xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 14/03/2010 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

14 março 2010

A Lei das 3 Peneiras - Para os Escritores do Blog Refletirem !


O que você vai publicar passa pela Lei das 3 peneiras ?



Uma Filosofia de Vida

Prezados escritores. Há tempos eu procuro um texto sobre a Lei das 3 peneiras, que gostaria que todos os escritores do nosso Blog e de outros sites pudessem ler e refletir. Muita coisa se publica, mas tudo é útil ?

As 3 peneiras de Sócrates!!!

Um rapaz procurou Sócrates, o sábio grego, e lhe disse que precisava contar algo sobre alguém. Sócrates ergueu os olhos do livro que lia e perguntou:

- O que você vai me contar já passou pelas três peneiras?
- Três peneiras?
- Sim. A primeira peneira é a VERDADE. O que você quer contar é um fato? Caso você apenas tenha ouvido falar, a coisa deve morrer por aí mesmo. Suponhamos, então, que seja verdade. Deve agora passar pela segunda peneira: a BONDADE. O que você vai contar é coisa boa? Ajuda a construir ou destruir o caminho, a reputação do próximo? Se o que você vai contar é verdade, e coisa boa, deve passar ainda pela terceira peneira: a NECESSIDADE. Convém contar? É realmente importante a divulgação desta informação? Resolve alguma coisa? Ajuda a comunidade? Pode melhorar o mundo?

E arremata Sócrates:

- Se passar pelas três peneiras, conte! Tanto eu, como você iremos nos beneficiar. Caso contrário, esqueça e enterre tudo. Será uma fofoca a menos para envenenar o planeta e fomentar a discórdia.

Por: Dihelson Mendonça

PESQUISA DIZ QUE DILMA JÁ ESTÁ NA FRENTE DE SERRA - Por Dr. Valdetário.

De acordo com informações já do conhecimento do partido, o PSDB saiu-se mal em uma pesquisa nacional de intenção de voto a ser divulgada na quarta-feira. Ela mostra um empate técnico de José Serra e Dilma Rousseff, mas com a petista 1 ponto porcentual à frente. A pesquisa foi feita entre 5 e 10 de março com 2002 pessoas em 142 municípios.

Outra pesquisa, desta vez encomendada pelo PT, foi levada ao Planalto na sexta-feira. Deu pela primeira vez Dilma Rousseff 3 pontos à frente de José Serra. De Lauro Jardim na revista Veja.


Fisgado do Blog: Os amigos da presidente Dilma.

Crato há 150 Anos

Por : J. Flávio Vieira







Há exatos 150 Anos, em 14 de Março de 1860, o pintor José dos Reis Carvalho, do Alto do Barro Vermelho, debuxou o mais importante registro iconográfico do Crato no Século XIX, a aquarela que se vê acima e que é uma das obras mais importantes do Museu do Crato, o texto abaixo é uma homenagem à sua memória.




José dos Reis Carvalho : Os Olhos do Cariri







“Grandes baixos-relevos servem de friso a um intercolúnio dórico grego, que, indo de nível ao grande soco do templo, produzem um efeito admirável: estes baixos-relevos representam troféus de armas antigas, e o que há de mais notável, além da composição variada e fidelidade do caráter, é a perfeita ilusão que causam, vistos à certa distância; honra seja dada ao Sr. Professor José dos Reis Carvalho, e honra a M. Debret, que deu ao Brasil um artista tão distinto.”
(Coroação e Sagração de D. Pedro II)
“Jornal do Commercio” de 20 de julho de 1841



“Os (artistas plásticos) que mostraram maiores possibilidades foram Francisco Pedro do Amaral, pintor e arquiteto, que decorou os palácios imperiais e executou os belos frescos da sala dos filósofos na Biblioteca Nacional, bem como os arabescos do palácio de D. Maria; Cristo Moreira, pintor de marinha e professor de construção naval; Simplício, professor dos príncipes, excelente retratista; José dos Reis Carvalho, paisagista e professor de desenho na Escola Militar e José dos Reis Arruda, secretário da Academia de Belas-Artes. E talvez me seja permitido colocar-me entre os meus condiscípulos, eu que vim a Paris para aperfeiçoar-me.”
Jean Baptiste Debret(1768-1848). Viagem Pitoresca e Histórica ao Brasil



“A maior das coleções de aves depositadas no MUSEU NACIONAL DO RIO DE JANEIRO no século passado teve origem nos trabalhos da Comissão Científica de Exploração pelo Estado do Ceará e deu entrada na instituição em meados de 1862. A própria biblioteca do MNRJ teria sido iniciada julho de 1863 com volumes antes pertencentes ao patrimônio da Comissão (Cunha, 1966). A Comissão foi a primeira das iniciativas genuinamente brasileiras que objetivou explorar as riquezas naturais do país”.
José Fernando Pacheco (Atualidades Ornitológicas, No. 67 e págs 6-7)




