xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 05/03/2010 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

05 março 2010

Em SP, Serra faz discurso em tom de despedida



Governador deixou escapar possibilidade de concorrer à Presidência em outubro

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), deixou escapar nesta sexta-feira (5) a possibilidade de deixar o governo para concorrer à Presidência da República, ao participar da assinatura de contratos do programa Vila Dignidade em Avaré, no sudoeste do Estado. Discursando de improviso sobre programas de seu governo, o tucano falou como se estivesse em fim de gestão.

- Pegamos o Dose Certa com menos de 40 medicamentos e vamos deixar com mais de 70.

Ao ser perguntado se deixaria o governo, corrigiu:

- Eu quis dizer no período deste governo.

No discurso, o governador agradeceu aos prefeitos presentes, beneficiados por novos núcleos do Vila Dignidade, entre eles a prefeita de Ribeirão Preto, Dárcy Vera (DEM), e o de São José do Rio Preto, Valdomiro Lopes (PSB) e falou de projetos do seu governo para a terceira idade. Lembrou que de 1980 para cá a população com mais de 60 anos no Estado aumentou 50%. Serra recorreu ao período em que foi ministro da Saúde, no governo de Fernando Henrique Cardoso, para lembrar que instituiu a vacina contra a gripe, principalmente para idosos.

- Diminuímos em 25% as internações por problemas respiratórios.

Citou ainda o programa Quero Vida, do seu governo, que instalará centros de convivência nas cidades e já tem a adesão de 42 municípios.

- Vai para todos os lugares do Estado de São Paulo. Vocês veem que nossa preocupação é mais ampla.

Para ele, o programa Vila Cidadania é a "joia da coroa" por ser uma iniciativa nova no Brasil.

- Está plantada uma semente.



Ao antecedê-lo no palco montado no núcleo de casas, o prefeito de Avaré, Rogério Bachetti (PSDB), um dos coordenadores do partido no interior, seguiu um script de campanha.

- O José Serra faz grandes obras como o Rodoanel, com economia de mão de ferro, mas o Zé gosta de cuidar de gente. É o homem do seguro-desemprego, que popularizou o coquetel antiaids, que peitou a indústria farmacêutica do mundo inteiro e criou o genérico, e que enfrentou os poderosos do tabaco."

E arrematou, pedindo:

- Zé, faz mais disso tudo pelo resto do país.

Fonte: Agência Estado

Pena para instituição que maltratar idoso poderá ser endurecida


Tramita na Câmara o Projeto de Lei 6744/10, do deputado Silas Brasileiro (PMDB-MG), que cria uma pena em dinheiro para as casas de atendimento ao idoso que descumprirem obrigações estabelecidas no Estatuto do Idoso (Lei 10.741/03). Além da punição em dinheiro, o projeto aumenta em 1/3 a pena para o funcionário ou dirigente de estabelecimento que maltratar o idoso. Segundo a proposta, nesses casos, o estabelecimento deverá devolver em dobro os valores pagos pelo idoso, por seus familiares ou pelo responsável pelos serviços prestados. Hoje o Estatuto do Idoso já prevê detenção de dois meses a um ano e multa para a pessoa que expuser o idoso a perigo, submetendo-o a condições desumanas ou privando-o de alimentos e cuidados ou ainda sujeitando-o a trabalho excessivo. A pena é agravada em caso de lesão corporal grave ou de morte.

Obrigações

As obrigações listadas no estatuto incluem, entre outras, o fornecimento de vestuário adequado e alimentação suficiente ao idoso e a oferta de acomodações apropriadas para visitantes. Atualmente, as entidades não-governamentais que não cumprirem as determinações previstas no estatuto podem ser punidas com advertência, multa e interdição da unidade, entre outras medidas. As casas governamentais, por outro lado, poderão ter dirigentes afastados e até ser fechadas.

Omissões e negligências

Apesar das medidas já previstas, Silas Brasileiro argumenta que são frequentes os casos de omissões, negligências, imprudências e imperícias contra os hóspedes de casas de idosos, mesmo quando o serviço é pago. "Paga-se por um atendimento não oferecido, o que implica enriquecimento ilícito. É o caso, por exemplo, da cobrança relativa a remédios não ministrados", afirma o parlamentar. Tramitação - O projeto será analisado pelas comissões de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Em seguida, o texto será votado pelo Plenário.

Fonte: Agência Câmara

Homenagem a Baden Powell - Fundador do Movimento Escoteiro - Por: Alessandra Bandeira



No dia 22 de fevereiro foi comemorado no mundo inteiro o aniversario de Baden Powell, fundador do Movimento Escoteiro.

Baden-Powell , seguiu carreira militar e rapidamente foi promovido a todos os postos, sendo inclusive, o mais jovem militar a alcançar o posto de General do Exercito Britanico. Passando por ricas experiencias de vida, desde o ambiente criativo em que viveu a infancia e adolescencia, mas principalmente quando em serviço na Africa e India, onde por diversas vezes teve contato com jovens , em espoecialdurante os 217 dias em que defendeu Mafeking de um cerco, durante a Guerra do Transvaal. Quando retornou a Inglaterra, Baden-Powell começou a se preocupar em oferecer um sistema educacional aos jovens baseado em atividades ao ar livre. Aprofundou seus estudos sobre educação e , em 1907, realizou o primeiro acampamentoescoterio na Ilha Browsea
Em 1908 foi publicado o livro "Scouting for Boys" que logo se tornaria febre na juventude da época, desencandeando um Movimento que expadiu-se e alcançou rapidamente todo o mundo.
Graças a Baden-Powell o escotismo vem transformando vidas de crianças e adolescentes ao redor do mundo, prova disso é o 3ºGrupo Escoteiro Baden-Powell, aqui no Crato, que desenvolve saus atividades todos os sabados no Parque de Exposição a partir das 14 horas, de crianças a partir de 07 anos a adultos, vemos o quanto o escotismo trabalha o espirito , cidadania e a união.
Mesmo com todos as dificuldades este grupo mostra que atraves do trabalho voluntario pode-se mudar realidades. Parabéns ao Baden- Powell por criar um metodo que cria seres humanos como valores e moral, parabéns a todos os membros da Diretoria que vem fazendo um belo trabalho e mantendo viva a chama de Baden-Powell. Sempre Alertas!

Fotos anexas do escoteiros Crato por Alessandra Bandeira e Baden Powell fonte google


Mibsan Por : J. Flávio Vieira


"Não é o diploma médico, mas a qualidade humana, o decisivo."
(Carl Gustav Jung)

