xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 01/02/2010 | Blog do Crato
.

VÍDEO - CONVERSA FRANCA - O DESCASO NO CRATO - Dihelson Mendonça ( 30-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

01 fevereiro 2010

Publicidade: CRAJUBATUR - Levando você onde o sonho pode chegar !



crajubatur

A Crajubatur leva você onde o sonho pode chegar !

Miami ( USA )

Miami

Oslo ( Noruega )

OsloSnow-1

Londres ( Inglaterra )

Londres_para_Turistas

CRAJUBATUR - Venda de passagens aéreas. No Shopping RESIDENCE, Loja 9B. Crato - CE.


DSC03853



Dsc03972


Shopping Residence - Loja 9B - Crato - CE
Patrocinador oficial do Blog do Crato

E agora, José ?

01/02/2010 - 18h38
"Nós já esperávamos por isso", diz Alencar sobre pesquisa Sensus

BRASÍLIA (Reuters)

- O vice-presidente José Alencar afirmou nesta segunda-feira que o crescimento da ministra Dilma Rousseff nas pesquisas é fruto do desejo da população pela continuidade do atual governo.
"Tem muito Brasil ainda para ela visitar... há uma vontade nacional de garantir continuidade e ela representa isso", disse Alencar a jornalistas ao chegar para evento em Brasília, com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Pesquisa do instituto Sensus, encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), mostrou nesta segunda-feira que a ministra-chefe da Casa Civil subiu 6,1 pontos percentuais nas intenções de voto, para 27,8 por cento, se aproximando do líder, o governador paulista, José Serra (PSDB), que teve uma variação positiva para 33,2 por cento.
Alencar, que combate um câncer há anos, contou que seus médicos estão surpresos com a evolução de seu quadro clínico. Aproveitou também para reforçar que a saúde do presidente "vai muito bem", dias depois de o presidente ter sofrido uma crise de hipertensão.
(Reportagem de Natuza Nery)

Oração e Pecado

Deus, no delírio da carne eu cedi,
Cedi, pois o lábio rubro e trêmulo, infecto de pecado
É doce na boca de quem o beija.
Cedi aos olhos de uma medusa dos lábios em brasa,
Do passo leve como flocos de neve, de folhas
Que pairam caindo no chão.
Fraquejei ao tato-veludo, ao hálito de rosas,
Aos olhos-grilhões sobre meu ser que tão forte era
Forte até a hora de vê-la, fulgás em desejo,
Eterna em meu coração.
Cedi e minhas preces no meio do efêmero do gozo,
Da lascívia trêmula das carnes em delírio não me foram ouvidas.
Tentei, mas quanto mais tentava,
Mais o céu aparecia-me nas carnes, nos beijos, nos olhos...
Pois se o céu não for amor e não mais sei
O que poderia ser.

Foto: Carlos Hauck

Crato Perde em Casa - Por: Amilton Silva






Jogando na tarde de ontem no Mirandão, diante de uma grande e animada torcida, o Crato foi derrotado pelo Guarany de Sobral por 1 X 0. Um primeiro tempo com poucos lances de emoções ficou no 0 X 0. Já na segunda etapa o Azulão perdeu uma grande oportunidade de abrir o marcador logo no primeiros minutos, aos sete minutos, aproveitando um cruzamento da direita do ataque o atacante Waldir Papel, abriu o marcador. A equipe cratense sofreu com a ausencia do seu artilheiro e meia Djalma. à Partir do gol do Guarany, só deu o Azulão. A grande torcida cratense saiu de campo revoltada com a arbritagem, que anulou um gol do Crato, e ainda deixou de marcar uma penalidade maxima já nos acrecimos da partida. Para se ter uma idéia da superioridade do Crato, o melhor jogador em campo foi o goleiro Vantuir com grandes defesas. Outros jogos realizados neste final de semana pela sétima rodada do Cearense: sábado, Horizonte 2 X 1 Boa Viagem, ontem , Fortaleza 0 X 0 Ceará, Limoeiro 3 X 4 Quixadá, Maranguape 0 X 1 Ferroviário. Hoje a rodada será completada com o jogo entre Itapipoca e Guarani de Juazeiro.

