xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 23/03/2010 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

23 março 2010

DIA DA ÁRVORE: Que árvore? - Por Luiz Carlos Salatiel



Quem quer que seja, me responda o por quê da Prefeitura plantar Palmeiras Imperiais (Roystonea oleracea)nos jardins do Crato? De quem é a brilhante idéia? O que a nossa região tem a ver com Palmeiras Imperiais? Que tipo de projeto identificou a necessidade?Quanto custou aos cofres públicos a façanha? Quem, em sã consciência, faria o mesmo em propriedade particular com o dinheiro saindo do seu próprio bolso? Onde estão as nossas árvores nativas ornamentais que não agridem o nosso meio ambiente? Seriam as Palmeiras Imperiais um prenúncio do retorno de um período monárquico (veja abaixo)?Ou, por acaso, Dom Sebastião estaria de volta?
Logo nós daqui, que brigamos com a monarquia desde a mais tenra idade!

DA WIKIPÉDIA:
Segundo Roseli Maria Martins D’ Elboux, mestre em História e Fundamentos da Arquitetura e do Urbanismo, o plantio das palmeiras imperiais se tornou comum no Rio de Janeiro em meados do século XIX, diante da “necessidade do fortalecimento simbólico do II Império". Pode ser procedente a história segundo a qual as sementes da palmeira imperial foram distribuídas aos súditos como sinal de proximidade ou lealdade ao poder central, e tenha assim se tornado o "simbolo do Império". "Desse modo, depois de alguns anos, a espécie vincula-se definitivamente à imagem do poder monárquico, à idéia de nobreza, distinção e classe"

CHAPADA DO ARARIPE - CLIMA X POLUIÇÕES - Por: George Macário




CHAPADA DO ARARIPE

DO CLIMA EUROPEU AO PROBLEMA DO LIXO E DA POLUIÇÃO SONORA

Quem ainda não teve a oportunidade de curtir o clima aprazível da Chapada do Araripe, de sentir o perfume gostoso da floresta e andar por suas estradas, veredas e trilhas, nunca avaliará a importância de sua existência para os caririenses.

Costumamos dizer que a Amazônia está para o Mundo, assim como, a Floresta Nacional do Araripe está para o Cariri. Apesar disso, as duas não são tratadas com o devido respeito, por nós que necessitamos de suas existências.

Do problema com o desmatamento ao acumulo de lixos plásticos(foto), irresponsavelmente lançados nas estradas, a Chapada do Araripe sofre as consequências pela falta de consciência de pessoas, sem compromisso algum com o meio ambiente, que por onde passam deixam a sua "assinatura", ou melhor, seu rastro de sujeira, poluindo tudo com o que sobra de seus finais de semana. Encontramos dos mais variados objetos jogados nas estradas: sacolas plásticas completas de lixo, garrafas plasticas e de vidro, pneus, latas de alumínio, entre outros.

Nos últimos meses, a exemplo do que ocorre na cidade, temos observado que a poluição não se resume ao lixo atirado na Chapada. Lamentavelmente, a poluição sonora, provocada pelos carros equipados com sistemas de som potentes, ganham cada vez mais as estradas da Serra, com destino às chacarás e pequenos bares ali existentes. O que era, para alguns, uma área de tranquilidade, de paz com a natureza, tornou-se uma tortura, visto que, lá em cima, a propagação do som é bem mais forte. Além do mais, o som, que não precisa ter volume alto, estressa e afugenta todos os animais e pássaros, que são, verdadeiramente, as principais vítimas desta trágica agressão humana.

É necessário que os órgão competentes, inclusive a polícia ambiental (CPMA), tenha mais presença, atue mais no sentido de coibir todas estas práticas deploráveis e merecedoras de severas punições, principalmente, MULTAS PESADAS.

No que diz respeiro ao LIXO NAS ESTRADAS, apelamos para todos, inclusive para os proprietários de chácaras, moradores da Chapada, visitantes e aos órgãos de limpeza pública que, pelo menos uma vez a cada mês, envie os caminhões cuca, para realizarem a coleta do lixo, na medida do possível. Pior é não fazer nada e deixar o lixo crescer cada vez mais.

GEORGE MACÁRIO

Dia da Água. - Por: Wilton Dedê - Postado por: Kaika Luiz


Sobre o chão onde os pajés dançavam , uma vila se formou
Todo dia longe ressoava o machado do lenhador
Ouçam os corações dos guerreiros esperando a noite
Em que os astros vão trazer a volta dos trovões

Foi há muito tempo. Quando as aguas desciam do sopé da Chapada do Araripe desenhando caminhos entre veredas, fazendo riscos cavados no chão, varando cercas e, aos poucos, engolindo outros “caminhos d`àgua”, formando riachos e afunilando um destino único para todas as águas. Onde todos os fios d`água caminhavam juntos, nascia o Rio da minha cidade. A partir daí suas águas pairavam belas, frias, serenas. Corriam calmas, como se quisesse cumprimentar as árvores à sua margem. Como se quisesse ouvir os pássaros, beijar as borboletas que nelas se miravam. Como quem quisesse lambuzar-se nas barreiras lamacentas. Era um Rio lindo.

A música das suas águas batendo nas pedras era como uma cantiga de ninar. Como o velho chchchchiado da chchchchuva chchchovendo de noite, como pingos bantendo nas telhas. Misturava-se aos silvos das cigarras quando a tarde vinha. Nessa hora suas águas ficavam com um tom vermelho amarelado. Imitava o céu onde o sol se punha. O contraste com o verde que o rodeava desenhava uma autentica aquarela. Amanhecia e lá estava êle. Sereno, calmo, dia e noite a deslizar sobre as pedras aquela limpinha e fria água trazendo o cheiro das ribeiras da serra. TCheiro de mato e barro. Tinha a musica dos pássaros e som do vento. Tinha a cor da luz do sol. Era um Rio. O Rio da minha cidade.

Dávamos nomes aos vários locais onde a água diminuía seu ritmo, formando poças onde, aos montes, tomávamos banho. Arriscávamos tudo para estar lá. Encarnávamos o D´zunhurae e simplesmente íamos ao Rio. Também pudera. Queríamos mesmo era mergulhar naquelas águas: Banho da Mata do Seu Lino, Banho do Poço da Pedra do Quebra Cú, Banho da Ponte, Banho da Barreira... eram tantos que nem lembro. Sei bem do paraíso que era para todos nós. Mas... um dia chegaram os homens trazendo a urbanidade e o progresso.

Um tambor amedrontou a mata quando o dia clareou
Na clareira respondeu a flauta um aviso de terror
Um cacique descobriu pegadas de um estranho caçador
Uma tribo foi exterminada onde o rio avermelhou...


Desde lá nosso Rio nunca mais teve paz. Nunca mais foi o mesmo Rio. Nunca mais nossa aquarela. Nunca mais nossos sonhos. Aos poucos a sua cor foi mudando. A sua beleza foi desaparecendo. As suas margens foram sumindo. Nunca mais brincadeiras. Nunca mais banhos. Nunca mais os pássaros o procuraram. Nunca mais as cigarras. Nunca mais as borboletas. Nunca mais nossos sonhos e nossa aquarela.

Antes das chuvas quando um trovão tombou das estrelas
E a selva escura viu brilhar nas mãos de um deus
Armas de estrondo e luz como avisou a lenda
Onça negra caminhou nas cinzas da fogueira que passou
Gavião voando contra a brisa viu a mancha do trator

Aos poucos suas margens foram sendo molduradas por ruas, calçadas, estradas de negro asfalto. Manchas deixadas pelo trator. A “ Onça Negra” do progresso se instalou como previa a lenda. A modernidade havia chegado.

