante e combativa. A mim não causa espanto, pois o profissional que está à frente da Ordem dos Advogados é um “cabôco” do Iguatu dos mais dispostos e argutos.

Refiro-me ao Valdetário Monteiro, que já foi secretário-geral da entidade que hoje dirige e que, bem recentemente, esteve à frente da Caixa de Assitencia ao Advogado (Caace), onde conheceu com profundidade muitos dos problemas que afligem a classe advocaticia, principalmente aqueles mais carentes.

Enquanto isso, as polêmicas surgem por todos os cantos com a classe politica acordando com as repetidas cutucadas da OAB-CE. O Valdetário não para por aí, pois disposição não lhe falta…."

Texto: Jornalista Paulo Limaverde
Fonte: Blog do Eliomar
Foto: Dihelson Mendonça

Mercadinho Matos - Bons preços, Excelente Atendimento !


O
Mercadinho Matos firmou-se na cidade como um locais preferidos pelos Cratenses para fazerem as suas compras. Bons preços, excelente atendimento, e variedade. Produtos sempre novos, longe do prazo de vencimento. Tudo em: Cereais, enlatados, perfumaria, biscoitos, bebidas e frios em geral. MERCADINHO MATOS - O Prazer de comprar bem pelo melhor preço da cidade, com entrega em Domicílio. Rua Dr. João Pessoa, 73 - Fone (88) 3521-3893 - Crato - CE.

roda

Variedade...


IMG_5343


Qualidade dos Produtos...


IMG_5353

Na foto Abaixo: Os proprietários: Aluísio e Adiê

IMG_9021


mercadinho matos

Mercadinho Matos - A Sua melhor Compra !

Psicologia no Cotidiano Ψ Crossdresser Ψ Por João César Mousinho Queiroz



Crossdresser: pessoa que às vezes usa ou se produz com roupas e acessórios tidos como do "sexo oposto" ao seu "sexo biológico".
Cd:diminutivo de crossdresser. "Se montar"/ "se vestir de mulher": ato ou processo de travestir-se, (trans)vestir-se ou produzir-se com roupas "do outro sexo". Estar en femme: estar montada. S/O (Supportive Opposite): pessoa do sexo oposto da cd que a aceita e apoia nesta prática. Podem ser uma amiga, namorada, esposa, irmã, etc. É comum que as S/O's sejam esposas ou namoradas. De qualquer modo, nem toda cd tem uma S/O.

Homens vestidos de mulher estão presentes o bastante tempo na literatura, filmes, conversas, piadas e momentos da vida social, como as festas à fantasia ou o carnaval. De modo geral, essas pessoas são representadas nesses espaços através de uma certa veia cômica, através do prisma do risível. Quantas pessoas vivem dessa maneira? Na tese de Eliane Kogut cita-se uma estatística do início dos anos 90, segundo a qual algo entre 0,5% e 3% da população seria composta de crossdressers e travestis. O intervalo é grande – e os porcentuais provavelmente não significam nada. Sabe-se que o BCC reúne no Brasil cerca de 350 associados, mas isso também não diz muito. Julga-se, ou melhor, suspeita-se que a maioria dos CDs é casada. Nos Estados Unidos, a mais antiga associação mundial de crossdressers, fundada em 1976 com o nome de Tri-Ess International (ou Sociedade para o Segundo Eu), promove festas anuais gigantescas, mas a organização não informa quantos associados tem.faltam estatísticas, existe alguma história. O imperador romano Heliogábalo, que reinou brevemente no século III, vestia-se de mulher publicamente. Chegou a encenar um defloramento ao se casar com um escravo. Foi morto por seus soldados.
O Chevalier d’Eon é outra figura famosa no panteão da ambigüidade. Viveu no século XVIII na corte francesa, como nobre e diplomata. Fugiu para a Inglaterra depois da revolução de 1789 e lá morreu sem que se soubesse exatamente a que gênero pertencia. Houve apostas na Bolsa de Londres que terminaram com a autópsia: era homem. Recentemente, foi publicada nos Estados Unidos a biografia de Gregory Hemingway, filho de Ernest, escritor tido como o mais durão do século XX. No livro, escrito por John Hemingway (neto de Ernest), descobre-se que Gregory, além de bipolar e autodestrutivo, tinha um problema insolúvel de identidade de gênero: o mesmo homem que caçava elefantes na África e se atirava sobre as mulheres em toda parte freqüentava os bares do Estado de Montana vestido de mulher. Teve quatro casamentos, os dois últimos em meio a intensas transformações cirúrgicas que fizeram dele (quase) uma senhora.
É frequente existir na opinião popular a identificação da actividade de um homem que se veste como mulher como sendo uma atitude homossexual. No entanto, esta descrição não é exata, já que a homossexualidade tende a manifestar-se como atração física, emocional e estética por outro indivíduo do mesmo sexo. A atracção por um indivíduo que manifesta atributos externos do sexo oposto sugere a necessidade de uma classificação diferente.