Para quem acredita em numerologia, em determinismo nominal , fatalismo e outras centopéias esotéricas, o noticiário da semana passada encheu-nos a mesa com um cardápio variado. Vejam só os nomes : Orozimbo Ruela de Oliveira Neto e Sinomar Ricardo, de uma cidade chamada de Ivinhema ! O encontro de tantas consoantes e vogais dissonantes, previa-se sem necessidade de oráculos, terminaria em descompasso e desafino. Não deu outra! Estes dois, médicos em Mato Grosso do Sul, protagonizaram uma cena de que nunca tive notícia nos meus trinta e três anos de exercício da Medicina. Sinomar, plantonista do dia, partejava a costureira Gislaine de Matos, quando um Orozimbo enfurecido invadiu o Centro Cirúrgico, sob pretexto de que a parturiente lhe pertencia e, após uma discussão reles e violenta, terminaram por se engalfinhar num embate físico digno de filmes de faroeste. Enquanto isso, Gislaine permanecia sem nenhuma assistência ao parto, culminando com a morte do bebê que se chamaria Mibsan ,numa tragédia que poderia ter saltado do teatro grego. Toda a briga envolvia a importância de pouco mais de cem reais que é o valor astronômico que o SUS paga ao profissional por um parto. Sinal dos tempos?
Esta cena parece ficção científica para toda uma trupe de médicos da minha geração e anteriores a ela. Formamo-nos com a idéia fixa da Medicina como um sacerdócio, o paciente posto nos altares e andores. O cliente , nos foi ensinado, não tem condição social, cor, raça, geografia, história, cidadania, bondade ou maldade no coração. Ele é apenas o paciente, a quem devemos tratar e buscar a cura com todos os instrumentos e conhecimentos científicos que tenhamos às mãos. Devemos ter o mesmo desvelo para com aquele que tem condições de pagar pelo tratamento quanto por aquele que nos agraciará apenas com o sorriso e o agradecimento. Operaremos com o mesmo cuidado o criminoso de alta periculosidade e sua vítima inocente, deixaremos para Deus e os juízes o ato de julgar. Sequer receberemos diretamente dos doentes o pagamento pelos serviços prestados, secretários ficam encarregados deste mister, afinal um consultório não é uma loja comercial ou um balcão de banco. Sempre existiram, ainda, fortes preceitos éticos que norteavam a convivência dos colegas, delimitando-se espaços e funções. Se não conseguimos uma relação humanística entre nós próprios, como o humanismo fluirá até o objeto maior da nossa profissão que é o paciente? Como se explicar, pois, a loucura estampada nos noticiários, na semana passada?
Permitam-me meter minha colher de pau neste alguidar. Infelizmente, o quadro que temos hoje no país, é bem diferente do exposto acima. O avanço científico dos últimos cem anos impulsionou a Medicina para horizontes jamais imaginados: transplantes, clonagem, fertilização in vitro, cirurgia robótica, diagnósticos sofisticados por imagem, medicamentos moderníssimos aumentaram a expectativa de vida de forma vertiginosa. Aos poucos, no entanto, o tecnocracismo invadiu nossa atividade e nos fomos afastando do humanismo. É como se fôssemos uma espécie de técnico em eletrônica. Esquecemos que o homem, objetivo da nossa arte, é uma máquina muito mais complexa do que um PC ou uma TV. Hoje , rimos ao ver o tratamento primário feito pelos médicos do início do Século XX, com suas ventosas, sangrias e cataplasmas. Eles, no entanto, estavam próximo ao coração dos seus clientes, conheciam suas ansiedades, angústias e apreensões, sabiam que por trás da gastrite existia o conflito, além do câncer sobrenadava uma alma. Percebo, claramente, que geração após geração, fomos perdendo o elo com o humanismo. E a ética, amigos, é uma ilha no mar do humanismo. Escolas médicas pululam por todos os recantos do país.Muitas sem qualquer qualidade. Formamos técnicos ótimos em muitos casos, mas não formamos médicos. A ética, hoje, é uma disciplina longínqua, distante e parece não ter nada a ver com nossa profissão. Ela, no entanto, é o cerne não só de nossa atividade, mas da sobrevivência do planeta.
Desde o ensino fundamental é moldada no seio da juventude uma concorrência terrível, uma competitividade sem freios. Parece até que treinamos Pit-Bulls. O companheiro do lado é apresentado como o inimigo, aquele que vai tomar o seu lugar ao sol e à sombra. Formamos soldados e não cidadãos. Um colega não ajuda ao outro, não lhe passa as lições, não lhe empresta mais o caderno. Ninguém avisa que vai haver um concurso, rasga sorrateiramente o edital colado no flanelógrafo para que o amigo não tome ciência e concorra. As turmas de faculdade dividem-se em grupinhos e cada um luta por si. Sequer as festas de final de curso contemplam todos os colegas. Preferem superproduções caríssimas com um pequeno número de ricos participantes, em detrimento de uma festa mais simples que pudesse contemplar a todos os formandos e seus familiares. Esta é a corrida de poucos vencedores e inúmeros perdedores. Ao vencedor o enfarte !
Orozimbo e Sinomar devem pois estar se sentindo injustiçados. A briga foi apenas mais uma batalha em busca do Shangri-lá e para isso foram formados. E nas batalhas sempre há baixas, neste caso foi apenas o Mibsan que tombou e a Gislaine que saiu ferida. Por que a sociedade os condena, se aprenderam todos os avanços da sua especialidade nos últimos congressos? Mibsan terá sido sacrificado para aplacar a fúria do Deus mais poderoso da atualidade: o consumo. Orozimbo e Sinomar nem sequer percebem que não apenas sacrificaram o bebê, mas feriram de morte a profissão para a qual deveriam ter sido formados. Nestes dias uma cadeira de Artes Marciais fará parte da grade curricular. Percebo, também, que estou ficando velho, pois sou ainda daqueles que acreditam que apesar de todo o desenvolvimento dos meios de diagnóstico e tratamento dos últimos tempos, a Medicina continua sendo não uma Ciência, mas uma Arte.


CRAJUBATUR - Levando você onde o sonho pode chegar !


crajubatur

A Crajubatur leva você onde o sonho pode chegar !

Miami ( USA )

Miami


Londres ( Inglaterra )

Londres_para_Turistas

CRAJUBATUR - Venda de passagens aéreas. No Shopping RESIDENCE, Loja 9B. Crato - CE.

Dsc03972


Shopping Residence - Loja 9B - Crato - CE
Patrocinador oficial do Blog do Crato

Mostramos o pau antes de matar a cobra - Por Pedro Esmeraldo


O que vamos falar causa tristeza e perplexidade porque não suportamos mais as fraquezas dos políticos.

Não reagem aos insultos provocados pelos adversários, permanecem no sonambulismo desenfreado e não tomam cuidados com as mordidas das serpentes que constantemente ameaçam querendo arrebatar do Crato a maior parcela do nosso melhoramento.

Agora mesmo, estamos ameaçados num ninho de cobras jararacas que permanecem escondidas no seu território sombrio, esperando que o Crato caia, procurando com a força do seu prestígio, levar para si um comando judiciário, tirando do Crato o seu quinhão conquistado há anos com trabalho e clarividência em que pautou com orgulho as decisões jurídicas da região.

Não é do nosso agrado aceitar isso com passividade porque fomos no passado um povo lutador e obtivemos a conquista da liberdade democrática às custas do suor e sacrifício e igualamos em regime político aos grandes heróis nacionais e buscamos o desenvolvimento através do trabalho democrático e atuamos como grande centro cultural do nordeste.

Tomamos conhecimento que essas cobras venenosas vivem chacoalhando por trás dos bastidores políticos que, “só pensam em si mesmos”, desprezam as igualdades e impedem o crescimento igualitário, com manobras políticas indecorosas querendo-nos transformar em cidade dormitório.

Estamos completamente abismados diante das configurações políticas conduzidas por um corpo débil e que não reage aos estímulos sombrios e que nos leva a cair no esquecimento político e econômico. Não reagimos aos insultos provocados por pessoas estranhas e cobiçosas que nos metem medo, caminhando para a amargura quando observamos estragos feitos por pessoas desqualificadas e maledicentes.

Em tempos passados, os cratenses conduziam o município com sabedoria e coragem, reunindo todas as forças vivas em torno de si e partiam para a luta.

Todos os órgãos institucionais se organizavam e ajudavam as autoridades a saírem das dificuldades com muito esforço, formando uma só corrente, fortificavam-se com tenacidade e paciência, quebrava as arestas espinhosas que apareciam em volta do município.

Hoje os cratenses, principalmente aqueles que pertencem às instituições, fraquejam no menor obstáculo, deixam levar todo o patrimônio do Crato e constantemente somos intimidados por esses sanguessugas, que vivem sugando o sangue da nossa cidade, dizendo que é o maior em termos habitacionais.

Sempre temos batido na mesma tecla, pedindo “aos políticos sem vocação”, deixem de lado as atitudes tenebrosas e reajam, solicitando o progresso igualitário, movido por uma política austera e que dê condições de maior vida ao cidadão caririense. No final de constas aprenderemos a conduzir e favoreceremos andar num caminho reto com tecnologia avançada, procurando dar melhores condições de vida aos cidadãos da terra.

Também pedimos aos “cobrinhas” (alguns vereadores) que só se lembram do Crato em época eleitoral procurem dar união a fim de buscarmos paz, trazendo eficiência na educação e no trabalho.

Crato, 05 de março de 2010.

Artigo de autoria de Pedro Esmeraldo

Mercadinho Matos - Bons preços, Excelente Atendimento !


O
Mercadinho Matos firmou-se na cidade como um locais preferidos pelos Cratenses para fazerem as suas compras. Bons preços, excelente atendimento, e variedade. Produtos sempre novos, longe do prazo de vencimento. Tudo em: Cereais, enlatados, perfumaria, biscoitos, bebidas e frios em geral. MERCADINHO MATOS - O Prazer de comprar bem pelo melhor preço da cidade, com entrega em Domicílio. Rua Dr. João Pessoa, 73 - Fone (88) 3521-3893 - Crato - CE.

roda

Variedade...


