xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 21/02/2010 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

21 fevereiro 2010

CAMPANHA DA FRETERNIDADE UMA GRANDE FARSA II...Por Wilson Bernardo.

VOCÊS NÃO PODEM SERVIR A DEUS E AO

DINHEIRO?...ECONOMIA E VIDA?!


TRADUÇÃO!
Kama sutra
O que
Na verdade
Seria
Cama santa.

OS ILUMINISTAS.
Animais de pergaminhos.
Monges de saberes ao povo.
Domínios!
A igreja privilegio das escrituras.
Livros as mãos
Margens de ouro
Prata
Retocadas obras Iluminadas
senhores monges Iluministas*
A real origem das palavras.

*O nome Iluminismo surge devido a ação dos monges de pintar
as bordas dos pergaminhos de Ouro e prata,dando assim uma luz nos escritos.

A SABEDORIA DOS PÃES.
Temos prazer em igual satisfação animal,
E não saberíamos a felicidade sem a desejada obsessão.
Trocaremos moedas por grãos
Dignidade por pão
E obediência pela fé
Que é de má sabedoria,incredoles histerias.
Nos circundeia senhores pastores
E não teremos caça nessas matas...
Não há matas.
Secos prados do norte,serrados e mortes.
Precisamos ter o que plantar
Não acalentaremos amor nessa inanição!
Não temos pai e nem padres.
Cícero das imagens:O horto é procissão.
A missão é sombria e injenuos serão
Os compradores de romarias.
Temos prazer em igual desejo
Fome e fé
Sabedoria nordestina da sobrevivência.

Wilson Bernardo (Poemas & Fotografia...)

Corriere della Sera : Agora são os italianos ? - Por: José Flávio Vieira


21/02/2010 - 16h29

Economia do Brasil deverá superar a italiana em cinco anos, diz jornal
ROMA, 21 FEV


(ANSA) - O jornal italiano Corriere della Sera publicou em sua edição deste domingo um texto no qual estima que a economia do Brasil ultrapassará a italiana dentro dos próximos cinco ou seis anos, tornando-se a sétima maior do planeta.
Na nota, o diário trata de maneira irônica o fato de que, hoje, são alguns dos países que pertencem ao mundo desenvolvido, como a própria Itália, Espanha e Grã-Bretanha, que têm de lidar com problemas antes atribuídos a nações mais pobres, como déficit alto, desemprego e dúvidas sobre a capacidade de honrar pagamentos.
"A fuga de capitais que antes afetava o Brasil, a Tailândia ou a Coreia do Sul hoje é uma realidade para a Grécia e a Espanha e um fantasma para a Grã-Bretanha", diz o jornal. "Enquanto isso, o fluxo de investimentos nos países emergentes superou os US$ 700 bilhões neste ano".
Em outro trecho, o Corriere afirma que a China deverá superar o Japão para se tornar a segunda maior economia do planeta em 2010.
Mais adiante, indica que, no sétimo posto, "durante a recessão global" gerada pela crise financeira, "o Brasil já ultrapassou a Itália se é considerada a paridade do poder de compra (PPC)", método usado para apurar quanto uma moeda pode comprar em termos internacionais.
O objetivo, neste caso, é comparar o poder aquisitivo e o custo de vida em diferentes economias.
"Em um dado momento, dentro dos próximos cinco ou seis anos, um pouco antes ou um pouco depois segundo as taxas de câmbio e de crescimento, o Brasil também passará a Itália em termos absolutos", afirma o texto.
"Assim, nosso país poderá deixar o grupo das sete maiores economias do mundo pela primeira vez em duas gerações", ressalta o jornal italiano.