Segundo as teorias de Blanchard, Bailey, e Lawrence, que são, no entanto, bastante contoversas, dever-se-ia dividir a população crossdresser em diversas subcategorias, dependendo fundamentalmente da motivação que leva um indivíduo a vestir-se e a comportar-se como um indivíduo do sexo (físico) oposto e a identificar-se com um género que não é anatomicamente aquele com que nasceu. Uma classe de crossdressers apenas enverga roupa tradicionalmente associada ao sexo oposto como forma de obter satisfação sexual com um parceiro que tenha um desejo compatível (ou seja, o parceiro deverá ter o desejo de obter prazer sexual por estar com alguém que se veste e se comporta como um indivíduo do sexo oposto).

Crossdressing é um termo que se refere a pessoas que vestem roupa ou usam objectos associados ao sexo oposto, por qualquer uma de muitas razões, desde vivenciar uma faceta feminina (para os homens), masculina (para as mulheres), motivos profissionais, para obter gratificação sexual, ou outras. O crossdressing (ou travestismo, no Português Europeu, e frequentemente abreviado para "CD"), não está relacionado com a orientação sexual, e um crossdresser pode ser heterossexual, homossexual, bissexual ou assexual. O crossdressing também não está relacionado com a transsexualidade. Os crossdressers tipicamente não modificam o seu corpo, através da terapia hormonal ou cirurgias, mas tal acontece nalguns casos, como o de Stu Rasmussen, político americano e presidente da câmara municipal da cidade de Oregon. Os transformistas fazem parte da população crossdresser, mas a sua motivação está relacionada apenas com motivos profissionais, como espectáculos de transformismo. A expressão "drag-queen" (de DRAG, "DRessed As a Girl"), em inglês, é equivalente a transformista, mas quando utilizada no português, por vezes refere-se aos crossdressers com um visual mais exageradamente feminino.

Popularmente, as formas de crossdressing mais visíveis ao público em geral estão relacionadas com o transvestismo ou com as drag queens — no primeiro caso, como forma de espectáculo; no segundo, mais como uma atitude de chocar um grupo social pouco tolerante a comportamentos tradicionalmente associados ao género oposto. A noção de transvestismo enquanto forma de espectáculo nem sempre é clara para o público em geral; tradicionalmente, actores heterossexuais sem qualquer inclinação real para o crossdressing assumem papéis femininos apenas com o intuito de divertir a audiência; historicamente, dado que só relativamente recentemente é que actores femininos podiam pisar os palcos, o crossdressing enquanto forma de espectáculo faz parte da cultura ocidental. No entanto é plausível assumir que muitos travestis sejam mais do que meros actores, mas verdadeiros crossdressers. Drag queens, dado terem pouco interesse em fazerem-se passar por mulheres assumindo comportamentos deliberadamente exagerados e apresentando imagens deliberadamente distorcidas do comportamento feminino, podem muitas vêzes serem crossdressers fetichistas, correlacionando o seu comportamento com um desejo sexual (normalmente homossexual). Estas nuances escapam em geral ao público pouco informado sobre as diversas gradações de comportamento transgénero, muitas vezes origem de preconceito e discriminação. O outro extremo encontra-se na potencialidade de encarar estas formas de parafilia dignas de tratamento médico, sendo no entanto importante de referir que o crossdressing não é possível de ser "curado" — não se trata de uma perturbação mental, mas de uma característica da personalidade que é inata — mas apenas minimizado o problema do sofrimento do indivíduo enquanto crossdresser incapaz de ser aceito por uma sociedade intolerante.
Fontes:Experiências Profissionais, Livros, Jornais, Revistas, Wikipédia
Não Ao Ato Médico SIM A EMANCIPAÇÃO DA PONTA DA SERRA
São Paulo 27/03/10 Artigo XII – www.sosdrogasealcool.org

Presidente do Crato Sport Clube renuncia e deixa um tremendo "abacaxi" para o Time.


Nota do Blog do Crato: "Quem quiser que descasque agora esse Abacaxi. Só o Crato é quem perde!"

Às vésperas do Jogo entre a seleção do Crato e do Ceará, que acontece amanhã Domingo no Estádio Mirandão, o Presidente do Crato Sport Clube resolve simplesmente..."tirar o time de campo", "lavar"..."dar área do pedaço...". A repercussão sobre a renúncia de Kiki Feitosa está sendo enorme na cidade, e hoje pela manhã, o Prefeito Samuel Araripe, grande apoiador do time do Crato, concedeu uma entrevista à imprensa, que o Blog do Crato publicará dentro de algumas horas. Samuel classificou a renúncia de "um grande absurdo", sem precedentes, e disse em tom jocoso, mas com gravidade, que nunca vira tal coisa, a não ser a Renúncia do Jânio Quadros. Samuel ainda pediu à população que compareça em massa amanhã ao Estádio Mirandão, pois toda a renda da bilheteria será para pagar os merecidos salários, ainda atrasados, do Time do Crato que por uma diretoria que é classificada pelo próprio público como incompetente, não pagou aos jogadores. Segundo Samuel, a prioridade sempre deveria ter sido o pagamento dos jogadores, principalmente quando o time vem recebendo muitas ajudas de várias fontes.