IMG_5343


Qualidade dos Produtos...


IMG_5353

Na foto Abaixo: Os proprietários: Aluísio e Adiê

IMG_9021


mercadinho matos

Mercadinho Matos - A Sua melhor Compra !

As Incursões Retóricas de Antônio Conselheiro Por: Manoel Severo

Antônio Vicente Mendes Maciel, o lendário místico quixeramobinense que exerceu sua apocalíptica pregação nos sertões da Bahia, ao contrário do que muitos imaginam, não era um iletrado. O Historiador João Brígido, contemporâneo daquele visionário que inscreveu o nome na história-pátria como Antônio Conselheiro, informa que ele cursara rudimentos de Latim com o Professor Antônio Ferreira Nobre, na terra natal. A formação escolar dele constara também de estudos da Língua Portuguesa, Aritmética, Geografia e Francês.


O Conselheiro, desde jovem propenso ao eremitismo, propensão esta que se exacerbou em razão de desilusão amorosa, era leitor da Bíblia, do "Lunário Perpétuo", das "Horas Marianas" e das "Práticas Mandamentais", livros sacros cuja leitura era piedosamente feita por quase todos os letrados católicos que habitavam os sertões nordestinos no século XIX. De par com essas leituras, durante quatro an os, Antônio Vicente Mendes Maciel acompanhou o Pe. Ibiapina, ex-advogado e orador fluente, que se tornara padre e missionário a construir hospitais, casas de caridade e cemitérios nos mais adustos lugarejos do Nordeste brasileiro. Há de se aceitar que de Ibiapina o futuro "Conselheiro" recebeu profunda influência, tornando-se ele próprio, além de construtor de igrejas e cemitérios, um orador exaltado e convincente, cujo discurso messiânico foi apreendido com fervor por milhares de seguidores.

Não apenas no púlpito ou em conferências particulares, sabia o Conselheiro admoestar e convencer com autoridade. Ao escrever ele conseguia expressar suas estranhas ideias com clareza e precisão, deixando explícito seu antirrepublicanismo nos "Discursos sobre a República", assim como orientações de caráter anticlerical nas "Prédicas Canudenses". O Conselheiro "escrevia muito", conforme depoimento dado ao historiador José Calasans por Pedro Nolasco, o Pedrã o, um dos pretorianos da guarda pessoal de Antônio Conselheiro. E a escritura dele era "normal, límpida e de pessoa letrada", segundo o testemunho de Gustavo Barroso.


Caído o arraial de Canudos sob o fogo raivoso de 5 mil soldados, foram encontrados dois textos manuscritos assinados pelo "Peregrino" Antônio Vicente Mendes Maciel - ele não se autointitulava "Conselheiro" -, os quais se subordinavam aos seguintes títulos: "Tempestades que se Levantam no Coração de Maria por Ocasião do Mistério da Anunciação" (Belo Monte, 12.01.1897) e "Sobre o Santo Evangelho de Jesus e Apontamentos dos Preceitos da Divina Lei de Nosso Senhor Jesus Cristo". Nesses trabalhos, o Conselheiro apresenta sua cosmovisão do mundo, especialmente no respeitante à Política e à Religião.


Quanto à oratória do místico rebelde, ela era "seca e rígida no que diz respeito ao homem nas suas relações com o sagrado". Na apreciação do Professor Bartolomeu de Sousa Men des, autor de importante obra sobre o tema, foi exatamente esse aspecto real da oratória do Conselheiro "que apavorou as autoridades e os detentores do poder econômico da época, mas por outro lado, atraiu para sua órbita a grande massa da população que vivia subjugada a um sistema oligárquico e perverso". Com efeito, foi graças à sua oratória que o Conselheiro conseguiu transmitir de maneira convincente suas mensagens de justiça e condenação dos desmantelos do mundo, não apenas aos milhares de sertanejos incultos, mas também a algumas personalidades letradas, conseguindo destes um devotamento que persistiu até o último momento, quando Canudos caiu, a 5 de outubro de 1897, 12 dias depois da morte do cenobita revolucionário. Todavia, como bem disse Euclides da Cunha no clássico "Os Sertões": Canudos caiu, mas não se rendeu.

Jornalista e Poeta Barros Alves

FONTE: barrosalvescoisaetal.blogspot.com

Em sua edição 2010, o Cariri Cangaço, evento a se realizar entre os dias 17 e 22 de agosto; uma iniciativa dos municípios de Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha e Missão Velha, com o apoio da URCA, ICC - Instituto Cultural do Cariri, Centro Pró Memória, ICVC - Instuto Cultural Vale Caririense, Fundação Memorial Padre Cícero e do blog do Crato; estará promovendo uma conferência sobre Antônio Vicente Mendes Maciel, ou simplesmente Antônio Conselheiro, com o pesquisador e professor potiguar, Dr. Múcio Procópio do Amaral.



Por: Manoel Severo

cariricangaco.blogspot.com

CRATO - Notícias do dia 05 de Março de 2010



Secretaria de Cultura aponta resultados positivos no Fórum de Turismo e Cultura do Cariri

A Secretária da Cultura, Esporte e Juventude Danielle Esmeraldo esteve na última terça-feira, 2 de março no Município de Assaré participando da segunda reunião do Fórum de Turismo e Cultura do Cariri de 2010. A Secretária apresentou os resultados do Projeto Chapada Viva do Araripe, evento inovador promovido pela Prefeitura Municipal do Crato no período do Carnaval. A cidade do Crato recebeu diversos elogios dos municípios presentes e sinalizaram interesse em participar do projeto do Carnaval Alternativo em 2011. Nesse contexto o município do Crato dá um passo a frente nos quesitos, criatividade empreendedorismo, alternativas inteligentes e consciência ambiental.

Secretaria da Cultura do Crato e Cine SESI Cultural inicia hoje exibição de filmes gratuitos para toda a população

A partir de hoje, sexta-feira dia 5, até o domingo, dia 7 no Centro Cultural do Araripe no Largo da RFFSA em Crato, acontecerá o Cine SESI Cultural, um projeto de exibições cinematográficas gratuitas para toda à comunidade. O projeto vem obtendo sucesso em todos os locais onde está sendo exibido. A etapa no Crato, que acontece nesse fim de semana tem o apoio da Prefeitura Municipal, através da Secretaria da Cultura, Esporte e Juventude. Os filmes começarão a ser exibidos as 18 horas e 30 minutos seguindo a programação dessa forma:

Hoje -Sexta feira 05 de março - Desenho sócio-educativo do Sesi Filme da Oficina Audiovisual realizada no Crato Curta metragem :Vida Maria.

Longa metragem:Tapete Vermelho: a emocionante viagem de pai e filho pelo interior em busca do cinema, com Matheus Nathergalle e Gorete Milagres.

Amanhã Sábado 06 de março - Desenho sócio-educativo do Sesi Filme da Oficina Audiovisual realizada em Icó - CE.

Curta metragem; Os filmes que não fiz

Longa metragem: Se Eu Fosse Você 2 As loucuras de um casal que tem seus corpos trocados mais uma vez, com Toni Ramos e Gloria Pires.

Domingo 07 de março- Desenho sócio-educativo do Sesi Filme da Oficina Audiovisual realizada no Crato Curta metragem : Câmara Viajante.

Longa metragem: A Era do Gelo 3: As aventuras de uma turma de bichos bem diferentes em uma nova era. Toda a comunidade cratense está convidada a participar desse momento de diversão e apreciação de arte.