Restou-nos a lembrança. Hoje nosso rio está quase morto. Ainda ensaia alguns suspiros quando as chuvas de inverno trazem água da Chapada do Araripe e conseguem lavar um pouco o seu leito. Depois, com a ida das chuvas ele agoniza de novo. Junto com ele agonizam as nossas lembranças, os nossos sonhos. Foi há muito tempo.


WILTON DEDÊ
OBS-Poesia incidental “ A VOLTA DOS TROVÕES” de Braulio Tavares e Fuba

A LEI DA ATRAÇÃO - Por Chico Xavier

Nasceste no lar que precisavas, Vestiste o corpo físico que merecias, Moras onde melhor Deus te proporcionou, de acordo com teu adiantamento.

Possuis os recursos financeiros coerentes com as tuas necessidades, nem mais, nem menos, mas o justo para as tuas lutas terrenas.
Teu ambiente de trabalho é o que elegeste espontaneamente para a tua realização.

Teus parentes e amigos são as almas que atraíste, com tua própria afinidade.
Portanto, teu destino está constantemente sob teu controle.
Tu escolhes, recolhes, eleges, atrais, buscas, expulsas, modificas tudo aquilo que te rodeia a existência.

Teus pensamentos e vontade são a chave de teus atos e atitudes...
São as fontes de atração e repulsão na tua jornada vivência
Não reclames nem te faças de vítima.

Antes de tudo, analisa e observa.
A mudança está em tuas mãos.
Reprograma tua meta,
Busca o bem e viverás melhor.

Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer Um pode Começar agora e fazer um Novo Fim.

Professor diz que Padre Cícero se preocupava com a segurança alimentar - Postado por Océlio Teixeira

Uma Mesa Redonda seqüenciou na noite desta segunda-feira, no Campus Cariri da UFC (Universidade Federal do Ceará), a programação da 28ª Semana do Padre Cícero em comemoração aos 166 anos do sacerdote. O tema central foi “Padre Cícero, Padroeiro das Florestas” e atraiu dezenas de alunos lotando o auditório daquele estabelecimento de ensino. A abordagem central coube ao biólogo e professor da Universidade Regional do Cariri (Urca), Francisco Cunha.

A acolhida aos participantes foi feita pelo coordenador do Campus, Ricardo Ness, seguido pelo Secretário de Turismo e Romarias, José Carlos dos Santos, que falou sobre a programação da Semana do Padre Cícero. Na mesa presidida pelo professor Daniel Walker e tendo como debatedor o engenheiro agrônomo e aluno do curso de Filosofia da UFC, William Brito, o palestrante definiu o Padre Cícero como um homem que se preocupava com a segurança alimentar das pessoas.

O professor Francisco Cunha chamou a atenção para outra preocupação do sacerdote que era a explosão demográfica e a necessidade do desenvolvimento, mas respeitando os limites com aproveitamento racional dos recursos naturais. Na opinião dele, o Cariri é uma região abençoada e apontou a experiência do Caldeirão do Beato José Lourenço como um “novo modelo em função da terra”. Observou ainda que, de um “vila paupérrima”, Juazeiro se tornou, em pouco tempo, numa das cidades mais importantes do Nordeste.

O palestrante estimou que, nos últimos quatro anos, os investimentos entre públicos e privados em Juazeiro e no Cariri foram da ordem de R$ 1 bilhão. A programação da Semana do Padre Cícero reserva para as 18h30min desta terça-feira, dia 23, apresentação de filmes e a inauguração do relógio remissivo do Centenário na Praça Padre Cícero. Às 20 horas, no adro da Capela do Socorro, o lançamento do romance “A Mulher Sem Túmulo”, de Nilze Costa e Silva.

Logo depois começa a XXII Seresta de Padre Cícero com a participação de 22 seresteiros homenageando o sacerdote. Convidados pelo município, 166 famílias juazeirenses levarão seus bolos para serem cortados a meia-noite em meio a um show pirotécnico, canto de parabéns e oferta do “Caldo da Nair”. Os destaques do dia 24 de março ficarão por conta da celebração de Missa, Corrida Padre Cícero entre Crato e Juazeiro e a tradicional Procissão das Flores.

Texto e foto: Demontier Tenório
Fonte: Blog do Juazeiro

"El País" : Abusos Sexuais derrotam o papa - Por: José Flávio Vieira

23/03/2010
Juan G. Bedoya
El País

Em Madri Bento 16, que completará cinco anos no cargo em 19 de abril; o papa não cumpriu sua promessa de acabar com a corrupção sexual e afastar os acobertadores.

O pontífice alemão chegou ao poder há cinco anos clamando contra a "sujeira" em sua Igreja, mas não conseguiu lavá-la nem erradicá-la .

Bento 16 completará cinco anos no cargo em 19 de abril sem ter cumprido sua promessa mais famosa: acabar com a corrupção sexual e afastar os acobertadores, em sua maioria membros da hierarquia. A realidade é contumaz. Todos os dias são descobertos novos casos de abusos sexuais e de maus-tratos em centros educacionais católicos. E o que é pior: muitos prelados, em vez de combatê-los, os explicam com clamorosas acusações. É o que acaba de fazer o cardeal Antonio Cañizares, presidente da Pontifícia Congregação para o Culto. "Atacam-nos para que não se fale de Deus; pior é o aborto", disse o ex-primaz de Toledo. Com a mesma displicência se expressou o secretário de Estado da Santa Sé, Tarcisio Bertone. "Há pessoas que tentam nos desgastar, mas a Igreja conta com a ajuda do Alto", desculpa-se o cardeal italiano.

Há cinco anos, João Paulo 2º agonizava depois de 27 anos no cargo. Foi sucedido por Joseph Ratzinger, até então presidente da Congregação para a Doutrina da Fé (antigo Santo Ofício da Inquisição). Os cardeais logo tomaram a decisão. Sua Igreja estava mergulhada em uma grave crise de prestígio, e a solução exigia conhecimento do problema e mão firme. O alemão Ratzinger era o homem. Havia demonstrado isso na Via Crúcis de 24 de março anterior, Sexta-Feira Santa. Em cada reza das estações do fundador cristão até o Calvário, havia acrescentado comentários de programa de governo. Na nona estação - terceira queda de Jesus sob o peso da cruz -, Ratzinger exclamou: "Quanta sujeira na Igreja e entre os que, por seu sacerdócio, deveriam estar entregues ao Redentor! Quanta soberba! A traição dos discípulos é a maior dor de Jesus. Só nos resta gritar-lhe: 'Kyrie, eleison. Senhor, salvai-nos'".

Aquela arenga lhe valeu o pontificado. Cinco anos depois, o clamor pela sujeira continua. O papa voltou a decepcionar no sábado, em sua pastoral sobre a Irlanda. Pede a seus bispos que enfrentem os problemas com "coragem", mas não prometeu sanções aos culpados nem reparações às vítimas. A mesma atitude teve diante da corrupção dos Legionários de Cristo, tolerada durante décadas. Seu fundador, Marcial Maciel, movimentou-se nesse tempo como peixe na água por Roma. Inclusive gozou da amizade de João Paulo 2º. Mas o famoso sacerdote era um pederasta recalcitrante e teve meia dúzia de filhos. Muitas de suas vítimas foram alunos do seminário de Ontaneda (Cantábria), também submetidos a vexações por outros sacerdotes do grupo.

As denúncias contra Maciel chegaram à mesa do papa polonês durante anos. Ratzinger também as conhecia. Ambos as desprezaram. Maciel enchia estádios de futebol nas viagens do líder católico. Aquela proteção obscurece a beatificação de João Paulo 2º e ameaça a credibilidade de Ratzinger. Este papa foi eleito em 19 de abril de 2005 e não tomou qualquer medida contra os Legionários até maio de 2006.