Segundo reportagem do site Jangadeiro Online:

O presidente do Crato Kiki Feitosa renunciou ao cargo. O dirigente não resistiu à pressão pela sua saída da presidência. “As pessoas consideram que eu estou atrapalhando, então resolvi sair para não prejudicar o trabalho do clube” explicou. Kiki disse que deixa o comando do Azulão com o seu principal objetivo alcançado. “Era pra eu ter saído antes, mas como eu subi o Crato, me senti na obrigação de deixar a equipe na Primeira Divisão, coisa que se confirmou nessa semana” comentou. Sobre a situação financeira, Kiki confirmou que “bloqueou” a parcela paga pela prefeitura esta semana. “Recebi 44 mil, usei dois mil para completar a viagem de Sobral e tenho dívidas com fornecedores que somam 90 mil reais. Se quem assumir o time, assumir também a dívida, eu entrego o dinheiro sem problemas” disse.

Outros diretores devem deixar a equipe cratense junto com o presidente. “O Cacá (Queiroz, vice presidente) me disse que também iria sair e mais uns quatro dirigentes, mas não sei ao certo” confirmou.

Fonte: Vale Esportes - Publicado so Site Jangadeiro OnLine

CRATO - Notícias do dia 27 de Março de 2010


Crato realiza hoje aula inaugural do Projovem Trabalhador Juventude Cidadã.


O Governo Municipal do Crato, por meio da Secretaria de Ação Social realizará amanhã sábado, 27, as 9 horas na quadra Bicentenário, na Praça Alexandre Arraes, a aula inaugural do Projovem Trabalhador Juventude Cidadã. Foram selecionados 500 jovens do município, dentre mais de 800 inscritos no Programa que tem como meta a qualificação profissional, inserção no mercado de trabalho e destinará um auxílio financeiro de R$ 100,00, durante seis meses, e mais de 350 horas de aulas. Serão abertas 20 turmas que receberão além do auxilio financeiro, material pedagógico, instrumentais de profissionalização, fardamento, alimentação, transporte e kit estudantil gratuitos.Jovens de todas as comunidades cratenses serão beneficiados em treze modalidades distintas de profissionalização como Administração, Metalmecânica, Vestuário, Turismo, Arte e Cultura, Artesanato, entre outros.

Em 2008, neste mesmo projeto, mais de 30 por cento dos inscritos, foram inseridos no Mercado de Trabalho. A expectativa é que esse número aumente consideravelmente, qualificando jovens e preparando-os para uma vida profissional de sucesso. As informações sobre os classificados podem ser vistas nas secretarias de Educação e Ação Social, e também no site da Prefeitura Municipal. O acesso pode ser feito pelo www.crato.ce.gov.br. Hoje, 26, sexta, das 9 horas ao meio dia, será realizada a entrega das camisetas do Programa a todos os inscritos. Mais informações com Rosevany Bezerra de Menezes - 88 9966-8268 - Toda a Imprensa do Cariri está convidada a fazer a cobertura do Evento.

Vacinação contra a Influenza A H1N1 para grávidas na próxima semana

A Secretaria de Saúde do Crato informa que na próxima segunda-feira estarão disponíveis nos postos de saúde do município as vacinas contra a gripe Influenza A H1N1, destinadas às grávidas. A segunda etapa de vacinação começou no último dia 22 de março e vai até o dia 2 de abril, incluindo crianças de seis meses e menos de 2 anos de idade; e portadores de doenças crônicas com menos de 60 anos de idade. As vacinações contra o vírus H1N1 acontecem por grupos, que serão divulgados posteriormente, de acordo com os calendários do Ministério da Saúde. A primeira etapa de vacinação aconteceu com os profissionais de saúde do município. Uma equipe da Imunização estava se deslocando para as unidades de saúde, no sentido de cumprir a primeira etapa de trabalho. Atraso na vacina para as grávidas se deve ao atraso no encaminhamento do material por parte da Regional de Saúde aos 13 municípios da Microrregional, na qual o Crato está inserido.

Secretaria de Saúde lembra Dia Mundial de Luta contra a Tuberculose

A Secretaria de Saúde do Crato realizou uma série de ações durante a semana, dentro Programa de Atividades do Dia Mundial de Luta Contra a Tuberculose. A programação foi concentrada no dia 24, Dia Mundial de Luta Contra a Tuberculose. A finalidade foi chamar a atenção sobre um dos maiores problemas de saúde pública do mundo. A Secretaria de Saúde do Crato lembra de importância de se fazer um diagnóstico precoce da tuberculose através do reconhecimento dos sinais e sintomas da doença. Se a tosse persistir por mais de três semanas, pode ser tuberculose. Os principais sintomas da doença são: tosse, perda de peso, dor no peito, febre alta e falta de apetite. A tuberculose tem cura, quando tratada corretamente. O paciente não deve abandonar o tratamento, que tem duração de seis meses e garante cura. A medicação é grátis, procure o posto de saúde mais próximo de sua casa ou agente comunitário de saúde e faça o exame do escarro com urgência. As atividades de conscientização continuam nos bairros da cidade, com palestras e meios de comunicação.