PAA beneficia pequeno agricultor do Crato

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), foi lançado em Crato esta semana, no intuito de fortalecer a agricultura familiar e o pequeno produtor. O lançamento aconteceu, na última terça-feira, no auditório da Secretaria de Saúde, com a presença de diversos representantes de entidades e do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do Município do Crato, além da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Recursos Hídricos. Desde o ano passado que o programa vem sendo implementado no município, com várias mobilizações envolvendo os produtores da agricultura familiar e representantes de entidades. Segundo o secretário Erasmo Ferreira, cerca de 15 agricultores estão inscritos no Programa, mas as expectativas são positivas em relação à participação dos produtores. O PAA integra o programa Fome Zero, do Governo Federal. O Crato aderiu com a finalidade de beneficiar o agricultor e as escolas do município. Uma oportunidade para os pequenos produtores escoarem sua produtividade. Os produtos serão comercializados junto à Conab e cada produtor poderá negociar até R$ 350,00, por mês, chegando a mais de R$ 3.500 por ano. Segundo Erasmo Ferreira, secretário de Agricultura, a primeira etapa foi de apresentação do programa, voltado principalmente para o esclarecimento dos produtores. O objetivo é efetivar a compra de toda a produção da agricultura familiar. Com isso, mais renda será gerada para a vida dos agricultores, trazendo desenvolvimento para o setor agrícola e economia do município. Os alunos da rede municipal de ensino serão os grandes beneficiados com o programa. Com a compra dos produtos será ampliado o cardápio da merenda escolar.

Escolas informadas sobre o vírus H1N1

O município do Crato treinou recentemente profissionais de saúde para atuar na vacinação contra a Gripe A H1N1 conhecida por gripe suína, que será iniciada durante este mês no Estado. Informações técnicas sobre a doença foram repassadas para as escolas, por meio de nota, direcionadas aos diretores dos estabelecimentos de ensino. Segundo a nota técnica, da Secretaria de Saúde do Estado, repassada as escolas por meio da Secretaria do Município, o retorno às ações de prevenção e proteção contribuem para a redução da disseminação do novo vírus respiratório.

Governo Municipal do Crato
Fone/Fax - (88) 3521.9960
Mais informações:
http://www.crato.ce.gov.br
http://www.prefeituramunicipaldocrato.blogspot.com

Curso de fotografia na APAE: por Janinha

Alunos aprendem a dominar a arte da fotografia

Depois do esporte e da dança, alunos assistidos pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), aprendem a dominar a arte da fotografia.

Não é todo dia que o jardim da Apae, no Crato, se transforma em uma grande sala de aula a céu aberto. Os alunos são muito atenciosos. Eles escutam tudo o que o professor fala e logo querem praticar, inovar nos trabalhos em equipe.

Os alunos da Apae do Crato já têm a oportunidade de participar de atividades como esporte, música, teatro e dança. Mas sabe qual é a novidade do momento que está fazendo a cabeça da garotada? As oficinas de fotografia. E elas só terminam em abril.

Na hora da entrevistas dá pra perceber o tamanho do esforço de cada um pra falar da alegria desmedida que eles sentem. Isso é mais do que inclusão social. É também exemplos de superação.

matéria enviada por Allan Bastos

fonte: http://tvverdesmares.com.br/cariri/Cariri/curso-de-fotografia-na-apae/?tv=cariri

Adivinhe quem é o Garoto na Foto...


frei anastacio e ...

Trago aqui hoje um belo exemplar para o nosso quadro "Adivinhe quem está na Foto". Os primeiros que adivinharem não ganharão nem um Fusca nem um Honda Civic, ( ih ) mas ficaremos muito surpresos se alguém conseguir. Na verdade, acho que até vai ser meio difícil descobrirem, e por isso mesmo, aqui vão algumas dicas:

01 - Na foto, Frei Anastácio ao lado do garoto
02 - A foto foi tirada em 1954, em Missão Velha, por um Fotógrafo Profissional que lá existia
03 - O garoto ainda é vivo e mora no Crato. Na época, tinha 14 anos.
04 - O garoto é bastante conhecido por muitos.
05 - Seminarista do Seminário São José em Crato
06 - O que mais incomodava eram os sapatos, muito apertados, feitos por Zacarias

Bom, mais dicas do que essas aí, impossível, né ?
E aí, quem se habilita em tentar descobrir quem é o garoto na Foto ?

Por: Dihelson Mendonça

ADEUS, QUERIDA MESTRA !

Por Zé Nilton

Sem dúvida uma grande perda para a educação do Crato e da região.

Grandiosa foi a sua vocação para o exercício do bem. Sempre terna, carinhosa e prestativa, ajudou a um cem números de pessoas a se colocarem com fé e força diante da vida.

Viveu mesmo para ser educadora, no mais alto significado desta palavra. Acompanhou as transformações do tempo com muita serenidade. Apreendeu os valores da modernidade e se renovou para viver este mundo.

Comprida seria a lista de serviços prestados ao Crato. Esteve à frente de todos os grandes empreendimentos em prol do desenvolvimento da cidade.

É comum dizer-se que a Urca teve um pai, o emérito reitor Antonio Martins Filho. A mãe da Urca chama-se profa. Maria Sarah Esmeraldo Cabral. Como uma mãe ela cuidou da Urca orientando práticas e políticas em pressupostos éticos e verdadeiros.

Sou testemunho da sua firmeza moral e da sua honradez inatas. Como também guardo uma eterna gratidão por ela ter me dado a mão e me encaminhado para o que hoje sou como pessoa.

Adeus, querida mestra Sarah!

HOJE NA HISTÓRIA II - Patativa do Assaré


Em 5 de março de 1909, nascia Antônio Gonçalves da Silva, mais conhecido como Patativa do Assaré ( falecido em 8 de julho de 2002), foi um poeta popular, compositor, cantor e improvisador brasileiro.

Uma das principais figuras da música nordestina do século XX. Segundo filho de uma família pobre que vivia da agricultura de subsistência, cedo ficou cego de um olho por causa de uma doença. Com a morte de seu pai, quando tinha nove anos de idade, passa a ajudar sua família no cultivo das terras. Aos doze anos, freqüenta a escola local, em que é alfabetizado, por apenas alguns meses. A partir dessa época, começa a fazer repentes e a se apresentar em festas e ocasiões importantes. Por volta dos vinte anos recebe o pseudônimo de Patativa, por ser sua poesia comparável à beleza do canto dessa ave. Sendo muito amigo da familia Diniz.

Indo constantemente à Feira do Crato onde participava do programa da rádio Araripe, declamando seus poemas. Numa destas ocasiões é ouvido por José Arraes de Alencar que, convencido de seu potencial, lhe dá o apoio e o incentivo para a publicação de seu primeiro livro, Inspiração Nordestina, de 1956.

Este livro teria uma segunda edição com acréscimos em 1967, passando a se chamar Cantos do Patativa. Em 1970 é lançada nova coletânea de poemas, Patativa do Assaré: novos poemas comentados, e em 1978 foi lançado Cante lá que eu canto cá. Os outros dois livros, Ispinho e Fulô e Aqui tem coisa, foram lançados respectivamente nos anos de 1988 e 1994. Foi casado com Belinha, com quem teve nove filhos. Faleceu na mesma cidade onde nasceu.

Obteve popularidade a nível nacional, possuindo diversas premiações, títulos e homenagens (tendo sido nomeado por cinco vezes Doutor Honoris Causa). No entanto, afirmava nunca ter buscado a fama, bem como nunca ter tido a intenção de fazer profissão de seus versos. Patativa nunca deixou de ser agricultor e de morar na mesma região onde se criou (Cariri) no interior do Ceará. Seu trabalho se distingue pela marcante característica da oralidade. Seus poemas eram feitos e guardados na memória, para depois serem recitados. Daí o impressionante poder de memória de Patativa, capaz de recitar qualquer um de seus poemas, mesmo após os noventa anos de idade.

A transcrição de sua obra para os meios gráficos perde boa parte da significação expressa por meios não-verbais (voz, entonação, pausas, ritmo, pigarro e a linguagem corporal através de expressões faciais, gestos) que realçam características expressas somente no ato performático (como ironia, veemência, hesitação, etc.). A complexidade da obra de Patativa é evidente também pela sua capacidade de criar versos tanto nos moldes camonianos (inclusive sonetos na forma clássica), como poesia de rima e métrica populares (por exemplo, a décima e a sextilha nordestina). Ele próprio diferenciava seus versos feitos em linguagem culta daqueles em linguagem do dia-a-dia (denominada por ele de poesia "matuta").

Patativa transitava entre ambos os campos com uma facilidade camaleônica e capacidade criadora e intelectual ainda não totalmente compreendidas pelo meio acadêmico. Sua obra, de dimensão tanto estética quanto política, aborda diferentes temas e possui outras vertentes além da social/militante; como a telúrica, religiosa, filosófica, lírica, humorística/irônica, motes/glosas, entre outras. As múltiplas tentativas de categorização da obra de Patativa do Assaré (muitas vezes subjetivas e sem base teórica) expõem falhas inerentes dos próprios parâmetros de julgamento.