CLASSIFICAÇÃO

Pos Clube P J V E D GP GC S
Ferroviário 14 7 4 2 1 9 3 6
Guarany (S) 13 7 3 4 0 10 7 3
Crato 12 7 4 0 3 11 5 6
Horizonte 11 7 3 2 2 12 9 3
Fortaleza 11 7 3 2 2 11 10 1
Quixadá 10 7 3 1 3 13 17 -4
Itapipoca 8 6 2 2 2 11 12 -1
Boa Viagem 8 7 2 2 3 9 12 -3
Ceará 7 7 2 1 4 8 8 0
10º Guarani (J) 7 6 2 1 3 7 11 -4
11º Maranguape 6 7 2 0 5 8 10 -2
12º Limoeiro 6 7 1 3 3 10 15 -5


Outros Jogos Realizados ontem Pelo Brasil

Pelo campeonato Carioca o destaque foi para grande virada do Flamengo diante do Fluminense, O Fluminense terminou a primeira etapa vencendo por 3 X 1 , e desperdiçou ainda algumas oportunidades para ampliar o marcador, na segunda etapa o Flamengo conseguiu impor seu melhor futebol e virou para 5 X 3, jogando boa parte com um jogador a menos com a expulsão do zagueiro Álvaro aos 17 minutos do segundo tempo. O destaque da partida foi o artilheiro Adriano com 3 gols. Vasco 3 X 0 Friburguense com tres gols de Dodô, Bangu 3 X Duque de Caxias, Boa Vista 3 X O Olaria, Macaé 1 X 2 Madureira completaram a rodada, no sábado o Botafogo venceu de Virada o América por 2 X 1.

Paulistão Resultados

CORINTHIANS 1 X 0 PALMEIRAS
MOGI MIRIM 1 X 1 BRAGANTINO
PORTUGUESA 1 X 2 BOTAFOGO
RIO BRANCO 1 X 2 PONTE PRETA
SERTÃOZINHO 2 X 2 SÃO PAULO
PAULISTA 2 X 0 MIRASSOL
ITUANO 1 X 2 SANTO ANDRÉ



Texto e Fotos da Reportagem: Amilton Silva - Editor Oficial de Esportes do Blog do Crato
Foto de Amilton Silva - Cortesia Blog do Crato

Os Altos e Baixos na vida de um Presidente - Por: João Ribeiro Mendes


No final do seu primeiro mandato o presidente Lula teve uma crise de pressão alta quando descobriu que o seu governo foi responsável pelos juros altos, pelo alto índice de corrupção, pelos altos salários dos políticos, pela taxa alta de desemprego e pelo alto índice de criminalidade no país. Agora, no final do seu segundo mandato, o presidente sofre outra crise de hipertensão, possivelmente, causada pelo desânimo com o baixo índice de crescimento econômico, com os golpes baixos do seu governo, com o baixo nível das suas declarações, com os negócios por baixo do pano, com o baixo índice de desenvolvimento humano da população e com a baixa qualidade do ensino no país. Sugiro que o presidente Lula, depois de receber alta do hospital, não fique até altas horas sonhando com o ponto alto na campanha eleitoral, porque ele pode sofrer uma nova crise de pressão alta ou ficar de baixo astral, quando descobrir o alto risco de periculosidade e o baixo índice de popularidade da sua candidata. Falar palavra de baixo calão, também, não alivia pressão alta, Sr Presidente.

Francisco Ribeiro Mendes
E-mail ( omitido pelo editor para preservar o escritor ) @correioweb.com.br
Brasília-DF

Texto enviado por E-mail pelo nosso colaborador em Brasília, João Ribeiro Mendes
Cadastrado como membro do Blog do Crato

Uma homenangem aos trabalhadores da Arte e da cultura


Dizem que uma imagem fala mais do que mil palavras!

