xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 12/01/2010 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

12 janeiro 2010

Sarney defende nome de Dilma à Presidência em evento do Minha Casa, Minha Vida


Pré-candidata do PT à Presidência da República, a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) anunciou nesta terça-feira a ampliação do programa de financiamento de habitação popular Minha Casa, Minha Vida, uma dos carros chefes da sua campanha ao Palácio do Planalto. Dilma, que discursou por quase meia hora em sua primeira aparição pública do ano, defendeu ações do governo Luiz Inácio Lula da Silva. Coube ao presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), a defesa pública do nome de Dilma para dar continuidade às ações de Lula. O PMDB já firmou um pré-acordo eleitoral com o PT e deve indicar o vice de Dilma.

Sem mencionar a pré-candidatura da petista, Sarney disse que Dilma é uma mulher ao lado do presidente Lula que tem demonstrado "coragem, decisões e exemplo". "Isso mostra a ascensão das mulheres nesses anos todos. O exemplo extraordinário que ela dá, naturalmente a contribuição que tem dado e vai continuar dando ao nosso país", disse Sarney. Em seu discurso, Dilma saiu em defesa do governo, especialmente no setor habitacional. "É claro que para nós, onde houver o Brasil, o governo do presidente Lula está. E sem dúvida estará cada vez mais nos próximos [pausa], nesses próximos meses. Nós hoje sabemos o caminho", afirmou.

Ao comparar a gestão Lula com as anteriores no setor habitacional, Dilma disse que o governo vai cumprir a promessa de oferecer moradia à população de baixa renda do país. "Antes se fazia casa a conta-gotas, com isso mostramos que seremos capazes de estar à altura do desafio que está em nossa frente, que é dar conta de construir casa suficiente para a população brasileira sem casa, sem moradia, vivendo em situação insuficiente", afirmou. A ministra disse que o governo do PT tirou do papel obras que sequer foram idealizadas por gestões anteriores. "As pessoas falavam: vocês não tiram do papel as obras. As obras não estavam no papel porque não tinha sequer projeto. É um esforço grande que acho que o governo fez junto com os prefeitos, com os governadores", afirmou.

Dilma disse que o governo não priorizou Estados governados por aliados na execução de obras ao longo dos sete anos de governo Lula. "Nós mantivemos relação republicana com todas as prefeituras para conseguir que elas, independentemente da sua filiação partidária, da sua opinião política, que tivessem acesso aos recursos de acordo com as necessidades da sua população", afirmou.

Enchentes

A ministra mencionou a tragédia das enchentes em municípios brasileiros ao lembrar dos desabrigados pelas chuvas. Dilma disse que o objetivo do Minha Casa, Minha Vida, é levar moradia à população de baixa renda do país. "No momento em que vimos cidades brasileiras serem atingidas por alagamentos e por desmoronamentos, enfim, por uma série de calamidades, nós somos obrigados a pensar porque isso ocorre nessa dimensão. Aí sabemos que, durante mais de 25 anos, uma imensa parcela da nossa população ficou sem direito a esses direitos fundamentais. E isso levou a assentamentos precários, a morar em beiras de encontra", afirmou.

Dilma disse que, se os governos tivessem investido "de forma sistemática" em habitação, as tragédias provocadas pelas chuvas poderiam ter sido evitadas. "Fatores como falta de iniciativa, descaso e abandono de parcelas e setores inteiros da população ao longo de vários anos geraram enorme déficit habitacional e condições de vida extremamente precárias, ao ponto de alguns bairros o Estado brasileiro ter se ausentado das suas funções."

GABRIELA GUERREIRO

da Folha Online, em Brasília

Ceará recebe mais 5,8 mil moradias do Programa Minha Casa, Minha Vida

O governador em exercício, Francisco Pinheiro e o secretário adjunto das Cidades, Jurandir Santiago, participam nesta terça-feira (12), a partir das 17 horas, da solenidade de divulgação dos novos projetos selecionados pelo programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV). O anúncio será realizado, em Brasília, pelo presidente Luís Inácio Lula da Silva e pelo Ministro das Cidades Márcio Fortes. A nova seleção do PMCMV beneficiou municípios com menos de 50 mil habitantes. Para contemplar estes municípios serão investidos R$ 1 bilhão de recursos do Orçamento Geral da União. O Ceará será beneficiado com a construção de 5.850 novas unidades habitacionais. Deste total, 4.500 foram demandadas pelo Governo do Estado e 1.350 por prefeituras municipais com menos de 50 mil habitantes. Durante a solenidade também serão divulgados os novos projetos selecionados pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).


Após grande terremoto, Obama diz que EUA estão prontos ajudar o Haiti


O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que seus "pensamentos e orações" estão com o povo do Haiti depois que o país foi atingido por um grande terremoto nesta terça-feira e prometeu ajudar "em tudo o que puder". "Nós estamos monitorando de perto a situação e estamos prontos para ajudar o povo do Haiti", disse Obama em um comunicado. O governo americano informou que o Departamento de Estado, a Usaid (sigla em inglês da agência do governo americano para ajuda externa) e os militares do país estavam trabalhando para coordenar uma avaliação da situação e toda a assistência possível.

A embaixada americana em Porto Príncipe está tentando entrar em contato com seus funcionários para ativar a rede de alerta aos cidadãos americanos, em meio a dificuldades de comunicação. Logo após o tremor, o embaixador americano no Haiti, Raymond Joseph, afirmou que o terremoto causou uma "catástrofe de grandes proporções" no país do Caribe, um dos mais pobres do mundo. De acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos, o terremoto aconteceu a 22 km da capital, a cerca de 10 km de profundidade. Segundo agências de notícias, prédios desabaram na capital haitiana, que tem mais de 1 milhão de habitantes. A agência Associated Press informou que um hospital desmoronou em Petionville, perto da capital, e que pessoas estavam gritando por socorro. Outros prédios também foram danificados.

Citando testemunhas, a agência Reuters também informou desabamento de construções e a ocorrência de mortes. Não há relatos precisos sobre mortos ou feridos, mas um analista do Serviço Geológico americano disse que poderia haver prejuízos substanciais e generalizados.

da Folha Online

Lula se reúne hoje com ministros para discutir Programa Nacional de Direitos Humanos


Brasília - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva marcou para hoje (13), às 9h, uma reunião com os ministros da Defesa, Nelson Jobim, e da Secretaria Especial de Direitos Humanos, Paulo Vannuchi, para tentar solucionar o impasse criado na última semana em torno da terceira edição do Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH), lançando em dezembro.

Ontem (12), os dois ministros estiveram juntos no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), sede provisória do governo, mas sem a presença de Lula. Interlocutores da Presidência informaram que o encontro serviu aparar as arestas entre eles sobre a proposta de criação da Comissão da Verdade, com o propósito de esclarecer violações ao direitos humanos cometidas durante a ditadura militar.