Estes, na maior parte, baseados em pressuposições e preconceitos que levam a dois extremos: a representação idealizada do mito, a exclusão pela classe social, nível de escolaridade, etc.

Títulos e prêmios

* 1979 - Homenageado pela programação cultural do encontro da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, SBPC, em Fortaleza;
* 1982 - Recebe o diploma de “Amigo da Cultura”, outorgado pela Secretaria da Cultura do Estado, pela “decidida atuação a favor do aprimoramento cultural do Ceará”;
* 1982 - Cidadão de Fortaleza, título aprovado pela Câmara Municipal;
* 1987 - Recebe a “Medalha da Abolição”, pelos “relevantes serviços prestados ao Estado”;
* 1989 - Cariri Ceará - Doutor Honoris Causa pela Universidade Regional de Cariri;
* 1989 - Inauguração da rodovia “Patativa do Assaré”, com 17 km, ligando Assaré a Antonina do Norte
* 1991 - Enredo da Escola Acadêmicos do Samba, de Fortaleza;
* 1995 - Fortaleza, Ceará - Prêmio do Ministério da Cultura na categoria Cultura Popular entregue pelo Presidente da República Fernando Henrique Cardoso no Teatro José de Alencar;
* 1998 - Recebe, dia 22 de maio, a “Medalha Francisco Gonçalves de Aguiar”, do Governo do Estado do Ceará, outorgada pela Secretaria de Recursos Hídricos;
* 1999 - Assaré, Ceará - Inauguração do Memorial Patativa do Assaré;
* 1999 - Título de Doutor Honoris Causa da Universidade Estadual do Ceará - UECE;
* 1999 - Título de Doutor Honoris Causa da Universidade Federal do Ceará - UFC;
* 1999 - Prêmio Unipaz, VII Congresso Holístico Brasileiro, Fortaleza, dia 20 de outubro;
* 2000 - Na festa dos 91 anos, recebe o título de Cidadão do Rio Grande do Norte;
* 2000 - Título de Doutor Honoris Causa da Universidade Tiradentes, de Sergipe;
* 2001 - Terceiro colocado na eleição do “Cearense do Século”, promovido pelo Sistema Verdes Mares de Comunicação (o vencedor foi Padre Cícero);
* 2001 - Recebe o troféu “Sereia de Ouro”, do Grupo Edson Queiroz, no Memorial Patativa do Assaré, dia 28 de setembro;
* 2002 - Prêmio FIEC, "Artista do Turismo Cearense", Fortaleza;
* 2003 - Prêmio UniPaz, V Congresso Holístico de Crianças e Jovens, Fortaleza;
* 2005 - Inauguração da "Biblioteca Pública Patativa do Assaré", Piauí;
* 2004 - Título EFESO "Cidadão Empreendedor"(Escola de Formação de Empreendedores Sociais);
* 2004 - Troféu MST (Homenageado pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra);
* 2005 - Homenageado com Medalha Ambientalista Joaquim Feitosa;
* 2005 - Inauguração da "Biblioteca Pública Patativa do Assaré", Vila Nova, Piauí;
* 2005 - Título de Doutor Honoris Causa da Universidade (?), Mossoró, Rio Grande do Norte.

Fonte: Wikipedia

Judas será eleito pelo povo no Crato


A 10ª Festa Popular da Malhação dos Judas 2010,continua envolvendo a população da cidade do Crato no processo de escolha do Judas. Nesta ultima quinta-feira, dia 04, foi eleito pelo Colégio Eleitoral, no escritório Central do Judas – Bar do Evandro, o nome de cinco candidatos ao Judas da brincadeira popular.

As urnas serão distribuídas em escolas, faculdades, bodegas, bares, restaurantes e mercantis. A apuração ocorrerá no dia 14 de março, no “Escritório Central do Judas”, na Rua Ratisbona, 373. As pessoas poderão votar em um dos cinco nomes indicados na cédula eleitoral:


1º. Cabelo do Cão;
2º. José Roberto Arruda;
3º. Madame Doença;
4º. Violentino e;
5ª Big Bhother.


A festa é realizada pelo Ponto de Cultura Sociedade Cariri das Artes e a Companhia Cearense de Brincantes e tem a parceria da Secretária Municipal de Cultura, Coletivo Camaradas e o financiamento do Ministério da Cultura e do Governo do Estado.


O Judas será malhado, no Sábado de Aleluia, dia 03 de abril, no Largo do Centro Cultural do Araripe e contará com personagens irreverentes, oficina de mascaras e brincadeiras, como o sítio do Judas. A festa já virou tradição na cidade e a cada ano vem crescendo com a participação do público e dos artistas.

Leia repercussão da morte do músico Johnny Alf


HOJE NA HISTÓRIA


Homenagem ao grande músico, precursor da Bossanova, Johnny Alf

Alfredo José da Silva, o grande Johnny Alf, nasceu no Rio de Janeiro RJ em 19 de Maio de 1929. Seu pai, cabo do Exercito, morreu em 1932 e a mãe foi trabalhar na casa de uma família, que o criou e custeou seus estudos. Começou a aprender piano clássico aos nove anos, com Geni Borges, amiga da família, logo demonstrando interesse por compositores do cinema norte-americano, como George Gershwin e Cole Porter. Pelos 14 anos, formou um conjunto com amigos em Vila Isabel, indo tocar nos fins de semana na Praça Sete, do Andaraí. Cursou ate o segundo ano do Colégio Pedro II, onde entrou em contato com o pessoal do Instituto Brasil-Estados Unidos, que o convidou para participar de um grupo artístico.

Por sugestão de uma amiga norte-americana, adotou o pseudônimo de Johnny Alf, quando de sua apresentação no programa de jazz de Paulo Santos, na Radio MEC Trabalhou no escritório de contabilidade da Estrada de Ferro Leopoldina, onde aproveitava os momentos livres no horário de serviço para escrever musica. Com o grupo do Instituto Brasil-Estados Unidos fundou um clube para promoção e intercâmbio de musica brasileira e norte-americana, que realizava sessões semanais para analisar orquestrações, solos etc., alem de apresentar filmes, shows, concertos de jazz, entre outras atividades.

Quando Dick Farney, já profissional e recém-chegado dos EUA, ingressou no grupo em 1949, o clube passou a chamar-se Sinatra-Farney Fan Club, tendo entre seus sócios Tom Jobim, Nora Ney e Luís Bonfá, entre outros, ainda principiantes. Na época, tocava durante a noite no clube e pela manha assumia seu posto de cabo no Exercito. Através de Dick Farney e Nora Ney foi contratado em 1952 como pianista da recém-inaugurada Cantina do César, de propriedade do radialista e apresentador César de Alencar, dando inicio a sua carreira profissional. Ali a atriz Mary Gonçalves, que tinha sido Rainha do Radio em 1952 e ia lançar-se como cantora, escolheu três composições suas, Estamos sós, O que é amar e Escuta para incluir no seu LP Convite ao romance. Em seguida foi convidado para integrar como pianista o conjunto que o violonista Fafá Lemos formou para tocar na boate Monte Carlo. Nessa época, a convite do produtor Ramalho Neto, gravou na Sinter seu primeiro disco, um 78 rpm com musica instrumental (piano, contrabaixo e violão) de influencia jazzística, com Falsete, de sua autoria, e De cigarro em cigarro (de Luís Bonfá). Mais tarde, revezando-se com o pianista Newton Mendonça, tocou na boate Mandarim, indo depois para o Clube da Chave, boates Drink e Plaza. De seu repertório, duas composições começaram a se destacar, Céu e mar e Rapaz de bem, esta escrita por volta de 1953 e considerada, em termos melódicos e harmônicos, como musica revolucionaria e precursora da bossa nova. Em 1955 foi para São Paulo SP, onde tocou na boate Baiuca e no bar Michel, neste ultimo com os então iniciantes Paulinho Nogueira, Sabá e Luís Chaves. De passagem pelo Rio de Janeiro, no mesmo ano gravou na Copacabana o primeiro 78 rpm importante de sua carreira, com Rapaz de bem e O tempo e o vento, também de sua autoria. Seis anos depois gravou na RCA seu primeiro LP, Rapaz de bem, que incluía, entre outras, Ilusão à toa, que também se tornou um grande êxito. Ainda em 1961, recebeu convite do compositor Chico Feitosa para tocar no Carnegie Hall, em New York, EUA, mas não viajou, permanecendo em São Paulo. No ano seguinte, retornou ao Rio de Janeiro, tocando no Bottle’s Bar, na mesma época em que ali atuavam o Tamba Trio, Sérgio Mendes, Luís Carlos Vinhas e Silvia Teles. Formou também um conjunto com o baixista Tião Neto e o baterista Edison Machado, apresentando-se no Little Club e Top Club.