José dos Reis Carvalho (1800-1872?) certamente foi um artista plástico da maior nomeada. Aluno do grupo de 21 alunos fundador da Classe de Pintura da Academia Imperial de Belas Artes(1826) e discípulo de Jean Baptiste Debret(1768-1848)[1]. Na exposição de mestres e alunos organizada por Debret em 1828 expôs quatro obras: Prisão (pintada no teatro, a partir de uma cena do balé Usurpador Punido, de Montani), segunda Prisão, essa copiada de Debret, Marinha, também cópia de Debret, e um Grupo de Frutas e Flores do País, no gênero em que tanto se destacaria. Das Exposições Gerais de Belas Artes participou Reis Carvalho raramente, exibindo trabalhos na de 1843 e na de 1865, ocasião em que lhe foi concedida medalha de ouro, distinção idêntica à recebida por Pedro Américo. Tão importante foi o Reis que se o vê citado na epígrafe deste artigo pelo próprio Debret na sua Viagem Pitoresca e Histórica ao Brasil(1834 – 1839) e em artigo sobre a Coroação e Sagração de D. Pedro II, quando sua arte inundou de cores e baixo-relevos a varanda do paço imperial. Sabe-se , também, que o Carvalho foi tenente e professor de Desenho na Escola da Marinha.Saiu do seu pincel um quadro muito conhecido “A Estrela de Caxias” demonstrando a passagem de um cometa no Rio de Janeiro em 1863(Figura 1). Por incrível que possa parecer, muitos mistérios rondam a sua biografia. Há indícios históricos demarcando o nascimento em 1800, no Ceará e falecimento, no interior do Rio de Janeiro, em 1872, embora existam relatos de trabalhos seus datados de 1884, denotando que o nosso pintor teve uma longa e produtiva existência.
Além da suposta nacionalidade cearense , um fato histórico une a trajetória de Reis Carvalho intimamente aos nossos verdes mares bravios. Ele foi o pintor oficial da “Comissão Científica Exploradora”. Em 1856, sob a iniciativa do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (IHGB), do Rio de Janeiro, criou-se uma comissão de engenheiros e naturalistas com a finalidade de explorar as regiões mais recônditas do Império, colhendo material com que pudesse engrandecer o Museu Nacional e, por outro lado, investigar a possibilidade de jazidas de minerais preciosos. Essa expedição científica, batizada pela imprensa oposicionista, de «Comissão das Borboletas», escolheu como palco inicial de seus trabalhos a província do Ceará . As sessões do IHGB - da qual costumeiramente tomava parte S.M. O Imperador Pedro II - foram o ponto de partida para a estruturação da «Commissão Scientífica de Exploração», formada , oficialmente, em 17 de julho de 1856. Além de Carvalho, compunham a Comissão: Seção de Botânica e presidência geral da Comissão, Dr. Francisco Freire Alemão( 1797-1874 ); Seção de Mineralogia/Geologia, o Dr. Guilherme Schüch Capanema(1824- 1908) ; Seção de Zoologia, Manuel Ferreira Lagos(1816-1871); Seção Astronômica/Geográfica, Giacomo Raja Gabaglia(1826-1872) e, finalmente, na Seção Etnográfica e Narrativa da Viagem ,o príncipe dos poetas brasileiros, o maranhense Antonio Gonçalves Dias(1823-1864), além de um volumoso número de auxiliares. Como se pode facilmente depreender, escolheu-se a nata científica da época, nas diversas áreas para compor a Comissão Científica.
A Comissão aportou em Fortaleza em 04/02/1859 e após seis meses de permanência na capital, onde os membros das várias seções empreendiam excursões às serras próximas, foi realizada a primeira viagem ao interior na segunda quinzena de agosto. Segundo itinerário divulgado por Freire Alemão (1862, vide Fac-Símile do Relatório Final , Figura 2) e citado por Pacheco foram as seguintes localidades visitadas com as respectivas datas: em 16 de agosto as seções botânica e zoológica saíram da cidade de Fortaleza com destino à cidade de Aracati(Figura 3),

onde chegaram em 27 do mesmo mês e aí permaneceram por vinte e três dias. Em meados de setembro, aproveitando as ribeiras do Jaguaribe, adentraram até a cidade de Icó, onde chegando no dia 7 de outubro estacionaram por quarenta dias. Neste trajeto fizeram parada em Pedras Russas , atual Russas(Figura 4 ).