Jobim e os comandantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica reagiram à proposta e teriam ameaçado se exonerar dos cargos. O principal ponto de discordância é quanto à abrangência da comissão. Os militares interpretaram o texto como uma forma de limitar a atuação da comissão aos fatos e personagens envolvidos apenas na repressão militar durante a ditadura (1964 a 1985).

De acordo com Vannuchi, a criação da Comissão da Verdade não seria um ato contra as Forças Armadas. Ao defender a apuração de fatos ocorridos durante a ditadura militar, ele argumentou que não há motivos para divergências entre a área de direitos humanos do governo e a pasta da Defesa.

Ivan Richard
Repórter da Agência Brasil

Bill Clinton diz que está comprometido em ajudar o Haiti

O ex-presidente americano Bill Clinton, enviado especial da ONU ao Haiti, emitiu uma declaração de apoio ao Haiti, que foi atingido por um forte terremoto nesta terça-feira. De acordo com a rede americana CNN, na carta Clinton dizia que seus "pensamentos e orações estão com o povo do Haiti". "Meu escritório da ONU e do resto do sistema das Nações Unidas estão acompanhando a situação, e estamos comprometidos a fazer tudo o que pudermos para ajudar o povo do Haiti em seu socorro, reconstrução e esforços de recuperação", afirmou Clinton no comunicado. Não há confirmação sobre vítimas. O terremoto atingiu 7 graus de magnitude, conforme a medição do Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês), e provocou diversos desabamentos, segundo testemunhas. O contato com o Haiti, por telefone, é difícil.

O terremoto provocou a emissão de um alerta de tsunami para partes do Caribe, informou o Centro de Alerta para Tsunamis no Pacífico. "Tudo começou a sacudir, as pessoas estavam gritando, as casas começaram a cair [...] é o caos total", afirmou um repórter da agência Reuters. "Vi pessoas sob os escombros, e pessoas mortas", acrescentou. Segundo medição preliminar do USGS, o terremoto teve 7 graus de magnitude e aconteceu a cerca de 10 km de profundidade, a 22 km da capital haitiana, Porto Príncipe, que tem mais de 1 milhão de habitantes. Há dezenas de mortos e feridos sob os escombros, que bloquearam estradas na cidade, ainda de acordo com a agência de notícias Reuters. A agência Associated Press informou que um hospital desmoronou em Petionville, perto da capital, e que pessoas estavam gritando por socorro. Outros prédios também foram danificados. Meios de informações locais, citados pela agência France Presse, informaram que o palácio Presidencial desabou.

Um funcionário local para o programa norte-americano Food for the Poor informou ter visto a queda de um prédio de cinco andares em Porto Príncipe, disse à Reuters a porta-voz do grupo, Kathy Skipper. O forte terremoto foi sentido com grande intensidade na vizinha República Dominicana, disseram autoridades. O instituto sismológico de Santo Domingo disse que o terremoto teve uma magnitude de até 6,8 graus nas áreas mais afetadas, segundo a imprensa dominicana.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que "seus pensamentos em orações" estavam com o povo do Haiti. "Estamos monitorando a situação de perto e estamos prontos para ajudar as pessoas do Haiti". O Haiti é o país mais pobre do Ocidente. O Brasil comanda cerca de 7.000 soldados da força de paz da ONU (Organização das Nações Unidas) no Haiti, enviada ao país em 2004, e tem cerca de 1.300 homens na região.

Fonte: Folha Online

São Camilo e a vergonha da saúde!!

Pessoal que o descaso na saúde é grande é, mas todo mundo só cobra dos setores públicos vamos avaliar o setor privado, há dois dias apareceu uma alergia em meu corpo na qual fiquei totalmente vermelha, com febres, calafrios dores de ouvido e diarreia, medicaram me ontem com Diprospan e Polaramine, nada , nenhuma melhora, hoje por volta de meio dia fui ao São Francisco, desesperada pois, adoecer agora significaria um grande problema, pois ainda tenho dois projetos do museu para enviar, então seria para mim um sacrilégio maior que tudo, chego ao Hospital setor de emergência , só que o que vi me deu vontade de chorar, primeiro enquanto um enfermeiro sem luvas e mascaras verificava minha temperatura e minha pressão, mesmo tendo eu dito que estava com tal quadro e que poderia ser ate contagioso, continuou fazendo seu trabalho, enquanto duas enfermeiras se questionavam se mudavam a roupa de um paciente que tinha acabado de falecer, uma dizia que não era bom a família receber o morto todo sujo e a outra dispara a pérola" ele esta morto nem vai ligar"(sic),eu sai dali arrasada olhei para minha acompanhante e disse você viu isso?Ela mais indignada ainda disse vi, era melhor ser cega!Entrei no consultório, que fedia mais que um chiqueiro, podre a suor e mofo, o médico me atende e pergunta o que tenho, começo a dizer, ele simplesmente me entrega uma receita e diz tome esse remédio e pronto.Em nenhum momento fui questionada sobre o que teria comido ou ate mesmo minha profissão , já que trabalho com acervos e neles possuem muitos acaros quem sabe não poderia ser uma alergia ou uma nova velha doença ou se tinha alergia a algum medicamento ?Observem que dentro do Museu o manuseio e limpeza de acervos são feitos com mascaras e luvas, agora estamos vendo a possibilidade de um jaleco, que é o recomendado pelo IBRAM um museu tem mais cuidados do que um hospital particular, que paradigma!, outro dia fui ao Posto da Grota e fui maravilhosamente atendida pela médica e por todos os funcionários com quem tive contato.Com certeza muitos aqui já viram o filme Ensaio sobre a Cegueira, me senti nele, um total descaso em um Hospital que é administrado por uma entidade católica que leva o nome de um Santo que supostamente é o padroeiro dos médicos.Lamento muito mas quem quiser morrer vá ao Hospital São Francisco.Depois disso fui a Clínica São José no Juazeiro, onde foi feito uma bateria de exames e de fato o médico me examinou como deveria.Infelizmente sai do São Francisco sem nenhuma resposta e da Clínica São José sai com varias certezas, que tudo em que a Igreja católica se mete e só para se beneficiar e aqueles que acreditam nela e pagam dízimos não passam de otários sendo explorados por um bando de hipócritas que se dizem representantes de Deus e que não sabem nem, o significado da palavra caridade nem que ela caísse em sua frente , a prova está ai a Igreja da Sé que não respeita leis , missão resgate que sente-se donos do Crato e a São Camilo que tornou o melhor hospital do Crato numa vergonha de primeira, será que é assim que funciona em São Paulo?