Minha singela homenagem a todos do Blog e em especial à Janinha, Dihelson, Wilson Bernardo, Pachelly Jamacaru, Jairo Starkey, Alexandre Lucas, Fatinha Gomes, Jessika Bezerra e Jean Alex, Sol na Macambira , Océlio, Carlos Rafael e Chrystian Marques que trabalham incansavelmente pela arte e pela musica ! Minha total admiração e afeto!Uma boa semana para todos!

Por Alessandra Bandeira

Dilma empata com Serra em cenário com Ciro na disputa, diz CNT/Sensus


No 1º cenário, Serra sobe de 31,8%, em novembro de 2009, para 33,2%.
Dilma foi de 21,7% a 27,8%; Ciro Gomes (PSB) caiu de 17,5% para 11,9%.

Na corrida eleitoral pela sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT), está tecnicamente empatada com o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), quando o deputado Ciro Gomes (PSB) está na disputa, mostra pesquisa CNT/Sensus divulgada nesta segunda-feira (1). Dilma cresceu pelo menos cinco pontos percentuais nos dois cenários testados pela pesquisa. O governador de São Paulo ainda lidera nas duas pesquisas estimuladas, mas a margem entre os dois diminuiu. Ela já passou o governador na pesquisa espontânea.

No primeiro cenário, Serra cresce de 31,8%, em novembro de 2009, para 33,2% em janeiro deste ano; Dilma subiu de 21,7% para 27,8%; Ciro Gomes (PSB),caiu de 17,5% para 11,9%; e Marina Silva (PV) subiu de 5,9% para 6,8%. Houve queda no total de pessoas que votam nulo ou branco (de 11,1% para 10,5%). A diferença entre os dois primeiros colocados, que era de 10,1%, caiu para 5,4%. Como a margem de erro está em 3%, os dois estão tecnicamente empatados. “Há uma intersecção da margem de erro”, disse Ricardo Guedes, do Instituto Sensus.

No segundo cenário, em que Ciro está fora da disputa, Serra fica praticamente estável, crescendo 0,2 pontos percentuais, com 40,7% em janeiro. Dilma cresce cinco pontos percentuais entre novembro e janeiro, e registra 28,5% nesta última pesquisa. Marina também cresce, de 8,1% para 9,5%, Brancos e nulos caíram de 13,8% para 11,4%. Na pesquisa espontânea, em que não é apresentada nenhuma lista de candidatos ao entrevistado, o presidente Lula –que não pode se candidatar- registra 18,7%; logo depois, pela primeira vez, vem Dilma, com 9,5%, acompanhada de Serra, com 9,3%.

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), tem 2,1%; Marina, 1,6%; e Ciro, 1,2%. Outros candidatos registram todos 1,9%, e o total de brancos e nulos chega a 2,6%. Os que não souberam ou não responderam chegam a 53,1%.

Avaliação de Lula

A avaliação positiva do desempenho pessoal do presidente Luiz Inácio Lula da Silva subiu de 78,9% em novembro de 2009 para 81,7% em janeiro deste ano, de acordo com a pesquisa CNT/Sensus. Esta é a segunda melhor marca da série histórica. Em janeiro do ano passado, Lula era aprovado por 84% dos entrevistados.

Houve redução no total de pessoas que desaprovam o desempenho do presidente: de 14,6%, em novembro de 2009, para 13,9%, em janeiro deste ano. É a segunda queda seguida na desaprovação. Esse crescimento na aprovação pessoal foi acompanhado também pelo total de entrevistados que avaliou de forma positiva o governo: de 70% para 71,4%, no mesmo período. Novamente, é o segundo melhor resultado da série histórica, só perdendo para janeiro de 2009, quando o índice era de 72,5%. A pesquisa mostra também que 22% dos entrevistados avaliam o governo como regular — em novembro de 2009, esse índice era 22,7% — e 5,8%, como negativo — em novembro, esse número era 6,2%.