Governo Municipal do Crato
Fone/Fax - (88) 3521.9960
Mais informações:
http://www.crato.ce.gov.br
http://www.prefeituramunicipaldocrato.blogspot.com

QUEM SÃO OS PEDÓFILOS? - Por Márcio Retamero* - POSTADO POR Dr. VALDETÁRIO


A Cidade do México aprovou uma lei que garante igualdades de direitos dos seus cidadãos homossexuais aos heterossexuais, inclusive o direito à adoção. A Igreja Católica do México, através de seus representantes, se manifestou contrária à lei, alegando que homossexuais querem adotar crianças para abusar sexualmente delas, usando-as também para pornografia infantil e prostituição. Seria cômico, se não fosse trágico!

Eu recomendaria aos representantes da Igreja Católica do México, que lavassem a boca ou a calasse ao falar de homossexuais dessa maneira! Recomendaria, também, a leitura do livro "Fallen Order", de Karen Liebreich, doutora em História pela Universidade de Cambridge. O estudo é uma longa pesquisa historiográfica sobre os abusos pedófilos cometidos pelo clero europeu. Remontando ao século XI, Karen nos revela, entre outras coisas, que no ano de 1050, Pedro Damian, hoje santo, escrevera um relatório ao Papa Leão IX sobre os abusos sexuais infantis, acusando os superiores hierárquicos dos padres abusadores de crianças de conivência e parceria na culpa. Resultado: o Papa Leão IX abafou o relatório de São Pedro Damian.

"Abafar o caso" quando se trata deles, para depois, dedos em riste, acusarem homossexuais de perpetradores de pedofilia é, desde o século XI, o que fazem alguns prelados romanos.

Karen também nos relata outro caso: no século XVII, o abuso sexual infantil era cotidianamente praticado por sacerdotes da "Ordem Religiosa das Escolas Pias", também conhecida como "Padres Escolápios", dedicada à educação de crianças de pais pobres. José de Calazans, o fundador da Ordem e hoje santo, sabia dos abusos sexuais contra as crianças e tentou "abafar o caso". O Papa Inocêncio X nomeou Stefano Cherubini, inveterado pedófilo, para dirigir uma escola da Ordem em Nápoles. Quando soube que estava ameaçado de demissão por conta dos abusos, o pedófilo padre Cherubini ameaçou destruir a Ordem contando tudo o que sabia, ou seja, ele não era o único. O santo fundador dos Padres Escolápios, José Calazans, escreveu a um amigo: "acoberte esta grande vergonha a fim de que não chegue ao conhecimento dos nossos superiores".

João Paulo II, em seu longo pontificado, enfrentou sua maior crise no caso dos escândalos dos abusos sexuais dos padres pedófilos americanos e europeus, tentando "abafar o caso" até onde conseguiu. Não demorou muito para que a imprensa do mundo inteiro relatasse o que acontecia dentro das paredes de algumas, na verdade, muitas, paróquias católicas.

O escândalo tomou proporções agudas em fevereiro de 2004, quando o Colégio de Justiça Criminal da Universidade John Jay, de Nova Iorque, publicou um relatório dando conta ao mundo de que 4% do clero americano, na segunda metade do século 20, tinham sido acusados de abuso sexual com menores. Isso equivale a 4 mil e quatrocentos padres que abusaram de cerca de 11 mil menores de idade nos Estados Unidos, metade deles sob o pontificado de João Paulo II.

Dois anos antes dessa bomba cair na Cidade do Vaticano, o mundo soube o que acontecia na Arquidiocese de Boston: os padres John Geoghan, Shanley e Birmingham estavam sendo expostos na mídia como pedófilos. O primeiro foi condenado pela Justiça do Estado de Boston por ter abusado de mais de 130 menores. Nessa época, o então Cardeal Ratzinger, hoje Papa Bento XVI, encontrava-se semanalmente com João Paulo II. Nesses encontros, ele assegurava ao então Papa que menos de 1% do clero católico nos Estados Unidos eram "alvos" de denúncias, o que o relatório da Universidade John Jay mostrou ser uma mentira.

Era responsável pela Arquidiocese de Boston nesta época, o Cardeal Bernard Law, um "abafador de caso" de primeira! Law ao invés de agir corretamente no caso dos padres pedófilos, entregando-os à polícia, denunciando-os, simplesmente transferia-os de paróquias e eles ficavam assim, livres, para cometerem mais abusos contra menores. Em 2002, pressionado pela imprensa à renúncia, Law balançou... Mas João Paulo II não permitiu que ele renunciasse. Isso só veio acontecer quando a situação era insustentável, no ano de 2003. Mas em 2004, João Paulo II o presenteou como arcipreste da Basílica de Santa Maria Maior, em Roma, um alto posto na Igreja. Além disso, e até o dia de hoje, o Cardeal Law, cúmplice de muitos abusos sexuais contra menores, é membro de sete congregações e dois conselhos da Cúria Romana.