São Camilo,mesmo sendo capitalista olhai por nós que recorremos a vos e perdoai esses que usam seu nome pára ruindade! Saudades da época que Zé Flávio era o diretor e muito obrigado Nizete por ter postos maravilhosos e com bons atendimentos

Escrito por Alessandra Bandeira

Questionamento: A Frase do Dia


Frase recebida por e-mail:

"Deus está no Controle!"

É mesmo ? Deus está no controle de tudo isso que se passa no mundo ? Pois seria melhor se deus saísse da frente, porque de duas uma: Ou deus é muito incompetente, ou ele não quer saber da humanidade. Mas não! Deus é justo. Deus é amor. E Deus com certeza não está satisfeito com a situação do mundo. E aí : Deus está no controle ? E se ele não controla, quem controla ? Quem permite que tudo isso aconteça ?


Arcebispo argentino condenado por abuso sexual

A Justiça argentina condenou nesta quarta-feira o bispo católico Edgardo Gabriel Storni a oito anos de prisão por abusos sexuais cometidos quando comandava a arquidiocese da cidade de Santa Fé.

A juíza María Amalia Mascheroni condenou Storni "por abuso sexual agravado por sua condição de sacerdote" em um processo iniciado pelo ex-seminarista Rubén Descalzo em 2002.

Descalzo acusava o bispo de ter cometido os abusos no seminário e durante retiros espirituais em 1992.

"Ele me convidou a ir ao seu apartamento", disse o ex-seminarista em seu depoimento. "Quando cheguei, só havia uma luz acessa. Ele me deu um abraço longo e me beijou."

Histórico
Outros seminaristas realizaram denúncias semelhantes, mas elas foram arquivadas devido ao tempo entre o crime que teria ocorrido e o início do processo.

O caso envolvendo o ex-arcebispo ficou conhecido nos anos 1990 e gerou ainda mais polêmica no ano 2000, a partir de uma denúncia publicada no livro Nuestra Santa Madre (Nossa Santa Mãe), da jornalista Olga Wornat.

Dois anos mais tarde, o então arcebispo renunciou ao cargo e mandou uma carta ao papa João Paulo 2º negando as acusações.

Pouco depois, Storni foi substituído no posto de arcebispo da cidade de Santa Fé e seu pedido de aposentadoria foi atendido. Atualmente, ele mora em uma casa da Igreja na província de Córdoba.

O advogado de Storni diz acreditar que o ex-arcebispo deverá cumprir prisão domiciliar por ter mais de 70 anos de idade.

Fonte : Portal Terra

Arthur Moreira Lima em Brejo Santo!



Nesta terça (12/01), como parte da programação do projeto “Férias no Ceará“, acontece a apresentação do pianista Arthur Moreira Lima, às 18 horas, na Praça do bairro Vila União. Arthur Moreira Lima também vai se apresentar em Maracanaú, dia 13; Morada Nova, dia 14; Boa Viagem, dia 15, e em Brejo Santo, no dia 17.

POEMA VISUAL:Forró...Um Pacote de Mulheres de Plástico-Por Wilson Bernardo.



Wilson Bernardo(Fotografia)

Ações do BicBanco - da família Bezerra de Menezes - estão entre as mais rentáveis entre os bancos listados em bolsa da América Latina e Estados Unidos

No centro, três diretores do BicBanco. Da esquerda para a direita: José Bezerra de Menezes Neto (Binho), Humberto Bezerra e Adauto Bezerra Júnior.


Fonte: Redação Terra
Mercado financeiro
Ações do BicBanco são as mais rentáveis entre bancos em 2009
Um estudo da consultoria Economatica divulgado nesta terça-feira aponta que as ações do brasileiro BicBanco foram as mais rentáveis entre os bancos listados em bolsa da América Latina e Estados Unidos, com alta de 535,7%. Na relação, que conta com 25 bancos, nove são brasileiros.
A pesquisa da Economatica abrange apenas instituições com presença superior a 70% nos pregões e volume médio diário maior que US$ 1 milhão por dia no ano passado. Todas as cotações foram convertidas para dólar.
Em segundo lugar na lista das mais rentáveis ficou o Banco Panamericano (Brasil), com rentabilidade de 483,5%. Outras instituições do País na lista são Banrisul (3º com 277,7%), Banco do Brasil (4º com 191,2%), Itaú Unibanco PN (7º com 124,1%), Bradesco PN (8º com 122,1%), Itaú Unibanco ON (9º com 111,9%), Bradesco ON (10º com 107,5%) e Nossa Caixa (23º com 34%).
Na relação também estão dois gigantes americanos, o JP Morgan Chase (valorização de 36%) e o Goldman Sachs (alta de 102,7%), com volumes médios diários negociados de US$ 2,047 bilhões e US$ 1,999 bilhões, respectivamente.
Como comparação, o papel de banco brasileiro com maior volume médio diário negociado foi o do Itaú Unibanco PN, com US$ 90,436 milhões.
Fonte: Terra
Postasdo por Armando Lopes Rafael

Somos contra o comodismo – por Pedro Esmeraldo


Com muita tristeza e incômodo psicológico discordamos do processo de escolha de alguns componentes políticos que representam a nossa Cidade, já que se acomodam com facilidade e facilmente entregam o Crato aos inimigos e não têm hábito administrativo e legislativo em preservar o nosso patrimônio público que, às vezes, demonstram o desinteresse de trabalhar em benefício do Crato.
Analisamos que por sua vez, a sociedade cratense anda completamente estarrecida diante da pusilanimidade desses políticos acomodados que só visam o interesse de si e ficam sossegados, e às vezes incompetentes possuem comportamento dúbio e não tomam decisões para melhorar a posição econômica e social de nossa terra. Da melhor parte do tempo, permanecem dormentes e não tomam interesse de trabalhar em favor do progresso do Crato. Não enfrentam com garra as lutas contrárias dos inimigos, pois ficam quietos com medo de enfrentar os obstáculos e deixam o Crato cair na bancarrota.
Notamos que estão querendo transformar o Crato em uma cidade “antes avantajada e auspiciosa” querendo transformar em cidade dormitório, já que nada reclamam e deixam tudo correr frouxo em fazer a nossa Crato de “gato e sapato”.
Dizem que quem têm os olhos fundos começam a chorar cedo, por isso estamos chorando antes que o caso aconteça e alertamos as autoridades do Crato que se desenferrugem e partam para a luta pois o nobre reitor da UFC é favorável que todas as escolas de nível superior fiquem localizadas somente em Juazeiro do Norte. Para nós isso é um desrespeito e um desacato ao povo do Crato que tanto paga impostos e também merece ser contemplado com progresso equilibrado, igual às outras cidades.
Já está na hora de todos juntos (políticos e povo) de se organizarem e lutarem em defesa de nossa terra.
Não procuraremos agradar com salamaleque e nem com palavras pífias mas queremos justiça e façam ver que o Crato também é uma cidade de linha educativa e precisam melhorar a tecnologia de ensino superior. Não procuram sonhar alto e não dilacerar a nossa cidade.
Infelizmente, os nossos representantes estaduais não sonham de maneira nenhuma, não enxergam um palmo diante do seu nariz, e o povo que anda de marcha-ré, sem direção certa, não dá ao povo melhor qualidade de vida melhor e nem sequer lutam em defesa da cidade.
Dizem a boca pequena que o nosso governador não investe muito no Crato, prefere trabalhar somente em benefício, em torno de outra cidade.
O cratense precisa, principalmente, os políticos, lutar com mais coragem, e trazer para o Crato um comportamento igualitário, se igualando aos grandes municípios, pois em caso contrário não marcharemos firmes para o porvir.
Pensando bem, vimos que uma horda de políticos acomodados são favoráveis a separação de um distrito, não capacitado para se elevar em desenvolvimento da cidade. Querem dilacerar o Crato, afastando de si grande parte de terras férteis, deixando-nos alheios ao interesse do povo, pois esse desmembramento só vem nos impedir de fazer o Crato avançar com entusiasmo, com elevação de espírito. Isto é uma infâmia, um desleixo desses políticos que não contribuem com o Crato na hora de pedir voto e por sua vez empregam a demagogia desnecessária em benefício de si mesmo, não aceitamos vinditas, queremos justiça, e a união de todos. Avisamos a esses carcarás cruéis que só vêm ao Crato buscar voto, pedimos que deixem essa cidade em paz e é melhor que volte para a sua terra natal, que será mais bem recebido do que vir prejudicar o Crato. Fujam, afastem de nós essa tortura imensa, pois saberemos compreender e nos elevar espiritualmente.