A seguir visitaram por doze dias a localidade de Lavras da Mangabeira(Figura 5).
Deixando Lavras em 3 de dezembro chegaram em Crato no dia 8 onde se fixaram até abril de 1860. Neste período aproveitaram para explorar detidamente a Chapada do Araripe, realizando breves visitas no lado pernambucano da região dos Cariris. Em maio partiram de Crato em direção à Serra do Baturité atravessando o centro do Ceará, com paradas em Assaré, Saboeiro, Tauá, Serra Grande (divisa com o Piauí), Inhamuns, Mombaça e Quixeramobim. Entre junho e agosto exploraram a Serra de Baturité. Somente em 9 de outubro de 1860 a Comissão tomou o destino do oeste para explorar a região limítrofe com o Piauí, em sua segunda peregrinação. Em 1º de dezembro alcançaram Viçosa do Ceará - na época Vila Viçosa - onde permaneceram todo o mês com o intuito de explorar a região da serra do Ibiapaba. Em seguida exploraram a serra de Meruoca (2 de janeiro de 1861), os arredores de Sobral (9 de janeiro) e vizinhanças de Canindé (29 de janeiro). Em fevereiro retornaram à serra de Baturité onde permaneceram trabalhando até o dia 17 de maio. A Comissão, pois, percorreu detalhadamente inúmeros recantos geográficos do Ceará e seus trabalhos se estenderam por dois anos e cinco meses: de 26 de Janeiro de 1859 a 13 de Julho de 1861, tendo saído da paleta de José dos Reis Carvalho o registro artístico de toda viagem.
A passagem da Comissão Científica pelo Crato, de 8/12/1859[2] a Abril de 1860, remexeu um pouco com o provincialismo da Vila de Frei Carlos. A todos marcou a simplicidade dos nossos cientistas, contrastando com a arrogância do feudalismo local. João Brígido , fundador do nosso primeiro jornal: “O ARARIPE”[3] , fez-se cicerone dos visitantes: Francisco Freire Alemão[4], Manuel Ferreira Lagos, João Pedro Villa Real, Lucas Antonio Villa Real, Guilherme Schütz de Capanema, João Martins da Silva Coutinho, Giacomo Raja Gabaglia, Soares Pinto Rabelo, Borges de Castro, Antonio Gonçalves Dias e Manuel Freire Alemão de Cisneiros( Médico). Brígido, profundo conhecedor da história caririense, instrumentou a Comissão de inúmeras e preciosas informações sobre o modus vivendi sulcearense. Gonçalves Dias apaixonou-se pelo verde e pelas fontes prazerosas dos nossos pés de serra , tendo inclusive pensado em comprar terras no Crato, sonho que, infelizmente, não se pode tornar realidade, talvez até porque a morte já o espreitasse e tenha calado sua voz apenas quatro anos depois da sua visita ao Cariri. Algumas das descobertas feitas pela Comissão Científica por aqui foram publicadas em “O ARARIPE” , como no número 212 em que se relata que Capanema encontrou algum chumbo no Sítio Fundão. Freire Alemão de Cisneiros publicou ainda artigos em que criticava a cadeia pública da cidade que julgava uma verdadeira “câmara de torturas” . Como médico descreveu ainda alguns poderes terapêuticos de plantas regionais. O “velame” citado como anti-sifilítico, levantando a possibilidade de curar carbúnculos, embora necessitasse de observações mais minuciosas.Reportou-se ainda à “jurema”, que afirmava agir especialmente “sobre o aparelho cerebral”.
Não há relatos claros sobre a presença de José Reis Carvalho em terras caririenses, possivelmente porque os artistas fossem considerados meros agregados da Comissão, uma espécie de membros do grupo de apoio. O certo é que Reis aqui esteve e deixou sua presença indelével na nossa cidade quando pintou a primeiro registro pictórico que se conhece de Crato, uma linda aquarela de 22X49cm, hoje uma peça preciosa do acervo do nosso Museu municipal (Figura 6). Nela observa-se toda a cidade a partir do Barro Vermelho e junto com sua assinatura o texto, em perfeita letra manuscrita: “Vista da Cidade do Crato em 14 de Março de 1860”[5]. Lá nos defrontamos com um Crato
provinciano novecentista : a praça, a cadeia pública, o Senado, o primeiro sobrado[6] , a Rua Grande, a Matriz com uma só torre( a outra só seria construída em 1909).Esta peça de Carvalho prima não só pela arte e perfeccionismo de um artista maior, mas pelo pioneirismo. Não bastasse isto, faz parte ainda do acervo do nosso museu uma outra belíssima aquarela de 22X63 cm da cidade de Fortaleza datada cuidadosamente de 04/02/1859, ou seja do mesmo dia em que a Comissão, historicamente, aportou na nossa Capital, vindo do Rio. Reis ainda subscreveu-a: “Vista exterior da Cidade de Fortaleza, copiada a bordo do vapor Tocantins à chegada da Comissão Científica por José Reis Carvalho em 4/02/1859” . Existe ainda uma outra importante obra no nosso Museu , feita pelo Reis, em mal estado de conservação, um Desenho a Lápis de 20X56cm do vilarejo “Parahyba do Norte”, atual João Pessoa e à esquerda grafado: Cabedelo e datada de 1861, pintada, certamente, na viagem de volta da Comissão mui provavelmente o esboço de uma aquarela a ser finalizada posteriormente.
A importância de histórica do trabalho de Reis Carvalho é inequívoca. Não há qualquer gravura representativa da cidade do Crato, anterior à sua. A Comissão tirou muitas fotografias na viagem ( tecnologia que tinha sido desenvolvida, mui recentemente, na década de 1840). Um episódio misterioso e trágico, no entanto, fez com que todo o acervo se perdesse. Capanema, na região norte do estado, nas proximidades de Granja ,embarcou roupas, aparelhos científicos , notas , apontamentos , livros e quatro álbuns fotográficos, no iate “Palpite”. Quando navegava para Fortaleza, levando consigo o valioso material, na altura de Barrinha, o barco afundou em 13/03/1861. Junto naufragou uma importante fatia da história do nosso estado. Assim, a fotografia mais antiga, denotando panoramas da nossa cidade, que eu conheça, data de 1889.
O Museu Histórico Nacional, ciente da importância do nosso pintor, produziu a exposição itinerante "Memória Cearense", com reproduções fotográficas de aquarelas e desenhos de José dos Reis Carvalho. São 32 pranchas, sendo 15 aquarelas e 17 desenhos, realizados por José dos Reis Carvalho no período de agosto de 1859 a julho de 1861, que documentam a paisagem e o cotidiano de inúmeras cidades do Ceará.Possivelmente, a maior parte dos trabalhos que foram coletados por Renato Braga no seu clássico “História da Comissão Científica de Exploração” . A saber: 1- “N.Sra. da Conceição do Outeiro”; 2-“Missões do Padre Agostinho, junto à Igreja de N. Sra. Da Conceição”; 3- “Paiol da Praia”; 4- “Matriz de N. Sra. Da Conceição na Villa de Cascavel(1859)”; 5-“N.Sra. do Ó, na Villa de Cascavel(1859); 6-“Matriz da Villa de Aracati(1859)”; 6-“Casa da Câmara e Cadeia na Cidade de Aracati(1859); 7- “Morro do Cumbe, Aracati(1859); 8-“Moinho de Vento, Aracati(1859);9- “Igreja de N. Sra. Do Rosário, Aracati(1859);10- N. Sra. Dos Prazeres, Aracati(1859);11- “Matriz da Cidade de Aracati”; 12- “Igreja do Bonfim, Aracati”; 13- “Serra do Areré, à margem esquerda do Jaguaribe”; 14- “Entrada da Caverna da Serra do Areré(1859); 15-“Estação de Carros no Sertão”; 16- “Jequi, povoação no distrito de Aracati(1859)”; 17-“Pedra Russas I (1859)”; 18- “Pedra Russas II”; 19- “Pesca das Piranhas em Russas(1859)”; 20-“Igreja Matriz na Cidade de Russas(1859)”; 21-“Tabuleiro da Areia, Russas(1859)”; 22- “Boa Vista- povoado e capela na freguesia do Riacho do Sangue(1859); 23-“Povoado de Jaguaribe-Mirim(1859)”;24-“Vila e Freguesia de Pereiro(1859)”; 25-“Boqueirão de Lavras”; 26- “Villa de S. Vicente Ferreira das Lavras da Mangabeira”; 27-“São Benedito , na Venda Grande”; 28-“N. Sra. Do Rosário, na Villa de Tauá(1860)”; 29- “Lugar chamado Fortaleza, em Sobral(1861)”; 30-“Barriga, Serra Pedregosa, a leste de Sobral(1861)”; 31- “Cerca de Caiçara ou Mourão”;32- “Cerca de Mourão furado, cerca de pau a pique, cerca de talo em pé, cerca de caiçara”; 32-“Igreja, sem referência(Figura 7)”[7]; 33- “Casa sem referência”; 34- “Casarões sem referência”; 35- “Pedra sem referência”; 36-“Casa com mulheres sentadas, sem referência” ; 36- “Figura humana com pilão ao canto, sem referência”.