O Boston Globe, em artigo contundente na época, perguntou: "Tinha o Vaticano que escolher a mesma semana para dar posse numa Basílica romana ao principal arquiteto do desastre que as atingira (as paróquias da Arquidiocese, 357 delas fechadas pelo novo Arcebispo de Boston)? Deixemos de lado a fundamental depravação de recompensar com uma sinecura de luxo na Cidade Eterna um conivente no estupro em série de crianças. Que sinal mais claro poderia a Igreja Católica Romana enviar aos seus fiéis de que ela administra a justiça em dois níveis, um para os leigos e um outro para os clérigos?"

Basta uma rápida pesquisa no Google para saber: cerca de dois bilhões de dólares é o montante pago pela Igreja Católica Romana às vítimas infantis de abusos sexuais. Somente em 2007, a Arquidiocese de Los Angeles pagou a 508 vítimas o equivalente a 1,2 bilhão de reais (660 milhões de dólares). A Diocese de Detroit foi à falência e no último mês de dezembro, o mundo soube que durante 40 longos anos, a Igreja acobertou abusos sexuais infantis cometidos por padres na católica Irlanda. O fato ficou conhecido através de um relatório de mais de 700 páginas, cobrindo somente a Arquidiocese de Dublin, resultado de uma ampla pesquisa comandada pela juíza, Dra. Yvonne Murphy. No dia de Natal, 25 de dezembro de 2009, dois bispos irlandeses, Eamonn Walsh e Raymond Field, renunciaram devido ao escândalo.

Joaquin Navarro-Valls, numerário da Opus Dei, que durante mais de vinte anos foi o porta-voz do Vaticano na "Era João Paulo II", foi o primeiro com posto na Igreja Católica a relacionar homossexualidade e pedofilia, publicamente. Ele sempre foi taxativo em dizer à imprensa que "padres gays" são os responsáveis por tais abusos. Ora, sabemos que isso não é verdade! Sabemos, porque as pesquisas sérias sobre este nefasto tema nos informam que a maioria dos abusadores sexuais de menores são heterossexuais, 75% deles do sexo masculino, que mantém uma relação próxima e simbólica de poder sobre a vítima (pais, avôs, padrastos, tios, irmãos mais velhos, padres, pastores evangélicos...).

Estou certo que existem na Igreja Católica padres decentes, sinceros e fiéis aos ministérios ordenados, verdadeiros trabalhadores e construtores de uma sociedade mais igualitária e justa, inclusive, para homossexuais! Tenho alguns amigos padres católicos e alguns deles são homossexuais. São pessoas amorosas, sérias e que vivem em verdade o celibato imposto pelas leis da Igreja. Sei que eles também sofrem quando escutam declarações como as da semana passada, vindas do México. No entanto, contra fatos não existem argumentos e eles estão ai, claros e limpos como água mineral, para todos ficarem sabendo, de uma vez por todas, quem são os pedófilos de fato!

Aos representantes da Igreja do México e a todos os que acusam homossexuais sinceros e decentes, cujo desejo nobre é o de constituir uma família, digo em alto e bom som: calem a boca!

* Márcio Retamero, 35 anos, é teólogo e historiador, mestre em História Moderna pela UFF/Niterói, RJ. É pastor da Comunidade Betel do Rio de Janeiro - uma Igreja Protestante Reformada e Inclusiva -, desde o ano de 2006. É, também, militante pela inclusão LGBT na Igreja Cristã e pelos Direitos Humanos. Conferencista sobre Teologia, Reforma Protestante, Inquisição, Igreja Inclusiva e Homofobia Cristã. Seu e-mail é: revretamero@betelrj.com

Revista A CAPA.

POSTADO POR Dr. VALDETÁRIO

Hoje é o Dia Nacional do Circo - Postado por Océlio Teixeira

Na época em que não existia televisão nem cinema, e o teatro era diversão para as elites, a chegada de um circo era uma festa que empolgava adultos e crianças. Como as opções de lazer e entretenimento eram poucas, o circo promovia o grande evento em que as pessoas se reuniam para se divertirem com palhaços, mágicos, malabaristas e outras atrações.

A China revela os registros mais antigos de atividades circenses; nesse país há pinturas de cinco mil anos, com figuras de acrobatas, contorcionistas e equilibristas. Foi na Grécia e em Roma antigas, porém, que o circo adquiriu forma e até uso político. Os Césares instituíram a política do "pão e circo", que consistia em oferecer comida e entretenimento à população, como formas de domínio e contenção. Por volta do ano 70 a.C., surgiu o Circo Máximo de Roma, que foi destruído totalmente por um incêndio. Mais tarde, para aplacar a insatisfação popular, foi construído no mesmo lugar o Coliseu, com capacidade para 87 mil pessoas. Oferecia apresentações de engolidores de fogo, gladiadores e espécies exóticas de animais. Anos depois, com a perseguição ao cristianismo, o Coliseu transformou-se em uma arena em que os cristãos capturados eram jogados aos leões para serem devorados diante do público.