(postado por solicitação do autor)

"Vá à fonte" - Postado Por Darlan Reis Jr.

"Vá à Fonte"
Por Cláudio Lembo*

"Uma grande celeuma. Por pouco. O Governo Federal editou nos últimos dias de dezembro - mais precisamente no dia vinte e um daquele mês - extenso e estranho documento. Estranho por indicar, com grandiloqüência, processo que se desenvolve continuamente, graças à instauração da democracia nos anos oitenta. A sua evolução é normal, apesar de núcleos reacionários contrários. Este documento legal denomina-se PNDH-3. É o terceiro Programa Nacional de Direitos Humanos. Arrola temas comuns nos debates acadêmicos e presentes nos meios de comunicação. Aqui e ali, utiliza linguagem marcada por uma deformação ideológica oriunda dos anos 60. Isto, porém, não incomoda. Indica, apenas, que seus autores, um dia, procuraram ser agentes da utopia.
Ora, quem lê, sem preconceitos, o documento presidencial constatará que ele enfoca temas que, necessariamente, deverão ser abordados pela sociedade e, depois, analisados pelo Congresso Nacional.Em uma sociedade com conflitos sociais latentes, onde poucos dominam, pelas mais diversas formas, a grande maioria, preservando-a em situação alarmante, apontar temas para o debate é essencial.Claro que alguns tópicos arrolados, no documento, à primeira vista, se assemelham descabidos. O uso de símbolos religiosos em recintos públicos da União, por exemplo. A tradição cultural brasileira sempre aceitou - sem contestação, ainda porque a imensa maioria da sociedade pertencia a uma única religião - a afixação de símbolos religiosos em locais oficiais de trabalho.
Hoje, a formação da sociedade alterou-se. São inúmeras as confissões religiosas e as novas crenças que se acresceram ao cenário social do País. Antes que conflitos surjam, é bom que um Estado laico trate do tema.Outros assuntos versados também parecem extravagantes. A verdade, no entanto, que eles permeiam a sociedade, apesar de alguns poucos quererem vê-los como descabidos.Examinem-se alguns poucos. A situação das prostitutas no contexto social. Marginalizadas. Usadas como objetos. Repudiadas como seres fora da normalidade. Posição anti-social inaceitável.A questão da homo-afetividade, já tratada por muitos países, inclusive pelos seus parlamentos - como aconteceu na última semana na Assembléia da República portuguesa - e na penumbra por aqui.
Há temas que causam aflição e desconforto permanente. Nem por isto não devem ser trazidos à tona e debatidos, a partir das inúmeras posições religiosas e visões, morais.
A eutanásia não pode ser esquecida. Até onde vai a vontade de familiares e médicos em manter a vida vegetativa? É moral manter a vida de quem se encontra condenado pela plena falência biológica? O aborto criminalizado pela nossa lei penal e, assim, levando, particularmente, à mulher todo o ônus da condição humana, deve ser cinicamente omitido entre os problemas da sociedade? Claro que estes assuntos, no campo moral, sempre causam repulsas. Nem por isto, porém, devem deixar de ser examinados e debatidos pela sociedade. Permanecer estagnados é que se mostra grave. No campo político, o documento legal mostra-se limitado. Quer analisar o Estado Novo e os acontecimentos de 1964. Bom e oportuno. Mas violência ocorre no Brasil desde 1500. A colonização foi um ato de força. São tantas e tão diversas as questões inseridas no Terceiro Programa Nacional dos Direitos Humanos que se torna difícil uma análise mais abrangente de seu conteúdo. Contudo, oportuno notar que sua formatação não contém nenhuma força coercitiva. Trata-se apenas de um roteiro para futuros exercícios de cidadania.
Os professores, acostumados a ler os trabalhos contemporâneos de seus alunos, constatarão que o documento parece produto de uma tarefa própria de um exercício de informática. Origina-se de uma longa atividade de coleta de dados, sem que isto aponte para qualquer vício cometido pelos seus autores. Na verdade eles foram a trabalhos concretizados pela União Européia, ultimamente. Antes, contudo, nos anos sessenta, os temas consolidados mereceram grande explicitação nas universidades norte-americanas e, por aqui, em vários organismos privados de pesquisa e extensão.
O melhor, no caso do decreto n. 7.037, de 21 de dezembro de 2009, é o acesso ao texto integral pelo cidadão responsável. Faça este a sua própria análise do documento.
Ganham os direitos humanos, afastam-se as interpretações facciosas. Não ouça terceiros. Vá à fonte. É melhor e mais seguro."

*Cláudio Lembo é advogado e professor universitário. Foi vice-governador do Estado de São Paulo de 2003 a março de 2006, na coligação PSDB-PFL, quando assumiu como governador. 