Dr. José Flávio Vieira

Seca, problema crônico sem solução – por Pedro Esmeraldo


Hoje, 13 de março, observamos que a falta de chuva, acarreta grande impacto no seio da população nordestina. Lamentamos a falta de apoio das autoridades que, pouco a pouco não ligam para atenuar a crise deste imenso semi-árido nordestino. Uns reclamam, choram, vociferam contra as autoridades porque não procuram dar soluções satisfatórias com tecnologia avançada a fim de melhorar as condições climáticas e agrícolas através de uma irrigação, tipo moderna que poderá dar ao homem do campo mais alento e faz desenvolver uma produção agrícola eficiente por meio de trabalho mais atento e produtivo, tentando solucionar, em partes, com modernidade, uma agricultura sadia e progressista.

É uma infâmia, um desdenho essa falta de apoio moral e técnico ao homem do semi-árido nordestino, já que permanece num trabalho desequilibrado e desarmonioso, conduzindo por uma agricultura rasteira, visto que não cuidam com melhor perfeição o trabalho agrícola e deixam o homem do campo inibido, sem nenhuma capacitação para enfrentar o trabalho. Não preparam o homem do campo para enfrentar a seca; não dão capacitação tecnológica para que venham os camponeses combater em tecnologia avançada no manejo da criação de gado por meio de fenação e silagem. Se assim o fizermos, evitaremos cair num desespero sombrio que leva o homem agrícola a implorar o meio de subsistência para que possa se bater com o trabalho eficiente e eficaz.

Avisamos a essas autoridades que o camponês não deseja esmola, mas deseja trabalhar. Com isso, lembramos uma frase do sanfoneiro Luiz Gonzaga: “- Seu doutor, uma esmola para o homem que é são, ou me mata de vergonha ou vicia o cidadão. Enche os rios de barragem, não esqueça a açudagem, dê comida e preço bom que no fim dessa estiagem lhe pagamos até o juro sem gastar nossa coragem.”

Pensando bem, Sr. Doutor, não precisa tanto exagero desses políticos que só veem praticar o clientelismo que faz viciar o homem na prática da bandidagem. Queremos barragens, queremos trabalhos, queremos capacitação técnica agrícola, queremos que os técnicos saiam do seu gabinete e percorram o campo, ensinando os homens a praticar trabalhos técnicos, como: irrigação, com segurança, a fim de capacitar para produzir mais pastagens e mais legumes, como: cereais e plantas forrageiras que possam suprir o homem campestre com eficiência no meio de produção e a prática de melhoria de produtividade. Há necessidade de treinar o homem do campo: ensinando-o a desenvolver com métodos adequados que poderão triunfar com forte produção agrícola e por sua vez acabar o sofrimento desse povo que vive mendigando esmolas, que se torna um filho vergonhoso e deprimente da região.

Antigamente, o nordestino era fortificado pelo plantio do algodão e da cana-de-açúcar. Hoje, o semi-árido nordestino não possui mais esses dois produtos, devido a queda do preço do algodão (exterminado pelo bicudo) e a cana-de-açúcar que se foi para o estaleiro devido a falta de modernização nos engenhos de açúcar do Cariri.

Houve época que dizíamos: a solução de combater a seca do Nordeste era de construção de açudagem que serviriam para irrigar nas áreas de aluvião as plantas gramíneas (arroz e cana-de-açúcar). Agora fazemos uma pergunta: como é que constroem os açudes e não dão ensino técnico ao homem do campo para satisfazer a sua produção agrícola? Onde estamos que não procuramos nos evoluir com mais trabalho moderno e que satisfaça os métodos lucrativos, a fim de tirar o homem do campo do aperreio financeiro e melhorar a situação econômica do homem nordestino? Que país é esse que não olha para o homem e vive praticando o clientelismo dando apoio aos viciados da política e não procuram solucionar o nosso problema?

A pior seca do Crato é a separação do distrito de Ponta da Serra, incentivado por um grupo de homens fracos, conduzidos por uma massa legislativa de deputados falidos que vivem enganando o povo, conduzindo toda a população para o caminho do mal.

Por: Pedro Esmeraldo e Postado por Armando Rafael

CRATO - Notícias do Dia 23 de Março de 2010



A Secretaria de Meio Ambiente do Crato realiza a Semana da Árvore e da Água


Com a promoção do Governo Municipal do Crato, a Secretaria de Meio Ambiente e Controle Urbano, juntamente com a Universidade Regional do Cariri- URCA, iniciou ontem e irá até a próxima sexta-feira, 26, a Semana da Arvore e da Água. O evento, que teve sua abertura oficial ontem pela manhã no Centro Cultural do Araripe, no largo da RRFSA, contará com palestras educativas, programas de rádio, debates, plantio de mudas, mutirões de limpeza, caminhada de sensibilização e passeio ciclístico, tendo como tema “Água e Árvore: Modificando seus hábitos” e tem como parceiros o SESC Crato e a Cerâmica Gomes de Matos.

Saúde inicia semana de atividades contra a tuberculose

A Secretaria de Saúde do Crato iniciou ontem, com palestras educativas, no Centro de Especialidades, o Programa de Atividades do Dia Mundial de Luta Contra a Tuberculose, que vai até o dia 26 de março. O trabalho está sendo coordenado por meio do setor de Imunização. As palestras, além de panfletagem, aconterão nos bairros da cidade e escolas, além da divulgação por meio de rádios dos sinais e sintomas da doença. Mini palestras serão realizadas nas áreas de PSF. As atividades contam com as parcerias dos Agentes Municipais de Saúde, coordenação do PSF e a Mobilização Social.

Infraestrutura dá continuidade a Projeto de Paisagismo e Arborização do Crato

Dentro do Projeto de Paisagismo e Arborização em vários bairros do Crato, hoje será a vez de receber as palmeiras, o canteiro central da avenida Maildes de Siqueira, próximo ao Parque de Exposições. São cerca de duas mil mudas de árvores e plantas ornamentais que estão sendo plantadas em várias áreas do município, proporcionando um novo visual à cidade e mais qualifdade de vida para a população. O trabalho está sendo desenvolvido por meio da Secretaria de Infraestrtura. O primeiro local a receber as plantas e palmeiras foi a área de entrada da cidade, na avenida Padre Cícero. A rua José Marrocos, nas proximidades do Colégioo Objetivo, está inserida no projeto.

Vacinação de grupos contra influenza A H1N1 é realizada em Crato

Iniciada ontem, dia 22, com continuidade até o dia 2 de abril, a segunda etapa de vacinação contra o Influenza A H1N1, destinada as gestantes, crianças de 6 meses e menos de 2 anos de idade; e portadores de doenças crônicas com menos de 60 anos de idade. As vacinações contra o vírus H1N1 acontecerão por grupos, que serão divulgados posteriormente, de acordo com os calendários do Ministério da Saúde. A vacina estará disponível em todos os postos de saúde do município. A primeira etapa de vacinação aconteceu com os profissionais de saúde do município. Uma equipe da Imunização estava se deslocando para as unidades de saúde, no sentido de cumprir a primeira etapa de trabalho.

Governo Municipal do Crato
Fone/Fax - (88) 3521.9960
Mais informações:
http://www.crato.ce.gov.br
http://www.prefeituramunicipaldocrato.blogspot.com

Mensagem do Secretário de Meio Ambiente Nivaldo Soares sobre o Dia da Água


Água Limpa para um Mundo Saudável

O DECRETO Nº 55.795, DE 24 DE FEVEREIRO DE 1965, assinado pelo Presidente Humberto de Alencar Castelo Branco Instituiu em todo o território nacional a Festa Anual das Árvores, a ser comemorada na última semana de março de cada ano. Em 1971 a FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura), acolheu proposta da Confederação Européia de Agricultores, e estabeleceu o dia 21 de março como o dia Florestal Mundial.