Os verdadeiros artistas circenses passaram, então, a se apresentar em feiras, praças e igrejas. A prática acabou se espalhando pela Europa e perdurou vários séculos na figura dos saltimbancos, que apresentavam simulações de combate e equitação e os tradicionais malabarismos que encantavam o público.

O circo moderno surgiu na Inglaterra. O oficial Philip Astley, da Cavalaria Britânica, inaugurou o Astley's Amphitheatre em 1770, o qual apresentou a estrutura que os circos utilizam até hoje, com um picadeiro central e uma arquibancada. A principal atração era um espetáculo com cavalos, mas Astley logo contratou saltimbancos, malabaristas e palhaços. O apresentador do show era o próprio Astley, surgindo então a figura do mestre-de-cerimônias.

No Brasil, os circos apresentavam uma estrutura teatral. Sua introdução deve-se às famílias ciganas que, com suas tendas, atraíam espectadores para suas apresentações. O espetáculo do circo-teatro era dividido em duas partes. A primeira era tradicional, com malabaristas e mágicos. A segunda introduzia o teatro, apresentando peças, em sua maioria cômicas. Esse estilo de circo predominou durante quase um século, colocando os brasileiros em contato com as artes cênicas.

O picadeiro ficou conhecido como o berço do teatro brasileiro. O maior expoente desse teatro cômico que começava a dar os seus primeiros passos foi o palhaço Piolin. Seu nome era Abelardo Pinto; nasceu em Ribeirão Preto, São Paulo, em 27 de março de 1897. O Dia Nacional do Circo foi instituído em sua homenagem, devido a seu trabalho pioneiro na introdução do circo e das artes cênicas.

Há, contudo, uma noite triste nos espetáculos circenses: os animais. As suas imagens felizes apresentadas pelos proprietários do circo perderiam todo o seu charme se os detalhes horríveis de suas vidas fossem revelados. Todos os animais de circo, de qualquer espécie, são aprisionados até a morte. Além de passarem fome, ficam confinados em espaços minúsculos, sem as mínimas condições de higiene, sujeitos a diversas doenças, até as contagiosas ao próprio ser humano, como por exemplo a tuberculose. Seu treinamento é baseado no medo, na tortura e na anulação dos seus próprios instintos, ou seja, um tratamento bizarro e inaceitável.

Hoje a lei brasileira define e incrimina a prática de maus-tratos em animais e permite que qualquer pessoa registre um boletim de ocorrência policial.

Fonte: Paulinas

Deseja comprar Móveis ? - DULARE MÓVEIS - O Seu Melhor local para comprar móveis no Cariri


Dulare 400

DULARE é a mais nova opção para você comprar seus móveis na Região do Cariri. Se você procura qualidade por preços acessíveis, o caminho certo é na DULARE MÓVEIS. E aproveite as ofertas de fim-de-ano. DULARE - Bons Móveis para Você - Em crato, na Praça Siqueira Campos.

Uma grande loja com o maior sortimento:

Image2


Sofás, Camas, Guarda-roupas, salas, cozinhas completas...

Dsc04075

Atendimento por pessoal treinado. Garantia de bom atendimento e respeito ao cliente.

Dsc04134


DULARE MÓVEIS - Promoção de Inauguração

Em CRATO, na Praça Siqueira Campos

Empresa parceira do Blog do Crato

Candidatura de Ciro Gomes já era... - postado por Armando Lopes Rafael

Fonte: VEJA
O último a saber
Ciro Gomes diz ter “99,47%” de chance de ser candidato.
Mas está 99,99% descartado. Falta decidir quem lhe dará a notícia

LULA E O DILEMA
O presidente já acertou com o PSB que Ciro Gomes não disputará a Presidência da República:
a queda livre nas intenções de voto será usada para convencê-lo a sair de cena sem traumas

O deputado federal Ciro Gomes é um político transparente, que não costuma esconder de ninguém suas convicções. Ciro já acreditou que poderia ser o candidato do presidente Lula nas eleições de outubro – e anunciou isso em alto e bom som. Depois, convencido pelo presidente de que talvez fosse melhor disputar o governo de São Paulo, topou o papel de títere e transferiu seu domicílio eleitoral do Ceará para a capital paulista. Agora, Ciro se diz novamente convencido de que será candidato à Presidência, mesmo sem o apoio do PT. "Tenho 99,47% de chance de ser candidato", diz. "Só quem pode me tirar da disputa é o PSB, que é o meu partido, e mamãe." Dona Maria José não faria uma maldade dessas. Já o PSB...

Ciro ainda não sabe, mas, ao contrário do que imagina, há, sim, uma probabilidade realmente quase absoluta, mas de ele não ser candidato a nada. Avalizado pelo governo, o partido já decidiu que não dará a legenda ao deputado – discute tão somente a hora apropriada e a melhor maneira de lhe dar a notícia.