Postado por: José Flávio Vieira

Eleições na democracia esvaziada – por Gaudêncio Torquato (*)



Dilma Rousseff foi escolhida candidata à Presidência por Lula porque o PT vivia um momento de "vazio". Essa foi a explicação do então ministro da Justiça para mostrar como essa candidatura emergiu como fator de composição dentro de um partido fragilizado e de alas divididas na onda do mensalão. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso deu vazão à expressão usada por Tarso Genro ao dizer que o perfil da chefe da Casa Civil carece de atributos de liderança. Por trás da explanação de um e da espinafração de outro reside uma particularidade da vida política contemporânea: um processo de esvaziamento.
Os requisitos clássicos dos quadros políticos - experiência, liderança, capacidade de mobilizar as massas - nem sempre são considerados para efeito de escolha de candidatos. E as causas estão na própria crise que assola o sistema político, cuja feição assim se apresenta: partidos de identidades esgarçadas, representações apartadas da sociedade, Parlamentos com menos disposição para legislar; oposições frágeis e com discurso opaco e eleitores desmotivados. Verdade é que desde a queda do Muro de Berlim o jogo político se tornou menos contrastado. Os atores políticos reúnem-se num grande centro, onde se opera a clonagem das semelhanças.
O próprio conceito de democracia perde o antigo escopo, abrigando novos elementos. No século 19, por exemplo, o sufrágio era instrumento da democracia atomizada: os átomos eram conquistados um a um por candidatos com discursos distintos. Hoje a escolha se processa dentro de coletividades de pensamento homogêneo e por contendores bastante assemelhados. O processo atomizado de ontem é substituído por mecanismos impostos por uma democracia concebida e desenvolvida por uma teia de organizações intermediárias (sindicatos, associações, movimentos e mesmo alianças passageiras).
Estes constituem os novos polos de poder, dentro dos quais os atores, alguns sem nunca se terem submetido ao crivo do eleitor, se abrigam para disputar campanhas majoritárias de envergadura. O "vazio" oceânico na política abriga não só a ministra Dilma, mas outras figuras. Veja-se o caso do presidente da Fiesp, Paulo Skaf, cuja pretensão de ser candidato ao governo de São Paulo pelo PSB o deixaria na risível situação de ter de optar pela cartilha da indústria, que representa, ou pelo socialismo partidário, que defende, por exemplo, a redução da jornada semanal de trabalho.
Os perfis já não privilegiam parâmetros que, no antigo sistema, mediam os potenciais de cada qual. Agora, na nova ordem - nomeada de organodemocracia por Roger-Gérard Schwartzenberg -, os contendores passam a representar menos o que pensam e mais o conjunto de interesses e a prática de grupos, siglas amorfas e alianças que os abrigam. Se os ideários fenecem, os adversários tornam-se mais próximos. Sob essa leitura, a comparação entre os ciclos FHC e Lula terá mais firulas que diferenças no plano semântico. Dados a mais alcançados pelo ciclo lulista só foram possíveis em decorrência da base assentada pelo antecessor.
E, quanto a rumos, as diferenças se darão na esfera do estilo. Quem acha que o País, com inflação domada, juros baixos, braços assistenciais fortes, tem de mudar a rota? No campo político, os arranjos - seja para a oposição, seja para a situação - deverão continuar a partir da aliança com o PMDB. O assistencialismo, simbolizado por programas de redistribuição de renda, será mantido por Dilma e ajustado pelo candidato da oposição. As grandes pilastras do edifício Brasil, portanto, serão as mesmas.
Haverá, claro, pontuação sobre os perfis. Em relação à candidata governista, percebe-se grande interesse em afastá-la do leito do pragmatismo, frequentado por Lula, para banhá-la nas águas ideológicas. Há núcleos comprometidos com a bolorenta cartilha do Estado controlador de tudo. Lula, porém, será o mestre de cerimônias dessa liturgia. E terá o poder para conter o ímpeto de radicais. Até porque imagina Dilma como a locomotiva a puxar o trem que construiu ao longo de oito anos. Não sendo petista histórica, teria condições de encarnar o pragmatismo lulista. Já do lado das oposições, o País poderá ver um candidato mais experiente e de perfil consagrado. Ocorre que a bagagem pessoal de José Serra, nos termos acima descritos, não terá mais o peso de outrora, canibalizado que será por paisagem mais abúlica e menos contrastante.
Tanto o perfil de Serra quanto o de Dilma se enquadram no território do estilo tecnocrático. Tal imagem será fatalmente percebida pela comunidade política. Ambos terão chances de mostrar suas qualidades, capacidades e até deficiências. A indagação prossegue: o fator pessoal prevalecerá sobre a moldura?

(* )Gaudêncio Torquato, jornalista, é professor titular da USP e consultor político.