Fonte: Terra Magazine


Postado por Darlan de O. Reis Junior

Mocidade Independente do Sanharol - Por A. Morais

Blusa oficial para os desfiles de 2.010.-

A Escola de Samba Mocidade Independente do Sanharol é um Grêmio Recreativo, sediado no bairro Sanharol da cidade de Várzea Alegre-CE, que reúne a comunidade do bairro do Sanharol e de outros bairros, para desfilar no carnaval de Várzea Alegre.Em 2010, a Escola de Samba apresentará dois desfiles:SÁBADO – Escola de Samba Mirim - 300 crianças de 6 a 12 anosSEGUNDA-FEIRA – 900 componentes.
-
Conhecendo a história da Mocidade do Sanharol.O Grêmio Recreativo Escola de Samba Mocidade Independente do Sanharol originou-se de um bloco de carnaval, chamado “A velha debaixo da cama”, idealizado em 1976, pelo ilustre Antão Leandro Bitu, estudantes, morador do bairro Sanharol, da cidade de Várzea Alegre-CE.Alguns outros talentosos jovens do Sanharol, liderados pelo Luís Bitu, deram continuidade ao projeto de carnaval, quando fizeram aquisição de alguns instrumentos, e a partir de 1981 formaram a famosa “batucada do Sanharol”, que acompanhava o referido bloco, desfilando nas segundas-feiras de carnaval, visto que era o dia menos movimentado do carnaval varzealegrense.Dessa forma, a tradição se formou. Com uma batucada de ritmo marcante e o crescente aumento das pessoas simpatizantes do bloco, a segunda-feira de carnaval passou a ser esperada pelos varzealegrenses. Assim, a batucada e bloco do Sanharol ganhou corpo de uma Escola de Samba. MOCIDADE INDEPENDENTE DO SANHAROL.
-
Justificativa pela escolha do nome e cores :Mocidade: Pela idade dos componentes da batucada, que eram verdadeiros meninos de 10 a 20 anos, pois cedo despertavam o talento e o desejo de se envolver no projeto. A partir do nome Mocidade, o nome Independente seguiu o padrão de nomes das grandes Escolas do carnaval do Rio de Janeiro, do qual todos eram admiradores e sonhadores de um dia poder-se fazer um carnaval parecido.CORES: VERDE E BRANCOVERDE: Esperança- Homenagem ecológica, perpetuação do verde – A alegria do verde para os agricultores. A atividade econômica do bairro Sanharol nesse período era exclusivamente a Agricultura.BRANCO: PAZ – A tranqüilidade da calma e do bem-estar.
-
Em 1984, a ESCOLA DE SAMBA MOCIDADE INDEPENDENTE DO SANHAROL, desfilou pela primeira vez com comissão de frente, porta-bandeira e mestre-sala e outras alas, que distribuíram os muitos simpatizantes.Em 1986, a Mocidade do Sanharol marcou a história do carnaval varzealegrense, ao desfilar executando o primeiro samba-enredo de Várzea Alegre, de autoria do sanharoense, professor Dakson Aquino, que falava da origem da Mocidade, apresentando o seguinte refrão:Com o senso de liberdade
Contagiando a cidade
Trazendo mil felicidades
No Sanharol nasceu a mocidade.
-
A partir daí, ano a ano, a Mocidade Independente do Sanharol foi crescendo e no carnaval de 2009, fez um desfile com 890 componentes, que se apresentaram de forma luxuosa e emocionante, e marcaram mais uma vez a história do carnaval varzealegrense, ao levar o primeiro carro alegórico às ruas da cidade.
-Justificativa do PROJETO ESCOLA DE SAMBA MOCIDADE INDEPENDENTE DO SANHAROL.O desenvolvimento de projetos relacionados à arte e a cultura, em comunidades, é uma forma de reconhecer e desenvolver talentos, valorizando as pessoas e aproximando as famílias, o que leva a conduzir , principalmente os jovens, a vincularem suas atitudes para caminhos construtores de boas ações.Assim, a Mocidade Independente do Sanharol reúne os jovens e crianças de 6 a 12 anos das comunidades, no barracão da Escola de Samba com aulas de percursão, proporcionando aos participantes o desenvolvimento das habilidades musicais para tocarem diversos instrumentos, como surdo, tamborins, taróis, entre outros.Desta forma, os jovens e crianças além de se sentirem felizes por se apresentarem no desfile da Escola nos carnavais e em outras atividades comemorativas nas entidades municipais, aprendem mais uma habilidade para toda a sua vida.Além das aulas e treinos de percusão, a comunidade se reúne para aulas de costura e trabalhos manuais, a fim de desenvolverem as fantasias e alegorias.Essa prática aumenta a auto-estima dos participantes, alegra e aproxima as famílias, fazendo com que se ajudem na rotina diária de suas vidas.Por essa razão é projeto desenvolver na comunidade escolinhas de esporte, teatro e dança.
-
OBJETIVOS.Reconhecer e desenvolver os talentos de crianças, jovens e idosos da comunidade do Sanharol e bairros circunvizinhos, em relação à música e arte.Divulgar a riqueza cultural e a qualidade musical do bairro Sanharol e circunvizinhos, na cidade de Várzea Alegre-CE.Engrandecer a segunda-feira do carnaval varzealegrense.Envolver e unir as famílias da comunidade do bairro Sanharol e circunvizinhos.CARNAVAL 2010.
-
Em 2010, a escola de samba MIS inova o carnaval de Várzea Alegre:1.Escola de Samba Mocidade Independente do Sanharol - MIRIM.Enredo: Caminhando, brincando e seguindo a lição: A Mocidade Mirim é sonho, cor e fantasia”.Carnavalesco: Jorge QueirozComponentes: 350 crianças de 6 a 12 anosQuantidade de Alas: 09Desfile: Sábado – (dia 13 de fevereiro de 2010)Samba-enredo: Sonho de Criança – Mocidade do FuturoAutoria: Dakson Aquino.
-2. Escola de Samba Mocidade Independente do SanharolEnredo: Várzea Alegre - uma cidade de histórias: vultos e lendas que marcam e alegram gerações.Carnavalesco: Jorge QueirozComponentes: 913Quantidade de Alas: 15Carros Alegóricos: 2Desfile: Segunda-feira – (dia 15 de fevereiro de 2010)Samba-enredo: Lendas e Vultos de Nossa HistóriaAutores: Israel Batista e José Paulino.
-PREVISÃO ORÇAMENTÁRIA DEMONSTRATIVO DOS CUSTOS - 85.890,00.
-Para fazer o desfile da Mocidade um momento único, alegre e emocionante, a comunidade do Sanharol conta com parceiros que também acreditam na alegria da integração.Estar presente no desfile e nas atividades carnavalescas, junto com a Mocidade Independente do Sanharol é uma vitrine que fornece imagem positiva para a sua marca.Atenciosamente,
Francisco Wilton de OliveiraPresidente Comissão de Carnaval da Mocidade Independente do Sanharol:Syene Siebra (88 – 9604.0557),Shirley Aquino,Maria José (Mazé),Aparecida FélixPatrícia Aquino (85- 99966295)DADOS BANCÁRIOS da MOCIDADE INDEPENDENTE DO SANHAROL :BANCO: BRADESCO - Ag. 070-6 - Conta - Poupança: 1004467-7.