Em 22 de fevereiro de 1993 a Assembléia Geral das Nações Unidas declarou através da resolução A/RES/47/193, o dia 22 de março de cada ano, a partir de 1993, como o "Dia Mundial das Águas" (DMA). Aderindo a proclamação destas datas o Executivo Municipal do Crato, através da Secretaria de Meio Ambiente e Controle Urbano juntamente com a URCA, SESC, COGERH, SEMACE, ICMBio .......... e mais uma dezena de instituições parceiras montaram uma programação para semana ‘Semana da Água e da Arvore’ que vai do dia 22 ao dia 27 com objetivo de chamar a atenção de governos, organizações, comunidades e pessoas para a adoção de medidas de prevenção, limpeza e reabilitação de tão preciosos recursos naturais.

Este ano de 2010, a campanha promovida pela ONU, para comemorar o dia mundial das águas, tem como tema “Água Limpa para um Mundo Saudável”. Tema este que chama a atenção para o fato de que a qualidade de vida no planeta depende diretamente da qualidade dos recursos hídricos. É sabido que a qualidade da água vem piorando drasticamente em todo o planeta e tem como principal fator um rápido processo de urbanização, aliado ao desperdício e da falta de tratamento sanitário e industrial apropriado. Segundo a ONU, o problema é mais grave nos países em desenvolvimento, onde 90% do esgoto e 70% dos efluentes industriais têm como destinos rios, lagos, mares. A água é o elemento que deu origem e sustenta a vida no planeta Terra. Sem a água, nenhuma espécie vegetal ou animal, incluindo o homem, sobreviveria. Cerca de 70% de nossa alimentação e de nosso próprio corpo são constituídos por água. Mais da metade de todas as espécies de animais e plantas do mundo é aquática.

Já a Festa Anual das Árvores tem por objetivo difundir ensinamentos sobre a conservação das florestas e estimular a prática de tais ensinamentos, bem como divulgar a importância das árvores para o bem-estar dos cidadãos. As árvores fornecem sombra para suportar o calor das grandes cidades ou o sol nas lides do campo. Fornecem alimentos para pessoas e animais através de seus frutos, sementes, folhas e flores. Purificam o ar e protegem o solo da erosão. Além disso, incorporam ao solo matéria orgânica e nutrientes essenciais para o cultivo de alimentos. Fixam o carbono atmosférico e regularizam o ciclo hidrológico, protegem nascentes e margens de rios, embelezam as paisagens e fornecem matéria-prima para carpintaria, todos os tipos de construções, indústrias de papel, farmacêutica, de higiene e muitas outras.

Arvore e água são tão próximas quanto essenciais à vida na Terra.

"No Ceará, o mês de março é marcado pelo estação das chuvas. A Festa Anual das Árvores põe em evidência a importância do reflorestamento e da preservação das espécies nativas. A árvore homenageada este ano é Cumaru (Torresea cearensis allemão) também conhecida como imburana, ainda pode ser encontrada no sertão cearense, mas está atualmente ameaçada de extinção. A árvore nativa da caatinga é conhecida por seus múltiplos usos – os frutos são comestíveis, as sementes e cascas têm propriedades medicinais e aromáticas, a madeira é aproveitada em construções e utensílios. Portanto, esta semana é um período de conscientização da população sobre a importância da água e da árvore para a qualidade de vida e a manutenção do equilíbrio ambiental. Por isso, a programação incentiva as pessoas a cuidarem das árvores e orienta para que plantem suas culturas sem degradar o solo com queimadas para não acabar com espécies nativas.

Durante a semana, mudas serão distribuídas gratuitamente: de terça a sexta, no Viveiro de Mudas que funciona no IBAMA/ICMBio; das 8 às 14 horas.

Que todos se irmanem nesta missão.
Obrigado.

Crato – CE, 22 de março de 2010

Nivaldo Soares de Almeida
Secretário de Meio Ambiente e Controle Urbano

BLOGINTERATIVO - Recados dos Leitores - 23-03-2010


Parabéns ao Blog do Crato

Zeze Oliveira em 18/03/2010
li e gostei ,sou cratense de sangue bom,beijos a todos. Lilian,Tony, Aguinaldo,Luiza,Thiberio, Carlito, Zé Nezin, Lidinha e especial a gata dona TEreza e a munda.

=====================================================
Foto do Prefeito Raimundo Bezerra

JANEDSON BANTIM em 19/03/2010
DIHELSON POR FAVOR ME ENVIE UMA FOTO DO EX-PREFEITO DO CRATO RAIMUNDO COELHO, EU ESTOU FAZENDO UM TRABALHO SOBRE TODOS OS PREFEITOS DO CRATO. OK

Resposta:

Prezado Danedson Bantim, recentemente nós publicamos uma foto aqui do Ex-Prefeito Raimundo Bezerra. Ela é a única de que disponho, e em formato reduzido. Mas outras podem ser obtidas com o Raimundo Bezerra Filho. Acabei de receber esta mensagem do Raimundo Bezerra Filho sobre isso: "Março, 23 8:01 [Raimundo Bezerra Filho] Dihelson ,tenho muitas fotos de Papai em ambiente familiar bem como na vida pública,estou a disposição do amigo e do Bola ( Bantim )." Como vê, Janedson, o Raimundo estava ligado aqui no Blog do Crato, pois em menos de meia-hora ele já respondeu à sua postagem.

===================================================
Crítica à diretoria do Crato Sport Clube

hermanobarreto em 19/03/2010
SÓ NO CRATO MESMO...QUAL A EXPLICAÇÃO DOS DIRETORES DO CRATO ESPORTE CLUBE P/ ESTE ABSURDO SEM FINS... O TIME É BOM TEM CONDIÇÕES DE DISPUTAR O TITULO E A DIRETORIA FICA SATISFEITA COM A (PERMANENCIA) NA (ELITE) DO FUTEBOL CEARENSE.VERGONHA

====================================================
Site Gentenewstatui

nossonews@gmail.com em 20/03/2010
Já cumpri as tres postagens no meu blog gentenewstatui.blogspo.com, em tatui, são paulo, capital da música, tenho convicção que a rádio terá boa audiencia por aquí . . .abraços . . .Dirceu

=====================================================
A Péssima Qualidade da Água do Bairro Mirandão

Cláudio Iaronka Jr em 20/03/2010
Olá Dhielson, parabéns pela excelente coordenação do blog. Gostaria de informar sobre a PÉSSIMA qualidade da água do bairro Mirandão; está uma lama só. Se possível gostaria de um posicionamento da SAAEC. Grato pela oportunidade.

Resposta:
Sua reclamação estará sendo enviada ao Dr. Procópio da Silveira, Presidente da SAAEC, e quero obter dele uma declaração a respeito.

====================================================
Elogios à Criação da Sala de Bate-Papo do Cariri

Margarida Belchior em 21/03/2010
Parabenizo e como usuária agradeço a todos que fazem o BLOG DO CRATO pela brilhante idéia da criação da sala de bate papo, dando-nos uma oportunidade de comunicação ainda maior com os usuários do BLOG e cratenses. Um grande abraço

Resposta:
Obrigado, Margarida. Esse é o nosso maior incentivo para continuarmos desenvolvendo projetos e ferramentas de integração do Cariri. E a melhor coisa que poderemos fazer é participar da sala de bate-papo: www.batepapodocariri.blogspot.com

Projeto Casa Harmônica

CASA HARMONICA em 22/03/2010
lO BLOG DA CASA HARMONICA (PROJETOS DA SEC DE CULTURA) JÁ ESTÁ EM FASE DE RECONSTRUÇÃO. VISITE-NOShttp://casaharmonica.blogspot.com

===================================================
Edições da Revista "A Província"

Teresa Abath em 22/03/2010
Alguém pode me dizer onde e quando compro a Revista Província? ObrigadaTeresa.