A “riqueza” da Igreja Católica – por Armando Lopes Rafael


São recorrentes as críticas infundadas contra a “riqueza” da Igreja Católica Apostólica Romana. Embora eu veja com naturalidade esses ataques creio, sinceramente, que os acusadores não conhecem com profundidade a Igreja; não sabem a imensidão do trabalho e da missão da Igreja fundada por Cristo ao longo dos últimos dois mil anos.
Seria bem mais cômodo (humanamente falando) eu permanecer em silêncio sobre esses constantes ataques... Mas minha consciência não ficaria tranqüila! O silêncio - na maioria das vezes - é interpretado como aprovação tácita. Não é este o meu caso. Assim submeto-me ao ódio gratuito e irracional dessas pessoas e peço o sagrado direito do contraditório para mostrar a outra face da moeda.
Ora, a Igreja Católica é também instituição humana, já que foi incumbida por Jesus para levar a salvação a todos os homens. Para tanto, precisa de logística “material” como qualquer outra instituição. A priori, deve-se ressaltar que nenhuma outra instituição terrena tem uma missão tão ampla e tão cara. O Papa é o único chefe de Estado que tem 1,2 bilhões de filhos – de todas as nacionalidades – em todo o planeta. Só dioceses existem hoje mais de 4.000 espalhadas em todos os continentes.
Além disso, nos seus dois mil anos de existência a Igreja Católica foi a maior responsável pelo imenso patrimônio de progresso da humanidade. Quer na proteção aos fracos, excluídos e doentes; quer na criação das primeiras universidades. Como também no amparo à pobreza em todo o planeta. Quantos hospitais, albergues, sanatórios, asilos, leprosários e escolas foram e são mantidos pela Igreja Católica!
Quantos santos e santas, freiras e sacerdotes, leigos e leigas, passaram a vida fazendo a caridade (São Vicente de Paulo, Dom Bosco, São Camilo de Lelis, Madre Teresa de Calcutá, Irmã Dulce dentre outros milhares e milhares). Mesmo nos dias atuais, 25% das instituições que cuidam dos aidéticos no mundo pertencem a Igreja Católica. Acrescente-se a isso as sucessivas casas fundadas para recuperação de drogados em todo o mundo. Aonde o Estado é omisso, aí chega a ação social da Igreja.
E tudo feito com o dízimo e as coletas ofertadas espontaneamente pelos frequentadores dos templos católicos. As cúrias diocesanas, os seminários, as paróquias e todas as iniciativas filantrópicas da Igreja são mantidas com essas doações. Diferente de certas igrejas evangélicas (que nunca foram – e nunca serão – criticadas pelos detratores da Igreja Católica) os padres católicos não estipulam dízimos altos e sempre repetem: –cada um dê de acordo com as suas possibilidades.
Com 8.602 paróquias e 267 dioceses, espalhados por 5.560 municípios, a Igreja católica no Brasil constitui-se uma gigantesca rede de caridade e promoção social, desenvolvendo atividades em diversas áreas onde o estado brasileiro possui presença limitada.
Ou nenhuma presença!
Mas para este não existem críticas, sequer nos desvios de conduta tão comum aos que administram o estado brasileiro...

Texto e postagem de Armando Lopes Rafael

CRATO - Notícias do dia 21 de Fevereiro de 2010



Secretaria de Ação Social do Crato promove cursos profissionalizantes no distrito de Dom Quintino


O Governo Municipal junto da Secretaria de Ação Social do Crato, solicita a presença de todos os inscritos no curso de auxiliar de serviços gerais. As inscrições foram realizadas no dia 1º de Dezembro do ano de 2009 na Creche Raimundo de Sousa Sobrinho, no distrito de Dom Quintino. É importante que todos procurem a coordenadora Sônia Gonçalves da referida Creche amanhã, segunda-feira dia 22 de fevereiro à partir das 13 horas 30 minutos para que sejam definidos os devidos horários, turmas e turnos, para que o curso tenha início no próximo dia 1º. de março.

Ainda na Creche Raimundo de Sousa Sobrinho em Dom Quintino, estão abertas às inscrições dos seguintes cursos: pintor predial,pedreiro,bombeiro hidráulico e eletricista predial. Os interessados deverão ter idade acima de 17 anos e procurar a devida creche à partir das 13 horas e 30 minutos munido de toda documentação pessoal, inclusive comprovante de residência e cartão do Bolsa Família, para notificação do número do NIS- Número de Identificação Social.