A partir de 1965 realizou varias apresentações no interior de São Paulo. Foi também professor de musica do Conservatório Meireles, de São Paulo. Em 1967 participou do III FMPB, da TV Record, de São Paulo, com a musica Eu e a brisa, interpretada pela cantora Márcia. A composição foi desclassificada nas eliminatórias, convertendo-se porém, um mês depois, num dos maiores sucessos de sua carreira. A essa musica seguiram-se Decisão e Garota da minha cidade, que representam o estilo mais exteriorizado e desinibido de sua obra. Sua composição Rapaz de bem foi gravada, no exterior, por Lalo Schifrin. Gravou ele próprio mais dois LPs, Ele e Johnny Alf, na Parlophon, em 197l, e Nós, na Odeon, em 1974. O primeiro incluía Decisão e Garota da minha cidade, além de Eh, mundo bom taí e Anabela, ambas também de sua autoria. No segundo incluiu suas composições O que é amar, Nós, Plenilúnio e o samba de Egberto Gismonti e Paulo César Pinheiro Saudações.

Radicado em São Paulo, continua compondo e fazendo shows em casas noturnas, alem de gravar ocasionalmente. Um de seus discos mais recentes, Olhos negros, conta com participações de Chico Buarque, Roberto Menescal, Leny Andrade e outros, e reúne sucessos antigos com composições novas como Olhos negros e Nossa festa. Em janeiro de 1998, depois de sete anos sem gravar, apresentou-se no SESC Pompéia, São Paulo, em A Rosa do Samba, show de lançamento do CD Noel Rosa – Letra e musica (selo Lumiar), que inclui sua nova composição Noel, Rosa do Samba (com Paulo César Pinheiro).

Repercussão da Morte de Johnny Alf

Leia a seguir a repercussão da morte do cantor, pianista e compositor Johnny Alf. Ele morreu nesta quinta-feira (4), em decorrência de um câncer de próstata, aos 80 anos.

Wanderléa, cantora

"Era fã dele desde antes de existir jovem guarda. Foi precursor de um gênero. Fiz minha homenagem em meu último disco e gostaria de tê-lo comigo no palco para o DVD, mas ele ficou doente bem no período. Uma vez, Roberto [Carlos] me ligou e eu estava justamente num ensaio com Johnny. Eles conversaram muito naquele dia, eram amigos de longa data. Fiquei feliz de ter refeito essa ponte entre os dois."

Claudette Soares, cantora

"Johnny Alf não tem tamanho. Imagine que Tom Jobim o seguia em boates para vê-lo tocando piano, ficava enlouquecido com aquelas harmonias. Quando vai embora um compositor como ele, o que acontece às intérpretes que, como eu, não têm talento para compôr? Morrem junto, um pouco."

Carlos Lyra, cantor, compositor e violonista

"Ele foi um dos precursores da bossa nova, ao lado de Dick Farney e Lúcio Alves. Com 16, 17 anos, entrei muitas vezes escondido no bar do hotel Plaza [na zona sul do Rio] para vê-lo tocar. Quando a minha geração chegou, ele já tinha lançado as sementes: sambas-canções modernos, influências de jazz, letras coloquiais, superdiscretas, para se sussurrar no ouvido. Eram composições menos derramadas, exibidas, mais classe média, cool. Ele tocava por cifra. Achavam que era macumba, mas na verdade era uma maneira de escrever os acordes que vinha do jazz."

Oscar Castro-Neves, cantor e instrumentista

"Minha primeira sensação é de pesar pela perda de um grande músico. Não posso deixar de enfatizar o nome e a personalidade que era Johnny Alf. O que a gente herda dele é incalculável. Envie meus pêsames a todos os que estão envolvidos [com o cantor] e meus sentimentos de perda e de tristeza."

Pery Ribeiro, cantor e compositor

"Para nós que pertencemos a um momento importante da música brasileira, sem dúvida nenhuma, perdemos um ícone, uma pilastra. A gente só lamente e vai chorar por muito tempo. Tom Jobim dizia que antes mesmo de lançar a Bossa Nova, tinha respeito por Johnny Alf. O caminho para a Bossa Nova foi aberto por ele. Perder Johnny Alf é perder uma referência maravilhosa e uma pilastra da cultura popular, uma cultura de altíssima qualidade, que ele sempre impôs."

Fonte: MPBNet.com.br e Folha Online

Arruda fica na Prisão - Placar final foi de 9 votos a 1


Os ministros do Supremo Tribunal Federal decidiram nesta quinta-feira (4), por 9 votos a 1, que o governador afastado do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM), deve continuar preso. Seguindo o voto do relator, ministro Marco Aurélio Mello, os ministros Joaquim Barbosa, Carlos Ayres Britto, Cezar Peluso, Celso de Mello, Ellen Gracie, Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowski, e o presidente do STF, Gilmar Mendes, entenderam não haver fatos novos na tese elaborada pelos advogados para conceder o pedido de liberdade ao governador.

“Dói em cada um de nós, dói na alma, dói no coração ver um governador sair de um palácio direto para a cadeia”, resumiu o ministro Carlos Ayres Britto o sentimento da Suprema Corte diante do caso envolvendo o governador do DF. “Acabrunha um país como um todo e constrange a cada um de nós, com seres humanos. Há quem chegue às maiores alturas para cometer as maiores baixezas”, complementou. Arruda foi afastado do governo e preso no dia 11 de fevereiro por determinação do Superior Tribunal de Justiça, acusado de tentar subornar uma testemunha do suposto esquema de corrupção em seu governo, que ficou conhecido como mensalão do DEM de Brasília.O primeiro ministro do STF a votar foi o relator do caso, ministro Marco Aurélio Mello. Em seu voto, ele recomendou a manutenção da prisão do governador. Em 32 páginas, Marco Aurélio argumentou que Arruda tentou atrapalhar as investigações e que, por isso, deveria permanecer preso. O ministro fez uma detalhada exposição da operação que culminou com a oferta de suborno ao jornalista Edmilson Edson dos Santos, o Sombra. A tentativa foi flagrada pela Polícia Federal no dia 4 de fevereiro. A investigação do esquema levou o STJ a decretar a prisão do governador por considerar que ele atuou no caso para atrapalhar as investigações do inquérito do mensalão do DEM de Brasília. “Ele seria o maior beneficiário da esdrúxula e condenável prática”, avaliou Marco Aurélio.

Segundo magistrado a votar no julgamento do habeas corpus, o ministro Dias Toffoli apresentou voto favorável à concessão de liberdade. Para Toffoli, a Câmara teria obrigatoriamente de autorizar, para só então o Judiciário determinar a prisão do governador. O ministro argumentou em seu voto que o Judiciário não poderia antever a decisão da Câmara Distrital supondo que o pedido de detenção seria negado pelo Legislativo. “Não se pode imaginar que a Câmara não agiria em favor da decretação da prisão e por isso voto pela ilegalidade da decretação do pedido de prisão”, votou Toffoli.

A ministra Cármen Lúcia também votou pela rejeição do habeas corpus. A ministra argumentou que o voto do relator, ministro Marco Aurélio Mello, demonstrou que as instituições no DF estavam comprometidas. Para Cármen Lúcia, o aparelhamento da máquina em favor do suposto esquema coordenado pelo governador Arruda desfigurou as instituições: “A ordem pública já não é pública.”

Em um voto sucinto, o ministro Ricardo Lewandowski apresentou na sessão desta quinta-feira (4) o terceiro voto pela rejeição do habeas corpus que pede a liberdade do governador afastado do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM), no Supremo Tribunal Federal (STF).