A candidatura Ciro Gomes foi uma experiência oficial que tinha tudo para dar errado. Na semana passada, o presidente Lula e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, que preside o PSB, se reuniram para sepultá-la de vez. O presidente reclamou das declarações recentes de Ciro contra o governo e das críticas que ele tem feito à aliança do partido com o PMDB. "O que o Ciro está fazendo é inaceitável", disse Lula. Dado o veredicto, a estratégia inicial era tentar convencer o deputado, que já teve 21% das intenções de voto e hoje tem apenas a metade, de que suas chances minguaram e o melhor a fazer é uma republicana batida em retirada. Os conselheiros do governo, porém, temem que, informado do plano de naufrágio, Ciro possa apontar sua metralhadora oral na direção de Dilma Rousseff. Para evitar que isso aconteça, o melhor, decidiu-se, é afastar Lula do processo. A missão de contar a Ciro o que só ele ainda não sabe ficará por conta – e risco – do PSB.
Apesar do constrangimento de ser obrigado a assistir passivamente à decisão sobre seu futuro político, Ciro Gomes sabia desde o início que sua candidatura era teoricamente descartável e dependia exclusivamente da bússola de Lula. Sem nomes relevantes no PT, o presidente acreditava que ter dois candidatos oficiais era a melhor maneira de chegar ao segundo turno. Mudou de estratégia quando concluiu que Dilma pode ser uma candidata competitiva. Emparedado, Ciro topou até avaliar uma participação na disputa pelo governo de São Paulo, o que hoje também parece inviável. O fim de sua candidatura, por tudo isso, era previsível. A dúvida – e o receio de alguns – é saber se ele vai representar até o fim o papel que lhe reservaram.
Fonte: VEJA

CRATO - Previsão do Tempo - Dia 27 de Março de 2010


Fonte: Climatempo

Pensamentos do Dia - Enviados por: Mônica Araripe


"A cada dia, mais e mais pessoas estão se afastando da igreja e voltando para Deus."

Lenny Bruce


"Não nos deixemos perturbar por ninharias, que devemos desprezar e esquecer. Lembre-se " A vida é muito curta para sermos mesquinhos".

Dale Carnegie

"O melhor modo de vingar-se de um inimigo, é não se assemelhar a ele."

Marco Aurélio

"Não é o que possuímos, mas o que gozamos, que constitui nossa abundância."

Provérbio árabe

"O silêncio que aceita o mérito como a coisa mais natural do mundo constitui o mais retumbante aplauso."

Ralph Waldo Emerson

Quim-Quim - Por : J. Flávio Vieira


Pouco tinha do estereótipo de um guru indiano. Baixinho, atarracado, cabeça de cearense com olheiras pronunciadas ; cabelo ralo com grandes entradas laterais. Parecia uma caricatura de si mesmo, uma espécie de amigo da onça. Visto ao longe , concluir-se-ia tratar-se de um chapeado, um carregador de encomendas. Tirante os olhos profundos e perscrutadores, nada havia de especial ou transcendental naquela figura. Morava num bairro pobre, a Vila Lobo, numa casinha humilde e sem muito conforto. Descendia , porém, de uma ala muito mística dos Bezerra de Menezes que teve em suas hostes meus tios João e Estácio provindos todos de uma ascendência nobre : o cultuado kardecista, do Riacho do Sangue, Dr. Adolfo Bezerra de Menezes.

Chamava-se Joaquim, mas ninguém o conhecia por este nome, mas por um outro bem mais doce e artístico: Quim-Quim. A cidade , nos anos 40-60, antes do advento da TV, do Computador, do DVD, ainda vivia imersa num Big-Brother particular. O mundo , ainda sem energia elétrica, povoava-se de caiporas, duendes, pais-da-mata, sacis-peperês. As doenças deste mundo eram causadas, o mais das vezes, pela influência misteriosa de muitas forças malignas: o zodíaco, a inveja, a coisa-feita, o mau-olhado,as pragas, as maldições, o feitiço, a ziquizira, o caboje, o olho-gordo. Nossos livros populares de patologia estavam repletos de muitas moléstias perfeitamente preveníveis: o quebranto, a espinhela-caída, a apoplexia, o defluxo, o ventre-caído. Os médicos ainda se mostravam raros pelo interior do Nordeste e os rezadores, assim, num misto de pajés, encantadores de serpente, milagreiros, utilizando um ritual profundamente sincrético, atendiam à população nos seus anseios mais prementes. Quim-Quim desdobrava-se no atendimento às mordeduras de cobras de homens e animais, às infecções intestinais e respiratórias das crianças, às moléstias as mais variadas da terceira idade. Tinha orações fortíssimas para os entalados com espinhas de peixe. Nas doenças de fundo emocional, então, a força do ritual de suas preces possuía um efeito invejável na cura das neuroses mais comuns. Era de arrepiar vê-lo em transe, sussurrando as palavras milagrosas: “Gloriosos São Sebastião e São Jorge, São Lázaro e São Roque, São Benedito, São Cosme e São Damião. Todos Vós, Bem-aventurados Santos do céu, que curais e aliviais os enfermos, intercedei junto ao Senhor Deus pelo seu servo .Vinde, Gloriosos Santos, em seu auxílio. Fechem-se os olhos malignos, emudeçam as bocas maldosas, fujam os maus pensamentos e desejos.”