Pólo de Atendimento do distrito de Ponta da Serra abre proxima segunda-feira inscrições para cursos profissionalizantes

O Governo Municipal do Crato por meio da Secretaria de Ação Social, avisa que depois de amanha, segunda-feira, 22, a partir das 8 horas no Pólo de Atendimento Edvardo Ribeiro da Silva no distrito da Ponta da Serra estarão abertas às inscrições para os cursos de pintor predial,pedreiro,bombeiro hidráulico, auxiliar de serviços gerais e eletricista predial . Os interessados deverão ter idade acima de 17 anos;e procurar no referido pólo à Coordenadora Francisca das Dores, munido das seguintes documentações: identidade,CPF, comprovante de residência e o número do NIS- Número de Identificação Social -(existente no cartão do bolsa família).

Desratização dos mercados públicos será feita através do Centro de Zoonoses

O Centro de Zoonoses do município do Crato realizará trabalho de desratização dos mercados públicos do Crato, incluindo os dois principais: o Wilson Roriz e o Walter Peixoto. A medida visa, além de higienizar esses ambientes e imediações, impedir a disseminação de doenças que podem ser transmitidas como a leptospirose, que é repassada por meio da contaminação da urina do rato.

CRAS Alto da Penha promove curso de arte, diversão e inclusão social para os idosos do bairro.

O Centro de Referencia em Assistência Social CRAS Alto da Penha inicia na próxima segunda-feira, 22 a partir das 13 horas e 30 minutos curso de pintura em cerâmica para os idosos que fazem parte do centro. O Curso que promove conhecimento em arte, interação e sobretudo inclusão social terá a duração de dois meses e acontecerá as segundas e quintas.

Governo Municipal do Crato
Fone/Fax - (88) 3521.9960
Mais informações:
http://www.crato.ce.gov.br
http://www.prefeituramunicipaldocrato.blogspot.com

CAMPANHA DA FRETERNIDADE UMA GRANDE FARSA...Por Wilson Bernardo.

O Dinheiro é sim o substancial para o milagre da fé...As grandes conquistas dos trópicos,foi usurpados pelos missionários de uma fé cristão,reluzentes ao brilho do ouro e o encanto das pratas,revestidas de brilhantes,sedados pela sedução da carne de indiginas mulheres fartadas pelo desejo sagas de um Cristo purificado de prazeres absurdos de senhores monges lapidadores de sexo e orgias de bananas tropicais,e vejam que não precisamos irmos tão longe,e aos palácios romanos de inusitados defecadores de ouro,onde Papais cagadores de salmões ,depositam suas preciosa fezes,degustadas por fieis adestradores de milagres e de províncias como a Cidade do Crato,em que a igreja e a cúria ,administra tão bem e bens rendáveis,inumeros imóveis e residências,gerenciando o mercado financeiro imobiliário,alem é claro a tão rendível LOGINHA DA SÉ e seus suvenis religiosos o que os aproximam do milagre da multiplicação das moedas,e que não se lembra da campanha de mudança do piso da sé,avultadas somas de uma arrecadação pré-estabelecida em que no buraco da agulha somente passa ovelhas de rebanhos obesos e fartos de contas bondosa,o pobre,apenas aprecia a sonora descarga das alfazemas de um milagre indecente,servir a Deus e ao dinheiro,eis que a grande questão é, desnudem senhores representantes do banco de uma Roma serviente ao Vaticano e morte ao ego de palácios reluzentes...
SUMSUM CORDA.
Não sei porque
Bispos não
Se enforcam...
REINO DA CHIBATA!
E a catequese se apavora
Com imagens do paraíso das águas.
Índios comem o dedo de Deus!
Pintando o juízo final
De jejuitas missionários
Povoadores miseráveis.
Almas negras infelizes.
Acalentar monges carentes
Nascendo semeaduras no sexo.
Wilson Bernardo(Texto,Poemas, Desenho e colagem)

BLOGFesta:FELIZ ANIVERSÁRIO Dr.ERINALDO FELIX COSTA...Por Wilson Bernardo

Parabéns Dr.Erinaldo Felix Costa,Brilhante Advogado,de atuação imponderável,no Tribunal do Júri,que o tempo seja aliado para novas reflexões e que seu futuro cada vez mais brilhante,o que já é e o que o torna um dos grandes advogados criminalistas do cariri.