Muito provavelmente as três pinturas presentes no Museu de Crato são totalmente desconhecidas do mundo artístico e sequer são citadas como integrantes do acervo do pintor. São estas três , também, as mais esmeradas do todo que restou da Comissão Científica.Duas aquarelas e um desenho a lápis grandes e panorâmicos das três cidades e, ao menos as aquarelas, em bom estado de conservação. O Crato possui, assim , sem que ao menos o saiba, um tesouro no seu Museu e precisa cuidar na sua preservação uma vez que tantas obras importantes foram já surrupiadas sem que se tenha tomado nenhuma providência legal no sentido de recuperá-las.
José Reis de Carvalho, pintor renomado no Império ,esmerou-se em criar a primeira gravura que se conhece da cidade de Crato. A Capital da Cultura não faz jus a seu pioneirismo. Nenhuma homenagem foi prestada ao nosso pintor. Em 2010 se comemora o sesquicentenário da vinda da Comissão Científica Exploradora ao Cariri. O Crato pode se redimir um pouco do descaso histórico. Montemos uma programação comemorativa, instalemos aqui, em parceria com o Museu Histórico Nacional, a ”Exposição Itinerante Memória Cearense” , acoplando as três mais importantes obras de Reis, pertencentes ao nosso Museu. Inauguremos ainda uma galeria permanente com o nome do grande pintor José dos Reis Carvalho. Seus olhos embevecidos fixaram a imagem mais duradoura do Crato, no Século XIX e a transferiram para a tela , nos permitindo admira-la, hoje, com aquele mesmo enleio e encanto que assaltaram a Comissão Científica ao ver desfraldar-se a verdejante chapada com suas fontes límpidas e cristalinas, banhando aqueles idos memoráveis de 1860.

NOTAS

[1] Foram seus colegas, segundo Renato Braga : José de Cristo Moreira, Francisco Pedro do Amaral, Manuel de Araújo Porto-alegre, Francisco de Sousa Lobo e Alphonse Falcoz.
[2] Irineu Pinheiro em Efemérides do Cariri cita a data de chegada da Comissão como 25/01/1860, possivelmente data mais provável, uma vez que depreendida de “O ARARIPE”.
[3] Jornal fundado por Brígido em 17/06/1857, segundo Irineu Pinheiro
[4] Freire Alemão permaneceu em Crato apenas até 08/03/1860, tendo retornado prematuramente a Fortaleza, por motivo de doença, segundo Irineu Pinheiro em obra citada.
[5] Segundo informações do Museu de Crato as obras foram doadas pelo grande pintor Bruno Pedrosa. J. Lindenberg de Aquino aventou pudessem as telas terem sido trazidas para Crato sob a influência do Senador José Martiniano de Alencar, versão improvável uma vez que o senador faleceu em 15/03/1860, quando a Comissão ainda estava no Cariri e apenas um dia após Reis Carvalho ter pintado a célebre aquarela em que retratou, definitiva e pioneiramente, a Vila de Frei Carlos. Existem ainda muitas versões fantasiosas sobre a aquisição das obras.
[6] Sobrado pertencente ao Cel .Antonio Luiz Alves Pequeno II inaugurado , segundo Irineu Pinheiro, em 16/08/1857.
[7] A Igreja registrada por Reis e que se vê na Figura 7 trata-se, mui provavelmente , da antiga Matriz de Arneiroz, na opinião do pesquisador Pe. Antonio Teodósio Nunes que a conheceu com iguais características(Campanário e Sino exteriores e frontispício recortado em estilo rococó) , antes da sua demolição.




BIBLIOGRAFIA

Braga, Renato, História da Comissão Científica de Exploração, Fortaleza: Edições Demócrito Rocha, 2004.

Pinheiro, Irineu, Efemérides do Cariri, Fortaleza: Imprensa Universitária do Ceará, 1963.

Pacheco, José Fernando
http://www.ib.usp.br/ceo/historia/comis.htm

Museu Histórico Nacional
http://www.museuhistoriconacional.com.br/mh-i-01b.htm

Freire Laudelino, 1816-1916 , Um Século de Pintura http://www.pitoresco.com.br/laudelino/reis_carv.htm

Projeto Memória de Leitura
http://www.unicamp.br/iel/memoria/Acervo/Debret%201816.htm

Coroação e Sagração de D. Pedro II
http://www.resenet.com.br/historia18.htm

Jornal da Ciência
http://www.jornaldaciencia.org.br/Detalhe.jsp?id=28492

Sociedade Brasileira de Cartografia
http://www.cartografia.org.br/boletim/Boletim51.pdf

Portal da História
http://www.arqnet.pt/portal/biografias/debret.html

Revolução Farroupilha
http://www.arqnet.pt/portal/biografias/debret.html

Psicologia No Cotidiano – Homossexualidade- Por César Mousinho.


A homossexualidade é uma das três principais categorias de orientação sexual, juntamente com a bissexualidade e a heterossexualidade, sendo também encontrada em muitas espécies animais. A prevalência da homossexualidade entre os humanos é difícil de determinar com precisão;na sociedade ocidental moderna, os principais estudos indicam uma prevalência de 2% a 13% de indivíduos homossexuais na população,enquanto outros estudos sugerem que aproximadamente 22% da população apresente algum grau de tendência homossexual.Ao longo da história da humanidade, os aspectos individuais da homossexualidade foram admirados ou condenados, de acordo com as normas sexuais vigentes nas diversas culturas e épocas em que ocorreram. Quando admirados, esses aspectos eram entendidos como uma maneira de melhorar a sociedade;quando condenados, eram considerados um pecado ou algum tipo de doença, sendo, em alguns casos, proibido por lei. Desde meados do século XX a homossexualidade tem sido gradualmente desclassificada como doença e descriminalizada em quase todos os países desenvolvidos e na maioria do mundo ocidental. Entretanto, o estatuto jurídico das relações homossexuais varia muito de país para país. Enquanto em alguns países o casamento entre pessoas do mesmo sexo é legalizado, em outros, certos comportamentos homossexuais são crimes com penalidades severas, incluindo a pena de morte.
Os estudos de Freud, no início do séc. 20, jogaram um pouco de luz nas causas da homossexualidade. Para o pai da psicanálise, três fatores parecem determinar o homossexualismo: a forte ligação com a mãe, a fixação na fase narcísica e o complexo de castração. No primeiro, o homossexualismo teria início devido a uma forte e incomum fixação com a mãe o que impediria essa pessoa de se ligar a outra mulher. O segundo fator, o narcisismo, faz com que a pessoa tenha menos trabalho em se ligar ao seu igual que em outro sexo. A estagnação na fase narcísica faria com que "o amor fosse para eles sempre condicionado por um orgão genital semelhante ao deles" (Ferenczi). O terceiro fator, aponta problemas relativos à travessia da castração, isto é, sofrimentos relativos as perdas e a idéia de morte que deixariam a pessoa acomodada ou acovardada na sua psicossexualidade. Em verdade, não podemos escapar do fato de que somos todos ambissexuais. Esse termo proposto por S. Ferenczi, em 1914, é ainda útil para exprimir que a criança, num certo estádio do seu desenvolvimento normal, manifesta sentimentos anfieróticos, quer dizer, ela pode transferir sua libido ao mesmo tempo para o homem (o pai) e para a mulher (a mãe). Observa-se em qualquer cultura do mundo -- incluso também a nossa -- que as pessoas tendem a ter atração pelo mesmo sexo e se distanciam do sexo oposto, ou seja, as amizades são mais fáceis de acontecer entre homens e só de mulheres entre si. Não faz muito tempo, as escolas separavam salas de aulas só de meninas e outras só com meninos, numa evidente opção institucional e inconsciente pela "homossexualidade". Até hoje, no interior brasileiro, assim como no mundo oriental, os hindús, os árabes, se sentem mais próximos dos homens que de mulheres. Nessas culturas, não há preconceito quanto a homossexualidade, vista nos grupos de danças, nas rodas de jogos, nas conversas e brincadeiras. Esses grupos se organizam segundo as regras da homossexualidade (quer dizer: "igual sexo") e, no entanto, ao que parece não chegam a ser homossexuais. Por quê? Talvez pelo complexo de castração, o terceiro fator acima proposto pela psicanálise.