Resposta:

Prezada Amiga Teresa Abath, as edições da revista A Província podem ser adquiridas com o Professor Jurandir Temóteo.

====================================================

Nota: Peço aos usuários que escrevam sempre em letras minúsculas. Não precisa escrever em maiúsculo. É muito deselegante escrever tudo em maiúsculo. Procurarei atender às solicitações de vocês.

Obrigado,

Dihelson Mendonça

Pensamentos do Dia - 23 de Março de 2010 - Enviados por Mônica Araripe


"É melhor calar-se e deixar que as pessoas pensem que você é um idiota do quer falar e acabar com a dúvida."

Abraham Lincoln

"O amor-próprio é um animal curioso, que consegue dormir sob os golpes mais cruéis, mas que acorda, ferido de morte perante uma simples beliscadura."

Alberto Moravia

"O homem que luta por outro é melhor do que aquele que luta por si próprio."

Clarence Darrow

"O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis."

Fernando Sabino

"Duas verdades nunca se podem contradizer."

Galileu Galilei

PREVISÃO DO TEMPO - Pancadas de chuva atingem maior parte do Brasil nesta terça


Nota do Blog do Crato: É bom que se esclareça que hoje, até esse momento, 08:12, não choveu ainda aqui no Crato nesta madrugada. A previsão do tempo segundo o site Climatempo, especializado em Meteorologia, é de Dia de Sol e aumento de núvens de manhã. Estão previstas pancadas de chuva à tarde. À noite o tempo fica mais aberto. E agora, a reportagem da Folha de São paulo:

"Áreas de instabilidade provocam pancadas de chuva em quase todo o país, de acordo com o Cptec (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos), ligado ao Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). O sol aparece entre poucas nuvens no sul e sudoeste do Rio Grande do Sul. No centro-leste do Estado, chove durante a manhã. O dia terá nebulosidade variável e pancadas de chuva que podem ser fortes entre a faixa norte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e o extremo sul do Mato Grosso do Sul. Também chove durante a tarde nas demais áreas do Mato Grosso so Sul, em grande parte de São Paulo, no sul de Minas, norte do Rio e no sul e sudoeste de Mato Grosso. Já no litoral entre São Paulo e o Rio, o sol aparece entre poucas nuvens. Em Roraima, no Amapá e no noroeste do Pará o céu fica nublado. Nas demais áreas do Norte do país, no Nordeste, centro-norte do Mato Grosso, em Goiás, Distrito Federal, demais áreas de Minas e Espírito Santo, haverá muitas nuvens e pancadas de chuva a qualquer hora do dia. O sol predomina na faixa leste e no nordeste de São Paulo em grande parte do dia, mas pancadas de chuva isoladas ocorrem a partir da tarde."

Fonte: Folha Online e Climatempo

CARIRI - Chuvas continuam abaixo da média - Reportagem: Antonio Vicelmo


Depois do Dia de São José, novas chuvas são registradas no Interior, mas ainda abaixo do que os agricultores esperam.

Crato. As chuvas que caíram, no fim de semana no Cariri, melhoram a pastagem para o gado e reabasteceram os pequenos açudes, renovaram as esperanças dos sertanejos quanto à continuidade do inverno, mas não alteram os índices de perda do plantio levantados, no fim de semana, pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais do Cariri. Os sindicalistas reafirmam que a perda, em consequência da falta de chuvas, é superior a 70%. Os agricultores reafirmam a ocorrência de "seca verde" na região, uma vez que não existe perspectiva de safra. A chuva de quase 80 milímetros que caiu no último domingo no Crato encheu o canal do Rio Granjeiro. A Vala da Rua Tristão Gonçalves transbordou. O Rio Batateira desceu com muita água. Isso significa que os pequenos açudes já estão tomando água. Mas as chuvas são esparsas, irregulares e fracas. Em Brejo Santo, por exemplo, só caiu uma neblina.

Pequena variação

Durante o mês de fevereiro as chuvas em Sobral ficaram bem abaixo da média. Foram apenas 83mm, variando para 93mm em alguns pontos da cidade. É o caso do bairro do Junco, onde está situado a escritório da Ematerce. Em alguns distritos, como Jaibaras, o acumulado do mês não passou de 35,5mm.

Neste mês, as precipitações não são nada animadoras. Choveu apenas um dia do mês, na última sexta-feira, Dia de São José. De acordo com dados fornecidos pela Secretaria da Agricultura e Pecuária, foram registrados apenas 10,6mm. Em outros municípios da Zona Norte, o quadro é basicamente idêntico ao de Sobral, chuvas com pouco volume de água.

Desde o Dia de São José, o céu tem amanhecido nublado na cidade de Quixadá. Os lavradores mais otimistas começam a correr para o campo, atrás do tempo perdido. Os chuviscos nas madrugadas ainda não foram suficientes para molhar a terra, entretanto, amenizam o calor dos 40 graus registrados nos últimos meses. O bom sinal também está levando os trabalhadores rurais para as portas das secretarias de Agricultura da região. Onde choveu mais nos últimos dias, como em Ibaretama, estão ansiosos pela chegada do trator em suas terras. Há perspectiva de consolidação do quadro meteorológico anunciando a quadra invernosa. Esperam poucas chuvas, mas o suficiente para colherem milho e, ainda, feijão.

Centro-Sul

No Centro-Sul, uma precipitação média de 80mm banhou municípios da região, na madrugada de domingo. No campo, os produtores rurais renovaram as esperanças de que agora em diante finalmente comece a quadra invernosa.

Na região de Baú, zona rural de Iguatu, choveu 75mm no domingo. Os agricultores comemoraram. "Estava no limite", disse o produtor Carlos Palácio. "Se não chove neste fim de semana, o plantio estava perdido". A estiagem dos últimos dias provocou perda parcial da lavoura. Veja mais fotos no www.diariodonordeste.com.br .

Maiores chuvas
Beberibe 55.4mm
Juazeiro do Norte 50mm

Ipaumirim 44mm

Cascavel 41mm
Itarema 39mm
Eusébio 39mm

Aquiraz 38.5mm
Maracanaú 38.1mm
Barroquinha 36.2mm
Fortim 35mm


Fonte: Funceme - Edição: Jornal Diário do Nordeste

CARIRI - Colheita do pequi é encerrada com festa


Depois de três meses de colheita, a safra do pequi já está escassa, já não existe mais o produto para ser vendido no mercado e o preço já está mais elevado

23/3/2010

Com programação diversificada, municípios se reuniram na Serra do Araripe para a festa da colheita do pequi. Jardim. Missa, pega de boi e 48 horas de forró. Com esta programação, foi encerrada a colheita de pequi, em cima da Serra do Araripe. O evento, que reuniu catadores de pequis dos municípios de Jardim, Barbalha, Porteiras e Missão Velha, foi realizado, no "Rancho dos Pequizeiros", na margem da estrada que liga a cidade de Jardim à Barbalha, ao lado da Floresta Nacional do Araripe. O organizador da festa - que durou dois dias -, Pequim Roriz, definiu o evento como um encontro de confraternização do Cariri e, principalmente, um momento de alegria para os pequizeiros que, depois de três meses, vivendo em acampamentos, em cima da serra, terminam o trabalho num clima de religiosidade e confraternização. A festa é uma reunião social.