Rafael Targino Do G1, em Brasília

Esquerda radical é acusada de controlar imprensa na América Latina


Emissoras de TV fechadas...


MONTEVIDÉU (AFP) - Emissoras de televisão fechadas, imprensa oficial em expansão, leis para impedir que a mídia "minta": liderados pelo presidente venezuelano, Hugo Chávez, dirigentes da esquerda radical na América Latina tentam regulamentar a imprensa, segundo denúncias de membros da oposição e de ONGs. Na Venezuela, a RCTV, acusada por Chávez de apoiar uma tentativa de golpe de Estado contra ele em 2002, teve o sinal suspenso no dia 24 de janeiro por não transmitir os longos e quase diários discursos em rede nacional pronunciados pelo presidente, como obriga uma lei recente.

O ministro e presidente da Comissão Nacional de Telecomunicações (Conatel), Diosdado Cabello, chegou a classificar a emissora de "porcaria". Seu fechamento desencadeou grandes manifestações de protesto, nas quais pelo menos duas pessoas morreram. William Echeverria, presidente do Colégio Nacional de Jornalistas, estimou que "a democracia está em perigo" na Venezuela. Governos dos Estados Unidos, Canadá, França e Espanha, além de personalidades da imprensa, opositores venezuelanos e ONGs como a Human Rights Watch (HRW) e a Repórteres sem Fronteiras, que falou em uma "guerra midiática", também criticaram a suspensão do sinal da RCTV.

Em 2007, o governo Chávez já havia feito sua primeira tentativa de tirar a RCTV do ar, recusando-se a renovar sua licença de transmissão para a TV aberta. A emissora Globovisión passou pelo mesmo processo, e recentemente foi multada em dois milhões de dólares pelo Conatel por noticiar um tremor em Caracas. Este aumento do controle sobre os meios de comunicação também está acontecendo no Equador e na Bolívia, cujos presidentes, Rafael Correa e Evo Morales, são os aliados mais próximos da Venezuela atualmente.

"Cada um destes governos se deu conta de que o poder que a mídia tem é muito forte, e por isso tentam tirar partido", explica o analista equatoriano Mauro Cerbino, da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais. Essa ruptura "é também produto da necessidade de substituir velhas leis, que em sua maioria foram elaboradas durante as ditaduras militares dos anos 70", acrescenta. Na Venezuela, uma lei de 2004 que regula a exibição de programas violentos ou de teor sexual também obriga as cadeias "nacionais" - que tenham pelo menos 30% de seus conteúdos produzidos na Venezuela - a transmitir os discursos do presidente.

Além disso, Chávez criou uma rede de mídia oficial sem precedentes. "Seis emissoras de televisão, dois circuitos de rádio, mais de 150 sites, uma agência de notícias, um satélite e uma gráfica", relata Marcelino Bisbal, editor de um livro sobre o controle dos meios. No Equador, embora o processo seja mais recente, o tom é semelhante: a imprensa é um poder "medíocre, corrupto e mentiroso", afirmou certa vez o presidente Rafael Correa, eleito em 2006. O país acaba de criar sua primeira agência de notícias oficial e um projeto de lei que sanciona os "monopólios" (uma "lei da mordaça", segundo a oposição) está em processo de debate no Parlamento. No fim de dezembro, a emissora de oposição Teleamazonas teve o sinal suspenso durante três dias pelo órgão público de telecomunicações. O governo equatoriano desmentiu a intervenção, mas não convenceu a oposição.

Na Bolívia, o presidente Evo Morales, reeleito em dezembro, também fortaleceu seu embate contra a imprensa independente. Enquanto o setor é regido por uma lei de imprensa que data de 1925, Morales anunciou na última segunda-feira que o governo estuda uma forma de controlar os meios de comunicação "para que não mintam".