Postado por a. Morais

Jornal esquerdista da Espanha vê Brasil próximo do "eixo bolivariano" - postado por Armando Lopes Rafael

3º PNDH pode colocar País no "eixo bolivariano", diz jornal
12 de janeiro de 2010 • 01h49 • atualizado às 02h42

Fonte: Redação Terra


O Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH), que entre suas propostas prevê a possibilidade de revisão da Lei de Anistia de 1979, é tema de um editorial do jornal espanhol El País, no qual o periódico cita a crise gerada pela medida e a ameaça de demissão de membros das Forças Armadas e de ministros do governo. O plano levanta dúvidas sobre o futuro do País, em virtude da semelhança com medidas adotadas por países do "eixo bolivariano".
O jornal cita as críticas da oposição, de entidades ruralistas e da imprensa, que qualificam a medida como "disfarce de um governo bolivariano", "golpe branco" e "volta ao passado".
Para o El País, o texto é quase uma cópia do que a ala esquerdista do Partido dos Trabalhadores propôs à Lula como base de seu programa nas eleições de 2002. Na ocasião, Lula publicou a Carta aos Brasileiros, na qual se comprometia a manter a política econômica de Fernando Henrique Cardoso, oferecia garantias jurídicas e políticas para a propriedade privada, liberdade de expressão e defesa de instituições democráticas.
O programa esquerdista oferecido a Lula teria sido elaborado pelo prefeito de Santo André, Celso Daniel, morto em 2002. Ele seria o responsável pela campanha de Lula. Em seu lugar, assumiu Antonio Palocci, o idealizador da carta.
A possibilidade de "democratização da propriedade", segundo o jornal, alarmou a classe média que viu no texto um eco da "propriedade social" do presidente venezuelano, Hugo Chávez.
Crise política
A crise política motivada pelo lançamento do programa surgiu com a possível ameaça de demissão do ministro da Defesa, Nelson Jobim, e de três comandantes das Forças Armadas. A ameaça teria acontecido em virtude da proposta de revisão da Lei de Anistia de 1979, considerada um marco na democratização do País após a ditadura. O novo plano propõe medidas mais duras contra os autores da repressão política e os militares que cometeram abusos, enquanto a Lei de 1979 abrandava essas medidas. Entidades militares demonstraram revolta com o texto, argumentando que essas medidas deveriam ser impostas também contra aqueles que protagonizaram grupos armados de esquerda.
Lula teria dito a Jobim que não leu o texto e prometeu uma revisão. O presidente teria reconhecido que a revisão da Lei de Anistia foi um erro. No entanto, o ministro dos Direitos Humanos, Paulo Vannuchi, também ameaçou demissão caso a lei fosse retirada do plano.
Os ministros da Agricultura, Reinhold Stephanes, e do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, também teriam se mostrado contrariados. Stephanes disse que o plano aumentaria a insegurança jurídica por conceder mais poderes ao Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), "um golpe na agricultura", segundo Stephanes.
O jornal espanhol comenta também as duras críticas da imprensa brasileira, especialmente no que diz respeito às possibilidades de retirar concessões de empresas de rádio e TV que não respeitarem os princípios dos direitos humanos.
"Resta a dúvida sobre a linha política que poderia ser adotada pela ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff (pré-candidata do PT à presidência do País), caso consiga se eleger em outubro", afirma o El País.

Redação Terra

OAB de São Paulo diz que Plano de Direitos Humanos cria insegurança jurídica


A OAB-SP (Ordem dos Advogados do Brasil em São Paulo) criticou nesta segunda-feira o 3º Plano Nacional de Direitos Humanos. Para a entidade, a proposta é positiva em determinados pontos, mas cria insegurança jurídica. Segundo nota divulgada pela Ordem, a criação da Comissão da Verdade, prevista no plano para investigar torturas e desaparecimentos durante o regime militar (1964 e 1985), precisa ser melhor detalhada 'para afastar o que vem sendo compreendido como revanchismo pelos militares'.

O entendimento da seção paulista diverge com o da OAB nacional, que apoia a criação da comissão. Para o presidente do Conselho Federal da Ordem, Cezar Britto, os militares que cometeram crimes de lesa-humanidade no período do regime militar (1964-1985) devem ser punidos legalmente. O presidente da OAB-RJ, Wadih Damous, também tomou se manifestou a favor da comissão e sugeriu a demissão do ministro Nelson Jobim (Defesa) e dos comandantes militares contrários à punição de crimes cometidos na ditadura.

Já para a OAB-SP, "as reações contrárias de inúmeros setores da sociedade organizada às propostas formuladas pelo plano demonstram que as soluções apontadas não foram suficientemente debatidas e não passaram pela devida reflexão do povo brasileiro, embora possam agradar a alguns grupos pelo seu viés ideológico". A OAB paulista afirma que o objetivo da comissão deve ser o de esclarecer o que aconteceu com os ainda 140 desaparecidos durante o regime militar. A nota é assinada pelo presidente da seção paulista, Luiz Flávio Borges D'Urso, e pelo coordenador da comissão de Direitos Humanos da OAB-SP, Martim de Almeida Sampaio.

A entidade critica ainda a proposta de criação de uma comissão que monitore o tratamento dado pelos meios de comunicação aos direitos humanos. Para ela, a ideia é uma nova tentativa de censura à imprensa. "Da forma como está [o plano], não pode permanecer", afirma a nota.

Fonte: Colaboração para a Folha Online

Importantíssimo: BRASIL A UM PASSO DE UM REGIME DITATORIAL ?


NOTÍCIA QUE VOCÊ NÃO VIU !
- Decreto dos "Direitos Humanos".

Censura aos meios de Comunicação, proibição de símbolos religiosos, perda do direito de propriedade estão nos ítens do decreto assinado pelo Presidente Lula.


Nota do Editor: O Novo Decreto assinado pelo presidente Lula estabelece Censura aos meios de comunicação, garante direito de propriedade aos invasores de terras, e fere a liberdade religiosa. Segundo o Jurista internacional Ives gandra Martins, autor de mais de 300 livros sobre direito, o novo decreto é preparatório para um regime ditatorial"

O novo decreto de Direitos Humanos do governo federal é criticado pela sociedade e até mesmo por ministros de estado. A lei estabelece censura aos meios de comunicação, atenta contra o direito de propriedade, e a liberdade religiosa. Especialistas consideram o projeto,o primeiro passo para um regime ditatorial.

A nova lei que o presidente Lula assinou sem ler ( mais de 70 páginas ), passou pelo crivo direto da ministra da casa civil, Dilma Rousseff, virtual candidata do PT à presidência da república, dos ministros da Justiça, Tarso Genro, da comunicação social, Franklin Martins, e dos direitos humanos Paulo Vanucci.