Um dia a luz elétrica invadiu o mundo, espantou a lua e tangeu para longe nossos mitos ancestrais. Aparentemente se desvendaram os mistérios do mundo com o telescópio, o microscópio, o computador. A Medicina utiliza-se de um sem números de modernos instrumentos para tratar moléstias antigas e fabricar a cada dia novas patologias e novos medicamentos. A morte a vista se substituiu por um longo velório em caras prestações diárias. Hoje nossos temores são bem mais objetivos e reais : a violência urbana, o stress de todos os dias, o trabalho de todas as horas. A plástica e o Viagra nos remetem ao mito da fonte da juventude. A humanidade aumentou em muito sua esperança de vida, mas consegue ser mais feliz nestes anos que lhe foram acrescentados? Quim-Quim hoje está bem presente nos livros de auto-ajuda e nos divãs dos analistas , mas já sem a mesma eficácia de outrora.

Por : J. Flávio Vieira

Nardoni pega 31 anos por morte de Isabella e madrasta, 26 - Por: Samuel P. Teles

Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá foram condenados na madrugada deste sábado pela morte de Isabella Nardoni, 5 anos, filha e enteada dos réus. Após cinco dias de júri, realizado no Fórum de Santana, o casal foi apontado como responsável por agredir, estrangular e jogar a menina do sexto andar do edifício London, na zona norte de São Paulo, em 29 de março de 2008.
O juiz Maurício Fossen definiu a pena de Alexandre Nardoni em 31 anos, um mês e dez dias em regime fechado, enquanto a de Anna Carolina Jatobá foi de 26 anos e oito meses. Os dois foram condenados também a oito meses de prisão em regime semiaberto por fraude processual. Nardoni pegou pena maior por ter praticado o crime contra sua filha. A sentença, proferida por volta das 0h40, foi comemorada por cerca de 200 pessoas que acompanhavam a movimentação do julgamento. Os réus não poderão recorrer em liberdade.

Durante o julgamento, a defesa do casal Nardoni tentou provar que uma terceira pessoa entrou no apartamento dos acusados, agrediu Isabella, cortou a tela de proteção e jogou a menina pela janela. O advogado Roberto Podval não procurou explicar quem praticou o homicídio, ressaltando apenas que faltavam provas concretas para ligar o casal à autoria do assassinato.
Utilizando dados técnicos, como horários de telefonemas e do GPS do carro de Nardoni, o promotor Francisco Cembranelli defendeu no julgamento que seria impossível que os acusados não estivessem no apartamento no horário em que Isabella foi jogada da janela.
Com a cronologia de horários, Cembranelli conclui que era impossível Alexandre Nardoni, em menos de 1 minuto, entrar no apartamento, andar pelos quartos e verificar pela janela que a filha estava caída, sem esbarrar com uma terceira pessoa.

A estratégia fracassada da defesa foi baseada nas primeiras declarações dadas por Nardoni à policia na noite do crime. Segundo as investigações do caso, o acusado estava nervoso no jardim do edifício London e dizia a todo momento que a polícia deveria encontrar o ladrão que havia invadido o apartamento e jogado a menina da janela.

Depoimentos e contradições
Tranquilo, Alexandre Nardoni sustentou, ao ser interrogado no Fórum de Santana, a versão da terceira pessoa, mas evitou falar que o autor do crime era um ladrão. Nervosa e falando muito rápido, Anna Carolina Jatobá entrou em contradição com o depoimento do marido em algumas ocasiões.
Uma das provas apresentadas contra o pai no júri foram as marcas da tela de proteção da janela do apartamento na camiseta de Nardoni. A perita Rosângela Monteiro, do Instituto de Criminalística, disse que as marcas só poderiam ser produzidas pelo ato de carregar um peso de 25 kg até a janela, se debruçar na grade de proteção e atirá-lo, como foi constatado na reconstituição do caso.
A tese foi rebatida pelo réu. Alexandre Nardoni negou ter passado a cabeça pelo buraco da tela de proteção da janela, por causa do tamanho do rombo. Já Anna Carolina Jatobá disse que o marido passou pela tela para ver onde estava Isabella.

O júri
O júri popular do casal Nardoni se estendeu durante cinco dias no Fórum de Santana. Os trabalhos começaram na segunda-feira, por volta das 14h, com a escolha dos sete jurados responsáveis por condenar os réus. No mesmo dia, a mãe de Isabella, Ana Carolina Oliveira, foi ouvida como testemunha. Ela chorou por pelo menos quatro vezes e emocionou uma das juradas.
Na terça e quarta-feira, prestaram depoimento peritos, médicos-legistas e a delegada Renata Pontes, que acompanhou o caso. No quarto dia, foi a vez do interrogatório dos réus, enquanto o quinto dia foi reservado para o debate entre acusação e defesa.

Fonte: Portal Terra
Por: Samuel P. Teles

Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30