De qualquer forma, ainda não foram respondidas a contento as questões: por que algumas pessoas tem preferências ou tendências homossexuais? Será que o homossexualismo não passa de uma espécie de inveja do outro sexo; que deseja ter o jeito do outro sexo? Ou, seu desejo primeiro é não ter desejo, nem ser "macho", nem "fêmea", mas de ser o terceiro sexo? Qual o limite da determinação genética quanto a homossexualidade e o homossexualismo? E a influencia desta com os fatores ambientais e a significação atribuída ao próprio sujeito desejante? No momento, os estudiosos parecem estarem de acordo em somente um ponto: não há uma única causa quanto ao que determina o homossexualismo.
Homossexualidade (grego homos = igual + latim sexus= sexo) refere-se ao atributo, característica ou qualidade de um ser — humano ou não — que sente atração física, emocional e estética por outro ser do mesmo sexo. Como uma orientação sexual, a homossexualidade se refere a "um padrão duradouro de experiências sexuais, afetivas e românticas principalmente entre pessoas do mesmo sexo"; "o termo também refere-se a um indivíduo com senso de identidade pessoal e social com base nessas atrações, manifestando comportamentos e aderindo a uma comunidade de pessoas que compartilham da mesma orientação sexual."
A homossexualidade é uma das três principais categorias de orientação sexual, juntamente com a bissexualidade e a heterossexualidade, sendo também encontrada em muitas espécies animais. A prevalência da homossexualidade entre os humanos é difícil de determinar com precisão; na sociedade ocidental moderna, os principais estudos indicam uma prevalência de 2% a 13% de indivíduos homossexuais na população, enquanto outros estudos sugerem que aproximadamente 22% da população apresente algum grau de tendência homossexual.
Ao longo da história da humanidade, os aspectos individuais da homossexualidade foram admirados ou condenados, de acordo com as normas sexuais vigentes nas diversas culturas e épocas em que ocorreram. Quando admirados, esses aspectos eram entendidos como uma maneira de melhorar a sociedade; quando condenados, eram considerados um pecado ou algum tipo de doença, sendo, em alguns casos, proibido por lei. Desde meados do século XX a homossexualidade tem sido gradualmente desclassificada como doença e descriminalizada em quase todos os países desenvolvidos e na maioria do mundo ocidental. Entretanto, o estatuto jurídico das relações homossexuais varia muito de país para país. Enquanto em alguns países o casamento entre pessoas do mesmo sexo é legalizado, em outros, certos comportamentos homossexuais são crimes com penalidades severas, incluindo a pena de morte.
Muitas pessoas homossexuais escondem seus sentimentos e atividades por medo de reprovação ou de violência por parte da sociedade; a expressão mais comum usada para pessoas nesta situação é "no armário". Já quando pessoas homossexuais ou bissexuais resolvem divulgar sua orientação sexual para seus amigos e familiares, a expressão mais comum é "sair do armário". Os esforços para a emancipação da homossexualidade, como ela é compreendida atualmente, começaram na década de 1860, porém desde meados da década de 1950 tem havido uma tendência de aceleração no sentido de uma maior visibilidade, aceitação e criação de direitos civis para os gays, lésbicas e bissexuais. No entanto, o heterossexismo e a homofobia ainda persistem na sociedade, o que torna difícil para as pessoas, e principalmente para os jovens homossexuais, se sociabilizarem com os outros, podendo resultar, em alguns casos, no suicídio. Atualmente os adjetivos mais comuns em uso são "gay", para os homens homossexuais, e "lésbica", para as mulheres homossexuais, embora alguns prefiram outros termos ou nenhum. Os pais em geral deveriam educar seus filhos para uma sexualidade sadia, sem preconceitos ou sofrimentos desnecessários. Deveriam ter melhor preparo, mais esclarecimentos e sobretudo saber escutá-los nas suas dificuldades e dúvidas. Os pais de homossexuais, não mais deveriam se perguntar “ onde foi que eu errei?, mas “ Como devo proceder-me para que essa pessoa seja Feliz” porque na verdade, o amor não tem sexo.
"Quando eu estava no exército, me deram uma medalha por matar dois homens e me dispensaram por amar um" Leonard P. Matlovich
palavra “lésbica” soa como doença. O pior é que muitos homens héteros acreditam possuir a “cura”.
Denise McCanles
ΨSão Paulo 14/03/10 ArtigoIX-www.sosdrogasealcool.org-César Mousinho Ψ psicocesarmousinho@hotmail.com

Daqui a 30 dias vai começar a maior Revolução no Saneamento da História do Crato !