Devido a pouca quantidade de pequi, o fruto já não é visto com em fartura, só misturado com a comida. A instalação dos catadores em cima da serra começa no mês de janeiro. Ali, se reúnem mais de dez famílias, que passam três meses morando em barracos cobertos de plástico. A cata do pequi, que é vendido na beira da estrada, é a única fonte de renda destas famílias. Eles terminam a safra de barriga cheia, porque não falta baião-de-dois com pequi na alimentação, e ainda sobra um pouco de dinheiro no bolso, resultante da comercialização. Este ano, a safra foi menor do que a do ano passado. O líder sindical, João Antônio Bernardino, que faz parte da Associação dos Catadores de Pequis, diz que a falta de chuvas prejudicou a colheita. Ele calcula que houve uma redução de 30%. O preço do cento de pequi variou de R$ 1,00 a R$ 10,00. O valor acompanha a oferta. No começo e no fim da safra do pequi, o preço sobe.

O mesmo ocorre com o óleo de pequi, que é feito da amêndoa do fruto. Bernardino, que já esteve na Europa divulgando o óleo de pequi, levado por uma Organização Não Governamental, diz que, este ano, não há perspectiva de exportação do óleo. O preço do litro, portanto, está em torno de R$ 15,00. Uma das atrações este ano, além dos shows com Flávio Leandro, "Forró Direito", "Nordestinos do Forró" e os "Três do Cariri", que tocaram durante os dois dias, foi a "pega de boi", um esporte que vem se tornando popular no Cariri por ser o resgate das festas de apartação que deram início às vaquejadas. Na pega do boi, o animal é solto dentro da mata para ser derrubado, encaretado pelo vaqueiro que, vestido com gibão e perneira, leva o boi como prêmio.

Tradição

Nas fazendas de antigamente e também em cima da Serra do Araripe, o gado era criado solto em capoeiras e caatingas. A cada temporada ou fim de estação, os fazendeiros organizavam o que eles chamavam de "pega de boi". Uma festa onde se reuniam todos os vaqueiros da região para pegar o gado que vivia solto e que seria marcado a ferro, castrado e conduzido para áreas onde os pastos existissem em maior abundância. Essa tarefa era difícil. Os animais viviam em áreas de mato fechado, cheias de espinhos e, também, galhos secos. O exercício de capturar o boi no mato exigia do vaqueiro extrema perícia e coragem.

A festa do "Rancho dos Pequizeiros", que antes era restrita apenas aos catadores de pequis, se tornou um evento regional, com a participação de representações das maiorias dos municípios do Cariri. A estudante Isabel Munique, que já foi rainha da Vaquejada de Missão Velha, destacou a festa dos pequizeiros como um acontecimento diferente pelo fato de ser realizado em cima da Serra do Araripe, em contato com a natureza.

Safra

"A falta de chuva prejudicou a safra de pequi. A perda foi de 30%"
João Antônio Bernardino
Diretor da Associação dos Catadores de Pequis

"A festa da colheita é um acontecimento diferente, um contato com a natureza"
Isabel Munique
Ex-rainha da Vaquejada de Missão Velha

Antônio Vicelmo Repórter do Jornal Diário do Nordeste Colaborador do Blog do Crato

A RAPADURA CULTURAL - Fonte: Wilton Dedê


Em verdade em verdade vos digo, o Programa Rapadura Cultural, do município cearense de Crato, com pouca grana, está fazendo mais em defesa das expressões de criação popular do que toda a Secretaria de Cultura do Estado do Amazonas, cujo orçamento estratosférico é usado pelo seu titular, Berinho Braga (BB) para, entre outras coisas, trazer a Manaus os integrantes do Big Brother Brazil (BBB) em eventos que ele organiza como o Amazon Film Festival. Provo o que digo, mas antes esclareço.

O programa cearense não podia ter melhor nome, pois a rapadura, embora difícil de roer, é doce e nutritiva. Feita do caldo da cana, essa comida de pobre aparece, hoje, como suplemento alimentar indispensável nos cardápios regionais da merenda escolar do Nordeste. De baixo custo, é um produto energético com ferro, cálcio, potássio, fósforo, vitaminas, sais minerais e – imaginem só! - até riboflavina que, na minha santa ignorância, não sei bem o que diabo é, mas me asseguram que é a vitamina B2.

Consciente de que coenzimas da riboflavina são essenciais para converter a piridoxina e o ácido fólico (Eraste! Eu, hein, Rosa! Vade retro, Satanás!), uma empresa alemã, em 2006, registrou a rapadura como marca registrada de sua propriedade. Houve protesto em frente ao Consulado da Alemanha, no Rio de Janeiro: “A rapadura é nossa, cabra da peste” – gritavam os manifestantes, sabedores de que a deficiência em riboflavina causa rachadura na boca, língua arroxeada, coceira, pele seca, dor de olhos, inflamação da gengiva e até frieira. Aprenderam isso, visitando o Museu da Rapadura, criado pela Universidade Federal da Paraíba em antigo engenho da cidade de Areia.

Dia do Poeta

Como já deu pra sacar, não é bem sobre o Berinho BB que eu quero falar, nem sobre sua aliança com o BBB, mas sobre esse doce programa cultural que traz a rapadura no nome. Eis o que eu queria dizer: o Rapadura Cultural, criado há quase dez anos por Jorge Carvalho, um professor cabra-da-peste, é o anti-Berinho, porque divulga artistas de verdade que estão fora da grande mídia e dos mega-eventos: seresteiros, brincantes, cordelistas, forrozeiros, cantadores, mamulengueiros, palhaços, poetas marginais, compositores, violeiros - tudo gente humilde, que está longe dos holofotes.

Todo ano, no dia 14 de março – Dia do Poeta - o Programa Rapadura Cultural organiza um evento chamado ‘De Aderaldo a Patativa’, onde celebra as expressões de cultura popular. Ontem, na Praça Siqueira Campos, em Crato, a homenagem foi ao maior poeta do Ceará, Antônio Gonçalves da Silva, mais conhecido como Patativa do Assaré, que se vivo fosse estaria completando 100 anos.

“Para ser poeta, não precisa ser doutor. Basta, no mês de maio, recolher um poema em cada flor, brotada nas árvores do seu sertão” – declamava Patativa do Assaré, que em toda sua vida freqüentou a escola apenas por um semestre, mas que teve sua genialidade reconhecida pela academia. Três universidades diferentes conferiram-lhe o título de Doutor Honoris Causa.
Desde menino, o poeta trabalhou duro na roça, ficando com calos na mão pelo uso da enxada. Aos quatro anos, ficou cego de um olho. Com oito anos, trocou a ovelha do pai por uma viola. Com dezoito, viajou para o Pará, onde enfrentou peleja com outros cantadores e ficou conhecido em toda a região.

“Camões também só tinha um olho” – declarou ele, bem humorado, buscando companhia. Antes de morrer, aos 91 anos, Patativa concedeu uma entrevista, que foi reprisada esses dias pela TV Brasil, mostrando que embora não escolarizado, lia muito, conhecia os clássicos da língua portuguesa, entre os quais Luiz de Camões, Bocage, Castro Alves. Traçou até o ‘Tratado de Versificação’, de autoria de Olavo Bilac e Guimarães Passos.

O sertão é meu

Patativa ficou consagrado mesmo quando Luiz Gonzaga gravou as músicas dele, entre as quais ‘A triste partida’, que canta o drama da seca e da migração nordestina tanto para a Amazônia, na época da borracha – difícil encontrar um amazonense que não tenha sangue nordestino – quanto para São Paulo, em período mais recente. “Distante da terra tão seca, mas boa, exposto à garoa, à lama e ao paú, meu Deus, meu Deus, faz pena o nortista, tão forte, tão bravo, viver como escravo, no Norte e no Sul”.