Wilson Bernardo-Fotografia

Poemas de Patativa inspiram produção cinematográfica - Reportagem: Antonio Vicelmo


CORISCO E DADÁ, personagens do filme que está sendo produzido em comemoração ao centenário de Patativa. A equipe de produção e os atores do filme estão trabalhando com esforço e dedicação. Para encerrar o ano do centenário em homenagem à Patativa, várias atividades estão sendo realizadas.

Crato. A programação de encerramento do ano do Centenário de Patativa do Assaré inclui shows, produções artísticas, apresentações folclóricas e a exibição de documentários, entre "O Casamento de Corisco e Dadá em Noite de São João", "Na Rua do Campo", "Mestres dos Saberes e Fazeres da Cultural Popular Assareense", "Patativa Vaca Estrela Boi Fubá" e "A Triste Partida". Patativa nasceu no dia 5 de março de 1909, na serra de Santana, município de Assaré. Os 100 anos de nascimento do poeta foram comemorados em todo o Brasil, inclusive com uma sessão solene no Senado em sua homenagem. O agricultor pobre, que se tornou famoso com sua poesia matuta, contribuiu para o despertar de uma consciência artística em Assaré. Ancorado na poesia brejeira de Patativa, voltada para a cultura popular, um grupo de jovens da cidade pretende encerrar as comemorações do centenário mostrando que Patativa deixou seguidores em todos os setores da cultura brasileira.

Filmagens

Uma das vertentes deste saber popular é a produção de filmes. Esta semana, a equipe de produção esteve no Crato, concluindo as últimas cenas do filme "O Casamento de Corisco e Dadá em Noite de São João". De acordo com o enredo, Corisco em suas caminhadas pelo sertão cearense encontra uma moça bonita, bordando um pano de cozinha e começa a cortejá-la. Após o encontro, os dois se entrelaçam no meio da Caatinga em uma bela noite de amor. Ao amanhecer, o cangaceiro promete voltar para casar com a moça, mas na sua volta, várias barreiras aparecem, impedindo este amor.

Um amor nascido da pureza de uma menina e do instinto feroz e violento de um cangaceiro. Ela, filha de uma família nobre, poderosa, não aceita a concretização desse amor. Ele, afilhado de um dos homens mais temidos do sertão, usa de sua patente para providenciar a união dos dois amores. "Amor não escolhe status, escolhe corações puros que se amam".

"O Casamento de Corisco e Dadá, em noite de São João", segundo o secretário de Cultura de Assaré, Marcos Salmo, é um curta-metragem de ficção, que traz elementos diferenciados da cultura popular nordestina. Todas as falas do personagens foram elaborados em forma de poesia, com a colaboração do poeta Geraldo Gonçalves, sobrinho de Patativa. Salmo ressalta que o casamento tem sua base sedimentada nas características do cangaço, não identificando os cangaceiros como heróis ou vilões do sertão, mas enfatizando a contribuição cultural do Cangaço para a cultura nordestina e cearense. A produção lembra que o casamento acontece na década de 30, no período da colheita, começando da noite de São João e terminando com a cerimônia do casamento na noite de Santo festivo, onde aparecem todas as místicas e superstições envoltas na cerimônia de matrimônio nessa época.

OPORTUNIDADE Elenco é formado por atores da região

Crato O filme tem cenas gravadas na cidade de Assaré e nas comunidades de Inhumas e Estiva, ambas no município de Santana do Cariri e na Ponta da Serra, Distrito de Crato. No elenco, apenas atores locais, e será reproduzido em mídia digital. A sua distribuição será gratuita, para escolas e associações comunitárias com fins culturais. Vinte por cento é destinado à Secretaria de Cultura do Ceará, apoiadora do projeto.

A distribuição do produto final do projeto, de acordo com o secretário de Cultura de Assaré, Marcos Salmo, será feita de forma orientada para que os professores trabalhem o curta, focados nas discussões da contribuição cultural do Cangaço, na importância da preservação do patrimônio imaterial e nas tradições juninas.