Excelente Notícia!!!
O POVO DO CRATO PRECISA SE PREPARAR E COLABORAR

IMG_1358

Os Cratenses estão de parabéns e DEVEM se preparar! Nos próximos dias, serão investidos 9 milhões de reais para o Saneamento e Abastecimento D'água no município. Na última Quinta-Feira dia 11, numa grandiosa audiência realizada no Teatro Municipal Salviano Saraiva, o Prefeito Samuel Araripe e o Presidente da SAAEC, Procópio da Silveira, fizeram a explanação de todo o projeto, que vai substituir cerca de 15 Kilômetros de tubulação de água do Crato nos próximos meses. Utilizando-se de DataShow e vídeos, o Engenheiro Procópio mostrou como se dará a realização passo-a-passo desse projeto arrojado que os Cratenses tanto esperam, tanto cobram, e tanto necessitam. Demonstrando um grande talento em engenharia para o trabalho que faz, além de esbanjar um conhecimento invejável acerca das ruas do Crato, Dr. Procópio conduziu a explanação por 2 horas e meia.

A bem da verdade, um dos grandes problemas do Crato ainda é a falta D´água esporádica em alguns bairros, e o constante compimento de tubulações, que já se encontram deterioradas e sofrem processo de corrosão constante. A cada rompimento de um cano, a SAAEC gasta mais de 180 reais apenas com o equipamento para substituir o anterior, sem contar com os custos operacionais. E constatou-se por exemplo, que em média, no Crato, acontecem quase 7 rompimentos por dia ( mês de Fevereiro ) !! o que representa portanto, uma despesa astronômica para o município apenas com a reposição. A abordagem da Administração Samuel Araripe é bastante clara:

"Não podemos mais adiar ter de enfrentar esse grave problema do Crato que já se arrasta por décadas. E agora que a SAAEC está bem estruturada, temos que fazer o que deve ser feito. É nossa meta que possamos trocar toda a rede de distribuição de água que se encontra deteriorada no município. Evidentemente que essa é nossa meta. Poderemos encontrar alguns percalços na sua realização completa, mas faremos o que nos estiver acessível", disse o Presidente da SAAEC Procópio da Silveira.

A POPULAÇÃO PRECISA COOPERAR - Ruas terão o Asfalto quebrado e Refeito.

Já o prefeito Samuel Araripe enfatizou em entrevista concedida ao Blog do Crato, que nesse momento, a população precisa se preparar para um verdadeiro campo de guerra. Ruas terão o asfalto quebrado por máquinas de última geração, mas isso não deixa de ser uma medida antipática, porém mais do que necessária, se quisermos avançar o Crato para décadas em desenvolvimento. Segundo Samuel:

"Neste momento, a população precisa entender que tudo que será feito, será para o próprio bem dos munícipes. É muito ruim ter de enfrentar ruas com enormes valas cheias de homens trabalhando, e desvios a serem feitos pelo Demutran, mas nosso projeto não é de hoje nem de ontem. Ele é fruto de um conjunto de Secretarias que planejaram tudo cuidadosamente visando o mínimo de transtorno para a população. É preciso agora encarar de frente esse problema grave porque atravessa o Crato, e fazer o dever de casa! E isso nós faremos, com o apoio de toda a Sociedade. Este é apenas um dos muitos projetos que serão realizados neste ano de 2010. A previsão é de 6 meses de duração... "Faremos mais algumas reuniões, mas queremos começar já dentro de 30 dias. Pedimos à população que compreenda que o que faremos, é para o bem de todos os Cratenses, e é um serviço que beneficiará o Crato por décadas.

Nota: O Blog do Crato fez a cobertura completa deste magnífico evento, que foi a completa explanação do projeto, mas durante a madrugada, enquanto redigimos este artigo, enfrentamos inúmeros problemas com a Internet, de modo que logo mais, postaremos aqui as Entrevistas e o Áudio completo da explanação muito necessária ao povo do Crato pelo Dr. Procópio Silveira e pelo Pref. Samuel Araripe.

Queremos também fazer um agradecimento ao Procópio pela gentil menção durante a palestra, do "Blog do Crato", como o Site da cidade, fonte de informações do Crato na Internet. Disse em tom descontraído: "Nós realizaremos esse projeto, porque nós somos os Guerreiros, os Índios Kariris, que o Dihelson ali gosta de escrever lá no Blog do Crato ( referindo-se a um artigo que postamos recentemente sobre os Bravos Índios Kariris aqui no Blog ) .

Cobertura Fotográfica:

Na foto abaixo: O prefeito Samuel Araripe abre a noite e faz a sua explanação:

Image1


A seguir vem o grande "Astro da Noite": Procópio Silveira

IMG_1328


2 horas e meia apresentando o projeto:

IMG_1340

Questionamentos sobre os detalhes:

IMG_1371

Os vereadores também participam das discussões e dúvidas:

IMG_1373

Para uma Platéia ligada:

IMG_1336

E participativa:

IMG_1359

Texto e Fotos: Dihelson Mendonça
Blog do Crato

Matéria publicada no dia 12 de Março de 2010

Parabéns, Sr. prefeito Samuel Araripe, pelo seu aniversário !


Quero parabenizar o Sr. Prefeito Municipal e meu grande amigo, Samuel Araripe, pela passagem do seu aniversário, comemorado ontem, dia 13 de março de 2010 com uma pequena festa-surpresa proporcionada pelos amigos e familiares em sua residência, no Parque Grangeiro.

Parabéns, Samuel. Muitas felicidades, muitos anos de vida, e muitas idéias boas para o nosso Crato. Abraços, em nome dos seus amigos aqui do Blog do Crato.

Dihelson Mendonça

Governistas agem contra nova divisão de royalties - Postado por Océlio Teixeira

Senadores governistas de Estados produtores de petróleo, como Rio de Janeiro e Espírito Santo, se articulam para derrubar na Casa emenda aprovada na Câmara que muda a divisão de royalties da exploração do petróleo, que passa a ser feita por critérios sociais

O governo vai trabalhar para derrubar no Senado a chamada emenda Ibsen Pinheiro, aprovada anteontem pela Câmara dos Deputados. A emenda divide igualmente os royalties obtidos com a exploração do pré-sal entre os municípios e os Estados, com base nos fundos de participação.

Na prática, a emenda fará com que os estados produtores de petróleo passem a receber menos - o que, por outro lado, levará Estados não produtores, entre eles o Ceará, a receber mais. O governo alega que o novo texto altera contratos que já estão em vigor e defende o critério anterior, em que os produtores recebem um percentual a mais por conta da exploração.

"Não é possível alterar contratos. Contrato é para ser cumprido. O petróleo já está sendo explorado. Mudar a regra com o jogo em andamento não é possível``, disse o líder do governo, Cândido Vaccarezza (PT-SP). ``Isso vai cair no Supremo. Ou então, o presidente Lula vai vetar``, reafirmou.