Fonte: G1

Diário dos Terremotos - Colômbia sofre tremor de 4,6 graus, sem registro de vítimas

Um tremor de 4,6 graus na escala Richter atingiu hoje uma ampla região do oeste da Colômbia, sem registro, por enquanto, de vítimas ou danos materiais. A RSNC (Rede Sismológica Nacional da Colômbia) informou que o tremor foi registrado nos sismógrafos da entidade às 17h09 (horário local, e às 19h09 de Brasília) e sua profundidade foi de 130,9 quilômetros. O epicentro do terremoto, acrescentou a RSNC por meio de comunicado, ocorreu em uma zona rural do município de Santa Rosa de Cabal, no departamento (estado) de Risaralda, a cerca de 250 quilômetros a oeste de Bogotá. Habitantes de edifícios altos de cidades como Cáli, Manizales, Pereira e de alguns municípios dos departamentos de Caldas, Risaralda, Valle del Cauca e Tolima relataram a emissoras de rádio e televisão locais terem sentido medo devido ao tremor.

Outros dois abalos sísmicos foram registrados ontem na Colômbia - um de 4,3 graus, no município de Cairo (sudoeste do país) e outro de 5,2 graus na localidade da Mesa de los Santos (nordeste). Em ambos os casos, não houve vítimas.

da Efe, em Bogotá
Folha OnLine

Justiça bloqueia bens de denunciados em esquema pelo MP


MP diz que réus terão que devolver R$ 176 milhões. Ex-governadores Rosinha e Anthony Garotinho são acusados.

A Justiça aceitou liminarmente nesta quinta-feira (4) o pedido do Ministério Público, que denunciou 88 pessoas em uma ação civil pública por improbidade administrativa, e decretou a quebra de sigilo bancário dos réus. Entre eles estão os ex-governadores Rosinha e Anthony Garotinho. A juíza Mirella Letizia Guimarães Vizzini, da 3ª Vara de Fazenda Pública, aceitou o pedido de quebra de sigilo bancário dos acusados no período de junho de 2003 a dezembro de 2007.

A Justiça também ordenou o bloqueio de todos os valores pertencentes aos réus disponíveis em instituições financeiras até o limite de garantia exigida. Foi determinado também o arresto de todos os bens dos réus, e o bloqueio das posições e transferências de ações dos denunciados até o limite da garantia exigida. As 88 pessoas citadas como réus na ação do Ministério Público - entre eles, Anthony Garotinho e Rosinha Mateus, ex-governadores do Rio - terão que, se condenados, devolver aos cofres públicos mais de R$ 176 milhões, além de pagamento de multas, caso a Justiça acate a denúncia apresentada pelos promotores. O MP investiga quatro ONGs, num total de 14 suspeitas, que teriam desviado R$ 58 milhões, de um rombo total estimado pelos procuradores em R$ 410 milhões. Para cálculo de ressarcimento, deverá ser devolvido aos cofres públicos duas vezes o valor do dano, além das multas que serão aplicadas. Com isso, o total de R$ 58 milhões se transformaria em R$ 176 milhões.

Quanto à responsabilidade dos réus, um dos procuradores afirma: “Eles são responsáveis solidários”, acentuou o promotor Vinicius Leal Cavalleiro, subcoordenador do 6º Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Tutela Coletiva.

Recursos desviados para campanha

Segundo o MP, parte dos recursos desviados teria sido depositada em conta do PMDB, destinada ao financiamento da campanha da pré-candidatura de Anthony Garotinho à Presidência da República, em 2006. Os fatos relatos se referem ao período em que Rosinha Matheus, esposa de Garotinha, governou o estado, de 2003 a 2007. Entre os réus, foram citados três ex-presidente da Cedae, dois ex-presidentes do Instituto Vital Brazil, o ex-secretário estadual de Saúde Gilson Cantarino e três ex-presidentes da Fundação Escola de Serviço Público. A ação foi ajuizada na segunda-feira (1º) e distribuída para a 3ª Vara de Fazenda Pública. O MP requereu, em caráter liminar, a quebra de sigilo bancário de empresa e o bloqueio de valores depositados nas contas dos 88 réus. Os promotores requerem ainda, no mérito da ação, o ressarcimento integral do dano ao patrimônio público e a condenação à perda da função pública, suspensão dos direitos políticos, pagamento de multa civil, proibição de contratar com o poder público ou receber benefícios ou incentivos ficais. Segundo o promotor, o empresário Ricardo Secco seria um dos principais articuladores do esquema. “Ele era o gerenciador de todo o esquema, segundo os contatos. Diante das provas que reunimos no processo, ele era o homem que gerenciava, tanto na contratação quanto no direcionamento de qual ONG, quem iria receber o dinheiro”, acrescentou.

O promotor afirmou ainda que todo o esquema foi rastreado nas investigações. “O que mais nos importou foi o caminho do dinheiro que foi todo ele pesquisado desde a sua origem, saindo dos órgãos públicos até determinadas contas bancárias, tanto de pessoas físicas quanto de pessoas jurídicas e ONGs.”

Esquema complexo, segundo o MP

Para explicar o esquema, os procuradores usavam um programa de computador. “Havia uma diversidade muito grande de ações. Como pudemos perceber, são sete órgãos públicos que atuam em áreas totalmente diferentes. Há uma concentração em um único órgão público, que era a Fesp (Fundação Escola de Serviço Público). E a partir daí, houve uma diversificação de atividades muito grande. Nós concentramos, por causa do volume das provas que nós obtivemos até agora, o foco da investigação em quatro ONGs, ma, na verdade, chegava a mais de uma dezena”, disse Cavalleiro. Segundo o promotor, o destino final do dinheiro atendia a diversas conveniências do grupo. “Muitos eram sacados na boca do caixa, em espécie, e outros (valores) depositados em contas de empresas que, comprovadamente, não exerciam nenhuma atividade empresarial”, garantiu. O procurador Vinicius Cavalleiro afirma que boa parte do dinheiro proveniente do esquema seria para financiar a pré-candidatura do ex-governador Anthony Garotinho pelo PMDB à Presidência da República, em 2006.

“Do total que foi depositado, 90% do dinheiro eram dessas mesmas empresas que acabaram sendo contratadas pelas ONGs, que por sua vez foram contratadas pela Fesp.” Pelos cálculos estimados pelo MP, pelo menos R$ 600 mil teriam sido usados para esse fim. Os promotores que participaram da investigação disseram que possuem provas contundentes de envolvimento da ex-governadora Rosinha Garotinho.

“Nós temos diversos depoimentos de pessoas, tanto ligadas às ONGS quanto aos órgãos públicos, que comprovaram que participaram de reuniões com a presença da então chefe do poder executivo e de seu marido, assim como também comprovamos que a partir de dois atos dela houve uma concentração incomum de poderes nas mãos do chefe, do poder executivo. Primeiro num decreto, que determinou que todas essas atividades de terceirização de serviços passassem pelo poder executivo, isso não é comum, e, num segundo momento, a alteração da atividade vinha sendo exercida através da Fesp. Ou seja, ela assinou um decreto alterando o seu estatuto. Fesp é uma fundação de serviços públicos que passou a terceirizar serviços”, completou.

O que dizem os acusados pelo MP

Em seu blog, o ex-governador Garotinho chama a iniciativa do MP de “jogada eleitoreira”. A íntegra do post é a seguinte:

“Os mesmos promotores da Tutela Coletiva da Capital, que armaram uma ação de improbidade administrativa contra Rosinha, e contra os quais, eu entrei com representação no Conselho Nacional do Ministério Público, estão preparando mais uma jogada. Convocaram uma entrevista coletiva para esta tarde, onde vão anunciar mais uma ação por improbidade administrativa contra mim e Rosinha. É tudo jogada política para repercutir amanhã, nos jornais.

Duas ações semelhantes já foram propostas por esses mesmos promotores e foram extintas pela Justiça, por falta de base que as sustentasse. O destino da nova ação não será diferente. Eles sabem disso, mas querem fabricar manchetes, com o intuito de me prejudicar e bajular o governador Sérgio Cabral”. A assessoria de imprensa do ex-governador acrescentou que ele só se manifestará sobre o assunto por meio do seu site na internet. O superintendente Oscar Berro disse ao G1 que ainda não tomou conhecimento da denúncia do Ministério Público. A assessoria de imprensa da atriz Débora Secco informou que ela não foi notificada da decisão e que por isso não poderia se pronunciar. Disse ainda que não poderia falar pelo restante da família, mas acrescentou que nenhum deles tinha sido notificado.