Ficha técnica

O filme é inspirado na pesquisa de Eugênio Oliveira, texto de Marcos Salmo e Geraldo Gonçalves, roteiro e direção: Marcos Salmo. O elenco conta com os atores e atrizes: Felipe Lira, Vanessa Silva, Pedro César, Thanani Braga, Zé Airton, Paulo Henrique, Welligton Gonçalves, Eugenio Oliveira, Karina Duran, dentre tantos atores. O diretor, Cícero Garcia, ressalta que toda essa equipe é do município de Assaré. O filme tem na produção audiovisual a equipe da "Malungo Produções Audiovisuais", equipe de jovens formados no Projeto Verde Vida e que hoje utilizam os conhecimentos adquiridos na produção audiovisual do Cariri. Toda essa produção é uma realização da Fundação Balceiro de Cultura Popular, que tem a frente da instituição as senhoras Cidinha Oliveira e Thanani Maria, instituição que há mais de dez anos vem promovendo a cultura no Estado do Ceará, uma de suas ações mais conhecidas é o grupo junino Arraiá do Patativa.
Fique por dentro Poema
Em um dos seus mais conhecidos poemas, "A Festa da Maricota", Patativa do Assaré descreve a chegado de um cangaceiro à festa com o seguinte verso: "O cabra vinha coberto/ da tenda da perdição/ eu reparei e tô certo/ que ele trazia na mão/ o mais pió dos flagelo/ um rife papo amarelo/ e sem compaixão nem dó/ um feio punhá dum lado/ e um grande lenço encarnado/ amarrado no gogó"

MAIS INFORMAÇÕES

Prefeitura Municipal de Assaré
Rua Dr. Paiva, 415 - centro
(88) 3535.1613

Antônio Vicelmo
Repórter do Jornal Diário do Nordeste
Colaborador do Blog do Crato

CRATO - Previsão do Tempo - Hoje - Dia 21 de Fevereiro de 2010


Fonte: Climatempo

Termina o horário de verão em três regiões; relógios devem ser atrasados em uma hora


Em vigor desde outubro de 2009, o horário de verão terminou à 0h deste domingo (21). Os relógios devem ser atrasados uma hora. Horário de verão economizou 0,5% de energia Metrô e CPTM funcionam uma hora a mais. A medida atinge três regiões do país. Além do Distrito Federal, são dez Estados afetados --Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. O principal objetivo do horário de verão foi reduzir o consumo de energia elétrica --houve economia de 0,5%, segundo o Ministério de Minas e Energia.

Desde 2008, decreto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva estabelece datas fixas para o início e término do horário de verão. Antes, anualmente, era publicado um decreto para definir o período da mudança. De acordo com o decreto, a mudança no horário ocorre, todos os anos, no terceiro domingo de outubro e termina no terceiro domingo de fevereiro. Se a data coincidir com o domingo de Carnaval, o final do horário de verão é transferido para o próximo domingo.

Fonte: Folha Online

Justiça eleitoral cassa mandatos de Kassab e vice, diz jornal


A edição eletrônica do jornal 'O Estado de São Paulo' informou que a Justiça Eleitoral cassou, em primeira instância, o mandato do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, do DEM, por receber doações ilegais para a campanha de 2008. A vice de Kassab, a peemedebista Alda Marco Antonio, também teve o mandato cassado, de acordo com a reportagem. Ambos podem recorrer da decisão sem deixar seus cargos.

A decisão, segundo a reportagem, partiu do juiz da 1ª Zona Eleitoral, Aloísio Sérgio Resende Silveira, o mesmo juiz que havia cassado o mandato de um grupo de 16 vereadores paulistanos nos últimos meses do ano passado. O G1 tentou entrar em contato com o juiz Aloísio Sérgio Resende Silveira, mas não obteve retorno. O motivo seria o mesmo das cassações anteriores: abuso de poder econômico. Assim como os vereadores cassados em primeira instância, Kassab e Alda teriam recebido mais de 20% das doações de fontes consideradas vedadas.

Entre os doadores considerados vedados pelo artigo 24 da Lei Eleitoral (9.504/97) estão "órgão da Administração Pública direta e com recursos provenientes do Poder Público", "concessionário ou permissionário de serviços públicos" e "entidade de classe ou sindical". Em nota, os advogados do prefeito afirmam que as "contribuições foram feitas seguindo estritamente os mandamentos da lei".