Um dos autores da emenda, o deputado Marcelo Castro (PMDB-PI) garantiu que, se o texto for vetado, os parlamentares se mobilizarão para derrubar o veto. Segundo ele, o critério social na distribuição dos royalties é mais justo. ``Uma coisa é o minério produzido no estado, outra é o minério produzido no mar. É um bem da União, de todos os brasileiros e não apenas de uma parcela``, disse.

As bancadas do Rio de Janeiro e do Espírito Santo no Senado já estão se mobilizando para derrubar a emenda. ``Nesse ponto não tem negociação``, disse Renato Casagrande (PSB-ES), que, com Francisco Dornelles (PP-RJ), vem articulando uma reunião para a próxima terça-feira (16), com o objetivo de montar a estratégia de abordagem para convencer os demais senadores a votar contra a forma de distribuição aprovada pela Câmara.

Os senadores pretendem usar inclusive o argumento de que, da forma que foi aprovada a emenda na Câmara, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva irá vetar. "Se ele vetar, é pior ainda para os estados produtores, porque volta a forma da legislação hoje em vigor, que é muito ruim para os demais estados. O que queremos é abrir o diálogo``, disse Casagrande, que conversou ontem de manhã com os governadores Sérgio Cabral, do Rio de Janeiro, e Paulo Hartung, do Espírito Santo.

A emenda Ibsen Pinheiro gerou até protestos no Rio de Janeiro. Moradores da cidade de Campos, no norte fluminense, foram às ruas protestar. A região é a maior produtora nacional de petróleo.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a BR-101 Norte (Rio-Campos), na altura do km 76, ficou totalmente interditada. Cerca de 100 manifestantes atearam fogo em pneus. Os manifestantes alegam que serão prejudicados com a redução dos recursos para a exploração do petróleo na região, o que terá consequências imediatas sobre as políticas sociais implementadas em Campos. (das agências de notícias)

Fonte: O POVO

PCdoB oficializa apoio ao deputado federal Eunício Oliveira para senador - Postado por Océlio Teixeira

O PCdoB, reunido neste sábado, não decidiu só apoiar a reeleição do governador Cid Gomes. O partido divulgou nota oficial informando que também apoia o nome do presidente regional do PMDB, deputado federal Eunício Oliveira, para o Senado. Confira o comunicado oficial que foi enviado para este Blog:

COMUNICADO

Reunida neste sábado, dia 13 de março, a Comissão Política Estadual do PCdoB analisou a evolução do quadro político nacional e estadual, marcado basicamente pelas primeiras definições do cenário em que se dará a disputa eleitoral de 2010. Como já afirmou o Comitê Estadual, em sua 3ª reunião plenária realizada nos dias 30 e 31 de janeiro último, as eleições deste ano terão caráter estratégico na medida em que vai se configurando uma batalha plebiscitária entre as forças que desejam fazer avançar o ciclo de mudanças iniciado com a eleição do Presidente Lula e aquelas forças capitaneadas pelo PSDB/DEM, que intentam fazer o país retornar ao passado de estagnação, subserviência ao império americano e abandono de políticas que beneficiam a população mais carente.

Neste sentido, a Comissão Política reforça a decisão de centrar a atuação dos comunistas nesta importante batalha política, articulando-a com sua crescente atuação nas diversas frentes dos movimentos sociais e no debate de ideias em curso na sociedade brasileira acerca da elaboração de um Novo Projeto Nacional de Desenvolvimento. Este desígnio deve ter como foco o fortalecimento da nação brasileira, a ampliação da democracia, o crescimento econômico sustentável, a redução das desigualdades regionais e a valorização do trabalho.

Há pouco menos de sete meses da eleição, o PCdoB reafirma ser imperiosa a manutenção da frente de partidos democráticos e progressistas que governa o Estado, nucleada pelo PSB, PT, PMDB e PCdoB, buscando a reeleição do Governador Cid Gomes, além da eleição de dois senadores integrantes desta frente comprometidos com a continuidade do projeto de mudanças em curso no Ceará e no Brasil. O PCdoB manifesta, ainda, sua convicção de que a composição da chapa majoritária deve refletir um justo equilíbrio de forças entre estes partidos. Diante do exposto, a Comissão Política Estadual do PCdoB no Ceará decidiu:

Considerando as postulações dos partidos aliados na composição da chapa majoritária, apresentar também o nome do advogado Hélio Leitão, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil/CE nas gestões 2004-2006 e 2007-2009, uma das novas lideranças mais expressivas da nossa sociedade e identificado com as causas populares e democráticas,

Declarar o apoio à postulação do PMDB ao indicar o deputado federal Eunício Oliveira como um dos candidatos da aliança democrática e progressista para o Senado Federal,

Por fim, sugerir aos presidentes dos partidos da frente democrática e progressista que se reúnam no início do mês de abril para avaliar a evolução do quadro político-eleitoral e avançar, conjuntamente, no rumo de definições.

Os comunistas cearenses estão seguros de que o êxito das forças comprometidas com os avanços políticos, econômicos e sociais depende fundamentalmente da unidade e do espírito democrático dos que integram a ampla aliança. Sendo assim, o momento é de estruturar uma chapa representativa capaz de galvanizar e mobilizar os cearenses em torno do objetivo de construir um estado efetivamente desenvolvido, justo e socialmente democrático.

Fortaleza, 13 de março de 2010

Comissão Política Estadual do PCdoB- Ceará.

Fonte: Blog do Eliomar
Foto – Paulo Moska

Onze Homens e uma Sentença de Morte !

Confronto com o Exército no México

Onze supostos pistoleiros do narcotráfico morreram durante confronto com o Exército no estado mexicano de Guerrero (sul), informou, neste sábado, a polícia do distrito. "Às 8h (locais, 11h de Brasília) houve um confronto em Ajuchitlán del Progreso, na região de Tierra Caliente. Onze supostos pistoleiros perderam a vida", disse à imprensa o diretor da Polícia Ministerial (investigadora) de Guerrero, Valentín Díaz Reyes. O enfrentamento ocorreu quando os militares revistavam uma casa do centro da cidade, na zona norte de Guerrero.

da France Presse, em Chilpancingo

Venezuela doará US$ 5 milhões ao Haiti

A Venezuela doará na próxima segunda-feira cerca de US$ 5 milhões ao Haiti para a reconstrução do país caribenho, devastado pelo grande terremoto de 12 de janeiro, informou hoje em Quito o chanceler venezuelano, Nicolás Maduro. "Segunda-feira, na primeira hora, o povo do Haiti terá esses recursos", indicou Maduro, que se reuniu hoje em Quito com seu colega equatoriano, Ricardo Patiño, para preparar uma reunião dos presidentes Rafael Correa (Equador) e Hugo Chávez (Venezuela). Maduro afirmou que a quantia a ser entregue é de exatamente US$ 4,912 milhões, que fazem parte da ajuda econômica de US$ 100 milhões oferecida ao Haiti pela União de Nações Sul-Americanas (Unasul).