É um emaranhado de artigos e parágrafos que muitas vezes ataca a constituição. O decreto provocou duras críticas da sociedade e uma forte reação dentro do próprio governo. Para os especialistas, se for aprovada da maneira como está, a lei será o mais duro golpe contra a democracia desde o fim da ditadura militar.

Ives Gandra Martins ( foto ), é um dos mais conceituados juristas internacionais. Ele é autor de mais de 300 livros sobre direito sozinho, ou com outros autores, com obras publicadas em 19 países. Ao analisar o novo decreto, ele ficou impressionado:

( Segundo Ives Gandra ): "Um dos documentos com maiores sandices que eu tive a oportunidade de ver nos meus 51 anos de advocacia e dos meus 49 anos de magistério de direito". Catedrático de direito por 31 universidades no Brasil, América do Sul e Europa, Ives analisou vários ítens do novo decreto:

REINTEGRAÇÃO DE POSSE:

O projeto prevê que o proprietário rural que tiver uma propriedade sendo invadida não poderá mais recorrer ao judiciário. "O que eles estão pretendendo é dar direito à aquele que invadir qualquer terra, fazer com que, uma vez invadido, o direito de propriedade deixa de ser do proprietário e passa a ser do invasor."

SÍMBOLOS RELIGIOSOS:

A lei quer evitar a divulgação de símbolos religiosos. "Se não pode haver mais símbolos religiosos, nós temos que mudar o nome da cidade de São Paulo. Todas as cidades que têm o nome de santos não poderão mais ter..."

MEIOS DE COMUNICAÇÃO E CENSURA:

Será criada uma comissão para controlar o conteúdo dos meios de comunicação. "no momento em que se elimina a liberdade de imprensa, nesse momento nós estamos perante, efetivamente, do início de uma ditadura."

TAXAS SOBRE FORTUNAS:


Novo imposto sobre grandes fortunas seria instituído. "É um imposto que afasta investimentos. Porque aquele que formou um patrimônio que foi tributado em todas as operações ainda vai ser tributado no seu patrimônio pessoal ?"

PROSTITUIÇÃO:

As prostitutas contariam com direitos trabalhistas e carteira assinada. "Isso não é profissão! Na prática os verdadeiros direitos humanos é tirar essas moças do que elas estão fazendo, e dar profissões dignas a elas."

PUNIÇÃO DE TORTURADORES:


Os responsáveis pela tortura durante a ditadura militar seriam julgados. Já os guerrilheiros, que também torturaram, ficariam livres de qualquer punição. "Torturador de esquerda, é um santo! Torturador de direita é um demônio. Um decreto preparatório para um regime ditatorial"

Texto: TV Bandeirantes - Jornal da Noite - Edição de ontem, 11 de janeiro de 2010

Veja vídeo da TV Bandeirantes:

CRATO - Notícias para o Dia 12 de Janeiro de 2010




Restaurante Popular continua com freqüência garantida e refeições de qualidade, mesmo com nova tarifa


O Restaurante Popular, em Crato, passou a receber do usuário R$ 2,00, por refeição. O novo preço passou a vigorar desde ontem, após um ano e quatro meses de funcionamento no município. A necessidade do repasse do valor do município para o usuário foi por conta da sustentabilidade do equipamento por parte do governo municipal. Em dezembro, foram reduzidas 200 refeições, das mil que eram servidas diariamente no local. Ontem pela manhã, a freqüência dos usuários não foi reduzida por conta do repasse.

A Prefeitura é a mantenedora do restaurante e arca com todas as despesas, inclusive com o repasse de R$ 2, 00, dos R$ 3,00 do custo de cada refeição. Atualmente esse valor ficará em R$ 1,00, por conta da redução de custos no repasse para a administração por parte dos governos do estado e federal. Segundo a gestora do restaurante, Dennyura Galvão, a decisão do repasse de R$ 1,00 para o usuário aconteceu em comum acordo com o os técnicos do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Isso, após serem apresentados todos os custos de manutenção do Restaurante, em Crato, ao Governo Federal e as condições de funcionamento.

Ela afirma que esteve participando de uma reunião no Ministério no último mês de dezembro, em que foram expostos pelos gestores de restaurantes de todo o Brasil, as dificuldades de manutenção. Inclusive, segundo Dennyura, alguns municípios não agüentaram manter os seus respectivos restaurantes e tiveram que fechar as portas. Ela argumenta que a única alternativa encontrada foi buscar meios viáveis para a permanência do restaurante.

Destaca, ainda, o projeto social que ele representa para o município e o interesse do prefeito, Samuel Araripe, de manter o equipamento em pleno funcionamento. Para isso, a prefeitura continua arcando com os custos de manutenção mensal de R$ 36.800,00, apenas com as refeições servidas no Restaurante Popular, sem contar com a contribuição dos usuários, e mais R$ 6 mil de energia elétrica e R$ 4 mil para pagamento dos funcionários. Na manhã de ontem, a própria gestora esteve acompanhando no caixa a reação dos usuários quanto ao novo preço praticado, e, ao mesmo tempo, explicando as pessoas as razões da nova medida, no sentido de continuar favorecendo a população de baixa renda do município. Mesmo com a nova decisão, muitos usuários destacam a importância do restaurante para o Crato, e, acima de tudo, a qualidade da alimentação, com preços bem abaixo dos praticados no mercado, por uma refeição saudável e nutricionalmente equilibrada.

Abertas ontem inscrições para novo Ciclo do Projovem

Foram abertas, na manhã de ontem, as inscrições para o novo ciclo do Projovem Adolescente. As inscrições podem ser feitas nos Centros de Referência em Assistência Social - CRAS, dos bairros Muriti, Alto da Penha, Vila Alta e Batateira, das 8 às 14 horas. Os projetos são executados por meio da Secretaria de Ação Social do Município do Crato. Poderão participar todos adolescentes que tiverem a idade entre 15 e 17 anos, inscritos no cadastro único para ter o número de Identificação Social - NIS, no Programa Bolsa Família, levando xerox do documento do adolescente, comprovante de residência, cartão do Bolsa Família (caso já tenha) e documentos originais do acompanhante ou responsável legal. O ProJovem Adolescente integra serviço e transferência de renda, exigindo esforço de integração de todos os gestores (municipais, estaduais e federal). O programa tem como objetivos o fortalecimento da família e promover a inserção e integração social. A coordenação do ProJovem convoca os jovens cratenses interessados em participar do projeto, lembrando que as vagas são limitadas.

COMDEMA realiza hoje primeira reunião do ano

A Lei Ambiental do Município do Crato e a apresentação do Relatório de Atividades do ano de 2009, será tema da primeira reunião ordinária do ano do Conselho Municipal do Meio Ambiente do Município do Crato (COMDEMA). A Reunião será realizada na manhã de hoje, a partir das 8h30, no auditório da Secretaria de Saúde, no Centro Administrativo.