Fonte: Yahoo Notícias
Foto: AFP

ESSA É BOA!!! -Por Moisés Rolim


Créditos: Bessinha

Chega a 260 mil número de inscrições no sistema de seleção do Enem



Brasília - O Ministério da Educação (MEC) informou que mais de 260 mil estudantes já se inscreveram no Sistema de Seleção Unificada (SiSU) até o início da tarde de ontem (31). Só neste domingo, foram feitas 62 mil inscrições. Segundo o ministério, 440 mil alunos trocaram a senha no sistema e já podem fazer a inscrição, no período das 6h às 23h59, até a próxima quarta-feira (3) no site do SiSU. De acordo com o ministério, o sistema opera com normalidade.

Na sexta-feira (29), quando o site entrou no ar, muitos alunos não conseguiram fazer a inscrição. Segundo o MEC, uma falha em um equipamento interno e a queda na conexão à internet deixaram o sistema indisponível. O problema já foi resolvido, de acordo com órgão.

Carolina Pimentel
Repórter da Agência Brasil

Afinal, o Planeta está Aquecendo ou Esfriando ?


Nota: Hoje, trazemos uma entrevista feita pelo site viomundo ( www.viomundo.com.br ), com o Professor José Carlos Parente de Oliveira, da UFC com doutorado na Alemanha, que diferentemente do que afirmam outros cientistas, de que a terra estaria em pleno "aquecimento global", afirma que ao contrário, nosso planeta está esfriando, e ninguém está tomando qualquer atitude no sentido de nos prepararmos para essa eventualidade.

ENTREVISTA - Professor José Carlos Parente de Oliveira * (15/11/2009), no Diário do Nordeste

´O planeta está esfriando!´

Na contramão do ambiental e politicamente correto, o professor cearense José Carlos Parente de Oliveira, 56, da UFC, Doutor em Física com Pós-doutorado em Física da Atmosfera, diz que, cientificamente, não se sustenta a tese de que a atividade humana influencia o clima no planeta, que não está aquecendo. "Na verdade, a Terra está esfriando", afirma ele. Na entrevista a seguir, o professor Parente põe o dedo em uma antiga ferida: "Perdemos o foco do problema. E o foco do problema são os meios de produzir, é a forma errada de como o homem produz seus bens"

Por que o senhor caminha na contramão do ambientalmente correto e proclama que o planeta não está aquecendo, mas esfriando?

A busca da verdade deve ser o norte, o foco da atividade em ciências. E penso que não é isso o que ocorre com o tema aquecimento global. A sociedade está sendo bombardeada por notícias, reportagens na tevê, filmes e tudo isso com a mensagem de que as atividades humanas relacionadas às queimas de combustível fóssil (petróleo, carvão e gás) são as culpadas pelo aquecimento da Terra. O grande responsável por esse bombardeio é o Painel Intergovernamental sobre as Mudanças Climáticas (IPCC na sigla em inglês), que é um órgão da ONU.

O senhor quer dizer que um organismo da ONU está provocando um terrorismo ambiental?


Vejamos. A hipótese do aquecimento global antrópico defendido pelo IPCC não possui base científica sólida. Não há dados observacionais que provem cabalmente a influência humana no clima. Se voltarmos um pouco no tempo nós constataremos que entre os anos de 1945 e 1977 houve um resfriamento da Terra, acompanhado de grande alarde de que o planeta congelaria, haveria fome, milhares de espécies desapareceriam etc. E veja que nesse período houve grande queima de carvão e petróleo motivada pela reconstrução da Europa e da Ásia após a 2ª Guerra Mundial. Outro exemplo de não conexão entre concentração de CO2 e temperatura da Terra ocorreu entre os anos 1920 e 1940, período em que a Terra esteve mais quente que os anos finais do século XX, e nesse período a atividade de queima de combustível foi de apenas 10% do que foi observado nos anos 1980 e 1990.

Afinal, o que é mesmo que está acontecendo?