Fonte: G1

Notícias da URCA - Dia 05 de Março de 2010

Morre uma das fundadoras da URCA e ex-Diretora Superintendente da Fundetec

Faleceu, no início da tarde desta quinta-feira, a Professora Maria Sarah Esmeraldo Cabral, uma das fundadoras da Instituição de Ensino Superior e ex-Diretora Superintendente da Fundação para o Desenvolvimento Tecnológico do Cariri – FUNDETEC. O Reitor da Universidade Regional do Cariri (URCA), Professor Plácido Cidade Nuvens, decretou luto de três dias na URCA, hasteando as bandeiras a meio mastro e enviou mensagens de condolências aos familiares da Professora. Sarah Cabral faleceu de parada cardíaca, aos 84 anos, em Crato. Seu corpo está sendo velado em sua residência, no município. As atividades acadêmicas da URCA foram suspensas desde o início da tarde deste dia 4, prosseguindo durante o dia 5 de março. Na Portaria, o Reitor destaca a contribuição da Professora Sarah Cabral ao desenvolvimento da região do Cariri e da URCA. Ainda ressalta o papel da docente como grande benfeitora da Instituição, expressando inteira solidariedade à Comunidade Acadêmica e sociedade caririense. Sarah Cabral teve atuação decisiva na criação e implantação da URCA, dando inestimável contribuição ao desenvolvimento sócio-econômico e educacional do Cariri e de todo o Ceará.

Contato:
Assessoria de Comunicação Universidade Regional do Cariri - URCA
(88) 3102-1212 ramal 2617

www.urca.br
Crato, 5 de Março de 2010.

HOMENAGEM À MULHER NO DIA INTERNACIONAL - Por: Antonio Paiva Rodrigues


A mulher sempre será uma pérola na vida do homem. Resta ao masculino saber lapidar essa joia que Deus colocou como companheira e amiga do ser hominal. Auferir atribuições, os cuidados com os herdeiros, uma criação profícua e enobrecedora é tarefa da mulher, mas com responsabilidades divididas. Mesmo quando não vejo, Deus está no controle. Sem submissão a Deus não há verdadeira justiça. A mulher em sua maioria está no controle do lar, por isso sua missão é divinal e magistral. Sabemos que o amor de Deus está sempre presente, sendo um bom motivo para agradecermos sempre. Felizes daqueles que vivem felizes. Essa união deve ser abençoada e a afinidade entre casais deve ser sinonímia de felicidade. Falar sobre o Dia Internacional da Mulher tem que ser aspectado e com nuanças diferentes.

Sabemos que o dia 8 de março é o marco de ouro para todas as mulheres. O dia histórico onde suas nuances foram debatidas demais. Devemos nos entreter na importância da mulher para o homem. O seu papel divino de mãe, companheira, amiga, amante e mãe de nossos filhos. A alegria do coração não está apenas nos desejos realizados. Mesmo aqueles a quem nada falha podem se achar infelizes. O papel preponderante que ela desempenha na criação e educação dos filhos, sua presença nas horas mais difíceis lado a lado com seu companheiro, é deveras dignificante. Falar de mulher é uma extasia, é algo meritório. Nesse ciclo inserimos nossas mães, irmãs, filhas, sobrinhas, cunhadas e as amigas do cotidiano. Do colégio a faculdade a convivência sempre será enobrecedora. De casa ao trabalho a recíproca será uma constante. Nada mais valioso, mais carinhoso, mais saudável do que o afago e o amor de mãe. Reiteradas vezes usamos o instinto da canga para denegrir a imagem da mulher.

Mas, o homem se curva diante da beleza, da espiritualidade e da mansuetude do sexo oposto. Meditando e tendo como ponto de apoio uma figura feminina emolduramos o que representa o amor de uma mulher. Vida e amor. Amores e paixões, ambos afetam os nossos corações. Amor com singeleza, paixão com tristeza, corações inebriados de pobres apaixonados. Tristeza não combina com alegria, alegria é o antônimo de tristeza, o amor é beleza que irradia. Paixões são melancolias e disritmias. Tristezas em nossas vidas sentirem-nas jamais, somos incapazes de suportar emoções. Alegrias rutilantes são gerações de algo mais. Tristezas são caminhos que dilaceram corações. Vida e amor, Amores e paixões ambos afetam os nossos corações. Alguém exalçou: o Dia Internacional da Mulher de nada se pode esquecer. A origem é essencial para dinamizar o que representou o acontecimento que germinou a criação desse dia. No Dia Internacional da Mulher nunca é demais relembrar as 129 heroínas que perderam suas vidas para defender o abuso cometido pelo excesso de trabalho e falta de respeito com o ser humano. De nossa autoria a homenagem em tom de poesia.

Coragem - Amor, carinho, sorrisos, ternura e brandura, são fatos inusitados e refrescados pela felicidade. Hoje, amanhã e sempre será o presente e o porvir; mede a coragem que tens quando a tormenta sibila. Todos são bons pilotos, quando a corrente é tranquila. Perfume aromado é cheiro de amor que vence a dor da paixão, de vez em quando sou feliz, não tenho a fraqueza de irmãos caídos. Enquanto o mundo se agita, chamando a inquietação, te vejo e sinto, num labirinto sem saída, que em toda parte, a dor triste e gemente, nos transforma num ser vivo e algemado à angústia e agonia, entre o sol calcinante e a noite fria. Eis forte bela e macia, suas palavras irradiam esperanças e amor, e o meu clamor por ti é uma centelha divina, que destina o meu caminho, o meu amargor. O amor é um poder sem fim. Por ele, uma atitude sua se agiganta, um sinal transmite energias, um sinal transmite energias, um aperto de mão reconforta, a visita alegra, o trabalho seja de casa ou não gratifica e o lar aconchega.

É reluzente cheia de carinho e luz, fato que me seduz, me leva ao êxtase de alegria e paz, me encanto sempre, com sua doçura de mel. Que calor gostoso teu corpo faz alçando a tua alma à senda do infinito. É descomunal, anormal meu amor por você, coração a palpitar parece que vai saltar expulsar do peito todos os afetos que não apago e arquivo numa pasta especial. E como é bom o sentir-se amado! Idolatrado com nobreza colorida, auferida pelo justo e bem querer, de fato não sou ingrato, impertinente à hora é sua, minha também é nossa, é o esplendor do amor que se descortina escancarando minha retina, perto de mim com teus hábitos, teu colorido se junta a todas as raízes que crescem sem proporções e vão alimentar nossos corações. Essa é nossa homenagem a todas as mulheres do nosso querido Brasil e do mundo.

ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI E ALOMERCE- DA UBT E AOUVIRCE

Banda Nightlife no Café Estação - Domingo, Dia 07 de Março

Cafe Estação - Newsletter2

Neste domingo, dia 7 de Março no Café Estação :

Nigth Life- Rock Pop
e Forró Direito- Legitimo Forró Pé de Serra

Venha curtir um fim de tarde com estilo!
A partir das 15 horas....
Ingressos- R$6,00

Café Estação
Avenida Pedro Felicio Cavalcanti 1969, em frente ao Triângulo do Grangeiro!
Crato- CE

Deseja comprar Móveis ? - DULARE MÓVEIS - O Seu Melhor local para comprar móveis no Cariri

Dulare 400

DULARE é a mais nova opção para você comprar seus móveis na Região do Cariri. Se você procura qualidade por preços acessíveis, o caminho certo é na DULARE MÓVEIS. E aproveite as ofertas de fim-de-ano. DULARE - Bons Móveis para Você - Em crato, na Praça Siqueira Campos.

Uma grande loja com o maior sortimento:

Image2


Sofás, Camas, Guarda-roupas, salas, cozinhas completas...

Dsc04075

Atendimento por pessoal treinado. Garantia de bom atendimento e respeito ao cliente.

Dsc04134


DULARE MÓVEIS - Promoção de Inauguração

Em CRATO, na Praça Siqueira Campos

Empresa parceira do Blog do Crato

Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30