Saúde do Crato redobra atenção contra a dengue

A Secretaria de Saúde do Crato está intensificando, durante esta fase invernosa, o Plano de Ação de Combate a dengue em todo o município, no intuito de minimizar os índices de infestação do Aedes aegypti. Para isso, atuam de forma permanente nas visitas residenciais 54 agentes de endemias, além do setor de Mobilização Social, com palestras nas escolas e divulgação nos meios de comunicação dos principais cuidados que se deve ter em relação ao mosquito. A secretária de Saúde, Nizete Tavares, ressalta a importância da participação da população com os cuidados que se deve ter para combater a infestação do mosquito. Ele destaca a papel da população, como a principal aliada no combate do mosquito da dengue.

Fonte: Assessoria de Imprensa
Governo Municipal do Crato
Fone/Fax - (88) 3521.9960
Mais informações:

http://www.crato.ce.gov.br
http://www.prefeituramunicipaldocrato.blogspot.com

Venezuela entrega nota de protesto por "incursão ilegal" de avião dos EUA

O governo venezuelano entregou nesta segunda-feira aos responsáveis pelas embaixadas dos Estados Unidos e da Holanda "uma nota de protesto" pela "incursão ilegal" na Venezuela de um avião militar americano, que foi negada por Washington. A informação foi dada pelo ministro das Relações Exteriores venezuelano, Nicolás Maduro, segundo o qual essa "incursão ilegal" de um avião abrigado na ilha holandesa de Curaçao foi detectada na sexta-feira passada pela Venezuela, que enviou dois aviões F-16 para interceptá-lo. Os pilotos venezuelanos agiram "com muita clareza, decisão e prudência" diante de uma incursão que, para Maduro, "só responde a um fato: tentar provocar algum tipo de incidente com nosso país", disse o ministro à emissora estatal de televisão VTV.

Pouco antes, o encarregado de negócios da Embaixada dos EUA em Caracas, John Caulfield, disse a jornalistas que "nenhum avião militar americano violou o espaço aéreo (venezuelano) nos últimos tempos". Caulfield visitou hoje a Chancelaria venezuelana no lugar do embaixador dos EUA na Venezuela, Patrick Duddy, que está fora do país, em resposta a um chamado de Maduro. Depois de se reunir com Maduro, Caulfield agradeceu ao ministro pela "oportunidade de falar" sobre a questão e defendeu "melhorar o diálogo" entre os dois países, além de considerar o encontro como positivo.

O chanceler venezuelano disse ter as provas da incursão. "Entregamos a eles as coordenadas e as horas" do fato, porque "somos um governo sério", disse. Maduro também revelou que entrou em contato com as autoridades das ilhas holandesas no Caribe, às quais reiterou que a Venezuela "é um povo de paz" que deseja "a melhor relação", mas pediu que elas "exijam dos EUA o respeito ao espaço aéreo da Venezuela". A incursão do avião foi denunciada na própria sexta-feira pelo presidente da Venezuela, Hugo Chávez, o qual destacou que os aviões venezuelanos F-16 "pressionaram" a aeronave de guerra dos EUA. "Dissemos ao governo da Holanda que deve assumir suas responsabilidades" diante deste tipo de fato, afirmou Chávez.

Em suas declarações de hoje, o encarregado de negócios da Embaixada dos EUA disse que a única incursão de um avião de seu país no espaço aéreo da Venezuela ocorreu em 2008. Segundo Caulfield, houve um erro do piloto americano que foi "reconhecido pelos EUA e superado".

"Não tivemos outro evento" posterior, garantiu Caulfield.

da Efe, em Caracas - Via Folha OnLine

Tremor de terra é sentido em quatro estados do Nordeste

Epicentro foi no Rio Grande do Norte, segundo laboratório sismológico.
Abalo teve reflexos em Pernambuco, Ceará e Paraíba.

O tremor de terra registrado no Rio Grande do Norte, às 14h (horário de Brasília), teve reflexos no Ceará, em Pernambuco e na Paraíba. As informações preliminares do laboratório sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) indicam que a magnitude do tremor atingiu 3,8 na escala Richter, mas os dados das estações medidoras seguem em análise dos técnicos. Segundo Eduardo Alexandre Menezes, do laboratório sismológico da UFRN, o epicentro do tremor pode ter sido em Poço Branco (RN), Taipu (RN) e João Câmara (RN), região que já viveu o susto de um abalo no sábado (9).

O tremor desta segunda-feira foi sentido em um raio de 300 quilômetros do epicentro e atingiu cidades dos estados vizinhos. "Estamos calculando a profundidade do tremor para sabermos a intensidade sísmica percebida pela população local", disse Menezes. De acordo com Sérgio Leocádio, da Secretaria de Defesa Social de Natal, até as 17h (horário de Brasília), não houve registros de pedidos de socorro ou comunicação de imóveis danificados após o tremor na capital potiguar. A administração do Natal Shopping informou que os clientes sentiram o abalo no horário de pico (almoço), quando algumas pessoas frequentavam a praça de alimentação. Por dia, cerca de 20 mil pessoas circulam pelo estabelecimento, mas não há como precisar quantas estavam no shopping no momento do tremor. Ninguém ficou ferido e não houve danos na estrututura do prédio.

Série de abalos

Joaquim Ferreira, coordenador do laboratório sismológico da UFRN, disse ao G1 que temia que novos tremores pudessem ser registrados no estado após o primeiro abalo ocorrido no sábado. Naquela ocasião, o tremor foi sentido em João Câmara, Poço Branco (RN), Taipu (RN), Ceará-Mirim (RN) e em alguns bairros de Natal. O tremor de terra registrado no sábado foi maior do que os equipamentos apontaram inicialmente e teve epicentro em Taipu (RN), local diferente do que havia sido apontado pelas estações medidoras. Uma nova medição de técnicos potiguares indicou que o abalo atingiu magnitude de 2,7 graus, podendo chegar a até 3 graus na escala Richter. A magnitude preliminar aferida pelo Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB) foi de 2 graus na escala Richter, com epicentro em João Câmara (RN).

O coordenador afirmou que os últimos registros de tremores na região ocorreram em 1997.

Tremores em 2010

Este foi o segundo registro de tremor no prazo de uma semana no país. No sábado (2), os equipamentos do observatório registraram um tremor em Sobral (CE), que atingiu magnitude de 2,7 graus na escala Richter.

Casos recentes

Dois equipamentos do Serviço Geológico do Brasil (SGB) registraram dois abalos em Presidente Figueiredo (AM), em 30 de dezembro de 2009. Cada um dos tremores atingiu 2,4 e 3 graus na escala Richter.

Fonte: G1

Edições Anteriores:

Outubro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31