Por volta dos anos 1300 ocorreu o Período Quente Medieval em que a temperatura da Terra foi superior a atual em cerca de um grau centígrado. Segui-se então um período frio conhecido como Pequena Era Glacial por volta dos anos 1800. Esses períodos são bem conhecidos dos estudiosos do clima terrestre. O que está ocorrendo é uma recuperação da temperatura pós Pequena Era Glacial, mas essa recuperação é lenta e ocorrem oscilações em torno dela. Para visualizar, podemos pensar em uma reta que ascende lentamente, ocorrendo oscilações em torno dela. Essas oscilações ocorrem em menores escalas de tempo, e são originadas por fatores naturais, como a radiação solar, a interação dos oceanos, principalmente do Pacífico, cuja temperatura oscila com período aproximadamente decenal. Porém essa recuperação cessou em 1998.

Então, em vez de estar aquecendo, a Terra está esfriando agora? Mas isso é o contrário do que proclamam as ONGs, os cientistas, os jornais. Quem está errado?


No ano de 1998, houve um fenômeno atípico: um super El Niño aqueceu a terra quase um grau acima da média em que ela se encontrava. Desde esse fenômeno do El Niño, a temperatura da Terra, sistematicamente, vem diminuindo, conforme os dados coligidos pelos satélites. Esses dados, porém, não são aceitos e nem utilizados pelo IPCC nos seus documentos.

Qual a razão? Há um viés político por trás disso?

Penso que a atividade cientifica não está desvinculada da política. São as nações e sua sociedade que definem o ramo da ciência a ser financiado por elas. Entendo que a atitude do IPCC é para favorecer cientistas, pesquisadores que defendem a tese hipotética de que o homem é culpado pelo pequeno aquecimento do planeta, que cessou em 1998 e que foi menor do que o anunciado. Os satélites que medem o clima da terra desde 1978 indicam que, de 1998 para cá, estamos vivendo um período de diminuição da temperatura. Só para que se tenha uma ideia de que esse dado de redução da temperatura é levado a sério, o grupo de pesquisas da Nasa que lida com lançamento de satélites está programando para 2021-2022 o envio de uma nave que deixará o sistema solar. Ora, a atividade solar é muito importante e é um impedimento para que uma nave como essa saia do sistema solar. Por que eles programam esse lançamento para 2021-2022? Resposta: porque será o ano em que o sol terá a menor atividade. E a atividade solar é muito bem relacionada com a temperatura da terra, via efeito indireto de formação de nuvens baixas. Essa correlação de nuvens baixas, atividade solar e temperatura da terra está muito bem documentada na literatura científica.

Qual é a causa do aumento de furacões, tempestades, tufões, terremotos na Ásia, na África, na Europa e nas Américas?


Há um exagero nas notícias. Quando mergulhamos na literatura científica, observamos que terremotos severos, de níveis 4 e 5, estão sendo reduzidos. A frequência desses eventos tem diminuído nos últimos anos. No litoral da China, trabalhos científicos mostram que nos últimos 50 anos a atividade de furacões também se reduz. O efeito destruidor do furacão Catrina, sempre mencionado porque destruiu New Orleans (EUA), aconteceu mais pela falta de providências preventivas dos governantes, que não ouviram as advertências dos cientistas. Os muros de contenção de New Orleans precisavam ser recuperados. E ninguém fez nada. O estrago do Catrina nada teve a ver com o clima. Faltou a ação do Governo.

O senhor condena o uso de combustível fóssil, como o carvão, na geração de energia elétrica?


Vamos particularizar o Brasil, pois é aqui que essa discussão se dá. O Brasil é um País privilegiado. Praticamente 80% de sua matriz energética são de origem hidráulica, e aí nós não necessitaríamos de carvão mineral. Mas, no mundo, há países que não têm esse privilegio brasileiro e têm de utilizar para o seu bem estar e desenvolvimento o carvão e o petróleo. Não há outra alternativa. As alternativas limpas que se apresentam . a energia eólica e a energia solar, por exemplo, ainda não são completamente eficientes, pois necessitam de mais pesquisa, de mais estudo porque não obtêm ainda o rendimento ótimo. Há maneiras racionais de usar carvão e petróleo sem que se agrida o ambiente. Assim, a discussão que considero mais fundamental do que saber se o homem aquece ou não o planeta é a seguinte: o que o homem deve fazer para não poluir o mar, os rios, o lençol freático, para não derrubar e não queimar florestas, para manejar corretamente o solo. É esta a ação do homem que deveria ser o centro das atenções de todos, cientistas, pesquisadores, políticos, governantes, reis, rainhas e príncipes.