“Cante a cidade, que é sua, que eu canto o sertão, que é meu” – ele declamava e reclamava da imagem criada pela mídia eletrônica sobre o sertão. O reconhecimento de sua genialidade, além da consagração popular, pode ser avaliado pelos estudos que estão fazendo de sua obra em universidades da França e da Inglaterra e pela representação de seus escritos em várias santuários da chamada cultura erudita, como no teatro de Amir Haddad, que montou o espetáculo ‘Meu querido jumento’ .

“Leitor ferrenho de clássicos da literatura portuguesa, não seguiu metodologias acadêmicas para elaborar seus versos, e sim sua sensibilidade. O que talhou uma arte para ter, entre outras funções, a de enfrentar as injustiças sociais, sem que sua riqueza estética ficasse abalada” – escreveu recentemente Eduardo Sales de Lima.

Ele lembra que depois da morte de Patativa, o crítico literário Mário Chamie dizia com propriedade: “Enquanto um Guimarães Rosa, um João Cabral de Melo Neto e outros escritores eruditos convertem a matéria-prima da tradição oral em alta literatura, Patativa faz o inverso, serve-se da literatura erudita para enunciar uma linguagem de comunicação direta”.
Outro poeta popular é Miguezim de Princesa, paraibano radicado em Brasília, que já escreveu até um cordel sobre o fato recente do aborto da menina de nove anos. Em função das várias cartas de leitores sobre a coluna passada, que abordou o tema, reproduzo aqui as duas estrofes finais do citado cordel:

“Milhões morrendo de Aids: /
É grande a devastação, /
Mas a igreja acha bom /
Furunfar sem proteção /
O padre prega na missa /
que camisinha na lingüiça /
É uma coisa do Cão./
E esta quem me contou /
Foi Lima do Camarão/
Dom José excomungou /
A equipe de plantão,/
A família da menina /
E o ministro Temporão, /
Mas para o estuprador, /
Que por certo perdoou, /
O arcebispo reservou /
A vaga de sacristão”.

Poetas como Miguezim da Princesa e Patativa do Assaré merecem a homenagem mais do que justa que lhes foi feita, ontem, no Crato, atendendo plenamente os objetivos do Programa Rapadura Cultural, que é defender a cultura popular regional e estimular os artistas populares a ocupar as praças e as feiras, disseminando a beleza de sua arte e evidenciando sua importância na formação cultural do povo brasileiro. Bem que o Amazonas está precisando comer rapadura.

José Ribamar Bessa Freire - Jornalista
Jornal Diario do Amazonas
15/03/2009 - Postado originalmente no Blog Cultura do Cariri

Governo oferece 'bolsa combustível' a comissionados


NE - Em ano eleitoral, tem de tudo...

Segundo oposição, gasto anual pode chegar a R$ 25 milhões. Ministério do Planejamento diz que medida representa economia.

Da Agência Estado

A edição de um decreto presidencial concedendo ajuda de combustível aos ocupantes de cargos comissionados no governo, deixou a oposição em estado de alerta. Publicado nesta segunda-feira (22) no Diário Oficial da União, o decreto 7.132 autoriza cerca de 6 mil servidores de confiança, nomeados na administração direta, autarquias e fundações, a receberem indenização, apelidada de "bolsa combustível", pelo uso de veículo próprio em serviços externos. Cada um deles pode embolsar até R$ 374 extras ao mês e a conta pode chegar a R$ 25 milhões anuais para os cofres públicos. Os partidos de oposição anunciaram que se reúnem nesta terça (23) para definir medidas destinadas a anular o benefício, provavelmente por meio de decreto legislativo.

O PSDB e o DEM acham esse o caminho mais adequado para barrar o que consideram ação indevida do governo para favorecer a pré-candidata do PT à sucessão presidencial, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff. O líder do PPS na Câmara, Fernando Coruja (SC), informou, por meio de nota, que a oposição reagirá. "Vamos reunir a assessoria para saber que medidas podemos tomar a partir de um decreto que causa estranheza por causa do período em que ele está sendo editado."

O Ministério do Planejamento informou que a medida, ao contrário, representa economia de gasto público com aquisição e manutenção de frota de veículos, além da contratação de motoristas. Esclareceu ainda que a indenização ocorrerá em casos comprovados de uso do veículo próprio pelo servidor, em missão autorizada por sua chefia imediata.

Fonte: G1

Serra tenta tocar corneta ao lado de mascote da Copa


NE
- Começaram as besteiras eleitorais. Enquanto Dilma aprende a dançar o "Rebolation", Serra toca Corneta. É bom que um Toca e a outra "dança"...

O governador e provável candidato do PSDB à Presidência, José Serra, recebeu nesta segunda-feira (22) no Palácio dos Bandeirantes uma delegação da África do Sul. A vice-ministra do Turismo, Thokozile Xaza, veio convidar Serra - e os cidadãos paulistas - para assistir à Copa do Mundo de 2010, que será sediada pelo país africano. Aos risos, Serra trocou presentes e gentilezas com Thokozile. Após o encontro, porém, questionado se iria à Copa da África, lamentou e afirmou que não poderá ir. O torneio acontece em junho, mesmo mês em que os partidos políticos no Brasil definem a chapa para a disputa presidencial e estaduais. Em seguida, começa a campanha eleitoral.

O tucano posou ao lado do gigante leopardo de pelúcia Zakumi. "Ele é Palmeiras", brincou, apontando para os cabelos verdes do mascote da Copa da África do Sul. Ao ser presenteado por Thokozile com uma vuvuzela, corneta usada pela torcida sul-africana em jogos de futebol, Serra imediatamente tentou tocá-la. Primeiro, esqueceu de tirar a proteção do bocal. Depois, encheu o pulmão de ar e assoprou. Nenhum ruído. Após uma demonstração do capitão da Seleção Brasileira na Copa de 2002, Cafu, Serra fez mais uma tentativa. Dessa vez, ouviu-se um leve assovio. E muitas gargalhadas - da delegação sul-africana, da plateia, formada por 30 jornalistas, e do próprio governador.

Fonte: Folha OnLine

Decisão de Arruda encerra processo de impeachment na Câmara Legislativa


Com a decisão do governador cassado, José Roberto Arruda (sem partido), de não recorrer da decisão do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), a Câmara Legislativa do Distrito Federal vai encerrar os processos de impeachment e de concessão de autorização para que o STJ (Superior Tribunal de Justiça) processe Arruda por falsidade ideológica. Segundo o relator do processo de impeachment na comissão especial da Câmara Legislativa, deputado Chico Leite (PT), o julgamento político do ex-governador será extinto tão logo o TRE dê o processo por encerrado (o fim do prazo foi às 19h desta segunda-feira), para que Arruda recorresse da cassação de seu mandato, decidida pelo próprio tribunal no último dia 16.

Decretada a vacância definitiva do cargo e não havendo mais possibilidade de recurso, Leite deverá apresentar à CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) e à Comissão Especial da Câmara um novo relatório declarando extinto o processo de impeachment. Como Arruda não estará mais à frente do Executivo local, o STJ também não mais dependerá de autorização da Câmara para processá-lo. Ou seja, ao deixar a vida pública, Arruda terá que responder aos processos criminais como cidadão comum. As duas ações penais que o STJ pretendia instaurar contra ele passam agora para a alçada do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, ao qual caberá o julgamento das denúncias feitas pelo MP (Ministério Público). De acordo com o Ministério Público, Arruda usou notas fiscais falsas para justificar a compra de panetones com os R$ 50 mil que recebeu do ex-secretário de Relações Institucionais Durval Barbosa. A cena aparece em um vídeo gravado pelo ex-secretário. Além disso, o STJ espera processar Arruda pela tentativa de suborno do jornalista Edson Santos, o Sombra, para que este desqualificasse as denúncias que originaram a Operação Caixa de Pandora. Na operação, a Polícia Federal desvendou um suposto esquema de corrupção que seria chefiado pelo então governador.