O chanceler venezuelano destacou o esforço solidário da União Sul-Americana para o Haiti, assim como o da Aliança Bolivariana para os Povos da América (Alba). Ricardo Patiño, por sua vez, lembrou que o Equador já depositou US$ 2 milhões nas contas do Governo haitiano, como parte da ajuda inicial oferecida pela Unasul, cuja Presidência provisória é exercida pelo Equador.

da Efe, em Quito

Partidos menosprezam doação pela internet e com cartão de crédito

Nota do Blog: "Aparentemente, só funciona se forem em Malas..."

A doação pela internet e por cartões de crédito e débito ainda não empolgou os partidos políticos. A pouco mais de seis meses das eleições, nenhuma das legendas dispõe de um sistema de arrecadação online, mesmo com a legislação eleitoral permitindo a doação aos partidos durante todo o ano. A comunicação com possíveis eleitores pela internet também não parece ser preocupação dos partidos. A Folha Online enviou pelo menos dois e-mails aos 27 partidos perguntando como fazer doações pela internet. Depois de dois dias, apenas quatro --PTC, PSDC, PPS e PTdoB-- retornam a mensagem, mas nenhuma com uma resposta.

No dia 2 de março, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) aprovou resolução permitindo aos partidos e candidatos doações por meios de cartões de crédito e débito, desde que feitas por pessoas físicas. A resolução determina que as doações não podem ser financiadas, nem realizadas por cartões corporativos, empresariais ou emitidos no exterior. A mudança havia sido aprovada pelo Congresso no ano passado, mas esperava por regulamentação do TSE.

No PT, a proposta não foi levada a sério. O ex-tesoureiro do partido Paulo Ferreiro, que deixou o cargo este ano, não incentivou a criação de um sistema de doação por ser cético sobre o recurso. No PSDB, uma equipe já foi recrutada para estudar o assunto, mas nada foi feito.

A assessoria do DEM afirmou que o debate sobre questão está no "zero". O mesmo acontece no PMDB. Já o PTC demonstra desconhecer a legislação ao responder que "só em junho poderão ser feitas essas doações".

O PR afirmou que a ideia é uma inovação, mas não foi debatida na legenda. Para o PTB, o sistema de doação pela internet é considerado complicado e que a realidade brasileira não é a mesma da americana. Os dois partidos que mostram maior evolução no assunto são o PPS e PV, que já dispõem de um sistema de doação, por boleto, disponível na internet. No entanto, os sistemas estão restritos aos filiados e não permitem o uso de cartão de crédito ou débito.

Transparência

Desde 2008, o presidente do TSE, Carlos Ayres Britto, tem dado declarações de entusiasmo da ideia. "Será muito bom para a democracia, pois esse sistema poderá atrair para a política os jovens, que são grandes usuários da internet", disse Ayres Britto, em uma entrevista à Folha naquele ano. Para o ministro, a internet poderia dar mais transparência nas doações. O maior exemplo desse tipo de arrecadação é o presidente dos Estados Unidos Barack Obama. Durante a eleição, o democrata bateu todos os recordes de financiamento de campanha, arrecadando US$ 742 milhões. Ao menos 54% deste dinheiro veio de doações menores de US$ 200, geralmente feitas pela internet. Cerca de 3,5 milhões fizeram doações para Obama.

Dados do TSE também mostram que no Brasil o número de pessoas dispostas a fazer doações é baixo. Em 2006, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi reeleito com 1.319 doadores, que fizeram 1.364 contribuições. No mesmo ano, José Serra (PSDB) foi eleito governador de São Paulo com a ajuda de 55 financiadores. Em 2008, os cerca de 380 mil candidatos a prefeito e a vereador em 2008 tiveram, em média, 2,6 doadores cada um. Nas eleições anteriores, quando foram eleitos deputados, senadores, governadores e presidente, a média doadores por candidato foi de 8,6. Segundo pesquisa ONG Global Integrity, baseada em Washington (EUA), sobre política e corrupção em 35 países, um dos motivos da corrupção é o fato da Lei Eleitoral no Brasil permitir que empresas fortes e pessoas ricas tenham um poder decisivo nas eleições.

O estudo de 2009, divulgado na no mês passado, diz que as grandes empresas exercem um poder decisivo nas eleições porque as doações de campanhas são reguladas pelo tamanho das empresas. O mesmo vale para as doações pessoais, já que os limites são estipulados com base na renda pessoal. A lei limita as doações em até 2% do faturamento bruto de uma empresa no ano anterior. Pessoas físicas podem doar até 10% de sua renda bruta.

Fonte: Folha OnLine

Diário dos Terremotos: Terremoto de 7 graus atinge Ilhas Molucas

NE - Porque tem sempre um terremoto em algum lugar mais próximo de você...

Um terremoto de 7 graus na escala Richter atingiu hoje o arquipélago de Molucas, ao leste da Indonésia, sem que por enquanto tenha se registrado vítimas nem alertas de tsunami. O terremoto ocorreu às 7h57 local (20h57 de Brasília) a 132 quilômetros da cidade de Labuha, ao norte da ilha, e a 56 quilômetros de profundidade, segundo a Agência Indonésia de Meteorologia e Geofísica. Já o Serviço Geológico dos Estados Unidos, que estuda a atividade sísmica em todo o planeta, rebaixou a intensidade do tremor para 6,4 graus e situou seu epicentro a 53 quilômetros abaixo do nível do mar. A Indonésia se localiza sobre o chamado Anel de Fogo do Pacífico, uma área de grande atividade sísmica e vulcânica atingida por cerca de 7 mil tremores por ano, a maioria deles de magnitude moderada.

da Efe, em Manila
Folha Online

Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31