O texto afirma ainda que, se essa decisão servir de precedente, "por esse mesmo motivo seriam cassados desde o Presidente Lula até o vereador do menor município do Brasil".
Ao G1, um dos advogados do prefeito, Ricardo Penteado questionou a base da decisão do juiz da 1ª Vara Eleitoral. "A tese que o juiz defende, ele próprio reconhece que já foi vencida no Tribunal Superior Eleitoral, de que as empresas que são sócias de concessionárias não podem doar", disse Penteado.

Fonte: G1

Milhares se manifestam em Lisboa contra casamento gay

Uma manifestação contra o casamento entre homossexuais, aprovado no mês passado pelo Parlamento português, percorreu neste sábado (20) o centro de Lisboa com a participação de cerca de cinco mil pessoas, segundo os meios de comunicação. A manifestação foi convocada "em defesa da família" e a favor de um referendo sobre o casamento homossexual, embora uma iniciativa nesse sentido já tenha sido rejeitada pelo Parlamento.

O protesto, organizado pela Plataforma Cidadania e Casamento, integrada por organizações e simpatizantes católicos, percorreu sem incidentes a avenida da Liberdade, no centro de Lisboa. Os manifestantes exibiram cartazes e entoaram palavras de ordem a favor da família tradicional e da realização de uma consulta popular e interrupção do processo legal para introduzir o casamento homossexual no código civil português.

A nova lei, que já foi votada favoravelmente duas vezes no Parlamento, ainda deve superar outros trâmites legislativos e ser sancionada pelo chefe de Estado, o conservador Aníbal Cavaco Silva. A lei sobre casamento entre pessoas do mesmo sexo aprovada em Portugal não contempla o direito à adoção e foi promovida pelo governante partido socialista. A legenda do primeiro-ministro José Sócrates contou para sua aprovação com o respaldo dos partidos da esquerda marxista parlamentar e a rejeição da principal força de oposição, o conservador Partido Social Democrata (PSD).

da Efe, em Lisboa - Via Folha OnLine

A Maior orsquestra do Brasil inicia nova temporada - Banda Mantiqueira


Uma orquestra elogiadíssima no Brasil e no Exterior: Banda Mantiqueira!

convite banda mantiqueira

O Bairro da Bexiga, um dos mais antigos e tradicionais de São Paulo, é conhecido como ponto de encontro de jovens, músicos e intelectuais. Na década de 80, bem no coração do bairro, havia uma república onde começaram os encontros do que viria a se chamar Banda Mantiqueira.

Vindos de diferentes regiões do extenso território brasileiro, combinando tradições regionais, estes músicos deram ao grupo um tempero muito particular. A influência de Miles Davis, Louis Armstrong, Charlie Parker e outros mestres do jazz misturava-se à música brasileira como a de Formiga, Tom Jobim, Pixinguinha e Cartola, fator determinante para a criação de uma banda tipicamente brasileira, mas com raízes nas big bands norte-americanas.

Em pouco tempo, ritmos como samba, frevo, gafieira, chorinho e bossa nova atraíram muita gente aos bares e cafés do bairro. A notícia da nova banda espalhou-se e os espaços ficaram pequenos para tanto público. O que era uma brincadeira de amigos tornou-se sério e passou a ser encarado como um projeto consistente e profissional. Nas composições, arranjos e releituras feitas pelo grupo, a individualidade e a bagagem sonora de cada um dos integrantes é aproveitada de maneira a obter um resultado inteiramente novo e peculiar.


INTEGRANTES: Nailor Azevedo "Proveta" (sax alto e clarinete), Samuel Pompeu e Carlos Alberto de Alcântara (sax barítono, flauta e piccolo), Cacá Malaquias (sax tenor e flauta), Vitor Alcântara (sax tenor, soprano e flauta), François de Lima (trombone de válvulas), Valdir Ferreira (trombone de vara), Nahor Gomes, Walmir Gil, Odésio Jericó (trompete e flugelhorn), Jarbas Barbosa (guitarra elétrica), Edson Alves (contrabaixo elétrico), Wesley Izar (bateria), Fred Prince e Guello (percussão).

Fonte: Biscoito Fino e Maritaca
Apoio: Blog do Crato e Portal do Jazz

Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30