Agora o senhor está no caminho ambientalmente correto...


Veja: quando o homem queima a floresta, ele não está aumentando a temperatura do planeta, mas piorando as suas próprias condições de vida e ameaçando a fauna e a flora.

Quando o senhor expõe estes pontos de vista em auditórios acadêmicos, a crítica vem contundente?


É surpreendente que não, porque os argumentos que utilizo são baseados em dados da natureza e fazem com que o público os aceite. Já fiz uma centena de seminários. Eu diria que só duas vezes eu fui interpelado de forma mais contundente, não pela maioria, mas por dois colegas pesquisadores que defendem o ponto de vista amplamente divulgado pelo IPCC. Mas eu já ouvi a manifestação de muitas pessoas favoráveis ao que exponho em minhas palestras e conferências.

O que o senhor acha das ONGs ambientalistas?


Quando a questão do aquecimento começou por volta de 1980, as ONGS encontraram aí uma oportunidade de se tornarem mais visíveis. Aí, elas ficaram, inadvertidamente, prisioneiras deste tema, por meio do qual tiraram DE foco o real problema do mundo. E o real problema do mundo é o da água, é a poluição da água e do ambiente. O responsável por esse problema é o meio de como a produção de bens se dá. O modo de produzir, destruindo os recursos naturais e utilizando-os sem nenhum controle, faz com que o planeta e a raça humana se tornem frágeis. Hoje, a linha de atuação das ONGs levará, no curto prazo, a uma situação bastante complicada nos países pobres. Exemplo: se a reunião de Copenhague, em dezembro, decidir que o uso de carvão e de petróleo deve ser cortado em 40% como se propõe, países como a China, a Índia, toda a África e também o Brasil terão problemas. 400 milhões de indianos juntam e queimam esterco para se proteger do frio e até para cozinha r; na China, a situação é mais dramática: 800 milhões de chineses nunca viram uma lâmpada acesa. Cortar a queima de combustível fóssil em 40% será o mesmo que implementar nesses países uma teoria ecomalthusiana para controlar ferozmente essa população pobre do mundo.

O senhor acha que os países ricos, que poluíram para crescer, querem impedir agora que os pobres cresçam?


Eu não concordo com essa teoria da conspiração. Mas é muito esquisito que se tente agora definir quotas de queima de combustíveis para todos os países, indistintamente. Isso não pode. Um americano consome 20 vezes mais do que um africano. Não se pode colocar todos os países da mesma forma na panela furada do aquecimento global. O africano é tão responsável pelo planeta quanto o americano ou o chinês. Nós perdemos o foco do problema. E o foco do problema são os meios de produzir, é a forma de como o homem produz seus bens. O que devemos fazer é focar na questão da água, da poluição ambiental, porque é possível queimar com responsabilidade. Mas para isso é necessária a decisão política. A boa gestão ambiental é, na minha opinião, a saída.

Fonte: Viomundo

FMI propõe fundo de US$ 100 bilhões para combater aquecimento global



Davos (Suíça) - A elite financeira reunida no Fórum Econômico Mundial – que terminou hoje (31) em Davos, na Suíça – mostrou que também está preocupada com os efeitos do aquecimento global. O diretor do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, aproveitou o fórum para anunciar que pretende criar um Fundo Verde com a finalidade de ajudar os países em desenvolvimento no combate aos efeitos do aquecimento global. Segundo Strauss-Kahn, o fundo terá US$ 100 bilhões por ano. O FMI promete divulgar mais detalhes sobre o fundo em alguns dias.