Para o deputado Chico Leite, é necessário corrigir urgentemente a legislação eleitoral brasileira, na qual aponta uma "estranha contradição". "Com a condenação do TRE, ele [Arruda] só perde o mandato, mas ganha um álibi para se livrar de responder pelos crimes político-administrativos." Segundo Leite, se fosse considerado culpado por esses crimes, Arruda perderia os direitos políticos. "Ou seja, a condenação por um ilícito eleitoral, que tem menos efeito jurídico, acaba importando na absolvição por atos mais graves", afirmou o deputado.

Fonte: Agência Brasil

O Caso Google versus China - China acusa Google de ter violado promessa escrita

O governo chinês acusou o Google de ter "violado sua promessa escrita" e afirmou que "é totalmente incorreto" que a empresa detenha a censura às buscas de internet em chinês, informou hoje um porta-voz do Escritório de Informação do Conselho de Estado. A acusação foi feita em resposta ao anúncio feito nesta segunda-feira pela empresa, que vai deixar de censurar suas buscas na China e redirecionar os internautas a seu portal de Hong Kong. Desde segunda-feira os visitantes do "google.cn" são automaticamente enviados para o "google.com.hk", de Hong Kong. Com isso, a companhia pretende fugir das restrições de censura impostas pelo governo do gigante asiático, que é o maior mercado da internet, com 384 milhões de usuários.

"O Google violou a promessa escrita que fez quando entrou no mercado chinês ao deter o filtro de seu serviço de busca", ressaltou o funcionário, que ainda acusou a empresa de ter insinuado supostos ataques de 'hackers'. A empresa, responsável por mais de 30% das buscas na Internet do país, aceitou há quatro anos aplicar um filtro para operar dentro da China, o que foi criticado pelas organizações de defesa dos direitos humanos.

da Folha Online

Governador CID GOMES faz Chacota com Exame de Próstata

NE - Uma Infeliz declaração...

O governador Cid Gomes fez uma declaração que chamou a atenção não só dos homens , mas também de toda a sociedade que lá estava no município de Tianguá na última sexta feira(19). O Profissional que cuida de doença da próstata virou chacota pelo governador, muita gente lamentou o discurso que causou preocupação em muitas pessoas, principalmente nos homens que ali estavam.

'..... Infelizmente na próstata, ainda não inventaram um aparelho que gere uma imagem, ai tem que ser o velho dedão, ai dentro,.... só é ruim nesta história quando o caba se apaxona pelo médico e ai quer tá lá duas ou três vezes na semana pedindo a opinião e dizendo que não está satisfeito com o diagnóstico que o médico dá...'.

Ao final Cid Gomes disse que era só pra descontrair.

Fonte: Santa Quitéria Noticias

Cientistas comprovam que Alunos aprendem melhor à Tarde


Escola britânica muda horário das aulas e reduz faltas em 8%. Aulas começam às 10h; cientistas monitoraram experimento e dizem que alunos aprendem melhor à tarde.

BBC - LONDRES - Uma escola britânica que decidiu iniciar as aulas uma hora mais tarde como parte de um experimento cientifico afirma ter registrado uma queda significativa nos índices de ausência dos alunos. A escola de ensino secundário Monkseaton High School, em Newcastle, no norte da Inglaterra, tem 800 alunos com idade entre 13 e 19 anos. Desde outubro do ano passado, as aulas começam às 10h em vez das 9h. A escola permanece aberta entre 8h e 17h e as aulas são dadas entre 10h e 15h40. As observações iniciais indicam que as faltas gerais caíram 8% desde a adoção da medida. No mesmo período, as ausências persistentes tiveram uma queda de 27%. Segundo o diretor Paul Kelley, a mudança no horário das aulas pode ajudar a criar adolescentes "mais felizes e mais bem educados". "Podemos ajudá-los a aprender melhor. Podemos ajudá-los a ficarem menos estressados simplesmente mudando o horário das aulas", disse.

Relógio biológico
O diretor afirmou ainda que exames médicos já comprovaram que o adiamento no horário de início das aulas se enquadra melhor à saúde física e mental de jovens nessa faixa etária. Segundo ele, os adolescentes aprendem melhor no período da tarde. O experimento de adiar o horário do início das aulas foi supervisionado por cientistas, que monitoraram o efeito da mudança sobre os alunos. Um desses cientistas, o professor de neurociência da Universidade de Oxford, Russell Foster, realizou testes de memória nos alunos da escola. Segundo ele, os resultados sugerem que as lições mais difíceis devem ser ensinadas no período da tarde. Foster afirmou ainda que o relógio biológico dos humanos pode ser alterado na adolescência - o que poderia significar que esses jovens querem acordar mais tarde não porque são preguiçosos, mas porque estariam programados para fazê-lo. De acordo com o especialista em sono Till Roennenberg, é um "absurdo" começar as aulas cedo.

"Isso está relacionado ao modo como nosso relógio biológico se ajusta aos ciclos de claridade e escuridão. Isso claramente se torna mais tarde na adolescência", disse. Segundo ele, ao acordar muito cedo, os adolescentes perdem a parte mais essencial do sono. "O sono é essencial para consolidar o que se aprendeu", disse. A escola afirmou que vai decidir antes do próximo ano letivo se vai dar continuidade ao programa. Os resultados finais sobre o experimento na instituição de ensino serão publicados em uma revista científica no próximo ano.

Fonte: BBC - Através da Folha Online
conto com a sua presença!!
Publicar postagem

COPA SÃO JOSÉ: DECISÃO DIGNA DE UMA TARDE DE MIRANDÃO,SÓ QUE O PUBLICO É SUPERIOR...Wilson Bernardo.

NE - Matéria repostada hoje, dia 23 de Março de 2010 na Página Principal.

Em manhã chuvosa de Domingo e abençoado pelo Santo Padroeiro da chuva, se realizou no campo do esporte clube, localizado no bairro Seminário a final da VII Copa São José de Futebol,entre as equipe do Scorpio e Kariri Ovos,manhã nublada, e repleta de autoridades politicas do nosso município,assim como pessoas comuns,que faz com que a festa seja um grande sucesso.

SCORPIO
0X0 KARIRI OVOS
(No tempo normal)

SCORPIO 4X3 KARIRI OVOS (Em cobrança de penaltis)

SCORPIO CAMPEÃO DA SÉTIMA COPA SÃO JOSÉ
KARIRI OVOS Vice-Campeão
Raimundo Filho,Vice-Prefeito do Crato,representando Samuel Araripe,entrega o troféu ao campeão SCORPIO,conquista essa muito valorizada.
O vereador Nadelson (Dedé da Granja),sempre ajudando o esporte amador,entrega o troféu de vice-campeão ao KARIRI OVOS.

O publico presente,e sem caixa 3,pra mais de mil espectadores.
A equipe da Radio Araripe,presente e transmitindo ao vivo,como nos bons tempos do Satélite,em cima de um caminhão da G7,a várzea resiste ao tempo.
Roberto da banca calçadão,Joaquim Portugal,Arnaldo Brito e Dedé da Granja,figuras ilustre.
Raimundo Filho e Raimundo Neto,se divertem na sabedoria de que a periferia é só felicidade.
AQUI O PUBLICO NÃO É DE 60O E NEM DE 300 É DE 1000
Penalidades,uma festa para o torcedor.
É só alegria e muita manguaça na cabeça...
Wilson Bernardo(Texto & Fotografia)

Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30