Além disso, para evitar a circulação de carros particulares e táxis, poluindo a cidade, uma frota de vans transportou participantes e jornalistas entre os lugares dos encontros do fórum durante os cinco dias de discussões. Os carros têm colados nas laterais adesivos com a inscrição “Green” (que significa verde em inglês) e, segundo os organizadores, foram escolhidos por emitirem uma quantidade de gás carbônico (CO2) menor do que os carros similares da categoria.

Gislene Nogueira Enviada Especial da EBC

CRATO - Previsão do Tempo Dia 01 de Fevereiro de 2010


Fonte: Climatempo

A Difícil profissão Repórter - Por: Dihelson Mendonça


Bom Dia!

Não deixo de me emocionar quando vejo uma reportagem como essa aí do futebol trazida pelo repórter e colaborador Wilson Bernardo para o Blog do Crato. Só para os leitores terem uma idéia de como é o processo de postar uma matéria aqui no Blog, eu escrevi essas poucas linhas:

O Blog do Crato funciona igual a um Jornal. O repórter vai às ruas, vê algo interessante, registra em fotos, colhe o fato, e só aí já demora um tempão ( Umas 3 horas ). Wilson passou a tarde do domingo fazendo a reportagem sobre o time do Crato. Depois vai pra casa redigir a matéria, pegar as fotos, transferir para o computador e editar cada uma delas. Depois que a matéria está pronta, vai diagramar no Blog, enviando cada foto ( que Wilson manda sempre em alta resolução ), e o texto ( gasta-se mais 3 horas pra fazer isso ).

No total, para fazer uma matéria dessas aí o Wilson Bernardo gastou umas 6 horas do seu precioso Domingo apenas para nos trazer a informação. E DE GRAÇA, já que fazemos tudo aqui pelo simples prazer de levar a informação aos nossos leitores.

Por isso, quero deixar meus parabéns ao repórter Wilson Bernardo. Ele é "Bamerindus" - Gente que Faz! - E o Sol é Quente...

Abraços,

Dihelson Mendonça ( Texto e Fotomontagem )

BlogCinema - UM ESTRANHO NO NINHO - FANATISMO... - Por: Demétrius Silva


Ver um Seriado de Tv americana nos tempos de hoje é sinônimo de boa qualidade, de entretenimento inteligente e satisfação em ver algo que você gosta e demorará a acabar.O caso de House, série de TV da Fox dos EUA, Universal Channel aqui no Brasil tem todos estes ingredientes ou elogios dependendo do ponto de vista do meu querido leitor.

Hugh Laurie que na sua Sexta temporada e já produtor executivo da Série (uma das mais famosas do mundo hoje, diga-se de passagem), com vários prêmios na bagagem é quem interpreta o misantropo mais amável do planeta. As especulações de que ele encerrará o seriado na sua sexta temporada com 30 episódios me fez escrever este humilde texto de fanatismo.


Gregory House é um médico excêntrico que descobrimos em sua sexta temporada que ele tem um problema sério, não tachado por todos os que conhecem como um chato egoísta e anti-social, mas como um ser humano que tem que ser tratado.

Seu primeiro episódio da sexta temporada, vemos House em um manicômio para sua recuperação contra o Vicodin que conhecemos desde sua primeira temporada, e Radiohead para enaltecer (mais ainda) seu sofrimento de um viciado. O interessante é seu comportamento diante dos outros pacientes que lembra totalmente Jack Nicholson em um dos filmes mais importantes da história do cinema. O Dr. Nolan, diretor do manicômio exprime na série como o único cara que conseguiu ver o real problema do House sem tachá-lo como alguém sofrível ou amargurado, dando certa esperança de que ele possa ser alguém mehlor socialmente.

Se é isso que esperamos do Dr. House eu não sei, mas esta última temporada o qual está sendo exibida nos EUA é sensacional, este texto não quis dizer absolutamente nada, só o quanto este seriado é genial, e o quanto admiro os roteiristas para uma das melhores séries de TV que já vi passar nos últimos anos.

Por: Demétrius Silva - Editor de Cinema do Blog do Crato

Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30